SlideShare uma empresa Scribd logo
DURKHEIM
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
Profª Flávia M. Motta
FAED/UDESC
Émile Durkheim foi um dos
fundadores da Sociologia
Ao longo de intenso trabalho
intelectual, Durkheim esforcou-se dȩ
modo notavel para construir á
especificidade sociologica é
esclarecer os fundamentos sociais da
educacao.̧ ̃
Sua biografia indica um duplo percurso: de
educador e de sociologo.́
*Aula baseada no texto de Fernando Correia Dias. DURKHEIM E A
SOCIOLOGIA DÁ EDUCACÃO NO BRASIL(Em Aberto. Brasília, ano 9. n.̧
46. abr. jun. 1990).
http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/viewFile/726/649
Aspas e número das páginas de que foram retiradas frases e parágrafos
foram evitadas para não sobrecarregar a apresentação, mesmo porque
algumas passagens foram cortadas e/ou refraseadas. Para citar, recorrer ao
texto original de Fernando Correia Dias
Preparou-se, desde muito jovem, para o magisterio.́
Orientando-se para a Filosofia, cursou a Escola Normal Superior de
Paris
Entre 1887 e 1902, leciona Pedagogia e Ciencia Social na Faculdade dê
Letras de Bordeus, epoca em que dedica consideravel parte do tempo eḿ ́ ́
formar mestres primarios. Admitido como professor da Sorbonne, comecoú ̧
pela Ciencia da Educacao; so mais tarde a disciplina que lecionava ganhoû ̧ ̃ ́
o status tambem de ensino sociologico.́ ́
Ocupou-se, do aspecto institucional, isto e, da boa organizacao do sistemá ̧ ̃
nacional de ensino na Franca.̧
A atividade pedagogica e reflexao no plano da teoria se conjugavam ná ̃
pessoa do sociologo.́

Recomendado para você

Educação e Sociedade
Educação e SociedadeEducação e Sociedade
Educação e Sociedade

O documento discute três perspectivas sobre o papel da educação na sociedade: 1) a educação como redenção da sociedade, 2) a educação como reprodução da sociedade, e 3) a educação como transformação da sociedade. Ele também fornece detalhes sobre a teoria marxista da infraestrutura e superestrutura na sociedade, com a escola desempenhando um papel na superestrutura para otimizar o sistema produtivo e assegurar a reprodução da força de trabalho.

TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR

Este documento discute as principais tendências pedagógicas usadas na educação brasileira, divididas em tendências liberais e progressistas. As tendências liberais incluem a tradicional, renovadora progressista, renovadora não diretiva e tecnicista. As tendências progressistas incluem a libertadora, libertária e crítico-social dos conteúdos.

Educação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e TrabalhoEducação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e Trabalho

O documento discute como a educação está ligada à sociedade e ao trabalho. A educação forma os indivíduos para desempenharem seus papéis na produção capitalista e aceitarem as regras da sociedade. Há uma luta pela hegemonia entre a burguesia, que usa a escola para passar seus valores, e o proletariado, que busca a formação de consciências a favor da transformação social.

