SlideShare uma empresa Scribd logo
Atividades de
Educação
Socioemocional
Juliana
Cristina
POR
VOLUME 1
Quem sou eu?
Juliana
Cristina
Mãe, Pedagoga, Educadora e Consultora
Socioemocional.
Vem comigo
descobrir que... São
tantas emoções!
Instagram: ju.llimma
Facebook: Juliana Cristina
WhatsApp: 11 99964-7220
Email:juliana.llimma19@gmail.com
Acertou? Achou o par de cartas?
Fale-me mais sobre isso...
JOGO DA MEMÓRIA DAS EMOÇÕES
Qual melhor presente que podemos
oferecer a nossos amigos? Que tal um
abraço?
AMIGO SECRETO
Um novo olhar para as
histórias, onde vamos
observar o lado emocional de
cada personagem!
OS PERSONAGENS
TAMBÉM SENTEM
O Q U E V O C Ê V A I
E N C O N T R A R
Vivência que separa as emoções por
cores, e propõe o Equilíbrio e a Gestão
Emocional através de sentimentos
ligados a família.
ORGANIZANDO AS EMOÇÕES
As palavras tem poder! Qual valor você
dá as palavras vindas dos outros? E o
que você tem dito à si mesmo?
CORRIDA DAS RÃS
Anexos, indicações de livros e vídeos
para você.
BÔNUS EMOCIONAL
Objetivos:
Perceber o que sentimos e
saber nomear e entender
que dentro de
nós, tem um pouquinho
de cada emoção.
1 - Organizando as Emoções
Prática:
Escolha um lugar, para ser o centro do jogo.
Ali, você organiza as fichas das emoções, a foto da família e a
cesta.
Materiais Utilizados
Bolinhas coloridas (ou
brinquedos de montar)
Use a Criatividade!
Uma foto da família e
uma caixa ou cesta
Fichas de Expressão
facial das Emoções
(disponíveis no anexo 1)
As bolinhas nas cores:
Vermelha (representarão o
amor), azul (a tristeza), amarela
(alegria) e verde (a calma)
Esconda de três a quatro bolinhas de cada cor. E sente-se com
as crianças em volta da cesta, explicando que cada cor,
representa uma emoção de acordo com a legenda.
Vamos iniciar a busca pelas bolinhas
coloridas, que quando encontradas, devem ser colocadas
dentro da cesta, junto da foto da família.
Reflexão: Muito importante a participação do adulto para dar
sua opinião e partilhar seus sentimentos junto com a criança.
Depois de todas bolinhas encontradas,
vamos falar sobre a foto. Estimule a criança com perguntas:
O que você sente quando vê essa foto?
Que emoção é essa que você está sentindo?
Você sempre se sentiu assim em família ou já sentiu outra
emoção? Quando?
Final:
A cesta representa nosso coração.
Ele esta cheio de emoções bagunçadas junto da nossa família.
Sugira as crianças que organizem as emoções por cores (as
bolinhas), e use essa simbologia para explicar sobre a
necessidade de termos Equilíbrio Emocional, ou seja: ter um
pouquinho de cada emoção, de forma organizada dentro de nós.
Explorando o tema família, aborde:
Tudo bem se ficarmos tristes com alguém que amamos, daí a
necessidade de termos também a alegria, para nos ajudar a
superar esse momento de tristeza.
+
Objetivos:
Aprender a olhar para si
e para o outro;
Viver a diferença;
Agir positivamente para
o bem comum.
2 - Amigo Secreto
Materiais Utilizados
Bexigas com nome dos
participantes dentro
Texto: A invenção do abraço
Caixa de som para música:
Jota Quest - Dentro de um abraço
Leitura do Texto: A invenção do Abraço
Ricardo Silvestrin. É tudo invenção. São Paulo, Ática,2003.
Reflexão: Muito importante a participação do adulto para dar
sua opinião e partilhar seus sentimentos junto com a criança.
Falem sobre o texto, e sobre abraço. Estimule-os perguntando?
Gostou do texto?
Voce gosta de abraço? O que sente quando abraça alguem?
