SlideShare uma empresa Scribd logo
ADMINISTRAÇÃO EM
OPERAÇÕES EMPRESARIAIS
E LOGÍSTICA
Composição	
  do	
  GELOG	
  	
  
Tecn.	
  ANTONIO	
  SAMPAIO	
  
	
  
Adm.	
  DOMINGOS	
  ALVES	
  CORRÊA	
  NETO	
  
	
  
Adm.	
  MARCOS	
  ANTONIO	
  MAIA	
  DE	
  OLIVEIRA	
  
	
  
Adm.	
  RENATA	
  DELGADO	
  
	
  
Adm.	
  VALDIR	
  ESPÓSITO	
  
ObjeAvo	
  geral	
  	
  
Ø  	
   O	
   foco	
   de	
   atuação	
   do	
   GELOG	
   consiste	
   na	
   criação,	
  
desenvolvimento	
   e	
   validação	
   de	
   análises	
   sobre	
   o	
   tema	
  
ADMINISTRAÇÃO	
  DE	
  OPERAÇÕES	
  EMPRESARIAIS	
  E	
  LOGÍSTICA	
  	
  
que	
  possam	
  gerar	
  conhecimento	
  teórico	
  e	
  aplicações	
  práAcas	
  
para	
   aumento	
   da	
   compeKKvidade	
   das	
   organizações	
   dos	
  
diferentes	
  setores	
  empresariais.	
  
ObjeAvos	
  específicos	
  	
  
Ø  	
  DiscuKr	
  e	
  propor	
  soluções	
  para	
  os	
  problemas	
  relacionados	
  as	
  
Operações	
  Empresariais	
  e	
  LogísKca	
  e	
  suas	
  implicações;	
  
	
  
Ø  	
  Criar	
  mecanismos	
  para	
  que	
  os	
  empresários	
  e	
  execuKvos	
  possam	
  
expor	
  seus	
  problemas	
  e	
  dificuldades	
  através	
  de	
  um	
  fórum	
  amplo	
  
e	
   democráKco,	
   discuKndo	
   possibilidades	
   de	
   solução	
   e	
  
contribuindo	
   com	
   a	
   experiência	
   individual	
   em	
   prol	
   da	
  
comunidade	
  empresarial.	
  
Metodologia	
  	
  
Ø  Apresentação	
  de	
  cases	
  referenciais	
  de	
  sucesso	
  nas	
  organizações;	
  
Ø  Elaboração,	
   aplicação,	
   tabulação	
   e	
   divulgação	
   de	
   pesquisas	
  
relacionadas;	
  
Ø  Elaboração	
  e	
  publicação	
  de	
  papers	
  e	
  livros	
  sobre	
  tópicos	
  da	
  área;	
  
Ø  Workshops	
  sobre	
  atualidades;	
  
Ø  Palestras	
   e	
   encontros	
   com	
   especialistas	
   em	
   Operações	
   e	
  
LogísKca;	
  
Ø  Realização	
  de	
  cursos	
  de	
  curta	
  duração	
  sobre	
  tópicos	
  relevantes	
  
na	
  área.	
  
Como	
  parAcipar	
  do	
  grupo?	
  	
  
Ø  Manifestação	
  de	
  interesse	
  junto	
  ao	
  CRA-­‐SP	
  através	
  do	
  envio	
  do	
  
currículo	
   do	
   interessado	
   para	
   o	
   Departamento	
   de	
   Relações	
  
Externas;	
  
Ø  O	
  ingresso	
  é	
  semestral	
  –	
  fevereiro	
  e	
  agosto,	
  e	
  ocorrerá	
  após	
  
análise	
   e	
   aprovação	
   em	
   reunião	
   específica	
   agendada	
   pelo	
  
grupo;	
  
Ø  O	
  Regimento	
  Interno	
  –	
  práAcas	
  gerais	
  está	
  disponível	
  no	
  site	
  
do	
  CRA-­‐SP	
  para	
  conhecimento	
  dos	
  interessados.	
  
Palestrante	
  
Domingos	
  Alves	
  Corrêa	
  Neto	
  
Ø Administrador	
  com	
  especialização	
  e	
  mestrado	
  em	
  Administração,	
  mestrado	
  
em	
  Engenharia	
  Industrial	
  e	
  doutorando	
  em	
  Administração.	
  Atuação	
  no	
  ensino	
  
superior	
   como	
   diretor,	
   coordenador	
   e	
   professor	
   em	
   cursos	
   de	
   graduação	
   e	
  
pós-­‐graduação.	
  Atualmente	
  é	
  avaliador	
  insKtucional	
  e	
  de	
  cursos	
  presenciais/
EAD	
   do	
   MEC/INEP	
   e	
   coordenador	
   do	
   curso	
   de	
   Administração	
   da	
   Escola	
  