controle trabalhoeducação
O interesse que mantinha pela situacao educacional do pais derivava dȩ ̃ ́
diferentes fontes, relacionadas estas quer com sua formacao intelectual,̧ ̃
quer com as conjunturas politicas em que viveu:́
o conhecimento historico, que dominava,́
tanto da vida social francesa, como das
ideias pedagogicas;́ ́
uma atitude critica e, simultaneamente,́
aberta face a sociedade urbano-industrial̀
nascente;
do desejo de construir uma etica secular,́
fundada na razao e distante de qualquer̃
legado religioso tradicional
a identificacao civica com a Franca̧ ̃ ́ ̧
republicana
OBRA
Embora tenha se dedicado, com a mesma
intensidade, a Educacao e a Sociologia, o certò ̧ ̃ ̀
e que os livros fundamentais de teoria, pesquisá
pioneira e metodologia obscurecem o restante da
producao intelectual durkheimiana, inclusive na̧ ̃
area educacional:́
De Ia division du travail social (1893);
Les regles de Ia methode sociologique (1895);̀ ́
Le suicide (1897)
Les formes elementaires de Ia vie religieusé
(1912).
“ Educacao e sociologia"̧ ̃
Nem sempre a contribuição de Durkheim
à Sociologia da Educação é lembrada
pelos historiadores. No entanto é preciso
destacar sua enorme contribuição deixada
nos escritos publicados por ele, como nos
cursos ministrado e publicados após sua
morte por seus seguidores. Chama-se
especialmente a atencao para o prisma̧ ̃
sociologico adotado nesses estudos, é
consistente no entendimento da
Educacao como fenomeno social, a̧ ̃ ̂
ser examinado pelo processo
positivo.”
Com um "pequeno e excelente livro"
(Educacao e sociologia) firma-se um̧ ̃
ponto de partida para a disciplina.
Fernando de Azevedo, o principal discipuló
brasileiro do sociologo frances, saudando ó ̂
aparecimento (tardio)da Sociologia da
Educacao entre nós.̧ ̃

Recomendado para você

Educação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptxEducação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptx

O documento apresenta um plano de aula para a Educação de Jovens e Adultos que tem como objetivo comparar preços de itens de uma cesta básica em diferentes supermercados utilizando tabelas e cálculos. O plano propõe atividades como pesquisar preços de mercado, preencher tabelas comparativas, calcular o total gasto em cada estabelecimento e refletir sobre estratégias de cálculo.

Aula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educaçãoAula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educação

Discussão sobre o papel da sociologia da educação para compreensão da atual realidade educativa. Aula ministrada em cursos de licenciatura da UFRN.

ufrnfundamentos sócio-filosóficos da educaçãosociología
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira

- O documento discute a legislação educacional brasileira desde a primeira constituição de 1824 até a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996. Aborda temas como a educação básica, modalidades de ensino, educação especial e formação de professores.

Os sistemas educacionais sao criados pelã
sociedade, nao abstratamente, mas por̃
sociedades concretas, historicamente
determinadas. Constitui-se o homem e constitui-
se o cidadao. Este ultimo e moldado pelas̃ ́ ́
expectativas dos diversos meios (representados
por diferentes grupos sociais) em que se divide
determinado povo.
"A educacao e a acao exercida, pelas geracoeş ̃ ́ ̧ ̃ ̧ ̃
adultas, sobre as geracoes que nao se encontram̧ ̃ ̃
ainda preparadas para a vida social; tem por
objeto suscitar e desenvolver, na crianca, certo̧
numero de estados fisicos, intelectuais e morais,́ ́
reclamados pela sociedade politica, no seú
conjunto, e pelo meio especial a que a crianca,̧
particularmente, se destina" (Durkheim, 1978, p.
41).
a crítica
Durkheim, entretanto, nos apresenta o processo
educativo como regulamentacao social estatica em cada̧ ̃ ́
momento de equilibrio da evolucao social, isto e, em cadá ̧ ̃ ́
vigencia do sistema educacional definido pela sociedadê
atraves da escolha dos fins. Ha pouca possibilidade dé ́
mobilidade social: as pessoas sao preparadas para viver,̃
de modo conformista, no meio social a que se destinam,
nunca para deslocar-se a outro meio. Nao se visualiza,̃
um processo dialogico, mas apenas o rito de inculcaŕ
sobre as criancas os conteudos da mentalidade adulta.̧ ́
Durkheim e a educacao no Brasiļ ̃
Foi pela via do ensino da Pedagogia e pela maõ
ou pela fala dos educadores que a Sociologia
veio a ter status universitario, tendo esse ensinó
sido institucionalizado, no fim da decada de 20 é
inicio da de 30, nos cursos normais, em Recife, nó
Rio de Janeiro e em Sao Paulõ

Recomendado para você

"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"

1. O documento discute as principais tendências pedagógicas desenvolvidas por teóricos ao longo da história. 2. As tendências foram concebidas com base no contexto histórico e social da época e visavam orientar o trabalho docente de acordo com as necessidades de ensino observadas. 3. As tendências pedagógicas são divididas em liberais, que se declaravam neutras em relação às transformações sociais, e progressistas, que partiam de uma análise crítica da realidade social.

