SlideShare uma empresa Scribd logo
LANÇAMENTO MUNDIAL!
01.11.16
COMEÇA
JÁ A LER
A mãe está sempre a dizer que eu tenho muita
sorte por ter a avó Nana a olhar mim, lá do céu.
Acho que ela diz isso para me fazer sentir bem,
mas eu tenho um monte de perguntas acerca da
forma como a coisa funciona.
Não me importo que a avó Nana olhe por mim
quando estou a atravessar a rua, ou a fazer qualquer
coisa em que precise de proteção extra. Mas há
alturas em que uma pessoa precisa de privacidade.
Aquilo que mais me preocupa é que, quando a avó
era viva, eu era um miúdo insuportável. Portanto,
se eu fosse a ela, acho que me estaria a BORRIFAR
se algo me acontecesse.
Sinto-me um pouco mal por a Nana ter de olhar
por mim a toda a hora. Durante toda a vida
trabalhou arduamente como enfermeira e acho que
ela devia era estar a descansar e a ler romances,
e não a tomar conta de um miúdo que tem de
fazer os TPC todas as noites.
CHEIRAS
A
ESPARGOS!
Mas de uma coisa podem ter a certeza: se eu
alguma vez for para o céu, vou passar o tempo
a nadar numa piscina gigante cheia de gomas ou
a dar cambalhotas por entre as nuvens.
Nem pensem que vou assumir o compromisso de
tomar conta de um qualquer bisneto que mal conheci.
IUPIII
II!
Há uns tempos, a mãe contou-me que não é só a
Nana que olha por mim lá do céu, são TODOS os
meus familiares que já morreram. Preferia que ela não
me tivesse dito isso porque agora, quando estou a
copiar pela Alex Aruda, sinto-me superculpado.
Não gosto nada de saber que eles controlam tudo
aquilo que eu faço. Se eles estão a olhar para mim
sempre que meto o dedo no nariz, vai ser embaraçoso
quando nos reencontrarmos lá em cima, um dia.
De qualquer forma, não tenciono juntar-me
a eles tão CEDO. E digo-vos já porquê...
Ontem ao almoço, o Albert Sandy contou a história
de um velhote multimilionário que pagou uma pipa
de massa para o congelarem e para, daqui a cem
anos, o DEScongelarem. Ele acha que nessa
altura já saberão curar quase todas as doenças
e, aí, ele poderá viver praticamente para sempre.
Esta cena da congelação parece-me uma ideia de
GÉNIO. Se algum dia eu ficar rico, vou fazer
EXATAMENTE a mesma coisa.
Mas não vou esperar até ficar tão velho como
aquele multimilionário. Eu diria que se formos
congelados demasiado velhos, quando chegar a
altura de nos descongelarem estaremos demasiado
resmungões e pouco virados para a diversão.
Por isso, se nos próximos anos eu ganhar a
lotaria, ou algo parecido, vou logo comprar o meu
bilhete só de ida para o futuro.
SAIAM
DO MEU
JARDIM!
OK, VAMOS LÁ
TRATAR DISTO!
ATIRA
Não sei é se cem anos será suficiente. Daqui a cem
anos, provavelmente vou ter um monte de sobrinhas
e sobrinhos-netos a precisarem da babysitter, e não
me apetece gastar tanto dinheiro para depois ter de
ficar a mudar um monte de fraldas sujas.
O meu plano é ficar congelado bastante mais tempo,
tipo MIL anos, pois aí é que as coisas vão ser
MESMO interessantes. Também não me apetece ir
muito além disso, porque SABE-SE LÁ o quanto é
que os seres humanos já terão evoluído nessa altura.
HUMANO
ANTIGO
LEA~O
Se eu NÃO GANHAR a lotaria nos próximos
anos, acho que vou ter de encontrar uma opção mais
barata. O Albert Sandy diz que as pessoas que não
podem pagar para terem todo o seu corpo congelado,
talvez possam congelar apenas o CÉREBRO, que
será depois colocado num corpo de robot.
Se eu conseguir o dinheiro necessário, vou optar pelo
pacote completo. Por norma, quando escolhemos a opção
mais barata, acabamos sempre por nos arrepender.
BZZZZZ
OH,
VÁ LÁ!
Já tens os outros livros do Greg?
Livro
de Atividades
Aprende
InglÊS
© 2016 Booksmile, uma chancela da 20|20 Editora. Todos os direitos reservados.
ESte
livro
Rula!
LANÇAMENTO MUNDIAL!
01.11.16
O DIÁRIO DE UM BANANA®, DIARY OF A WIMPY KID®, WIMPY KID™, a figura de Greg Heffley™ e o design das capas dos livros
são marcas registadas de Wimpy Kid, Inc. Todos os direitos reservados.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro Quem vai ficar como o pessego
Livro Quem vai ficar como o pessego Livro Quem vai ficar como o pessego
Livro Quem vai ficar como o pessego
ANA PAULA LOPES
 
