SlideShare uma empresa Scribd logo
Economia Solidária, Finanças 
Solidárias 
Adm. Álvaro 
Leandro Borges 
Atenção: Essa apresentação possui efeitos do Power Point 2010. 
O download da mesma pode apresentar a perda de alguns 
recursos importantes. Caso tenha interesse na versão original, 
entre em contato através do e-mail admborges@yahoo.com.br
Economia Solidária: Introdução
“Economia Solidária é o fruto 
da organização de 
trabalhadores e trabalhadoras 
na construção de novas 
práticas econômicas e sociais 
fundadas em relações de 
colaboração solidária.” Fórum 
Brasileiro de Economia 
Solidária
Economia solidária e Finanças Solidárias
Socialismo Utópico
Economia solidária e Finanças Solidárias
Complexo de Mondragon
Banco Palmas
A organização de um movimento 
Economia Solidária 
Fórum Brasileiro de 
Economia Solidária 
Gestores públicos 
Entidades de apoio 
e fomento 
Excluídos gênero, 
raça, idade ou 
qualificação 
profissional 
Secretaria Nacional 
de Economia 
Solidária
Uma Economia que acontece!
Sistema Econômico Convencional x 
Comércio Justo 
Vídeo: A história das coisas
O que leva alguém a preferir o 
Comércio Justo? 
• Reflexão sobre seus hábitos de consumo; 
• Redução de geração de resíduos, reciclagem e reutilização; 
• Obtenção de informações sobre impactos sociais e 
ambientais da produção, consumo e pós-consumo de 
produtos e serviços; 
• A preferência por empreendimentos da economia solidária, 
e por empresas reconhecidas por práticas responsáveis e 
éticas na produção e nas relações de trabalho; 
• A participação e apoio a associações de consumidores; 
• A denúncia de relações abusivas de trabalho e produção; 
• A utilização de suportes duráveis para compras
Produto Interno 
Bruto 
IDH 
Ecologicamente 
Sustentável 
Desenvolvimento 
Local Integrado 
Sustentabilidade
Economia solidária e Finanças Solidárias
Bancos Comunitário 
• Criação, gestão e propriedade do banco pela comunidade; 
• Atuação com linhas de microcrédito, em reais e em moeda 
social circulante local, que estimulam a criação e o 
fortalecimento de uma rede local de produção, 
comercialização e consumo, promovendo o 
desenvolvimento endógeno do território; 
• Oferecimento de serviços de forma diferenciada, em que o 
social sobrepõe o econômico – concessão e cobrança de 
empréstimo baseadas na confiança, juros justo e 
diferenciado, educação financeira, entre outros; 
• Atuação em territórios caracterizados pelo alto grau de 
exclusão, vulnerabilidade e desigualdade social.
Empreendimentos de Consumo 
Responsável
Referências 
• CHAVES, Daniela Freitas. Economia Solidária como alternativa de desenvolvimento regional. 
Tec Amazônia. Ano V, número 10, 2007. 
• ZANIN, Maria. Finanças solidárias e comunidades sustentáveis: uma abordagem da 
economia solidária. Elecs 2009.
Obrigado! Comente! 
• Adm. Álvaro Leandro Borges 
• admborges@yahoo.com.br / 
alvaroborges@caern.com.br 
• Administrador e Especialista em 
Economia Solidária e 
Desenvolvimento Territorial pela 
UFRN 
• Administrador na CAERN – 
Companhia de Águas e Esgotos 
do Rio Grande do Norte

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cooperativismo e economia solidária
Cooperativismo e economia solidáriaCooperativismo e economia solidária
Cooperativismo e economia solidária
CEFET
 
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
ejaes
 
Iniciativas de Economia Solidária
Iniciativas de Economia SolidáriaIniciativas de Economia Solidária
Iniciativas de Economia Solidária
ProjetoBr
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
Iuri Matos
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
katlinrenck
 
Economia solidaria
Economia solidaria Economia solidaria
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
kmilabreu
 
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
hfsfhsgfgisghdj
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
Bell Abreu
 
Moeda Social Pirapirê
Moeda Social PirapirêMoeda Social Pirapirê
Moeda Social Pirapirê
Guacira Quirino Miranda
 
Economia solidária laura e andressa
Economia solidária  laura e andressaEconomia solidária  laura e andressa
Economia solidária laura e andressa
Lau_Schmitt
 
Carta da plenária do forum baiano ecosol
Carta da plenária do forum baiano ecosolCarta da plenária do forum baiano ecosol
Carta da plenária do forum baiano ecosol
TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Comércio Justo e Ecosol
Comércio Justo e Ecosol Comércio Justo e Ecosol
Comércio Justo e Ecosol
Rosemary Gomes
 
