SlideShare uma empresa Scribd logo
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE MARABÁ
CENTRO EDUCACIONAL SOARES VASCONCELOS - CESV
LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA
ELINALDO DE CARVALHO DE ANDRADE
PRECONCEITOS EM SALA DE AULA
ULIANÓPOLIS – PA
2023
ELINALDO DE CARVALHO DE ANDRADE
PRECONCEITOS EM SALA DE AULA
Projeto de Pesquisa apresentado à disciplina
Metodologia do Trabalho Científico,
orientado pela docente Joseane Ferreira de
Campos.
ULIANÓPOLIS – PA
2023
SUMÁRIO
1 TEMA ......................................................................................................... 4
2 JUSTIFICATIVA ........................................................................................ 4
3 PROBLEMA .............................................................................................. 4
4 OBJETIVOS .............................................................................................. 4
4.1 OBJETIVO GERAL ................................................................................. 4
4.2 OBJETIVOS ESPECÍFICO ................................................................. 4
5 REFERENCIAL TEÓRICO ........................................................................ 5
6 HIPÓTESES .............................................................................................. 6
7 METODOLOGIA ........................................................................................ 6
8 PRÉ-SUMÁRIO ......................................................................................... 6
9 CRONOGRAMA ....................................................................................... 7
REFERÊNCIAS ........................................................................................... 7
1 TEMA
Preconceitos em sala de aula.
2 JUSTIFICATIVA
O empenho pelo tema referido nesse projeto de pesquisa surgiu pela
curiosidade de análise sobre os tipos de preconceitos que são encontrados no âmbito
escolar. Sendo que se observa quão importante é abordar e pesquisar essa temática,
devido a grande diversidade que se encontra no âmbito escolar, diversidade de
culturas, de gêneros, de costumes, entre outras particularidades que torna necessária
a abordagem de tal tema, visando apresentar a problemática dos preconceitos que
podem aparecer, e acima de tudo abordar possíveis soluções para o problema
visando o melhor desenvolvimento possível das práticas pedagógicas no âmbito
escolar.
Assim, fica evidente a necessidade da compreensão sobre os preconceitos
apresentados no ambiente escolar e encontrar as soluções para tal problemática.
3 PROBLEMA
Quais as práticas desenvolvidas no ambiente escolar para desmistificar de
indivíduos a ideia de que só existe um único grupo socio cultural?
4 OBJETIVOS
4.1 – GERAL
Compreender a falta de empatia no âmbito escolar que favorece a
apresentação do preconceito na vivência educacional e a forma como ele se
espalha no convívio social da escola
4.2 – ESPECÍFICOS
a) Identificar teoricamente algumas das formas de preconceito visíveis no
espaço escolar, por meio de pesquisa em referenciais já reconhecidos;
b) Verificar a forma como os docentes e os discentes se comportam diante
da apresentação de tais práticas preconceituosas;
c) Analisar a eficácia dos meios de combate ao preconceito na escola e dos
meios que favorecem a conscientização das formas de tais preconceitos.
5 REFERENCIAL TEÓRICO
Ao pesquisar o tema preconceito dentro da escola, percebemos o sério problema que
abrange essa temática, isso porque no ambiente escolar sempre está presente a diversidade,
pois é inevitável a interação entre os diversos perfis de pessoas que compõem o ambiente
escolar, e tal interação as vezes favorece o aparecimento de alguma forma de preconceito.
Diante de tal afirmação acaba se tornando difícil pensar em ações pedagógicas que de fato
favoreçam o respeito a diversidade no ambiente escolar, pois ainda existe hoje em alguns
grupos uma forma de pensamento excludente em relação a pessoas de características,
comportamentos ou pensamentos contrários aos seus, dificultando assim a aceitação e