Quais são as pessoas que você gosta de abraçar?
Prática:
Um balão com nome de cada participante, vamos misturar,
distribuir entre eles e estourar o balão em ordem.
O nome da pessoa que estiver no papel dentro do balão
estourado, vai ganhar o presente: Um abraço bem forte!
Final: Os abraços são mágicos!
Aproveite o momento para falar da importância de um
abraço. Que quando estivermos precisando de um abraço,
devemos pedir a alguém, sem vergonha de expor nosso
sentimento, e da mesma forma, quando notarmos um amigo
triste, podemos oferecer um abraço. Isso tem a ver com
Empatia .
Musica: Dentro de um Abraço
Jota Quest.
Objetivos:
- Reconhecer as emoções
dos outros e as próprias;
- Adquirir vocabulário
emocional;
- Ter um olhar mais afetivo
nas situações do cotidiano.
3 - Os personagens também
sentem.
Materiais Utilizados
Um livro de histórias
da sua preferência
Palitos de Sorvete
ou de Churrasco para
ilustrar a história
Fichas dos Personagens
(disponíveis no anexo 3)
Prática:
Sente com a criança, e conte uma história. Vamos usar como
exemplo aqui: O Flautista de Hamelin (cujo link para assistir a
história está no Anexo 3).
Primeiro conte toda a
história, e depois,
pausadamente, vamos com
os personagens em mãos,
falar sobre suas atitudes e
sentimentos.
Reflexão:
- Qual o sentimento dos moradores quando percebem a
invasão dos ratos? E você o que sentiria se estivesse lá?
- Você se lembra de ter sentido isso em alguma outra situação?
- E o prefeito como se sentiu? O que ele fez quando não tinha
ideia de como agir?
- Qual a postura do Flautista ao chegar na cidade? Ele
acreditava em si mesmo? Você acredita em si?
- Como os moradores se sentiram depois da solução do
flautista? O que te faz sentir essa mesa sensação?
- E depois de não ter recebido seu pagamento, como o flautista
se sentiu? Você já sentiu essa sensação de injustiça? Quando?
- Você acha que o prefeito aprendeu a lição sobre cumprir com
a sua palavra? E você cumpre com aquilo que promete?
- O flautista tem a flauta que encanta as pessoas. E você, o que
você acha que faz que encanta a todos a sua volta? E o que te
encanta em outra pessoa?
Final:
Olha quantos sentimentos envolvem uma situação não é
mesmo?
E olha quantas pessoas atingimos (de maneira positiva e
negativa) com nossas atitudes.
Quando aprendemos a conhecer nossas emoções, e lidar com
elas, é mais fácil se relacionar com o outro, e ter mais
consciência das nossas ações. Isso se chama: Tomada de
Atitude Responsável.
Conexão
.
4 - Jogo da Memória das
Emoções
Objetivos:
- Identificar as próprias
reações diante das suas
emoções e das emoções
alheias;
- Expressar com
naturalidade
o que está sentindo.
Reflexão:
É justamente essa simplicidade de um jogo, que vai facilitar a
verbalização natural das emoções da criança.
Não é um momento de discussão, ou um questionário a ser
respondido. É só uma brincadeira, onde o lúdico, abre espaço
para a conversa e partilha de sentimentos.
O vínculo que essa vivência proporciona, é enriquecedor. Criar
laços com quem está á nossa volta, permite valorizar a
importancia de ser sincero e dizer a verdade com naturalidade.
Saber nomear o que estamos sentindo, aprender a lidar com
isso e verbalizar de maneira natural, é a premissa do que
chamo de Alfabetização Emocional.
Materiais Utilizados
Jogo de cartas das Emoções
(disponível no anexo 4)
Prática:
o Jogo é simples. Distribuimos as
cartas, e quando acertarmos os
pares, devemos falar sobre a carta.
