SlideShare uma empresa Scribd logo
Lição 8
                      O compromisso com a Palavra
                                         de Deus




Neemias. Integridade e coragem em tempos de crise.
                             Powerpoint Templates        Page 1
2011 4º Tri – Editora CPAD
Introdução
 Qual é a melhor forma de adoração a Deus?

 Após uma exaustiva leitura da Palavra de Deus, liderada por
 Esdras e Neemias, os israelitas compreenderam que se tivessem
 guardado a Lei do Senhor não tinham terminado no cativeiro, as
 cidades não tinham sido devastadas e os muros não
 necessitavam de reconstrução. O arrependimento pelos pecados
 cometidos fez com que o povo de Israel assumisse um
 compromisso de obedecer ao Senhor e à Sua Palavra.


 Objetivos
 •   Compreender que a bíblia é o guia para que tenhamos
     uma vida vitoriosa e abundante.

 •   Consientizar-se que o crente não pode se casar com
     idólatras.

 •   Estabelecer um dia da semana para adorar ao Senhor.


            Powerpoint Templates                        Page 2
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 1. Um concerto com Deus.

   “E, com tudo isso, fizemos um firme concerto e o escrevemos“
  (Ne 9:38)

  O que levou o povo a querer fazer um concerto com Deus?




            Powerpoint Templates                            Page 3
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 2. Os líderes como exemplo (Ne 10.28,29).

  Na sua opinião, como um líder exemplar deve ser?

  Os líderes devem ser os primeiros a dar o exemplo daquilo
  que ensinam e falam. Paulo recomenda a Timóteo: “Ninguém
  despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na
  palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza”
  (1Tm 4:12).




           Powerpoint Templates                         Page 4
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 3. A instrução das Escrituras.

 O que é a Bíblia para você?

 1) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSA CONDUTA – Nela
 descobrimos o padrão divino: Ela nos indica o verda-deiro modo de
 viver, e, quando a observamos, o nosso ca-minho prospera - II Tm
 3.10; Js 1.8.

 2) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSO RELACIONAMENTO COM
 DEUS - É ela que nos fixa as diretrizes:
 • fala sobre o per-dão (Mt 6.12-15; Lc 11.4);
 • sobre a adoração (Jo 4.23,24; Fp 3.3);
 • sobre a oração da fé (Jo 14.12; Tg 5.17) ;
 • e sobre nossa comunhão com Deus (I Co 1.9; I Jo 1.6,7).

 3) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSA ESPERANÇA DA VIDA
 FUTURA - A verdadeira motivação vem também das Escrituras, Hb
 6.18,19; At 28.20; Cl 1.5,6,23,27; Ap 22.12 - Usemos este bendito
 manual como peregrinos do Senhor, até chegarmos ao desejado
 porto celestial.

 4) BÍBLIA, O MANUAL DO CRISTÃO NO LAR - Deus tem
 cuidados especiais com a família. As grandes provi-dências
 salvadoras de Deus sem-pre incluem a família, Gn 7.1; At 16.30-31
             Powerpoint Templates                          Page 5
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 3. A instrução das Escrituras.

 5) BÍBLIA, O MANUAL DAS CRIANÇAS – Sl 127:3; Pv 22:6; Mt
 19:14-15

 6) BÍBLIA, O MANUAL DOS FILHOS
 • A Bíblia está cheia de conselhos e exortações aos filhos, visando a
    sua felicidade e o prolongamento de seus dias aqui na terra: Êx
    20.12; Lv 19.3,32; Dt5.16; Ef6.1-3; Cl 3.20; I Tm 3.4; Lc 18.20;
    Mt 15.4; Mc 10.19; Pv 1.8,9;
 • os filhos também são exortados a buscarem ao Senhor, louvando-
    O e obedecendo os Seus mandamentos, Sl 148.12,13; Pv 3.1-3;
    6.20-25.

