SlideShare uma empresa Scribd logo
 Racismo
 Afrodescendência
 Cultura Africana
 Curiosidades
 Filme: “12 Anos de Escravidão”
Racismo
O Racismo é um tipo de preconceito associado às raças, às etnias ou
às características físicas. As pessoas denominadas racistas baseiam-se na
ideologia da superioridade.
Em outras palavras, esse tipo de preconceito assinala que algumas raças ou
etnias são superiores às outras, seja pela cor da pele, pensamentos, opiniões,
crenças, inteligência, cultura ou caráter.
 Curiosidades:
• O Dia Internacional da "Eliminação da Discriminação Racial" é comemorado
dia 21 de março.
• A prática do racismo é considerado um crime sem fiança, com pena de até 3
anos de prisão.
Afrodescendência
Afrodescendente é o termo usado para designar todo aquele que tem entre seus
descendentes algum familiar, mesmo que distante, que nasceu na África.
Afrodescendente é aquele que descende de africanos.
Embora a maioria dos afrodescendentes sejam identificados pela pigmentação de
sua pele, tecnicamente, além dos negros, podemos encontrar muitos mestiços,
índios e até brancos afrodescendentes, dada a significativa miscigenação que de
uma forma ou de outra sempre esteve presente na história do Brasil. Entretanto,
na maioria das vezes em que a palavra afrodescendente é empregada, é para se
referir a pessoa de cor negra.
Cultura Africana
A cultura africana chegou ao Brasil com os povos escravizados trazidos da África
durante o longo período em que durou o tráfico negreiro transatlântico. A
diversidade cultural da África refletiu-se na diversidade dos escravos, pertencentes
a diversas etnias que falavam idiomas diferentes e trouxeram tradições distintas.
Os africanos trazidos ao Brasil incluíram bantos, nagôs e jejes, cujas crenças
religiosas deram origem às religiões afro-brasileiras, e os hauçás e malês, de
religião islâmica e alfabetizados em árabe. Assim como a indígena, a cultura
africana foi geralmente suprimida pelos colonizadores. Na colônia, os escravos
aprendiam o português, eram batizados com nomes portugueses e obrigados a se
converter ao catolicismo.
Curiosidades
12 Anos de Escravidão
Discriminação ZERO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Discriminação ZERO

241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
gisele picolli
 
História-semana7-questão africana
História-semana7-questão africanaHistória-semana7-questão africana
História-semana7-questão africana
gisele75
 
Raça e etnia
Raça e etniaRaça e etnia
áFrica 2012
áFrica 2012áFrica 2012
áFrica 2012
Arlete Monteiro
 
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multiculturalModulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Cultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B RoxoCultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B Roxo
ANA CRISTINA
 
Africanidade
AfricanidadeAfricanidade
Africanidade
Raimunda Rodrigues
 
Da origem do hip
Da origem do hipDa origem do hip
Da origem do hip
Luana Reverti
 
Resam
ResamResam
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
Cristina de Souza
 
Os africanos
Os africanosOs africanos
Os africanos
grupo102017
 
Cultura afro
Cultura afroCultura afro
Cultura afro
Daniela F Almenara
 
Africanitude.. 2
Africanitude.. 2Africanitude.. 2
Africanitude.. 2
Onésimo Remígio
 
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
Ercilio Langa
 
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Maria Claudia F.Graca
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
felipeimh
 
Cultura, Política e Questões étnico raciais
Cultura, Política e Questões étnico raciaisCultura, Política e Questões étnico raciais
Cultura, Política e Questões étnico raciais
Privada
 
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdfApresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
Andria246308
 
Os nossos ancestrais africanos
Os nossos ancestrais africanosOs nossos ancestrais africanos
Os nossos ancestrais africanos
dbsbritto
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Wesly Alves de Sá
 

Semelhante a Discriminação ZERO (20)

241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
241642272 1-cutura-material-e-imaterial-pdf
 
História-semana7-questão africana
História-semana7-questão africanaHistória-semana7-questão africana
História-semana7-questão africana
 
Raça e etnia
Raça e etniaRaça e etnia
Raça e etnia
 
áFrica 2012
áFrica 2012áFrica 2012
áFrica 2012
 
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multiculturalModulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
 
Cultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B RoxoCultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B Roxo
 
Africanidade
AfricanidadeAfricanidade
Africanidade
 
Da origem do hip
Da origem do hipDa origem do hip
Da origem do hip
 
Resam
ResamResam
Resam
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
 
Os africanos
Os africanosOs africanos
Os africanos
 
Cultura afro
Cultura afroCultura afro
Cultura afro
 
Africanitude.. 2
Africanitude.. 2Africanitude.. 2
Africanitude.. 2
 
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
Experiências, Dramas Sociais e Interseccionalidades de Mulheres Africanas em ...
 
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
 
Cultura, Política e Questões étnico raciais
Cultura, Política e Questões étnico raciaisCultura, Política e Questões étnico raciais
Cultura, Política e Questões étnico raciais
 
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdfApresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
Apresentação Simples Básica Manchas Verde Roxo Laranja.pdf
 
Os nossos ancestrais africanos
Os nossos ancestrais africanosOs nossos ancestrais africanos
Os nossos ancestrais africanos
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 

Discriminação ZERO

  • 1.  Racismo  Afrodescendência  Cultura Africana  Curiosidades  Filme: “12 Anos de Escravidão”
  • 2. Racismo O Racismo é um tipo de preconceito associado às raças, às etnias ou às características físicas. As pessoas denominadas racistas baseiam-se na ideologia da superioridade. Em outras palavras, esse tipo de preconceito assinala que algumas raças ou etnias são superiores às outras, seja pela cor da pele, pensamentos, opiniões, crenças, inteligência, cultura ou caráter.  Curiosidades: • O Dia Internacional da "Eliminação da Discriminação Racial" é comemorado dia 21 de março. • A prática do racismo é considerado um crime sem fiança, com pena de até 3 anos de prisão.
  • 3. Afrodescendência Afrodescendente é o termo usado para designar todo aquele que tem entre seus descendentes algum familiar, mesmo que distante, que nasceu na África. Afrodescendente é aquele que descende de africanos. Embora a maioria dos afrodescendentes sejam identificados pela pigmentação de sua pele, tecnicamente, além dos negros, podemos encontrar muitos mestiços, índios e até brancos afrodescendentes, dada a significativa miscigenação que de uma forma ou de outra sempre esteve presente na história do Brasil. Entretanto, na maioria das vezes em que a palavra afrodescendente é empregada, é para se referir a pessoa de cor negra.
  • 4. Cultura Africana A cultura africana chegou ao Brasil com os povos escravizados trazidos da África durante o longo período em que durou o tráfico negreiro transatlântico. A diversidade cultural da África refletiu-se na diversidade dos escravos, pertencentes a diversas etnias que falavam idiomas diferentes e trouxeram tradições distintas. Os africanos trazidos ao Brasil incluíram bantos, nagôs e jejes, cujas crenças religiosas deram origem às religiões afro-brasileiras, e os hauçás e malês, de religião islâmica e alfabetizados em árabe. Assim como a indígena, a cultura africana foi geralmente suprimida pelos colonizadores. Na colônia, os escravos aprendiam o português, eram batizados com nomes portugueses e obrigados a se converter ao catolicismo.
  • 6. 12 Anos de Escravidão