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
LOSTHEMP
 
Sustentabilidade Terceiro Setor
Sustentabilidade Terceiro SetorSustentabilidade Terceiro Setor
Sustentabilidade Terceiro Setor
Celia Carvalho
 
Trabalho sobre assosiativismo
Trabalho sobre assosiativismoTrabalho sobre assosiativismo
Trabalho sobre assosiativismo
Luis Silva
 
Encontro de Investidores Sociais do Amazonas
Encontro de Investidores Sociais do AmazonasEncontro de Investidores Sociais do Amazonas
Encontro de Investidores Sociais do Amazonas
IDIS
 
Terceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade socialTerceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade social
saracfmarques2013
 
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
IDIS
 
Terceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade socialTerceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade social
saracfmarques2013
 

Mais procurados (20)

Cooperativismo e economia solidária
Cooperativismo e economia solidáriaCooperativismo e economia solidária
Cooperativismo e economia solidária
 
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
PEC-EJA: Experiências em Economia Solidária (Módulo 2)
 
Iniciativas de Economia Solidária
Iniciativas de Economia SolidáriaIniciativas de Economia Solidária
Iniciativas de Economia Solidária
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
 
Economia solidaria
Economia solidaria Economia solidaria
Economia solidaria
 
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
 
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
 
Economia solidaria
Economia solidariaEconomia solidaria
Economia solidaria
 
Moeda Social Pirapirê
Moeda Social PirapirêMoeda Social Pirapirê
Moeda Social Pirapirê
 
Economia solidária laura e andressa
Economia solidária  laura e andressaEconomia solidária  laura e andressa
Economia solidária laura e andressa
 
Carta da plenária do forum baiano ecosol
Carta da plenária do forum baiano ecosolCarta da plenária do forum baiano ecosol
Carta da plenária do forum baiano ecosol
 
Comércio Justo e Ecosol
Comércio Justo e Ecosol Comércio Justo e Ecosol
Comércio Justo e Ecosol
 
Economia solidária
Economia solidáriaEconomia solidária
Economia solidária
 
Sustentabilidade Terceiro Setor
Sustentabilidade Terceiro SetorSustentabilidade Terceiro Setor
Sustentabilidade Terceiro Setor
 
Trabalho sobre assosiativismo
Trabalho sobre assosiativismoTrabalho sobre assosiativismo
Trabalho sobre assosiativismo
 
Encontro de Investidores Sociais do Amazonas
Encontro de Investidores Sociais do AmazonasEncontro de Investidores Sociais do Amazonas
Encontro de Investidores Sociais do Amazonas
 
Terceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade socialTerceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade social
 
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
Sustentabilidade ambiental, social e financeira em uma empresa do setor de hi...
 
Terceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade socialTerceiro setor e Responsabilidade social
Terceiro setor e Responsabilidade social
 

Destaque

Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
CRISTOPAA
 
O jovem cristão e a internet
O jovem cristão e a internetO jovem cristão e a internet
O jovem cristão e a internet
Noimix
 
Adolescentes versus obsolescentes
Adolescentes versus obsolescentesAdolescentes versus obsolescentes
Adolescentes versus obsolescentes
Luiz Algarra
 
Educação Financeira Cristã
Educação Financeira CristãEducação Financeira Cristã
Educação Financeira Cristã
Daniel Luzz
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
jonasfreitasdejesus
 
Temas atuais que tem afastado os jovens da igreja
Temas atuais que tem afastado os jovens da igrejaTemas atuais que tem afastado os jovens da igreja
Temas atuais que tem afastado os jovens da igreja
Dilean Melo
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
IPB706Sul
 
Apresentação em power point hellowen
Apresentação em power point hellowenApresentação em power point hellowen
Apresentação em power point hellowen
Vinicius O Resiliente
 
cristianismo
 cristianismo cristianismo
cristianismo
iraciva
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Cristiano Marinho Maciel
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 

Destaque (11)

Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
 
O jovem cristão e a internet
O jovem cristão e a internetO jovem cristão e a internet
O jovem cristão e a internet
 
Adolescentes versus obsolescentes
Adolescentes versus obsolescentesAdolescentes versus obsolescentes
Adolescentes versus obsolescentes
 
Educação Financeira Cristã
Educação Financeira CristãEducação Financeira Cristã
Educação Financeira Cristã
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
 
Temas atuais que tem afastado os jovens da igreja
Temas atuais que tem afastado os jovens da igrejaTemas atuais que tem afastado os jovens da igreja
Temas atuais que tem afastado os jovens da igreja
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
 
