SlideShare uma empresa Scribd logo
sexuada 
REPRODUÇÃO 
assexuada 
meiose 
Brotamento 
Ou gemulação 
mitose 
gametas 
fecundaçao 
Poríferos 
Celenterados 
Dois indivíduos 
Unem amostras de 
seu conteúdo 
genético 
zigoto 
Desenvolvimento 
embrionário 
Um indivíduo 
Copia seu conteúdo 
genético 
Divisão binária 
ou 
cissiparidade 
externa 
interna 
Ausente 
nos animais
•. 
sexuada 
REPRODUÇÃO 
assexuada 
meiose 
Brotamento 
Ou gemulação 
mitose 
gametas 
fecundaçao 
Poríferos 
Celenterados 
Dois indivíduos 
Unem amostras de 
seu conteúdo 
genético 
zigoto 
Desenvolvimento 
embrionário 
Um indivíduo 
Copia seu conteúdo 
genético 
Divisão binária 
ou 
cissiparidade 
externa 
interna 
Ausente 
nos animais
Estratégias de 
reprodução dos 
animais 
ovíparos 
o zigoto, com maior ou 
menor proteção, liberado 
no ambiente 
a maioria dos 
invertebrados 
aquáticos anfibios e 
peixes 
cuidados 
parentais 
produção 
de um 
grande 
número de 
zigotos 
desenvolvimento de 
estados larvares 
bem adaptados ao 
meio ambiente; 
vivíparos 
o zigoto,se desenvolve 
dentro do organismo 
da mãe, dependendo 
do seu metabolismo , 
até o nascimento, 
Alguns répteis 
Alguns peixes 
Todos os mamíferos 
Investimento na 
sobrevivência, 
proles menos 
numerosas 
ovovivíparos 
o zigoto,se 
desenvolve dentro 
de um ovo, 
independentemente 
do metabolismo 
materno e depois é 
liberado no ambiente 
Alguns 
invertebrados, 
aves e répteis
direto 
Desenvolvimento 
nos animais 
indireto 
O indivíduo se 
desenvolve passando 
por estádios larvais 
,após os quais 
adquire a forma de 
adulto, semelhante 
aos progenitores 
Ovo-larva-adulto 
hemimetábolo 
holometábolo 
Ovo-larva-ninfa-adulto 
O indivíduo se desenvolve 
Nascendo com 
a forma de adulto, 
semelhante 
aos progenitores 
Ametábolo 
Zigoto-embriao 
nasce como 
imago.
Embrio091107 resumo para 3s2011
Embriologia -Tópicos fundamentais: 
1) Os gametas: a) Características 
b) Diversidade de ovos 
2) Fecundação- a) Importância biológica 
b) o processo 
3) As etapas do desenvolvimento: 
a) Segmentação ou clivagem: tipos 
b) A Blástula 
c) A Gástrula,o blastóporo 
d) O celoma
Fecundação: nas tubas 
uterinas 
Espermatozóides 
Vagina 
Útero 
Ovulação 
Óvulo 
Fecundação
Ovócito pronto 
para ser 
fecundado 
espermatozóide 
Fecundação
Célula Ovo : 
Vitelo = Sustento para a nova vida! 
Distribuição e quantidades variáveis 
Quantidade e distribuição determinam 
o tipo de segmentação 
(citocinese)
O encontro dos 
gametas 
2º glóbulo 
polar 
1º glóbulo polar 
Óvulo
O encontro dos gametas 
Ovócito libertado pelo 
folículo ovariano... 
Espermatozóides 
rodeiam o ovócito... 
1º glóbulo polar 
Zona pelúcida 
Oócito II 
Óvulo 
1º glóbulo polar 
2º glóbulo 
polar 
Corona 
radiata
O encontro dos gametas 
A fixação do 
espermatozóide na zona 
pelúcida... 
A reação 
acrossômica
Fecundação 
Foto ao microscópio de luz. 
A penetração do 
espermatozóide no ovócito II 
estimula a finalização da 
meiose. Há liberação do 
segundo glóbulo polar com 
posterior fusão dos pronúcleos 
haplóides masculino e 
feminino. 
Zona pelúcida 
Acrossomo 
Núcleo 
Centríolo 
Flagelo 
Citoplasma do 
ovócito II 
Membrana de 
fecundação
Onde está o erro?
Fecundação 
•Membrana vitelínica e membrana pelúcida se afastam 
•Enzimas liberadas pelo acrossomo provocam a digestão do 
envoltório 
gelatinoso do óvulo 
•Receptores na membrana plasmática ligam’se a um 
espermatozóide 
•Forma-se o cone de fertilização 
•O espermatozóide entra no óvulo, deixando para fora a cauda 
e o corpúsculo basal 
•A poliespermia é impedida por que: 
• A polaridade da membrana se altera quando os 
gametas se conectam. 
•Íons Cálcio são liberados no espaço entre a 
membrana e o envoltório gelatinoso 
•Cria-se um espaço cheio de líquido entre as duas 
membranas
Depois da 
fecundação...
Embrio091107 resumo para 3s2011
Resumindo…
12 horas 
1célula
Segmentação ou clivagem total 
24 horas 
2 
blastômeros
45 horas 
4 células
72 horas 
16 células
Embrio091107 resumo para 3s2011
Depois da Fecundação - A vida 
antes do nascimento Trompa de falópio 
Implantação 
Endométrio 
Fecundação 
1º dia 
2º dia 
