SlideShare uma empresa Scribd logo
Instalação e configuração de Sistemas Operacionais de Redes




 Manipulação de
 Dispositivos

                                       Profª Ivani Nascimento
Apresentação
•Dispositivos de blocos são todos os dispositivos que podem
enviar/transmitir dados em blocos de tamanho fixo.
•Um dispositivo de bloco famoso, é o HD, que pode ser IDE, SCSI,
etc. Além dele, temos como exemplo de dispositivos de blocos
pendrives, disquetes, cdrom.
•Os dispositivos de bloco mencionados, representam uma
interface para o disco.
Apresentação
•   Em sistemas Windows, desde uma partição no disco rígido até um
    pendrive, o acesso a eles é feito utilizando a idéia de "unidade" ou
    "driver", como por exemplo unidade C: ou drive C:.

•   Já em sistemas GNU/Linux existe o conceito de dispositivos, e,
    praticamente tudo que está na máquina é tratado como sendo um
    dispositivo que pode ser acessado pelo seu arquivo localizado no
    diretório /dev.
Apresentação
•   O diretório /dev consiste em arquivos especiais, chamados de
    arquivos de dispositivos, e é onde encontramos os arquivos de
    dispositivos de bloco e também arquivos dispositivos de:
    • caracter - são usados como correspondentes de dispositivos cujos
       dados são transmitidos na forma de um caracter por vez.

    • fifo - também conhecido como pipe nomeado, é utilizado para realizar
       a comunicação entre processos em uma mesma máquina.

    • socket - utilizado para criar um ponto de comunicação entre
       processos, do tipo "cliente-servidor".
Apresentação
•   Por exemplo, se um determinado programa precisar ler uma
    informação da porta serial, basta que ele abra o arquivo /dev/ttyS0
    para leitura, que é um arquivo de dispositivo especial que, quando
    acessado, lê o conteúdo do dispositivo em questão.

•   Sendo assim, podemos dizer que os arquivos de dispositivos são o
    nome pelo qual um determinado dispositivo é conhecido pelo
    sistema.
Identificando o hardware
•   Para saber qual o tipo de arquivo de dispositivo, devemos usar o
    comando ls com o parâmetro -l para listar com detalhes. Nos
    exemplos a seguir, serão listados os arquivos de dispositivo do tipo
    bloco, caracter, fifo e socket:

•   Listando arquivos de dispositivos de bloco:
     # cd /dev/
     # ls -l | grep ^b
     brw-rw—- 1 root cdrom            22,   0 2008-08-08 00:13 hda
     brw-rw—- 1 root disk              8,   0 2008-08-08 00:13 sda
Identificando o hardware
•   Listando arquivos de dispositivos de caracter:
     # ls -l | grep ^c
     crw-rw—- 1 root dialout         4,   64 2008-08-08 00:13 ttyS0
     crw-rw—- 1 root dialout         4,   65 2008-08-08 00:13 ttyS1


•   Listando arquivos de dispositivos de fifo:
     # ls -l | grep ^p
     prw——- 1 root root               0 2008-08-08 00:13 initctl
     prw-r—– 1 root adm               0 2008-08-08 22:05 xconsole
Identificando o hardware
•   Listando arquivos de dispositivos de socket:
     # ls -l | grep ^s
     srwxrwxrwx 1 root root             0 2008-08-08 00:14 gpmctl
     srw-rw-rw- 1 root root             0 2008-08-08 00:14 log
Identificando o hardware
•   Considerando os dispositivos SCSI conectados à máquina, o nome
    deles é determinado conhecendo qual controladora ele está
    conectado e qual partição deseja acessar.

•   Por exemplo, /dev/sda representa todo o disco, mas a terceira
    partição primária desse disco, será o /dev/sda3:
Usando os dispositivos
•   Para acessar os dados que estão em um dispositivo, no Linux
    usamos o conceito de montar; assim, quando colocamos um cd no
    computador, por exemplo, vamos ‘montar’ o cd, isto é, deixar os
    dados que estão no cd disponíveis para uso.

•   O comando utilizado para montar dispositivos é o mount, e sua
    sintaxe básica é:
        mount           dispositivo               ponto_de_montagem

•   Onde:
    montar (mount) o que? (dispositivo) onde? (ponto_de_montagem)
Usando os dispositivos
•   Exemplo de uso do dispositivo CD-ROM.