Apresentação em power point hellowen
Apresentação em power point hellowenApresentação em power point hellowen
Apresentação em power point hellowen
 
cristianismo
 cristianismo cristianismo
cristianismo
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 

Semelhante a Economia solidária e Finanças Solidárias

Apresentação Bancos Sociais
Apresentação Bancos SociaisApresentação Bancos Sociais
Apresentação Bancos Sociais
Fórum Habilis
 
Microcrédito social agência de fomento
Microcrédito social   agência de fomentoMicrocrédito social   agência de fomento
Microcrédito social agência de fomento
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia
 
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOSTERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
Banco Comunitário Jardim Maria Sampaio
Banco Comunitário Jardim Maria SampaioBanco Comunitário Jardim Maria Sampaio
Banco Comunitário Jardim Maria Sampaio
Cepam
 
Apresenta iii conaes texto base
Apresenta iii conaes texto baseApresenta iii conaes texto base
Apresenta iii conaes texto base
brandermarlonxavier
 
Microcrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidáriasMicrocrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidárias
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
CICI2011
 
Carta do Forum Baiano de Economia Solidária
Carta do Forum Baiano de Economia SolidáriaCarta do Forum Baiano de Economia Solidária
Carta do Forum Baiano de Economia Solidária
TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Ucd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 finalUcd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 final
forumsustentar
 
Ucd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 finalUcd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 final
forumsustentar
 
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
IDIS
 
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
CIDAADS
 
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOSAPRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - SantanderCriando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
Unomarketing
 
Ucd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 finalUcd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 final
forumsustentar
 
Ucd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 finalUcd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 final
forumsustentar
 
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas SustentáveisIncentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
Dialogus Consultoria
 
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAISAPRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
DenizecomZ
 
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelhoFis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
Instituto Hartmann Regueira
 

Semelhante a Economia solidária e Finanças Solidárias (20)

Apresentação Bancos Sociais
Apresentação Bancos SociaisApresentação Bancos Sociais
Apresentação Bancos Sociais
 
Microcrédito social agência de fomento
Microcrédito social   agência de fomentoMicrocrédito social   agência de fomento
Microcrédito social agência de fomento
 
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOSTERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
 
Banco Comunitário Jardim Maria Sampaio
Banco Comunitário Jardim Maria SampaioBanco Comunitário Jardim Maria Sampaio
Banco Comunitário Jardim Maria Sampaio
 
Apresenta iii conaes texto base
Apresenta iii conaes texto baseApresenta iii conaes texto base
Apresenta iii conaes texto base
 
Microcrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidáriasMicrocrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidárias
 
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
Daniel Rossi - Comércio Justo - CICI2011
 
Carta do Forum Baiano de Economia Solidária
Carta do Forum Baiano de Economia SolidáriaCarta do Forum Baiano de Economia Solidária
Carta do Forum Baiano de Economia Solidária
 
Ucd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 finalUcd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 final
 
Ucd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 finalUcd sustentar v03 final
Ucd sustentar v03 final
 
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
Estudo ‘Da Prosperidade ao Propósito’, sobre a filantropia entre famílias de ...
 
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
Painel II - Redução da Pobreza no contexto de um mundo sustentável: Susana Ra...
 
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOSAPRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
 
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - SantanderCriando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
Criando ideias - Maria Luiza Pinto - Santander
 
Ucd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 finalUcd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 final
 
Ucd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 finalUcd sustentar v02 final
Ucd sustentar v02 final
 
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas SustentáveisIncentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
Incentivos Fiscais e Financeiros para Empresas Sustentáveis
 
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAISAPRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
 
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
Chamada pública 001 2013 - finanças solidárias 24 05 13
 
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelhoFis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
Fis2 marcos kisil e paulo cesar coelho
 

Mais de www.debatendoadm.blogspot.com

8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
www.debatendoadm.blogspot.com
 
7 passos para ser um bom líder!
7 passos para ser um bom líder!7 passos para ser um bom líder!
7 passos para ser um bom líder!
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Negociação estratégias e planejamento
Negociação estratégias e planejamentoNegociação estratégias e planejamento
Negociação estratégias e planejamento
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Autogestão baseado em paulo freire
Autogestão baseado em paulo freireAutogestão baseado em paulo freire
Autogestão baseado em paulo freire
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Por que estudar teoria dos jogos
Por que estudar teoria dos jogosPor que estudar teoria dos jogos
Por que estudar teoria dos jogos
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Origem, Evolução e Conceito de Logística
Origem, Evolução e Conceito de LogísticaOrigem, Evolução e Conceito de Logística
Origem, Evolução e Conceito de Logística
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Processo sucessório em associações
Processo sucessório em associaçõesProcesso sucessório em associações
Processo sucessório em associações
www.debatendoadm.blogspot.com
 