3º dia 
4º dia 
5º dia 
Massa celular 
interna 
Camada superficial de células 
Parede uterina 
Trofoblasto 
embrionário Estádio de 
Cavidade uterina 
Estádio de 
Mórula 
Botão 
Cavidade do 
blastocisto 
Blastocisto
Blastocisto: implantação no útero 
Só nos mamíferos placentários
Embrio091107 resumo para 3s2011
Vitelo = Sustento para a nova vida! 
Distribuição e quantidades variáveis 
Quantidade e distribuição determinam 
o tipo de segmentação 
( citocinese) 
Célula Ovo :
Segmentação: citocinese! 
TOTAL 
Ovo oligolécito 
Segmentação total igual 
Ovo oligolécito com 
distribuição irregular 
Segmentação total desigual 
8 blastômeros 
iguais 
8 
blastômeros 
desiguais 
PARCIAL 
Ovo megalécito 
com vitelo deslocado 
Segmentação parcial discoidal 
Ovo Centrolécito 
Vitelo abundante,no centro 
do ovo. 
Segmentação parcial superficial 
segmentação 
em disco 
Segmentação 
periférica 
vitelo no centro 
Equinodermos 
Anfioxo/homem 
Ovo heterolécito, mediolécito 
Mais vitelo no pólo inferior 
Segmentação total desigual 
anfíbios 
Peixes,Répteis,A 
ves,mamíferos 
OVíPAROS 
Insetos
Embrio091107 resumo para 3s2011
As etapas do desenvolvimento do embrião 
MBGN 
 Mórula : 32 células. 
 Blástula:“Bolinha” de células ! 
Macrômeros e micrômeros 
Blastocele 
 Gástrula: Dobramento da blástula. 
Folhetos embrionários (2- diblásticos, 3 triblásticos ) 
Blastóporo (protostômios ou deuterostômios) 
Arquêntero 
Cavidade corporal ( celoma) 
 Nêurula: Cordão nervoso , 
Notocorda
Ovo 
Divisões 
celulares 
Mórula Blástula Blástula 
(em corte) 
Divisões 
celulares 
Cavidade 
(blastocele)
Ovo 
Divisões 
celulares 
Mórula Blástula Blástula 
(em corte) 
Divisões 
celulares 
Cavidade 
(blastocele) 
Gastrulação 
Gástrula 
(em corte) 
Folhetos Blastocele 
germinativos 
Blastóporo 
Intestino primitivo 
(arquêntero) 
Ectoderma 
Endoderma
Segmentação total e desigual: 
macrômeros e micrômeros
folhetos 
embrionár 
ios 
 Ectoderme 
Diblásticos: ecto e mesoderme 
Triblásticos: Ectoderme, mesoderme e endoderme 
ECTODERME 
Mesoderme 
endoderme 
Mesendoderme 
Interior do tubo digestório
Embrio091107 resumo para 3s2011
Tubo digestório 
Tecido que 
reveste o 
tubo digestório 
Epiderme 
Platelminto 
Não formam 
cavidade interna 
revestida por 
mesoderme 
Parênquima e 
musculatura 
Acelomados
Tecido que 
reveste o 
tubo digestório 
Tubo digestório 
Epiderme 
Pseudocelomado 
Musculatura 
Pseudoceloma 
Nematódeo 
Acelomados
Celomado 
Anelídeo 
Tecido derivado 
do ectoderma 
Celoma 
Mesentério 
Tecidos derivados 
do mesoderma 
Tubo 
digestório 
Tecido derivado 
do endoderma
Embrio091107 resumo para 3s2011
Anelídeos e todos os outros 
filos mais complexos 
Nematóides 
Pseudocelomados 
Acelomados 
Platelmintos 
Celomados
Dia 13
Dia 14
Dia 21
Embrio091107 resumo para 3s2011
Formação dos anexos 
Gaeramntbemr oi ononrmáarl idoessenvolvimento da criança 
Âmnios 
Placenta 
Cavidade amniótica 
Córion 
Cavidade uterina 
Parede uterina 
Cordão umbilical
Funções da Placenta 
Sangue materno 
Vilosidades coriónicas 
Veia fetal 
Artérias fetais 
Cordão umbilical 
Artéria materna 
Veia materna
Nidação – Início da gravidez 
Trofoblasto 
Parede uterina 
Cavidade uterina 
Para que ocorra é 
necessário que: 
-A mucosa uterina 
tenha sido preparada 
pelos hormônios 
ovarianos; 
-O blastocisto tenha 
atingido o estado de 
desenvolvimento 
necessário para 
poder se implantar.
Formação dos anexos 
embrionários
Principais etapas 
da vida
Período embrionário & 
Período fetal
Período embrionário 
5 semanas 
7 semanas 
6 semanas
Período fetal 
9 semanas 13 semanas 
17 semanas 21 semanas
Período fetal 
25 semanas 30 semanas 
36 semanas
O Parto 
Placenta 
Útero 
Cordão umbilical 
Cervix 
Vagina 
Placenta 
Cordão umbilical
O Parto 
Filme
Mais na Web 
http://www.bdc.ib.unicamp.br/lte/busca.php 
Fecundação 
http://www.women-and-men.com/eng/menstrual_cycle_women_f.html 
http://www.bbc.co.uk/education/ks3bitesize/science/reproduction/reproductioni3rb.shtml 
Desenvolvimento embrionário 
http://www.justthefacts.org/flash.asp 
http://www.bbc.co.uk/education/ks3bitesize/science/reproduction/reproductioni4rb.shtml