A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática MagnaA Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna

A COSMOVISAO TEÍSTA COMO FUNDAMENTO ORIGINAL DA MODERNA PEDAGOGIA de Marco Antônio Baumgratz Ribeiro

Teorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLARTeorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLAR

O currículo há muito deixou de ser uma área meramente técnica, voltada para questões relativas a procedimentos, técnicas e métodos” (Moreira e Silva, 2005) A pergunta sobre o como organizar o conhecimento escolar ainda é relevante, porém mais importante ainda é saber o seu por quê. (Moreira e Silva, 2005) O currículo nasce de duas perguntas: O que deve ser ensinado? O que os alunos devem se tornar? A escola como instituição pública nasce das Revoluções Industrial e francesa; A nova ordem industrial precisava de um novo tipo de homem, equipado com aptidões que nem a família nem a igreja eram capazes de faltar; Universalização da escola; Finalidade: transformar o homem feudal num indivíduo liberal; Para Alvin Toffler, no novo mundo: era preciso que os indivíduos se adaptassem a um “trabalho repetitivo, portas adentro, a um mundo de fumo, barulho, máquinas, vida em ambientes super-povoados e disciplina coletiva, a um mundo em que o tempo, em vez de regulado pelo ciclo sol-lua, fosse regido pelo apito da fábrica e pelo relógio.” (In Choque do Futuro).

teorias curriculos
Influência de Durkheim no
pensamento brasileiro
Fernando de Azevedo (educador e sociólogo). Em 1940
publicou “Sociologia Educacional”.
Seguindo a proposição durkheimiana, considera a
educacao como um dos campos de investigacao sociologica,̧ ̃ ̧ ̃ ́
armada de um sistema de conceitos, procurando definir o
processo educacional no que tem de socializacao, para, em̧ ̃
seguida, estuda-lo em conexao com as instituicoes sociais,́ ̃ ̧ ̃
tanto genericas como a familia e o Estado, quantó ́
especificas, como a escola.́
Fernando Azevedo teve marcante atuação na
implantação da Universidade (USP) e criação da Escola
Nova. Foi o principal personagem na publicação do
Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, de 1932.
Nos anos subsequentes, multiplicaram-se as̈
pesquisas na area da Sociologia da Educacao.́ ̧ ̃
“(…)Durkheim continua vivo na escola brasileira,
quer diretamente, pelos seus textos, quer
indiretamente, pelos trabalhos de seus
seguidores e interpretes.” (DIAS,1990: 42)́

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
appfoz
 
Paulo Freire
Paulo FreirePaulo Freire
Paulo Freire
KarenCaldeira4
 
Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Educação e Sociedade
Educação e SociedadeEducação e Sociedade
Educação e Sociedade
liclau
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
Andrea Maria de Jesus
 
Educação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e TrabalhoEducação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e Trabalho
lucavao2010
 
Educação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptxEducação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptx
Glacemi Loch
 
Aula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educaçãoAula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educação
Andreia Regina Moura Mendes
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
Edneide Lima
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
Cléo Lima
 
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática MagnaA Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
Márcio Melânia
 
Teorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLARTeorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLAR
Andrea Lima
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
humberto145
 
Evolução histórica educação brasileira...
Evolução histórica educação brasileira...Evolução histórica educação brasileira...
Evolução histórica educação brasileira...
Edneide Lima
 
Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1
Daniel Rodrigues de Lima
 
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVAGESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
Pedagogo Santos
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
Victor Said
 
Quadro das concepcoess_pedagogicas
Quadro das concepcoess_pedagogicasQuadro das concepcoess_pedagogicas
Quadro das concepcoess_pedagogicas
Liliane Barros
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
Linda-maria12
 
