SlideShare uma empresa Scribd logo
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
1
1ª Etapa
-------------------- Empreendedorismo --------------------
Você sabe o que é um empreendedor?
 Empreendedor é alguém que sofre influências do meio em que vive e
consegue transformá-las em soluções empreendedoras.
 Um empreendedor é um agente de mudanças.
 Um empreendedor é uma pessoa que desenvolve e imagina
soluções.
Um dos maiores desafios do empreendedor é romper a barreira da “zona de
conforto”. Para isso é preciso:
A “zona de conforto” se instala no seu dia a dia a partir das suas experiências
e conhecimentos, quando você se acomoda numa determinada situação ou
posição e, desta forma, não se coloca em situação de desafio, de buscar
oportunidades, de assumir riscos, de enfrentar o desconhecido, de realizar
mudanças e de imaginar soluções.
Você deve estar se perguntando: É possível aprender a empreender?
Sim! Empreender não é simplesmente um dom, é um padrão de
comportamento que pode ser desenvolvido. Então, é possível aprender a
apreender!
Você sabia que o Brasil é considerado uma dos
maiores países com maior atividade
empreendedora?
Isso mesmo! No entanto, apesar das pesquisas
apontarem o Brasil como um dos países onde mais
se busca estabelecer um negócio próprio, há
muitos empreendedores que iniciam suas
atividades sem analisar as oportunidades, sem
planejar e sem definir os principais riscos.
enfrentar o
desconhecido
buscar
oportunidades
aceitar
desafios
realizar
mudanças
assumir
riscos
imaginar
soluções
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
2
Para que o empreendedor não corra este risco, conheça as principais causas
dessa “mortalidade”:
Diante das informações apresentadas até aqui, você consegue descrever o que
é empreendedorismo?
“Empreendedorismo não é nem ciência e
nem arte.É uma prática!” (Peter Drucker)
ATIVIDADE
Agora que você já conhece um pouco sobre empreendedorismo, analise a
história do Sr. Luiz e escolha uma das alternativas:
O Sr. Luiz é dono de uma loja de ternos na região central de
sua cidade. Suas vendas são muito boas, pois seus produtos
têm qualidade e ótimo preço. Seus fornecedores sempre são
pagos sem atraso todo dia 5 de cada mês.
No dia dos pais Sr. Luiz fez uma grande promoção em sua loja
e com isso vendeu muito, porém, boa parte de suas vendas
foram pagas com cheques pré-datados para o dia 15 do mês
seguinte.
Características
empreendedoras
insuficientes.
Falta de
planejamento
antes da abertura
.
Deficiência da gestão do
negócio após a abertura
(fluxo de caixa, custos).
.
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
3
Após as vendas, Sr. Luiz percebeu que não teria dinheiro para
pagar grande parte de seus fornecedores no dia 5. Sem se
preocupar, já que sempre pagou em dia seus fornecedores, ele
pensou em comunicar o atraso, resolvendo assim o problema.
Marque a resposta em que sua opinião seria mais correta:
( )
O Sr. Luiz deveria ter feito um planejamento financeiro
antes de efetivar a promoção do dia dos pais em sua loja
e ter negociado antecipadamente um novo prazo com
seus fornecedores.
( )
O Sr. Luiz sempre pagou seus fornecedores em dia,
portanto, não haveria problemas em arriscar. Correr
riscos faz parte da gestão de um negócio!
LEMBRETE
O planejamento da sua situação financeira é essencial para se manter no
mercado e correr riscos calculados.
Para que isso não aconteça novamente, é essencial que o Sr. Luiz faça um
planejamento dos seus pagamentos, pois controlá-los, assim como controlar os
recebimentos, são atitudes necessárias para uma gestão empresarial eficaz.
2ª Etapa
------------ Mitos do Empreendedorismo ------------
A partir de agora você vai conhecer os mitos sobre o empreendedorismo e
alguns exemplos.
As pessoas acreditam que, para ser um empreendedor de sucesso, é preciso
ter talentos e estar sempre motivado pela incessante busca pelo dinheiro.
Os empreendedores não nascem prontos
e nem se tornam um a partir de um
simples desejo, como na fábula de “Aladim”!
Você vai perceber isso durante esse estudo.
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
4
Conheça o exemplo de Simone:
Simone é dona da Livraria Horizontes. Quando pensou em abrir seu negócio
ela teve muito receio, pois achava que ser empreendedora era algo inato, ou
seja, a pessoa nascia ou não com esse dom.
Ao procurar ajuda para abrir sua livraria ela descobriu que isso era um mito.
Algumas pessoas até nascem com alguns aspectos do comportamento
empreendedor, porém, empreendedorismo se faz na prática, não é uma
habilidade que se tem ou não se tem, mas que se faz acontecer!
Ser empreendedor não é um dom, é um padrão de comportamento que pode
ser desenvolvido pelas pessoas no dia a dia de sua atividade.
ATIVIDADE
Além do mito de que as pessoas nascem empreendedoras, Simone
também está rodeada por tantos outros.
Para ajudá-la, você se tornará um caçador de mitos! Analise as
frases abaixo e marque os 5 mitos existentes.
( ) Qualquer pessoa pode abrir e manter o seu negócio.
( ) Empreendedores correm riscos calculados.
( ) A característica empreendedora é inata.
( ) Ser um empreendedor independe da idade.
( ) O empreendedorismo é construído na prática.
( )
Empreendedores são seus próprios líderes e totalmente
independentes.
( )
Empreendedores experimentam grande estresse e pagam
alto preço.
( )
Empreendedores são motivados pela busca constante de
dinheiro.
LEMBRETE
É importante que o empreendedor conheça os mitos para não deixar se levar
por eles. A pessoa não nasce empreendedora, é preciso muita prática,
estudos e perseverança para se tornar um.
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