interação de forma harmônica às diferenças.
Visto que uma das definições de preconceito se baseia no fato de um indivíduo
já ter uma ideia formada a respeito de algum grupo ou algum costume contrário ao
seu, fica evidenciado que é preciso trabalhar as formas de favorecer a compreensão
e aceitação da diversidade na escola, tornando o indivíduo mais aberto ao convívio
social saudável, respeitando sempre a diversidade cultural. Tal questionamento fica
mais consolidado no ponto de vista de Itani (2005):
Nossa atitude de preconceito em relação a alguém ou a alguma coisa
está apoiada num conjunto referencial de representações. O preconceito,
como significado, quer dizer pré-conceito, uma opinião já formada a
respeito de determinado assunto, pessoa ou objeto. Por essa razão, os
diferentes na maioria das vezes são aqueles vistos como um problema
para a escola, pois a mesma não sabe lidar com estas situações
relacionadas a Diversidade Cultural, preconceito ou discriminação. (Itani
- 2005)
Salles e Silva (2008), ao discutirem as relações entre diferenças, preconceitos e
violência no âmbito escolar, pontuam que:
Nas escolas, os adolescentes e jovens interagem com outros,
adolescentes e jovens, que são diferentes deles ou de seu grupo de
referência em função, entre outros aspectos, da cor, da sexualidade, da
nacionalidade, do corpo, da classe socioeconômica. No espaço escolar
essa interação com o diferente, quando não é problematizada, se dá por
meio de relações interpessoais pautadas por conflitos, confrontos e
violência. (Salles e Silva (2008, p. 150)
Frente a essa realidade as autoras sugerem que é fundamental compreender e refletir
a respeito das formas de construção das identidades, das diferenças e preconceitos
para se chegar à consolidação de alternativas mais inclusivas e democráticas de
convivência escolar (Salles & Silva, 2008, p. 164).
Diante dessa temática, é imprescindível levar aos alunos a importância de respeitar
as diferenças entre as pessoas para que se consiga um convívio saudável em sala de
aula e consequentemente proporcionar a firmeza de ideais saudáveis que serão
levados também para fora do âmbito escolar.
6 HIPÓTESES
Mostrando aos alunos que o mundo é cheio de pessoas com culturas,
costumes e particularidades diferentes; e que devemos respeitar cada uma
delas, podemos amenizar ou até mesmo evitar o preconceito em sala de aula
e fora dela.
7 METODOLOGIA
Para analisar a temática em estudo é necessário fazer uma pesquisa bibliográfica,
documental e histórica, onde será possível fazer um levantamento dos autores que
abordam o tema, para que se adquiram conhecimentos científicos básicos e bases
teóricas relacionadas ao tema proposto.
A coleta de dados será realizada através da análise das pesquisas efetuadas,
analisando os dados levantados pelos autores sobre o tema.
Para um embasamento mais consistente sobre o tema em estudo, será
apresentado números e estatísticas que exemplifiquem e demostrem se tais situações
de preconceito estão sendo reduzidos ou disseminados no meio escolar.
8 PRÉ-SUMÁRIO
A estrutura do trabalho se dará de acordo com os seguintes tópicos:
1- Apresentações de algumas formas de preconceito encontrados na escola.
2- Preparação dos professores para lidar da melhor forma possível com o
problema.
3- Soluções que se encontram em prática nas escolas atualmente para
solucionar o problema do preconceito escolar.
9 CRONOGRAMA
Etapas / Mês Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul.
Escolha do tema X
Levantamento
bibliográfico
X
Elaboração do anteprojeto X
Apresentação do projeto X
Coleta de dados X X
Análise dos dados X X
Redação do trabalho X
Revisão e redação final X
Entrega do artigo X
REFERÊNCIAS
Salles, L. M. F., & Silva, J. M. A. P. E. (2008). Diferenças, preconceitos e violência no âmbito
escolar: algumas reflexões. Cadernos de Educação, 1(30), 149-166.
ITANI, Alice. “Vivendo o preconceito em sala de aula”. In: AQUINO, Julio Groppa. Diferenças
e preconceito na escola: Alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1998, p. 125.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a ELINALDO revisado.docx

