SlideShare uma empresa Scribd logo
E-Book
1. Por que Inovar é Essencial para os Negócios
2. O que é uma Organização Inovadora
3. Inovação Aberta (Open Innovation)
4. Inovação e Design: Explorar, Ensaiar e Adaptar
5. Estratégias de Inovação
6. Áreas de Inovação
7. Tecnologia e Inovação
8. Ferramentas para a Inovação
9. Como inovar na minha organização
10. Programa de Inovação Corporativa
11. Conteúdo do Programa de Inovação Corporativa
Para saber mais informações entre em contato
conosco. Estamos prontos para te atender.
Estamos em Goiânia, Goiás, Brasil.
+55 62 99113 0833
calura@drasi.com.br
Todos os direitos reservados
© copyright, Drasi, 2018
www.drasi.com.br
1.
A inovação não consiste apenas em pensar de maneira
criativa, trata-se de transformar essa criatividade em algo
de valor - tanto para a empresa como para os
consumidores.Ainovação no século XXI é criar produtos e
serviços que as pessoas, amem, desejem e querem
consumir a partir de propósitos novos, abrangentes e que
toquem o máximo de pessoas possível.
Em tempos atuais de mudanças radicais e exponenciais,
precisamos pensar além da melhoria contínua dos
negócios. É preciso repensar o negócio a partir de uma
nova perspectiva que traga experiência inovadora e novos
significados aos produtos, serviços, relacionamentos com
os clientes e ganhos reais para os colaboradores, sócios e
sociedade.
Um estudo realizado pelo Design Management Institute
(2014) na lista do S&P 500, revela que empresas que
investem em inovação como Apple, Coca Cola, IBM, Nike,
Procter & Gamble e Whirlpool superaram em 219% as
empresas ‘tradicionais’em um período de 10 anos.
Crescimento das empresas (S&P 500) inovadoras em 10
anos é 2,9 vezes (219%) maior que empresas não
inovadoras.
Espelhamento dos Negócios.
Criando Novos Mercados.
No último século, a grande maioria das organizações
focaram em copiar seus concorrentes, copiar e melhorar
um pouco. Hoje temos o fenômeno do espelhamento dos
negócios, se você entrar em uma grande loja de
departamento sem saber o nome desta loja, dificilmente
conseguirá descobrir em qual organização está. São
copiados produtos, processos, serviços, modelos de
negócio, etc.Aconsequência é a grande oferta de produtos
e com baixo valor percebido pelos clientes.
As empresas não podem continuar avançando apenas
melhorando os produtos existentes. Em vez de escala,
eficiência e replicação, estamos entrando em uma era em
que imaginação, experimentação e agilidade separam as
empresas inovadoras das tradicionais. Ao inovar de forma
radical, ou seja, criando um produto ou serviço totalmente
novo, cria-se também uma nova experiência e percepção
de valor para os clientes.
A inovação permite às organizações se diferenciar de seus
concorrentes. Muitos produtos inovadores acabam
também criando novos mercados. As pessoas usam
apenas 5% do recurso de um smartphone para falar. O
telefone deixou de ser telefone, virou uma plataforma de
serviços on-line com centenas de aplicativos.
É crescente o números de empresas com produtos e
serviços inovadores que crescem de forma exponencial,
Uber, Netflix, Airbnb, Waze, Spotify, Amazon são apenas
uma amostra do que vem pela frente. Estamos assistindo a
digitalização da economia e agora todo negócio é digital.
Hoje as empresas deixam de existir, não porque fizeram
algo de errado, mas porque continuaram fazendo o mesmo
de sempre. Então inovar é essencial.
www.drasi.com.br
www.drasi.com.br
A grande maioria das organizações tradicionais não são
inovadoras. São empresas dominadas pelo pensamento
industrial do século XX, em que o principal objetivo é
produzir o máximo pelo menor custo possível. Neste
ambiente, a inovação não é bem vinda, pois interrompe o
fluxo de produção.
Inovar requer olhar e pensar o negócio a partir da
perspectiva de crescente entrega de valor aos clientes e
não somente pelo incremento da produção. Empresas
como Google, Natura,Amazon são exemplos de liderança
em seus mercados, alcançados exclusivamente por
produtos e serviços inovadores.
O grande equívoco é achar que para inovar é preciso
desenvolver um produto inovador, e não é. É preciso
desenvolver uma cultura corporativa inovadora no qual o
resultado é a inovação continuada. Uma cultura de
envolvimento e colaboração das pessoas e empatia pelos
clientes para gerar produtos e serviços inovadores.
Um comportamento comum das empresas inovadoras é
que elas encontram formas de criar mercados internos
para ideias, talentos e capital. Elas criam as condições
necessárias para que os funcionários desenvolvam suas
ideias. Isso inclui uma série de iniciativas para que as
pessoas se sintam estimuladas a contribuir e inovar dentro
das organizações, ou seja, existe o fomento de uma cultura
organizacional para a inovação. Dentre essas iniciativas
destacamos:
As pessoas são motivadas por uma grande visão para
criar grandes ideias.
Possuem o apoio e recursos para apresentar e
desenvolver suas ideias.
São recompensadas financeiramente por inovações
bem-sucedidas.
O avanço de suas carreiras são por causa da qualidade
de suas ideias.
“A criatividade está pensando em coisas novas. A inovação
está fazendo coisas novas”. Berthold Auerbach
Uma forma das empresas tradicionais inovarem é a partir
do departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, o P&D,
é muito comum em grandes corporações e na última
década empresas de médio porte também adotaram essa
prática. Este é o modelo de inovação de dentro para fora
(inside-out), onde especialistas pensam novos produtos
de dentro de seu departamento e depois de prontos são
colocados no mercado. Uma característica comum do
P&D é alto investimento financeiro, com ciclo longo de
entrega e com poucos produtos que de fato chegam ao
mercado. Um dado comum é que poucas empresas
conseguem uma taxa acima de 20% de sucesso em
produtos realmente inovadores.
Contrapondo a este modelo, temos a Inovação Aberta
(Open-Innovation), onde a inovação pode ser praticada por
todo o ecossistema da organização: colaboradores,
fornecedores, clientes, sociedade, etc. A Inovação Aberta
se apropria das informações trocadas em um mundo
altamente conectado e as transforma em conhecimento,
que por sua vez, tem sido cada vez mais capitalizado pelas
empresas. Neste modelo a inovação é pensada de fora
para dentro (outside-in), e incorpora esforços conjuntos de
iniciativas internas à organização e uma combinação de
várias entradas advindas do ambiente externo. Em termos
de processo, a Inovação Aberta abrange o gerenciamento
e o acumulação de ideias, conhecimentos e concepção de
novos produtos e serviços que realmente estejam
aderentes às necessidades do mercado e ciclos de entrega
reduzidos.
www.drasi.com.br
O pensamento de design baseia-se em lógica,
imaginação, intuição e raciocínio sistêmico para explorar
as possibilidades e gerar resultados desejados que
beneficiem o usuário final (o cliente). Uma mentalidade de
design não é focada no problema, é focada na solução e
orientada para a ação.
Neste conceito, a inovação pelo design é uma construção
sistêmica e por etapas, concebida de forma colaborativa e
com o sentimento de empatia pela dor do cliente. Empatia
é uma questão chave neste processo, ter empatia é ter a
capacidade de se colocar no lugar do cliente, de sentir de
fato suas dores, saber o que ele pensa, sente e fala.
Somente assim é possível propor soluções que realmente
satisfaçam as necessidades dos clientes. É a inovação
centrada no ser humano. Dentre as etapas da abordagem
do design, destacamos:
Para abraçar novas oportunidades é importante que as
organizações tenham a capacidade de olhar adiante e
identificar os cenários relevantes ao seu negócio além de
a. Explorar
suas atuais fronteiras. É monitorar, observar, compreender
e interpretar seu ecossistema atual e futuro para a
construção de novos cenários e oportunidades para o seu
negócio.
Ensaiar é, a partir de caminhos e cenários definidos, adotar
loops de aprendizagem contínua e permitir ensaios de
exploração ou experimentação das novas oportunidades.
A cada ciclo de aprendizagem as oportunidades são
avaliadas quanto a sua viabilidade e resultados esperados.