5
3ª Etapa
--------- Características do Comportamento ---------
Empreendedor
A partir de agora você conhecerá as dez características do comportamento
empreendedor.
Fique atento e analise se você mesmo as possui.
1ª característica ---------- ESTABELECER METAS.
Estabelecer metas significa definir claramente seus objetivos.
E para demonstrar esse comportamento é necessário que o empreendedor
estabeleça metas e objetivos desafiadores, que possuam um significado
pessoal e apresentam resultados de curto e longo prazo.
2ª característica ---------- PLANEJAR E MONITORAR.
Planejar é ter uma visão de futuro.
Monitorar é cuidar para atingir objetivos.
O empreendedor deve sempre planejar e monitorar sistematicamente suas
atividades. Para isso, precisa organizar e dividir suas tarefas em ações
determinadas e com prazos definidos, que podem ser curtos ou longos. Deve
também avaliar os resultados obtidos e efetuar as mudanças necessárias.
O verdadeiro empreendedor tem que estar sempre atento às suas atividades e
ao seu planejamento, pois eles devem caminhar juntos!
Conheça a história de Isabel e saiba mais sobre estabelecimento de
metas e planejamento e monitoramento sistemático.
Isabel é dona do Instituto Bela, um salão de beleza localizado na avenida
principal do seu bairro.
Hoje ela trabalha como cabeleireira e maquiadora e conta com a ajuda de
algumas profissionais para outros tipos de atendimento, como manicure,
depilação e recepção.
Mas, nem sempre foi assim... Isabel teve a ideia de abrir um salão de beleza
porque gostou de maquiar suas amigas e ajudá-las a arrumar os cabelos. Ela
era aquele tipo de pessoa sobre a qual todos comentavam que levava jeito
para a coisa. Com a vontade dentro de si e com o incentivo dos amigos, Isabel
fez alguns cursos e começou a atender suas clientes num pequeno salão
improvisado em um quarto da sua casa.
Porém, o sonho de Isabel não parava por aí. Ela queria abrir seu salão de
beleza num lugar maior, onde pudesse atender às suas clientes com maior
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
6
conforto e contratar ajudantes para ampliar seu atendimento e também sua
clientela.
Isabel estabeleceu a sua meta. Sua meta a longo prazo era conseguir
dinheiro para abrir o seu novo salão, mas para isso precisava atingir sua meta
a curto prazo: conseguir mais clientes para aumentar suas economias.
Depois de executar muitas ações voltadas para o alcance de sua meta,
Isabel realizou o sonho de abrir seu novo salão.
Ela aprendeu que, para crescer, é preciso planejar e monitorar
sistematicamente suas atividades e manter sempre organizados seus
registros financeiros, para poder utilizá-los como base na tomada de decisões e
assim abrir o seu salão do jeito que sempre almejou.
Isabel fez promoções dos seus serviços, divulgou-os nos bairros vizinhos e a
sua clientela cresceu, bem como cresceram seus ganhos. O seu próximo
passo será ampliar o salão e abrir um centro estético.
ATIVIDADE
Vamos ajudar Isabel resolver esta questão para que ela possa abrir seu
centro estético.
Para Isabel abrir seu centro estético e conquistar o mesmo
sucesso que obteve com o salão, ela deve considerar:
( )
A boa clientela que possui, afinal poderá contar com o
dinheiro que tem em caixa para fazer um curso de
estética e comprar os materiais necessários para atender
às suas clientes.
( )
Um planejamento detalhado que identifique as
necessidades do seu salão e permita a definição de metas
a curto e longo prazo considerando os registros
financeiros e os resultados da empresa.
( )
O objetivo maior de ampliar o salão de beleza, já que só
precisa analisar corretamente os registros financeiros
para poder abrir seu centro estético.
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
7
LEMBRETE
Para o sucesso de uma empresa é preciso que o empreendedor organize e
planeje suas ações, definindo metas que levem sua empresa ao resultado
final. Para isso, precisa estabelecer prazos, controlar os resultados
intermediários, distribuir tarefas e monitorar sistematicamente o
desenvolvimento das atividades.
3ª característica ---------- BUSCAR INFORMAÇÕES.
Informação é adquirir conhecimento.
Essa característica leva o empreendedor a conhecer cada vez mais o seu
negócio, buscando informações sobre seus clientes, fornecedores ou
concorrentes. A todo tempo é muito importante que se conheça melhor o
mercado onde a empresa atua e tudo o que o influencia.
Para ser um empreendedor de sucesso é necessário ter coragem para
enfrentar o desconhecido, agindo antes. Isso é visão de futuro!
4ª característica ------ TER INICIATIVA E CRIAR NOVAS OPORTUNIDADES.
Ter iniciativa é a qualidade pessoal que tende a dar origem a projetos.
Criar novas oportunidades é ser proativo.
Estas características estão relacionadas com a capacidade que o
empreendedor de sucesso tem de se antecipar aos fatos. Esse
comportamento ajuda a detectar tendências, desenvolver novos produtos e
serviços, ou seja, faz com que o empreendedor mantenha sua empresa
sempre à frente no mercado.
5ª característica ---------- EXIGIR QUALIDADE E EFICIÊNCIA.
Qualidade é tudo que tem valor agregado.
Eficiência é ser competente e conseguir sempre o melhor resultado.
Para ser um bom empreendedor tem sempre tem que fazer o melhor e
exceder à satisfação do cliente, estabelecendo critérios e controles para
conquistá-lo. Isso quer dizer que tem que ser dedicado no que faz, acreditar
sempre que pode mais. Agindo assim, o empreendedor oferece sempre o
melhor produto, serviço e atendimento.
6ª característica ---------- PERSISTÊNCIA.
Persistência é não desistir dos objetivos.