 7) BÍBLIA, O MANUAL DOS JOVENS
 • Cada jovem cristão deve reconhe-cer que a Bíblia é um livro para
    a juventude - I Jo 2.14
 • Ela está repleta de vidas jovens, fonte de inspiração para a
    mocidade de todos os tempos.
 • A Bíblia apresenta advertências, exortações, conselhos,
    mandamentos e mensagens diretamente aos jovens: Tt 2.6; I Tm
    4.12; Pv 4.23; Lc 15.11-23; Ec 12.1; Pv 10.1; I Jo 2.13-17; Pv
    31.1-3.

            Powerpoint Templates                            Page 6
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 3. A instrução das Escrituras.

 8) BÍBLIA, O MANUAL DOS ESPOSOS
 • A Bíblia defende o casamen-to. O primeiro, foi efetuado
    pessoalmente pelo Pai (Gn 2.24; Mt 19.4,5).
 • O primeiro milagre, Je-sus o efetuou em uma festa de
    ca-samento (Jo 2.11).
 • Eis algumas palavras da Escri-tura para os maridos cristãos: Ef
    5.28; Ec 9.9; Cl 3.19; I Pe 3.7; I Tm 5.8; I Co 11.3.

 9) BÍBLIA, O MANUAL DAS ESPOSAS - A seriedade com que a
 Bíblia expõe o matrimônio chega ao ponto de ilustrá-lo como um
 retrato do rela-cionamento de Cristo com a Igreja. Eis aí alguns
 textos que Deus oferece às esposas: Ef 5.22,31; Pv 31.10-30; Gn
 2.18,20; Sl 128.3; Pv 19.14; I Co 14.34,35; Cl 3.18; Tt 2.5; I Pe
 3.1,6; Gn 18.6; Pv 14.1.

 10) BÍBLIA, O MANUAL DAS MULHERES NOVAS - As senhoras
 recém-casadas também são favorecidas com mensagens específicas
 da Bíblia (Tt 2.4,5) - Elas devem estar prepara-das em humildade
 para aprender; devem ser prudentes, castas e moderadas. Isto
 envolve o cuidado no falar, o espírito simples e a dedicação ao lar.


            Powerpoint Templates                           Page 7
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 3. A instrução das Escrituras.

 11) BÍBLIA, O MANUAL DAS MULHERES IDOSAS
 A Bíblia põe uma grande responsabilidade nos ombros das senhoras
 idosas (Tt 2.3,4) - Muitas recém-casadas têm destruído o seu lar por
 causa de conselhos ímpios e levianos de senhoras mais idosas.
 Mas também é verdade que muitas senhoras, como verdadei-ras
 santas de Deus, têm sido amigas, conselheiras e ajudadoras,
 evitando, com suas experiências, gra-ves problemas na casa de
 Deus!

 12) BÍBLIA, O MANUAL DAS VIÚVAS - Deus é amigo das viúvas.
 As igrejas devem cuidar “das que são verdadeiramente viúvas”- I
 Tm 5.3-13; Dt 10.18; Sl 68.5; 146.9; Pv 15.25; Jr 49.11; At 6.1-7;
 Tg 1.27; I Tm 5.3.

 13) BÍBLIA, O MANUAL DO OBREIRO - Não se admite um
 verdadeiro obreiro sem que a Bíblia Sagrada seja uma prioridade em
 sua vida (Js 1.7,8). Ele deve ler a Bíblia diariamente, fazendo dela “o
 pão nosso de cada dia”; deve pesquisá-la mais que todos os
 compêndios seculares. Ela é a fonte principal de seu conhecimento e
 a base de suas mensagens. Os conselhos, a doutrina, as exortações
 e o ensino do Obreiro devem todos fundamentar-se na Palavra. Ele
 deve aceitá-la integralmente. Ele deve crer com perseverança no
 que ela afirma - Tt 2.1; II Tm 4.2.
             Powerpoint Templates                              Page 8
I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS
 3. A instrução das Escrituras.

 14) BÍBLIA, O MANUAL DA IGREJA - Enquanto a Igreja estiver
 neste mundo, há de depender da Bíblia Sagrada, porque:

 •   Ela é a base de nosso conhecimento, I Jo 2.2; I Jo 5.13.

 •   Ela é a base de nossa iluminação, Sl 119.105.

 •   Ela é a base do nosso consolo, I Ts 4.18.

