SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de Março
     Dia
Internacional
 da Proteção
    Civil
Protecção Civil
              O que é ?
A proteção civil é a atividade
 desenvolvida pelo Estado,
     Regiões Autónomas,
  Autarquias Locais, pelos
   cidadãos e por todas as
     entidades públicas e        Major General Arnaldo Cruz
                                    Presidente da ANPC

privadas com o objetivo de:
Objetivos

• Prevenir os riscos coletivos e a
  ocorrência de acidente grave
  ou de catástrofe deles
  resultante;
• Atenuar os riscos coletivos e
  limitar os seus efeitos;
• Socorrer e assistir as pessoas e
  outros seres vivos em perigo;
Objetivos

• Proteger bens e valores
  culturais, ambientais e de
  elevado interesse público
• Apoiar a reposição da
  normalidade da vida das
  pessoas em áreas afetadas
  por acidente grave ou
  catástrofe.
Agentes de Proteção Civil

•   Os corpos de bombeiros;
•   As forças de segurança;
•   As Forças Armadas;
•   As autoridades marítima e aeronáutica;
•   O INEM e demais serviços de saúde;
•   Os sapadores florestais.
     A Cruz Vermelha Portuguesa coopera com os demais agentes
Dia Internacional da Protecção Civil
         O tema para este dia é:

A proteção civil e os acidentes
         domésticos
Dia Internacional da Proteção Civil

    Os acidentes domésticos podem ter
   consequências muito graves e até fatais.
Transforma a tua casa num lugar mais seguro.
Dia Internacional da Proteção Civil
   Alguns fatores de risco ou causas mais
    frequentes de acidentes domésticos
• Escorregar ao andar sobre pisos molhados, húmidos
  ou encerados;
• Andar de meias ou usar chinelos e sapatos mal
  apertados;
• Móveis no meio do caminho (gavetas abertas, por
  exemplo), principalmente entre o quarto e a casa de
  banho;
• Escadas com degraus de tamanhos diferentes;
Dia Internacional da Proteção Civil
   Alguns fatores de risco ou causas mais
    frequentes de acidentes domésticos
• Tapetes nos quartos, casas de banho, corredores e
  outras divisões da casa;
• Pouca iluminação;
• Estar em pé em cima de um banco ou cadeira;
• Soleiras das portas não niveladas com o chão.
Regras Segurança
•Nas ausências prolongadas deves
 fechar as torneiras de segurança do
 gás e da água. Os teus pais devem
 fornecer uma chave de casa a um
 vizinho ou familiar.
•Não utilizes os elevadores em caso de
 incêndio.
•Não abras a porta a estranhos.
•Não coloques obstáculos nas escadas.
 Mantém as saídas desimpedidas.
Regras Segurança
•Os teus pais devem ter sempre um
 extintor em boas condições de
 funcionamento.
•Não armazenar produtos inflamáveis
 nas arrecadações.
•Não deves mexer nos produtos tóxicos
 e medicamentos guardados nos
 armários.
•Coloca antiderrapantes na banheira e
 nos tapetes.
Regras Segurança
•Evita mexer em fósforos e velas,
 principalmente se estiveres sozinho
 em casa.
•Se sentires cheiro a gás abre as portas
 e janelas. Não faças qualquer tipo de
 chama, nem utilizes os interruptores
 elétricos. Fecha as válvulas de
 segurança do gás.
•Nunca deve ser excedido 1/3 da
 capacidade das frigideiras, pois o óleo
 pode inflamar-se.
Regras Segurança

•As tomadas não devem ser
 sobrecarregadas.
•Não deves colocar roupa a secar em
 cima dos aquecedores.
•Não mexas em aparelhos elétricos
 com as mãos molhadas.
•Na cozinha, deves ter especial
 atenção aos objetos cortantes.
•Presta especial atenção às crianças.
Dia Internacional da Proteção Civil

Minuto animado
http://www.youtube.com/watch?v=RqM95aJd0FY
Pode acontecer…
  Inundações              Terramotos




  Incêndios               Acidentes




Fala disto aos teus pais e amigos
Numero de emergência - 112

Lembra-te…
      Em qualquer caso de
    emergência, o número 112
      Número Europeu de
 Emergência – pode ser ligado
 através dos telefones das redes
          fixa e móvel.
A chamada é gratuita e é atendida
   de imediato pelos centros de
   emergência que acionam os
       sistemas de socorro.
NÃO TE ESQUEÇAS QUE A
PROTEÇÃO CIVIL COMEÇA
   SEMPRE POR TI…
Dia protecção civil
Trabalho Realizado por:
Clube de Protecção Civil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
EuniceCarmo
 