•   O primeiro passo é saber qual é dispositivo em que o CD-ROM se
    encontra. Quando o Linux inicializa, aparecem diversas mensagens
    na tela.

•   São mensagens referentes aos hardwares encontrados (cd, hd, etc).
    Para checar as tais mensagens depois que o Linux inicializa,
    utilizamos o comando dmesg:
         # dmesg | more
Usando os dispositivos
•   Ou então, para ser mais específico, pode-se filtrar a pesquisa da
    saída do dmesg, procurando por ATAPI, que é o protocolo que
    gerencia o drive do CD-ROM:


    # dmesg | grep -i atapi
    hda: MATSHITADVD-RAM UJ-850S, ATAPI CD/DVD-ROM drive
    hda: ATAPI 24X DVD-ROM DVD-R-RAM CD-R/RW drive, 2048kB
      Cache, UDMA(33)
Usando os dispositivos
•   Outra maneira de descobrir o dispositivo é consultar o diretório
    /proc, que terá a lista de todos os dispositivos que estão ativos no
    Linux; sabendo que o leitor de CD é IDE, basta entrar no diretório
    /proc/ide e listar seu conteúdo:


         # cd /proc/ide/
         # ls
         drivers hda ide0
Usando os dispositivos
        # cd hda/
        # ls
        capacity    driver   identify   media   model   settings

        # cat model
        MATSHITADVD-RAM UJ-850S

•   Sabendo qual o dispositivo, é possível montar o CD (/dev/hda) em
    /media/cdrom:
        # mount /dev/hda /media/cdrom/
        mount: block device /dev/hda is write-protected,
          mounting read-only
Usando os dispositivos
•   Para verificar se o dispositivo foi montado corretamente, pode-se
    usar os comandos mount e df:
        # mount
        /dev/hda on /media/cdrom0 type iso9660 (ro)

        # df -h
        Sist. Arq.             Tam    Usad Disp   Uso% Montado em
        /dev/hda               6,8M   6,8M    0 100% /media/cdrom
Usando os dispositivos
•   O comando df vem de disk free; além dos dispositivos que estão
    montados, ele mostra o tamanho e o uso em %.

•   A opção -h do comando df, é para mostrar o resultado em formato
    humano (M – megas, G, gigas).
Desmontando os dispositivos
•   Quando um determinado dispositivo é montado, no exemplo o cd-
    rom, só será possível retirar a mídia após desmontar a mesma. Para
    essa operação, é utilizado o comando umount:
        # umount /media/cdrom



•   Lembrando que, para desmontar o cd, não podemos estar dentro
    do diretório onde o cd foi montado! Por exemplo, você montou o
    cd conforme o exemplo. Para acessar o conteúdo dele, deve entrar
    no diretório onde foi montado (no caso, /media/cdrom).
Desmontando o dispositivo
•   Quando quiser desmontar, você terá que sair do diretório
    /media/cdrom, caso contrário, receberá mensagem que o
    dispositivo está ocupado:


        # cd /media/cdrom
        # umount /media/cdrom
        umount: /media/cdrom: device is busy
        umount: /media/cdrom: device is busy
Desmontando o dispositivo
•   No exemplo acima, não foi possível desmontar o cd pois estava no
    diretório onde o dispositivo foi montado.

•   Para desmontar, é necessário sair do diretório e executar o
    comando umount novamente:

         # cd
         # umount /media/cdrom
Referências



MORIMOTO, Carlos E.. Linux, guia prático. Porto Alegre: Sul Editores,
   2009.
FERREIRA, Rubem E.. Linux: guia do administrador do sistema. São
   Paulo: Novatec, 2008.
MOTA FILHO, João Eriberto. Descobrindo o Linux: entenda o sistema
   operacional GNU/linux. São Paulo: Novatec, 2007.
Referências



RIBEIRO, Uirá, Certificação Linux, 1ª Ed, Rio de Janeiro, Axcel Books,
   2004.
Certificação Linux LPI- Nível 1 Exames 101 e 102. Vários, 1ª Ed, São
   Paulo, Alta Books.
NORTON, Peter; GRIFFITH, Arthur. Guia Completo do Linux. Tradução
   Sérgio Facchim – Complete Guide to Linux. São Paulo, Berkeley,
   2000.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de ComputadoresAula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
Dalton Martins
 
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCPRedes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
Cleber Fonseca
 
Projeto de redes
Projeto de redesProjeto de redes
Projeto de redes
Marilene de Melo
 