Slaids fundamentos filosoficos da educação
Slaids fundamentos filosoficos da educaçãoSlaids fundamentos filosoficos da educação
Slaids fundamentos filosoficos da educação
Fátima Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Paulo Freire
Paulo FreirePaulo Freire
Paulo Freire
 
Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Slide de didática
 
Educação e Sociedade
Educação e SociedadeEducação e Sociedade
Educação e Sociedade
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
 
Educação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e TrabalhoEducação, Sociedade e Trabalho
Educação, Sociedade e Trabalho
 
Educação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptxEducação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptx
 
Aula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educaçãoAula Sociologia da educação
Aula Sociologia da educação
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
 
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática MagnaA Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
A Pedagogia de Comenius - O lugar da fé na Didática Magna
 
Teorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLARTeorias curriculo ESCOLAR
Teorias curriculo ESCOLAR
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
 
Evolução histórica educação brasileira...
Evolução histórica educação brasileira...Evolução histórica educação brasileira...
Evolução histórica educação brasileira...
 
Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1
 
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVAGESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
GESTÃO ESOLAR DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
 
Quadro das concepcoess_pedagogicas
Quadro das concepcoess_pedagogicasQuadro das concepcoess_pedagogicas
Quadro das concepcoess_pedagogicas
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
Slaids fundamentos filosoficos da educação
Slaids fundamentos filosoficos da educaçãoSlaids fundamentos filosoficos da educação
Slaids fundamentos filosoficos da educação
 

Destaque

A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
guestdc18d25
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
Victor Said
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
Portal do Vestibulando
 
Marx conceitos continuação rev
Marx conceitos continuação revMarx conceitos continuação rev
Marx conceitos continuação rev
Flávia De Mattos Motta
 
Durkheim: a educação como fato social!
Durkheim: a educação como fato social!Durkheim: a educação como fato social!
Durkheim: a educação como fato social!
Marcelo Saturnino da Silva
 
Émile Durkheim
Émile DurkheimÉmile Durkheim
Émile Durkheim
91016131373
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
Eletroaldo
 
Sociologia Marx
Sociologia Marx Sociologia Marx
Sociologia Marx
Flávia De Mattos Motta
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
Over Lane
 
Aula durkheim
Aula durkheimAula durkheim
Aula durkheim
roberto mosca junior
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
Fatima Freitas
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
Flávia De Mattos Motta
 
Sociologia metodo sistemico
Sociologia metodo sistemicoSociologia metodo sistemico
Sociologia metodo sistemico
Flávia De Mattos Motta
 
Entrevista sociologia
Entrevista sociologiaEntrevista sociologia
Entrevista sociologia
Flávia De Mattos Motta
 
Aula Émile Durkheim
Aula Émile DurkheimAula Émile Durkheim
Aula Émile Durkheim
Fernanda Campos Junqueira
 
Antropologia: O trabalho de campo etnográfico
Antropologia: O trabalho de campo etnográficoAntropologia: O trabalho de campo etnográfico
Antropologia: O trabalho de campo etnográfico
Flávia De Mattos Motta
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
Marcela Marangon Ribeiro
 
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
Flávia De Mattos Motta
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
Alison Nunes
 
Max Weber
Max WeberMax Weber
Max Weber
guest1ce0422
 

Destaque (20)

A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
 
Marx conceitos continuação rev
Marx conceitos continuação revMarx conceitos continuação rev
Marx conceitos continuação rev
 
Durkheim: a educação como fato social!
Durkheim: a educação como fato social!Durkheim: a educação como fato social!
Durkheim: a educação como fato social!
 
