SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula teorica 2
Tema 1: O ECOSSISTEMA AGRO-PECUÁRIO
UNIZAMBEZE/FEARN
Prof. Lorenzo e Shenga
2015
Sumario
1.3 Leis dos ecosistemas: Suas aplicaçõe nos sistemas
agropecuários com fins sustentaveis.
1.3.1 Fluxo de enérgia e de Materia
1.3.2 Reciclagem da materia organica
1.4 Agroecossistema
1.4.1 Coceitos basicos;
Objectivo
• Explicar o uso das leis do ecossistema para
alcançar produções sustentáveis em criação e
exploração de animais domésticos
Questoes
Que é um ecossistema?
Que é o ambiente?
Como atua sobre o animal?
Biosenoses + Biótipo
Conjunto dos organismos
vivos que ocupan um
área Determinada como
uma unidade
reconhecida
Ambiente físico – químico
en que se desenvolvem
= Ecossistema
Formam uma unidade estructural e funcional definida, cujos
componentes mantem uma estreita interdependencia, chamado
sistema ecológico ou ecossistema.
Figura1 – Ecossistemas
Residuos e corpos
mortos sao reciclados
Sol fornece a
energia para
planta-
fotossintese
Prod. O2
Prod. alimento
Prod. Nutriente para planta
Prod. CO2
Prod. substrato
Categorías ecológicas básicas . nome que recebe a relação entre
animais e plantas
Ambiente
Meio
Substrato
Relações biologicas
Factor climático
Factor edáfico
Factor fisiográfico
Factor bíotico
Factor antropogénico
Classificacao do fatores abioticos
Quanto ao tipo
 Factores climáticos
 luz,
 a temperatura e a
 umidade,
 Factores edáficos
 Composição química e a estrutura do solo
caracterizam o clima de uma região
 Luz
A luz é uma manifestação de energia, cuja principal fonte é o Sol. É
indispensável ao desenvolvimento das plantas. De fato, os vegetais
produzem a matéria de que o seu organismo é formado através de um
processo - a fotossíntese
Os animais apresentam fototatismo. Tal como os animais, as plantas
também se orientam em relação à luz, ou seja, apresentam fototropismo.
Os animais e as plantas apresentam fotoperiodismo, isto é, capacidade
de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos -
fotoperíodo.
Comportamentos dos Seres Vivos
 Temperatura
Alguns animais, nas épocas do ano em que as temperaturas se afastam
do valor óptimo para o desenvolvimento das suas atividades, adquirem
comportamentos que lhos permitem sobreviver:
Animais:
-consumo de alimento;
-Reproducao (fertilidade) e producao;
-Deslocamento e emigracao
Afecta o comportamentos dos Seres Vivos
 A Temperatura e as Características dos Animais
Classificação dos factores ambientais segundo :a duração do
efeito e sua forma de actuação.
Pela duração do
efeito
Permanentes ( O2 , C O 2 )
S i m i l a r p a r a t o d o s o s
i n d i v i d u o s
Os que actuam temporariamente e de
modo diferente para individuos distintos
Inclue os acidentais(raios, Ciclones,
furacões)
Pela forma
de actução
Directos (por si só)
Indirectos (Mediante a intervenção de outro factor)
Sinérgicos (em mesmo sentido que outro factor)
Antagónicos (en sentido oposto a outro factor)
Por sua
importância
Imprescindiveis. (indispensaveis para o
desenvolvimento do individuo, Factores
limitantes) Factores ambientais são: Temperatura, Luz, Água, Gases
atmosfericos, Sais biogénicos, Espaço físico e Fogo.
Não imprescindiveis (Factor
edáfico, a temperatura).
As classificações não são permanentes (são variaveis com o
tempo e espaço)
Relações Ecológicas
Leis dos ecosistemas: Suas aplicaçõe nos
sistemas agropecuários com fins
sustentaveis.
LEI DOS FACTORES LIMITANTES
Os factores ambientais atuando em conjunto podem inibir o
desenvolvimento de um organismo e alterar seu funcionamento
biológico e características morfológicas fundamentais, o que
determina uma resistência ambiental.
Resistencia ambiental
É a resistencia que opõe o ambiente para que um organismo ou
conjunto de organismos, desenvolvam sua capacidade potêncial
maxima.
Dos rendimientos agrícolas e a utilização de fertilizantes
Blackman (1905) .- Velocidade de um processo
Liebig(1840) .- “Lei de mínimo “ Voisin(1962) .- “Lei do maximo “
Lei dos factores limitantes
Factor ambiental limitante, é aquele que em excesso ou