Aula sobre Linux.
Aula sobre Linux. Aula sobre Linux.
Aula sobre Linux.
Armando Rivarola
 
Vulnerabilidades em Redes Wifi
Vulnerabilidades em Redes WifiVulnerabilidades em Redes Wifi
Vulnerabilidades em Redes Wifi
David de Assis
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
Frederico Madeira
 
Examen de conocimiento
Examen de conocimientoExamen de conocimiento
Examen de conocimiento
Daniel Valdez
 
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma pooProgramacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
José Antonio Sandoval Acosta
 
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptxMódulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
BrancaSilva12
 
49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede
Marco Guimarães
 
Comandos CMD
Comandos CMDComandos CMD
Comandos CMD
Joao Andre Picao
 
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y libreriasTópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
José Antonio Sandoval Acosta
 
Aula 01 instalação de hardware
Aula 01 instalação de hardwareAula 01 instalação de hardware
Aula 01 instalação de hardware
Jorge Ávila Miranda
 
Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
 Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
G Hoyos A
 
Teoria da Computação - Maquina de post
Teoria da Computação - Maquina de postTeoria da Computação - Maquina de post
Teoria da Computação - Maquina de post
Augusto Schmidt
 
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD  - Sistemas de Arquivos DistribuídosSI - SAD  - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
Frederico Madeira
 
Tutorial completo como montar uma rede de computadores
Tutorial completo como montar uma rede de computadoresTutorial completo como montar uma rede de computadores
Tutorial completo como montar uma rede de computadores
julioblogger
 
SI - Arquiteturas
SI - ArquiteturasSI - Arquiteturas
SI - Arquiteturas
Frederico Madeira
 
IBM zOS Basics
IBM zOS BasicsIBM zOS Basics
IBM zOS Basics
Anderson de Souza
 
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrenteTópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
José Antonio Sandoval Acosta
 

Mais procurados (20)

Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de ComputadoresAula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
Aula 05 - Exercício de projeto - Projeto de Redes de Computadores
 
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCPRedes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
Redes de computadores 2 - Aula 6 - DNS, DHCP
 
Projeto de redes
Projeto de redesProjeto de redes
Projeto de redes
 
Aula sobre Linux.
Aula sobre Linux. Aula sobre Linux.
Aula sobre Linux.
 
Vulnerabilidades em Redes Wifi
Vulnerabilidades em Redes WifiVulnerabilidades em Redes Wifi
Vulnerabilidades em Redes Wifi
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
 
Examen de conocimiento
Examen de conocimientoExamen de conocimiento
Examen de conocimiento
 
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma pooProgramacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
Programacion orientada a objetos Unidad 1-intro al paradigma poo
 
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptxMódulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
Módulo 7 – Tratamento de ficheiros.pptx
 
49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede
 
Comandos CMD
Comandos CMDComandos CMD
Comandos CMD
 
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y libreriasTópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 2 componentes y librerias
 
Aula 01 instalação de hardware
Aula 01 instalação de hardwareAula 01 instalação de hardware
Aula 01 instalação de hardware
 
Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
 Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
Procesos Planificacion de los Sistemas Operativos
 
Teoria da Computação - Maquina de post
Teoria da Computação - Maquina de postTeoria da Computação - Maquina de post
Teoria da Computação - Maquina de post
 
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD  - Sistemas de Arquivos DistribuídosSI - SAD  - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
 
Tutorial completo como montar uma rede de computadores
Tutorial completo como montar uma rede de computadoresTutorial completo como montar uma rede de computadores
Tutorial completo como montar uma rede de computadores
 
SI - Arquiteturas
SI - ArquiteturasSI - Arquiteturas
SI - Arquiteturas
 
IBM zOS Basics
IBM zOS BasicsIBM zOS Basics
IBM zOS Basics
 
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrenteTópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
Tópicos Avanzados de Programación - Unidad 3 programacion concurrente
 

Destaque

Operadores de redirecionamento
Operadores de redirecionamentoOperadores de redirecionamento
Operadores de redirecionamento
Ivani Nascimento
 
Personalizando o ambiente do usuário
Personalizando o ambiente do usuárioPersonalizando o ambiente do usuário
Personalizando o ambiente do usuário
Ivani Nascimento
 
Obtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no LinuxObtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no Linux
Ivani Nascimento
 