5 - Corrida das Rãs
Materiais Utilizados
História : A corrida das rãs
(Que eu descrevo abaixo, e
também disponibilizo link
de vídeo no Anexo 5)
Pequenos papéis e uma
caneta.
Objetivos:
- Refletir sobre nossas
crenças e intenções para
seguir com nossos objetivos
- Perceber a importância
das palavras na nossa vida,
e na vida das outras pessoas.
Prática:
Ler a história ou assistir o vídeo de
uma interpretação de Monteiro
Lobato sobre a história, que se
encaixa melhor para realização da
atividade com pequenos.
História:
(Autora portuguesa Dulce Rodrigues © Reservados todos os direitos)
Um belo dia, um grupo de rãs decidiu fazer uma corrida, cuja meta era o
cimo de uma grande torre.
Veio muita gente para as ver e apoiar, mas mal tinha começado a corrida
já todos diziam que as rãs não conseguiriam chegar lá:
« É inútil continuarem ! Nunca vão conseguir ! »
Pouco a pouco, as rãs começaram a desencorajar-se e foram desistindo.
« Não vale a pena continuar ! Nunca lá vão chegar ! » diziam e repetiam
todos.
E a força de ouvirem estas palavras desencorajadoras, as rãs acabaram
por se deixar convencer e abandonaram a corrida, exceto uma, que
continuava a subir, apesar de tudo o que diziam...
Sozinha e com grande esforço chegou finalmente ao topo da torre.
Então, surpresas, as outras rãs quiseram saber como ela tinha feito.
Aproximaram-se dela e perguntaram-lhe qual o segredo de ter terminado
a corrida.
E foi então que descobriram que aquela rã… era surda !
Reflexão:
Mostre a criança, que a rã acreditou nas suas
possibilidades e se esforçou enormemente para alcançar a
sua meta.
E para refletirem sobre isso, sugira algumas perguntas:
- Você acha que a rã teria ganhado, mesmo que não fosse
surda?
- Você acredita em tudo que os outros falam sobre você?
- Sobre palavras positivas. Você envia mensagens positivas
para si mesmo?
- E para os outros? Você tem dito palavras de incentivo ou
de desmotivação?
Final:
Diante do que aprendemos, vamos seguir dizendo
sempre palavras de estimulo ás pessoas, e também a nós
mesmos.
Faça bilhetinhos com essas mensagens para serem lidas
todas as manhãs, ou quando necessário.
Assim, estamos reabastecendo e aprendendo a gerir a
nossa Autoestima.
Você é incrível!
Você consegue!
Força, siga em frente! Hoje vai ser
um lindo dia!
Você é especial!
Seja forte e corajoso!
6 - Bônus Emocional
Anexo 1
Ficha Das Expressões Faciais:
Alegria
Calma Amor
Tristeza
Anexo 3
Personagens para colar no palito
e ilustrar a história:
Flautista Prefeito
Moradores
Link para vídeo da história " O flautista de Hamelin"
https://www.youtube.com/watch?v=G1GPmEAF1-I
Anexo 4
Jogo da Memória das Emoções (Imprimir duas
cópias para formar os pares.)
E-book-At.-Socioemocionais-vol-1-3.pdf
Anexo 5
Link para vídeo da história "Corrida das rãs"
https://www.youtube.com/watch?v=hHVEVh2aDUA
Sugestão de vídeos para crianças pequenas
sobre emoções:
Anexo de Brinde
https://www.youtube.com/watch?v=NM6Az_qnNaQ
Play Kids - Eu amo aprender Emoções
https://www.youtube.com/watch?v=OEUXZ2uz1a4
Mundo Bita - Sinto o que sinto
https://www.youtube.com/watch?v=pBCUkNuCrIM
Cocoricó - Sensações
Sugestão de livros para crianças maiores
sobre emoções:
O país das Emoções
De Anna Lygia Bezerra e Marilia Rocha
Ed. M3
O monstro das cores / O vazio
De Anna Llenas, Ed. Salamandra
Dado dos Sentimentos:
Imprima e jogue com a criança!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
Liene Campos
 
