SlideShare uma empresa Scribd logo
Gil Vicente,
Farsa de Inês Pereira
Texto analisado
Um pretendente para Inês
Lia. Inês Pereira é concertada
pera casar com alguém?
Mãe Até ‘gora com ninguém
não é ela embaraçada.
Lia. Eu vos trago um casamento
em nome do Anjo bento.
Filha, não sei se vos praz.
Inês E quando, Lianor Vaz?
Lia. Eu vos trago aviamento.
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira,
Porto, Porto Editora, 2014 [pp. 18-19]
concertada: comprometida.
concertada
aviamento: rapidez.
aviamento
avisado: sensato.
avisado
pobre pelado: sem dinheiro.
pobre pelado
em camisa: sem dote.em camisa
alfaqui: sábio muçulmano (a Mãe toma,
erradamente, o alfaqui pelo nome de uma
ciência difícil).
alfaqui
Lia. Inês Pereira é concertada
pera casar com alguém?
Mãe Até ‘gora com ninguém
não é ela embaraçada.
Lia. Eu vos trago um casamento
em nome do Anjo bento.
Filha, não sei se vos praz.
Inês E quando, Lianor Vaz?
Lia. Eu vos trago aviamento.
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
A alcoviteira Lianor
Vaz quer saber
se Inês está
comprometida,
pois encontrou
um pretendente
para a jovem.
Qual é o ASSUNTO
do excerto?
Lianor Vaz quer saber
se Inês está
comprometida
Lianor Vaz
encontrou um
pretendente para
Inês
Representação
do quotidiano
(combinação
de casamento)
O pretendente enviou
uma carta a Inês,
para se dar a conhecer
Lia. Inês Pereira é concertada
pera casar com alguém?
Mãe Até ‘gora com ninguém
não é ela embaraçada.
Lia. Eu vos trago um casamento
em nome do Anjo bento.
Filha, não sei se vos praz.
Inês E quando, Lianor Vaz?
Lia. Eu vos trago aviamento.
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
• Inês
• Lianor Vaz
• Mãe (de Inês)
Quem são as
PERSONAGENS
intervenientes
na ação?
Lianor Vaz,
a alcoviteira
Mãe de
Inês Pereira
Inês Pereira
Lia. Inês Pereira é concertada
pera casar com alguém?
Mãe Até ‘gora com ninguém
não é ela embaraçada.
Lia. Eu vos trago um casamento
em nome do Anjo bento.
Filha, não sei se vos praz.
Inês E quando, Lianor Vaz?
Lia. Eu vos trago aviamento.
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
• Lianor Vaz:
alcoviteira/casamenteira,
dissimulada, pragmática,
bajuladora
• Inês Pereira: ansiosa por
casar, idealista, desejosa
de ascensão social, culta
• Mãe de Inês Pereira:
ansiosa pelo casamento
da filha
Quais são as
CARACTERÍSTICAS DAS
PERSONAGENS?
Lianor Vaz
• alcoviteira /
casamenteira
Representação
do quotidiano
(combinação de casamento)
• bajuladora
• dissimulada
Inês Pereira
• ansiosa por
casar
• idealista e
desejosa de
ascensão social
• com alguma
cultura
Mãe de Inês
Pereira
• ansiosa pelo
casamento da
filha
• pragmática
Lia. Inês Pereira é concertada
pera casar com alguém?
Mãe Até ‘gora com ninguém
não é ela embaraçada.
Lia. Eu vos trago um casamento
em nome do Anjo bento.
Filha, não sei se vos praz.
Inês E quando, Lianor Vaz?
Lia. Eu vos trago aviamento.
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
Antagonismo Mãe
e Lianor Vaz / Inês:
• oposição de
interesses e
conceções de vida
• conflito
intergeracional
Que relações se
estabelecem entre as
PERSONAGENS?
Lianor Vaz
• interesse em casar
Inês com um
homem “rico,
honrado, conhecido”
Inês Pereira
• interesse em casar
com um homem
“avisado” e
“discreto”, ainda
que pobre
Inês Porém, não hei de casar
senão com homem avisado,
ainda que pobre pelado,
seja discreto em falar.
Lia. Eu vos trago um bom marido,
rico, honrado, conhecido;
diz que em camisa vos quer.
Inês Primeiro, eu hei de saber
se é parvo, se sabido.
Lia. Nesta carta que aqui vem
pera vós, filha, d’amores,
veredes vós, minhas flores,
a discrição que ele tem.
Inês Mostrai-ma cá, quero ver.
Lia. Tomai. E sabedes vós ler?
Mãe Hui! E ela sabe latim,
e gramática e alfaqui,
e tudo quanto ela quer.
Linguagem expressiva
• Cómico de linguagem
• Expressões coloquiais
• Interjeições
Como se caracteriza
a LINGUAGEM?
Cómico de linguagem
(uso indevido da
palavra “alfaqui”
pela Mãe)
Interjeição
(“Hui!”)
Expressão
coloquial
Expressão
coloquial
O excerto apresentado ilustra algumas das características das peças de Gil Vicente:
Tópicos de análise
• representação de um episódio:
– que aborda o relacionamento familiar (Inês e Mãe);
– que reflete um aspeto da vida quotidiana – o casamento – opondo
duas conceções de “marido” – uma pragmática (Lianor Vaz), outra
idealizada (Inês);
– em que surgem representados tipos sociais: jovem rapariga em idade
de casar e que deseja ascender socialmente (Inês), alcoviteira/
casamenteira (Lianor);
• texto caracterizado por uma linguagem expressiva, de carácter popular,
pelo cómico de linguagem (cf. emprego incorreto do termo “alfaqui”).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
Ana Martins
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
Paula Oliveira Cruz
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
Daniel Sousa
 
