SlideShare uma empresa Scribd logo
I	
  Domingo	
  de	
  Advento	
  A	
  2010	
  
	
  
Nota:	
  Uma	
  criança	
  leva	
  a	
  candeia,	
  na	
  procissão.	
  Outra	
  criança	
  leva	
  a	
  vela	
  ainda	
  apagada.	
  	
  
Cântico	
  de	
  Entrada	
  
Saudação	
  Inicial	
  	
  
P-­‐	
  Estamos	
  a	
  iniciar	
  o	
  Advento.	
  Advento	
  significa	
  «aparição»,	
  «chegada».	
  Preparamo-­‐nos	
  para	
  a	
  última	
  vinda	
  de	
  Jesus.	
  Recordámos	
  a	
  
sua	
  primeira	
  vinda.	
  E	
  procuramos	
  descobrir	
  a	
  sua	
  vinda	
  hoje,	
  ao	
  nosso	
  mundo.	
  Temos	
  um	
  advento	
  inteiro,	
  para	
  «acolher	
  e	
  irradiar	
  a	
  
luz»!	
  	
  
	
  
Catequista	
  :	
  Para	
  o	
  percebermos	
  melhor,	
  iremos	
  trabalhar	
  esta	
  ideia,	
  através	
  da	
  decoração	
  de	
  uma	
  lanterna,	
  com	
  quatro	
  janelas.	
  
Semana	
  a	
  semana,	
  vamos	
  abrir	
  as	
  várias	
  janelas,	
  pelas	
  quais	
  nos	
  entra	
  e	
  pelas	
  quais	
  passa	
  a	
  luz,	
  que	
  se	
  ergue	
  sobre	
  nós	
  no	
  Natal!	
  Na	
  
verdade,	
  cada	
  ser	
  humano	
  é	
  uma	
  janela,	
  a	
  esplêndida,	
  a	
  grandiosa	
  janela	
  de	
  uma	
  catedral.	
  Mas	
  o	
  que	
  é	
  uma	
  janela,	
  se	
  não	
  houver	
  
luz?	
  	
  
P-­‐	
  Por	
  isso,	
  vamos	
  acender	
  esta	
  primeira	
  vela	
  da	
  primeira	
  janela	
  da	
  candeia	
  de	
  Advento,	
  como	
  quem	
  caminha,	
  desde	
  já,	
  à	
  luz	
  do	
  
Senhor!	
  	
  
Acender	
  a	
  vela	
  da	
  primeira	
  janela	
  da	
  candeia	
  de	
  
Advento	
  
	
  
Leitor	
  1	
  
Senhor	
  nosso	
  Deus,	
  quando	
  criaste	
  o	
  mundo,	
  
a	
  luz	
  foi	
  a	
  primeira	
  coisa	
  que	
  desejastes	
  para	
  a	
  
humanidade:	
  
Tu	
  disseste	
  “Faça-­‐se	
  a	
  luz”.	
  E	
  a	
  luz	
  fez-­‐se!	
  
	
  
Leitor	
  2:	
  
Agradeço-­‐te,	
  Senhor,	
  pela	
  luz,	
  e	
  por	
  todas	
  estas	
  luzes,	
  
	
  as	
  das	
  ruas,	
  das	
  montras,	
  das	
  casas,	
  das	
  igrejas.	
  	
  
Também	
  por	
  aquelas	
  luzes,	
  que	
  podemos	
  receber	
  	
  
através	
  de	
  um	
  olhar,	
  de	
  um	
  gesto,	
  de	
  uma	
  palavra.	
  	
  
	
  
Leitor	
  1:	
  	
  
Nesta	
  primeira	
  semana	
  do	
  advento,	
  	
  
pintaremos	
  a	
  fria	
  janela	
  que	
  dá	
  para	
  as	
  traseiras,	
  	
  
como	
  quem	
  acende	
  uma	
  luz	
  de	
  vigia.	
  