Superior	
  Nacional	
  de	
  Seguros	
  de	
  São	
  Paulo	
  -­‐	
  ESNS-­‐SP;	
  
Ø Carreira	
  profissional	
  desenvolvida	
  nas	
  áreas	
  de	
  Operações,	
  LogísKca,	
  Supply	
  
Chain	
  e	
  Qualidade.	
  Foi	
  Diretor	
  de	
  LogísKca	
  da	
  Indústria	
  de	
  Tapetes	
  Bandeirante	
  
e	
   execuKvo	
   em	
   empresas	
   metalúrgicas,	
   têxteis	
   e	
   químicas.	
   Atualmente	
   é	
  
Consultor	
  Associado	
  da	
  Gestori	
  Consultoria	
  Empresarial;	
  
Ø Coordenador	
  do	
  GELOG	
  –	
  Grupo	
  de	
  Estudos	
  em	
  Administração	
  de	
  Operações	
  
Empresariais	
  e	
  LogísKca	
  do	
  Conselho	
  Regional	
  de	
  Administração	
  de	
  São	
  Paulo	
  
(CRA-­‐SP).	
  
O PERFIL DO ADMINISTRADOR
EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS
E LOGÍSTICA
AGENDA	
  	
  	
  	
  
1.  Administrador	
  profissional	
  	
  x	
  campo	
  de	
  atuação;	
  
	
  
2.  Operações	
  e	
  LogísAca;	
  
3.  Perfil	
  do	
  Administrador	
  em	
  Operações	
  Empresariais	
  
e	
  LogísAca.	
  
Parte	
  1	
  
Administrador	
  profissional	
  x	
  campo	
  de	
  
atuação	
  
ENCOAD 2015: O Perfil Do Administrador em Operações Empresariais e Logística
ENCOAD 2015: O Perfil Do Administrador em Operações Empresariais e Logística
Perfil	
  do	
  Administrador	
  (Pesquisa	
  CFA	
  –	
  2011)	
  	
  
Fonte:	
  www.cfa.org.br/administracao/administrador	
  	
  
ALGUNS	
  DADOS	
  
•  A	
  maioria	
  é	
  do	
  sexo	
  masculino;	
  
•  Tem	
  idade	
  média	
  de	
  39,3	
  anos;	
  
•  É	
  egresso	
  de	
  insKtuições	
  parKculares;	
  
•  Possui	
  especialização	
  em	
  alguma	
  área	
  da	
  Administração;	
  
•  Trabalha	
  em	
  empresas	
  de	
  grande	
  porte	
  (serviços	
  e	
  indústria)	
  
e	
  órgãos	
  públicos;	
  
•  Atua	
  nas	
  áreas	
  de	
  Administração	
  Geral,	
  Financeira,	
  Vendas	
  e	
  
Recursos	
  Humanos	
  (58,92%	
  do	
  total);	
  
•  Ocupa	
  cargos	
  de	
  gerência;	
  
•  Renda	
  média	
  de	
  aproximadamente	
  9,7	
  SM	
  
•  É	
  registrado	
  no	
  CRA.	
  
•  O	
   ambiente	
   empresarial	
   é	
   de	
   complexidade,	
  
compeKKvidade	
   e	
   desafios	
   crescentes.	
   O	
  
Administrador	
  é	
  o	
  profissional	
   	
  qualificado	
  para	
  
atuar	
  nas	
  diversas	
  dimensões	
  das	
  organizações	
  e	
  
suas	
  inter-­‐relações,	
  transformando	
  planejamento	
  
em	
  resultados.	
  
•  Quais	
  são	
  as	
  habilidades	
  e	
  as	
  técnicas	
  necessárias	
  
para	
  o	
  sucesso	
  nesta	
  área	
  de	
  especialização	
  com	
  
pouca	
   parAcipação	
   do	
   Administrador	
  
Profissional?	
  
Premissas	
  básicas	
  	
  
Parte	
  2	
  
Operações	
  e	
  LogísAca	
  
ATIVIDADES DE
APOIO	
  
ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS	
  
INFRAESTRUTURA DA EMPRESA	
  
DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA	
  
AQUISIÇÃO	
  
M	
  
A	
  
R	
  
G	
  
E	
  
M	
  
ATIVIDADES PRINCIPAIS	
  
LOGÍSTICA
DE
ENTRADA
(Inbound)	
   OPERAÇÕES	
  
LOGÍSTICA
DE
SAÍDA
(Outbound)	
  
MARKETING E
VENDAS	
  
SERVIÇOS
PÓS-VENDA	
  
GERÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS	
  
A	
  CADEIA	
  DE	
  VALOR	
  representa	
  todas	
  as	
  aKvidades	
  que	
  acontecem	
  dentro	
  da	
  
empresa	
  com	
  a	
  finalidade	
  de	
  criar	
  VALOR	
  para	
  os	
  clientes.	
  