Agora é o momento da mudança, de colocar em prática o
que foi aprendido, é a transformação do negócio a partir
das novas oportunidades com a evolução ou criação de
novos produtos, serviços ou modelos de negócios. Neste
contexto a inovação é algo intrínseco ao processo, ocorre
de forma natural com entrega de novos valores,
experiências significativas aos clientes e ganhos
crescentes para os negócios.
b. Ensaiar
c .Adaptar
“O pensamento de design requer uma mentalidade de crescimento,
porque, em essência, é uma jornada de aprendizagem e
experimentação”. Carol S. Dweck
www.drasi.com.br
Muitas são as abordagens e métodos para se implementar
um modelo de inovação nas organizações, mas o fato é
que as empresas de crescimento mais bem sucedidas
adotam pelo menos quatro práticas recomendadas:
Nada cresce para sempre. Os melhores produtos,
mercados e modelos de negócios passam por um ciclo
previsível de crescimento e maturidade, muitas vezes
descrito como uma curva-S. O fato é que em algum
momento todo produto vai entrar em declínio, por estar
desatualizado, pela forte concorrência, pelo preço de
venda, etc. Infelizmente, os líderes das empresas em
crescimento são muitas vezes cegos por esse obstáculo
de velocidade previsível. Uma vez que a realidade da
curva “S” se torna aparente, pode ser muito tarde para
projetar a próxima estratégia de crescimento.
Empresas bem sucedidas têm uma compreensão
profunda dos problemas de seus clientes. Esta visão do
cliente é a base para sua abordagem de aprendizado para
a inovação. Produtos e serviços que não satisfaçam as
necessidades dos clientes são perca de tempo e dinheiro.
São muito poucas empresas que investem seu tempo para
a. Encontre a próxima curva em “S”
b.Aprenda com os clientes
sair do escritório e interagir com os clientes e entender de
fato suas necessidades.
A inovação envolve a criação de novas opções. É aí que os
designers se destacam. O pensamento de design minimiza
a incerteza e o risco da inovação, atraindo clientes ou
usuários através de uma série de protótipos para explorar,
ensaiar, e adaptar conceitos. Os pensadores de design
contam com ideias dos clientes obtidas com experiências
do mundo real, não apenas dados históricos ou pesquisas
de mercado.
A menos que o CEO faça da inovação uma prioridade, isso
não acontecerá. A inovação exige um nível para assumir
riscos e possíveis fracassos. Implementar um modelo de
inovação corporativa não é algo simples, e essa dificuldade
começa pelas pessoas, pois não fomos educados para
colaborar e inovar, fomos educados para competir e
replicar. Fazer com que as pessoas adotem um modelo
mental voltado para a inovação requer uma liderança forte
rumo a uma mudança de cultura e comportamento de
todas na organização.
c. Pense como um designer
d. Lidere o caminho
www.drasi.com.br
Inovação disruptiva ou incremental?
A inovação disruptiva se caracteriza por oferecer uma
solução revolucionária para um problema existente no
setor. Um bom exemplo é a fotografia digital que ao chegar
no mercado, destruiu o modelo de fotografia em filmes. A
inovação incremental melhora significativamente um
produto ou serviço já existente. Como exemplo podemos
citar a máquina de fritar sem a utilização de óleo, criando
assim uma forma mais saudável de se comer frituras.
Independente da forma de inovação, o mais importante é o
valor que é gerado na percepção do cliente. Quanto maior
é o valor percebido, maior é o resultado para o negócio.
Costumamos pensar em inovação como um produto, mas
na realidade existem várias formas de inovação nas
organizações. O Uber é um bom exemplo, pois não foi
criado uma nova forma de transportar as pessoas, foi
criado um novo modelo de negócio para desenvolver um
serviço mais acessível, de menor custo e de rápida
expansão. Ao pensar em um programa de Inovação
Corporativa deve-se considerar as diversas áreas, e
quando combinadas podem potencializar os resultados
dos negócios.
Dentre as áreas de inovação podemos citar:
Inovação em Produtos
Inovação em Serviços
Inovação em Processos
Inovação em Marketing
Inovação em Estratégia
Inovação em Modelo de negócio
"A melhor maneira de ter uma boa ideia é ter muitas
ideias".Linus Carl Pauling
www.drasi.com.br
7.
As novas tecnologias são grandes recursos para
transformar negócios rapidamente. Tecnologias como
Inteligência Artificial (A.I), Internet das Coisas (IOT), Big
Data, Robótica, etc., estão sendo utilizada por empresas
em todo mundo sendo uma das principais alavancas dos
negócios exponenciais. Os impactos provocados pelas
novas tecnologias no ambiente das organizações é algo
imensurável e podemos afirmar que as organizações do
séculos XXI, independente do seu tipo de negócio, será
também uma empresa de tecnologia. A tecnologia por si
não deve ser pensada como uma inovação, a inovação
deve ser o resultado da utilização da tecnologia.
Ao pensar uma Estratégia de Inovação Corporativa, a
tecnologia precisa ser considerada como um fator
essencial. As grandes empresas inovadoras do mundo de
base tecnológica usam várias tecnologias combinadas
para produzir produtos e serviços de alto impacto e
desempenho. Empresas como Amazon, Uber, Waze e até
o café em cápsula se tornaram possíveis graças às atuais
tecnologias. No caso do café em cápsulas, seu produto
final continua sendo um café, mas sua fabricação,
distribuição e processamento foram totalmente
modificados e viabilizados graças às tecnologias
empregadas.
Internet
Mobilidade
Cloud
Big Data
Impressora 3D
Energia Renovável
Internet das Coisas
Nanotecnologia
Robótica
Block Chain
Genoma Inteligência Artificial
Cidades inteligentes
Saúde Conectada
Veículos Autômatos
Economia Compartilhada
Extensão da Vida Saudável
Transporte 2.0
Logística da Internet
Comida 2.0
Trabalho 2.0
Democracia 2.0
Humano 2.0
Vida 2.0
Convergência
Tecnológica
www.drasi.com.br
A capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças do
mercado é uma necessidade essencial para a
sustentabilidade dos negócios. Estabelecer abordagens
ágeis para implementar mudanças de forma rápida e com
entrega de valor crescente é essencial. Estratégia,
processos e projetos devem ser focados nas
necessidades dos clientes, com operações enxutas,
objetivas e com entrega de valor. O desafio agora é operar
com agilidade em um mundo em rápida evolução. Dentre
as diversas abordagens para a inovação destacamos:
Design Thinking é uma abordagem, que de forma
colaborativa, permite encontrar soluções inovadoras para
os problemas e desafios das organizações, empresas,
governo e sociedade, focada nas necessidades reais das
pessoas e da experiência do cliente. O Design Thinking
tem se mostrado uma excelente ferramenta para construir
soluções capazes de atrair e reter clientes de maneira
eficiente para todo e qualquer tipo de organização.
Processo Ágil alinha a visão dos processos de negócio
com base na jornada e experiência do cliente,
promovendo rápida e constante experimentação,
trazendo um modelo de inovação e aprendizado contínuo,
garantindo assim a competitividade, fidelização, com real
entrega de valor e resultado crescente para o negócio.
Lean startup é descrito como o "pensamento enxuto" (lean
thinking) aplicado ao processo empreendedor. Um
a. Design Thinking
b. Processo Ágil
c. Lean Startup
princípio central no pensamento enxuto. Os processos de
lean startup usam o desenvolvimento de clientela para
reduzir o desperdício, incrementando a frequência de
contato com clientes reais e assim validando ou
eliminando, o mais cedo possível, suposições incorretas
sobre mercado. Esta abordagem se propõe a melhorar as
táticas empreendedoras, reduzindo o trabalho, o custo de
validar suposições sobre o mercado e o tempo necessário
ao negócio para encontrar tração de mercado.
Value Proposition Design auxilia a encarar os desafios de
qualquer negócio – criando produtos e serviços que os
clientes querem comprar. Ajuda a entender os modelos de
propostas de valor, como aproximar-se do cliente e evitar
despender tempo com ideias que não funcionarão.
Mostrará ainda o simples, mas complexo, processo de
desenvolver e testar propostas de valor e chegar ao
