SlideShare uma empresa Scribd logo
efconsulting®
www.efconsulting.pt
O Dilema da Decisão
nas Empresas Familiares
e nas Famílias Empresárias
antónio nogueira da costa
antonio.costa@efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Valença
16 de dezembro 2015
Porque Choram os Bebés à Noite?
Tópicos
A Empresa Familiar
A Continuidade: Sucessão da
Liderança e da Propriedade
Conclusões
4
Empresa Familiar
Empresa Familiar
vs Não Familiar
“Em teoria, uma empresa familiar e uma não familiar
devem ser ambas geridas por profissionais
competentes.
A única diferença é que existe um rosto”
Alexandre Soares dos Santos
6
Organização
com Rosto
associada a uma atividade e que se pretende perpetuar.
Empresas Familiares Alto Minho
efconsulting®
www.efconsulting.pt
Empresa Familiar
… entidade fundada por nós, pelo
pai/mãe ou avô/avó, importante fonte
de receitas e garantia patrimonial, com
a qual os membros da família
proprietária possuem um enorme
vínculo emocional.
Perspetiva de continuidade
País
GERAÇÃO
1ª 2ª 3ª
Portugal Pai Rico Filho Nobre Neto Pobre
Espanha Padre Bodeguero Hijo Millonario Nieto Pordiosero
Alemanha
Erwerben
(cria)
Vererben
(herda)
Verderben
(destrói)
USA
“Shirtsleeves to shirtsleeves in 3 generations”
(de escravo a escravo em 3 gerações)
China
從三代人木屐木屐
(de tamancos a tamancos em 3 gerações)
A Tra(mal)dição
Somente 20% das empresas familiares (EFs) conseguem
manter-se na mesma família por mais 60 anos
50% das empresas familiares falham na passagem do
testemunho geracional da:
Liderança
Propriedade
“um terço dos empresários da União Europeia abandonará a actividade
nos próximos dez anos. … este abandono afectará anualmente 690 000
PME e 2,8 milhões de empregos.”
Porquê?
Fonte: Keeping the Family Business Healthy, John Ward
Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14/03/2006 , COM(2006) 117 final
A Tra(mal)dição
União de Interesses
Distintos e Evolutivos
FAMÍLIA
Crescimento e
União
EMPRESA
Rentabilidade e
Continuidade
PROPRIEDADE
Posse, Controle,
Rendimento
Família vs Acionista Acionista vs Empresa
Família vs Trabalhar na
Empresa
Familiar na
Empresa e
Acionista
“A empresa familiar não é
o paraíso nem o inferno, é
apenas o purgatório”
Adaptado de frase atribuída a Abraham Lincoln
“Marriage is neither Heaven nor Hell,
it is simply Purgatory”
Abraham Lincoln
(1809-1865)
(Presidente EUA)
efconsulting®
www.efconsulting.pt
O Sistema da Empresa Familiar
FAMÍLIA EMPRESA
Relacionamentos, papéis, emoções, história,
etc., afetam as atividades da empresa
Participação e / ou propriedade da
empresa afetam as relações familiares
Decisão
Múltiplos Chapéus a ser usados
Cada um com diferente:
•Papel
•Perspetiva
•Responsabilidade
Empregado
Gestor
Familiar
Proprietário
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Tal como o ponto anterior da agenda, os que votarem
contra a minha decisão, significa “Eu demito-me”.
Decisão Tópicos
A Empresa Familiar
A Continuidade: Sucessão da
Liderança e da Propriedade
Conclusão
17
CONTINUIDADE
PROCESSO de Continuidade
Sucessão na Liderança
Sucessão na Propriedade
efconsulting®
www.efconsulting.pt
Aprendizagem
Prática
Preparar a Geração Seguinte
Geração I 50 55 60 65 70 75 80 85 90 95
Geração II 25 30 35 40 45 50 55 60 65 70
Geração III 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45
Atitude e Valores
Entrada e Negócio
Liderança
Transição
Seleção
1
Selecionar
Processo de Sucessão gerido pelo próprio Belmiro de
Azevedo
Quatro potenciais Sucessores (todos gestores de
topo do grupo):
Álvaro Portela
Ângelo Paupério
Nuno Jordão
Paulo Azevedo
Fonte: Entrevista Belmiro Azevedo a Judite de Sousa (RTP 1, Janeiro 2007) e Jornal Negócios 22/01/2007
2
Processo que passou:
por uma preparação com muita antecedência dos
candidatos, fazendo-os rodar por diferentes setores
jogo leal e transparente colocando três “simples”
questões a cada um:
Quer e pode ser o número um?
Se não for o eleito aceita qualquer um dos outros
indigitados?
Se não for o eleito quem é que escolhe?
Fonte: Entrevista Belmiro Azevedo a Judite de Sousa (RTP 1, Janeiro 2007) e Jornal Negócios 22/01/2007
Selecionar2
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Quem foi que disse que o teu irmão é a escolha mais
acertada para ser o próximo Presidente?
2 Passar o Testemunho
INEVITABILIDADE com dois resultados
Bem ou
Mal concretizada
Muito impactante
Sucessor
Sucedido
Empresa
Família
…
3
efconsulting®
www.efconsulting.pt
Sucessão
da Liderança
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Um dia achei que já era suficiente.
Entrei no gabinete do meu pai e disse: “pai, este
negócio não é suficientemente grande para dois.