 •   Ela é a base de nossa vitalidade, Mt 4.4.

 •   Ela é a base de nossa boa conduta, II Tm 3.16.

 •   Ela é a base de nossa santificação, Sl 119.9.

 •   Ela é a base de nossa sabedoria, I Co 1.18-24; Sl 19.7.

 •   Ela é a base de nosso conforto, Rm 15.4.

 •   Ela é a base de nossa vitória, Ef 6.17.


              Powerpoint Templates                              Page 9
II – UM POVO SEPARADO
 1. A união reprovada por Deus.

  “e que não daríamos as nossas filhas aos povos da terra, nem
  tomaríamos as filhas deles para os nossos filhos“ (Ne 10:30).

  Por que Deus proibiu o casamento entre Israel e outras nações?

  O casamento       misto pode produzir conflitos conjugais,
  desmoronamento do lar, bem como uma educação deficiente dos
  filhos (Ne 13:23-29).




            Powerpoint Templates                          Page 10
II – UM POVO SEPARADO
 2. A dolorosa separação.


  Os casamentos mistos foram tão sérios em Israel que até
  filhos de sacerdotes se casaram com mulheres estrangeiras
  (Ed 10:18; cf Ne 13:28).


  Isto quase atingiu fatalmente o coração da religião judaica.
  Um dos filhos de Joiada, filho do sumo sacerdote Eliasibe,
  casou-se com uma filha de Sambalate, o grande inimigo dos
  judeus, sendo expulso do Templo (13:28)..




           Powerpoint Templates                       Page 11
II – UM POVO SEPARADO
 3. O jugo desigual.

  O apóstolo Paulo admoesta: “Não vos prendais a um jugo
  desigual com os infiéis; porque que sociedade tem a justiça
  com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?”
  (2Co 6:14).




           Powerpoint Templates                      Page 12
III – O CUIDADO COM O TEMPLO DO SENHOR
 2. O dia de adoração.

  Por que não guardamos o sábado?

  O Shãbath, tem em sua raiz o significado de cessação de
  atividade. Segundo o Dicionário VINE, “a idéia não é de
  relaxamento ou repouso, mas cessação de atividade“.


  A conotação com o descanso físico vem pelo fato de que a
  suspensão dos trabalhos proporciona descanso, e porque Deus
  destinou o sétimo dia não só para repouso e memorial do
  término de sua criação, mas como dia de culto, adoração e
  comunhão com Ele (Êx 16.27; 31.12-17).




           Powerpoint Templates                      Page 13
III – O CUIDADO COM O TEMPLO DO SENHOR
 3. A manutenção da Casa do Senhor.

  Como podemos contribuir com a manutenção da Casa do
  Senhor?

  Além dos dízimos, a oferta de um terço de um siclo, oferta de
  lenha e oferta de primícias foram consideradas como
  necessárias para que o culto pudesse transcorrer dentro dos
  preceitos divinos.




           Powerpoint Templates                        Page 14
Conclusão

 Que “Concerto fiel” a igreja evangélica deveria assumir com
 Deus hoje? O conhecimento da Palavra deve nos levar a um
 compromisso de Concerto com Deus e a uma reforma
 espiritual. Esta reforma espiritual pode ser liderada por
 poucos, mas deve ter a participação de todos. Os nossos
 compromissos com Deus não devem ser apenas gerais, mas
 também, e, sobretudo, em áreas específicas como
 santificação, casamento, dia do Senhor, contribuição e
 adoração.




          Powerpoint Templates                       Page 15
Correção do questionário
 1. Após a restauração dos muros de Jerusalém, o que os
 judeus experimentaram?
 R. Experimentaram um genuíno e profundo avivamento.

 2. Segundo a lição, o que é liderança?
 R. Caráter e exemplo.

 3. Após retirar Israel do Egito, qual a ordenança de
 Deus para o povo?
 R. Que não se misturassem com outros povos.

 4. Por que os israelitas se comprometeram a ofertar
 volumtariamente para a manutenção Templo?
 R. Porque eles o amavam e era o lugar de adoração ao
 Senhor.