É	
  variável	
  de	
  empresa	
  para	
  empresa,	
  refleKndo	
  as	
  suas	
  forças	
  e	
  qualidades	
  
relacionadas	
  a	
  capacidade	
  de	
  gerar	
  estratégias	
  e	
  implementá-­‐las.	
  
Adaptado	
  de	
  PORTER,	
  M.	
  E.	
  Compe44ve	
  strategy.	
  New	
  York:	
  The	
  Free	
  Press,	
  1980	
  
Cadeia	
  de	
  Valor	
  
PerspecAva	
  Integrada	
  de	
  Operações	
  e	
  LogísAca	
  	
  	
  
Administração	
  
Engenharia	
  de	
  
Produção	
  Operações	
  e	
  
LogísAca	
  
PerspecAva	
  Integrada	
  de	
  Operações	
  e	
  LogísAca	
  	
  	
  
Previsão de Demanda
Aquisição
Preservação/Conservação
Armazenagem de MP
Planejamento de Materiais (MRP)
Armazenagem em Processo
Movimentação de Materiais
Planejamento da Produção (PCP)
Embalagem, Unitização
Armazenagem de PA
Planejamento da Distribuição
Processamento de Pedidos
Transporte
Serviço ao Cliente
OPERAÇÕES E
LOGÍSTICA
EMPRESARIAL
Logística de
Suprimentos
Logística de
Produção
Logística de
Distribuição
Física
Adaptado	
  de	
  BALLOU,	
  R.	
  H.	
  The	
  evoluKon	
  and	
  future	
  of	
  logisKcs	
  and	
  supply	
  chain	
  management.	
  European	
  Business	
  Review.	
  Vol.	
  19	
  No.	
  4,	
  2007.	
  pp.	
  332-­‐348	
  
Uma	
  nova	
  perspecAva	
  para	
  o	
  Administrador	
  
1 ExecuAvos	
  de	
  corporações	
  	
  líderes	
  na	
  implementação	
  do	
  
“estado	
  da	
  arte”	
  do	
  SCM	
  compreendem	
  que	
  SCM	
  engloba	
  mais	
  
que	
  a	
  LogísAca”	
  	
  	
  	
  	
  	
  
1 “SCM	
  partnerships	
  will	
  likely	
  involve	
  more	
  processes	
  and	
  
func9ons	
  than	
  integrated	
  logis9cs	
  management	
  
partnerships”	
  	
  (Cooper	
  et.	
  al,	
  SCM:	
  more	
  than	
  a	
  new	
  name	
  for	
  LogisAcs,	
  InternaAonal	
  Journal	
  of	
  LogisAcs	
  
Management,	
  V.	
  8,	
  No.	
  1,	
  1997).	
  
Transporte
MateriaisSCM Logística
Distribuição
“Logis9cs	
  is	
  that	
  part	
  of	
  Supply	
  Chain	
  Management	
  that	
  
plans,	
   implements,	
   and	
   controls	
   the	
   efficient,	
   effecAve	
  
forward	
  and	
  reverse	
  flow	
  and	
  storage	
  of	
  goods,	
  services	
  
and	
  related	
  informaAon	
  between	
  the	
  point	
  of	
  origin	
  and	
  
the	
   point	
   of	
   consumpAon	
   in	
   order	
   to	
   meet	
   customers'	
  
requirements.	
  ”	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  www.cscmp.org	
  
	
  
Definição	
  -­‐	
  LogísAca	
  
Definição	
  -­‐	
  Supply	
  Chain	
  
“Supply	
  Chain	
  Management	
  encompasses	
  the	
  planning	
  and	
  
management	
   of	
   all	
   acAviAes	
   involved	
   in	
   sourcing	
   and	
  
procurement,	
   conversion	
   and	
   all	
   LogisAcs	
   Management	
  
acAviAes.	
   Importantly,	
   it	
   also	
   includes	
   coordinaAon	
   and	
  
collaboraAon	
  with	
  channel	
  partners,	
  which	
  can	
  be	
  suppliers,	
  
intermediaries,	
  third-­‐party	
  service	
  providers,	
  and	
  customers.	
  
