SlideShare uma empresa Scribd logo
Deus no AT – parte 2




Ricardo Gondim

pastorgondim@hotmail.com
   SEGUNDO VON RAD “O ANTIGO TESTAMENTO NARRA
    UMA HISTÓRIA”. Essa história de desenvolve em três
    dimensões:
•   A história do povo de Deus;
•   A história das gerações das famílias;
•   A história da humanidade.
•   Nestas histórias a revelação progressiva de Deus
   Estas duas atividades integram a ação divina
    no seu povo e na humanidade, bem como os
    fundamentos da religião de israel. Isso está
    sumarizado no palavras do salmista:
    ◦ “Pois a Palavra do Senhor é verdadeira; Ele é fiel em tudo o que
      faz” (Sl 33:4-NVI)
   Salmo 118-7ª - O SENHOR está comigo entre aqueles que me ajudam;
    Atos 17-25ª28 - Ele não é servido por mãos de homens, como se
    necessitasse de algo, porque ele mesmo dá a todos a vida, o fôlego e
    as demais coisas. 27 Deus fez isso para que os homens o buscassem
    e talvez, tateando, pudessem encontrá-lo, embora não esteja longe
    de cada um de nós. 28 „Pois nele vivemos, nos movemos e
    existimos‟, como disseram alguns dos poetas de vocês: „Também
    somos descendência dele‟.
             DEUS ESTÁ NO NATURAL E NO TRANSCENDENTE
   A palavra no A.T. é multifacetada e se destina:
   À vida comum das pessoas;
   Ao cúltico ((culto + -ico) adj. Relativo a culto ou que
    culmina) e litúrgico ( uma celebração religiosa pré-
    definida);
   Ela é dada em lugar comum ou em lugares sacros;
   Os mensageiros são ícones os anônimos;
   A forma é pela instrução (lei) ou profecia (exortação,
    juízo ou promessa) e cultual (sacerdócio);
   Ezequiel 1
   1 E ACONTECEU no trigésimo ano, no quarto mês, no
    quinto dia do mês, que estando eu no meio dos
    cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu
    tive visões de Deus.
   Atos 7
   55 Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando
    os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que
    estava à direita de Deus;
   56 E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do
    homem, que está em pé à mão direita de Deus.
   UMA VEZ QUE DEUS FALA, A RESPOSTA DO
    HOMEM É UM DOS ELEMENTOS MAIS
    RELEVANTES NO A.T. SENDO ASSIM, COMO O
    HOMEM RESPONDE:
    ◦ RESPONDE FALANDO POR MEIO DE LOUVOR,
      VOTOS, ORAÇÕES;
    ◦ O HOMEM RESPONDE AGINDO NO TEMPLO, NO
      SACRIFÍCIO, NA OFERTA. OBEDIÊNCIA ORÁTICA;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As Ideias Mestras Da Antiga AliançA
As Ideias Mestras Da Antiga AliançAAs Ideias Mestras Da Antiga AliançA
As Ideias Mestras Da Antiga AliançA
DimensaoCatolica
 
LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)
Love Edson Jake
 
1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
11 ise - o sagrado
11   ise - o sagrado11   ise - o sagrado
11 ise - o sagrado
Léo Mendonça
 
Novo testamento
Novo testamentoNovo testamento
Novo testamento
António José Fonseca
 
18 ise - livros proféticos
18   ise - livros proféticos18   ise - livros proféticos
18 ise - livros proféticos
Léo Mendonça
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Francelia Carvalho Oliveira
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
Rosana Eugenio Dos Santos
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Coop. Fabio Silva
 
A Revelação Divina
A Revelação DivinaA Revelação Divina
A Revelação Divina
DimensaoCatolica
 
Conhecendo a biblia lição 4 - 28-05-17
Conhecendo a biblia   lição 4 - 28-05-17Conhecendo a biblia   lição 4 - 28-05-17
Conhecendo a biblia lição 4 - 28-05-17
PIB Penha
 
14 ise - levítico - números - deuteronômio
14   ise - levítico - números - deuteronômio14   ise - levítico - números - deuteronômio
14 ise - levítico - números - deuteronômio
Léo Mendonça
 
Aula de bibliologia2.0
Aula de bibliologia2.0Aula de bibliologia2.0
Aula de bibliologia2.0
Andre Nascimento
 
Panorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo TestamentoPanorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo Testamento
Alberto Simonton
 