	
  
Leitor	
  2:	
  	
  
Temos	
  de	
  estar	
  atentos	
  e	
  despertos:	
  	
  
Tu	
  vens,	
  de	
  onde	
  e	
  como	
  não	
  sabemos.	
  
Vens	
  naqueles	
  que	
  nem	
  se	
  atrevem	
  a	
  espreitar	
  pela	
  janela	
  da	
  frente	
  
ou	
  a	
  entrar	
  pela	
  porta	
  principal.	
  
Leitor	
  1:	
  	
  
Senhor,	
  serei	
  eu,	
  seremos	
  nós,	
  	
  
uma	
  janela	
  aberta,	
  para	
  Te	
  acolhermos	
  
em	
  todos	
  os	
  que	
  andam	
  sós	
  e	
  à	
  procura	
  de	
  luz	
  no	
  nosso	
  coração?	
  
 
Cântico	
  à	
  luz:	
  	
  “	
  esta	
  luz	
  pequenina…”	
  
Oração	
  dos	
  Fiéis	
  
	
  
P	
  –	
  Confiemos	
  ao	
  Senhor,	
  as	
  nossas	
  preces,	
  dizendo:	
  Luz	
  de	
  vigia,	
  vela	
  connosco!	
  
1. 	
  Senhor	
  Jesus,	
  Luz	
  do	
  mundo:	
  	
  
a	
  Tua	
  Igreja	
  está	
  em	
  «Advento»,	
  	
  
quer	
  acolher	
  e	
  irradiar	
  a	
  Tua	
  Luz.	
  	
  
Não	
  a	
  deixes	
  desanimar,	
  
no	
  meio	
  da	
  noite,	
  dos	
  nossos	
  tempos	
  tão	
  difíceis!	
  	
  
	
  
Nós	
  Te	
  pedimos:	
  	
  	
  	
  	
  Resposta:	
  Luz	
  de	
  vigia,	
  vela	
  connosco!	
  
	
  
2. 	
  Senhor	
  Jesus,	
  Luz	
  do	
  mundo:	
  
os	
  nossos	
  tempos	
  são	
  de	
  crise	
  e	
  de	
  medo,	
  	
  
de	
  desconfiança	
  e	
  mudança.	
  	
  
Não	
  deixes	
  os	
  nossos	
  governantes	
  	
  
ficarem	
  cegos	
  pelo	
  poder.	
  
	
  
Nós	
  Te	
  pedimos:	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  Resposta:	
  Luz	
  de	
  vigia,	
  vela	
  connosco!	
  
	
  
3. 	
  Senhor	
  Jesus,	
  Luz	
  do	
  mundo:	
  
há	
  miséria	
  à	
  vista	
  e	
  pobreza	
  escondida,	
  	
  
por	
  todo	
  o	
  lado	
  e	
  bem	
  perto	
  de	
  nós!	
  
Não	
  nos	
  deixes	
  distrair	
  com	
  as	
  nossas	
  coisas	
  
a	
  ponto	
  de	
  não	
  darmos	
  por	
  nada.	
  
	
  
Nós	
  Te	
  pedimos:	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  Resposta:	
  Luz	
  de	
  vigia,	
  vela	
  connosco!	
  
	
  
4. 	
  Senhor	
  Jesus,	
  Luz	
  do	
  Mundo:	
  
há	
  tantas	
  ocupações	
  e	
  preocupações	
  a	
  mais	
  
que	
  nos	
  tomam	
  por	
  inteiro	
  a	
  nossa	
  vida.	
  
Não	
  nos	
  deixes	
  viver	
  para	
  nós	
  próprios!	
  	
  
	
  
Nós	
  Te	
  pedimos:	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  Resposta:	
  Luz	
  de	
  vigia,	
  vela	
  connosco!	
  
	
  
P-­‐	
  Senhor,	
  que,	
  junto	
  do	
  Pai,	
  oras	
  e	
  velas	
  por	
  nós,	
  acende	
  em	
  nós	
  a	
  luz	
  da	
  fé	
  e	
  do	
  amor,	
  para	
  Te	
  aguardarmos	
  em	
  jubilosa	
  esperança!	
  