 5. O que acontece quando o povo de Deus se
 compromete com os negócios do reino divino?
 R. A igreja desdobra-se em adoração e serviços, para que o
 evangelho chegue até os confins da terra.


           Powerpoint Templates                       Page 16
Referências
 LOURENÇO, Luciano de Paula. O compromisso com a Palavra
 de Deus.
 http://luloure.blogspot.com/2011/11/aula-08-o-compromisso-com-palavra-
 de.html

 BARBOSA, Francisco A. O compromisso com a Palavra de
 Deus.
 http://auxilioebd.blogspot.com/2011/11/4-trimestre-2011-licao-8-o-
 compromisso.html

 FILHO, Geraldo Carnero. Neemias lidera um genuíno
 avivamento.
 http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/2011/11/4-trimestre-de-
 2011-licao-n-08-201111-o.html




              Powerpoint Templates                                Page 17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01
Joel Silva
 
Lição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
Lição 7 - Tempo para estar a sós com DeusLição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
Lição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
Erberson Pinheiro
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempoLição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Erberson Pinheiro
 
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
José Carlos Polozi
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deusLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
Natalino das Neves Neves
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
Leandro Morais Almeida
 
2021 1º trimestre jovens lição 04
2021 1º trimestre jovens lição 042021 1º trimestre jovens lição 04
2021 1º trimestre jovens lição 04
Joel Silva
 
Restauração em meio ao caos
Restauração em meio ao caosRestauração em meio ao caos
Restauração em meio ao caos
Jessé Lopes
 
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
José Carlos Polozi
 
Modelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criaçãoModelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criação
LeonardoMoraisJr
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
Joel Silva
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
baixarlivros1
 
A inspiração de pedro 1
A inspiração de pedro 1A inspiração de pedro 1
A inspiração de pedro 1
Sergio Menezes
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
jonasecj
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizar
wagner souza
 
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas AçõesLição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
Éder Tomé
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Ailton da Silva
 

Mais procurados (20)

2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01
 
Lição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
Lição 7 - Tempo para estar a sós com DeusLição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
Lição 7 - Tempo para estar a sós com Deus
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempoLição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
 
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
[EBD Maranata] Lição 5 - A ação de Deus em nossa vida | Revista A base para u...
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deusLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 7 - Tempo para estar a sós com deus
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
2021 1º trimestre jovens lição 04
2021 1º trimestre jovens lição 042021 1º trimestre jovens lição 04
2021 1º trimestre jovens lição 04
 
Restauração em meio ao caos
Restauração em meio ao caosRestauração em meio ao caos
Restauração em meio ao caos
 
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
 
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 5 - O ensino de Jesus sobre o...
 
Modelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criaçãoModelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criação
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
 
A inspiração de pedro 1
A inspiração de pedro 1A inspiração de pedro 1
A inspiração de pedro 1
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizar
 
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas AçõesLição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
Lição 7 - Deus Intervém através de Suas Ações
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 

Semelhante a [EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neemias (CPAD) | 20/11/11

Lição 8: O compromisso com a palavra de Deus
Lição 8: O compromisso com a palavra de DeusLição 8: O compromisso com a palavra de Deus
Lição 8: O compromisso com a palavra de Deus
Amor pela EBD
 
Boletim 24 01 2010
Boletim 24 01 2010Boletim 24 01 2010
Boletim 24 01 2010
Israel serique
 
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja localSlide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
Vilma Longuini
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
Marconi Pacheco
 
Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto Doméstico
Escol Dominical
 
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de DeusLição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
Éder Tomé
 
A necessidade e a urgência do culto doméstico lição 10 - escola bíbl...
A  necessidade  e  a  urgência  do  culto  doméstico   lição 10 - escola bíbl...A  necessidade  e  a  urgência  do  culto  doméstico   lição 10 - escola bíbl...
A necessidade e a urgência do culto doméstico lição 10 - escola bíbl...
yosseph2013
 
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇAINSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
Elson Juvenal Pinto Loureiro
 
Lição 10 a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
Lição 10  a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)Lição 10  a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
Lição 10 a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
Silas Rodrigues
 
Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
prsergioipb
 
Nistocremos pg
Nistocremos pgNistocremos pg
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptxLição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
Celso Napoleon
 