Com este comportamento o empreendedor é capaz de enfrentar as
dificuldades para alcançar o sucesso e elaborar estratégias para solucionar os
problemas. E, quando suas ações não surtir o efeito esperado, ele não desiste.
Sua persistência o leva a encontrar alternativas para alcançar o seu objetivo.
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
8
7ª característica ---------- COMPROMETIMENTO.
Comprometimento é o envolvimento pessoal com os objetivos.
Essa característica leva o empreendedor a cumprir com os seus objetivos
estabelecidos e possuir comprometimento pessoal e responsabilidade na
realização das tarefas. É procurar desenvolver e manter um bom
relacionamento com os clientes e fornecedores. Para o alcance dos objetivos.
8ª característica ---------- REDE DE CONTATOS.
Rede de contatos é o relacionamento pessoal e profissional cultivado.
Com essa rede de contatos o empreendedor identifica e conquista as
pessoas que podem ajudá-lo, convencendo-se a apoiar a sua visão e os seus
objetivos. É a utilização da persuasão para conseguir o que se deseja.
8ª característica ---------- PERSUASÃO.
Persuasão é fazer com que as pessoas aceitem suas ideias.
Essa característica é um comportamento engloba o uso de estratégia para
influenciar pessoas que possam ajudar o empreendedor a atingir os objetivos
do seu negócio. Assim, o empreendedor cria estratégias para conseguir apoio
para seus projetos, obtém apoio de pessoas para seus objetivos, desenvolve
redes de contatos e constrói bons relacionamentos pessoais e
profissionais.
9ª característica ---------- CORRER RISCOS CALCULADOS.
Risco calculado é ter prudência, responsabilidade e estar preparado.
Para ser um empreendedor de sucesso é importante assumir riscos. Porém
esses riscos são minimizados quando se busca informações, faz
planejamentos e controla as finanças antes de tomar decisões.
Desta forma, o empreendedor prevê com mais segurança as suas
necessidades e tem a habilidade de correr riscos calculados.
REDE DE
CONTATOS
NETWORKING
NET (REDE)
WORKING (TRABALHANDO)
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
9
10ª característica ---------- INDEPENDÊNCIA E AUTOCONFIANÇA.
Ser independente é ter o controle e responsabilidade das ações.
Ter autoconfiança é ser destemido e consciente destas ações.
Ao acreditar que pode desenvolver, realizar e alcançar seus objetivos, o
empreendedor deve confiar na sua capacidade de enfrentar dificuldades e
vencer desafios e tornar-se independente e autoconfiante.
LEMBRETE
Você conheceu as dez características do empreendedor. Pratique todas essas
características e garanta também o seu sucesso.
Você sabe o que é um plano de ação?
Um plano de ação é um conjunto de ações que você deve ser definido para
alcançar suas metas. Agora que você conheceu as características de um
empreendedor, desenvolva seu plano de ação e determine quais ações você
realizará para desenvolver comportamentos empreendedores à frente de um
negócio ou quando estiver trabalhando para uma empresa.
4ª Etapa
------------------------- Conclusão -------------------------
Este estudo teve como objetivo ajudá-los a compreender quais são as
características do comportamento empreendedor e a importância delas
para a manutenção e o crescimento de um negócio em um mercado cada vez
mais competitivo.
Não se esqueça de que o perfil empreendedor pode ser desenvolvido
através de estudos, mudanças de atitudes e persistência.
Ser um empreendedor requer dedicação!
Você precisa gostar do que faz ou até mesmo aprender a gostar do que faz. E,
principalmente, não ver o obstáculo como uma adversidade e sim como
uma oportunidade de crescimento.
Pense sobre isso e siga rumo ao caminho do sucesso.
Prof. Wandick Rocha
“As especies que sobrevivem não
são as mais fortes,nem as mais
inteligentes,e sim,aquelas que se
adaptam melhoràs mudanças.”
Charles Darwin
EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA
10
5ª Etapa
----------------------------- Teste -----------------------------
Você já parou para refletir sobre seu comportamento empreendedor?
Faça o teste refletindo sobre suas atitudes no dia a dia.
Seja sincero consigo mesmo.
Ao final, conte o total de cada nível para poder se autoavaliar.
MARQUE
B M A
BAIXO MÉDIO ALTO
CARACTERÍSTICA B M A
Sou capaz de estabelecer metas de curto e longo prazo.
Tenho iniciativa, identifico oportunidades e avalio sua
viabilidade.
Sempre avalio os resultados alcançados identificando
possíveis falhas e propondo melhorias.
Planejo as atividades focando metas estabelecidas e sempre
acompanho a realização das etapas programadas.
Estou consciente dos esforços para alcançar minhas metas,
inclusive sobrecargas de trabalho que um projeto pode gerar.
Tenho coragem de assumir riscos, mas, antes de assumi-los,
busco analisar todas as possibilidades e informações.
Gosto de adquirir novos conhecimentos.
Compartilho minhas ideias e metas com amigos e familiares;
sou capaz de influenciar pessoas e liderar equipes.
Confio no meu potencial de concretizar minhas metas assim
como superar derrotas e adversidades.
Trabalho persistentemente até alcançar um objetivo.
Verifique agora os pontos em que você pode melhorar e, com isso, ficar
preparado para assumir o total controle de suas atitudes e poder aplicar
esses conceitos ao abrir o próprio negócio ou mesmo se você estiver
trabalhando numa empresa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana
Washington Rocha
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
Isa ...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos TalentosasAtividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Alex Santos
 