Editor de texto VI
Editor de texto VIEditor de texto VI
Editor de texto VI
Ivani Nascimento
 
Sistemas de arquivos
Sistemas de arquivosSistemas de arquivos
Sistemas de arquivos
Ivani Nascimento
 
2. conceito de processos
2. conceito de processos2. conceito de processos
2. conceito de processos
vini_campos
 
Galileu o julgamento de judas
Galileu o julgamento de judasGalileu o julgamento de judas
Galileu o julgamento de judas
Ignácio Do Carmo Brasil
 
Arquivos de Inicialização do Linux
Arquivos de Inicialização do LinuxArquivos de Inicialização do Linux
Arquivos de Inicialização do Linux
Ivani Nascimento
 
Aprendi Python, e agora?
Aprendi Python, e agora?Aprendi Python, e agora?
Aprendi Python, e agora?
Julio Cesar Eiras Melanda
 
Plataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do LinuxPlataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do Linux
Ranieri Trecha
 
Mapa mental linux
Mapa mental linuxMapa mental linux
Mapa mental linux
Frangelys Perez
 
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
Dalton Martins
 
Mini curso de Linux
Mini curso de LinuxMini curso de Linux
Mini curso de Linux
Diego Almada
 
Deus existe! Antony Flew
Deus existe! Antony FlewDeus existe! Antony Flew
Deus existe! Antony Flew
Carlos Alberto Monteiro da Silva
 
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos diasBeaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
Victor Dias
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
Cleyton Stefanello
 
A era das revoluções - Eric Hobsbawm
A era das revoluções - Eric HobsbawmA era das revoluções - Eric Hobsbawm
A era das revoluções - Eric Hobsbawm
Isah Lopes
 
Curso básico de Algoritmos com Python
Curso básico de Algoritmos com PythonCurso básico de Algoritmos com Python
Curso básico de Algoritmos com Python
Giancarlo Silva
 
A Era das Revoluções
A Era das RevoluçõesA Era das Revoluções
A Era das Revoluções
Paulo Alexandre
 

Destaque (19)

Operadores de redirecionamento
Operadores de redirecionamentoOperadores de redirecionamento
Operadores de redirecionamento
 
Personalizando o ambiente do usuário
Personalizando o ambiente do usuárioPersonalizando o ambiente do usuário
Personalizando o ambiente do usuário
 
Obtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no LinuxObtendo ajuda no Linux
Obtendo ajuda no Linux
 
Editor de texto VI
Editor de texto VIEditor de texto VI
Editor de texto VI
 
Sistemas de arquivos
Sistemas de arquivosSistemas de arquivos
Sistemas de arquivos
 
2. conceito de processos
2. conceito de processos2. conceito de processos
2. conceito de processos
 
Galileu o julgamento de judas
Galileu o julgamento de judasGalileu o julgamento de judas
Galileu o julgamento de judas
 
Arquivos de Inicialização do Linux
Arquivos de Inicialização do LinuxArquivos de Inicialização do Linux
Arquivos de Inicialização do Linux
 
Aprendi Python, e agora?
Aprendi Python, e agora?Aprendi Python, e agora?
Aprendi Python, e agora?
 
Plataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do LinuxPlataformas Gráficas do Linux
Plataformas Gráficas do Linux
 
Mapa mental linux
Mapa mental linuxMapa mental linux
Mapa mental linux
 
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
Tópicos em Gestão da Informação II - Aula 01 - Desafios atuais da Gestão da I...
 
Mini curso de Linux
Mini curso de LinuxMini curso de Linux
Mini curso de Linux
 
Deus existe! Antony Flew
Deus existe! Antony FlewDeus existe! Antony Flew
Deus existe! Antony Flew
 
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos diasBeaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
Beaud, michel. historia do capitalismo de 1500 a nossos dias
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
A era das revoluções - Eric Hobsbawm
A era das revoluções - Eric HobsbawmA era das revoluções - Eric Hobsbawm
A era das revoluções - Eric Hobsbawm
 
Curso básico de Algoritmos com Python
Curso básico de Algoritmos com PythonCurso básico de Algoritmos com Python
Curso básico de Algoritmos com Python
 
A Era das Revoluções
A Era das RevoluçõesA Era das Revoluções
A Era das Revoluções
 

Semelhante a Dispositivos de Bloco

S.o iuras
S.o iurasS.o iuras
S.o iuras
Bruno Ponces
 
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
Marlon Willrich
 
IntroduçãO Ao Linux
IntroduçãO Ao LinuxIntroduçãO Ao Linux
IntroduçãO Ao Linux
Rodrigo Piovesana
 