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
Pr. Andre Luiz
 
Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
Fabrício Tarles
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
Natalino das Neves Neves
 
Estudosdedaniel pg
Estudosdedaniel pgEstudosdedaniel pg
09 05 2010
09 05 201009 05 2010
09 05 2010
Israel serique
 
Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017
Adelson R. Dos Santos
 
Lição 12 exortações gerais 3º trimestre de 2015
Lição 12   exortações gerais   3º trimestre de 2015Lição 12   exortações gerais   3º trimestre de 2015
Lição 12 exortações gerais 3º trimestre de 2015
Andrew Guimarães
 
Grandesoracoes pg
Grandesoracoes pgGrandesoracoes pg

Semelhante a [EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neemias (CPAD) | 20/11/11 (20)

Lição 8: O compromisso com a palavra de Deus
Lição 8: O compromisso com a palavra de DeusLição 8: O compromisso com a palavra de Deus
Lição 8: O compromisso com a palavra de Deus
 
Boletim 24 01 2010
Boletim 24 01 2010Boletim 24 01 2010
Boletim 24 01 2010
 
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja localSlide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
Slide licao 5 3 t - 2019 - a mordomia da igreja local
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
 
Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto Doméstico
 
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de DeusLição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
Lição 8 - O Povo é Impactado pela Palavra de Deus
 
A necessidade e a urgência do culto doméstico lição 10 - escola bíbl...
A  necessidade  e  a  urgência  do  culto  doméstico   lição 10 - escola bíbl...A  necessidade  e  a  urgência  do  culto  doméstico   lição 10 - escola bíbl...
A necessidade e a urgência do culto doméstico lição 10 - escola bíbl...
 
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇAINSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
 
Lição 10 a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
Lição 10  a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)Lição 10  a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
Lição 10 a necessidade e a urgência do culto doméstico (1)
 
Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
 
Nistocremos pg
Nistocremos pgNistocremos pg
Nistocremos pg
 
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptxLição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
Lição 11 – Cultivando a Convicção Cristã.pptx
 
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
O poder da evangelização na família - Lição 10 - 3º Trimestre 2016
 
Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
 
Estudosdedaniel pg
Estudosdedaniel pgEstudosdedaniel pg
Estudosdedaniel pg
 
09 05 2010
09 05 201009 05 2010
09 05 2010
 
Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017Boletim IPC Limeira 081017
Boletim IPC Limeira 081017
 
Lição 12 exortações gerais 3º trimestre de 2015
Lição 12   exortações gerais   3º trimestre de 2015Lição 12   exortações gerais   3º trimestre de 2015
Lição 12 exortações gerais 3º trimestre de 2015
 
Grandesoracoes pg
Grandesoracoes pgGrandesoracoes pg
Grandesoracoes pg
 

Mais de José Carlos Polozi

[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
José Carlos Polozi
 
O cachorro e o açougueiro
O cachorro e o açougueiroO cachorro e o açougueiro
O cachorro e o açougueiro
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7 - O ensino de Jesus sobre ...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7  - O ensino de Jesus sobre ...[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7  - O ensino de Jesus sobre ...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7 - O ensino de Jesus sobre ...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração... [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
José Carlos Polozi
 

Mais de José Carlos Polozi (20)

[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
 
O cachorro e o açougueiro
O cachorro e o açougueiroO cachorro e o açougueiro
O cachorro e o açougueiro
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
 
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
[EBD Maranata] Lição 02 - Liderança em tempos de crise | Revista: Neemias (CP...
 
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7 - O ensino de Jesus sobre ...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7  - O ensino de Jesus sobre ...[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7  - O ensino de Jesus sobre ...
[EBD Maranata] Revista Ensinos de Jesus | Lição 7 - O ensino de Jesus sobre ...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração... [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 06 - A Importância da Disci...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 10 - O minist...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 10 - O Evangelho Propaga-se...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 04 - O Poder Irresistível d...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 08 - Quando a Igreja de Cri...
 