Um de nós tem de sair …
3 Passar o testemunho
Nasceu a: 21/04/1926
Rainha desde: 06/02/1952
Nasceu a: 14/11/1948
Rei: ???
Gestão dos Negócios
Transição
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Então filho, podes dizer a verdade.
Quanto foi que perdemos na minha ausência de 4 meses?
Talvez o pai soubesse algo mais que nós …
4 Coexistência
Intergeracional
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
O seu pai aguarda-o ansiosamente …
4
Trabalho em Equipe
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Que tal foi o 1º dia de trabalho com os
teus primos, após a morte do teu tio?
4 CONCRETIZAÇÃO
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Não sei como te dizer, querido.
Mas gostava muito mais de ti quando
ías trabalhar todos os dias.
efconsulting®
www.efconsulting.pt
Processo de Continuidade
Sucessão na Liderança
Sucessão na Propriedade
Passagem da Propriedade
Os grandes Dilemas
O QUÊ?
QUEM deve ser proprietário?
QUEM NÃO deve ser proprietário?
QUANTO atribuir a cada?
QUANDO passar?
COMO atribuir?
QUE PROTEÇÕES definir?
O QUÊ
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Filho, um dia vais desejar que tudo isto não
fosse teu.
1 A QUEM2
QUEM NÃO
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Querida filha, um dia tudo isto será … do teu irmão.
3 QUANTO
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Ferreira & Filho &
FILHAS, Lda
4
efconsulting®
www.efconsulting.pt
38
Propriedade
PRINCIPAIS DECISÕES
O PODER que permite decidir quanto a:
GESTORES (seleção, remuneração, avaliação, …
DIVIDENDOS (sim ou não, quando, valor, …
TRANSAÇÕES (a quem, valor, …
CAPITAL (aumentos, redução, …
(Des)INVESTIMENTOS (quando, área, valor, …
CONTINUIDADE (mudar ou encerrar atividade, …
39
Propriedade e o PODER
Sociedade controlada por Sócio(s) / Acionista(s)
1
+ 1
40
+ 1: Partilhar o Poder
+75,0%: Ditadura (eu)
+50,0%: Democracia Ditatorial (maioria absoluta)
+33,3%: Democracia Coligação (oligarquia)
+25,0%: Democracia Partilhada (aliança)
+10,0%: Associação de Interesses (cooperação)
- 10,0%: União de Conveniência (anarquia)
Partilha da Propriedade
Devo depreender
que os distintos
ramos familiares
possuem opiniões
divergentes?
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
QUANDO
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Querido, antes de tomares banho, tens a certeza
que os nossos filhos aceitaram de bom grado a
tua decisão de adiar a alocação de capital?
5 COMO
Envolver as partes
Instrumentos Jurídicos Adequados
6
efconsulting®
www.efconsulting.pt
PROTEÇÃO
Enquanto eu for vivo, estarei atento.
Do outro lado, já não sei…
Fonte: Jornal Público, Revista P2, p. 12-21, 2013/03/10
Mantenha as mãos fora mas o nariz dentro
7 Contudo…
Todos Sabemos…
Todos Conhecemos…
… na nossa Empresa!?
… na nossa Família!?
NÃO.
Isso só acontece aos outros!!!
PREPARAÇÃO
Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press
Então o rapaz, respeitando sempre o
seu pai, aprendeu com ele, assumiu
a execução do negócio sem pedir o
controlo, e alegremente o apoiou ao
longo da sua velhice.
Assegurar a Continuidade
Alcançar um acordo consensual entre todos os
membros da família que sejam proprietários,
atuais ou futuros, colocado por escrito, no
qual se fixa o que vai ser o guia de Governo da
Empresa, da Família e de Conduta desta em
relação à Empresa.
Protocolo
Familiar
Protocolo Familiar
“Vale a pena?”
Fonte: Revista Exame nº 312, Abril 2010, pág. 94 e seguintes
Garante:
“sossego, paz familiar e confiança no futuro”
A sucessão de gerações está assegurada e os bisnetos
de Fernando Guedes já estão a assegurar a liderança
da empresa
“todas as sociedades familiares deviam ter um
código de conduta e procedimentos que
correspondesse aos problemas que são comuns à
maioria destas empresas e que no futuro aparecem
sempre”
Engº António Guedes
Tópicos
Do Paraíso … ao Inferno
A Continuidade: Sucessão da
Liderança e da Propriedade
Conclusões
efconsulting®
www.efconsulting.pt
Conclusões
EMPRESA vs FAMÍLIA – Entidades
Distintas que se têm de
complementar.
Sem Família, não há Empresa
Familiar
Sem Empresa, não há Família
Empresária
Conclusões
A Empresa Familiar é, antes de tudo, uma entidade
que concorre num mercado e deve ser gerida com
estritos critérios profissionais.
Conclusões
A Família, enquanto proprietária da empresa,
tem a última palavra sobre as decisões que
possam afetar o futuro da empresa.
É imprescindível a profissionalização da
Família enquanto acionista no que se refere à
sua relação com o negócio.
Conclusões
Unir os destinos profissionais e
pessoais dos familiares à empresa
torna necessária uma reflexão