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Dina Baptista
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
quintaldasletras
 
Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereira
David Caçador
 
Ai flores, ai flores
Ai flores, ai floresAi flores, ai flores
Ai flores, ai flores
Paula Oliveira Cruz
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
Paula Oliveira Cruz
 
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Dina Baptista
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - Resumo
Gijasilvelitz 2
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Vanda Sousa
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
Helena Coutinho
 
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_DeusHume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Isabel Moura
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
Paula Angelo
 
Auto de inês pereira
Auto de inês pereiraAuto de inês pereira
Auto de inês pereira
nanasimao
 
Canto viii 96_99
Canto viii 96_99Canto viii 96_99
Canto viii 96_99
Maria Teresa Soveral
 
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
InesTeixeiraDuarte
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
nando_reis
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 

Mais procurados (20)

Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereira
 
Ai flores, ai flores
Ai flores, ai floresAi flores, ai flores
Ai flores, ai flores
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - Resumo
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
 
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_DeusHume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
Hume_problemas_existência_eu_mundo_Deus
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Auto de inês pereira
Auto de inês pereiraAuto de inês pereira
Auto de inês pereira
 
Canto viii 96_99
Canto viii 96_99Canto viii 96_99
Canto viii 96_99
 
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
Ética, Direito e Política (Teoria da Justiça de Rawls)
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Tipos de conhecimento
Tipos de conhecimentoTipos de conhecimento
Tipos de conhecimento
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 