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente felizDuas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
fabianahonorato
 
Guilherme augusto araújo fernandes
Guilherme augusto araújo fernandesGuilherme augusto araújo fernandes
Guilherme augusto araújo fernandes
Rosemary Batista
 
Até as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam PumAté as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam Pum
mariaelidias
 
A casinha do tatu
A casinha do tatuA casinha do tatu
A casinha do tatu
kessy cadela
 
A bota do bode
A bota do bodeA bota do bode
A bota do bode
Andreá Perez Leinat
 
Livro sobre respeito às diferenças
Livro sobre respeito às diferençasLivro sobre respeito às diferenças
Livro sobre respeito às diferenças
Milena Barbosa
 
Produçaõ de texto com leitura do saci
Produçaõ de texto com leitura do saciProduçaõ de texto com leitura do saci
Produçaõ de texto com leitura do saci
lyzandra de camargo
 
FOLCLORICES DE BRINCAR
FOLCLORICES DE BRINCARFOLCLORICES DE BRINCAR
FOLCLORICES DE BRINCAR
Dulcilene Figueiredo
 
Livrinho Comigo não, camaleão
Livrinho Comigo não, camaleãoLivrinho Comigo não, camaleão
Livrinho Comigo não, camaleão
Isa ...
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
O livro da familia para colorir
O livro da familia para colorirO livro da familia para colorir
O livro da familia para colorir
Rita Nunes
 
Especial dia das crianças pdf clicável
Especial dia das crianças   pdf clicávelEspecial dia das crianças   pdf clicável
Especial dia das crianças pdf clicável
Ledson Aldrovandi
 
Primeira semana na escola de vacas
Primeira semana  na escola de vacasPrimeira semana  na escola de vacas
Primeira semana na escola de vacas
Heloisa Teixeira
 
Leitura compartilhada
Leitura compartilhada Leitura compartilhada
Leitura compartilhada
JHOLYE
 
História Divertida para trabalhar medidas não convencionais
História Divertida para trabalhar medidas não convencionaisHistória Divertida para trabalhar medidas não convencionais
História Divertida para trabalhar medidas não convencionais
aparecida_ines
 
O mar para adivinhar
O mar para adivinharO mar para adivinhar
O mar para adivinhar
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Projeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação InfantilProjeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação Infantil
Mayara Silva
 
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
Elisangela Terra
 
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMARPROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
Milena Barbosa
 

Mais procurados (20)

Livro Quem vai ficar como o pessego
Livro Quem vai ficar como o pessego Livro Quem vai ficar como o pessego
Livro Quem vai ficar como o pessego
 
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente felizDuas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
Duas dúzias de coisinhas à toa que deixam a gente feliz
 
Guilherme augusto araújo fernandes
Guilherme augusto araújo fernandesGuilherme augusto araújo fernandes
Guilherme augusto araújo fernandes
 
Até as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam PumAté as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam Pum
 
A casinha do tatu
A casinha do tatuA casinha do tatu
A casinha do tatu
 
A bota do bode
A bota do bodeA bota do bode
A bota do bode
 
Livro sobre respeito às diferenças
Livro sobre respeito às diferençasLivro sobre respeito às diferenças
Livro sobre respeito às diferenças
 
Produçaõ de texto com leitura do saci
Produçaõ de texto com leitura do saciProduçaõ de texto com leitura do saci
Produçaõ de texto com leitura do saci
 
FOLCLORICES DE BRINCAR
FOLCLORICES DE BRINCARFOLCLORICES DE BRINCAR
FOLCLORICES DE BRINCAR
 
Livrinho Comigo não, camaleão
Livrinho Comigo não, camaleãoLivrinho Comigo não, camaleão
Livrinho Comigo não, camaleão
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
O livro da familia para colorir
O livro da familia para colorirO livro da familia para colorir
O livro da familia para colorir
 
Especial dia das crianças pdf clicável
Especial dia das crianças   pdf clicávelEspecial dia das crianças   pdf clicável
Especial dia das crianças pdf clicável
 
Primeira semana na escola de vacas
Primeira semana  na escola de vacasPrimeira semana  na escola de vacas
Primeira semana na escola de vacas
 