Desenvolvimento emocional
Desenvolvimento emocionalDesenvolvimento emocional
Desenvolvimento emocional
mayarafn
 
Diario_das_Emocoes@.pdf
Diario_das_Emocoes@.pdfDiario_das_Emocoes@.pdf
Diario_das_Emocoes@.pdf
KakaDugui
 
Diversidade e respeito
Diversidade e respeitoDiversidade e respeito
Diversidade e respeito
Fixe Fixe
 
Palestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e físicaPalestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e física
Victor Passos
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
Joyce Domingues
 
O que é violência sexual
O que é violência sexualO que é violência sexual
O que é violência sexual
Alinebrauna Brauna
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
Dora Guiseline
 
20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas
Silvana
 
Saúde Mental na Escola
Saúde Mental na EscolaSaúde Mental na Escola
Saúde Mental na Escola
Narjara Aline Zanoli Cruz
 
Anamnese núcleo de educação física
Anamnese núcleo de educação físicaAnamnese núcleo de educação física
Anamnese núcleo de educação física
jorge luiz dos santos de souza
 
Cultura de Paz
Cultura de PazCultura de Paz
Cultura de Paz
Guaraciara Lopes
 
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucessoEquipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
tdc-globalcode
 
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmoAuto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Ana Nery Medeiros
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
izabelfonseca
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
Cristiane Thiel
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
jorge luiz dos santos de souza
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
Rodrigo Lisboa
 
Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Workshop Autoestima
Workshop Autoestima
Cinara Aline
 
Esportes radicais
Esportes radicaisEsportes radicais
Esportes radicais
William Santos
 

Mais procurados (20)

A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
 
Desenvolvimento emocional
Desenvolvimento emocionalDesenvolvimento emocional
Desenvolvimento emocional
 
Diario_das_Emocoes@.pdf
Diario_das_Emocoes@.pdfDiario_das_Emocoes@.pdf
Diario_das_Emocoes@.pdf
 
Diversidade e respeito
Diversidade e respeitoDiversidade e respeito
Diversidade e respeito
 
Palestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e físicaPalestra saúde mental e física
Palestra saúde mental e física
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
O que é violência sexual
O que é violência sexualO que é violência sexual
O que é violência sexual
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 
20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas
 
Saúde Mental na Escola
Saúde Mental na EscolaSaúde Mental na Escola
Saúde Mental na Escola
 
Anamnese núcleo de educação física
Anamnese núcleo de educação físicaAnamnese núcleo de educação física
Anamnese núcleo de educação física
 
Cultura de Paz
Cultura de PazCultura de Paz
Cultura de Paz
 
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucessoEquipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
Equipe divertidamente - Gerenciando emoções para obter o sucesso
 
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmoAuto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
Auto estima: Como aprender a gostar de si mesmo
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Workshop Autoestima
Workshop Autoestima Workshop Autoestima
Workshop Autoestima
 
Esportes radicais
Esportes radicaisEsportes radicais
Esportes radicais
 

Semelhante a E-book-At.-Socioemocionais-vol-1-3.pdf

'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
VivianeVianna9
 
Anjos da guarda
Anjos da guardaAnjos da guarda
Anjos da guarda
Eduardo Lopes
 
DinâMicas Diversas
DinâMicas DiversasDinâMicas Diversas
DinâMicas Diversas
Ana Cristina Freitas
 
Play ebook
Play ebookPlay ebook
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoçãofabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
ABCR
 
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humanoRevista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Fernanda Caprio
 
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdfimpulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
ViniciusBetel
 
Ateliê de textos 2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
Ateliê de textos  2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...Ateliê de textos  2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
Ateliê de textos 2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
Selma123456
 
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
arquivopsiterapiaemi
 
13 pensamentos sobre o amor
13 pensamentos sobre o amor13 pensamentos sobre o amor
13 pensamentos sobre o amor
Freekidstories
 
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdfEbook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
LucianoLeite43
 
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdfLata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
Professor Julio
 
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micasApostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
Susana Godinho
 
Apostila de dinamicas 97 dinâmicas
Apostila de dinamicas 97 dinâmicasApostila de dinamicas 97 dinâmicas
Apostila de dinamicas 97 dinâmicas
Andréia Sousa
 
Dinamica de grupo ii
Dinamica de grupo  iiDinamica de grupo  ii
Dinamica de grupo ii
Silvana
 
Atividade educativa 3 ano 28 julho
Atividade educativa 3 ano 28 julhoAtividade educativa 3 ano 28 julho
Atividade educativa 3 ano 28 julho
Washington Rocha
 
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
Joelden Rocha
 
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
VanyAlves3
 
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
aluana_santos
 
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de ConversaComunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Alessandro Almeida
 

Semelhante a E-book-At.-Socioemocionais-vol-1-3.pdf (20)

'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
'No Meu Coração Pequenino'_ uma história sobre as emoções infantis.pdf
 
Anjos da guarda
Anjos da guardaAnjos da guarda
Anjos da guarda
 
DinâMicas Diversas
DinâMicas DiversasDinâMicas Diversas
DinâMicas Diversas
 
Play ebook
Play ebookPlay ebook
Play ebook
 
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoçãofabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
fabcr22_apresentação_Captação de Recursos com emoção
 
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humanoRevista bem estar-20140112 sentimento humano
Revista bem estar-20140112 sentimento humano
 
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdfimpulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
impulsiona-2020.extra06-empatia.pdf
 
Ateliê de textos 2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
Ateliê de textos  2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...Ateliê de textos  2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
Ateliê de textos 2- Trabalho Realizado na turma do 5º ano único da Escola Es...
 
