SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
(99) 98525-8486
(99) 98525-8486
Olá, estudante! Somos a Prime Educacional e iremos te ajudar
nessa atividade!
ATIVIDADE 1 - BIO - HEMATOLOGIA CLÍNICA - 51/2024
Instruções iniciais para responder à Atividade de Estudo 1
1- Utilize o modelo de resposta padrão para realizar esta AE1. Ele se encontra em
"Material da Disciplina". Siga todas as instruções constantes neste modelo.
“[...] O sangue é um tipo de tecido conjuntivo, fluído, constituído por diferentes células
que são suspensas em uma matriz extracelular denominada de plasma. O tecido
sanguíneo circula todo organismo por um sistema fechado, e tem como função o
transporte de nutrientes, oxigênio e gás carbônico, além de intermediar as funções de
defesa imunológica, bem como intermediar o processo de coagulação [...]” (Antunes et
al., 2020, p. 16).
Fonte: ANTUNES, S. R. et al. Hematologia clínica. Porto Alegre: Grupo A, 2020.
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos elementos
celulares nos esfregaços sanguíneos é de extrema importância para a triagem e
diagnóstico do paciente. As alterações observadas na análise microscópica devem ser
confrontadas com os resultados emitidos através da automação ou análise manual do
sangue e, posteriormente, reportadas no laudo do hemograma. Assim, é essencial o
conhecimento relacionado às características morfológicas voltadas para eritrócitos,
leucócitos e plaquetas.
Com relação às características morfológicas das células
sanguíneas, IDENTIFIQUE e DESCREVA os achados laboratóriais observados
no esfregaço e enumerados em cada imagem:
Fonte: a a

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos elementos celulares nos esfregaços sanguíneos é de extrema importância para.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdf
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdfINTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdf
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdfMarcosVinicius616575
 
Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Gisele A. Barbosa
 
Plano de aula_07_maria_tereza
Plano de aula_07_maria_terezaPlano de aula_07_maria_tereza
Plano de aula_07_maria_terezafamiliaestagio
 
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonais
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonaisAplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonais
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonaisAdriano Souza
 
Celulas estaminais sozinho
Celulas estaminais sozinhoCelulas estaminais sozinho
Celulas estaminais sozinhoAndre Silva
 
Exercicio de anatomia
Exercicio de anatomiaExercicio de anatomia
Exercicio de anatomiafoconavida
 
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdfGabrielaMarmori
 
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de célulasCartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de célulasHugo Cabrera
 
Capítulo 1 o organismo humano
Capítulo 1   o organismo humanoCapítulo 1   o organismo humano
Capítulo 1 o organismo humanoLigia Maria Moura
 

Semelhante a Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos elementos celulares nos esfregaços sanguíneos é de extrema importância para. (14)

Apostiladefisiologiahumana
Apostiladefisiologiahumana Apostiladefisiologiahumana
Apostiladefisiologiahumana
 
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdf
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdfINTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdf
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO.pdf
 
Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014Diferenciação celular e histologia 2014
Diferenciação celular e histologia 2014
 
Plano de aula_07_maria_tereza
Plano de aula_07_maria_terezaPlano de aula_07_maria_tereza
Plano de aula_07_maria_tereza
 
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonais
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonaisAplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonais
Aplicacoes terapeuticas dos_anticorpos_monoclonais
 
Biologia 1-6
Biologia  1-6Biologia  1-6
Biologia 1-6
 
Celulas estaminais sozinho
Celulas estaminais sozinhoCelulas estaminais sozinho
Celulas estaminais sozinho
 
Citologia eja
Citologia   ejaCitologia   eja
Citologia eja
 
Exercicio de anatomia
Exercicio de anatomiaExercicio de anatomia
Exercicio de anatomia
 
Plano de aula 1ano eja(2)
Plano de aula 1ano eja(2)Plano de aula 1ano eja(2)
Plano de aula 1ano eja(2)
 
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf
2. Tratado de histologia em cores - Gartnner.pdf
 
Células e Tecidos
Células e TecidosCélulas e Tecidos
Células e Tecidos
 
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de célulasCartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
 