3.9 os professores problematica_luciano_campos
3.9 os professores  problematica_luciano_campos3.9 os professores  problematica_luciano_campos
3.9 os professores problematica_luciano_campos
José Fernando Souza
 
Telles ah é pesquisa
Telles ah é pesquisaTelles ah é pesquisa
Telles ah é pesquisa
Juliana Alves
 
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscolaBicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
temastransversais
 
Artigo ana angélica
Artigo   ana angélicaArtigo   ana angélica
Artigo ana angélica
Fátima Noronha
 
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciênciasI uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
Gilvandenys Leite Sales
 
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos ProfessoresA InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
neesufpa
 
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
Vanilza Teixeira
 
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptxNarrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
DarleneMoraes1
 
Ciencias da natureza e dissertação
Ciencias da natureza e dissertaçãoCiencias da natureza e dissertação
Ciencias da natureza e dissertação
Rosineia Oliveira dos Santos
 
Relação das oficinas pedagógicas e gt's eneseb 2013
Relação das oficinas pedagógicas e gt's  eneseb 2013Relação das oficinas pedagógicas e gt's  eneseb 2013
Relação das oficinas pedagógicas e gt's eneseb 2013
Fellipe Madeira
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
christianceapcursos
 
Será que nos falta huma nidade.pdf
Será que nos falta huma       nidade.pdfSerá que nos falta huma       nidade.pdf
Será que nos falta huma nidade.pdf
HELLEN CRISTINA
 
Será que nos falta humanidad e.pdf
Será que nos falta humanidad           e.pdfSerá que nos falta humanidad           e.pdf
Será que nos falta humanidad e.pdf
HELLEN CRISTINA
 
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamentalIndisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
elianabizarro
 
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
Carina
 
heraldo 10
heraldo 10heraldo 10
heraldo 10
Gabriela Souza
 
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
Inge Suhr
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
christianceapcursos
 
InvestigacióN Educativa Uepg Brasil
InvestigacióN Educativa  Uepg  BrasilInvestigacióN Educativa  Uepg  Brasil
InvestigacióN Educativa Uepg Brasil
Lidia Barboza Norbis
 
Dislexia última versão
Dislexia   última versãoDislexia   última versão
Dislexia última versão
Colégio Parthenon
 

Semelhante a ELINALDO revisado.docx (20)

3.9 os professores problematica_luciano_campos
3.9 os professores  problematica_luciano_campos3.9 os professores  problematica_luciano_campos
3.9 os professores problematica_luciano_campos
 
Telles ah é pesquisa
Telles ah é pesquisaTelles ah é pesquisa
Telles ah é pesquisa
 
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscolaBicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
 
Artigo ana angélica
Artigo   ana angélicaArtigo   ana angélica
Artigo ana angélica
 
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciênciasI uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
 
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos ProfessoresA InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
A InclusãO Escolar Do Ponto De Vista Dos Professores
 
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
Cead 20131 pedagogia_pr_-_pedagogia_-_educacao_e_diversidade_-_nr_(a2_ead071)...
 
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptxNarrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
Narrativas Autobiográficas - PPGE.pptx
 
Ciencias da natureza e dissertação
Ciencias da natureza e dissertaçãoCiencias da natureza e dissertação
Ciencias da natureza e dissertação
 
Relação das oficinas pedagógicas e gt's eneseb 2013
Relação das oficinas pedagógicas e gt's  eneseb 2013Relação das oficinas pedagógicas e gt's  eneseb 2013
Relação das oficinas pedagógicas e gt's eneseb 2013
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
 
Será que nos falta huma nidade.pdf
Será que nos falta huma       nidade.pdfSerá que nos falta huma       nidade.pdf
Será que nos falta huma nidade.pdf
 
Será que nos falta humanidad e.pdf
Será que nos falta humanidad           e.pdfSerá que nos falta humanidad           e.pdf
Será que nos falta humanidad e.pdf
 
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamentalIndisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
Indisciplina escolar sentidos_atribuidos_alunos_ensino_fundamental
 
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
Projeto Formação no ambiente escolar - uma busca pela integração prática e te...
 