Émile Durkheim
Émile DurkheimÉmile Durkheim
Émile Durkheim
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Sociologia Marx
Sociologia Marx Sociologia Marx
Sociologia Marx
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
Aula durkheim
Aula durkheimAula durkheim
Aula durkheim
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
 
Sociologia metodo sistemico
Sociologia metodo sistemicoSociologia metodo sistemico
Sociologia metodo sistemico
 
Entrevista sociologia
Entrevista sociologiaEntrevista sociologia
Entrevista sociologia
 
Aula Émile Durkheim
Aula Émile DurkheimAula Émile Durkheim
Aula Émile Durkheim
 
Antropologia: O trabalho de campo etnográfico
Antropologia: O trabalho de campo etnográficoAntropologia: O trabalho de campo etnográfico
Antropologia: O trabalho de campo etnográfico
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
 
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
Sociologia da Educação - Max Weber Sociologia compreensiva, Desencantamento e...
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
Max Weber
Max WeberMax Weber
Max Weber
 

Semelhante a Durkheim sociologia da educação

Durkheim e a sociologia da educação no brasil
Durkheim e a sociologia da educação no brasilDurkheim e a sociologia da educação no brasil
Durkheim e a sociologia da educação no brasil
Nataly Souza
 
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdfAula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
jonathanmartins084
 
Compreensao soc da ed text2
Compreensao soc da ed text2Compreensao soc da ed text2
Compreensao soc da ed text2
Ana Deisi
 
Apostila políticas básicas da educação habilitação senador pompeu - pdf
Apostila políticas básicas da educação   habilitação senador pompeu - pdfApostila políticas básicas da educação   habilitação senador pompeu - pdf
Apostila políticas básicas da educação habilitação senador pompeu - pdf
Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
34992931 emilio-rousseau
34992931 emilio-rousseau34992931 emilio-rousseau
34992931 emilio-rousseau
Patty C Batista
 
Educacao ed1
Educacao ed1Educacao ed1
Educacao ed1
Gleide Alcântara
 
Vladimir leni madeira cavalheiro
Vladimir leni madeira cavalheiroVladimir leni madeira cavalheiro
Vladimir leni madeira cavalheiro
Priscila Aristimunha
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
Silvana Mara
 
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdfFERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
anacarolinad105
 
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
Julhinha Camara
 
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptxAPRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
isabellysantospessan
 
Paulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantesPaulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantes
Ana Jorge
 
Ainda Paulo Freire
Ainda Paulo FreireAinda Paulo Freire
Ainda Paulo Freire
revistas - UEPG
 
Fundamentos sociologicos da educação
Fundamentos sociologicos da educaçãoFundamentos sociologicos da educação
Fundamentos sociologicos da educação
celiferreira
 
Paulo Freire, um olhar além do tempo...
Paulo Freire, um olhar além do tempo...Paulo Freire, um olhar além do tempo...
Paulo Freire, um olhar além do tempo...
Gilvana Santos Sena
 
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdfFUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
LuizCarlosPereiraSan1
 
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptxSOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
MariadoSocorroGomesS2
 
Revista em aberto
Revista em abertoRevista em aberto
Revista em aberto
Beatriz EAloísio
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
Phrancisco Domiciano
 
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
GluciaGarciaDaSilva
 

Semelhante a Durkheim sociologia da educação (20)

Durkheim e a sociologia da educação no brasil
Durkheim e a sociologia da educação no brasilDurkheim e a sociologia da educação no brasil
Durkheim e a sociologia da educação no brasil
 
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdfAula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
Aula 2 4a FEUSP A instituição escolar.pdf
 
Compreensao soc da ed text2
Compreensao soc da ed text2Compreensao soc da ed text2
Compreensao soc da ed text2
 
Apostila políticas básicas da educação habilitação senador pompeu - pdf
Apostila políticas básicas da educação   habilitação senador pompeu - pdfApostila políticas básicas da educação   habilitação senador pompeu - pdf
Apostila políticas básicas da educação habilitação senador pompeu - pdf
 
34992931 emilio-rousseau
34992931 emilio-rousseau34992931 emilio-rousseau
34992931 emilio-rousseau
 
Educacao ed1
Educacao ed1Educacao ed1
Educacao ed1
 
Vladimir leni madeira cavalheiro
Vladimir leni madeira cavalheiroVladimir leni madeira cavalheiro
Vladimir leni madeira cavalheiro
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdfFERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
FERNANDO AZEVEDO. AD1 DE DIDÁDICA (1).pdf
 
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
INTRODUZINDO A QUESTÃO DO PLANEJAMENTO: GLOBALIZAÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE E...
 