Tu	
  que	
  és	
  Deus	
  com	
  o	
  Pai	
  na	
  unidade	
  do	
  Espírito	
  Santo.	
  
Texto	
  de	
  meditação,	
  para	
  depois	
  da	
  Comunhão:	
  (Catequista	
  ….	
  
	
  
Cada	
  ser	
  humano	
  é	
  uma	
  janela,	
  
a	
  esplêndida,	
  a	
  grandiosa	
  janela	
  de	
  uma	
  catedral.	
  
Mas	
  o	
  que	
  é	
  uma	
  janela,	
  	
  
se	
  não	
  houver	
  luz?	
  
	
  
No	
  Natal	
  ergue-­‐se	
  uma	
  Luz!	
  
No	
  Natal,	
  nasce	
  Jesus,	
  
que	
  ilumina	
  a	
  minha	
  vida,	
  
mesmo	
  quando	
  só	
  vejo	
  trevas.	
  
	
  
Quero	
  colocar	
  a	
  vida	
  toda,	
  na	
  sua	
  Luz,	
  	
  
e	
  a	
  janela	
  vai	
  inflamar-­‐se	
  de	
  cores	
  
e	
  muitos	
  hão-­‐de	
  ver	
  a	
  Luz!	
  	
  
	
  
Oração	
  pós-­‐comunhão	
  
Bênção	
  	
  
	
  
Despedida:	
  	
  
Não	
  basta	
  abrir	
  uma	
  janela,	
  na	
  candeia.	
  É	
  preciso	
  acender	
  uma	
  luz,	
  iluminar,	
  com	
  um	
  gesto	
  de	
  amor,	
  aquele	
  que	
  está	
  mais	
  só!	
  	
  

Mais conteúdo relacionado

Destaque

VI Milha de Corroios
VI Milha de CorroiosVI Milha de Corroios
VI Milha de Corroios
Dyment1
 
Boletim Cultural de Novembro'10
Boletim Cultural de Novembro'10Boletim Cultural de Novembro'10
Boletim Cultural de Novembro'10
becastanheiradepera
 
Oficinas plurais 2011 ficha de incrição
Oficinas plurais 2011  ficha de incriçãoOficinas plurais 2011  ficha de incrição
Oficinas plurais 2011 ficha de incrição
janelasplurais
 
CNL
CNLCNL
Res. 12 2009 - piad
Res. 12 2009 - piadRes. 12 2009 - piad
Res. 12 2009 - piad
Projeto Rondon
 
Fotos1
Fotos1Fotos1
Fotos1
dsdm14
 
Reseita
ReseitaReseita
Reseita
rafael98
 
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
allaymer
 
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
Dianova
 
4033 ramirez antonella_tp9
4033 ramirez antonella_tp94033 ramirez antonella_tp9
4033 ramirez antonella_tp9
Anto Ramirez
 
Ezequiel m.
Ezequiel m.Ezequiel m.
Ezequiel m.
pertileivan
 
Ovos de Páscoa 2011
Ovos de Páscoa 2011Ovos de Páscoa 2011
Ovos de Páscoa 2011
VirginiaClaro
 
Navidad en un romance, p.eugenio
Navidad en un romance, p.eugenioNavidad en un romance, p.eugenio
Navidad en un romance, p.eugenio
ORDEN SEGLAR CARMELITAS DESCALZOS
 
Folheto
FolhetoFolheto
Dulce
DulceDulce
,
,,
Xornada semanal. 1 2 eso (1)
Xornada semanal. 1 2 eso (1)Xornada semanal. 1 2 eso (1)
Xornada semanal. 1 2 eso (1)
iesoteropedrayoef
 

Destaque (20)

Receita 85
Receita 85Receita 85
Receita 85
 
VI Milha de Corroios
VI Milha de CorroiosVI Milha de Corroios
VI Milha de Corroios
 
Boletim Cultural de Novembro'10
Boletim Cultural de Novembro'10Boletim Cultural de Novembro'10
Boletim Cultural de Novembro'10
 
Oficinas plurais 2011 ficha de incrição
Oficinas plurais 2011  ficha de incriçãoOficinas plurais 2011  ficha de incrição
Oficinas plurais 2011 ficha de incrição
 
CNL
CNLCNL
CNL
 
Res. 12 2009 - piad
Res. 12 2009 - piadRes. 12 2009 - piad
Res. 12 2009 - piad
 
Fotos1
Fotos1Fotos1
Fotos1
 
Reseita
ReseitaReseita
Reseita
 
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus ...
 