Padrões culturais cultura francesa
Padrões culturais cultura francesaPadrões culturais cultura francesa
Padrões culturais cultura francesa
PatrciaPomba
 
Poluição do mar
Poluição do marPoluição do mar
Poluição do mar
14122000angelo
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
Carlos Henrique Tavares
 
Segurança rodoviária
Segurança rodoviáriaSegurança rodoviária
Segurança rodoviária
Sara Daniela
 
Tempestades
TempestadesTempestades
Tempestades
Mayjö .
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
JMCDINIS
 
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
nanasimao
 
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutosTransporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
Pedro Peixoto
 
Formulario iave-2018-mat-a
Formulario iave-2018-mat-aFormulario iave-2018-mat-a
Formulario iave-2018-mat-a
Susana Fernandes
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadoresSermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
Renata Antunes
 
Riscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºanoRiscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºano
Gabriela Vasconcelos
 
Lagrima de preta, estrutura, opinião
Lagrima de preta, estrutura, opiniãoLagrima de preta, estrutura, opinião
Lagrima de preta, estrutura, opinião
bruno fmp
 
Prevenção de Sismos
Prevenção de SismosPrevenção de Sismos
Prevenção de Sismos
pauloricardom
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
maria clara veronico
 
Alma minha gentil, que te partiste
Alma minha gentil, que te partisteAlma minha gentil, que te partiste
Alma minha gentil, que te partiste
rita Silva
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
JoseOliveiraPT
 
Marés negras
Marés negrasMarés negras
Marés negras
geografianaserpapinto
 
Serra da estrela
Serra da estrelaSerra da estrela
Serra da estrela
Lurdes Féria
 
A Evolução do Ramalhete - Os Maias
A Evolução do Ramalhete - Os MaiasA Evolução do Ramalhete - Os Maias
A Evolução do Ramalhete - Os Maias
mauro dinis
 

Mais procurados (20)

Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
 
Padrões culturais cultura francesa
Padrões culturais cultura francesaPadrões culturais cultura francesa
Padrões culturais cultura francesa
 
Poluição do mar
Poluição do marPoluição do mar
Poluição do mar
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Segurança rodoviária
Segurança rodoviáriaSegurança rodoviária
Segurança rodoviária
 
Tempestades
TempestadesTempestades
Tempestades
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
 
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutosTransporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
 
Formulario iave-2018-mat-a
Formulario iave-2018-mat-aFormulario iave-2018-mat-a
Formulario iave-2018-mat-a
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadoresSermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
Sermão de Santo António aos Peixes - Peixes pegadores
 
Riscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºanoRiscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºano
 
Lagrima de preta, estrutura, opinião
Lagrima de preta, estrutura, opiniãoLagrima de preta, estrutura, opinião
Lagrima de preta, estrutura, opinião
 
Prevenção de Sismos
Prevenção de SismosPrevenção de Sismos
Prevenção de Sismos
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
 
Alma minha gentil, que te partiste
Alma minha gentil, que te partisteAlma minha gentil, que te partiste
Alma minha gentil, que te partiste
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Marés negras
Marés negrasMarés negras
Marés negras
 
Serra da estrela
Serra da estrelaSerra da estrela
Serra da estrela
 
A Evolução do Ramalhete - Os Maias
A Evolução do Ramalhete - Os MaiasA Evolução do Ramalhete - Os Maias
A Evolução do Ramalhete - Os Maias
 

Destaque

ProtecçãO Civil 2010
ProtecçãO Civil 2010ProtecçãO Civil 2010
ProtecçãO Civil 2010
Maria Santos
 
11 feb13
11 feb1311 feb13
11 feb13
Paula Morgado
 
GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
GlossáRio
Ana T.
 
Missões dos agentes de protecção civil
Missões dos agentes de protecção civilMissões dos agentes de protecção civil
Missões dos agentes de protecção civil
Núcleo de Protecção Civil da Salga
 
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção CivilReferencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
Nuno Delicado
 
A Proteção Civil no Regresso às Aulas
A Proteção Civil no Regresso às AulasA Proteção Civil no Regresso às Aulas
A Proteção Civil no Regresso às Aulas
Ruixabregas
 
125838312 sbv
125838312 sbv125838312 sbv
125838312 sbv
Pelo Siro
 
Trabalho de grupo power point
Trabalho de grupo power pointTrabalho de grupo power point
Trabalho de grupo power point
Ismael Coutinho
 

Destaque (8)

ProtecçãO Civil 2010
ProtecçãO Civil 2010ProtecçãO Civil 2010
ProtecçãO Civil 2010
 
11 feb13
11 feb1311 feb13
11 feb13
 
GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
GlossáRio
 
Missões dos agentes de protecção civil
Missões dos agentes de protecção civilMissões dos agentes de protecção civil
Missões dos agentes de protecção civil
 