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptxAPRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
APRESENT. CURSO DE PEDAGOGIA - PAULO FREIRE.pptx
 
Paulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantesPaulo freire para iniciantes
Paulo freire para iniciantes
 
Ainda Paulo Freire
Ainda Paulo FreireAinda Paulo Freire
Ainda Paulo Freire
 
Fundamentos sociologicos da educação
Fundamentos sociologicos da educaçãoFundamentos sociologicos da educação
Fundamentos sociologicos da educação
 
Paulo Freire, um olhar além do tempo...
Paulo Freire, um olhar além do tempo...Paulo Freire, um olhar além do tempo...
Paulo Freire, um olhar além do tempo...
 
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdfFUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
FUNDAMENTOS-DA-EDUCAÇÃO_ASPECTOS-HISTÓRICOS-E-SOCIOLÓGICOS.pdf
 
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptxSOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCILOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
 
Revista em aberto
Revista em abertoRevista em aberto
Revista em aberto
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
 
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 

Durkheim sociologia da educação

  • 1. DURKHEIM SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Profª Flávia M. Motta FAED/UDESC
  • 2. Émile Durkheim foi um dos fundadores da Sociologia
  • 3. Ao longo de intenso trabalho intelectual, Durkheim esforcou-se dȩ modo notavel para construir á especificidade sociologica é esclarecer os fundamentos sociais da educacao.̧ ̃ Sua biografia indica um duplo percurso: de educador e de sociologo.́ *Aula baseada no texto de Fernando Correia Dias. DURKHEIM E A SOCIOLOGIA DÁ EDUCACÃO NO BRASIL(Em Aberto. Brasília, ano 9. n.̧ 46. abr. jun. 1990). http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/viewFile/726/649 Aspas e número das páginas de que foram retiradas frases e parágrafos foram evitadas para não sobrecarregar a apresentação, mesmo porque algumas passagens foram cortadas e/ou refraseadas. Para citar, recorrer ao texto original de Fernando Correia Dias
  • 4. Preparou-se, desde muito jovem, para o magisterio.́ Orientando-se para a Filosofia, cursou a Escola Normal Superior de Paris Entre 1887 e 1902, leciona Pedagogia e Ciencia Social na Faculdade dê Letras de Bordeus, epoca em que dedica consideravel parte do tempo eḿ ́ ́ formar mestres primarios. Admitido como professor da Sorbonne, comecoú ̧ pela Ciencia da Educacao; so mais tarde a disciplina que lecionava ganhoû ̧ ̃ ́ o status tambem de ensino sociologico.́ ́ Ocupou-se, do aspecto institucional, isto e, da boa organizacao do sistemá ̧ ̃ nacional de ensino na Franca.̧ A atividade pedagogica e reflexao no plano da teoria se conjugavam ná ̃ pessoa do sociologo.́
  • 5. O interesse que mantinha pela situacao educacional do pais derivava dȩ ̃ ́ diferentes fontes, relacionadas estas quer com sua formacao intelectual,̧ ̃ quer com as conjunturas politicas em que viveu:́ o conhecimento historico, que dominava,́ tanto da vida social francesa, como das ideias pedagogicas;́ ́ uma atitude critica e, simultaneamente,́ aberta face a sociedade urbano-industrial̀ nascente; do desejo de construir uma etica secular,́ fundada na razao e distante de qualquer̃ legado religioso tradicional a identificacao civica com a Franca̧ ̃ ́ ̧ republicana
  • 6. OBRA Embora tenha se dedicado, com a mesma intensidade, a Educacao e a Sociologia, o certò ̧ ̃ ̀ e que os livros fundamentais de teoria, pesquisá pioneira e metodologia obscurecem o restante da producao intelectual durkheimiana, inclusive na̧ ̃ area educacional:́ De Ia division du travail social (1893); Les regles de Ia methode sociologique (1895);̀ ́ Le suicide (1897) Les formes elementaires de Ia vie religieusé (1912).