Ssh no android
Ssh no androidSsh no android
Ssh no android
rodolfo alder
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de ArquivosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
Luiz Arthur
 
Linux comandos gerais e servidores de rede
Linux   comandos gerais e servidores de redeLinux   comandos gerais e servidores de rede
Linux comandos gerais e servidores de rede
fernandao777
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e DispositivosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
Luiz Arthur
 
Comandos Linux Parte 1
Comandos Linux Parte 1Comandos Linux Parte 1
Comandos Linux Parte 1
Leo Amorim
 
Aula - Comandos Linux - Parte 1
Aula - Comandos Linux - Parte 1Aula - Comandos Linux - Parte 1
Aula - Comandos Linux - Parte 1
Leo Amorim
 
Procedimentos de Backup
Procedimentos de BackupProcedimentos de Backup
Procedimentos de Backup
elliando dias
 
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
Elizabete Bahia
 
So-mod-4
So-mod-4So-mod-4
So-mod-4
diogoa21
 
Aula 05 informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
Aula 05  informática aplicada - discos e sistemas de arquivosAula 05  informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
Aula 05 informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
Robson Ferreira
 
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e DrbdAlta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
Frederico Madeira
 
Sor filesystem-particionamento
Sor filesystem-particionamentoSor filesystem-particionamento
Sor filesystem-particionamento
Carlos Melo
 
Linux - Bruno Oliveira 12ºL
Linux - Bruno Oliveira 12ºLLinux - Bruno Oliveira 12ºL
Linux - Bruno Oliveira 12ºL
BrunoOliveira1070
 
Slide minicursocalourosufpa2011
Slide minicursocalourosufpa2011Slide minicursocalourosufpa2011
Slide minicursocalourosufpa2011
Diego Damasceno
 
Redes Linux comandos gerais e servidores de redes
Redes Linux comandos gerais e servidores de redesRedes Linux comandos gerais e servidores de redes
Redes Linux comandos gerais e servidores de redes
SoftD Abreu
 
Apostilaredeslinux
ApostilaredeslinuxApostilaredeslinux
Apostilaredeslinux
mbertoldo tecnology
 
Workshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
Workshop Slackware 12.1 - Tiago BiazusWorkshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
Workshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
Tchelinux
 

Semelhante a Dispositivos de Bloco (20)

S.o iuras
S.o iurasS.o iuras
S.o iuras
 
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
Minicurso GNU/Linux básico - Aula1 - Semana Sistemas de Informação 2015 - UNI...
 
IntroduçãO Ao Linux
IntroduçãO Ao LinuxIntroduçãO Ao Linux
IntroduçãO Ao Linux
 
Ssh no android
Ssh no androidSsh no android
Ssh no android
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de ArquivosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Montando e Desmontando Sistemas de Arquivos
 
Linux comandos gerais e servidores de rede
Linux   comandos gerais e servidores de redeLinux   comandos gerais e servidores de rede
Linux comandos gerais e servidores de rede
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e DispositivosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Sistemas de Arquivos e Dispositivos
 
Comandos Linux Parte 1
Comandos Linux Parte 1Comandos Linux Parte 1
Comandos Linux Parte 1
 
Aula - Comandos Linux - Parte 1
Aula - Comandos Linux - Parte 1Aula - Comandos Linux - Parte 1
Aula - Comandos Linux - Parte 1
 
Procedimentos de Backup
Procedimentos de BackupProcedimentos de Backup
Procedimentos de Backup
 
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
Linux comandosgeraiseservidoresderede-120930000057-phpapp01
 
So-mod-4
So-mod-4So-mod-4
So-mod-4
 
Aula 05 informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
Aula 05  informática aplicada - discos e sistemas de arquivosAula 05  informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
Aula 05 informática aplicada - discos e sistemas de arquivos
 
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e DrbdAlta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
Alta Disponibilidade em Linux com Heartbeat e Drbd
 
Sor filesystem-particionamento
Sor filesystem-particionamentoSor filesystem-particionamento
Sor filesystem-particionamento
 
Linux - Bruno Oliveira 12ºL
Linux - Bruno Oliveira 12ºLLinux - Bruno Oliveira 12ºL
Linux - Bruno Oliveira 12ºL
 