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
Giselda Rodrigues
 
Atividades referente ao filme; Extraordinário
Atividades referente ao filme; ExtraordinárioAtividades referente ao filme; Extraordinário
Atividades referente ao filme; Extraordinário
Francilene Barbbosa
 
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova Artes 6° ano
Prova Artes 6° anoProva Artes 6° ano
Prova Artes 6° ano
Geo Honório
 
Roteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de VidaRoteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de Vida
Ivanilson Lima
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
Isa ...
 
Exercicios de Frações
Exercicios de FraçõesExercicios de Frações
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
Edson Salgado Ávella
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1
Amanda Vaz
 
Apostila gêneros textuais 4º ano
Apostila gêneros textuais  4º anoApostila gêneros textuais  4º ano
Apostila gêneros textuais 4º ano
Roseanne Funchal Olivieira
 
Atividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeaisAtividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeais
Atividades Diversas Cláudia
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
Prof.Paulo/geografia
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Prof. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos TalentosasAtividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
 
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
 
Atividades referente ao filme; Extraordinário
Atividades referente ao filme; ExtraordinárioAtividades referente ao filme; Extraordinário
Atividades referente ao filme; Extraordinário
 
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
Atividade iterdisciplinar, sociologia, filosofia, ensino religioso, lingua po...
 
Prova Artes 6° ano
Prova Artes 6° anoProva Artes 6° ano
Prova Artes 6° ano
 
Roteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de VidaRoteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de Vida
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
 
Exercicios de Frações
Exercicios de FraçõesExercicios de Frações
Exercicios de Frações
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1
 
Apostila gêneros textuais 4º ano
Apostila gêneros textuais  4º anoApostila gêneros textuais  4º ano
Apostila gêneros textuais 4º ano
 
Atividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeaisAtividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeais
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
 

Destaque

Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
Michael Boelen
 
Presentation media
Presentation media Presentation media
Presentation media
University of Winchester
 
Exmarko
ExmarkoExmarko
Exmarko
stjosnelson
 
How effective is the combination of your product and ancillary texts
How effective is the combination of your product and ancillary textsHow effective is the combination of your product and ancillary texts
How effective is the combination of your product and ancillary texts
Markusforrest96
 
Principios de Diseño de Realidad Virtual
Principios de Diseño de Realidad VirtualPrincipios de Diseño de Realidad Virtual
Principios de Diseño de Realidad Virtual
UX Nights
 
Manual de usuario_de_gimp_
Manual de usuario_de_gimp_Manual de usuario_de_gimp_
Manual de usuario_de_gimp_
Informática Liceo
 
Italy14 Religious Intolerance
Italy14 Religious IntoleranceItaly14 Religious Intolerance
Italy14 Religious Intolerance
donatsac
 
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
Amit Ranjan
 
Balancing Salaries and Incentive Pay
Balancing Salaries and Incentive PayBalancing Salaries and Incentive Pay
Balancing Salaries and Incentive Pay
The VisionLink Advisory Group
 
Текст образца для испытания
Текст образца для испытанияТекст образца для испытания
Текст образца для испытания
Quickoffice Test
 
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon PartnersLifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
Sergey Dovgopolyy
 
Scottish Independence Referendum: 200 days to go
Scottish Independence Referendum: 200 days to goScottish Independence Referendum: 200 days to go
Scottish Independence Referendum: 200 days to go
Ipsos UK
 
Reflections on Dhammapada Verses
Reflections on Dhammapada VersesReflections on Dhammapada Verses
Reflections on Dhammapada Verses
OH TEIK BIN
 
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart DataRWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
DATAVERSITY
 
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
José María
 
BOOST YOUR CONFIDENCE
BOOST YOUR CONFIDENCEBOOST YOUR CONFIDENCE
BOOST YOUR CONFIDENCE
Ivan Williams
 

Destaque (16)

Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
Lynis - Hardening and auditing for Linux, Mac and Unix - NLUUG May 2014
 
Presentation media
Presentation media Presentation media
Presentation media
 
Exmarko
ExmarkoExmarko
Exmarko
 
How effective is the combination of your product and ancillary texts
How effective is the combination of your product and ancillary textsHow effective is the combination of your product and ancillary texts
How effective is the combination of your product and ancillary texts
 
Principios de Diseño de Realidad Virtual
Principios de Diseño de Realidad VirtualPrincipios de Diseño de Realidad Virtual
Principios de Diseño de Realidad Virtual
 
Manual de usuario_de_gimp_
Manual de usuario_de_gimp_Manual de usuario_de_gimp_
Manual de usuario_de_gimp_
 
Italy14 Religious Intolerance
Italy14 Religious IntoleranceItaly14 Religious Intolerance
Italy14 Religious Intolerance
 
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
The SlideShare Story - Unpluggd Bangalore 7th July, 2012
 
Balancing Salaries and Incentive Pay
Balancing Salaries and Incentive PayBalancing Salaries and Incentive Pay
Balancing Salaries and Incentive Pay
 
Текст образца для испытания
Текст образца для испытанияТекст образца для испытания
Текст образца для испытания
 
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon PartnersLifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
LifeHackDay 2016 - Odessa: Дима Гадомский, Axon Partners
 
Scottish Independence Referendum: 200 days to go
Scottish Independence Referendum: 200 days to goScottish Independence Referendum: 200 days to go
Scottish Independence Referendum: 200 days to go
 
Reflections on Dhammapada Verses
Reflections on Dhammapada VersesReflections on Dhammapada Verses
Reflections on Dhammapada Verses
 
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart DataRWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
RWDG Webinar: A Data Governance Framework for Smart Data
 
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
Enfermedades neurológicas crónicas en españa.
 
BOOST YOUR CONFIDENCE
BOOST YOUR CONFIDENCEBOOST YOUR CONFIDENCE
BOOST YOUR CONFIDENCE
 

Semelhante a Empreendedorismo

Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedorasEmpreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
Italo Delavechia
 
Apostila1
Apostila1Apostila1
O dia a dia empreendedor
O dia a dia empreendedorO dia a dia empreendedor
O dia a dia empreendedor
Mario Cesar Massaro Rivera .'.
 