resultado de criar produtos e serviços que se adaptam
perfeitamente às necessidades ou aos desejos dos
clientes.
OKR é um sistema de definição de metas e indicadores de
gestão usado pelo Google e outras grande empresas
inovadoras. É uma abordagem simples para criar
alinhamento e engajamento em torno de metas
mensuráveis. OKR existe para criar o alinhamento e para
definir a cadência para a organização. O objetivo é garantir
que todos andem na mesma direção, com prioridades
claras, em um ritmo constante.
d. Value Proposition Design
e. OKR (Objectives and Key Results)
“Você não descobre novos continentes
sem ter a coragem de perder vista das
costas antigas”. André Gide
www.drasi.com.br
Uma organização tradicional não se torna inovadora do
dia para a noite. Não basta que os colaboradores façam
apenas um curso de design thinking ou algo parecido. É
um processo que requer estratégia e planejamento com
várias ações em paralelo que permeie toda a organização
e seu ecossistema (parceiros, fornecedores, clientes e
sociedades). Uma organização realmente inovadora,
pensa e experimenta a inovação no seu dia-a-dia como
parte fundamental do seu negócio. É uma mudança
cultural profunda e não existe uma fórmula única, e sim um
modelo que precisa ser desenvolvido de acordo com as
características e cultura de cada negócio. Aspectos como
liderança consciente, propósito transformador, pessoas
motivadas e engajadas são fundamentais para se
estabelecer uma cultura corporativa comprometida com a
inovação.
Alguns pontos são essenciais para que uma organização
tradicional se torne inovadora de fato, dentre os quais
podemos citar:
Ter um propósito transformador que motive e desafie as
pessoas.
Desenvolver uma estratégia de onde e como a
organização quer chegar com as iniciativas de inovação.
Investir na educação e colaboração das pessoas, para
se estabelecer um novo modelo mental de se pensar e
trabalhar.
Estabelecer formas de explorar, ensaiar e adaptar novas
soluções para os problemas dos clientes e do mercado.
Criar processos e mecanismos para que a inovação se
torne uma rotina no dia-a-dia das pessoas.
Fomentar uma cultura corporativa comprometida com os
resultados.
www.drasi.com.br
Objetivo do Programa
Como Funciona
Para quem se destina
O programa de Inovação Corporativa tem como objetivo
capacitar os participantes, pessoas e organizações, para
o entendimento e implementação da inovação nas
organizações, dentro de um cenário volátil, incerto,
complexo e ambíguo. Em nenhum outro tempo as
mudanças foram tão rápidas e tão constantes, e neste
contexto a Inovação Corporativa é uma oportunidade
fundamental para se desenvolver, nas organizações, um
ambiente de negócio sustentável e inovador, alinhados às
estratégias do negócio e desafios do século XXI.
O Programa Inovação Corporativa é realizado em seis
etapas, com encontros presenciais, para o
desenvolvimento de habilidades e capacidades para
explorar novas possibilidades pessoais, profissionais e
corporativas. No Programa serão apresentadas
estratégias, técnicas e ferramentas com objetivo de
repensar o negócio a partir de uma nova perspectiva que
traga experiência inovadora aos clientes e novos
significados aos produtos, serviços e resultados
crescentes para os negócios.
Para profissionais, gestores, empreendedores e
organizações que estejam em busca de conhecimento,
habilidade e ferramentas para a transformação efetiva dos
negócios e processos a partir de um novo posicionamento
mental disruptivo e criativo.
Empreendedor, Consultor e Agente de Transformação
Organizacional. Possui mais de 20 anos de experiência em
consultorias e treinamentos em empresas nacionais e
multinacionais de pequeno, médio e grande porte. Nossa
atuação se aplica na Transformação dos Negócios através
do Posicionamento Estratégico Sustentável e Inovador,
conduzindo organizações para uma nova realidade de
mercado global.
Sócio da Drasi Estratégia e Processos.
Formado em Marketing pela FGV.
Certificado CBPP® - Certified Business Process
Professional categoria Blue Seal.
Participação destacada na preparação, revisão e
melhoria do BPM CBOK V3.0
Coautor do Livro: Exploradores de um Mundo em
Transformação.
Cofundador e Organizador do Ciclo de Palestras
Transformation Race.
Membro do Business Transformation Brasil (BT
Explorer).
XPER MENTORS Licensor Goiás.
Delegado Regional da ABPMP - GO.
Linkedin: www.linkedin.com/in/calura
www.drasi.com.br
O Programa é realizado em seis etapas. Nessas etapas os participantes irão desenvolver um projeto de Inovação
Corporativa para seu negócio, com planejamento, métodos e ferramentas para identificar, analisar e propor soluções a partir
de uma perspectiva de colaboração, inovação e resultados.
Ainovação no contexto do século XXI
Nesta primeira etapa vamos entender o que é a inovação radical e como a Quarta Revolução Industrial vai afetar
todos os negócios tradicionais, abrangendo os seguintes tópicos:
Ainovação e criatividade radical, digital e líquida à Quarta Revolução Industrial.
O Mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo (VUCA).
Atransição do paradigma da escassez – o paradigma da abundância – organização em rede.
O pensamento exponencial disruptivo para fomentar a inovação.
Tecnologias disruptivas e digitalização dos negócios.
Características comuns de empresas inovadoras.
Modelagem de Negócios Inovadores com Gamificação
Utilizaremos o Xper BT Game que é um jogo colaborativo baseado no CANVAS do movimento Business
Transformation, no qual os participantes irão vivenciar o modelo de negócio do Uber. O objetivo do game é
estimular transições para um modelo inovador a partir do entendimento do modelo de negócio e estratégias das
grandes empresas inovadoras do mundo.
Qual é a atual realidade de seu negócio
Nesta etapa vamos focar no entendimento de cada negócio, seus produtos, serviços e oferta de valor. O objetivo
agora é entender e explorar as possibilidades de cada negócio e seu mercado de atuação.
Desenhando a situação atual de seu negócio. Qual é sua atual realidade.
Quais seus produtos e serviços, quem são seus clientes e sua proposta de valor.
Qual o mercado de atuação, taxa de crescimento e expansão.
Quais as principais ameaças dentro da nova economia.
Aabordagem do Design para fomentar a Inovação Corporativa
Neste momento vamos conhecer e entender as diversas abordagens e métodos para o desenvolvimento dos
ciclos de inovação. São modelos utilizados pelas empresas mais inovadoras do mundo, como Google,Amazon,
Natura e etc.
O pensamento Ágil alinhado à inovação.
Avisão do negócio pela perspectiva do cliente.
As âncoras da inovação: liderança, colaboração, empatia, diversidade e experimentação.
Aabordagem do design para desenvolver produtos e serviços inovadores.
www.drasi.com.br
Identificando as Oportunidades para Inovação Corporativa
Nesta etapa identificaremos as melhores oportunidades para a inovação, analisaremos aspectos como cultura,
pessoas, gestão, estrutura de negócio, para permitir ensaios de exploração e experimentação das novas
oportunidades para a inovação corporativa.
Construindo um PropósitoTransformador.
Quais as áreas de inovação mais adequadas ao seu negócio.
Redefinindo a proposta de valor para seus clientes.
Explorando novos mercados para produtos e serviços.
Estratégias para Inovação Corporativa. Transforme seu Negócio
Agora é o momento de definir a estratégia e colocar em prática as ações para implantar o modelo mais
adequado de inovação para o seu negócio.
Identificando qual o melhor modelo estratégico de inovação para o seu negócio.
Construindo os planos de ação e projetos de inovação.
Definindo as pessoas e equipes para as ações de inovação.
Medindo e avaliando os resultados das ações de inovação.
Para saber mais informações entre em contato
conosco. Estamos prontos para te atender.
Estamos em Goiânia, Goiás, Brasil.
+55 62 99113 0833
calura@drasi.com.br
Nesta metodologia, em todas as etapas, utilizaremos exercícios práticos para apoiar no aprendizado,
utilizaremos também um conjunto de ferramentas para a construção de todo o conhecimento e gestão do
programa.
www.drasi.com.br
www.btransformation.net