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
[EBD Maranata] Revista Atos dos Apóstolos | Lição 02 - A Ascensão de Cristo e...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 2 - A oração ...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 7 - A oração ...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 5 - Orando co...
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
 

Último

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 

Último (10)

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 

[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neemias (CPAD) | 20/11/11

  • 1. Lição 8 O compromisso com a Palavra de Deus Neemias. Integridade e coragem em tempos de crise. Powerpoint Templates Page 1 2011 4º Tri – Editora CPAD
  • 2. Introdução Qual é a melhor forma de adoração a Deus? Após uma exaustiva leitura da Palavra de Deus, liderada por Esdras e Neemias, os israelitas compreenderam que se tivessem guardado a Lei do Senhor não tinham terminado no cativeiro, as cidades não tinham sido devastadas e os muros não necessitavam de reconstrução. O arrependimento pelos pecados cometidos fez com que o povo de Israel assumisse um compromisso de obedecer ao Senhor e à Sua Palavra. Objetivos • Compreender que a bíblia é o guia para que tenhamos uma vida vitoriosa e abundante. • Consientizar-se que o crente não pode se casar com idólatras. • Estabelecer um dia da semana para adorar ao Senhor. Powerpoint Templates Page 2
  • 3. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 1. Um concerto com Deus. “E, com tudo isso, fizemos um firme concerto e o escrevemos“ (Ne 9:38) O que levou o povo a querer fazer um concerto com Deus? Powerpoint Templates Page 3
  • 4. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 2. Os líderes como exemplo (Ne 10.28,29). Na sua opinião, como um líder exemplar deve ser? Os líderes devem ser os primeiros a dar o exemplo daquilo que ensinam e falam. Paulo recomenda a Timóteo: “Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza” (1Tm 4:12). Powerpoint Templates Page 4
  • 5. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 3. A instrução das Escrituras. O que é a Bíblia para você? 1) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSA CONDUTA – Nela descobrimos o padrão divino: Ela nos indica o verda-deiro modo de viver, e, quando a observamos, o nosso ca-minho prospera - II Tm 3.10; Js 1.8. 2) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSO RELACIONAMENTO COM DEUS - É ela que nos fixa as diretrizes: • fala sobre o per-dão (Mt 6.12-15; Lc 11.4); • sobre a adoração (Jo 4.23,24; Fp 3.3); • sobre a oração da fé (Jo 14.12; Tg 5.17) ; • e sobre nossa comunhão com Deus (I Co 1.9; I Jo 1.6,7). 3) BÍBLIA, O MANUAL PARA NOSSA ESPERANÇA DA VIDA FUTURA - A verdadeira motivação vem também das Escrituras, Hb 6.18,19; At 28.20; Cl 1.5,6,23,27; Ap 22.12 - Usemos este bendito manual como peregrinos do Senhor, até chegarmos ao desejado porto celestial. 4) BÍBLIA, O MANUAL DO CRISTÃO NO LAR - Deus tem cuidados especiais com a família. As grandes provi-dências salvadoras de Deus sem-pre incluem a família, Gn 7.1; At 16.30-31 Powerpoint Templates Page 5