Leitura compartilhada
Leitura compartilhada Leitura compartilhada
Leitura compartilhada
 
História Divertida para trabalhar medidas não convencionais
História Divertida para trabalhar medidas não convencionaisHistória Divertida para trabalhar medidas não convencionais
História Divertida para trabalhar medidas não convencionais
 
O mar para adivinhar
O mar para adivinharO mar para adivinhar
O mar para adivinhar
 
Projeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação InfantilProjeto poesias: Educação Infantil
Projeto poesias: Educação Infantil
 
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
Apostila Atividades de Alfabetização Volume 2
 
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMARPROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
PROJETO INCLUSÃO E SOLIDARIEDADE, QUANDO INCLUIR É AMAR
 

Semelhante a Diário de um banana

Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarder
Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarderEi! tem alguem ai? - Jostein gaarder
Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarder
Thaisa Ferreira
 
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aíJostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
Lara Gonçalves
 
Avs So O Mximo
Avs So O MximoAvs So O Mximo
Avs So O Mximo
Marilia Brasil
 
VOL 15 - Vai Fundo.pdf
VOL 15 - Vai Fundo.pdfVOL 15 - Vai Fundo.pdf
VOL 15 - Vai Fundo.pdf
ANONI MIX
 
Avos sao o maximo
Avos sao o maximoAvos sao o maximo
Avos sao o maximo
Mensagens Virtuais
 
A vida como ela é
A vida como ela éA vida como ela é
A vida como ela é
Lucas Soares
 
A vida como ela é!
A vida como ela é!A vida como ela é!
A vida como ela é!
Lucas Soares
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
Paulo Guilherme da Silva
 
Avós são o máximo!
Avós são o máximo!Avós são o máximo!
Avós são o máximo!
arquimedesferreira
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
Luiz Carlos Dias
 
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
Nathália Camargo
 
Diário de Tati [Fragmento]
Diário de Tati [Fragmento]Diário de Tati [Fragmento]
Diário de Tati [Fragmento]
Caique Fernando Silva Fistarol
 
1141295 perfeitamente imperfeito
1141295 perfeitamente imperfeito1141295 perfeitamente imperfeito
1141295 perfeitamente imperfeito
Elisangela Santos
 
Avós são o_máximo
Avós são o_máximoAvós são o_máximo
Avós são o_máximo
Rogerio Oliveira
 
Em Memoria
Em MemoriaEm Memoria
Em Memoria
cab3032
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
atilahab
 
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULORosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
vitaliykolyesnik
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
Lakalondres
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
Quel DoAlex
 
Avós São o Máximo
Avós São o MáximoAvós São o Máximo
Avós São o Máximo
Carlos Correa
 

Semelhante a Diário de um banana (20)

Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarder
Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarderEi! tem alguem ai? - Jostein gaarder
Ei! tem alguem ai? - Jostein gaarder
 
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aíJostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
Jostein gaarder-Ei-tem-alguem-aí
 
Avs So O Mximo
Avs So O MximoAvs So O Mximo
Avs So O Mximo
 
VOL 15 - Vai Fundo.pdf
VOL 15 - Vai Fundo.pdfVOL 15 - Vai Fundo.pdf
VOL 15 - Vai Fundo.pdf
 
Avos sao o maximo
Avos sao o maximoAvos sao o maximo
Avos sao o maximo
 
A vida como ela é
A vida como ela éA vida como ela é
A vida como ela é
 
A vida como ela é!
A vida como ela é!A vida como ela é!
A vida como ela é!
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
 
Avós são o máximo!
Avós são o máximo!Avós são o máximo!
Avós são o máximo!
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
 
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
COISAS QUE SÓ UMA MULHER ENTENDE E OUTRAS CRÔNICAS DO COTIDIANO FEMININO - Al...
 
Diário de Tati [Fragmento]
Diário de Tati [Fragmento]Diário de Tati [Fragmento]
Diário de Tati [Fragmento]
 
1141295 perfeitamente imperfeito
1141295 perfeitamente imperfeito1141295 perfeitamente imperfeito
1141295 perfeitamente imperfeito
 
Avós são o_máximo
Avós são o_máximoAvós são o_máximo
Avós são o_máximo
 
Em Memoria
Em MemoriaEm Memoria
Em Memoria
 
Avós são o máximo
Avós são o máximoAvós são o máximo
Avós são o máximo
 
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULORosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
Rosa minha irma rosa PRIMEIRO CAPITULO
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
 
Bianca
BiancaBianca
Bianca
 
Avós São o Máximo
Avós São o MáximoAvós São o Máximo
Avós São o Máximo
 

Último

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 

Último (20)