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
Altair Hoepers
 
Desenvolvimento do embrião
Desenvolvimento do embriãoDesenvolvimento do embrião
Desenvolvimento do embrião
Patricia de Castilhos
 
Embriogenese
EmbriogeneseEmbriogenese
Embriogenese
César Milani
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
andreepinto
 
Embriologia animal
Embriologia animalEmbriologia animal
Embriologia animal
Thiago Benevides
 
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionário
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionárioDa fecundação ao Desenvolvimento embrionário
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionário
Catir
 
Tipos de ovos e clivagem. pptx
Tipos de ovos e clivagem. pptxTipos de ovos e clivagem. pptx
Tipos de ovos e clivagem. pptx
Domenica Palomaris
 
Desenvolvimento Embrionário de anfíbio
Desenvolvimento Embrionário de anfíbioDesenvolvimento Embrionário de anfíbio
Desenvolvimento Embrionário de anfíbio
Linique Logan
 
Gametogenese.ppt
Gametogenese.pptGametogenese.ppt
Gametogenese.ppt
Juarez Silva
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
Fabiano Reis
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
letyap
 
Aula14 embriologia
Aula14 embriologiaAula14 embriologia
Desenen. embri
Desenen. embriDesenen. embri
Desenen. embri
Alisson pereira
 