defeito limita o rendimiento
Kgs de Kcl aplicados por
ha
Kgs de ervas
producidos por ha
0 7.620
65 8.100
250 23.000
630 19.000
LEIS MAIS GERAIS DOS ECOSSISTEMAS
1.Lei do fluxo da energia:
2.Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos
Lei do fluxo da energia:
A energia procedente do sol ingressa no Ecossistema por via
directa (luz e calor) ou através de sua transformação em
energia química (fotossíntese) pelos organismos autótrofos
(plantas verdes). Em trocas sucessivas a energia se vai
transformando e degradando ao discorrer pelos organismos
que constituem a cadeia alimentar.
Luz
absorvida
Calor
R
R
Saidas
Entradas
Autótroficos
Heterótroficos
R.- Respiración de la comunidad
Banco de nutrientes
Lei do fluxo da energia:
Plantas
Nutrientes do solo
(armazem)
Energía e nutrientes
Para os animales
Animais
(Rumiantes e
mogástricos
Suelos
Degradadores
de la m.o
Tranformadores
Saida de enegía
e nutrientes da
produção
Ecossistema aberto
Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos:
O funcionamento dos ecossistemas requer de elementos
materiais não utilizados com fins energéticos, mas
indispensáveis no metabolismo da comunidade biológica.
Esses elementos biogeoquímicos circulam pelo ecossistema
em forma cíclica, e formam parte de complexos cuja
complexidade varia em correspondência com sua função e
localização. Exemplo: Ciclo do Nitrogênio.
Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos
solo
pasto
animal
homem
Ciclo biogeoquimico
Plantas
Luz solar
Nutrientes do solo
(armazem)
Energía e nutrientes
Para os animales
Animais
(Rumiantes e
mogástricos
Suelos
Degradadores
de la m.o
Tranformadores
Saida de enegía
e nutrientes da
produção
Ciclo biogeoquimico
Ecossistemas agropecuarios
Agroecossistemas são ecossistemas agrícolas que têm como
objectivo básico a manipulação dos recursos naturais com vistas a
otimizar a captura da energia solar e transferi-la para as pessoas
na forma de alimentos ou fibras.
Agroecossistemas
Nos agroecossistemas, o homem é um componente ativo, que
organiza e gestiona os recursos do sistema
(HECHT, 1991).
um agroecossistema pode ser considerado uma cultura ou uma
criação dentro de uma unidade de produção, pode ser a unidade
de produção em si, pode ser o conjunto das unidades de produção
de uma região, de um país, ou mesmo, do mundo todo.
Agroecossistemas
Tipos de Agroecossistemas
• Campo de pastagens;
• S. Silvipastoreo;
• S. Agropastoril;
• S.Agrossilvopastoril;
• S. agroflorestais
• Siscal;
Usualmente, a eficiência é medida pelo balanço de energia ou
pela relação output/input, a qual é conduzida determinando-se a
quantidade de energia obtida na forma de produto em relação à
energia cultural utilizada no sistema para produzi-lo
(HEITSCHMIDT et al., 1996).
Energia cultural é toda a forma de energia manipulada
diretamente pelo homem para o seu uso, como a energia do
petróleo, hidráulica, eólica, nuclear, ou outras.
EFICIÊNCIA DO USO DA ENERGIA NOS AGROECOSSISTEMAS
O output de energia é determinado pela conversão direta do
rendimento de produtos (kg de grãos, carne, leite, lã, outros) em
energia (kcal ou kj), de acordo com o conteúdo de energia bruta de
cada unidade de produto.
O input de energia,
• transporte de insumos e produtos,
• energia gasta na manufatura das máquinas,
• implementos e insumos agrícolas.
EFICIÊNCIA DO USO DA ENERGIA NOS AGROECOSSISTEMAS
Sustentabilidade nos agroecossistemas
 Principios de sustentabilidade
◦ Ecologicamente correto
◦ Economicamente viável
◦ Socialmente justo
◦ Culturalmente diverso
Sustentabilidade nos agroecossistemas
 Aplicação da lei de fluxo de energia,
◦ Conversão energetica;
◦ Ecossistema equilibrado;
◦ Diversificação das espécies (consorciação e rotação);
 Aplicação da lei beogeoquimico
◦ Concervação e manutenção dos solos;
◦ Reposição e reciclagem de nutrientes;
◦ Diversificação das especies (consorciação e rotação);
Conclusão
1. Resumo e generalização
2. Preguntas
3. Estudio independiente
4. Motivação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
Rafael Nunes
 
Manejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do SoloManejo e Conservação do Solo
Origem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeOrigem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verde
igor-oliveira
 
Rotação de Culturas
Rotação de CulturasRotação de Culturas
Rotação de Culturas
GETA - UFG
 
AGROECOLOGIA
AGROECOLOGIAAGROECOLOGIA
AGROECOLOGIA
Karlla Costa
 
AGROECOLOGIA
AGROECOLOGIAAGROECOLOGIA
AGROECOLOGIA
Karlla Costa
 
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
igor-oliveira
 
Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
cineone
 
Agricultura familiar no Brasil
Agricultura familiar no BrasilAgricultura familiar no Brasil
Agricultura familiar no Brasil
FAO
 
Sistema agroflorestal andré rocha
Sistema agroflorestal andré rochaSistema agroflorestal andré rocha
Sistema agroflorestal andré rocha
MESTRADOAMBIENTAL
 
Sistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFSSistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFS
Guillermo Enrique Guedes Scheel
 
Introducao agroecologia
Introducao agroecologiaIntroducao agroecologia
Introducao agroecologia
elisandraca
 
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração ruraleco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
Carol Castro
 
Aula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamentoAula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamento
fabio schwab
 
Adm. rural 3
Adm. rural 3Adm. rural 3
Adm. rural 3
Bruno Rodrigues
 
Evolução da agricultura aula 3
Evolução da agricultura aula 3Evolução da agricultura aula 3
Evolução da agricultura aula 3
UERGS
 
Slide - Pronto.pptx
Slide - Pronto.pptxSlide - Pronto.pptx
Slide - Pronto.pptx
RosanaRocha49
 
Sistema ILPF
Sistema ILPFSistema ILPF
Sistema ILPF
GETA - UFG
 
Ecologia de insetos 2010 01
Ecologia de insetos 2010 01Ecologia de insetos 2010 01
Ecologia de insetos 2010 01
Guilherme Acosta
 
Agroecologia
AgroecologiaAgroecologia
Agroecologia
Inacia Lucia Medeiros
 

Mais procurados (20)

Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
 
Manejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do SoloManejo e Conservação do Solo
Manejo e Conservação do Solo
 
Origem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeOrigem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verde
 
Rotação de Culturas
Rotação de CulturasRotação de Culturas
Rotação de Culturas
 
AGROECOLOGIA
AGROECOLOGIAAGROECOLOGIA
AGROECOLOGIA
 
AGROECOLOGIA
AGROECOLOGIAAGROECOLOGIA
AGROECOLOGIA
 
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
1 agroecossistemas e propriedades estruturais de comunidades
 
Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
 
Agricultura familiar no Brasil
Agricultura familiar no BrasilAgricultura familiar no Brasil
Agricultura familiar no Brasil
 
Sistema agroflorestal andré rocha
Sistema agroflorestal andré rochaSistema agroflorestal andré rocha
Sistema agroflorestal andré rocha
 
Sistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFSSistemas Agroflorestais - SAFS
Sistemas Agroflorestais - SAFS
 
Introducao agroecologia
Introducao agroecologiaIntroducao agroecologia
Introducao agroecologia
 
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração ruraleco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
eco aula 1 - Disciplina de economia e administração rural
 
Aula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamentoAula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamento
 
Adm. rural 3
Adm. rural 3Adm. rural 3
Adm. rural 3
 
Evolução da agricultura aula 3
Evolução da agricultura aula 3Evolução da agricultura aula 3
Evolução da agricultura aula 3
 
Slide - Pronto.pptx
Slide - Pronto.pptxSlide - Pronto.pptx
Slide - Pronto.pptx
 
Sistema ILPF
Sistema ILPFSistema ILPF
Sistema ILPF
 
Ecologia de insetos 2010 01
Ecologia de insetos 2010 01Ecologia de insetos 2010 01
Ecologia de insetos 2010 01
 
Agroecologia
AgroecologiaAgroecologia
Agroecologia
 

Destaque

Fatores bioticos e abioticos
Fatores bioticos e abioticosFatores bioticos e abioticos
Fatores bioticos e abioticos
Marcia Bantim
 
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola SustentávelSistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
AgriculturaSustentavel
 
Agrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
Agrotóxicos - Boas Práticas de ManuseioAgrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
Agrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
Fonte Comunicação
 
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
Sofia Iba
 
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
forumsustentar
 
Agricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasilAgricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasil
profleofonseca
 
Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
Thamires Bragança
 
Agroecologia ufrgs
Agroecologia ufrgsAgroecologia ufrgs
Agroecologia ufrgs
Geraldo Henrique
 
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
Esquadrão Do Conhecimento
 
Agroecologia hoje
Agroecologia hojeAgroecologia hoje
Agroecologia hoje
igor-oliveira
 
Características da Agricultura e Pecuária
Características da Agricultura e PecuáriaCaracterísticas da Agricultura e Pecuária
Características da Agricultura e Pecuária
Linguagem Geográfica
 

Destaque (11)

Fatores bioticos e abioticos
Fatores bioticos e abioticosFatores bioticos e abioticos
Fatores bioticos e abioticos
 
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola SustentávelSistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
Sistemas Integrados de Manejo na Produção Agrícola Sustentável
 
Agrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
Agrotóxicos - Boas Práticas de ManuseioAgrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
Agrotóxicos - Boas Práticas de Manuseio
 
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
Edison sujii impacto a biodiversidade e sa
 
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas - ISA
 
Agricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasilAgricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasil
 
Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
 
Agroecologia ufrgs
Agroecologia ufrgsAgroecologia ufrgs
Agroecologia ufrgs
 
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
Biologia Esquadrão do Conhecimento VIP 2013
 
Agroecologia hoje
Agroecologia hojeAgroecologia hoje
Agroecologia hoje
 
Características da Agricultura e Pecuária
Características da Agricultura e PecuáriaCaracterísticas da Agricultura e Pecuária
Características da Agricultura e Pecuária
 

Semelhante a Ecossistemas agropecuarios

Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)
Jose Aldo Ramires
 
Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)
Jose Aldo Ramires
 
03 ecologia relacoes troficas
03 ecologia   relacoes troficas03 ecologia   relacoes troficas
03 ecologia relacoes troficas
rommel andrade
 
ecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptxecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptx
rafaelbrandao22
 
Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior
Marcelo Gomes
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
Rita Galrito
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciência
Ivan Santana
 
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
Marcelo Gomes
 
Individuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemasIndividuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemas
Roberto Pires Campos
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Introdução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia AmbientalIntrodução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia Ambiental
Almeida Meque Gomundanhe
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - EcologiaCiências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
elonvila
 
Aula5 2012 ecossistemas
Aula5 2012 ecossistemasAula5 2012 ecossistemas
Aula5 2012 ecossistemas
Rigo Rodrigues
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
anocas_rita
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Particular
 
Ecologia Cida
Ecologia CidaEcologia Cida
Ecologia Cida
guest81df6e
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Andrey Moreira
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
margaridabt
 
Fluxos de energia e ciclos de matéria
Fluxos de energia e ciclos de matériaFluxos de energia e ciclos de matéria
Fluxos de energia e ciclos de matéria
Tânia Reis
 
Ensaio-Introdução à Engenharia Ambiental
Ensaio-Introdução à Engenharia AmbientalEnsaio-Introdução à Engenharia Ambiental
Ensaio-Introdução à Engenharia Ambiental
Almeida Meque Gomundanhe
 

Semelhante a Ecossistemas agropecuarios (20)

Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)
 
Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)Texto complementar ecossistema(1)
Texto complementar ecossistema(1)
 
03 ecologia relacoes troficas
03 ecologia   relacoes troficas03 ecologia   relacoes troficas
03 ecologia relacoes troficas
 
ecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptxecossistema 1 ano.pptx
ecossistema 1 ano.pptx
 
Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciência
 
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
 
Individuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemasIndividuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemas
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
 
Introdução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia AmbientalIntrodução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia Ambiental
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - EcologiaCiências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
 
Aula5 2012 ecossistemas
Aula5 2012 ecossistemasAula5 2012 ecossistemas
Aula5 2012 ecossistemas
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Ecologia Cida
Ecologia CidaEcologia Cida
Ecologia Cida
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Fluxos de energia e ciclos de matéria
Fluxos de energia e ciclos de matériaFluxos de energia e ciclos de matéria
Fluxos de energia e ciclos de matéria
 
Ensaio-Introdução à Engenharia Ambiental
Ensaio-Introdução à Engenharia AmbientalEnsaio-Introdução à Engenharia Ambiental
Ensaio-Introdução à Engenharia Ambiental
 