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Técnicas para desenvolver inovação
Técnicas para desenvolver inovaçãoTécnicas para desenvolver inovação
Técnicas para desenvolver inovação
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
A empresa com design
A empresa com designA empresa com design
A empresa com design
Arnaldo Rabelo
 
Marketing Innovation: onde e como obter insights
Marketing Innovation: onde e como obter insightsMarketing Innovation: onde e como obter insights
Marketing Innovation: onde e como obter insights
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficazComo montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
Fundamentos da inovação
Fundamentos da inovaçãoFundamentos da inovação
Fundamentos da inovação
innoscience_
 
Como Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
Como Montar uma Estratégia de Inovação CorporativaComo Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
Como Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
Karlo Medeiros
 
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação CorporativaMelhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
Os 20 principais mantras da inovação
Os 20 principais mantras da inovaçãoOs 20 principais mantras da inovação
Os 20 principais mantras da inovação
innoscience_
 
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol  - Aula Kick Off PerestroikaInovações no Futebol  - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
innoscience_
 
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação
 
Inovação Tecnologica
Inovação TecnologicaInovação Tecnologica
Inovação Tecnologica
Liana Padilha
 
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Túlio Jannuzzelli
 
Processo para gerar Inovação
Processo para gerar InovaçãoProcesso para gerar Inovação
Processo para gerar Inovação
SuperClient Solutions
 
Pmweb
PmwebPmweb
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
gmktipam
 
Cc estratégia de inovação
Cc   estratégia de inovaçãoCc   estratégia de inovação
Cc estratégia de inovação
Flip Consultoria e Comunicação
 
Conheça a Innoscience
Conheça a InnoscienceConheça a Innoscience
Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza
Criatividade inovação em_tempos_de_incertezaCriatividade inovação em_tempos_de_incerteza
Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza
Symnetics Business Transformation
 
Como Obter Financiamento para sua Startup
Como Obter Financiamento para sua StartupComo Obter Financiamento para sua Startup
Como Obter Financiamento para sua Startup
Laboratorium
 

Mais procurados (20)

Técnicas para desenvolver inovação
Técnicas para desenvolver inovaçãoTécnicas para desenvolver inovação
Técnicas para desenvolver inovação
 
A empresa com design
A empresa com designA empresa com design
A empresa com design
 
Marketing Innovation: onde e como obter insights
Marketing Innovation: onde e como obter insightsMarketing Innovation: onde e como obter insights
Marketing Innovation: onde e como obter insights
 
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficazComo montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
Como montar um Programa de Inovação Corporativa eficaz
 
Fundamentos da inovação
Fundamentos da inovaçãoFundamentos da inovação
Fundamentos da inovação
 
Como Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
Como Montar uma Estratégia de Inovação CorporativaComo Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
Como Montar uma Estratégia de Inovação Corporativa
 
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
Resumo HSM ExpoManagement 2015 - Parte 2 (auditório principal - Dia 2)
 
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação CorporativaMelhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
 
Os 20 principais mantras da inovação
Os 20 principais mantras da inovaçãoOs 20 principais mantras da inovação
Os 20 principais mantras da inovação
 
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol  - Aula Kick Off PerestroikaInovações no Futebol  - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
 
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
 
Inovação Tecnologica
Inovação TecnologicaInovação Tecnologica
Inovação Tecnologica
 
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
 
Processo para gerar Inovação
Processo para gerar InovaçãoProcesso para gerar Inovação
Processo para gerar Inovação
 
Pmweb
PmwebPmweb
Pmweb
 
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
 
Cc estratégia de inovação
Cc   estratégia de inovaçãoCc   estratégia de inovação
Cc estratégia de inovação
 
Conheça a Innoscience
Conheça a InnoscienceConheça a Innoscience
Conheça a Innoscience
 
Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza
Criatividade inovação em_tempos_de_incertezaCriatividade inovação em_tempos_de_incerteza
Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza
 
Como Obter Financiamento para sua Startup
Como Obter Financiamento para sua StartupComo Obter Financiamento para sua Startup
Como Obter Financiamento para sua Startup
 

Semelhante a Ebook inovacao Corporativa

Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
Andrea Costa
 
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentesInovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
MJV Technology & Innovation Brasil
 
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e ProjetosStartadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
Startadora Inovação Corporativa
 
E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
 E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010 E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
DOM Strategy Partners
 
eBook - Sou uma Startup, e agora?
eBook - Sou uma Startup, e agora?eBook - Sou uma Startup, e agora?
eBook - Sou uma Startup, e agora?
NewAgent
 
Inovação como suporte para a lucratividade
Inovação como suporte para a lucratividadeInovação como suporte para a lucratividade
Inovação como suporte para a lucratividade
Maria Augusta Orofino
 
A Inovação da Inovaçao
A Inovação da InovaçaoA Inovação da Inovaçao
A Inovação da Inovaçao
LEGATUS Management
 
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio emoprendendo
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio  emoprendendoSTARTUP 3º PRAT EMP emcomercio  emoprendendo
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio emoprendendo
HenriqueLuciano2
 
[E-book] Como transformar ideias em resultados
[E-book] Como transformar ideias em resultados[E-book] Como transformar ideias em resultados
[E-book] Como transformar ideias em resultados
Ninho Desenvolvimento Empresarial
 
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
Jefferson Affonso - PMP®, ITIL®, MCTS®, MBA
 
Trabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
Trabalho de Gestão de Carreiras nas EmpresasTrabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
Trabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
Igor Thomaz
 
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPMEconomia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
Nei Grando
 
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony LussariEstratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
Rony Lussari
 
Guia modelagem-negocios
Guia modelagem-negociosGuia modelagem-negocios
Guia modelagem-negocios
Pedro de Oliveira
 
Startups
Startups Startups
Startups
Natacha Martins
 
Inovação sem fronteiras
Inovação sem fronteirasInovação sem fronteiras
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de NegociosEstrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
molina_bruna
 
Workshop de Modelo Negócio
Workshop de Modelo NegócioWorkshop de Modelo Negócio
Workshop de Modelo Negócio
robertorosenbaum
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Marcelo Bastos
 
23_Hugo_S%26G14_vf
23_Hugo_S%26G14_vf23_Hugo_S%26G14_vf
23_Hugo_S%26G14_vf
Hugo Gonçalves
 

Semelhante a Ebook inovacao Corporativa (20)

Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
 
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentesInovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
 
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e ProjetosStartadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
Startadora Inovação Corporativa - Atividades e Projetos
 
E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
 E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010 E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
E-Book Inovação DOM Strategy Partners 2010
 
eBook - Sou uma Startup, e agora?
eBook - Sou uma Startup, e agora?eBook - Sou uma Startup, e agora?
eBook - Sou uma Startup, e agora?
 
Inovação como suporte para a lucratividade
Inovação como suporte para a lucratividadeInovação como suporte para a lucratividade
Inovação como suporte para a lucratividade
 
A Inovação da Inovaçao
A Inovação da InovaçaoA Inovação da Inovaçao
A Inovação da Inovaçao
 
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio emoprendendo
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio  emoprendendoSTARTUP 3º PRAT EMP emcomercio  emoprendendo
STARTUP 3º PRAT EMP emcomercio emoprendendo
 
[E-book] Como transformar ideias em resultados
[E-book] Como transformar ideias em resultados[E-book] Como transformar ideias em resultados
[E-book] Como transformar ideias em resultados
 
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
 
Trabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
Trabalho de Gestão de Carreiras nas EmpresasTrabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
Trabalho de Gestão de Carreiras nas Empresas
 
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPMEconomia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
Economia Criativa Inovação e Negocios - ESPM
 
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony LussariEstratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
Estratratégia Empreendedora Moderna - Rony Lussari
 
Guia modelagem-negocios
Guia modelagem-negociosGuia modelagem-negocios
Guia modelagem-negocios
 
Startups
Startups Startups
Startups
 
Inovação sem fronteiras
Inovação sem fronteirasInovação sem fronteiras
Inovação sem fronteiras
 
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de NegociosEstrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
Estrategia de Inovação e Empreendedorismos - Gestão Estratégica de Negocios
 
Workshop de Modelo Negócio
Workshop de Modelo NegócioWorkshop de Modelo Negócio
Workshop de Modelo Negócio
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
23_Hugo_S%26G14_vf
23_Hugo_S%26G14_vf23_Hugo_S%26G14_vf
23_Hugo_S%26G14_vf
 