Embriologia de mamíferos
Embriologia de mamíferosEmbriologia de mamíferos
Embriologia de mamíferos
evelynandrade25
 
Aula 01 Embriologia
Aula 01   EmbriologiaAula 01   Embriologia
Aula 01 Embriologia
Escola Arlinda Pessoa Morbeck
 
Embriologia (2)
Embriologia (2)Embriologia (2)
Embriologia (2)
Nutricionista
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
guest51ff04
 
Gametogenese
GametogeneseGametogenese
Gametogenese
Marcia Moreira
 
Segunda Semana Do Desenvolvimento
Segunda Semana Do DesenvolvimentoSegunda Semana Do Desenvolvimento
Segunda Semana Do Desenvolvimento
guestcc5163b
 

Mais procurados (20)

Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Desenvolvimento do embrião
Desenvolvimento do embriãoDesenvolvimento do embrião
Desenvolvimento do embrião
 
Embriogenese
EmbriogeneseEmbriogenese
Embriogenese
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Embriologia animal
Embriologia animalEmbriologia animal
Embriologia animal
 
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionário
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionárioDa fecundação ao Desenvolvimento embrionário
Da fecundação ao Desenvolvimento embrionário
 
Tipos de ovos e clivagem. pptx
Tipos de ovos e clivagem. pptxTipos de ovos e clivagem. pptx
Tipos de ovos e clivagem. pptx
 
Desenvolvimento Embrionário de anfíbio
Desenvolvimento Embrionário de anfíbioDesenvolvimento Embrionário de anfíbio
Desenvolvimento Embrionário de anfíbio
 
Gametogenese.ppt
Gametogenese.pptGametogenese.ppt
Gametogenese.ppt
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 
Aula14 embriologia
Aula14 embriologiaAula14 embriologia
Aula14 embriologia
 
Desenen. embri
Desenen. embriDesenen. embri
Desenen. embri
 
Embriologia de mamíferos
Embriologia de mamíferosEmbriologia de mamíferos
Embriologia de mamíferos
 
Aula 01 Embriologia
Aula 01   EmbriologiaAula 01   Embriologia
Aula 01 Embriologia
 
Embriologia (2)
Embriologia (2)Embriologia (2)
Embriologia (2)
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Gametogenese
GametogeneseGametogenese
Gametogenese
 
Segunda Semana Do Desenvolvimento
Segunda Semana Do DesenvolvimentoSegunda Semana Do Desenvolvimento
Segunda Semana Do Desenvolvimento
 

Semelhante a Embrio091107 resumo para 3s2011

Morfo I - Desenvolvimento Embrionário
Morfo I - Desenvolvimento  EmbrionárioMorfo I - Desenvolvimento  Embrionário
Morfo I - Desenvolvimento Embrionário
Paulo Tsai - Unime
 
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
Ionara Urrutia Moura
 
Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!
Rosalia Azambuja
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
guest47023a
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
URCA
 
Embriologia geral
Embriologia geralEmbriologia geral
Embriologia geral
Carlos Priante
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
Ionara Urrutia Moura
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
CelianeOliveira8
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
Évelin Souza
 
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdfdesenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
RhuanPablo26
 
Reprodução
Reprodução Reprodução
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Embriologia valendo
Embriologia valendoEmbriologia valendo
Embriologia valendo
Péricles Penuel
 
embriologia animal.pptx
embriologia animal.pptxembriologia animal.pptx
embriologia animal.pptx
RhuanPablo26
 
Introdução ao desenvolvimento embrionário
Introdução ao desenvolvimento embrionárioIntrodução ao desenvolvimento embrionário
Introdução ao desenvolvimento embrionário
Elizabete Costa
 
Embriologia básica
Embriologia básicaEmbriologia básica
Embriologia básica
Marco Antonio
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
Roberta Almeida
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Bio
 

Semelhante a Embrio091107 resumo para 3s2011 (20)

Morfo I - Desenvolvimento Embrionário
Morfo I - Desenvolvimento  EmbrionárioMorfo I - Desenvolvimento  Embrionário
Morfo I - Desenvolvimento Embrionário
 
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
Desenvolvimentoembrionario 121103093615-phpapp02
 
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
PARA 2S Metazoa1 12102012 embrio- Para prova do 4°bim.
 
Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!Desenvolvimento Embrionário!
Desenvolvimento Embrionário!
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Embriologia geral
Embriologia geralEmbriologia geral
Embriologia geral
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
Aula4embriologia 150510143838-lva1-app6892
 
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdfdesenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
desenvolvimentoembrionriodosanimais2-110117092527-phpapp02.pdf
 
Reprodução
Reprodução Reprodução
Reprodução
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Embriologia valendo
Embriologia valendoEmbriologia valendo
Embriologia valendo
 
embriologia animal.pptx
embriologia animal.pptxembriologia animal.pptx
embriologia animal.pptx
 
Introdução ao desenvolvimento embrionário
Introdução ao desenvolvimento embrionárioIntrodução ao desenvolvimento embrionário
Introdução ao desenvolvimento embrionário
 
Embriologia básica
Embriologia básicaEmbriologia básica
Embriologia básica
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
 

Mais de Ionara Urrutia Moura

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Ionara Urrutia Moura
 
notas 3°S
  notas 3°S  notas 3°S
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015
Ionara Urrutia Moura
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Ionara Urrutia Moura
 
1 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 20151 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Ionara Urrutia Moura
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Ionara Urrutia Moura
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Ionara Urrutia Moura
 
Lista embriologia 30 questões
Lista embriologia   30 questõesLista embriologia   30 questões
Lista embriologia 30 questões
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Ionara Urrutia Moura
 
Fisiologia digestão out2015
Fisiologia  digestão out2015Fisiologia  digestão out2015
Fisiologia digestão out2015
Ionara Urrutia Moura
 
Orientação trabalho 4_bim _1s
Orientação   trabalho 4_bim _1sOrientação   trabalho 4_bim _1s
Orientação trabalho 4_bim _1s
Ionara Urrutia Moura
 
1S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 20151S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e  movimentos vegetais finalHormônios vegetais e  movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Ionara Urrutia Moura
 
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Orientação trab. 2 s  4 bim 2015Orientação trab. 2 s  4 bim 2015
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Ionara Urrutia Moura
 
2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal          2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
Ionara Urrutia Moura
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
Ionara Urrutia Moura
 

Mais de Ionara Urrutia Moura (20)

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
 
notas 3°S
  notas 3°S  notas 3°S
notas 3°S
 
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
 
1 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 20151 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 2015
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
 
Lista embriologia 30 questões
Lista embriologia   30 questõesLista embriologia   30 questões
Lista embriologia 30 questões
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
 
Fisiologia digestão out2015
Fisiologia  digestão out2015Fisiologia  digestão out2015
Fisiologia digestão out2015
 
Orientação trabalho 4_bim _1s
Orientação   trabalho 4_bim _1sOrientação   trabalho 4_bim _1s
Orientação trabalho 4_bim _1s
 
1S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 20151S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 2015
 
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e  movimentos vegetais finalHormônios vegetais e  movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
 
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Orientação trab. 2 s  4 bim 2015Orientação trab. 2 s  4 bim 2015
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
 
2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal          2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
 