heraldo 10
heraldo 10heraldo 10
heraldo 10
 
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
Os desafios da interdisciplinaridade: a busca da organização de uma proposta ...
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
 
InvestigacióN Educativa Uepg Brasil
InvestigacióN Educativa  Uepg  BrasilInvestigacióN Educativa  Uepg  Brasil
InvestigacióN Educativa Uepg Brasil
 
Dislexia última versão
Dislexia   última versãoDislexia   última versão
Dislexia última versão
 

Mais de Josiane Campos

PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
Josiane Campos
 
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
Josiane Campos
 
Elice revisado.docx
Elice revisado.docxElice revisado.docx
Elice revisado.docx
Josiane Campos
 
ELINALDO revisado.docx
ELINALDO revisado.docxELINALDO revisado.docx
ELINALDO revisado.docx
Josiane Campos
 
FERNANDA PRE PROJETO.docx
FERNANDA PRE PROJETO.docxFERNANDA PRE PROJETO.docx
FERNANDA PRE PROJETO.docx
Josiane Campos
 
ATIVIDAE AVALIATIVA.docx
ATIVIDAE AVALIATIVA.docxATIVIDAE AVALIATIVA.docx
ATIVIDAE AVALIATIVA.docx
Josiane Campos
 
Avaliação.docx
Avaliação.docxAvaliação.docx
Avaliação.docx
Josiane Campos
 
Seu propósito do seu jeito.pdf
Seu propósito do seu jeito.pdfSeu propósito do seu jeito.pdf
Seu propósito do seu jeito.pdf
Josiane Campos
 
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
Josiane Campos
 
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdfCRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
Josiane Campos
 
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
Josiane Campos
 
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptxPROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
Josiane Campos
 
BATE PAPO.pptx
BATE PAPO.pptxBATE PAPO.pptx
BATE PAPO.pptx
Josiane Campos
 
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
Josiane Campos
 
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docxPLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
Josiane Campos
 
correio eletronico slyde.pdf
correio eletronico slyde.pdfcorreio eletronico slyde.pdf
correio eletronico slyde.pdf
Josiane Campos
 
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
Josiane Campos
 
Pti douglas 12
Pti douglas 12Pti douglas 12
Pti douglas 12
Josiane Campos
 

Mais de Josiane Campos (18)

PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
PROJETO EDUCAQCINAL AVANÇAR FUNDAMENTAL 2
 
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
2021_EnsFundII_Ensino_Religioso_6ºano_Texto_sagrados_1º TRIM_aula01 (4).pptx
 
Elice revisado.docx
Elice revisado.docxElice revisado.docx
Elice revisado.docx
 
ELINALDO revisado.docx
ELINALDO revisado.docxELINALDO revisado.docx
ELINALDO revisado.docx
 
FERNANDA PRE PROJETO.docx
FERNANDA PRE PROJETO.docxFERNANDA PRE PROJETO.docx
FERNANDA PRE PROJETO.docx
 
ATIVIDAE AVALIATIVA.docx
ATIVIDAE AVALIATIVA.docxATIVIDAE AVALIATIVA.docx
ATIVIDAE AVALIATIVA.docx
 
Avaliação.docx
Avaliação.docxAvaliação.docx
Avaliação.docx
 
Seu propósito do seu jeito.pdf
Seu propósito do seu jeito.pdfSeu propósito do seu jeito.pdf
Seu propósito do seu jeito.pdf
 
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
APznzaZ4_aZZqhSQo2IMMpj6bguTLNbwsWKnCE5gxiSrj_5rjxBpgtr6Yh_q779qSNhpAsIuBKqwt...
 
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdfCRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
CRONOGRAMA MESTRADO AMERICANO UNINTER CRHISTIN.pdf
 
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
__Agentes_Comunitários-Certificado_95210.pdf
 
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptxPROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
PROGRAMAS EDUCACIONAIS.pptx
 
BATE PAPO.pptx
BATE PAPO.pptxBATE PAPO.pptx
BATE PAPO.pptx
 
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
 
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docxPLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
PLANO DE CARREIRA JAYAN.docx
 
correio eletronico slyde.pdf
correio eletronico slyde.pdfcorreio eletronico slyde.pdf
correio eletronico slyde.pdf
 
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
SLIDE APRESENTAÇÃO planos de carreira e perspectiva de futuro para jovens de ...
 