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
13 Baralho das emoções completo CRIANÇAS EMOÇOES LUDICO
 
13 pensamentos sobre o amor
13 pensamentos sobre o amor13 pensamentos sobre o amor
13 pensamentos sobre o amor
 
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdfEbook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
Ebook Inteligência Emocional Guia das Emoções.pdf
 
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdfLata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
Lata da Empatia-Promovendo Respeito e Empatia (2).pdf
 
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micasApostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
Apostila%20de%20 dinamicas%2097%20din%e2micas
 
Apostila de dinamicas 97 dinâmicas
Apostila de dinamicas 97 dinâmicasApostila de dinamicas 97 dinâmicas
Apostila de dinamicas 97 dinâmicas
 
Dinamica de grupo ii
Dinamica de grupo  iiDinamica de grupo  ii
Dinamica de grupo ii
 
Atividade educativa 3 ano 28 julho
Atividade educativa 3 ano 28 julhoAtividade educativa 3 ano 28 julho
Atividade educativa 3 ano 28 julho
 
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
 
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
5-DICAS_Vivescer_30-06.pdf
 
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
5 Maneiras de ter Mais Saúde Emocional - Caminhos para Desenvolvimento Pessoal
 
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de ConversaComunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
 

E-book-At.-Socioemocionais-vol-1-3.pdf

  • 2. Quem sou eu? Juliana Cristina Mãe, Pedagoga, Educadora e Consultora Socioemocional. Vem comigo descobrir que... São tantas emoções! Instagram: ju.llimma Facebook: Juliana Cristina WhatsApp: 11 99964-7220 Email:juliana.llimma19@gmail.com
  • 3. Acertou? Achou o par de cartas? Fale-me mais sobre isso... JOGO DA MEMÓRIA DAS EMOÇÕES Qual melhor presente que podemos oferecer a nossos amigos? Que tal um abraço? AMIGO SECRETO Um novo olhar para as histórias, onde vamos observar o lado emocional de cada personagem! OS PERSONAGENS TAMBÉM SENTEM O Q U E V O C Ê V A I E N C O N T R A R Vivência que separa as emoções por cores, e propõe o Equilíbrio e a Gestão Emocional através de sentimentos ligados a família. ORGANIZANDO AS EMOÇÕES As palavras tem poder! Qual valor você dá as palavras vindas dos outros? E o que você tem dito à si mesmo? CORRIDA DAS RÃS Anexos, indicações de livros e vídeos para você. BÔNUS EMOCIONAL
  • 4. Objetivos: Perceber o que sentimos e saber nomear e entender que dentro de nós, tem um pouquinho de cada emoção. 1 - Organizando as Emoções Prática: Escolha um lugar, para ser o centro do jogo. Ali, você organiza as fichas das emoções, a foto da família e a cesta. Materiais Utilizados Bolinhas coloridas (ou brinquedos de montar) Use a Criatividade! Uma foto da família e uma caixa ou cesta Fichas de Expressão facial das Emoções (disponíveis no anexo 1) As bolinhas nas cores: Vermelha (representarão o amor), azul (a tristeza), amarela (alegria) e verde (a calma) Esconda de três a quatro bolinhas de cada cor. E sente-se com as crianças em volta da cesta, explicando que cada cor, representa uma emoção de acordo com a legenda. Vamos iniciar a busca pelas bolinhas coloridas, que quando encontradas, devem ser colocadas dentro da cesta, junto da foto da família.
  • 5. Reflexão: Muito importante a participação do adulto para dar sua opinião e partilhar seus sentimentos junto com a criança. Depois de todas bolinhas encontradas, vamos falar sobre a foto. Estimule a criança com perguntas: O que você sente quando vê essa foto? Que emoção é essa que você está sentindo? Você sempre se sentiu assim em família ou já sentiu outra emoção? Quando? Final: A cesta representa nosso coração. Ele esta cheio de emoções bagunçadas junto da nossa família. Sugira as crianças que organizem as emoções por cores (as bolinhas), e use essa simbologia para explicar sobre a necessidade de termos Equilíbrio Emocional, ou seja: ter um pouquinho de cada emoção, de forma organizada dentro de nós. Explorando o tema família, aborde: Tudo bem se ficarmos tristes com alguém que amamos, daí a necessidade de termos também a alegria, para nos ajudar a superar esse momento de tristeza. +