prévia sobre em que medida esta
decisão afetará as diferentes partes
implicadas: a Empresa, a Família e
a Pessoa.
Preparar a continuidade ... ... nem todos temos de ser iguais ...
efconsulting®
www.efconsulting.pt
...na diferença podemos estar unidos ...
57
...e o Consenso assegura o equilíbrio.
Porque choram os bebés à noite?
Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2601172/Babies-cry-night-stop-parents-trying-Newborns-programmed-monopolise-mothers-attention-making-tired-romantic-night.html; 2014/04/10
David Haig, professor biologia
(25/06/1944) Harvard University
Há uma razão biológica:
monopolizar a atenção da mãe
tornando-a demasiado cansada para
uma noite romântica, segundo
cientistas da Universidade de
Harvard, como via para prevenir
a chegada de um novo irmão.
There is nothing wrong with America that
cannot be cured by what is right with
America.
Bill Clinton
Não há nada de mau
na Empresa Familiar
que não possa ser
ultrapassado por tudo
o que de bom existe na
Empresa Familiar.
O Dilema da Decisão
nas Empresas Familiares
e nas Famílias Empresárias
antónio nogueira da costa
antonio.costa@efconsulting.pt
www.efconsulting.pt
Valença
16 de dezembro 2015
61
Principal Bibliografia
50 Perguntas Essenciais sobre empresas Familiares
A. Costa, F. Negreira, J. Negreira
2011, Vida Económica
Eu não vendi. Não o façam vocês
F. Negreira, J. Negreira, A. Costa
2007, Vida Económica
efconsulting®
www.efconsulting.pt
António Nogueira da Costa
Licenciado em Matemáticas Aplicadas (Informática); Executive-MBA; Curso
Superior de Direción de Recursos Humanos e Programa de Alta Direción pela
Escuela de Negocios Caixanova, estando actualmente a elaborar uma tese
de doutoramento dedicada ao processo da sucessão nas empresas
familiares.
Diretor de programas da Escuela de Negocios Novacaixagalicia em Portugal
e professor em diversas entidades do ensino superior nas áreas de gestão e
marketing.
Sócio diretor da efconsulting, no âmbito da qual participou na elaboração
de numerosos protocolos familiares; grande experiência profissional em
empresas da área financeira (entre 88 e 2004), em distintas áreas
funcionais, tendo os últimos anos sido dedicados à administração de duas
destas entidades. Em paralelo esteve ligado a uma empresa familiar
durante mais de 15 anos.
É co-autor dos livros “Eu não vendi, não o façam vocês. Empresa Familiar e
sucessão” e “50 perguntas essenciais sobre empresas familiares” e autor de
dezenas de artigos associados às empresas familiares.
(artigos em www.efconsulting.pt)
antonio.costa@efconsulting.pt
+(351) 96 003 7 003
A efconsulting®
A efconsulting® é Especialista em Famílias Empresárias e Empresas Familiares:
aquelas que nascem do impulso pessoal do fundador; que competem com êxito no
mercado; que se esforçam diariamente para serem mais fortes e sustentáveis; que não
querem renunciar à sua constituição original mas sim assegurar a sua continuidade
futura, assegurando a sucessão da gestão e da propriedade às gerações seguintes e, em
especial, mantendo a Família Unida.
A efconsulting®, fruto do conhecimento acumulado pelos seus consultores seniores,
tanto em experiência de trabalho profissional em múltiplas empresas dos mais
variados setores em Portugal e Espanha, como em investigação e divulgação através
de livros e artigos sobre o tema, possui uma metodologia e experiências que a
caraterizam como uma parceira Especialista em Famílias Empresárias e Empresas
Familiares que lhe podem auxiliar naqueles assuntos transversais, típicos das empresas
familiares, que transcendem o apoio de consultores tradicionais (sejam fiscalistas,
juristas, financeiros, contabilistas ou auditores).
A efconsulting®
A efconsulting® proporciona um incremento significativo na gestão da empresa,
profissionalizando o seu funcionamento, melhorando a comunicação entre
colaboradores, família, acionistas e abordando seriamente a problemática em torno da
transição geracional na liderança e propriedade da Empresa disponibilizando:
Desenvolvimento de Protocolo Familiar ou Protocolo de Governo
Empresarial Familiar;
Assessoria e articulação dos Órgãos de Governo da Empresa e da Família
Empresária (Conselho de Administração, Conselho e Assembleia de
Família)
Planos de Sucessão da Liderança e da Propriedade;
Desenho das Estruturas Organizativas da Empresa e Família, respetivos
Modelos de Governo e Regulamentos de Competência;
Membros independentes para Órgãos de Gestão;
Gestão de Familiares na Empresa e Resolução de Conflitos;
Processos de Coaching e Mentoring.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Os dilemas das decisões nas empresas familiares