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 

Diário de um banana

  • 2. A mãe está sempre a dizer que eu tenho muita sorte por ter a avó Nana a olhar mim, lá do céu. Acho que ela diz isso para me fazer sentir bem, mas eu tenho um monte de perguntas acerca da forma como a coisa funciona. Não me importo que a avó Nana olhe por mim quando estou a atravessar a rua, ou a fazer qualquer coisa em que precise de proteção extra. Mas há alturas em que uma pessoa precisa de privacidade.
  • 3. Aquilo que mais me preocupa é que, quando a avó era viva, eu era um miúdo insuportável. Portanto, se eu fosse a ela, acho que me estaria a BORRIFAR se algo me acontecesse. Sinto-me um pouco mal por a Nana ter de olhar por mim a toda a hora. Durante toda a vida trabalhou arduamente como enfermeira e acho que ela devia era estar a descansar e a ler romances, e não a tomar conta de um miúdo que tem de fazer os TPC todas as noites. CHEIRAS A ESPARGOS!
  • 4. Mas de uma coisa podem ter a certeza: se eu alguma vez for para o céu, vou passar o tempo a nadar numa piscina gigante cheia de gomas ou a dar cambalhotas por entre as nuvens. Nem pensem que vou assumir o compromisso de tomar conta de um qualquer bisneto que mal conheci. IUPIII II!
  • 5. Há uns tempos, a mãe contou-me que não é só a Nana que olha por mim lá do céu, são TODOS os meus familiares que já morreram. Preferia que ela não me tivesse dito isso porque agora, quando estou a copiar pela Alex Aruda, sinto-me superculpado. Não gosto nada de saber que eles controlam tudo aquilo que eu faço. Se eles estão a olhar para mim sempre que meto o dedo no nariz, vai ser embaraçoso quando nos reencontrarmos lá em cima, um dia.
  • 6. De qualquer forma, não tenciono juntar-me a eles tão CEDO. E digo-vos já porquê... Ontem ao almoço, o Albert Sandy contou a história de um velhote multimilionário que pagou uma pipa de massa para o congelarem e para, daqui a cem anos, o DEScongelarem. Ele acha que nessa altura já saberão curar quase todas as doenças e, aí, ele poderá viver praticamente para sempre. Esta cena da congelação parece-me uma ideia de GÉNIO. Se algum dia eu ficar rico, vou fazer EXATAMENTE a mesma coisa.
  • 7. Mas não vou esperar até ficar tão velho como aquele multimilionário. Eu diria que se formos congelados demasiado velhos, quando chegar a altura de nos descongelarem estaremos demasiado resmungões e pouco virados para a diversão. Por isso, se nos próximos anos eu ganhar a lotaria, ou algo parecido, vou logo comprar o meu bilhete só de ida para o futuro. SAIAM DO MEU JARDIM! OK, VAMOS LÁ TRATAR DISTO! ATIRA
  • 8. Não sei é se cem anos será suficiente. Daqui a cem anos, provavelmente vou ter um monte de sobrinhas e sobrinhos-netos a precisarem da babysitter, e não me apetece gastar tanto dinheiro para depois ter de ficar a mudar um monte de fraldas sujas. O meu plano é ficar congelado bastante mais tempo, tipo MIL anos, pois aí é que as coisas vão ser MESMO interessantes. Também não me apetece ir muito além disso, porque SABE-SE LÁ o quanto é que os seres humanos já terão evoluído nessa altura. HUMANO ANTIGO LEA~O
  • 9. Se eu NÃO GANHAR a lotaria nos próximos anos, acho que vou ter de encontrar uma opção mais barata. O Albert Sandy diz que as pessoas que não podem pagar para terem todo o seu corpo congelado, talvez possam congelar apenas o CÉREBRO, que será depois colocado num corpo de robot. Se eu conseguir o dinheiro necessário, vou optar pelo pacote completo. Por norma, quando escolhemos a opção mais barata, acabamos sempre por nos arrepender. BZZZZZ OH, VÁ LÁ!
  • 10. Já tens os outros livros do Greg? Livro de Atividades Aprende InglÊS
  • 11. © 2016 Booksmile, uma chancela da 20|20 Editora. Todos os direitos reservados. ESte livro Rula! LANÇAMENTO MUNDIAL! 01.11.16 O DIÁRIO DE UM BANANA®, DIARY OF A WIMPY KID®, WIMPY KID™, a figura de Greg Heffley™ e o design das capas dos livros são marcas registadas de Wimpy Kid, Inc. Todos os direitos reservados.