  • 6. Objetivos: Aprender a olhar para si e para o outro; Viver a diferença; Agir positivamente para o bem comum. 2 - Amigo Secreto Materiais Utilizados Bexigas com nome dos participantes dentro Texto: A invenção do abraço Caixa de som para música: Jota Quest - Dentro de um abraço Leitura do Texto: A invenção do Abraço Ricardo Silvestrin. É tudo invenção. São Paulo, Ática,2003.
  • 7. Reflexão: Muito importante a participação do adulto para dar sua opinião e partilhar seus sentimentos junto com a criança. Falem sobre o texto, e sobre abraço. Estimule-os perguntando? Gostou do texto? Voce gosta de abraço? O que sente quando abraça alguem? Quais são as pessoas que você gosta de abraçar? Prática: Um balão com nome de cada participante, vamos misturar, distribuir entre eles e estourar o balão em ordem. O nome da pessoa que estiver no papel dentro do balão estourado, vai ganhar o presente: Um abraço bem forte! Final: Os abraços são mágicos! Aproveite o momento para falar da importância de um abraço. Que quando estivermos precisando de um abraço, devemos pedir a alguém, sem vergonha de expor nosso sentimento, e da mesma forma, quando notarmos um amigo triste, podemos oferecer um abraço. Isso tem a ver com Empatia . Musica: Dentro de um Abraço Jota Quest.
  • 8. Objetivos: - Reconhecer as emoções dos outros e as próprias; - Adquirir vocabulário emocional; - Ter um olhar mais afetivo nas situações do cotidiano. 3 - Os personagens também sentem. Materiais Utilizados Um livro de histórias da sua preferência Palitos de Sorvete ou de Churrasco para ilustrar a história Fichas dos Personagens (disponíveis no anexo 3) Prática: Sente com a criança, e conte uma história. Vamos usar como exemplo aqui: O Flautista de Hamelin (cujo link para assistir a história está no Anexo 3). Primeiro conte toda a história, e depois, pausadamente, vamos com os personagens em mãos, falar sobre suas atitudes e sentimentos. Reflexão: - Qual o sentimento dos moradores quando percebem a invasão dos ratos? E você o que sentiria se estivesse lá? - Você se lembra de ter sentido isso em alguma outra situação? - E o prefeito como se sentiu? O que ele fez quando não tinha ideia de como agir? - Qual a postura do Flautista ao chegar na cidade? Ele acreditava em si mesmo? Você acredita em si?
  • 9. - Como os moradores se sentiram depois da solução do flautista? O que te faz sentir essa mesa sensação? - E depois de não ter recebido seu pagamento, como o flautista se sentiu? Você já sentiu essa sensação de injustiça? Quando? - Você acha que o prefeito aprendeu a lição sobre cumprir com a sua palavra? E você cumpre com aquilo que promete? - O flautista tem a flauta que encanta as pessoas. E você, o que você acha que faz que encanta a todos a sua volta? E o que te encanta em outra pessoa? Final: Olha quantos sentimentos envolvem uma situação não é mesmo? E olha quantas pessoas atingimos (de maneira positiva e negativa) com nossas atitudes. Quando aprendemos a conhecer nossas emoções, e lidar com elas, é mais fácil se relacionar com o outro, e ter mais consciência das nossas ações. Isso se chama: Tomada de Atitude Responsável. Conexão .