Pti douglas 12
Pti douglas 12Pti douglas 12
Pti douglas 12
 

ELINALDO revisado.docx

  • 1. FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE MARABÁ CENTRO EDUCACIONAL SOARES VASCONCELOS - CESV LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA ELINALDO DE CARVALHO DE ANDRADE PRECONCEITOS EM SALA DE AULA ULIANÓPOLIS – PA 2023
  • 2. ELINALDO DE CARVALHO DE ANDRADE PRECONCEITOS EM SALA DE AULA Projeto de Pesquisa apresentado à disciplina Metodologia do Trabalho Científico, orientado pela docente Joseane Ferreira de Campos. ULIANÓPOLIS – PA 2023
  • 3. SUMÁRIO 1 TEMA ......................................................................................................... 4 2 JUSTIFICATIVA ........................................................................................ 4 3 PROBLEMA .............................................................................................. 4 4 OBJETIVOS .............................................................................................. 4 4.1 OBJETIVO GERAL ................................................................................. 4 4.2 OBJETIVOS ESPECÍFICO ................................................................. 4 5 REFERENCIAL TEÓRICO ........................................................................ 5 6 HIPÓTESES .............................................................................................. 6 7 METODOLOGIA ........................................................................................ 6 8 PRÉ-SUMÁRIO ......................................................................................... 6 9 CRONOGRAMA ....................................................................................... 7 REFERÊNCIAS ........................................................................................... 7
  • 4. 1 TEMA Preconceitos em sala de aula. 2 JUSTIFICATIVA O empenho pelo tema referido nesse projeto de pesquisa surgiu pela curiosidade de análise sobre os tipos de preconceitos que são encontrados no âmbito escolar. Sendo que se observa quão importante é abordar e pesquisar essa temática, devido a grande diversidade que se encontra no âmbito escolar, diversidade de culturas, de gêneros, de costumes, entre outras particularidades que torna necessária a abordagem de tal tema, visando apresentar a problemática dos preconceitos que podem aparecer, e acima de tudo abordar possíveis soluções para o problema visando o melhor desenvolvimento possível das práticas pedagógicas no âmbito escolar. Assim, fica evidente a necessidade da compreensão sobre os preconceitos apresentados no ambiente escolar e encontrar as soluções para tal problemática. 3 PROBLEMA Quais as práticas desenvolvidas no ambiente escolar para desmistificar de indivíduos a ideia de que só existe um único grupo socio cultural? 4 OBJETIVOS 4.1 – GERAL Compreender a falta de empatia no âmbito escolar que favorece a apresentação do preconceito na vivência educacional e a forma como ele se espalha no convívio social da escola 4.2 – ESPECÍFICOS a) Identificar teoricamente algumas das formas de preconceito visíveis no espaço escolar, por meio de pesquisa em referenciais já reconhecidos; b) Verificar a forma como os docentes e os discentes se comportam diante da apresentação de tais práticas preconceituosas;
  • 5. c) Analisar a eficácia dos meios de combate ao preconceito na escola e dos meios que favorecem a conscientização das formas de tais preconceitos. 5 REFERENCIAL TEÓRICO Ao pesquisar o tema preconceito dentro da escola, percebemos o sério problema que abrange essa temática, isso porque no ambiente escolar sempre está presente a diversidade, pois é inevitável a interação entre os diversos perfis de pessoas que compõem o ambiente escolar, e tal interação as vezes favorece o aparecimento de alguma forma de preconceito. Diante de tal afirmação acaba se tornando difícil pensar em ações pedagógicas que de fato favoreçam o respeito a diversidade no ambiente escolar, pois ainda existe hoje em alguns grupos uma forma de pensamento excludente em relação a pessoas de características, comportamentos