Empreendedorismo material impresso
Empreendedorismo material impressoEmpreendedorismo material impresso
Empreendedorismo material impresso
Fernando Monteiro
 
Carreira empreendedorismo
Carreira empreendedorismoCarreira empreendedorismo
Carreira empreendedorismo
Adailton Pimentel Reis
 
Empreendedor
EmpreendedorEmpreendedor
Empreendedor
Mirian Oliveira
 
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdfcOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
rafaelmcanavezzi
 
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdfE-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
Glayberson Pereira
 
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
Agendor
 
Vendedor de loja
Vendedor de lojaVendedor de loja
Apresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
Apresentação Os 5 Pilares - Associação ComercialApresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
Apresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
Reinaldo Lopes Moreira
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Mauricio Maulaz
 
Tipos de empreendedores
Tipos de empreendedoresTipos de empreendedores
Tipos de empreendedores
ursulakaiba
 
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de NegóciosEmpreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Apresentação Completa
Apresentação CompletaApresentação Completa
Apresentação Completa
Reinaldo Lopes Moreira
 
Mapa do Aprendizado
Mapa do AprendizadoMapa do Aprendizado
Mapa do Aprendizado
SoulWorking
 
Ossel café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
Ossel   café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 dsOssel   café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
Ossel café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
digasimossel
 
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer. Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Ricardo Jordão Magalhaes
 
10 dicas para ser um empreendedor antônio amaral henriques
10 dicas para ser um empreendedor   antônio amaral henriques10 dicas para ser um empreendedor   antônio amaral henriques
10 dicas para ser um empreendedor antônio amaral henriques
Monitoria Contabil S/C
 
Encante seus clientes e tenha sucesso
Encante seus clientes e tenha sucessoEncante seus clientes e tenha sucesso
Encante seus clientes e tenha sucesso
Pet the Best Atacado online
 

Semelhante a Empreendedorismo (20)

Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedorasEmpreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
Empreendedorismo: Conceito, mitos e atitudes empreendedoras
 
Apostila1
Apostila1Apostila1
Apostila1
 
O dia a dia empreendedor
O dia a dia empreendedorO dia a dia empreendedor
O dia a dia empreendedor
 
Empreendedorismo material impresso
Empreendedorismo material impressoEmpreendedorismo material impresso
Empreendedorismo material impresso
 
Carreira empreendedorismo
Carreira empreendedorismoCarreira empreendedorismo
Carreira empreendedorismo
 
Empreendedor
EmpreendedorEmpreendedor
Empreendedor
 
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdfcOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
cOMO MONTAR UM PROJETPLANODENEGOCIOS.pdf
 
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdfE-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
E-Book-11-Perguntas-Chaves-Para-Abrir-um-Negócio-Próprio.pdf
 
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
6 sinais que você não está colocando seus clientes em primeiro lugar
 
Vendedor de loja
Vendedor de lojaVendedor de loja
Vendedor de loja
 
Apresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
Apresentação Os 5 Pilares - Associação ComercialApresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
Apresentação Os 5 Pilares - Associação Comercial
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Tipos de empreendedores
Tipos de empreendedoresTipos de empreendedores
Tipos de empreendedores
 
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de NegóciosEmpreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
Empreendedorismo: Definição, Características e Oportunidades de Negócios
 
Apresentação Completa
Apresentação CompletaApresentação Completa
Apresentação Completa
 
Mapa do Aprendizado
Mapa do AprendizadoMapa do Aprendizado
Mapa do Aprendizado
 
Ossel café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
Ossel   café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 dsOssel   café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
Ossel café com as estrelas - tema de maio de 2011 - o vendedor 3 ds
 
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer. Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
 
10 dicas para ser um empreendedor antônio amaral henriques
10 dicas para ser um empreendedor   antônio amaral henriques10 dicas para ser um empreendedor   antônio amaral henriques
10 dicas para ser um empreendedor antônio amaral henriques
 
Encante seus clientes e tenha sucesso
Encante seus clientes e tenha sucessoEncante seus clientes e tenha sucesso
Encante seus clientes e tenha sucesso
 

Mais de Wandick Rocha de Aquino

Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
Wandick Rocha de Aquino
 
Processo Seletivo
Processo Seletivo Processo Seletivo
Processo Seletivo
Wandick Rocha de Aquino
 
Sped
SpedSped
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
Wandick Rocha de Aquino
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
Wandick Rocha de Aquino
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
Wandick Rocha de Aquino
 
Qualidade no Trabalho
Qualidade no TrabalhoQualidade no Trabalho
Qualidade no Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
Wandick Rocha de Aquino
 
Reforma Trabalhista
Reforma TrabalhistaReforma Trabalhista
Reforma Trabalhista
Wandick Rocha de Aquino
 
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivaçãoQualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Wandick Rocha de Aquino
 
Liderança
LiderançaLiderança
Novo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planosNovo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planos
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Manual do Novo Empregado
Manual do Novo EmpregadoManual do Novo Empregado
Manual do Novo Empregado
Wandick Rocha de Aquino
 
Trabalho da Mulher
Trabalho da MulherTrabalho da Mulher
Trabalho da Mulher
Wandick Rocha de Aquino
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações CríticasResiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
Wandick Rocha de Aquino
 

Mais de Wandick Rocha de Aquino (20)

Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
 
Processo Seletivo
Processo Seletivo Processo Seletivo
Processo Seletivo
 
Sped
SpedSped
Sped
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
 
Qualidade no Trabalho
Qualidade no TrabalhoQualidade no Trabalho
Qualidade no Trabalho
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
 