Ebook inovacao Corporativa

  • 2. 1. Por que Inovar é Essencial para os Negócios 2. O que é uma Organização Inovadora 3. Inovação Aberta (Open Innovation) 4. Inovação e Design: Explorar, Ensaiar e Adaptar 5. Estratégias de Inovação 6. Áreas de Inovação 7. Tecnologia e Inovação 8. Ferramentas para a Inovação 9. Como inovar na minha organização 10. Programa de Inovação Corporativa 11. Conteúdo do Programa de Inovação Corporativa Para saber mais informações entre em contato conosco. Estamos prontos para te atender. Estamos em Goiânia, Goiás, Brasil. +55 62 99113 0833 calura@drasi.com.br Todos os direitos reservados © copyright, Drasi, 2018 www.drasi.com.br
  • 3. 1. A inovação não consiste apenas em pensar de maneira criativa, trata-se de transformar essa criatividade em algo de valor - tanto para a empresa como para os consumidores.Ainovação no século XXI é criar produtos e serviços que as pessoas, amem, desejem e querem consumir a partir de propósitos novos, abrangentes e que toquem o máximo de pessoas possível. Em tempos atuais de mudanças radicais e exponenciais, precisamos pensar além da melhoria contínua dos negócios. É preciso repensar o negócio a partir de uma nova perspectiva que traga experiência inovadora e novos significados aos produtos, serviços, relacionamentos com os clientes e ganhos reais para os colaboradores, sócios e sociedade. Um estudo realizado pelo Design Management Institute (2014) na lista do S&P 500, revela que empresas que investem em inovação como Apple, Coca Cola, IBM, Nike, Procter & Gamble e Whirlpool superaram em 219% as empresas ‘tradicionais’em um período de 10 anos. Crescimento das empresas (S&P 500) inovadoras em 10 anos é 2,9 vezes (219%) maior que empresas não inovadoras. Espelhamento dos Negócios. Criando Novos Mercados. No último século, a grande maioria das organizações focaram em copiar seus concorrentes, copiar e melhorar um pouco. Hoje temos o fenômeno do espelhamento dos negócios, se você entrar em uma grande loja de departamento sem saber o nome desta loja, dificilmente conseguirá descobrir em qual organização está. São copiados produtos, processos, serviços, modelos de negócio, etc.Aconsequência é a grande oferta de produtos e com baixo valor percebido pelos clientes. As empresas não podem continuar avançando apenas melhorando os produtos existentes. Em vez de escala, eficiência e replicação, estamos entrando em uma era em que imaginação, experimentação e agilidade separam as empresas inovadoras das tradicionais. Ao inovar de forma radical, ou seja, criando um produto ou serviço totalmente novo, cria-se também uma nova experiência e percepção de valor para os clientes. A inovação permite às organizações se diferenciar de seus concorrentes. Muitos produtos inovadores acabam também criando novos mercados. As pessoas usam apenas 5% do recurso de um smartphone para falar. O telefone deixou de ser telefone, virou uma plataforma de serviços on-line com centenas de aplicativos. É crescente o números de empresas com produtos e serviços inovadores que crescem de forma exponencial, Uber, Netflix, Airbnb, Waze, Spotify, Amazon são apenas uma amostra do que vem pela frente. Estamos assistindo a digitalização da economia e agora todo negócio é digital. Hoje as empresas deixam de existir, não porque fizeram algo de errado, mas porque continuaram fazendo o mesmo de sempre. Então inovar é essencial. www.drasi.com.br
  • 4. www.drasi.com.br A grande maioria das organizações tradicionais não são inovadoras. São empresas dominadas pelo pensamento industrial do século XX, em que o principal objetivo é produzir o máximo pelo menor custo possível. Neste ambiente, a inovação não é bem vinda, pois interrompe o fluxo de produção. Inovar requer olhar e pensar o negócio a partir da perspectiva de crescente entrega de valor aos clientes e não somente pelo incremento da produção. Empresas como Google, Natura,Amazon são exemplos de liderança em seus mercados, alcançados exclusivamente por produtos e serviços inovadores. O grande equívoco é achar que para inovar é preciso desenvolver um produto inovador, e não é. É preciso desenvolver uma cultura corporativa inovadora no qual o resultado é a inovação continuada. Uma cultura de envolvimento e colaboração das pessoas e empatia pelos clientes para gerar produtos e serviços inovadores. Um comportamento comum das empresas inovadoras é que elas encontram formas de criar mercados internos para ideias, talentos e capital. Elas criam as condições necessárias para que os funcionários desenvolvam suas ideias. Isso inclui uma série de iniciativas para que as pessoas se sintam estimuladas a contribuir e inovar dentro das organizações, ou seja, existe o fomento de uma cultura organizacional para a inovação. Dentre essas iniciativas destacamos: As pessoas são motivadas por uma grande visão para criar grandes ideias. Possuem o apoio e recursos para apresentar e desenvolver suas ideias. São recompensadas financeiramente por inovações bem-sucedidas. O avanço de suas carreiras são por causa da qualidade de suas ideias. “A criatividade está pensando em coisas novas. A inovação está fazendo coisas novas”. Berthold Auerbach
  • 5. Uma forma das empresas tradicionais inovarem é a partir do departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, o P&D, é muito comum em grandes corporações e na última década empresas de médio porte também adotaram essa prática. Este é o modelo de inovação de dentro para fora (inside-out), onde especialistas pensam novos produtos de dentro de seu departamento e depois de prontos são colocados no mercado. Uma característica comum do P&D é alto investimento financeiro, com ciclo longo de entrega e com poucos produtos que de fato chegam ao mercado. Um dado comum é que poucas empresas conseguem uma taxa acima de 20% de sucesso em produtos realmente inovadores. Contrapondo a este modelo, temos a Inovação Aberta (Open-Innovation), onde a inovação pode ser praticada por todo o ecossistema da organização: colaboradores, fornecedores, clientes, sociedade, etc. A Inovação Aberta se apropria das informações trocadas em um mundo altamente conectado e as transforma em conhecimento, que por sua vez, tem sido cada vez mais capitalizado pelas empresas. Neste modelo a inovação é pensada de fora para dentro (outside-in), e incorpora esforços conjuntos de iniciativas internas à organização e uma combinação de várias entradas advindas do ambiente externo. Em termos de processo, a Inovação Aberta abrange o gerenciamento e o acumulação de ideias, conhecimentos e concepção de novos produtos e serviços que realmente estejam aderentes às necessidades do mercado e ciclos de entrega reduzidos. www.drasi.com.br
  • 6. O pensamento de design baseia-se em lógica, imaginação, intuição e raciocínio sistêmico para explorar as possibilidades e gerar resultados desejados que beneficiem o usuário final (o cliente). Uma mentalidade de design não é focada no problema, é focada na solução e orientada para a ação. Neste conceito, a inovação pelo design é uma construção sistêmica e por etapas, concebida de forma colaborativa e com o sentimento de empatia pela dor do cliente. Empatia é uma questão chave neste processo, ter empatia é ter a capacidade de se colocar no lugar do cliente, de sentir de fato suas dores, saber o que ele pensa, sente e fala. Somente assim é possível propor soluções que realmente satisfaçam as necessidades dos clientes. É a inovação centrada no ser humano. Dentre as etapas da abordagem do design, destacamos: Para abraçar novas oportunidades é importante que as organizações tenham a capacidade de olhar adiante e identificar os cenários relevantes ao seu negócio além de a. Explorar suas atuais fronteiras. É monitorar, observar, compreender e interpretar seu ecossistema atual e futuro para a construção de novos cenários e oportunidades para o seu negócio. Ensaiar é, a partir de caminhos e cenários definidos, adotar loops de aprendizagem contínua e permitir ensaios de exploração ou experimentação das novas oportunidades. A cada ciclo de aprendizagem as oportunidades são avaliadas quanto a sua viabilidade e resultados esperados. Agora é o momento da mudança, de colocar em prática o que foi aprendido, é a transformação do negócio a partir das novas oportunidades com a evolução ou criação de novos produtos, serviços ou modelos de negócios. Neste contexto a inovação é algo intrínseco ao processo, ocorre de forma natural com entrega de novos valores, experiências significativas aos clientes e ganhos crescentes para os negócios. b. Ensaiar c .Adaptar “O pensamento de design requer uma mentalidade de crescimento, porque, em essência, é uma jornada de aprendizagem e experimentação”. Carol S. Dweck www.drasi.com.br