Slide minicursocalourosufpa2011
Slide minicursocalourosufpa2011Slide minicursocalourosufpa2011
Slide minicursocalourosufpa2011
 
Redes Linux comandos gerais e servidores de redes
Redes Linux comandos gerais e servidores de redesRedes Linux comandos gerais e servidores de redes
Redes Linux comandos gerais e servidores de redes
 
Apostilaredeslinux
ApostilaredeslinuxApostilaredeslinux
Apostilaredeslinux
 
Workshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
Workshop Slackware 12.1 - Tiago BiazusWorkshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
Workshop Slackware 12.1 - Tiago Biazus
 

Dispositivos de Bloco

  • 1. Instalação e configuração de Sistemas Operacionais de Redes Manipulação de Dispositivos Profª Ivani Nascimento
  • 2. Apresentação •Dispositivos de blocos são todos os dispositivos que podem enviar/transmitir dados em blocos de tamanho fixo. •Um dispositivo de bloco famoso, é o HD, que pode ser IDE, SCSI, etc. Além dele, temos como exemplo de dispositivos de blocos pendrives, disquetes, cdrom. •Os dispositivos de bloco mencionados, representam uma interface para o disco.
  • 3. Apresentação • Em sistemas Windows, desde uma partição no disco rígido até um pendrive, o acesso a eles é feito utilizando a idéia de "unidade" ou "driver", como por exemplo unidade C: ou drive C:. • Já em sistemas GNU/Linux existe o conceito de dispositivos, e, praticamente tudo que está na máquina é tratado como sendo um dispositivo que pode ser acessado pelo seu arquivo localizado no diretório /dev.
  • 4. Apresentação • O diretório /dev consiste em arquivos especiais, chamados de arquivos de dispositivos, e é onde encontramos os arquivos de dispositivos de bloco e também arquivos dispositivos de: • caracter - são usados como correspondentes de dispositivos cujos dados são transmitidos na forma de um caracter por vez. • fifo - também conhecido como pipe nomeado, é utilizado para realizar a comunicação entre processos em uma mesma máquina. • socket - utilizado para criar um ponto de comunicação entre processos, do tipo "cliente-servidor".
  • 5. Apresentação • Por exemplo, se um determinado programa precisar ler uma informação da porta serial, basta que ele abra o arquivo /dev/ttyS0 para leitura, que é um arquivo de dispositivo especial que, quando acessado, lê o conteúdo do dispositivo em questão. • Sendo assim, podemos dizer que os arquivos de dispositivos são o nome pelo qual um determinado dispositivo é conhecido pelo sistema.
  • 6. Identificando o hardware • Para saber qual o tipo de arquivo de dispositivo, devemos usar o comando ls com o parâmetro -l para listar com detalhes. Nos exemplos a seguir, serão listados os arquivos de dispositivo do tipo bloco, caracter, fifo e socket: • Listando arquivos de dispositivos de bloco: # cd /dev/ # ls -l | grep ^b brw-rw—- 1 root cdrom 22, 0 2008-08-08 00:13 hda brw-rw—- 1 root disk 8, 0 2008-08-08 00:13 sda
  • 7. Identificando o hardware • Listando arquivos de dispositivos de caracter: # ls -l | grep ^c crw-rw—- 1 root dialout 4, 64 2008-08-08 00:13 ttyS0 crw-rw—- 1 root dialout 4, 65 2008-08-08 00:13 ttyS1 • Listando arquivos de dispositivos de fifo: # ls -l | grep ^p prw——- 1 root root 0 2008-08-08 00:13 initctl prw-r—– 1 root adm 0 2008-08-08 22:05 xconsole
  • 8. Identificando o hardware • Listando arquivos de dispositivos de socket: # ls -l | grep ^s srwxrwxrwx 1 root root 0 2008-08-08 00:14 gpmctl srw-rw-rw- 1 root root 0 2008-08-08 00:14 log
  • 9. Identificando o hardware • Considerando os dispositivos SCSI conectados à máquina, o nome deles é determinado conhecendo qual controladora ele está conectado e qual partição deseja acessar. • Por exemplo, /dev/sda representa todo o disco, mas a terceira partição primária desse disco, será o /dev/sda3:
  • 10. Usando os dispositivos • Para acessar os dados que estão em um dispositivo, no Linux usamos o conceito de montar; assim, quando colocamos um cd no computador, por exemplo, vamos ‘montar’ o cd, isto é, deixar os dados que estão no cd disponíveis para uso. • O comando utilizado para montar dispositivos é o mount, e sua sintaxe básica é: mount dispositivo ponto_de_montagem • Onde: montar (mount) o que? (dispositivo) onde? (ponto_de_montagem)
  • 11. Usando os dispositivos • Exemplo de uso do dispositivo CD-ROM. • O primeiro passo é saber qual é dispositivo em que o CD-ROM se encontra. Quando o Linux inicializa, aparecem diversas mensagens na tela. • São mensagens referentes aos hardwares encontrados (cd, hd, etc). Para checar as tais mensagens depois que o Linux inicializa, utilizamos o comando dmesg: # dmesg | more
  • 12. Usando os dispositivos • Ou então, para ser mais específico, pode-se filtrar a pesquisa da saída do dmesg, procurando por ATAPI, que é o protocolo que gerencia o drive do CD-ROM: # dmesg | grep -i atapi hda: MATSHITADVD-RAM UJ-850S, ATAPI CD/DVD-ROM drive hda: ATAPI 24X DVD-ROM DVD-R-RAM CD-R/RW drive, 2048kB Cache, UDMA(33)
  • 13. Usando os dispositivos • Outra maneira de descobrir o dispositivo é consultar o diretório /proc, que terá a lista de todos os dispositivos que estão ativos no Linux; sabendo que o leitor de CD é IDE, basta entrar no diretório /proc/ide e listar seu conteúdo: # cd /proc/ide/ # ls drivers hda ide0
  • 14. Usando os dispositivos # cd hda/ # ls capacity driver identify media model settings # cat model MATSHITADVD-RAM UJ-850S • Sabendo qual o dispositivo, é possível montar o CD (/dev/hda) em /media/cdrom: # mount /dev/hda /media/cdrom/ mount: block device /dev/hda is write-protected, mounting read-only
  • 15. Usando os dispositivos • Para verificar se o dispositivo foi montado corretamente, pode-se usar os comandos mount e df: # mount /dev/hda on /media/cdrom0 type iso9660 (ro) # df -h Sist. Arq. Tam Usad Disp Uso% Montado em /dev/hda 6,8M 6,8M 0 100% /media/cdrom
  • 16. Usando os dispositivos • O comando df vem de disk free; além dos dispositivos que estão montados, ele mostra o tamanho e o uso em %. • A opção -h do comando df, é para mostrar o resultado em formato humano (M – megas, G, gigas).
  • 17. Desmontando os dispositivos • Quando um determinado dispositivo é montado, no exemplo o cd- rom, só será possível retirar a mídia após desmontar a mesma. Para essa operação, é utilizado o comando umount: # umount /media/cdrom • Lembrando que, para desmontar o cd, não podemos estar dentro do diretório onde o cd foi montado! Por exemplo, você montou o cd conforme o exemplo. Para acessar o conteúdo dele, deve entrar no diretório onde foi montado (no caso, /media/cdrom).
  • 18. Desmontando o dispositivo • Quando quiser desmontar, você terá que sair do diretório /media/cdrom, caso contrário, receberá mensagem que o dispositivo está ocupado: # cd /media/cdrom # umount /media/cdrom umount: /media/cdrom: device is busy umount: /media/cdrom: device is busy
  • 19. Desmontando o dispositivo • No exemplo acima, não foi possível desmontar o cd pois estava no diretório onde o dispositivo foi montado. • Para desmontar, é necessário sair do diretório e executar o comando umount novamente: # cd # umount /media/cdrom
  • 20. Referências MORIMOTO, Carlos E.. Linux, guia prático. Porto Alegre: Sul Editores, 2009. FERREIRA, Rubem E.. Linux: guia do administrador do sistema. São Paulo: Novatec, 2008. MOTA FILHO, João Eriberto. Descobrindo o Linux: entenda o sistema operacional GNU/linux. São Paulo: Novatec, 2007.
  • 21. Referências RIBEIRO, Uirá, Certificação Linux, 1ª Ed, Rio de Janeiro, Axcel Books, 2004. Certificação Linux LPI- Nível 1 Exames 101 e 102. Vários, 1ª Ed, São Paulo, Alta Books. NORTON, Peter; GRIFFITH, Arthur. Guia Completo do Linux. Tradução Sérgio Facchim – Complete Guide to Linux. São Paulo, Berkeley, 2000.