Trabalhar Melhor
Trabalhar MelhorTrabalhar Melhor
Trabalhar Melhor
Cláudio Felipe Bernardo
 
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas FamiliaresIndustria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
António Nogueira da Costa
 
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de VendasLideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Charles Bicalho
 
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. LitoEmpreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
Guilherme Lito
 
Apresentacao habilidades e_competencias_do_adm
Apresentacao habilidades e_competencias_do_admApresentacao habilidades e_competencias_do_adm
Apresentacao habilidades e_competencias_do_adm
ahbarreto
 
Empresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do VinhoEmpresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do Vinho
António Nogueira da Costa
 
Competências para o mercado de TI
Competências para o mercado de TICompetências para o mercado de TI
Competências para o mercado de TI
Paulino Michelazzo
 
F A MÍ L I A, F A MÍ L I A, N E GÓ C I O S À P A R T E B L O G
F A MÍ L I A,  F A MÍ L I A,  N E GÓ C I O S À  P A R T E  B L O GF A MÍ L I A,  F A MÍ L I A,  N E GÓ C I O S À  P A R T E  B L O G
F A MÍ L I A, F A MÍ L I A, N E GÓ C I O S À P A R T E B L O G
rodneyribeiro1973
 
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas FamiliaresManual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
Sérgio Amaral
 
As pequenas grandes coisas
As pequenas grandes coisasAs pequenas grandes coisas
As pequenas grandes coisas
Jorge Silva
 
Senai Geração Y Andrea huggard-Caine
Senai Geração Y  Andrea huggard-CaineSenai Geração Y  Andrea huggard-Caine
Senai Geração Y Andrea huggard-Caine
HuggardCaine
 
Generation Y - comportamentos da geração Y
Generation Y - comportamentos da geração YGeneration Y - comportamentos da geração Y
Generation Y - comportamentos da geração Y
Flavio Melo
 
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo MudouEC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
Guilherme Lito
 
A grande família
A grande famíliaA grande família
A grande família
Malcon Tafner
 
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
Luis Rasquilha
 
Geração y ciclo de palestras andrea huggard-caine
Geração y  ciclo de palestras  andrea huggard-caineGeração y  ciclo de palestras  andrea huggard-caine
Geração y ciclo de palestras andrea huggard-caine
Andrea Huggard Caine Reti
 
ElevenChimps Culture
ElevenChimps CultureElevenChimps Culture
ElevenChimps Culture
ElevenChimpsCo
 
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo NajjarApresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
Pajuçara Sistema de Comunicação
 
stephen covey
stephen coveystephen covey
stephen covey
wilson costa teixeira
 
Governança Corporativa 09082010
Governança Corporativa 09082010Governança Corporativa 09082010
Governança Corporativa 09082010
Mprado Governança Corporativa Ltda
 

Semelhante a Os dilemas das decisões nas empresas familiares (20)

Trabalhar Melhor
Trabalhar MelhorTrabalhar Melhor
Trabalhar Melhor
 
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas FamiliaresIndustria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
Industria do futuro - Assegurar a continuidade das Empresas Familiares
 
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de VendasLideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
Lideranca e Motivacao da Equipe de Vendas
 
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. LitoEmpreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
Empreendedorismo Criativo - O Mundo Mudou - Sessão com G. Lito
 