Capítulo 1 o organismo humano
Capítulo 1   o organismo humanoCapítulo 1   o organismo humano
Capítulo 1 o organismo humano
 

Mais de Prime Assessoria

e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...Prime Assessoria
 
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...Prime Assessoria
 
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...Prime Assessoria
 
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...Prime Assessoria
 
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...Prime Assessoria
 
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...Prime Assessoria
 
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...Prime Assessoria
 
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...Prime Assessoria
 
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...Prime Assessoria
 
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...Prime Assessoria
 
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfc) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfPrime Assessoria
 
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdfPrime Assessoria
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...Prime Assessoria
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...Prime Assessoria
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...Prime Assessoria
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...Prime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfPrime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Prime Assessoria
 

Mais de Prime Assessoria (20)

e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
 
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
e Whitehead que inclui os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) dispostos em d...
 
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...
CITE as células da imunidade inata e adaptativa envolvidas nas respostas alér...
 
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...
QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão das f...
 
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...
DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando cl...
 
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...
d) CITE E EXPLIQUE, de forma breve e objetiva, os principais métodos de diagn...
 
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...
Giárdia lamblia​ é um dos protozoários intestinais de maior importância no Br...
 
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
b) QUAL o tipo de ciclo de vida da Giardia sp. e como ocorre a transmissão da...
 
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
“O gênero Giardia inclui protozoários flagelados parasitos do intestino delga...
 
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
a) DESCREVA as características das formas evolutivas da Giardia sp., deixando...
 
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdfc) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
c) EXPLIQUE quais as manifestações clínicas da giardíase_.pdf
 
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
a) Quando a contabilidade surgiu_.pdf
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
 
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exempl...
 
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe..._O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
_O estudo epidemiológico de quaisquer parasitos, como os intestinais, por exe...
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdfATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52 2023.pdf
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para ...
 

Último

ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdf
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdfProva uniasselvi tecnologias da Informação.pdf
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdfArthurRomanof1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavrasMary Alvarenga
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSlides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSilvana Silva
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxLírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxfabiolalopesmartins1
 
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxAD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxkarinedarozabatista
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdf
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdfProva uniasselvi tecnologias da Informação.pdf
Prova uniasselvi tecnologias da Informação.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavras
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSlides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxLírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
 
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxAD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 

Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos elementos celulares nos esfregaços sanguíneos é de extrema importância para.

  • 1. (99) 98525-8486 (99) 98525-8486 Olá, estudante! Somos a Prime Educacional e iremos te ajudar nessa atividade! ATIVIDADE 1 - BIO - HEMATOLOGIA CLÍNICA - 51/2024 Instruções iniciais para responder à Atividade de Estudo 1 1- Utilize o modelo de resposta padrão para realizar esta AE1. Ele se encontra em "Material da Disciplina". Siga todas as instruções constantes neste modelo.
  • 2. “[...] O sangue é um tipo de tecido conjuntivo, fluído, constituído por diferentes células que são suspensas em uma matriz extracelular denominada de plasma. O tecido sanguíneo circula todo organismo por um sistema fechado, e tem como função o transporte de nutrientes, oxigênio e gás carbônico, além de intermediar as funções de defesa imunológica, bem como intermediar o processo de coagulação [...]” (Antunes et al., 2020, p. 16). Fonte: ANTUNES, S. R. et al. Hematologia clínica. Porto Alegre: Grupo A, 2020. Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos elementos celulares nos esfregaços sanguíneos é de extrema importância para a triagem e diagnóstico do paciente. As alterações observadas na análise microscópica devem ser confrontadas com os resultados emitidos através da automação ou análise manual do sangue e, posteriormente, reportadas no laudo do hemograma. Assim, é essencial o conhecimento relacionado às características morfológicas voltadas para eritrócitos, leucócitos e plaquetas. Com relação às características morfológicas das células sanguíneas, IDENTIFIQUE e DESCREVA os achados laboratóriais observados no esfregaço e enumerados em cada imagem: Fonte: a a