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção CivilReferencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
Referencial do Curso EFA - Técnico de Protecção Civil
 
A Proteção Civil no Regresso às Aulas
A Proteção Civil no Regresso às AulasA Proteção Civil no Regresso às Aulas
A Proteção Civil no Regresso às Aulas
 
125838312 sbv
125838312 sbv125838312 sbv
125838312 sbv
 
Trabalho de grupo power point
Trabalho de grupo power pointTrabalho de grupo power point
Trabalho de grupo power point
 

Semelhante a Dia protecção civil

Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção CivilSismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
marmfig
 
Incêndios florestais
Incêndios florestaisIncêndios florestais
Incêndios florestais
Rui Andrade
 
Primeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª sériePrimeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª série
aluisiobraga
 
Dsrm gabseg sismos
Dsrm gabseg sismosDsrm gabseg sismos
Incêndios florestais
Incêndios florestaisIncêndios florestais
Incêndios florestais
Moisés Benitez
 
Plano de Prevenção
Plano de PrevençãoPlano de Prevenção
Plano de Prevenção
marleneves
 
Jcf cppc
Jcf cppcJcf cppc
Jcf cppc
Joana Jesus
 
Cartilha de proteção civil do cidadão
Cartilha de proteção civil do cidadãoCartilha de proteção civil do cidadão
Cartilha de proteção civil do cidadão
Jarmuth Andrade
 
Sismos
SismosSismos
Prevenção contra incêndio
Prevenção contra incêndioPrevenção contra incêndio
Prevenção contra incêndio
sindiconet
 
seguranca-com-criancas-no-lar.ppt
seguranca-com-criancas-no-lar.pptseguranca-com-criancas-no-lar.ppt
seguranca-com-criancas-no-lar.ppt
JosRobertoAraujoRoch1
 
Incendios florestais aut
Incendios florestais autIncendios florestais aut
Incendios florestais aut
becastanheiradepera
 
Incêndio na Floresta
Incêndio na FlorestaIncêndio na Floresta
Incêndio na Floresta
Gonçalo Silva
 
Sismos 2
Sismos 2Sismos 2
Apostila da defesa civil
Apostila da defesa civilApostila da defesa civil
Protecção civil em casa
Protecção civil em casaProtecção civil em casa
Protecção civil em casa
Albertina Pereira
 
Prevenção a incêndios
Prevenção a incêndiosPrevenção a incêndios
Prevenção a incêndios
sindiconet
 
Inundações
InundaçõesInundações
Inundações
nenhuma
 
Noções de Primeiros Socorros.pptx
Noções de Primeiros Socorros.pptxNoções de Primeiros Socorros.pptx
Noções de Primeiros Socorros.pptx
PostodeSade01
 
A descoberta de si mesmo a segurana do corpo
A descoberta de si mesmo a segurana do corpoA descoberta de si mesmo a segurana do corpo
A descoberta de si mesmo a segurana do corpo
Ana Ribeiro
 

Semelhante a Dia protecção civil (20)

Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção CivilSismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
Sismos - Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil
 
Incêndios florestais
Incêndios florestaisIncêndios florestais
Incêndios florestais
 
Primeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª sériePrimeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª série
 
Dsrm gabseg sismos
Dsrm gabseg sismosDsrm gabseg sismos
Dsrm gabseg sismos
 
Incêndios florestais
Incêndios florestaisIncêndios florestais
Incêndios florestais
 
Plano de Prevenção
Plano de PrevençãoPlano de Prevenção
Plano de Prevenção
 
Jcf cppc
Jcf cppcJcf cppc
Jcf cppc
 
Cartilha de proteção civil do cidadão
Cartilha de proteção civil do cidadãoCartilha de proteção civil do cidadão
Cartilha de proteção civil do cidadão
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
 
Prevenção contra incêndio
Prevenção contra incêndioPrevenção contra incêndio
Prevenção contra incêndio
 
seguranca-com-criancas-no-lar.ppt
seguranca-com-criancas-no-lar.pptseguranca-com-criancas-no-lar.ppt
seguranca-com-criancas-no-lar.ppt
 
Incendios florestais aut
Incendios florestais autIncendios florestais aut
Incendios florestais aut
 
Incêndio na Floresta
Incêndio na FlorestaIncêndio na Floresta
Incêndio na Floresta
 
Sismos 2
Sismos 2Sismos 2
Sismos 2
 
Apostila da defesa civil
Apostila da defesa civilApostila da defesa civil
Apostila da defesa civil
 
Protecção civil em casa
Protecção civil em casaProtecção civil em casa
Protecção civil em casa
 
Prevenção a incêndios
Prevenção a incêndiosPrevenção a incêndios
Prevenção a incêndios
 