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
Entidade Familiarmente Responsavel_APQ_2010
 
4033 ramirez antonella_tp9
4033 ramirez antonella_tp94033 ramirez antonella_tp9
4033 ramirez antonella_tp9
 
Ezequiel m.
Ezequiel m.Ezequiel m.
Ezequiel m.
 
Pedido
Pedido Pedido
Pedido
 
Ovos de Páscoa 2011
Ovos de Páscoa 2011Ovos de Páscoa 2011
Ovos de Páscoa 2011
 
Navidad en un romance, p.eugenio
Navidad en un romance, p.eugenioNavidad en un romance, p.eugenio
Navidad en un romance, p.eugenio
 
Folheto
FolhetoFolheto
Folheto
 
Dulce
DulceDulce
Dulce
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
,
,,
,
 
Xornada semanal. 1 2 eso (1)
Xornada semanal. 1 2 eso (1)Xornada semanal. 1 2 eso (1)
Xornada semanal. 1 2 eso (1)
 

Semelhante a Document2

Advento ao natal
Advento ao natalAdvento ao natal
Advento ao natal
Paróquia Graça
 
Advento ao natal 2010
Advento ao natal 2010Advento ao natal 2010
Advento ao natal 2010
nossasenhoradavisitacao
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
nossasenhoradavisitacao
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
nossasenhoradavisitacao
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
nossasenhoradavisitacao
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
nossasenhoradavisitacao
 
L domingo do advento 2010 (1)
L domingo do advento 2010 (1)L domingo do advento 2010 (1)
L domingo do advento 2010 (1)
nossasenhoradavisitacao
 
Coroa do advento
Coroa do adventoCoroa do advento
Coroa do advento
Maria Claudino
 
Dinamica do advento dinamica
Dinamica do advento dinamicaDinamica do advento dinamica
Dinamica do advento dinamica
Maria José Gonçalves
 
Advento novo
Advento novoAdvento novo
Advento novo
alarecidalavagnoli521
 
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Martin M Flynn
 
Advento novo
Advento novoAdvento novo
Advento novo
alarecidalavagnoli521
 
Eis ai vem teu Salvador
Eis ai vem teu SalvadorEis ai vem teu Salvador
Eis ai vem teu Salvador
Mensagens Virtuais
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No Lar
Home
 
Novena de Natal - Missionária
Novena de Natal - MissionáriaNovena de Natal - Missionária
Novena de Natal - Missionária
Bernadetecebs .
 
27 11 11
27 11 1127 11 11
Campanha advento 2017 descrição
Campanha advento 2017  descriçãoCampanha advento 2017  descrição
Campanha advento 2017 descrição
InfanciaSaoJose
 
Ante a liçao
Ante a liçaoAnte a liçao
Ante a liçao
jmeirelles
 
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
Comunidades Vivas
 
Coroa do advento
Coroa do adventoCoroa do advento
Coroa do advento
Rodrigo Antonio
 

Semelhante a Document2 (20)

Advento ao natal
Advento ao natalAdvento ao natal
Advento ao natal
 
Advento ao natal 2010
Advento ao natal 2010Advento ao natal 2010
Advento ao natal 2010
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
 
L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010L v domingo do advento 2010
L v domingo do advento 2010
 
L domingo do advento 2010 (1)
L domingo do advento 2010 (1)L domingo do advento 2010 (1)
L domingo do advento 2010 (1)
 