Ecossistemas agropecuarios

  • 1. Aula teorica 2 Tema 1: O ECOSSISTEMA AGRO-PECUÁRIO UNIZAMBEZE/FEARN Prof. Lorenzo e Shenga 2015
  • 2. Sumario 1.3 Leis dos ecosistemas: Suas aplicaçõe nos sistemas agropecuários com fins sustentaveis. 1.3.1 Fluxo de enérgia e de Materia 1.3.2 Reciclagem da materia organica 1.4 Agroecossistema 1.4.1 Coceitos basicos;
  • 3. Objectivo • Explicar o uso das leis do ecossistema para alcançar produções sustentáveis em criação e exploração de animais domésticos
  • 4. Questoes Que é um ecossistema? Que é o ambiente? Como atua sobre o animal?
  • 5. Biosenoses + Biótipo Conjunto dos organismos vivos que ocupan um área Determinada como uma unidade reconhecida Ambiente físico – químico en que se desenvolvem = Ecossistema Formam uma unidade estructural e funcional definida, cujos componentes mantem uma estreita interdependencia, chamado sistema ecológico ou ecossistema.
  • 6. Figura1 – Ecossistemas Residuos e corpos mortos sao reciclados Sol fornece a energia para planta- fotossintese Prod. O2 Prod. alimento Prod. Nutriente para planta Prod. CO2 Prod. substrato
  • 7. Categorías ecológicas básicas . nome que recebe a relação entre animais e plantas Ambiente Meio Substrato Relações biologicas Factor climático Factor edáfico Factor fisiográfico Factor bíotico Factor antropogénico
  • 8. Classificacao do fatores abioticos Quanto ao tipo  Factores climáticos  luz,  a temperatura e a  umidade,  Factores edáficos  Composição química e a estrutura do solo caracterizam o clima de uma região
  • 9.  Luz A luz é uma manifestação de energia, cuja principal fonte é o Sol. É indispensável ao desenvolvimento das plantas. De fato, os vegetais produzem a matéria de que o seu organismo é formado através de um processo - a fotossíntese Os animais apresentam fototatismo. Tal como os animais, as plantas também se orientam em relação à luz, ou seja, apresentam fototropismo. Os animais e as plantas apresentam fotoperiodismo, isto é, capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos - fotoperíodo. Comportamentos dos Seres Vivos
  • 10.  Temperatura Alguns animais, nas épocas do ano em que as temperaturas se afastam do valor óptimo para o desenvolvimento das suas atividades, adquirem comportamentos que lhos permitem sobreviver: Animais: -consumo de alimento; -Reproducao (fertilidade) e producao; -Deslocamento e emigracao Afecta o comportamentos dos Seres Vivos
  • 11.  A Temperatura e as Características dos Animais
  • 12. Classificação dos factores ambientais segundo :a duração do efeito e sua forma de actuação. Pela duração do efeito Permanentes ( O2 , C O 2 ) S i m i l a r p a r a t o d o s o s i n d i v i d u o s Os que actuam temporariamente e de modo diferente para individuos distintos Inclue os acidentais(raios, Ciclones, furacões)
  • 13. Pela forma de actução Directos (por si só) Indirectos (Mediante a intervenção de outro factor) Sinérgicos (em mesmo sentido que outro factor) Antagónicos (en sentido oposto a outro factor)
  • 14. Por sua importância Imprescindiveis. (indispensaveis para o desenvolvimento do individuo, Factores limitantes) Factores ambientais são: Temperatura, Luz, Água, Gases atmosfericos, Sais biogénicos, Espaço físico e Fogo. Não imprescindiveis (Factor edáfico, a temperatura). As classificações não são permanentes (são variaveis com o tempo e espaço)
  • 16. Leis dos ecosistemas: Suas aplicaçõe nos sistemas agropecuários com fins sustentaveis.
  • 17. LEI DOS FACTORES LIMITANTES Os factores ambientais atuando em conjunto podem inibir o desenvolvimento de um organismo e alterar seu funcionamento biológico e características morfológicas fundamentais, o que determina uma resistência ambiental. Resistencia ambiental É a resistencia que opõe o ambiente para que um organismo ou conjunto de organismos, desenvolvam sua capacidade potêncial maxima.
  • 18. Dos rendimientos agrícolas e a utilização de fertilizantes Blackman (1905) .- Velocidade de um processo Liebig(1840) .- “Lei de mínimo “ Voisin(1962) .- “Lei do maximo “