Análise da farsa de Inês Pereira - 10º ano

  • 1. Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira Texto analisado
  • 2. Um pretendente para Inês Lia. Inês Pereira é concertada pera casar com alguém? Mãe Até ‘gora com ninguém não é ela embaraçada. Lia. Eu vos trago um casamento em nome do Anjo bento. Filha, não sei se vos praz. Inês E quando, Lianor Vaz? Lia. Eu vos trago aviamento. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. Gil Vicente, Farsa de Inês Pereira, Porto, Porto Editora, 2014 [pp. 18-19] concertada: comprometida. concertada aviamento: rapidez. aviamento avisado: sensato. avisado pobre pelado: sem dinheiro. pobre pelado em camisa: sem dote.em camisa alfaqui: sábio muçulmano (a Mãe toma, erradamente, o alfaqui pelo nome de uma ciência difícil). alfaqui
  • 3. Lia. Inês Pereira é concertada pera casar com alguém? Mãe Até ‘gora com ninguém não é ela embaraçada. Lia. Eu vos trago um casamento em nome do Anjo bento. Filha, não sei se vos praz. Inês E quando, Lianor Vaz? Lia. Eu vos trago aviamento. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. A alcoviteira Lianor Vaz quer saber se Inês está comprometida, pois encontrou um pretendente para a jovem. Qual é o ASSUNTO do excerto? Lianor Vaz quer saber se Inês está comprometida Lianor Vaz encontrou um pretendente para Inês Representação do quotidiano (combinação de casamento) O pretendente enviou uma carta a Inês, para se dar a conhecer
  • 4. Lia. Inês Pereira é concertada pera casar com alguém? Mãe Até ‘gora com ninguém não é ela embaraçada. Lia. Eu vos trago um casamento em nome do Anjo bento. Filha, não sei se vos praz. Inês E quando, Lianor Vaz? Lia. Eu vos trago aviamento. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. • Inês • Lianor Vaz • Mãe (de Inês) Quem são as PERSONAGENS intervenientes na ação? Lianor Vaz, a alcoviteira Mãe de Inês Pereira Inês Pereira
  • 5. Lia. Inês Pereira é concertada pera casar com alguém? Mãe Até ‘gora com ninguém não é ela embaraçada. Lia. Eu vos trago um casamento em nome do Anjo bento. Filha, não sei se vos praz. Inês E quando, Lianor Vaz? Lia. Eu vos trago aviamento. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. • Lianor Vaz: alcoviteira/casamenteira, dissimulada, pragmática, bajuladora • Inês Pereira: ansiosa por casar, idealista, desejosa de ascensão social, culta • Mãe de Inês Pereira: ansiosa pelo casamento da filha Quais são as CARACTERÍSTICAS DAS PERSONAGENS? Lianor Vaz • alcoviteira / casamenteira Representação do quotidiano (combinação de casamento) • bajuladora • dissimulada Inês Pereira • ansiosa por casar • idealista e desejosa de ascensão social • com alguma cultura Mãe de Inês Pereira • ansiosa pelo casamento da filha • pragmática
  • 6. Lia. Inês Pereira é concertada pera casar com alguém? Mãe Até ‘gora com ninguém não é ela embaraçada. Lia. Eu vos trago um casamento em nome do Anjo bento. Filha, não sei se vos praz. Inês E quando, Lianor Vaz? Lia. Eu vos trago aviamento. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. Antagonismo Mãe e Lianor Vaz / Inês: • oposição de interesses e conceções de vida • conflito intergeracional Que relações se estabelecem entre as PERSONAGENS? Lianor Vaz • interesse em casar Inês com um homem “rico, honrado, conhecido” Inês Pereira • interesse em casar com um homem “avisado” e “discreto”, ainda que pobre
  • 7. Inês Porém, não hei de casar senão com homem avisado, ainda que pobre pelado, seja discreto em falar. Lia. Eu vos trago um bom marido, rico, honrado, conhecido; diz que em camisa vos quer. Inês Primeiro, eu hei de saber se é parvo, se sabido. Lia. Nesta carta que aqui vem pera vós, filha, d’amores, veredes vós, minhas flores, a discrição que ele tem. Inês Mostrai-ma cá, quero ver. Lia. Tomai. E sabedes vós ler? Mãe Hui! E ela sabe latim, e gramática e alfaqui, e tudo quanto ela quer. Linguagem expressiva • Cómico de linguagem • Expressões coloquiais • Interjeições Como se caracteriza a LINGUAGEM? Cómico de linguagem (uso indevido da palavra “alfaqui” pela Mãe) Interjeição (“Hui!”) Expressão coloquial Expressão coloquial
  • 8. O excerto apresentado ilustra algumas das características das peças de Gil Vicente: Tópicos de análise • representação de um episódio: – que aborda o relacionamento familiar (Inês e Mãe); – que reflete um aspeto da vida quotidiana – o casamento – opondo duas conceções de “marido” – uma pragmática (Lianor Vaz), outra idealizada (Inês); – em que surgem representados tipos sociais: jovem rapariga em idade de casar e que deseja ascender socialmente (Inês), alcoviteira/ casamenteira (Lianor); • texto caracterizado por uma linguagem expressiva, de carácter popular, pelo cómico de linguagem (cf. emprego incorreto do termo “alfaqui”).