Embrio091107 resumo para 3s2011

  • 1. sexuada REPRODUÇÃO assexuada meiose Brotamento Ou gemulação mitose gametas fecundaçao Poríferos Celenterados Dois indivíduos Unem amostras de seu conteúdo genético zigoto Desenvolvimento embrionário Um indivíduo Copia seu conteúdo genético Divisão binária ou cissiparidade externa interna Ausente nos animais
  • 2. •. sexuada REPRODUÇÃO assexuada meiose Brotamento Ou gemulação mitose gametas fecundaçao Poríferos Celenterados Dois indivíduos Unem amostras de seu conteúdo genético zigoto Desenvolvimento embrionário Um indivíduo Copia seu conteúdo genético Divisão binária ou cissiparidade externa interna Ausente nos animais
  • 3. Estratégias de reprodução dos animais ovíparos o zigoto, com maior ou menor proteção, liberado no ambiente a maioria dos invertebrados aquáticos anfibios e peixes cuidados parentais produção de um grande número de zigotos desenvolvimento de estados larvares bem adaptados ao meio ambiente; vivíparos o zigoto,se desenvolve dentro do organismo da mãe, dependendo do seu metabolismo , até o nascimento, Alguns répteis Alguns peixes Todos os mamíferos Investimento na sobrevivência, proles menos numerosas ovovivíparos o zigoto,se desenvolve dentro de um ovo, independentemente do metabolismo materno e depois é liberado no ambiente Alguns invertebrados, aves e répteis
  • 4. direto Desenvolvimento nos animais indireto O indivíduo se desenvolve passando por estádios larvais ,após os quais adquire a forma de adulto, semelhante aos progenitores Ovo-larva-adulto hemimetábolo holometábolo Ovo-larva-ninfa-adulto O indivíduo se desenvolve Nascendo com a forma de adulto, semelhante aos progenitores Ametábolo Zigoto-embriao nasce como imago.
  • 6. Embriologia -Tópicos fundamentais: 1) Os gametas: a) Características b) Diversidade de ovos 2) Fecundação- a) Importância biológica b) o processo 3) As etapas do desenvolvimento: a) Segmentação ou clivagem: tipos b) A Blástula c) A Gástrula,o blastóporo d) O celoma
  • 7. Fecundação: nas tubas uterinas Espermatozóides Vagina Útero Ovulação Óvulo Fecundação
  • 8. Ovócito pronto para ser fecundado espermatozóide Fecundação
  • 9. Célula Ovo : Vitelo = Sustento para a nova vida! Distribuição e quantidades variáveis Quantidade e distribuição determinam o tipo de segmentação (citocinese)
  • 10. O encontro dos gametas 2º glóbulo polar 1º glóbulo polar Óvulo
  • 11. O encontro dos gametas Ovócito libertado pelo folículo ovariano... Espermatozóides rodeiam o ovócito... 1º glóbulo polar Zona pelúcida Oócito II Óvulo 1º glóbulo polar 2º glóbulo polar Corona radiata
  • 12. O encontro dos gametas A fixação do espermatozóide na zona pelúcida... A reação acrossômica
  • 13. Fecundação Foto ao microscópio de luz. A penetração do espermatozóide no ovócito II estimula a finalização da meiose. Há liberação do segundo glóbulo polar com posterior fusão dos pronúcleos haplóides masculino e feminino. Zona pelúcida Acrossomo Núcleo Centríolo Flagelo Citoplasma do ovócito II Membrana de fecundação
  • 14. Onde está o erro?
  • 15. Fecundação •Membrana vitelínica e membrana pelúcida se afastam •Enzimas liberadas pelo acrossomo provocam a digestão do envoltório gelatinoso do óvulo •Receptores na membrana plasmática ligam’se a um espermatozóide •Forma-se o cone de fertilização •O espermatozóide entra no óvulo, deixando para fora a cauda e o corpúsculo basal •A poliespermia é impedida por que: • A polaridade da membrana se altera quando os gametas se conectam. •Íons Cálcio são liberados no espaço entre a membrana e o envoltório gelatinoso •Cria-se um espaço cheio de líquido entre as duas membranas
  • 20. Segmentação ou clivagem total 24 horas 2 blastômeros
  • 21. 45 horas 4 células
  • 22. 72 horas 16 células