Reforma Trabalhista
Reforma TrabalhistaReforma Trabalhista
Reforma Trabalhista
 
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivaçãoQualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
Qualidade no Trabalho: atendiemento, ética e motivação
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Novo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planosNovo emprego, novos planos
Novo emprego, novos planos
 
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
Práticas de Recursos Humanos - Aula 1 a 10
 
Manual do Novo Empregado
Manual do Novo EmpregadoManual do Novo Empregado
Manual do Novo Empregado
 
Trabalho da Mulher
Trabalho da MulherTrabalho da Mulher
Trabalho da Mulher
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
 
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações CríticasResiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
Resiliência: Noção, Conceitos Afins e Considerações Críticas
 
Práticas Administrativas
Práticas AdministrativasPráticas Administrativas
Práticas Administrativas
 

Último

EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 

Último (20)

EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 

Empreendedorismo

  • 1. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 1 1ª Etapa -------------------- Empreendedorismo -------------------- Você sabe o que é um empreendedor?  Empreendedor é alguém que sofre influências do meio em que vive e consegue transformá-las em soluções empreendedoras.  Um empreendedor é um agente de mudanças.  Um empreendedor é uma pessoa que desenvolve e imagina soluções. Um dos maiores desafios do empreendedor é romper a barreira da “zona de conforto”. Para isso é preciso: A “zona de conforto” se instala no seu dia a dia a partir das suas experiências e conhecimentos, quando você se acomoda numa determinada situação ou posição e, desta forma, não se coloca em situação de desafio, de buscar oportunidades, de assumir riscos, de enfrentar o desconhecido, de realizar mudanças e de imaginar soluções. Você deve estar se perguntando: É possível aprender a empreender? Sim! Empreender não é simplesmente um dom, é um padrão de comportamento que pode ser desenvolvido. Então, é possível aprender a apreender! Você sabia que o Brasil é considerado uma dos maiores países com maior atividade empreendedora? Isso mesmo! No entanto, apesar das pesquisas apontarem o Brasil como um dos países onde mais se busca estabelecer um negócio próprio, há muitos empreendedores que iniciam suas atividades sem analisar as oportunidades, sem planejar e sem definir os principais riscos. enfrentar o desconhecido buscar oportunidades aceitar desafios realizar mudanças assumir riscos imaginar soluções
  • 2. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 2 Para que o empreendedor não corra este risco, conheça as principais causas dessa “mortalidade”: Diante das informações apresentadas até aqui, você consegue descrever o que é empreendedorismo? “Empreendedorismo não é nem ciência e nem arte.É uma prática!” (Peter Drucker) ATIVIDADE Agora que você já conhece um pouco sobre empreendedorismo, analise a história do Sr. Luiz e escolha uma das alternativas: O Sr. Luiz é dono de uma loja de ternos na região central de sua cidade. Suas vendas são muito boas, pois seus produtos têm qualidade e ótimo preço. Seus fornecedores sempre são pagos sem atraso todo dia 5 de cada mês. No dia dos pais Sr. Luiz fez uma grande promoção em sua loja e com isso vendeu muito, porém, boa parte de suas vendas foram pagas com cheques pré-datados para o dia 15 do mês seguinte. Características empreendedoras insuficientes. Falta de planejamento antes da abertura . Deficiência da gestão do negócio após a abertura (fluxo de caixa, custos). .
  • 3. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 3 Após as vendas, Sr. Luiz percebeu que não teria dinheiro para pagar grande parte de seus fornecedores no dia 5. Sem se preocupar, já que sempre pagou em dia seus fornecedores, ele pensou em comunicar o atraso, resolvendo assim o problema. Marque a resposta em que sua opinião seria mais correta: ( ) O Sr. Luiz deveria ter feito um planejamento financeiro antes de efetivar a promoção do dia dos pais em sua loja e ter negociado antecipadamente um novo prazo com seus fornecedores. ( ) O Sr. Luiz sempre pagou seus fornecedores em dia, portanto, não haveria problemas em arriscar. Correr riscos faz parte da gestão de um negócio! LEMBRETE O planejamento da sua situação financeira é essencial para se manter no mercado e correr riscos calculados. Para que isso não aconteça novamente, é essencial que o Sr. Luiz faça um planejamento dos seus pagamentos, pois controlá-los, assim como controlar os recebimentos, são atitudes necessárias para uma gestão empresarial eficaz. 2ª Etapa ------------ Mitos do Empreendedorismo ------------ A partir de agora você vai conhecer os mitos sobre o empreendedorismo e alguns exemplos. As pessoas acreditam que, para ser um empreendedor de sucesso, é preciso ter talentos e estar sempre motivado pela incessante busca pelo dinheiro. Os empreendedores não nascem prontos e nem se tornam um a partir de um simples desejo, como na fábula de “Aladim”! Você vai perceber isso durante esse estudo.