Apresentacao habilidades e_competencias_do_adm
Apresentacao habilidades e_competencias_do_admApresentacao habilidades e_competencias_do_adm
Apresentacao habilidades e_competencias_do_adm
 
Empresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do VinhoEmpresas familiares no Negocio do Vinho
Empresas familiares no Negocio do Vinho
 
Competências para o mercado de TI
Competências para o mercado de TICompetências para o mercado de TI
Competências para o mercado de TI
 
F A MÍ L I A, F A MÍ L I A, N E GÓ C I O S À P A R T E B L O G
F A MÍ L I A,  F A MÍ L I A,  N E GÓ C I O S À  P A R T E  B L O GF A MÍ L I A,  F A MÍ L I A,  N E GÓ C I O S À  P A R T E  B L O G
F A MÍ L I A, F A MÍ L I A, N E GÓ C I O S À P A R T E B L O G
 
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas FamiliaresManual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
Manual de Perguntas e Respostas sobre Empresas Familiares
 
As pequenas grandes coisas
As pequenas grandes coisasAs pequenas grandes coisas
As pequenas grandes coisas
 
Senai Geração Y Andrea huggard-Caine
Senai Geração Y  Andrea huggard-CaineSenai Geração Y  Andrea huggard-Caine
Senai Geração Y Andrea huggard-Caine
 
Generation Y - comportamentos da geração Y
Generation Y - comportamentos da geração YGeneration Y - comportamentos da geração Y
Generation Y - comportamentos da geração Y
 
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo MudouEC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
 
A grande família
A grande famíliaA grande família
A grande família
 
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
Artigo Gerações: Buzz Media Março 2015
 
Geração y ciclo de palestras andrea huggard-caine
Geração y  ciclo de palestras  andrea huggard-caineGeração y  ciclo de palestras  andrea huggard-caine
Geração y ciclo de palestras andrea huggard-caine
 
ElevenChimps Culture
ElevenChimps CultureElevenChimps Culture
ElevenChimps Culture
 
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo NajjarApresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
Apresentação Pajuçara Management - Eduardo Najjar
 
stephen covey
stephen coveystephen covey
stephen covey
 
Governança Corporativa 09082010
Governança Corporativa 09082010Governança Corporativa 09082010
Governança Corporativa 09082010
 

Mais de António Nogueira da Costa

Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
António Nogueira da Costa
 
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
António Nogueira da Costa
 
Protocolo Familiar
Protocolo Familiar Protocolo Familiar
Protocolo Familiar
António Nogueira da Costa
 
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
António Nogueira da Costa
 
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
António Nogueira da Costa
 
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessãoEmpresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
António Nogueira da Costa
 
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rsempresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
António Nogueira da Costa
 
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologiaA sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
António Nogueira da Costa
 
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessorefconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
António Nogueira da Costa
 
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rostoEmpresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
António Nogueira da Costa
 

Mais de António Nogueira da Costa (10)

Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
Efconsulting rumos e desígnios das empresas familiares porto 2017 04 12
 
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
Anecra e Empresas Familiares Viseu 2016 10 22
 
Protocolo Familiar
Protocolo Familiar Protocolo Familiar
Protocolo Familiar
 
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
Ismai 2005 Quem mandará lá em casa
 
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
A Continuidade da Empresa Familiar - Braga 2014 07 18
 
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessãoEmpresa familiar propriedade liderança e sucessão
Empresa familiar propriedade liderança e sucessão
 
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rsempresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
empresa familiar e sucessão Barometro AEP Efconsulting 2014 05 22 3Rs
 
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologiaA sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
A sucessão das empresas familiares no seminario de enologia
 
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessorefconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
efconsulting Sucessão empresarial em Portugal - Os Desafios do Sucessor
 
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rostoEmpresas há muitas. As familiares possuem um rosto
Empresas há muitas. As familiares possuem um rosto
 