  • 7. Muitas são as abordagens e métodos para se implementar um modelo de inovação nas organizações, mas o fato é que as empresas de crescimento mais bem sucedidas adotam pelo menos quatro práticas recomendadas: Nada cresce para sempre. Os melhores produtos, mercados e modelos de negócios passam por um ciclo previsível de crescimento e maturidade, muitas vezes descrito como uma curva-S. O fato é que em algum momento todo produto vai entrar em declínio, por estar desatualizado, pela forte concorrência, pelo preço de venda, etc. Infelizmente, os líderes das empresas em crescimento são muitas vezes cegos por esse obstáculo de velocidade previsível. Uma vez que a realidade da curva “S” se torna aparente, pode ser muito tarde para projetar a próxima estratégia de crescimento. Empresas bem sucedidas têm uma compreensão profunda dos problemas de seus clientes. Esta visão do cliente é a base para sua abordagem de aprendizado para a inovação. Produtos e serviços que não satisfaçam as necessidades dos clientes são perca de tempo e dinheiro. São muito poucas empresas que investem seu tempo para a. Encontre a próxima curva em “S” b.Aprenda com os clientes sair do escritório e interagir com os clientes e entender de fato suas necessidades. A inovação envolve a criação de novas opções. É aí que os designers se destacam. O pensamento de design minimiza a incerteza e o risco da inovação, atraindo clientes ou usuários através de uma série de protótipos para explorar, ensaiar, e adaptar conceitos. Os pensadores de design contam com ideias dos clientes obtidas com experiências do mundo real, não apenas dados históricos ou pesquisas de mercado. A menos que o CEO faça da inovação uma prioridade, isso não acontecerá. A inovação exige um nível para assumir riscos e possíveis fracassos. Implementar um modelo de inovação corporativa não é algo simples, e essa dificuldade começa pelas pessoas, pois não fomos educados para colaborar e inovar, fomos educados para competir e replicar. Fazer com que as pessoas adotem um modelo mental voltado para a inovação requer uma liderança forte rumo a uma mudança de cultura e comportamento de todas na organização. c. Pense como um designer d. Lidere o caminho www.drasi.com.br
  • 8. Inovação disruptiva ou incremental? A inovação disruptiva se caracteriza por oferecer uma solução revolucionária para um problema existente no setor. Um bom exemplo é a fotografia digital que ao chegar no mercado, destruiu o modelo de fotografia em filmes. A inovação incremental melhora significativamente um produto ou serviço já existente. Como exemplo podemos citar a máquina de fritar sem a utilização de óleo, criando assim uma forma mais saudável de se comer frituras. Independente da forma de inovação, o mais importante é o valor que é gerado na percepção do cliente. Quanto maior é o valor percebido, maior é o resultado para o negócio. Costumamos pensar em inovação como um produto, mas na realidade existem várias formas de inovação nas organizações. O Uber é um bom exemplo, pois não foi criado uma nova forma de transportar as pessoas, foi criado um novo modelo de negócio para desenvolver um serviço mais acessível, de menor custo e de rápida expansão. Ao pensar em um programa de Inovação Corporativa deve-se considerar as diversas áreas, e quando combinadas podem potencializar os resultados dos negócios. Dentre as áreas de inovação podemos citar: Inovação em Produtos Inovação em Serviços Inovação em Processos Inovação em Marketing Inovação em Estratégia Inovação em Modelo de negócio "A melhor maneira de ter uma boa ideia é ter muitas ideias".Linus Carl Pauling www.drasi.com.br
  • 9. 7. As novas tecnologias são grandes recursos para transformar negócios rapidamente. Tecnologias como Inteligência Artificial (A.I), Internet das Coisas (IOT), Big Data, Robótica, etc., estão sendo utilizada por empresas em todo mundo sendo uma das principais alavancas dos negócios exponenciais. Os impactos provocados pelas novas tecnologias no ambiente das organizações é algo imensurável e podemos afirmar que as organizações do séculos XXI, independente do seu tipo de negócio, será também uma empresa de tecnologia. A tecnologia por si não deve ser pensada como uma inovação, a inovação deve ser o resultado da utilização da tecnologia. Ao pensar uma Estratégia de Inovação Corporativa, a tecnologia precisa ser considerada como um fator essencial. As grandes empresas inovadoras do mundo de base tecnológica usam várias tecnologias combinadas para produzir produtos e serviços de alto impacto e desempenho. Empresas como Amazon, Uber, Waze e até o café em cápsula se tornaram possíveis graças às atuais tecnologias. No caso do café em cápsulas, seu produto final continua sendo um café, mas sua fabricação, distribuição e processamento foram totalmente modificados e viabilizados graças às tecnologias empregadas. Internet Mobilidade Cloud Big Data Impressora 3D Energia Renovável Internet das Coisas Nanotecnologia Robótica Block Chain Genoma Inteligência Artificial Cidades inteligentes Saúde Conectada Veículos Autômatos Economia Compartilhada Extensão da Vida Saudável Transporte 2.0 Logística da Internet Comida 2.0 Trabalho 2.0 Democracia 2.0 Humano 2.0 Vida 2.0 Convergência Tecnológica www.drasi.com.br
  • 10. A capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças do mercado é uma necessidade essencial para a sustentabilidade dos negócios. Estabelecer abordagens ágeis para implementar mudanças de forma rápida e com entrega de valor crescente é essencial. Estratégia, processos e projetos devem ser focados nas necessidades dos clientes, com operações enxutas, objetivas e com entrega de valor. O desafio agora é operar com agilidade em um mundo em rápida evolução. Dentre as diversas abordagens para a inovação destacamos: Design Thinking é uma abordagem, que de forma colaborativa, permite encontrar soluções inovadoras para os problemas e desafios das organizações, empresas, governo e sociedade, focada nas necessidades reais das pessoas e da experiência do cliente. O Design Thinking tem se mostrado uma excelente ferramenta para construir soluções capazes de atrair e reter clientes de maneira eficiente para todo e qualquer tipo de organização. Processo Ágil alinha a visão dos processos de negócio com base na jornada e experiência do cliente, promovendo rápida e constante experimentação, trazendo um modelo de inovação e aprendizado contínuo, garantindo assim a competitividade, fidelização, com real entrega de valor e resultado crescente para o negócio. Lean startup é descrito como o "pensamento enxuto" (lean thinking) aplicado ao processo empreendedor. Um a. Design Thinking b. Processo Ágil c. Lean Startup princípio central no pensamento enxuto. Os processos de lean startup usam o desenvolvimento de clientela para reduzir o desperdício, incrementando a frequência de contato com clientes reais e assim validando ou eliminando, o mais cedo possível, suposições incorretas sobre mercado. Esta abordagem se propõe a melhorar as táticas empreendedoras, reduzindo o trabalho, o custo de validar suposições sobre o mercado e o tempo necessário ao negócio para encontrar tração de mercado. Value Proposition Design auxilia a encarar os desafios de qualquer negócio – criando produtos e serviços que os clientes querem comprar. Ajuda a entender os modelos de propostas de valor, como aproximar-se do cliente e evitar despender tempo com ideias que não funcionarão. Mostrará ainda o simples, mas complexo, processo de desenvolver e testar propostas de valor e chegar ao resultado de criar produtos e serviços que se adaptam perfeitamente às necessidades ou aos desejos dos clientes. OKR é um sistema de definição de metas e indicadores de gestão usado pelo Google e outras grande empresas inovadoras. É uma abordagem simples para criar alinhamento e engajamento em torno de metas mensuráveis. OKR existe para criar o alinhamento e para definir a cadência para a organização. O objetivo é garantir que todos andem na mesma direção, com prioridades claras, em um ritmo constante. d. Value Proposition Design e. OKR (Objectives and Key Results) “Você não descobre novos continentes sem ter a coragem de perder vista das costas antigas”. André Gide www.drasi.com.br