Inundações
InundaçõesInundações
Inundações
 
Noções de Primeiros Socorros.pptx
Noções de Primeiros Socorros.pptxNoções de Primeiros Socorros.pptx
Noções de Primeiros Socorros.pptx
 
A descoberta de si mesmo a segurana do corpo
A descoberta de si mesmo a segurana do corpoA descoberta de si mesmo a segurana do corpo
A descoberta de si mesmo a segurana do corpo
 

Dia protecção civil

  • 1. 1 de Março Dia Internacional da Proteção Civil
  • 2. Protecção Civil O que é ? A proteção civil é a atividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas, Autarquias Locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e Major General Arnaldo Cruz Presidente da ANPC privadas com o objetivo de:
  • 3. Objetivos • Prevenir os riscos coletivos e a ocorrência de acidente grave ou de catástrofe deles resultante; • Atenuar os riscos coletivos e limitar os seus efeitos; • Socorrer e assistir as pessoas e outros seres vivos em perigo;
  • 4. Objetivos • Proteger bens e valores culturais, ambientais e de elevado interesse público • Apoiar a reposição da normalidade da vida das pessoas em áreas afetadas por acidente grave ou catástrofe.
  • 5. Agentes de Proteção Civil • Os corpos de bombeiros; • As forças de segurança; • As Forças Armadas; • As autoridades marítima e aeronáutica; • O INEM e demais serviços de saúde; • Os sapadores florestais. A Cruz Vermelha Portuguesa coopera com os demais agentes
  • 6. Dia Internacional da Protecção Civil O tema para este dia é: A proteção civil e os acidentes domésticos
  • 7. Dia Internacional da Proteção Civil Os acidentes domésticos podem ter consequências muito graves e até fatais. Transforma a tua casa num lugar mais seguro.
  • 8. Dia Internacional da Proteção Civil Alguns fatores de risco ou causas mais frequentes de acidentes domésticos • Escorregar ao andar sobre pisos molhados, húmidos ou encerados; • Andar de meias ou usar chinelos e sapatos mal apertados; • Móveis no meio do caminho (gavetas abertas, por exemplo), principalmente entre o quarto e a casa de banho; • Escadas com degraus de tamanhos diferentes;
  • 9. Dia Internacional da Proteção Civil Alguns fatores de risco ou causas mais frequentes de acidentes domésticos • Tapetes nos quartos, casas de banho, corredores e outras divisões da casa; • Pouca iluminação; • Estar em pé em cima de um banco ou cadeira; • Soleiras das portas não niveladas com o chão.
  • 10. Regras Segurança •Nas ausências prolongadas deves fechar as torneiras de segurança do gás e da água. Os teus pais devem fornecer uma chave de casa a um vizinho ou familiar. •Não utilizes os elevadores em caso de incêndio. •Não abras a porta a estranhos. •Não coloques obstáculos nas escadas. Mantém as saídas desimpedidas.
  • 11. Regras Segurança •Os teus pais devem ter sempre um extintor em boas condições de funcionamento. •Não armazenar produtos inflamáveis nas arrecadações. •Não deves mexer nos produtos tóxicos e medicamentos guardados nos armários. •Coloca antiderrapantes na banheira e nos tapetes.
  • 12. Regras Segurança •Evita mexer em fósforos e velas, principalmente se estiveres sozinho em casa. •Se sentires cheiro a gás abre as portas e janelas. Não faças qualquer tipo de chama, nem utilizes os interruptores elétricos. Fecha as válvulas de segurança do gás. •Nunca deve ser excedido 1/3 da capacidade das frigideiras, pois o óleo pode inflamar-se.
  • 13. Regras Segurança •As tomadas não devem ser sobrecarregadas. •Não deves colocar roupa a secar em cima dos aquecedores. •Não mexas em aparelhos elétricos com as mãos molhadas. •Na cozinha, deves ter especial atenção aos objetos cortantes. •Presta especial atenção às crianças.
  • 14. Dia Internacional da Proteção Civil Minuto animado http://www.youtube.com/watch?v=RqM95aJd0FY
  • 15. Pode acontecer… Inundações Terramotos Incêndios Acidentes Fala disto aos teus pais e amigos
  • 16. Numero de emergência - 112 Lembra-te… Em qualquer caso de emergência, o número 112 Número Europeu de Emergência – pode ser ligado através dos telefones das redes fixa e móvel. A chamada é gratuita e é atendida de imediato pelos centros de emergência que acionam os sistemas de socorro.
  • 17. NÃO TE ESQUEÇAS QUE A PROTEÇÃO CIVIL COMEÇA SEMPRE POR TI…
  • 19. Trabalho Realizado por: Clube de Protecção Civil