Os dilemas das decisões nas empresas familiares

  • 1. efconsulting® www.efconsulting.pt O Dilema da Decisão nas Empresas Familiares e nas Famílias Empresárias antónio nogueira da costa antonio.costa@efconsulting.pt www.efconsulting.pt Valença 16 de dezembro 2015 Porque Choram os Bebés à Noite? Tópicos A Empresa Familiar A Continuidade: Sucessão da Liderança e da Propriedade Conclusões 4 Empresa Familiar Empresa Familiar vs Não Familiar “Em teoria, uma empresa familiar e uma não familiar devem ser ambas geridas por profissionais competentes. A única diferença é que existe um rosto” Alexandre Soares dos Santos 6 Organização com Rosto associada a uma atividade e que se pretende perpetuar. Empresas Familiares Alto Minho
  • 2. efconsulting® www.efconsulting.pt Empresa Familiar … entidade fundada por nós, pelo pai/mãe ou avô/avó, importante fonte de receitas e garantia patrimonial, com a qual os membros da família proprietária possuem um enorme vínculo emocional. Perspetiva de continuidade País GERAÇÃO 1ª 2ª 3ª Portugal Pai Rico Filho Nobre Neto Pobre Espanha Padre Bodeguero Hijo Millonario Nieto Pordiosero Alemanha Erwerben (cria) Vererben (herda) Verderben (destrói) USA “Shirtsleeves to shirtsleeves in 3 generations” (de escravo a escravo em 3 gerações) China 從三代人木屐木屐 (de tamancos a tamancos em 3 gerações) A Tra(mal)dição Somente 20% das empresas familiares (EFs) conseguem manter-se na mesma família por mais 60 anos 50% das empresas familiares falham na passagem do testemunho geracional da: Liderança Propriedade “um terço dos empresários da União Europeia abandonará a actividade nos próximos dez anos. … este abandono afectará anualmente 690 000 PME e 2,8 milhões de empregos.” Porquê? Fonte: Keeping the Family Business Healthy, John Ward Fonte: Transmissão de empresas – Continuidade pela renovação Bruxelas, 14/03/2006 , COM(2006) 117 final A Tra(mal)dição União de Interesses Distintos e Evolutivos FAMÍLIA Crescimento e União EMPRESA Rentabilidade e Continuidade PROPRIEDADE Posse, Controle, Rendimento Família vs Acionista Acionista vs Empresa Família vs Trabalhar na Empresa Familiar na Empresa e Acionista “A empresa familiar não é o paraíso nem o inferno, é apenas o purgatório” Adaptado de frase atribuída a Abraham Lincoln “Marriage is neither Heaven nor Hell, it is simply Purgatory” Abraham Lincoln (1809-1865) (Presidente EUA)
  • 3. efconsulting® www.efconsulting.pt O Sistema da Empresa Familiar FAMÍLIA EMPRESA Relacionamentos, papéis, emoções, história, etc., afetam as atividades da empresa Participação e / ou propriedade da empresa afetam as relações familiares Decisão Múltiplos Chapéus a ser usados Cada um com diferente: •Papel •Perspetiva •Responsabilidade Empregado Gestor Familiar Proprietário Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Tal como o ponto anterior da agenda, os que votarem contra a minha decisão, significa “Eu demito-me”. Decisão Tópicos A Empresa Familiar A Continuidade: Sucessão da Liderança e da Propriedade Conclusão 17 CONTINUIDADE PROCESSO de Continuidade Sucessão na Liderança Sucessão na Propriedade
  • 4. efconsulting® www.efconsulting.pt Aprendizagem Prática Preparar a Geração Seguinte Geração I 50 55 60 65 70 75 80 85 90 95 Geração II 25 30 35 40 45 50 55 60 65 70 Geração III 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 Atitude e Valores Entrada e Negócio Liderança Transição Seleção 1 Selecionar Processo de Sucessão gerido pelo próprio Belmiro de Azevedo Quatro potenciais Sucessores (todos gestores de topo do grupo): Álvaro Portela Ângelo Paupério Nuno Jordão Paulo Azevedo Fonte: Entrevista Belmiro Azevedo a Judite de Sousa (RTP 1, Janeiro 2007) e Jornal Negócios 22/01/2007 2 Processo que passou: por uma preparação com muita antecedência dos candidatos, fazendo-os rodar por diferentes setores jogo leal e transparente colocando três “simples” questões a cada um: Quer e pode ser o número um? Se não for o eleito aceita qualquer um dos outros indigitados? Se não for o eleito quem é que escolhe? Fonte: Entrevista Belmiro Azevedo a Judite de Sousa (RTP 1, Janeiro 2007) e Jornal Negócios 22/01/2007 Selecionar2 Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Quem foi que disse que o teu irmão é a escolha mais acertada para ser o próximo Presidente? 2 Passar o Testemunho INEVITABILIDADE com dois resultados Bem ou Mal concretizada Muito impactante Sucessor Sucedido Empresa Família … 3