  • 7. “ Educacao e sociologia"̧ ̃ Nem sempre a contribuição de Durkheim à Sociologia da Educação é lembrada pelos historiadores. No entanto é preciso destacar sua enorme contribuição deixada nos escritos publicados por ele, como nos cursos ministrado e publicados após sua morte por seus seguidores. Chama-se especialmente a atencao para o prisma̧ ̃ sociologico adotado nesses estudos, é consistente no entendimento da Educacao como fenomeno social, a̧ ̃ ̂ ser examinado pelo processo positivo.”
  • 8. Com um "pequeno e excelente livro" (Educacao e sociologia) firma-se um̧ ̃ ponto de partida para a disciplina. Fernando de Azevedo, o principal discipuló brasileiro do sociologo frances, saudando ó ̂ aparecimento (tardio)da Sociologia da Educacao entre nós.̧ ̃
  • 9. Os sistemas educacionais sao criados pelã sociedade, nao abstratamente, mas por̃ sociedades concretas, historicamente determinadas. Constitui-se o homem e constitui- se o cidadao. Este ultimo e moldado pelas̃ ́ ́ expectativas dos diversos meios (representados por diferentes grupos sociais) em que se divide determinado povo.
  • 10. "A educacao e a acao exercida, pelas geracoeş ̃ ́ ̧ ̃ ̧ ̃ adultas, sobre as geracoes que nao se encontram̧ ̃ ̃ ainda preparadas para a vida social; tem por objeto suscitar e desenvolver, na crianca, certo̧ numero de estados fisicos, intelectuais e morais,́ ́ reclamados pela sociedade politica, no seú conjunto, e pelo meio especial a que a crianca,̧ particularmente, se destina" (Durkheim, 1978, p. 41).
  • 11. a crítica Durkheim, entretanto, nos apresenta o processo educativo como regulamentacao social estatica em cada̧ ̃ ́ momento de equilibrio da evolucao social, isto e, em cadá ̧ ̃ ́ vigencia do sistema educacional definido pela sociedadê atraves da escolha dos fins. Ha pouca possibilidade dé ́ mobilidade social: as pessoas sao preparadas para viver,̃ de modo conformista, no meio social a que se destinam, nunca para deslocar-se a outro meio. Nao se visualiza,̃ um processo dialogico, mas apenas o rito de inculcaŕ sobre as criancas os conteudos da mentalidade adulta.̧ ́
  • 12. Durkheim e a educacao no Brasiļ ̃ Foi pela via do ensino da Pedagogia e pela maõ ou pela fala dos educadores que a Sociologia veio a ter status universitario, tendo esse ensinó sido institucionalizado, no fim da decada de 20 é inicio da de 30, nos cursos normais, em Recife, nó Rio de Janeiro e em Sao Paulõ
  • 13. Influência de Durkheim no pensamento brasileiro Fernando de Azevedo (educador e sociólogo). Em 1940 publicou “Sociologia Educacional”. Seguindo a proposição durkheimiana, considera a educacao como um dos campos de investigacao sociologica,̧ ̃ ̧ ̃ ́ armada de um sistema de conceitos, procurando definir o processo educacional no que tem de socializacao, para, em̧ ̃ seguida, estuda-lo em conexao com as instituicoes sociais,́ ̃ ̧ ̃ tanto genericas como a familia e o Estado, quantó ́ especificas, como a escola.́ Fernando Azevedo teve marcante atuação na implantação da Universidade (USP) e criação da Escola Nova. Foi o principal personagem na publicação do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, de 1932.
  • 14. Nos anos subsequentes, multiplicaram-se as̈ pesquisas na area da Sociologia da Educacao.́ ̧ ̃ “(…)Durkheim continua vivo na escola brasileira, quer diretamente, pelos seus textos, quer indiretamente, pelos trabalhos de seus seguidores e interpretes.” (DIAS,1990: 42)́