  • 19. Lei dos factores limitantes Factor ambiental limitante, é aquele que em excesso ou defeito limita o rendimiento Kgs de Kcl aplicados por ha Kgs de ervas producidos por ha 0 7.620 65 8.100 250 23.000 630 19.000
  • 20. LEIS MAIS GERAIS DOS ECOSSISTEMAS 1.Lei do fluxo da energia: 2.Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos
  • 21. Lei do fluxo da energia: A energia procedente do sol ingressa no Ecossistema por via directa (luz e calor) ou através de sua transformação em energia química (fotossíntese) pelos organismos autótrofos (plantas verdes). Em trocas sucessivas a energia se vai transformando e degradando ao discorrer pelos organismos que constituem a cadeia alimentar.
  • 23. Lei do fluxo da energia:
  • 24. Plantas Nutrientes do solo (armazem) Energía e nutrientes Para os animales Animais (Rumiantes e mogástricos Suelos Degradadores de la m.o Tranformadores Saida de enegía e nutrientes da produção Ecossistema aberto
  • 25. Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos: O funcionamento dos ecossistemas requer de elementos materiais não utilizados com fins energéticos, mas indispensáveis no metabolismo da comunidade biológica. Esses elementos biogeoquímicos circulam pelo ecossistema em forma cíclica, e formam parte de complexos cuja complexidade varia em correspondência com sua função e localização. Exemplo: Ciclo do Nitrogênio.
  • 26. Lei do Ciclo de Elementos Biogeoquímicos solo pasto animal homem Ciclo biogeoquimico
  • 27. Plantas Luz solar Nutrientes do solo (armazem) Energía e nutrientes Para os animales Animais (Rumiantes e mogástricos Suelos Degradadores de la m.o Tranformadores Saida de enegía e nutrientes da produção Ciclo biogeoquimico
  • 29. Agroecossistemas são ecossistemas agrícolas que têm como objectivo básico a manipulação dos recursos naturais com vistas a otimizar a captura da energia solar e transferi-la para as pessoas na forma de alimentos ou fibras. Agroecossistemas Nos agroecossistemas, o homem é um componente ativo, que organiza e gestiona os recursos do sistema (HECHT, 1991).
  • 30. um agroecossistema pode ser considerado uma cultura ou uma criação dentro de uma unidade de produção, pode ser a unidade de produção em si, pode ser o conjunto das unidades de produção de uma região, de um país, ou mesmo, do mundo todo. Agroecossistemas Tipos de Agroecossistemas • Campo de pastagens; • S. Silvipastoreo; • S. Agropastoril; • S.Agrossilvopastoril; • S. agroflorestais • Siscal;
  • 31. Usualmente, a eficiência é medida pelo balanço de energia ou pela relação output/input, a qual é conduzida determinando-se a quantidade de energia obtida na forma de produto em relação à energia cultural utilizada no sistema para produzi-lo (HEITSCHMIDT et al., 1996). Energia cultural é toda a forma de energia manipulada diretamente pelo homem para o seu uso, como a energia do petróleo, hidráulica, eólica, nuclear, ou outras. EFICIÊNCIA DO USO DA ENERGIA NOS AGROECOSSISTEMAS
  • 32. O output de energia é determinado pela conversão direta do rendimento de produtos (kg de grãos, carne, leite, lã, outros) em energia (kcal ou kj), de acordo com o conteúdo de energia bruta de cada unidade de produto. O input de energia, • transporte de insumos e produtos, • energia gasta na manufatura das máquinas, • implementos e insumos agrícolas. EFICIÊNCIA DO USO DA ENERGIA NOS AGROECOSSISTEMAS
  • 33. Sustentabilidade nos agroecossistemas  Principios de sustentabilidade ◦ Ecologicamente correto ◦ Economicamente viável ◦ Socialmente justo ◦ Culturalmente diverso
  • 34. Sustentabilidade nos agroecossistemas  Aplicação da lei de fluxo de energia, ◦ Conversão energetica; ◦ Ecossistema equilibrado; ◦ Diversificação das espécies (consorciação e rotação);  Aplicação da lei beogeoquimico ◦ Concervação e manutenção dos solos; ◦ Reposição e reciclagem de nutrientes; ◦ Diversificação das especies (consorciação e rotação);
  • 35. Conclusão 1. Resumo e generalização 2. Preguntas 3. Estudio independiente 4. Motivação