In	
  essence,	
  Supply	
  Chain	
  Management	
  integrates	
  supply	
  and	
  
demand	
  management	
  within	
  and	
  across	
  companies”	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  www.cscmp.org	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  
Materiais	
  
Informações	
  
Fluxo	
  conpnuo	
  e	
  ininterrupto	
  de:	
  
Transferência	
   Transferência	
   Transferência	
   Transferência	
  
Fabricante	
  Fornecedor	
   Distribuidor	
  
Atacadista	
  
Varejista	
   Consumidor	
  
Finanças	
  
Visão	
  Geral	
  –	
  Cadeia	
  de	
  Suprimentos	
  
CompeAção	
  entre	
  Cadeias	
  de	
  Suprimentos	
  
Parte	
  3	
  
Perfil	
  do	
  Administrador	
  em	
  Operações	
  
Empresariais	
  e	
  LogísAca	
  
Administrador	
  em	
  Operações	
  e	
  LogísAca	
  
­ Estabelecer/definir	
  o	
  Nível	
  de	
  Serviço	
  ao	
  Cliente;	
  
	
  
­ Mercados	
  globais	
  –	
  global	
  sourcing;	
  
	
  
­ Visão	
  sistêmica	
  do	
  negócio	
  (sinergia,	
  colaboração,	
  
comparKlhamento);	
  
	
  
­ Raciocínio	
  lógico	
  e	
  analíAco	
  –	
  problemas	
  de	
  suprimentos,	
  
movimentação,	
  armazenagem,	
  transporte	
  e	
  distribuição;	
  
	
  
­ CriaAvidade	
  e	
  flexibilidade	
  em	
  ambientes	
  turbulentos;	
  
	
  
­ Habilidade	
  para	
  trabalhar	
  em	
  Ames	
  (coaching	
  e	
  mentoring);	
  
	
  
­ Conhecer	
  e	
  gerenciar	
  tecnologia	
  de	
  informação	
  (sistemas	
  
integrados,	
  equipamentos	
  e	
  práKcas).	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Logística Empresarial
Logística  EmpresarialLogística  Empresarial
Logística Empresarial
Romilson Cesar
 
Logistica empresarial
Logistica empresarialLogistica empresarial
Logistica empresarial
Universidade Pedagogica
 
JSA_Logística Suprimentos
JSA_Logística SuprimentosJSA_Logística Suprimentos
JSA_Logística Suprimentos
Salvador Abreu
 
Logistica e globalização
Logistica e globalizaçãoLogistica e globalização
Logistica e globalização
teixeiraarmando
 
Logistica
LogisticaLogistica
Logistica texto: Entenda a importância da Logistica
Logistica texto: Entenda a importância da LogisticaLogistica texto: Entenda a importância da Logistica
Logistica texto: Entenda a importância da Logistica
Professor Sérgio Duarte
 
Logística 2 fundamentos
Logística 2 fundamentosLogística 2 fundamentos
Logística 2 fundamentos
Andrey Martins
 
A História da Logística.
A História da Logística.A História da Logística.
A História da Logística.
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes
 
Cadeia de Suprimentos
Cadeia de SuprimentosCadeia de Suprimentos
Cadeia de Suprimentos
Adeildo Caboclo
 
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
Daniel Camargos Frade
 
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Aula 2 - Curso introdução logística - Deleon
Aula 2 - Curso introdução logística - DeleonAula 2 - Curso introdução logística - Deleon
Aula 2 - Curso introdução logística - Deleon
Logistica21
 
Logística empresarial i apostila
Logística empresarial i   apostilaLogística empresarial i   apostila
Logística empresarial i apostila
Davi Ribeiro
 
002.logistica cadeia de suprimentos
002.logistica cadeia de suprimentos002.logistica cadeia de suprimentos
002.logistica cadeia de suprimentos
Lucas Andrade Ferreira
 
Logística empresarial
Logística empresarialLogística empresarial
Logística empresarial
Cristiano Ferreira Cesarino
 
Logística apostila resumo 2
Logística apostila resumo 2Logística apostila resumo 2
Logística apostila resumo 2
Professor Sérgio Duarte
 
Apostila de introdução a logística
Apostila de introdução a logística Apostila de introdução a logística
Apostila de introdução a logística
Fabiana Vieira
 
Logística Empresarial
Logística EmpresarialLogística Empresarial
Logística Empresarial
Rafael Marser
 
História da Logística
História da LogísticaHistória da Logística
História da Logística
Robson Costa
 
Introdução logistica
Introdução logisticaIntrodução logistica
Introdução logistica
JAILTONBORGES
 

Mais procurados (20)

Logística Empresarial
Logística  EmpresarialLogística  Empresarial
Logística Empresarial
 
Logistica empresarial
Logistica empresarialLogistica empresarial
Logistica empresarial
 
JSA_Logística Suprimentos
JSA_Logística SuprimentosJSA_Logística Suprimentos
JSA_Logística Suprimentos
 
Logistica e globalização
Logistica e globalizaçãoLogistica e globalização
Logistica e globalização
 
Logistica
LogisticaLogistica
Logistica
 
Logistica texto: Entenda a importância da Logistica
Logistica texto: Entenda a importância da LogisticaLogistica texto: Entenda a importância da Logistica
Logistica texto: Entenda a importância da Logistica
 
Logística 2 fundamentos
Logística 2 fundamentosLogística 2 fundamentos
Logística 2 fundamentos
 
A História da Logística.
A História da Logística.A História da Logística.
A História da Logística.
 