As cinco forças colaborativas de borges
As cinco forças colaborativas de borgesAs cinco forças colaborativas de borges
As cinco forças colaborativas de borges
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Desenvolvimento uma EQUIPE produtiva
Desenvolvimento uma EQUIPE produtivaDesenvolvimento uma EQUIPE produtiva
Desenvolvimento uma EQUIPE produtiva
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Gestão ambiental
Gestão ambientalGestão ambiental
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalho
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalhoAções para melhoria da qualidade de vida no trabalho
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalho
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Colocação e estágio probatório
Colocação e estágio probatórioColocação e estágio probatório
Colocação e estágio probatório
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falamApresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falamVendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Estratégia alvaro borges
Estratégia   alvaro borgesEstratégia   alvaro borges
Estratégia alvaro borges
www.debatendoadm.blogspot.com
 
Inovação social
Inovação socialInovação social
Confiança criativa alvaro borges
Confiança criativa   alvaro borgesConfiança criativa   alvaro borges
Confiança criativa alvaro borges
www.debatendoadm.blogspot.com
 

Mais de www.debatendoadm.blogspot.com (18)

8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
8 TOC's para se fazer uma excelente apresentação
 
7 passos para ser um bom líder!
7 passos para ser um bom líder!7 passos para ser um bom líder!
7 passos para ser um bom líder!
 
Negociação estratégias e planejamento
Negociação estratégias e planejamentoNegociação estratégias e planejamento
Negociação estratégias e planejamento
 
Autogestão baseado em paulo freire
Autogestão baseado em paulo freireAutogestão baseado em paulo freire
Autogestão baseado em paulo freire
 
Por que estudar teoria dos jogos
Por que estudar teoria dos jogosPor que estudar teoria dos jogos
Por que estudar teoria dos jogos
 
Origem, Evolução e Conceito de Logística
Origem, Evolução e Conceito de LogísticaOrigem, Evolução e Conceito de Logística
Origem, Evolução e Conceito de Logística
 
Processo sucessório em associações
Processo sucessório em associaçõesProcesso sucessório em associações
Processo sucessório em associações
 
As cinco forças colaborativas de borges
As cinco forças colaborativas de borgesAs cinco forças colaborativas de borges
As cinco forças colaborativas de borges
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
 
Desenvolvimento uma EQUIPE produtiva
Desenvolvimento uma EQUIPE produtivaDesenvolvimento uma EQUIPE produtiva
Desenvolvimento uma EQUIPE produtiva
 
Gestão ambiental
Gestão ambientalGestão ambiental
Gestão ambiental
 
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalho
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalhoAções para melhoria da qualidade de vida no trabalho
Ações para melhoria da qualidade de vida no trabalho
 
Colocação e estágio probatório
Colocação e estágio probatórioColocação e estágio probatório
Colocação e estágio probatório
 
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falamApresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
Apresentações: o que os melhores apresentadores sabem, fazem e falam
 
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falamVendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
Vendas: O que os melhores vendedores sabem, fazem e falam
 
Estratégia alvaro borges
Estratégia   alvaro borgesEstratégia   alvaro borges
Estratégia alvaro borges
 
Inovação social
Inovação socialInovação social
Inovação social
 
Confiança criativa alvaro borges
Confiança criativa   alvaro borgesConfiança criativa   alvaro borges
Confiança criativa alvaro borges
 