ou pensamentos contrários aos seus, dificultando assim a aceitação e interação de forma harmônica às diferenças. Visto que uma das definições de preconceito se baseia no fato de um indivíduo já ter uma ideia formada a respeito de algum grupo ou algum costume contrário ao seu, fica evidenciado que é preciso trabalhar as formas de favorecer a compreensão e aceitação da diversidade na escola, tornando o indivíduo mais aberto ao convívio social saudável, respeitando sempre a diversidade cultural. Tal questionamento fica mais consolidado no ponto de vista de Itani (2005): Nossa atitude de preconceito em relação a alguém ou a alguma coisa está apoiada num conjunto referencial de representações. O preconceito, como significado, quer dizer pré-conceito, uma opinião já formada a respeito de determinado assunto, pessoa ou objeto. Por essa razão, os diferentes na maioria das vezes são aqueles vistos como um problema para a escola, pois a mesma não sabe lidar com estas situações relacionadas a Diversidade Cultural, preconceito ou discriminação. (Itani - 2005) Salles e Silva (2008), ao discutirem as relações entre diferenças, preconceitos e violência no âmbito escolar, pontuam que: Nas escolas, os adolescentes e jovens interagem com outros, adolescentes e jovens, que são diferentes deles ou de seu grupo de referência em função, entre outros aspectos, da cor, da sexualidade, da nacionalidade, do corpo, da classe socioeconômica. No espaço escolar essa interação com o diferente, quando não é problematizada, se dá por meio de relações interpessoais pautadas por conflitos, confrontos e violência. (Salles e Silva (2008, p. 150) Frente a essa realidade as autoras sugerem que é fundamental compreender e refletir a respeito das formas de construção das identidades, das diferenças e preconceitos
  • 6. para se chegar à consolidação de alternativas mais inclusivas e democráticas de convivência escolar (Salles & Silva, 2008, p. 164). Diante dessa temática, é imprescindível levar aos alunos a importância de respeitar as diferenças entre as pessoas para que se consiga um convívio saudável em sala de aula e consequentemente proporcionar a firmeza de ideais saudáveis que serão levados também para fora do âmbito escolar. 6 HIPÓTESES Mostrando aos alunos que o mundo é cheio de pessoas com culturas, costumes e particularidades diferentes; e que devemos respeitar cada uma delas, podemos amenizar ou até mesmo evitar o preconceito em sala de aula e fora dela. 7 METODOLOGIA Para analisar a temática em estudo é necessário fazer uma pesquisa bibliográfica, documental e histórica, onde será possível fazer um levantamento dos autores que abordam o tema, para que se adquiram conhecimentos científicos básicos e bases teóricas relacionadas ao tema proposto. A coleta de dados será realizada através da análise das pesquisas efetuadas, analisando os dados levantados pelos autores sobre o tema. Para um embasamento mais consistente sobre o tema em estudo, será apresentado números e estatísticas que exemplifiquem e demostrem se tais situações de preconceito estão sendo reduzidos ou disseminados no meio escolar. 8 PRÉ-SUMÁRIO A estrutura do trabalho se dará de acordo com os seguintes tópicos: 1- Apresentações de algumas formas de preconceito encontrados na escola. 2- Preparação dos professores para lidar da melhor forma possível com o problema. 3- Soluções que se encontram em prática nas escolas atualmente para solucionar o problema do preconceito escolar.
  • 7. 9 CRONOGRAMA Etapas / Mês Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Escolha do tema X Levantamento bibliográfico X Elaboração do anteprojeto X Apresentação do projeto X Coleta de dados X X Análise dos dados X X Redação do trabalho X Revisão e redação final X Entrega do artigo X REFERÊNCIAS Salles, L. M. F., & Silva, J. M. A. P. E. (2008). Diferenças, preconceitos e violência no âmbito escolar: algumas reflexões. Cadernos de Educação, 1(30), 149-166. ITANI, Alice. “Vivendo o preconceito em sala de aula”. In: AQUINO, Julio Groppa. Diferenças e preconceito na escola: Alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1998, p. 125.