Cadeia de Suprimentos
Cadeia de SuprimentosCadeia de Suprimentos
Cadeia de Suprimentos
 
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
Logística - Logística e Cadeia de Suprimentos - instagram.com/cursos_de_logis...
 
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
Semana de Comércio Exterior e Logística - A logística como ferramenta de comp...
 
Aula 2 - Curso introdução logística - Deleon
Aula 2 - Curso introdução logística - DeleonAula 2 - Curso introdução logística - Deleon
Aula 2 - Curso introdução logística - Deleon
 
Logística empresarial i apostila
Logística empresarial i   apostilaLogística empresarial i   apostila
Logística empresarial i apostila
 
002.logistica cadeia de suprimentos
002.logistica cadeia de suprimentos002.logistica cadeia de suprimentos
002.logistica cadeia de suprimentos
 
Logística empresarial
Logística empresarialLogística empresarial
Logística empresarial
 
Logística apostila resumo 2
Logística apostila resumo 2Logística apostila resumo 2
Logística apostila resumo 2
 
Apostila de introdução a logística
Apostila de introdução a logística Apostila de introdução a logística
Apostila de introdução a logística
 
Logística Empresarial
Logística EmpresarialLogística Empresarial
Logística Empresarial
 
História da Logística
História da LogísticaHistória da Logística
História da Logística
 
Introdução logistica
Introdução logisticaIntrodução logistica
Introdução logistica
 

Destaque

ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
ENCOAD 2015:  O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.ENCOAD 2015:  O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
ENCOAD 2015: O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x PerpetuaçãoENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos HumanosENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do EsporteENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 

Destaque (11)

ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
 
ENCOAD 2015: O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
ENCOAD 2015:  O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.ENCOAD 2015:  O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
ENCOAD 2015: O Administrador como Executivo - Uma Advertência Oportuna.
 
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
ENCOAD 2015: Mobile Work : A nova realidade do trabalho – Você está preparado?
 
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
ENCOAD 2015 - O Jovem Administrador e o Empreendedorismo.
 
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x PerpetuaçãoENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
ENCOAD 2015: Empresas Familiares: Crise x Perpetuação
 
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
 
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
 
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
ENCOAD 2015: 50 Anos de Administração de Pessoas no Brasil: Avanços e Perspec...
 
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos HumanosENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
ENCOAD 2015: Da Administração Científica à Administração de Conflitos Humanos
 
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do EsporteENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
ENCOAD 2015: Novas Perspectivas para a Gestão dos Negócios do Esporte
 
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
ENCOAD 2015: Desafios da Administração Hospitalar para o Século XXI: Administ...
 

Semelhante a ENCOAD 2015: O Perfil Do Administrador em Operações Empresariais e Logística

Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
Sérgio Pereira Do Valle
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Andrei Maturano
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Andrei Maturano
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Andrei Maturano
 
Portfólio de serviços da Deverhum
Portfólio de serviços da DeverhumPortfólio de serviços da Deverhum
Portfólio de serviços da Deverhum
Eduardo Hope
 
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
SOP Brasil
 
Logística Aula 10
Logística Aula 10Logística Aula 10
Logística Aula 10
robsonnasc
 
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
MiltonPenha
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
ucammaster
 
Np09 P
Np09 PNp09 P
Np09 P
noferreira
 
Msb consult in company
Msb consult in companyMsb consult in company
Msb consult in company
MSB Consult
 
MAThobias Portfolio 2015
MAThobias Portfolio 2015MAThobias Portfolio 2015
MAThobias Portfolio 2015
Marino Thobias
 
O processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no BrasilO processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no Brasil
escolaoutliers
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
delano chaves gurgel do amaral
 
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Alberto Vargas
 
Managing-SOX.pdf
Managing-SOX.pdfManaging-SOX.pdf
Managing-SOX.pdf
Pedro Luis Moraes
 
Consultoria Logística
Consultoria LogísticaConsultoria Logística
Consultoria Logística
josebsiqueira
 
Leandro Pinho
Leandro PinhoLeandro Pinho
Leandro Pinho
LEANDRO PINHO
 
Pi mmodelo
Pi mmodeloPi mmodelo
Pi mmodelo
dynahina
 
AndreBorges_cv português_2016
AndreBorges_cv português_2016AndreBorges_cv português_2016
AndreBorges_cv português_2016
Andre Borges
 

Semelhante a ENCOAD 2015: O Perfil Do Administrador em Operações Empresariais e Logística (20)

Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
 
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
Ebookdeverhumonline 160523215830 arte final-v_deverhum_17_jun16
 