  • 6. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 3. A instrução das Escrituras. 5) BÍBLIA, O MANUAL DAS CRIANÇAS – Sl 127:3; Pv 22:6; Mt 19:14-15 6) BÍBLIA, O MANUAL DOS FILHOS • A Bíblia está cheia de conselhos e exortações aos filhos, visando a sua felicidade e o prolongamento de seus dias aqui na terra: Êx 20.12; Lv 19.3,32; Dt5.16; Ef6.1-3; Cl 3.20; I Tm 3.4; Lc 18.20; Mt 15.4; Mc 10.19; Pv 1.8,9; • os filhos também são exortados a buscarem ao Senhor, louvando- O e obedecendo os Seus mandamentos, Sl 148.12,13; Pv 3.1-3; 6.20-25. 7) BÍBLIA, O MANUAL DOS JOVENS • Cada jovem cristão deve reconhe-cer que a Bíblia é um livro para a juventude - I Jo 2.14 • Ela está repleta de vidas jovens, fonte de inspiração para a mocidade de todos os tempos. • A Bíblia apresenta advertências, exortações, conselhos, mandamentos e mensagens diretamente aos jovens: Tt 2.6; I Tm 4.12; Pv 4.23; Lc 15.11-23; Ec 12.1; Pv 10.1; I Jo 2.13-17; Pv 31.1-3. Powerpoint Templates Page 6
  • 7. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 3. A instrução das Escrituras. 8) BÍBLIA, O MANUAL DOS ESPOSOS • A Bíblia defende o casamen-to. O primeiro, foi efetuado pessoalmente pelo Pai (Gn 2.24; Mt 19.4,5). • O primeiro milagre, Je-sus o efetuou em uma festa de ca-samento (Jo 2.11). • Eis algumas palavras da Escri-tura para os maridos cristãos: Ef 5.28; Ec 9.9; Cl 3.19; I Pe 3.7; I Tm 5.8; I Co 11.3. 9) BÍBLIA, O MANUAL DAS ESPOSAS - A seriedade com que a Bíblia expõe o matrimônio chega ao ponto de ilustrá-lo como um retrato do rela-cionamento de Cristo com a Igreja. Eis aí alguns textos que Deus oferece às esposas: Ef 5.22,31; Pv 31.10-30; Gn 2.18,20; Sl 128.3; Pv 19.14; I Co 14.34,35; Cl 3.18; Tt 2.5; I Pe 3.1,6; Gn 18.6; Pv 14.1. 10) BÍBLIA, O MANUAL DAS MULHERES NOVAS - As senhoras recém-casadas também são favorecidas com mensagens específicas da Bíblia (Tt 2.4,5) - Elas devem estar prepara-das em humildade para aprender; devem ser prudentes, castas e moderadas. Isto envolve o cuidado no falar, o espírito simples e a dedicação ao lar. Powerpoint Templates Page 7
  • 8. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 3. A instrução das Escrituras. 11) BÍBLIA, O MANUAL DAS MULHERES IDOSAS A Bíblia põe uma grande responsabilidade nos ombros das senhoras idosas (Tt 2.3,4) - Muitas recém-casadas têm destruído o seu lar por causa de conselhos ímpios e levianos de senhoras mais idosas. Mas também é verdade que muitas senhoras, como verdadei-ras santas de Deus, têm sido amigas, conselheiras e ajudadoras, evitando, com suas experiências, gra-ves problemas na casa de Deus! 12) BÍBLIA, O MANUAL DAS VIÚVAS - Deus é amigo das viúvas. As igrejas devem cuidar “das que são verdadeiramente viúvas”- I Tm 5.3-13; Dt 10.18; Sl 68.5; 146.9; Pv 15.25; Jr 49.11; At 6.1-7; Tg 1.27; I Tm 5.3. 13) BÍBLIA, O MANUAL DO OBREIRO - Não se admite um verdadeiro obreiro sem que a Bíblia Sagrada seja uma prioridade em sua vida (Js 1.7,8). Ele deve ler a Bíblia diariamente, fazendo dela “o pão nosso de cada dia”; deve pesquisá-la mais que todos os compêndios seculares. Ela é a fonte principal de seu conhecimento e a base de suas mensagens. Os conselhos, a doutrina, as exortações e o ensino do Obreiro devem todos fundamentar-se na Palavra. Ele deve aceitá-la integralmente. Ele deve crer com perseverança no que ela afirma - Tt 2.1; II Tm 4.2. Powerpoint Templates Page 8
  • 9. I – OBEDECENDO A PALAVRA DE DEUS 3. A instrução das Escrituras. 14) BÍBLIA, O MANUAL DA IGREJA - Enquanto a Igreja estiver neste mundo, há de depender da Bíblia Sagrada, porque: • Ela é a base de nosso conhecimento, I Jo 2.2; I Jo 5.13. • Ela é a base de nossa iluminação, Sl 119.105. • Ela é a base do nosso consolo, I Ts 4.18. • Ela é a base de nossa vitalidade, Mt 4.4. • Ela é a base de nossa boa conduta, II Tm 3.16. • Ela é a base de nossa santificação, Sl 119.9. • Ela é a base de nossa sabedoria, I Co 1.18-24; Sl 19.7. • Ela é a base de nosso conforto, Rm 15.4. • Ela é a base de nossa vitória, Ef 6.17. Powerpoint Templates Page 9