Coroa do advento
Coroa do adventoCoroa do advento
Coroa do advento
 
Dinamica do advento dinamica
Dinamica do advento dinamicaDinamica do advento dinamica
Dinamica do advento dinamica
 
Advento novo
Advento novoAdvento novo
Advento novo
 
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
 
Advento novo
Advento novoAdvento novo
Advento novo
 
Eis ai vem teu Salvador
Eis ai vem teu SalvadorEis ai vem teu Salvador
Eis ai vem teu Salvador
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No Lar
 
Novena de Natal - Missionária
Novena de Natal - MissionáriaNovena de Natal - Missionária
Novena de Natal - Missionária
 
27 11 11
27 11 1127 11 11
27 11 11
 
Campanha advento 2017 descrição
Campanha advento 2017  descriçãoCampanha advento 2017  descrição
Campanha advento 2017 descrição
 
Ante a liçao
Ante a liçaoAnte a liçao
Ante a liçao
 
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
Folha Dominical - 05.12.10 Nº350
 
Coroa do advento
Coroa do adventoCoroa do advento
Coroa do advento
 

Mais de Paróquia Graça

Programa
ProgramaPrograma
Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)
Paróquia Graça
 
1
11
Actividade
ActividadeActividade
Actividade
Paróquia Graça
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
NovembroNovembro
Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011
Paróquia Graça
 
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre ruiAniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Paróquia Graça
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
Paróquia Graça
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
Paróquia Graça
 
1
11
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Paróquia Graça
 
Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2
Paróquia Graça
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Paróquia Graça
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Paróquia Graça
 

Mais de Paróquia Graça (20)

Programa
ProgramaPrograma
Programa
 
Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)
 
1
11
1
 
Actividade
ActividadeActividade
Actividade
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011
 
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre ruiAniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
 
2
22
2
 
1
11
1
 
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011
 
Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
 

Último

metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
adamasatoshi
 
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdfApostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
PatriciaTanureNutril
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
Oração Da Família
Oração Da FamíliaOração Da Família
Oração Da Família
Nilson Almeida
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICAINTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
AlineGoulartSchneide
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 

Último (17)

metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
 
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdfApostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
Oração Da Família
Oração Da FamíliaOração Da Família
Oração Da Família
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICAINTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 