Portfólio de serviços da Deverhum
Portfólio de serviços da DeverhumPortfólio de serviços da Deverhum
Portfólio de serviços da Deverhum
 
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
SOP Brasil - Performa® (Sales Planning)
 
Logística Aula 10
Logística Aula 10Logística Aula 10
Logística Aula 10
 
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
Via certa log pim iii prontooooooooooooooo (1)
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 
Np09 P
Np09 PNp09 P
Np09 P
 
Msb consult in company
Msb consult in companyMsb consult in company
Msb consult in company
 
MAThobias Portfolio 2015
MAThobias Portfolio 2015MAThobias Portfolio 2015
MAThobias Portfolio 2015
 
O processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no BrasilO processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no Brasil
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
 
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
Carlos Vargas CV FEV 2016 - 1
 
Managing-SOX.pdf
Managing-SOX.pdfManaging-SOX.pdf
Managing-SOX.pdf
 
Consultoria Logística
Consultoria LogísticaConsultoria Logística
Consultoria Logística
 
Leandro Pinho
Leandro PinhoLeandro Pinho
Leandro Pinho
 
Pi mmodelo
Pi mmodeloPi mmodelo
Pi mmodelo
 
AndreBorges_cv português_2016
AndreBorges_cv português_2016AndreBorges_cv português_2016
AndreBorges_cv português_2016
 

Mais de Conselho Regional de Administração de São Paulo

Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SPResponsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃOCOMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistasWebinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no BrasilAdministrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimentoAmbiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Compliance no setor de energia
Compliance no setor de energiaCompliance no setor de energia
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiaresA tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia HospitalarDimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimentoAcolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Legislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e AmbientalLegislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e Ambiental
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafiosLogística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Como ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado esperaComo ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado espera
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Coaching em grupos
Coaching em gruposCoaching em grupos
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenárioAs organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 

Mais de Conselho Regional de Administração de São Paulo (20)

Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SPResponsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no CRA-SP
 
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
JORNADA DE TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NAS EMPRESAS
 
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃOCOMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
COMO APLICAR A CULTURA ÁGIL EM SUA ORGANIZAÇÃO
 
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistasWebinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
Webinar - Mediação: como minimizar os riscos nas relações trabalhistas
 
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no BrasilAdministrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
Administrador 5.0: Protagonista da Transformação Digital no Brasil
 
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimentoAmbiente favorável ao autodesenvolvimento
Ambiente favorável ao autodesenvolvimento
 
Compliance no setor de energia
Compliance no setor de energiaCompliance no setor de energia
Compliance no setor de energia
 
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiaresA tributação na estruturação societária das empresas familiares
A tributação na estruturação societária das empresas familiares
 
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
A experiência feminina no sistema de franchising: como definir o segmento mai...
 
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia HospitalarDimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
Dimensões Clínicas, Técnicas e Gerenciais da Farmácia Hospitalar
 
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimentoAcolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
Acolhimento, Hospitalidade e Hotelaria: excelência no atendimento
 
Legislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e AmbientalLegislação Sanitária e Ambiental
Legislação Sanitária e Ambiental
 
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafiosLogística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafios
 
Como ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado esperaComo ser o lider que o mercado espera
Como ser o lider que o mercado espera
 
Coaching em grupos
Coaching em gruposCoaching em grupos
Coaching em grupos
 
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?Mediação: onde estamos e para onde vamos?
Mediação: onde estamos e para onde vamos?
 
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
 
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
ADM Tendências (Episódio 06) Case Grow: Empreendedorismo e Negócios com Respo...
 
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenárioAs organizações estão doentes: como mudar este cenário
As organizações estão doentes: como mudar este cenário
 
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
O Futuro do Branding, das Marcas e da Comunicação até 2050
 

Último

A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
João de Paula Ribeiro Neto
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 

Último (8)