  • 4. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 4 Conheça o exemplo de Simone: Simone é dona da Livraria Horizontes. Quando pensou em abrir seu negócio ela teve muito receio, pois achava que ser empreendedora era algo inato, ou seja, a pessoa nascia ou não com esse dom. Ao procurar ajuda para abrir sua livraria ela descobriu que isso era um mito. Algumas pessoas até nascem com alguns aspectos do comportamento empreendedor, porém, empreendedorismo se faz na prática, não é uma habilidade que se tem ou não se tem, mas que se faz acontecer! Ser empreendedor não é um dom, é um padrão de comportamento que pode ser desenvolvido pelas pessoas no dia a dia de sua atividade. ATIVIDADE Além do mito de que as pessoas nascem empreendedoras, Simone também está rodeada por tantos outros. Para ajudá-la, você se tornará um caçador de mitos! Analise as frases abaixo e marque os 5 mitos existentes. ( ) Qualquer pessoa pode abrir e manter o seu negócio. ( ) Empreendedores correm riscos calculados. ( ) A característica empreendedora é inata. ( ) Ser um empreendedor independe da idade. ( ) O empreendedorismo é construído na prática. ( ) Empreendedores são seus próprios líderes e totalmente independentes. ( ) Empreendedores experimentam grande estresse e pagam alto preço. ( ) Empreendedores são motivados pela busca constante de dinheiro. LEMBRETE É importante que o empreendedor conheça os mitos para não deixar se levar por eles. A pessoa não nasce empreendedora, é preciso muita prática, estudos e perseverança para se tornar um.
  • 5. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 5 3ª Etapa --------- Características do Comportamento --------- Empreendedor A partir de agora você conhecerá as dez características do comportamento empreendedor. Fique atento e analise se você mesmo as possui. 1ª característica ---------- ESTABELECER METAS. Estabelecer metas significa definir claramente seus objetivos. E para demonstrar esse comportamento é necessário que o empreendedor estabeleça metas e objetivos desafiadores, que possuam um significado pessoal e apresentam resultados de curto e longo prazo. 2ª característica ---------- PLANEJAR E MONITORAR. Planejar é ter uma visão de futuro. Monitorar é cuidar para atingir objetivos. O empreendedor deve sempre planejar e monitorar sistematicamente suas atividades. Para isso, precisa organizar e dividir suas tarefas em ações determinadas e com prazos definidos, que podem ser curtos ou longos. Deve também avaliar os resultados obtidos e efetuar as mudanças necessárias. O verdadeiro empreendedor tem que estar sempre atento às suas atividades e ao seu planejamento, pois eles devem caminhar juntos! Conheça a história de Isabel e saiba mais sobre estabelecimento de metas e planejamento e monitoramento sistemático. Isabel é dona do Instituto Bela, um salão de beleza localizado na avenida principal do seu bairro. Hoje ela trabalha como cabeleireira e maquiadora e conta com a ajuda de algumas profissionais para outros tipos de atendimento, como manicure, depilação e recepção. Mas, nem sempre foi assim... Isabel teve a ideia de abrir um salão de beleza porque gostou de maquiar suas amigas e ajudá-las a arrumar os cabelos. Ela era aquele tipo de pessoa sobre a qual todos comentavam que levava jeito para a coisa. Com a vontade dentro de si e com o incentivo dos amigos, Isabel fez alguns cursos e começou a atender suas clientes num pequeno salão improvisado em um quarto da sua casa. Porém, o sonho de Isabel não parava por aí. Ela queria abrir seu salão de beleza num lugar maior, onde pudesse atender às suas clientes com maior
  • 6. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 6 conforto e contratar ajudantes para ampliar seu atendimento e também sua clientela. Isabel estabeleceu a sua meta. Sua meta a longo prazo era conseguir dinheiro para abrir o seu novo salão, mas para isso precisava atingir sua meta a curto prazo: conseguir mais clientes para aumentar suas economias. Depois de executar muitas ações voltadas para o alcance de sua meta, Isabel realizou o sonho de abrir seu novo salão. Ela aprendeu que, para crescer, é preciso planejar e monitorar sistematicamente suas atividades e manter sempre organizados seus registros financeiros, para poder utilizá-los como base na tomada de decisões e assim abrir o seu salão do jeito que sempre almejou. Isabel fez promoções dos seus serviços, divulgou-os nos bairros vizinhos e a sua clientela cresceu, bem como cresceram seus ganhos. O seu próximo passo será ampliar o salão e abrir um centro estético. ATIVIDADE Vamos ajudar Isabel resolver esta questão para que ela possa abrir seu centro estético. Para Isabel abrir seu centro estético e conquistar o mesmo sucesso que obteve com o salão, ela deve considerar: ( ) A boa clientela que possui, afinal poderá contar com o dinheiro que tem em caixa para fazer um curso de estética e comprar os materiais necessários para atender às suas clientes. ( ) Um planejamento detalhado que identifique as necessidades do seu salão e permita a definição de metas a curto e longo prazo considerando os registros financeiros e os resultados da empresa. ( ) O objetivo maior de ampliar o salão de beleza, já que só precisa analisar corretamente os registros financeiros para poder abrir seu centro estético.
  • 7. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 7 LEMBRETE Para o sucesso de uma empresa é preciso que o empreendedor organize e planeje suas ações, definindo metas que levem sua empresa ao resultado final. Para isso, precisa estabelecer prazos, controlar os resultados intermediários, distribuir tarefas e monitorar sistematicamente o desenvolvimento das atividades. 3ª característica ---------- BUSCAR INFORMAÇÕES. Informação é adquirir conhecimento. Essa característica leva o empreendedor a conhecer cada vez mais o seu negócio, buscando informações sobre seus clientes, fornecedores ou concorrentes. A todo tempo é muito importante que se conheça melhor o mercado onde a empresa atua e tudo o que o influencia. Para ser um empreendedor de sucesso é necessário ter coragem para enfrentar o desconhecido, agindo antes. Isso é visão de futuro! 4ª característica ------ TER INICIATIVA E CRIAR NOVAS OPORTUNIDADES. Ter iniciativa é a qualidade pessoal que tende a dar origem a projetos. Criar novas oportunidades é ser proativo. Estas características estão relacionadas com a capacidade que o empreendedor de sucesso tem de se antecipar aos fatos. Esse comportamento ajuda a detectar tendências, desenvolver novos produtos e serviços, ou seja, faz com que o empreendedor mantenha sua empresa sempre à frente no mercado. 5ª característica ---------- EXIGIR QUALIDADE E EFICIÊNCIA. Qualidade é tudo que tem valor agregado. Eficiência é ser competente e conseguir sempre o melhor resultado. Para ser um bom empreendedor tem sempre tem que fazer o melhor e exceder à satisfação do cliente, estabelecendo critérios e controles para conquistá-lo. Isso quer dizer que tem que ser dedicado no que faz, acreditar sempre que pode mais. Agindo assim, o empreendedor oferece sempre o melhor produto, serviço e atendimento. 6ª característica ---------- PERSISTÊNCIA. Persistência é não desistir dos objetivos. Com este comportamento o empreendedor é capaz de enfrentar as dificuldades para alcançar o sucesso e elaborar estratégias para solucionar os problemas. E, quando suas ações não surtir o efeito esperado, ele não desiste. Sua persistência o leva a encontrar alternativas para alcançar o seu objetivo.