  • 11. Uma organização tradicional não se torna inovadora do dia para a noite. Não basta que os colaboradores façam apenas um curso de design thinking ou algo parecido. É um processo que requer estratégia e planejamento com várias ações em paralelo que permeie toda a organização e seu ecossistema (parceiros, fornecedores, clientes e sociedades). Uma organização realmente inovadora, pensa e experimenta a inovação no seu dia-a-dia como parte fundamental do seu negócio. É uma mudança cultural profunda e não existe uma fórmula única, e sim um modelo que precisa ser desenvolvido de acordo com as características e cultura de cada negócio. Aspectos como liderança consciente, propósito transformador, pessoas motivadas e engajadas são fundamentais para se estabelecer uma cultura corporativa comprometida com a inovação. Alguns pontos são essenciais para que uma organização tradicional se torne inovadora de fato, dentre os quais podemos citar: Ter um propósito transformador que motive e desafie as pessoas. Desenvolver uma estratégia de onde e como a organização quer chegar com as iniciativas de inovação. Investir na educação e colaboração das pessoas, para se estabelecer um novo modelo mental de se pensar e trabalhar. Estabelecer formas de explorar, ensaiar e adaptar novas soluções para os problemas dos clientes e do mercado. Criar processos e mecanismos para que a inovação se torne uma rotina no dia-a-dia das pessoas. Fomentar uma cultura corporativa comprometida com os resultados. www.drasi.com.br
  • 12. Objetivo do Programa Como Funciona Para quem se destina O programa de Inovação Corporativa tem como objetivo capacitar os participantes, pessoas e organizações, para o entendimento e implementação da inovação nas organizações, dentro de um cenário volátil, incerto, complexo e ambíguo. Em nenhum outro tempo as mudanças foram tão rápidas e tão constantes, e neste contexto a Inovação Corporativa é uma oportunidade fundamental para se desenvolver, nas organizações, um ambiente de negócio sustentável e inovador, alinhados às estratégias do negócio e desafios do século XXI. O Programa Inovação Corporativa é realizado em seis etapas, com encontros presenciais, para o desenvolvimento de habilidades e capacidades para explorar novas possibilidades pessoais, profissionais e corporativas. No Programa serão apresentadas estratégias, técnicas e ferramentas com objetivo de repensar o negócio a partir de uma nova perspectiva que traga experiência inovadora aos clientes e novos significados aos produtos, serviços e resultados crescentes para os negócios. Para profissionais, gestores, empreendedores e organizações que estejam em busca de conhecimento, habilidade e ferramentas para a transformação efetiva dos negócios e processos a partir de um novo posicionamento mental disruptivo e criativo. Empreendedor, Consultor e Agente de Transformação Organizacional. Possui mais de 20 anos de experiência em consultorias e treinamentos em empresas nacionais e multinacionais de pequeno, médio e grande porte. Nossa atuação se aplica na Transformação dos Negócios através do Posicionamento Estratégico Sustentável e Inovador, conduzindo organizações para uma nova realidade de mercado global. Sócio da Drasi Estratégia e Processos. Formado em Marketing pela FGV. Certificado CBPP® - Certified Business Process Professional categoria Blue Seal. Participação destacada na preparação, revisão e melhoria do BPM CBOK V3.0 Coautor do Livro: Exploradores de um Mundo em Transformação. Cofundador e Organizador do Ciclo de Palestras Transformation Race. Membro do Business Transformation Brasil (BT Explorer). XPER MENTORS Licensor Goiás. Delegado Regional da ABPMP - GO. Linkedin: www.linkedin.com/in/calura www.drasi.com.br
  • 13. O Programa é realizado em seis etapas. Nessas etapas os participantes irão desenvolver um projeto de Inovação Corporativa para seu negócio, com planejamento, métodos e ferramentas para identificar, analisar e propor soluções a partir de uma perspectiva de colaboração, inovação e resultados. Ainovação no contexto do século XXI Nesta primeira etapa vamos entender o que é a inovação radical e como a Quarta Revolução Industrial vai afetar todos os negócios tradicionais, abrangendo os seguintes tópicos: Ainovação e criatividade radical, digital e líquida à Quarta Revolução Industrial. O Mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo (VUCA). Atransição do paradigma da escassez – o paradigma da abundância – organização em rede. O pensamento exponencial disruptivo para fomentar a inovação. Tecnologias disruptivas e digitalização dos negócios. Características comuns de empresas inovadoras. Modelagem de Negócios Inovadores com Gamificação Utilizaremos o Xper BT Game que é um jogo colaborativo baseado no CANVAS do movimento Business Transformation, no qual os participantes irão vivenciar o modelo de negócio do Uber. O objetivo do game é estimular transições para um modelo inovador a partir do entendimento do modelo de negócio e estratégias das grandes empresas inovadoras do mundo. Qual é a atual realidade de seu negócio Nesta etapa vamos focar no entendimento de cada negócio, seus produtos, serviços e oferta de valor. O objetivo agora é entender e explorar as possibilidades de cada negócio e seu mercado de atuação. Desenhando a situação atual de seu negócio. Qual é sua atual realidade. Quais seus produtos e serviços, quem são seus clientes e sua proposta de valor. Qual o mercado de atuação, taxa de crescimento e expansão. Quais as principais ameaças dentro da nova economia. Aabordagem do Design para fomentar a Inovação Corporativa Neste momento vamos conhecer e entender as diversas abordagens e métodos para o desenvolvimento dos ciclos de inovação. São modelos utilizados pelas empresas mais inovadoras do mundo, como Google,Amazon, Natura e etc. O pensamento Ágil alinhado à inovação. Avisão do negócio pela perspectiva do cliente. As âncoras da inovação: liderança, colaboração, empatia, diversidade e experimentação. Aabordagem do design para desenvolver produtos e serviços inovadores. www.drasi.com.br
  • 14. Identificando as Oportunidades para Inovação Corporativa Nesta etapa identificaremos as melhores oportunidades para a inovação, analisaremos aspectos como cultura, pessoas, gestão, estrutura de negócio, para permitir ensaios de exploração e experimentação das novas oportunidades para a inovação corporativa. Construindo um PropósitoTransformador. Quais as áreas de inovação mais adequadas ao seu negócio. Redefinindo a proposta de valor para seus clientes. Explorando novos mercados para produtos e serviços. Estratégias para Inovação Corporativa. Transforme seu Negócio Agora é o momento de definir a estratégia e colocar em prática as ações para implantar o modelo mais adequado de inovação para o seu negócio. Identificando qual o melhor modelo estratégico de inovação para o seu negócio. Construindo os planos de ação e projetos de inovação. Definindo as pessoas e equipes para as ações de inovação. Medindo e avaliando os resultados das ações de inovação. Para saber mais informações entre em contato conosco. Estamos prontos para te atender. Estamos em Goiânia, Goiás, Brasil. +55 62 99113 0833 calura@drasi.com.br Nesta metodologia, em todas as etapas, utilizaremos exercícios práticos para apoiar no aprendizado, utilizaremos também um conjunto de ferramentas para a construção de todo o conhecimento e gestão do programa. www.drasi.com.br www.btransformation.net