A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 

ENCOAD 2015: O Perfil Do Administrador em Operações Empresariais e Logística

  • 2. Composição  do  GELOG     Tecn.  ANTONIO  SAMPAIO     Adm.  DOMINGOS  ALVES  CORRÊA  NETO     Adm.  MARCOS  ANTONIO  MAIA  DE  OLIVEIRA     Adm.  RENATA  DELGADO     Adm.  VALDIR  ESPÓSITO  
  • 3. ObjeAvo  geral     Ø    O   foco   de   atuação   do   GELOG   consiste   na   criação,   desenvolvimento   e   validação   de   análises   sobre   o   tema   ADMINISTRAÇÃO  DE  OPERAÇÕES  EMPRESARIAIS  E  LOGÍSTICA     que  possam  gerar  conhecimento  teórico  e  aplicações  práAcas   para   aumento   da   compeKKvidade   das   organizações   dos   diferentes  setores  empresariais.  
  • 4. ObjeAvos  específicos     Ø   DiscuKr  e  propor  soluções  para  os  problemas  relacionados  as   Operações  Empresariais  e  LogísKca  e  suas  implicações;     Ø   Criar  mecanismos  para  que  os  empresários  e  execuKvos  possam   expor  seus  problemas  e  dificuldades  através  de  um  fórum  amplo   e   democráKco,   discuKndo   possibilidades   de   solução   e   contribuindo   com   a   experiência   individual   em   prol   da   comunidade  empresarial.  
  • 5. Metodologia     Ø  Apresentação  de  cases  referenciais  de  sucesso  nas  organizações;   Ø  Elaboração,   aplicação,   tabulação   e   divulgação   de   pesquisas   relacionadas;   Ø  Elaboração  e  publicação  de  papers  e  livros  sobre  tópicos  da  área;   Ø  Workshops  sobre  atualidades;   Ø  Palestras   e   encontros   com   especialistas   em   Operações   e   LogísKca;   Ø  Realização  de  cursos  de  curta  duração  sobre  tópicos  relevantes   na  área.  
  • 6. Como  parAcipar  do  grupo?     Ø  Manifestação  de  interesse  junto  ao  CRA-­‐SP  através  do  envio  do   currículo   do   interessado   para   o   Departamento   de   Relações   Externas;   Ø  O  ingresso  é  semestral  –  fevereiro  e  agosto,  e  ocorrerá  após   análise   e   aprovação   em   reunião   específica   agendada   pelo   grupo;   Ø  O  Regimento  Interno  –  práAcas  gerais  está  disponível  no  site   do  CRA-­‐SP  para  conhecimento  dos  interessados.  
  • 7. Palestrante   Domingos  Alves  Corrêa  Neto   Ø Administrador  com  especialização  e  mestrado  em  Administração,  mestrado   em  Engenharia  Industrial  e  doutorando  em  Administração.  Atuação  no  ensino   superior   como   diretor,   coordenador   e   professor   em   cursos   de   graduação   e   pós-­‐graduação.  Atualmente  é  avaliador  insKtucional  e  de  cursos  presenciais/ EAD   do   MEC/INEP   e   coordenador   do   curso   de   Administração   da   Escola   Superior  Nacional  de  Seguros  de  São  Paulo  -­‐  ESNS-­‐SP;   Ø Carreira  profissional  desenvolvida  nas  áreas  de  Operações,  LogísKca,  Supply   Chain  e  Qualidade.  Foi  Diretor  de  LogísKca  da  Indústria  de  Tapetes  Bandeirante   e   execuKvo   em   empresas   metalúrgicas,   têxteis   e   químicas.   Atualmente   é   Consultor  Associado  da  Gestori  Consultoria  Empresarial;   Ø Coordenador  do  GELOG  –  Grupo  de  Estudos  em  Administração  de  Operações   Empresariais  e  LogísKca  do  Conselho  Regional  de  Administração  de  São  Paulo   (CRA-­‐SP).  
  • 8. O PERFIL DO ADMINISTRADOR EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA
  • 9. AGENDA         1.  Administrador  profissional    x  campo  de  atuação;     2.  Operações  e  LogísAca;   3.  Perfil  do  Administrador  em  Operações  Empresariais   e  LogísAca.  
  • 10. Parte  1   Administrador  profissional  x  campo  de   atuação  
  • 13. Perfil  do  Administrador  (Pesquisa  CFA  –  2011)     Fonte:  www.cfa.org.br/administracao/administrador     ALGUNS  DADOS   •  A  maioria  é  do  sexo  masculino;   •  Tem  idade  média  de  39,3  anos;   •  É  egresso  de  insKtuições  parKculares;   •  Possui  especialização  em  alguma  área  da  Administração;   •  Trabalha  em  empresas  de  grande  porte  (serviços  e  indústria)   e  órgãos  públicos;   •  Atua  nas  áreas  de  Administração  Geral,  Financeira,  Vendas  e   Recursos  Humanos  (58,92%  do  total);   •  Ocupa  cargos  de  gerência;   •  Renda  média  de  aproximadamente  9,7  SM   •  É  registrado  no  CRA.  
  • 14. •  O   ambiente   empresarial   é   de   complexidade,   compeKKvidade   e   desafios   crescentes.   O   Administrador  é  o  profissional    qualificado  para   atuar  nas  diversas  dimensões  das  organizações  e   suas  inter-­‐relações,  transformando  planejamento   em  resultados.   •  Quais  são  as  habilidades  e  as  técnicas  necessárias   para  o  sucesso  nesta  área  de  especialização  com   pouca   parAcipação   do   Administrador   Profissional?   Premissas  básicas    