  • 8. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 8 7ª característica ---------- COMPROMETIMENTO. Comprometimento é o envolvimento pessoal com os objetivos. Essa característica leva o empreendedor a cumprir com os seus objetivos estabelecidos e possuir comprometimento pessoal e responsabilidade na realização das tarefas. É procurar desenvolver e manter um bom relacionamento com os clientes e fornecedores. Para o alcance dos objetivos. 8ª característica ---------- REDE DE CONTATOS. Rede de contatos é o relacionamento pessoal e profissional cultivado. Com essa rede de contatos o empreendedor identifica e conquista as pessoas que podem ajudá-lo, convencendo-se a apoiar a sua visão e os seus objetivos. É a utilização da persuasão para conseguir o que se deseja. 8ª característica ---------- PERSUASÃO. Persuasão é fazer com que as pessoas aceitem suas ideias. Essa característica é um comportamento engloba o uso de estratégia para influenciar pessoas que possam ajudar o empreendedor a atingir os objetivos do seu negócio. Assim, o empreendedor cria estratégias para conseguir apoio para seus projetos, obtém apoio de pessoas para seus objetivos, desenvolve redes de contatos e constrói bons relacionamentos pessoais e profissionais. 9ª característica ---------- CORRER RISCOS CALCULADOS. Risco calculado é ter prudência, responsabilidade e estar preparado. Para ser um empreendedor de sucesso é importante assumir riscos. Porém esses riscos são minimizados quando se busca informações, faz planejamentos e controla as finanças antes de tomar decisões. Desta forma, o empreendedor prevê com mais segurança as suas necessidades e tem a habilidade de correr riscos calculados. REDE DE CONTATOS NETWORKING NET (REDE) WORKING (TRABALHANDO)
  • 9. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 9 10ª característica ---------- INDEPENDÊNCIA E AUTOCONFIANÇA. Ser independente é ter o controle e responsabilidade das ações. Ter autoconfiança é ser destemido e consciente destas ações. Ao acreditar que pode desenvolver, realizar e alcançar seus objetivos, o empreendedor deve confiar na sua capacidade de enfrentar dificuldades e vencer desafios e tornar-se independente e autoconfiante. LEMBRETE Você conheceu as dez características do empreendedor. Pratique todas essas características e garanta também o seu sucesso. Você sabe o que é um plano de ação? Um plano de ação é um conjunto de ações que você deve ser definido para alcançar suas metas. Agora que você conheceu as características de um empreendedor, desenvolva seu plano de ação e determine quais ações você realizará para desenvolver comportamentos empreendedores à frente de um negócio ou quando estiver trabalhando para uma empresa. 4ª Etapa ------------------------- Conclusão ------------------------- Este estudo teve como objetivo ajudá-los a compreender quais são as características do comportamento empreendedor e a importância delas para a manutenção e o crescimento de um negócio em um mercado cada vez mais competitivo. Não se esqueça de que o perfil empreendedor pode ser desenvolvido através de estudos, mudanças de atitudes e persistência. Ser um empreendedor requer dedicação! Você precisa gostar do que faz ou até mesmo aprender a gostar do que faz. E, principalmente, não ver o obstáculo como uma adversidade e sim como uma oportunidade de crescimento. Pense sobre isso e siga rumo ao caminho do sucesso. Prof. Wandick Rocha “As especies que sobrevivem não são as mais fortes,nem as mais inteligentes,e sim,aquelas que se adaptam melhoràs mudanças.” Charles Darwin
  • 10. EMPREENDEDORIMO PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS PROF. WANDICKROCHA 10 5ª Etapa ----------------------------- Teste ----------------------------- Você já parou para refletir sobre seu comportamento empreendedor? Faça o teste refletindo sobre suas atitudes no dia a dia. Seja sincero consigo mesmo. Ao final, conte o total de cada nível para poder se autoavaliar. MARQUE B M A BAIXO MÉDIO ALTO CARACTERÍSTICA B M A Sou capaz de estabelecer metas de curto e longo prazo. Tenho iniciativa, identifico oportunidades e avalio sua viabilidade. Sempre avalio os resultados alcançados identificando possíveis falhas e propondo melhorias. Planejo as atividades focando metas estabelecidas e sempre acompanho a realização das etapas programadas. Estou consciente dos esforços para alcançar minhas metas, inclusive sobrecargas de trabalho que um projeto pode gerar. Tenho coragem de assumir riscos, mas, antes de assumi-los, busco analisar todas as possibilidades e informações. Gosto de adquirir novos conhecimentos. Compartilho minhas ideias e metas com amigos e familiares; sou capaz de influenciar pessoas e liderar equipes. Confio no meu potencial de concretizar minhas metas assim como superar derrotas e adversidades. Trabalho persistentemente até alcançar um objetivo. Verifique agora os pontos em que você pode melhorar e, com isso, ficar preparado para assumir o total controle de suas atitudes e poder aplicar esses conceitos ao abrir o próprio negócio ou mesmo se você estiver trabalhando numa empresa.