  • 5. efconsulting® www.efconsulting.pt Sucessão da Liderança Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Um dia achei que já era suficiente. Entrei no gabinete do meu pai e disse: “pai, este negócio não é suficientemente grande para dois. Um de nós tem de sair … 3 Passar o testemunho Nasceu a: 21/04/1926 Rainha desde: 06/02/1952 Nasceu a: 14/11/1948 Rei: ??? Gestão dos Negócios Transição Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Então filho, podes dizer a verdade. Quanto foi que perdemos na minha ausência de 4 meses? Talvez o pai soubesse algo mais que nós … 4 Coexistência Intergeracional Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press O seu pai aguarda-o ansiosamente … 4 Trabalho em Equipe Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Que tal foi o 1º dia de trabalho com os teus primos, após a morte do teu tio? 4 CONCRETIZAÇÃO Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Não sei como te dizer, querido. Mas gostava muito mais de ti quando ías trabalhar todos os dias.
  • 6. efconsulting® www.efconsulting.pt Processo de Continuidade Sucessão na Liderança Sucessão na Propriedade Passagem da Propriedade Os grandes Dilemas O QUÊ? QUEM deve ser proprietário? QUEM NÃO deve ser proprietário? QUANTO atribuir a cada? QUANDO passar? COMO atribuir? QUE PROTEÇÕES definir? O QUÊ Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Filho, um dia vais desejar que tudo isto não fosse teu. 1 A QUEM2 QUEM NÃO Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Querida filha, um dia tudo isto será … do teu irmão. 3 QUANTO Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Ferreira & Filho & FILHAS, Lda 4
  • 7. efconsulting® www.efconsulting.pt 38 Propriedade PRINCIPAIS DECISÕES O PODER que permite decidir quanto a: GESTORES (seleção, remuneração, avaliação, … DIVIDENDOS (sim ou não, quando, valor, … TRANSAÇÕES (a quem, valor, … CAPITAL (aumentos, redução, … (Des)INVESTIMENTOS (quando, área, valor, … CONTINUIDADE (mudar ou encerrar atividade, … 39 Propriedade e o PODER Sociedade controlada por Sócio(s) / Acionista(s) 1 + 1 40 + 1: Partilhar o Poder +75,0%: Ditadura (eu) +50,0%: Democracia Ditatorial (maioria absoluta) +33,3%: Democracia Coligação (oligarquia) +25,0%: Democracia Partilhada (aliança) +10,0%: Associação de Interesses (cooperação) - 10,0%: União de Conveniência (anarquia) Partilha da Propriedade Devo depreender que os distintos ramos familiares possuem opiniões divergentes? Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press QUANDO Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Querido, antes de tomares banho, tens a certeza que os nossos filhos aceitaram de bom grado a tua decisão de adiar a alocação de capital? 5 COMO Envolver as partes Instrumentos Jurídicos Adequados 6
  • 8. efconsulting® www.efconsulting.pt PROTEÇÃO Enquanto eu for vivo, estarei atento. Do outro lado, já não sei… Fonte: Jornal Público, Revista P2, p. 12-21, 2013/03/10 Mantenha as mãos fora mas o nariz dentro 7 Contudo… Todos Sabemos… Todos Conhecemos… … na nossa Empresa!? … na nossa Família!? NÃO. Isso só acontece aos outros!!! PREPARAÇÃO Fonte: Someday It’ll be … Who’s?, Danco, Léon; Jonovic, Donald, The University Press, Jamieson Press Então o rapaz, respeitando sempre o seu pai, aprendeu com ele, assumiu a execução do negócio sem pedir o controlo, e alegremente o apoiou ao longo da sua velhice. Assegurar a Continuidade Alcançar um acordo consensual entre todos os membros da família que sejam proprietários, atuais ou futuros, colocado por escrito, no qual se fixa o que vai ser o guia de Governo da Empresa, da Família e de Conduta desta em relação à Empresa. Protocolo Familiar Protocolo Familiar “Vale a pena?” Fonte: Revista Exame nº 312, Abril 2010, pág. 94 e seguintes Garante: “sossego, paz familiar e confiança no futuro” A sucessão de gerações está assegurada e os bisnetos de Fernando Guedes já estão a assegurar a liderança da empresa “todas as sociedades familiares deviam ter um código de conduta e procedimentos que correspondesse aos problemas que são comuns à maioria destas empresas e que no futuro aparecem sempre” Engº António Guedes Tópicos Do Paraíso … ao Inferno A Continuidade: Sucessão da Liderança e da Propriedade Conclusões
  • 9. efconsulting® www.efconsulting.pt Conclusões EMPRESA vs FAMÍLIA – Entidades Distintas que se têm de complementar. Sem Família, não há Empresa Familiar Sem Empresa, não há Família Empresária Conclusões A Empresa Familiar é, antes de tudo, uma entidade que concorre num mercado e deve ser gerida com estritos critérios profissionais. Conclusões A Família, enquanto proprietária da empresa, tem a última palavra sobre as decisões que possam afetar o futuro da empresa. É imprescindível a profissionalização da Família enquanto acionista no que se refere à sua relação com o negócio. Conclusões Unir os destinos profissionais e pessoais dos familiares à empresa torna necessária uma reflexão prévia sobre em que medida esta decisão afetará as diferentes partes implicadas: a Empresa, a Família e a Pessoa. Preparar a continuidade ... ... nem todos temos de ser iguais ...