Economia solidária e Finanças Solidárias

  • 1. Economia Solidária, Finanças Solidárias Adm. Álvaro Leandro Borges Atenção: Essa apresentação possui efeitos do Power Point 2010. O download da mesma pode apresentar a perda de alguns recursos importantes. Caso tenha interesse na versão original, entre em contato através do e-mail admborges@yahoo.com.br
  • 3. “Economia Solidária é o fruto da organização de trabalhadores e trabalhadoras na construção de novas práticas econômicas e sociais fundadas em relações de colaboração solidária.” Fórum Brasileiro de Economia Solidária
  • 9. A organização de um movimento Economia Solidária Fórum Brasileiro de Economia Solidária Gestores públicos Entidades de apoio e fomento Excluídos gênero, raça, idade ou qualificação profissional Secretaria Nacional de Economia Solidária
  • 10. Uma Economia que acontece!
  • 11. Sistema Econômico Convencional x Comércio Justo Vídeo: A história das coisas
  • 12. O que leva alguém a preferir o Comércio Justo? • Reflexão sobre seus hábitos de consumo; • Redução de geração de resíduos, reciclagem e reutilização; • Obtenção de informações sobre impactos sociais e ambientais da produção, consumo e pós-consumo de produtos e serviços; • A preferência por empreendimentos da economia solidária, e por empresas reconhecidas por práticas responsáveis e éticas na produção e nas relações de trabalho; • A participação e apoio a associações de consumidores; • A denúncia de relações abusivas de trabalho e produção; • A utilização de suportes duráveis para compras
  • 13. Produto Interno Bruto IDH Ecologicamente Sustentável Desenvolvimento Local Integrado Sustentabilidade
  • 15. Bancos Comunitário • Criação, gestão e propriedade do banco pela comunidade; • Atuação com linhas de microcrédito, em reais e em moeda social circulante local, que estimulam a criação e o fortalecimento de uma rede local de produção, comercialização e consumo, promovendo o desenvolvimento endógeno do território; • Oferecimento de serviços de forma diferenciada, em que o social sobrepõe o econômico – concessão e cobrança de empréstimo baseadas na confiança, juros justo e diferenciado, educação financeira, entre outros; • Atuação em territórios caracterizados pelo alto grau de exclusão, vulnerabilidade e desigualdade social.
  • 17. Referências • CHAVES, Daniela Freitas. Economia Solidária como alternativa de desenvolvimento regional. Tec Amazônia. Ano V, número 10, 2007. • ZANIN, Maria. Finanças solidárias e comunidades sustentáveis: uma abordagem da economia solidária. Elecs 2009.
  • 18. Obrigado! Comente! • Adm. Álvaro Leandro Borges • admborges@yahoo.com.br / alvaroborges@caern.com.br • Administrador e Especialista em Economia Solidária e Desenvolvimento Territorial pela UFRN • Administrador na CAERN – Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte

Notas do Editor

  1. Owen testou suas proposições, inicialmente em sua grande indústria têxtil inglesa de New Lanark, limitando a jornadas de trabalho e não empregando crianças. Com esta prática, atestou que os níveis de produtividade da fábrica outras experiências como a Colônia Cooperativa de New Harmony, nos Estados Unidos e outras Aldeias Cooperativas no mesmo país e na Irlanda que propunham uma reformulação da sociedade. Criou ainda o Labour Exchange, uma espécie de Clube de Trocas, no qual o parâmetro de medida para as transações eram as horas trabalhadas para produção de um determinado bem, as notas de trabalho. Decorrente desta experiência, presenciamos na década de 1980 a criação do LETS, Local Employment and Trade System, no Canadá, as Comunas Kibbutzin de Israel e diversas outras experiências no mesmo sentido comprovam que as experiências e pensamentos cooperativos distribuição.
  2. Um marco no movimento cooperativista foi a criação em 1844 da Cooperativa de Consumo primeira cooperativa moderna, cujos princípios num contexto de capitalismo concorrencial e em defesa econômica dos trabalhadores propondo a democracia na gestão dos negócios - a denominada autogestão, além da cooperação daqueles que fazem e são a cooperativa. Esta nova relação social do trabalho em pouco tempo demonstrou num Complexo Cooperativo.
  3. No Século XX, na Europa e na América e em outros continentes nascem novas experiências que propõem a centralidade no trabalho e na autogestão. Na Espanha o Complexo de Mondragón iniciou como uma cooperativa de produção fundada pelo Padre José Maria Arizmendiaterra a partir do processo falimentar de uma empresa de fogões, transformando-a em uma empresa autogestionada, fortalecendo os laços de cooperação, solidariedade e autogestão. Atualmente o Complexo reúne cerca de 100 cooperativas, desde a produção, consumo à distribuição e ainda uma Universidade própria.
  4. Mais de 15.000 empreendimentos pelo Brasil segundo o mapeamento
  5. Antes de 60 herança da revolução industrial/a partir de 60 bem estarismo / 90/ recentemente Com o crescimento dos movimentos populares de defesa da cidadania, ética e nas políticas contra a fome e a miséria, entra na discussão a importância da participação da sociedade civil na busca pelo desenvolvimento por meio da interlocução entre a sociedade, a administração pública e o setor privado, que, juntos, buscam ações locais que tenham como prioridade a atenção aos excluídos”.
  6. Vantagens desse tipo de ação incluem a satisfação das necessidades de todos por um preço menor – devido aos descontos por quantidade – e com maior respeito ao meio-ambiente. O grupo vem dando, ainda, apoio a empreendimentos solidários para implementarem compras coletivas para seus sócios eliminação dos distribuidor