Document2

  • 1. I  Domingo  de  Advento  A  2010     Nota:  Uma  criança  leva  a  candeia,  na  procissão.  Outra  criança  leva  a  vela  ainda  apagada.     Cântico  de  Entrada   Saudação  Inicial     P-­‐  Estamos  a  iniciar  o  Advento.  Advento  significa  «aparição»,  «chegada».  Preparamo-­‐nos  para  a  última  vinda  de  Jesus.  Recordámos  a   sua  primeira  vinda.  E  procuramos  descobrir  a  sua  vinda  hoje,  ao  nosso  mundo.  Temos  um  advento  inteiro,  para  «acolher  e  irradiar  a   luz»!       Catequista  :  Para  o  percebermos  melhor,  iremos  trabalhar  esta  ideia,  através  da  decoração  de  uma  lanterna,  com  quatro  janelas.   Semana  a  semana,  vamos  abrir  as  várias  janelas,  pelas  quais  nos  entra  e  pelas  quais  passa  a  luz,  que  se  ergue  sobre  nós  no  Natal!  Na   verdade,  cada  ser  humano  é  uma  janela,  a  esplêndida,  a  grandiosa  janela  de  uma  catedral.  Mas  o  que  é  uma  janela,  se  não  houver   luz?     P-­‐  Por  isso,  vamos  acender  esta  primeira  vela  da  primeira  janela  da  candeia  de  Advento,  como  quem  caminha,  desde  já,  à  luz  do   Senhor!     Acender  a  vela  da  primeira  janela  da  candeia  de   Advento     Leitor  1   Senhor  nosso  Deus,  quando  criaste  o  mundo,   a  luz  foi  a  primeira  coisa  que  desejastes  para  a   humanidade:   Tu  disseste  “Faça-­‐se  a  luz”.  E  a  luz  fez-­‐se!     Leitor  2:   Agradeço-­‐te,  Senhor,  pela  luz,  e  por  todas  estas  luzes,    as  das  ruas,  das  montras,  das  casas,  das  igrejas.     Também  por  aquelas  luzes,  que  podemos  receber     através  de  um  olhar,  de  um  gesto,  de  uma  palavra.       Leitor  1:     Nesta  primeira  semana  do  advento,     pintaremos  a  fria  janela  que  dá  para  as  traseiras,     como  quem  acende  uma  luz  de  vigia.     Leitor  2:     Temos  de  estar  atentos  e  despertos:     Tu  vens,  de  onde  e  como  não  sabemos.   Vens  naqueles  que  nem  se  atrevem  a  espreitar  pela  janela  da  frente   ou  a  entrar  pela  porta  principal.   Leitor  1:     Senhor,  serei  eu,  seremos  nós,     uma  janela  aberta,  para  Te  acolhermos   em  todos  os  que  andam  sós  e  à  procura  de  luz  no  nosso  coração?  
  • 2.   Cântico  à  luz:    “  esta  luz  pequenina…”   Oração  dos  Fiéis     P  –  Confiemos  ao  Senhor,  as  nossas  preces,  dizendo:  Luz  de  vigia,  vela  connosco!   1.  Senhor  Jesus,  Luz  do  mundo:     a  Tua  Igreja  está  em  «Advento»,     quer  acolher  e  irradiar  a  Tua  Luz.     Não  a  deixes  desanimar,   no  meio  da  noite,  dos  nossos  tempos  tão  difíceis!       Nós  Te  pedimos:          Resposta:  Luz  de  vigia,  vela  connosco!     2.  Senhor  Jesus,  Luz  do  mundo:   os  nossos  tempos  são  de  crise  e  de  medo,     de  desconfiança  e  mudança.     Não  deixes  os  nossos  governantes     ficarem  cegos  pelo  poder.     Nós  Te  pedimos:              Resposta:  Luz  de  vigia,  vela  connosco!     3.  Senhor  Jesus,  Luz  do  mundo:   há  miséria  à  vista  e  pobreza  escondida,     por  todo  o  lado  e  bem  perto  de  nós!   Não  nos  deixes  distrair  com  as  nossas  coisas   a  ponto  de  não  darmos  por  nada.     Nós  Te  pedimos:              Resposta:  Luz  de  vigia,  vela  connosco!     4.  Senhor  Jesus,  Luz  do  Mundo:   há  tantas  ocupações  e  preocupações  a  mais   que  nos  tomam  por  inteiro  a  nossa  vida.   Não  nos  deixes  viver  para  nós  próprios!       Nós  Te  pedimos:              Resposta:  Luz  de  vigia,  vela  connosco!     P-­‐  Senhor,  que,  junto  do  Pai,  oras  e  velas  por  nós,  acende  em  nós  a  luz  da  fé  e  do  amor,  para  Te  aguardarmos  em  jubilosa  esperança!   Tu  que  és  Deus  com  o  Pai  na  unidade  do  Espírito  Santo.   Texto  de  meditação,  para  depois  da  Comunhão:  (Catequista  ….     Cada  ser  humano  é  uma  janela,   a  esplêndida,  a  grandiosa  janela  de  uma  catedral.   Mas  o  que  é  uma  janela,     se  não  houver  luz?     No  Natal  ergue-­‐se  uma  Luz!   No  Natal,  nasce  Jesus,   que  ilumina  a  minha  vida,   mesmo  quando  só  vejo  trevas.     Quero  colocar  a  vida  toda,  na  sua  Luz,     e  a  janela  vai  inflamar-­‐se  de  cores   e  muitos  hão-­‐de  ver  a  Luz!       Oração  pós-­‐comunhão   Bênção       Despedida:     Não  basta  abrir  uma  janela,  na  candeia.  É  preciso  acender  uma  luz,  iluminar,  com  um  gesto  de  amor,  aquele  que  está  mais  só!