  • 10. II – UM POVO SEPARADO 1. A união reprovada por Deus. “e que não daríamos as nossas filhas aos povos da terra, nem tomaríamos as filhas deles para os nossos filhos“ (Ne 10:30). Por que Deus proibiu o casamento entre Israel e outras nações? O casamento misto pode produzir conflitos conjugais, desmoronamento do lar, bem como uma educação deficiente dos filhos (Ne 13:23-29). Powerpoint Templates Page 10
  • 11. II – UM POVO SEPARADO 2. A dolorosa separação. Os casamentos mistos foram tão sérios em Israel que até filhos de sacerdotes se casaram com mulheres estrangeiras (Ed 10:18; cf Ne 13:28). Isto quase atingiu fatalmente o coração da religião judaica. Um dos filhos de Joiada, filho do sumo sacerdote Eliasibe, casou-se com uma filha de Sambalate, o grande inimigo dos judeus, sendo expulso do Templo (13:28).. Powerpoint Templates Page 11
  • 12. II – UM POVO SEPARADO 3. O jugo desigual. O apóstolo Paulo admoesta: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” (2Co 6:14). Powerpoint Templates Page 12
  • 13. III – O CUIDADO COM O TEMPLO DO SENHOR 2. O dia de adoração. Por que não guardamos o sábado? O Shãbath, tem em sua raiz o significado de cessação de atividade. Segundo o Dicionário VINE, “a idéia não é de relaxamento ou repouso, mas cessação de atividade“. A conotação com o descanso físico vem pelo fato de que a suspensão dos trabalhos proporciona descanso, e porque Deus destinou o sétimo dia não só para repouso e memorial do término de sua criação, mas como dia de culto, adoração e comunhão com Ele (Êx 16.27; 31.12-17). Powerpoint Templates Page 13
  • 14. III – O CUIDADO COM O TEMPLO DO SENHOR 3. A manutenção da Casa do Senhor. Como podemos contribuir com a manutenção da Casa do Senhor? Além dos dízimos, a oferta de um terço de um siclo, oferta de lenha e oferta de primícias foram consideradas como necessárias para que o culto pudesse transcorrer dentro dos preceitos divinos. Powerpoint Templates Page 14
  • 15. Conclusão Que “Concerto fiel” a igreja evangélica deveria assumir com Deus hoje? O conhecimento da Palavra deve nos levar a um compromisso de Concerto com Deus e a uma reforma espiritual. Esta reforma espiritual pode ser liderada por poucos, mas deve ter a participação de todos. Os nossos compromissos com Deus não devem ser apenas gerais, mas também, e, sobretudo, em áreas específicas como santificação, casamento, dia do Senhor, contribuição e adoração. Powerpoint Templates Page 15
  • 16. Correção do questionário 1. Após a restauração dos muros de Jerusalém, o que os judeus experimentaram? R. Experimentaram um genuíno e profundo avivamento. 2. Segundo a lição, o que é liderança? R. Caráter e exemplo. 3. Após retirar Israel do Egito, qual a ordenança de Deus para o povo? R. Que não se misturassem com outros povos. 4. Por que os israelitas se comprometeram a ofertar volumtariamente para a manutenção Templo? R. Porque eles o amavam e era o lugar de adoração ao Senhor. 5. O que acontece quando o povo de Deus se compromete com os negócios do reino divino? R. A igreja desdobra-se em adoração e serviços, para que o evangelho chegue até os confins da terra. Powerpoint Templates Page 16
  • 17. Referências LOURENÇO, Luciano de Paula. O compromisso com a Palavra de Deus. http://luloure.blogspot.com/2011/11/aula-08-o-compromisso-com-palavra- de.html BARBOSA, Francisco A. O compromisso com a Palavra de Deus. http://auxilioebd.blogspot.com/2011/11/4-trimestre-2011-licao-8-o- compromisso.html FILHO, Geraldo Carnero. Neemias lidera um genuíno avivamento. http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/2011/11/4-trimestre-de- 2011-licao-n-08-201111-o.html Powerpoint Templates Page 17