  • 10. 4 - Jogo da Memória das Emoções Objetivos: - Identificar as próprias reações diante das suas emoções e das emoções alheias; - Expressar com naturalidade o que está sentindo. Reflexão: É justamente essa simplicidade de um jogo, que vai facilitar a verbalização natural das emoções da criança. Não é um momento de discussão, ou um questionário a ser respondido. É só uma brincadeira, onde o lúdico, abre espaço para a conversa e partilha de sentimentos. O vínculo que essa vivência proporciona, é enriquecedor. Criar laços com quem está á nossa volta, permite valorizar a importancia de ser sincero e dizer a verdade com naturalidade. Saber nomear o que estamos sentindo, aprender a lidar com isso e verbalizar de maneira natural, é a premissa do que chamo de Alfabetização Emocional. Materiais Utilizados Jogo de cartas das Emoções (disponível no anexo 4) Prática: o Jogo é simples. Distribuimos as cartas, e quando acertarmos os pares, devemos falar sobre a carta.
  • 11. 5 - Corrida das Rãs Materiais Utilizados História : A corrida das rãs (Que eu descrevo abaixo, e também disponibilizo link de vídeo no Anexo 5) Pequenos papéis e uma caneta. Objetivos: - Refletir sobre nossas crenças e intenções para seguir com nossos objetivos - Perceber a importância das palavras na nossa vida, e na vida das outras pessoas. Prática: Ler a história ou assistir o vídeo de uma interpretação de Monteiro Lobato sobre a história, que se encaixa melhor para realização da atividade com pequenos. História: (Autora portuguesa Dulce Rodrigues © Reservados todos os direitos) Um belo dia, um grupo de rãs decidiu fazer uma corrida, cuja meta era o cimo de uma grande torre. Veio muita gente para as ver e apoiar, mas mal tinha começado a corrida já todos diziam que as rãs não conseguiriam chegar lá: « É inútil continuarem ! Nunca vão conseguir ! » Pouco a pouco, as rãs começaram a desencorajar-se e foram desistindo. « Não vale a pena continuar ! Nunca lá vão chegar ! » diziam e repetiam todos. E a força de ouvirem estas palavras desencorajadoras, as rãs acabaram por se deixar convencer e abandonaram a corrida, exceto uma, que continuava a subir, apesar de tudo o que diziam...
  • 12. Sozinha e com grande esforço chegou finalmente ao topo da torre. Então, surpresas, as outras rãs quiseram saber como ela tinha feito. Aproximaram-se dela e perguntaram-lhe qual o segredo de ter terminado a corrida. E foi então que descobriram que aquela rã… era surda ! Reflexão: Mostre a criança, que a rã acreditou nas suas possibilidades e se esforçou enormemente para alcançar a sua meta. E para refletirem sobre isso, sugira algumas perguntas: - Você acha que a rã teria ganhado, mesmo que não fosse surda? - Você acredita em tudo que os outros falam sobre você? - Sobre palavras positivas. Você envia mensagens positivas para si mesmo? - E para os outros? Você tem dito palavras de incentivo ou de desmotivação?
  • 13. Final: Diante do que aprendemos, vamos seguir dizendo sempre palavras de estimulo ás pessoas, e também a nós mesmos. Faça bilhetinhos com essas mensagens para serem lidas todas as manhãs, ou quando necessário. Assim, estamos reabastecendo e aprendendo a gerir a nossa Autoestima. Você é incrível! Você consegue! Força, siga em frente! Hoje vai ser um lindo dia! Você é especial! Seja forte e corajoso!
  • 14. 6 - Bônus Emocional Anexo 1 Ficha Das Expressões Faciais: Alegria Calma Amor Tristeza
  • 15. Anexo 3 Personagens para colar no palito e ilustrar a história: Flautista Prefeito Moradores Link para vídeo da história " O flautista de Hamelin" https://www.youtube.com/watch?v=G1GPmEAF1-I
  • 16. Anexo 4 Jogo da Memória das Emoções (Imprimir duas cópias para formar os pares.)
  • 18. Anexo 5 Link para vídeo da história "Corrida das rãs" https://www.youtube.com/watch?v=hHVEVh2aDUA
  • 19. Sugestão de vídeos para crianças pequenas sobre emoções: Anexo de Brinde https://www.youtube.com/watch?v=NM6Az_qnNaQ Play Kids - Eu amo aprender Emoções https://www.youtube.com/watch?v=OEUXZ2uz1a4 Mundo Bita - Sinto o que sinto https://www.youtube.com/watch?v=pBCUkNuCrIM Cocoricó - Sensações Sugestão de livros para crianças maiores sobre emoções: O país das Emoções De Anna Lygia Bezerra e Marilia Rocha Ed. M3 O monstro das cores / O vazio De Anna Llenas, Ed. Salamandra
  • 20. Dado dos Sentimentos: Imprima e jogue com a criança!