  • 10. efconsulting® www.efconsulting.pt ...na diferença podemos estar unidos ... 57 ...e o Consenso assegura o equilíbrio. Porque choram os bebés à noite? Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2601172/Babies-cry-night-stop-parents-trying-Newborns-programmed-monopolise-mothers-attention-making-tired-romantic-night.html; 2014/04/10 David Haig, professor biologia (25/06/1944) Harvard University Há uma razão biológica: monopolizar a atenção da mãe tornando-a demasiado cansada para uma noite romântica, segundo cientistas da Universidade de Harvard, como via para prevenir a chegada de um novo irmão. There is nothing wrong with America that cannot be cured by what is right with America. Bill Clinton Não há nada de mau na Empresa Familiar que não possa ser ultrapassado por tudo o que de bom existe na Empresa Familiar. O Dilema da Decisão nas Empresas Familiares e nas Famílias Empresárias antónio nogueira da costa antonio.costa@efconsulting.pt www.efconsulting.pt Valença 16 de dezembro 2015 61 Principal Bibliografia 50 Perguntas Essenciais sobre empresas Familiares A. Costa, F. Negreira, J. Negreira 2011, Vida Económica Eu não vendi. Não o façam vocês F. Negreira, J. Negreira, A. Costa 2007, Vida Económica
  • 11. efconsulting® www.efconsulting.pt António Nogueira da Costa Licenciado em Matemáticas Aplicadas (Informática); Executive-MBA; Curso Superior de Direción de Recursos Humanos e Programa de Alta Direción pela Escuela de Negocios Caixanova, estando actualmente a elaborar uma tese de doutoramento dedicada ao processo da sucessão nas empresas familiares. Diretor de programas da Escuela de Negocios Novacaixagalicia em Portugal e professor em diversas entidades do ensino superior nas áreas de gestão e marketing. Sócio diretor da efconsulting, no âmbito da qual participou na elaboração de numerosos protocolos familiares; grande experiência profissional em empresas da área financeira (entre 88 e 2004), em distintas áreas funcionais, tendo os últimos anos sido dedicados à administração de duas destas entidades. Em paralelo esteve ligado a uma empresa familiar durante mais de 15 anos. É co-autor dos livros “Eu não vendi, não o façam vocês. Empresa Familiar e sucessão” e “50 perguntas essenciais sobre empresas familiares” e autor de dezenas de artigos associados às empresas familiares. (artigos em www.efconsulting.pt) antonio.costa@efconsulting.pt +(351) 96 003 7 003 A efconsulting® A efconsulting® é Especialista em Famílias Empresárias e Empresas Familiares: aquelas que nascem do impulso pessoal do fundador; que competem com êxito no mercado; que se esforçam diariamente para serem mais fortes e sustentáveis; que não querem renunciar à sua constituição original mas sim assegurar a sua continuidade futura, assegurando a sucessão da gestão e da propriedade às gerações seguintes e, em especial, mantendo a Família Unida. A efconsulting®, fruto do conhecimento acumulado pelos seus consultores seniores, tanto em experiência de trabalho profissional em múltiplas empresas dos mais variados setores em Portugal e Espanha, como em investigação e divulgação através de livros e artigos sobre o tema, possui uma metodologia e experiências que a caraterizam como uma parceira Especialista em Famílias Empresárias e Empresas Familiares que lhe podem auxiliar naqueles assuntos transversais, típicos das empresas familiares, que transcendem o apoio de consultores tradicionais (sejam fiscalistas, juristas, financeiros, contabilistas ou auditores). A efconsulting® A efconsulting® proporciona um incremento significativo na gestão da empresa, profissionalizando o seu funcionamento, melhorando a comunicação entre colaboradores, família, acionistas e abordando seriamente a problemática em torno da transição geracional na liderança e propriedade da Empresa disponibilizando: Desenvolvimento de Protocolo Familiar ou Protocolo de Governo Empresarial Familiar; Assessoria e articulação dos Órgãos de Governo da Empresa e da Família Empresária (Conselho de Administração, Conselho e Assembleia de Família) Planos de Sucessão da Liderança e da Propriedade; Desenho das Estruturas Organizativas da Empresa e Família, respetivos Modelos de Governo e Regulamentos de Competência; Membros independentes para Órgãos de Gestão; Gestão de Familiares na Empresa e Resolução de Conflitos; Processos de Coaching e Mentoring.