  • 15. Parte  2   Operações  e  LogísAca  
  • 16. ATIVIDADES DE APOIO   ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS   INFRAESTRUTURA DA EMPRESA   DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA   AQUISIÇÃO   M   A   R   G   E   M   ATIVIDADES PRINCIPAIS   LOGÍSTICA DE ENTRADA (Inbound)   OPERAÇÕES   LOGÍSTICA DE SAÍDA (Outbound)   MARKETING E VENDAS   SERVIÇOS PÓS-VENDA   GERÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS   A  CADEIA  DE  VALOR  representa  todas  as  aKvidades  que  acontecem  dentro  da   empresa  com  a  finalidade  de  criar  VALOR  para  os  clientes.   É  variável  de  empresa  para  empresa,  refleKndo  as  suas  forças  e  qualidades   relacionadas  a  capacidade  de  gerar  estratégias  e  implementá-­‐las.   Adaptado  de  PORTER,  M.  E.  Compe44ve  strategy.  New  York:  The  Free  Press,  1980   Cadeia  de  Valor  
  • 17. PerspecAva  Integrada  de  Operações  e  LogísAca       Administração   Engenharia  de   Produção  Operações  e   LogísAca  
  • 18. PerspecAva  Integrada  de  Operações  e  LogísAca       Previsão de Demanda Aquisição Preservação/Conservação Armazenagem de MP Planejamento de Materiais (MRP) Armazenagem em Processo Movimentação de Materiais Planejamento da Produção (PCP) Embalagem, Unitização Armazenagem de PA Planejamento da Distribuição Processamento de Pedidos Transporte Serviço ao Cliente OPERAÇÕES E LOGÍSTICA EMPRESARIAL Logística de Suprimentos Logística de Produção Logística de Distribuição Física Adaptado  de  BALLOU,  R.  H.  The  evoluKon  and  future  of  logisKcs  and  supply  chain  management.  European  Business  Review.  Vol.  19  No.  4,  2007.  pp.  332-­‐348  
  • 19. Uma  nova  perspecAva  para  o  Administrador   1 ExecuAvos  de  corporações    líderes  na  implementação  do   “estado  da  arte”  do  SCM  compreendem  que  SCM  engloba  mais   que  a  LogísAca”             1 “SCM  partnerships  will  likely  involve  more  processes  and   func9ons  than  integrated  logis9cs  management   partnerships”    (Cooper  et.  al,  SCM:  more  than  a  new  name  for  LogisAcs,  InternaAonal  Journal  of  LogisAcs   Management,  V.  8,  No.  1,  1997).   Transporte MateriaisSCM Logística Distribuição
  • 20. “Logis9cs  is  that  part  of  Supply  Chain  Management  that   plans,   implements,   and   controls   the   efficient,   effecAve   forward  and  reverse  flow  and  storage  of  goods,  services   and  related  informaAon  between  the  point  of  origin  and   the   point   of   consumpAon   in   order   to   meet   customers'   requirements.  ”                                                                                                                                                                                                          www.cscmp.org     Definição  -­‐  LogísAca  
  • 21. Definição  -­‐  Supply  Chain   “Supply  Chain  Management  encompasses  the  planning  and   management   of   all   acAviAes   involved   in   sourcing   and   procurement,   conversion   and   all   LogisAcs   Management   acAviAes.   Importantly,   it   also   includes   coordinaAon   and   collaboraAon  with  channel  partners,  which  can  be  suppliers,   intermediaries,  third-­‐party  service  providers,  and  customers.   In  essence,  Supply  Chain  Management  integrates  supply  and   demand  management  within  and  across  companies”                                                                                                                                                                                                                                                                                                www.cscmp.org                                                                          
  • 22. Materiais   Informações   Fluxo  conpnuo  e  ininterrupto  de:   Transferência   Transferência   Transferência   Transferência   Fabricante  Fornecedor   Distribuidor   Atacadista   Varejista   Consumidor   Finanças   Visão  Geral  –  Cadeia  de  Suprimentos  
  • 23. CompeAção  entre  Cadeias  de  Suprimentos  
  • 24. Parte  3   Perfil  do  Administrador  em  Operações   Empresariais  e  LogísAca  
  • 25. Administrador  em  Operações  e  LogísAca   ­ Estabelecer/definir  o  Nível  de  Serviço  ao  Cliente;     ­ Mercados  globais  –  global  sourcing;     ­ Visão  sistêmica  do  negócio  (sinergia,  colaboração,   comparKlhamento);     ­ Raciocínio  lógico  e  analíAco  –  problemas  de  suprimentos,   movimentação,  armazenagem,  transporte  e  distribuição;     ­ CriaAvidade  e  flexibilidade  em  ambientes  turbulentos;     ­ Habilidade  para  trabalhar  em  Ames  (coaching  e  mentoring);     ­ Conhecer  e  gerenciar  tecnologia  de  informação  (sistemas   integrados,  equipamentos  e  práKcas).