  • 24. Depois da Fecundação - A vida antes do nascimento Trompa de falópio Implantação Endométrio Fecundação 1º dia 2º dia 3º dia 4º dia 5º dia Massa celular interna Camada superficial de células Parede uterina Trofoblasto embrionário Estádio de Cavidade uterina Estádio de Mórula Botão Cavidade do blastocisto Blastocisto
  • 25. Blastocisto: implantação no útero Só nos mamíferos placentários
  • 27. Vitelo = Sustento para a nova vida! Distribuição e quantidades variáveis Quantidade e distribuição determinam o tipo de segmentação ( citocinese) Célula Ovo :
  • 28. Segmentação: citocinese! TOTAL Ovo oligolécito Segmentação total igual Ovo oligolécito com distribuição irregular Segmentação total desigual 8 blastômeros iguais 8 blastômeros desiguais PARCIAL Ovo megalécito com vitelo deslocado Segmentação parcial discoidal Ovo Centrolécito Vitelo abundante,no centro do ovo. Segmentação parcial superficial segmentação em disco Segmentação periférica vitelo no centro Equinodermos Anfioxo/homem Ovo heterolécito, mediolécito Mais vitelo no pólo inferior Segmentação total desigual anfíbios Peixes,Répteis,A ves,mamíferos OVíPAROS Insetos
  • 30. As etapas do desenvolvimento do embrião MBGN  Mórula : 32 células.  Blástula:“Bolinha” de células ! Macrômeros e micrômeros Blastocele  Gástrula: Dobramento da blástula. Folhetos embrionários (2- diblásticos, 3 triblásticos ) Blastóporo (protostômios ou deuterostômios) Arquêntero Cavidade corporal ( celoma)  Nêurula: Cordão nervoso , Notocorda
  • 31. Ovo Divisões celulares Mórula Blástula Blástula (em corte) Divisões celulares Cavidade (blastocele)
  • 32. Ovo Divisões celulares Mórula Blástula Blástula (em corte) Divisões celulares Cavidade (blastocele) Gastrulação Gástrula (em corte) Folhetos Blastocele germinativos Blastóporo Intestino primitivo (arquêntero) Ectoderma Endoderma
  • 33. Segmentação total e desigual: macrômeros e micrômeros
  • 34. folhetos embrionár ios  Ectoderme Diblásticos: ecto e mesoderme Triblásticos: Ectoderme, mesoderme e endoderme ECTODERME Mesoderme endoderme Mesendoderme Interior do tubo digestório
  • 36. Tubo digestório Tecido que reveste o tubo digestório Epiderme Platelminto Não formam cavidade interna revestida por mesoderme Parênquima e musculatura Acelomados
  • 37. Tecido que reveste o tubo digestório Tubo digestório Epiderme Pseudocelomado Musculatura Pseudoceloma Nematódeo Acelomados
  • 38. Celomado Anelídeo Tecido derivado do ectoderma Celoma Mesentério Tecidos derivados do mesoderma Tubo digestório Tecido derivado do endoderma
  • 40. Anelídeos e todos os outros filos mais complexos Nematóides Pseudocelomados Acelomados Platelmintos Celomados
  • 45. Formação dos anexos Gaeramntbemr oi ononrmáarl idoessenvolvimento da criança Âmnios Placenta Cavidade amniótica Córion Cavidade uterina Parede uterina Cordão umbilical
  • 46. Funções da Placenta Sangue materno Vilosidades coriónicas Veia fetal Artérias fetais Cordão umbilical Artéria materna Veia materna
  • 47. Nidação – Início da gravidez Trofoblasto Parede uterina Cavidade uterina Para que ocorra é necessário que: -A mucosa uterina tenha sido preparada pelos hormônios ovarianos; -O blastocisto tenha atingido o estado de desenvolvimento necessário para poder se implantar.
  • 48. Formação dos anexos embrionários
  • 50. Período embrionário & Período fetal
  • 51. Período embrionário 5 semanas 7 semanas 6 semanas
  • 52. Período fetal 9 semanas 13 semanas 17 semanas 21 semanas
  • 53. Período fetal 25 semanas 30 semanas 36 semanas
  • 54. O Parto Placenta Útero Cordão umbilical Cervix Vagina Placenta Cordão umbilical
  • 56. Mais na Web http://www.bdc.ib.unicamp.br/lte/busca.php Fecundação http://www.women-and-men.com/eng/menstrual_cycle_women_f.html http://www.bbc.co.uk/education/ks3bitesize/science/reproduction/reproductioni3rb.shtml Desenvolvimento embrionário http://www.justthefacts.org/flash.asp http://www.bbc.co.uk/education/ks3bitesize/science/reproduction/reproductioni4rb.shtml