Os Livros Da BíBlia
Os Livros Da BíBliaOs Livros Da BíBlia
Os Livros Da BíBlia
DimensaoCatolica
 
Curso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEPCurso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEP
Moisés Sampaio
 
Aula 1 introdução
Aula 1   introduçãoAula 1   introdução
Aula 1 introdução
Ricardo Gondim
 
26
2626
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Petula
 

Mais procurados (20)

As Ideias Mestras Da Antiga AliançA
As Ideias Mestras Da Antiga AliançAAs Ideias Mestras Da Antiga AliançA
As Ideias Mestras Da Antiga AliançA
 
LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)
 
1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução
 
11 ise - o sagrado
11   ise - o sagrado11   ise - o sagrado
11 ise - o sagrado
 
Novo testamento
Novo testamentoNovo testamento
Novo testamento
 
18 ise - livros proféticos
18   ise - livros proféticos18   ise - livros proféticos
18 ise - livros proféticos
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
 
A Revelação Divina
A Revelação DivinaA Revelação Divina
A Revelação Divina
 
Conhecendo a biblia lição 4 - 28-05-17
Conhecendo a biblia   lição 4 - 28-05-17Conhecendo a biblia   lição 4 - 28-05-17
Conhecendo a biblia lição 4 - 28-05-17
 
14 ise - levítico - números - deuteronômio
14   ise - levítico - números - deuteronômio14   ise - levítico - números - deuteronômio
14 ise - levítico - números - deuteronômio
 
Aula de bibliologia2.0
Aula de bibliologia2.0Aula de bibliologia2.0
Aula de bibliologia2.0
 
Panorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo TestamentoPanorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo Testamento
 
Os Livros Da BíBlia
Os Livros Da BíBliaOs Livros Da BíBlia
Os Livros Da BíBlia
 
Curso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEPCurso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEP
 
Aula 1 introdução
Aula 1   introduçãoAula 1   introdução
Aula 1 introdução
 
26
2626
26
 
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
 

Semelhante a Deus no antigo testamento

11 visão panorâmica da bíblia sagrada
11   visão panorâmica da bíblia sagrada11   visão panorâmica da bíblia sagrada
11 visão panorâmica da bíblia sagrada
Luiz Ferreira
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01
JoelSilva477650
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
Joel Silva
 
Bibliologia 2
Bibliologia 2Bibliologia 2
Bibliologia 2
Marcio Silva
 
Panorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação ProgressivaPanorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação Progressiva
Ricardo Gondim
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
Monergista Post
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
Tiago Silva
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
Joel Silva
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
CursosTeologicos
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
Joel Silva
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
faculdadeteologica
 
Juvenis lição 07 - 3º trimestre 2015
Juvenis   lição 07 - 3º trimestre 2015Juvenis   lição 07 - 3º trimestre 2015
Juvenis lição 07 - 3º trimestre 2015
Joel Oliveira
 
3º trimestre 2015 juvenis lição 07
3º trimestre 2015 juvenis lição 073º trimestre 2015 juvenis lição 07
3º trimestre 2015 juvenis lição 07
Joel Silva
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
Ricardo Gondim
 
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxRED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Erivelton Rodrigues Nunes
 
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef AkivaAsa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
Igrejacrista
 
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de CristoAula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Samuel A. Nunes
 

Semelhante a Deus no antigo testamento (20)

11 visão panorâmica da bíblia sagrada
11   visão panorâmica da bíblia sagrada11   visão panorâmica da bíblia sagrada
11 visão panorâmica da bíblia sagrada
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
 
Bibliologia 2
Bibliologia 2Bibliologia 2
Bibliologia 2
 
Panorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação ProgressivaPanorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação Progressiva
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 01
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
 
Juvenis lição 07 - 3º trimestre 2015
Juvenis   lição 07 - 3º trimestre 2015Juvenis   lição 07 - 3º trimestre 2015
Juvenis lição 07 - 3º trimestre 2015
 
3º trimestre 2015 juvenis lição 07
3º trimestre 2015 juvenis lição 073º trimestre 2015 juvenis lição 07
3º trimestre 2015 juvenis lição 07
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
 
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxRED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
RED267-Aula8.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
 
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef AkivaAsa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
Asa de Anjo, Corpo de Homen e Rosto de Criança - Yossef Akiva
 
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de CristoAula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
Aula de Cristologia - A Pessoa de Cristo
 

Mais de Gcom digital factory

Bacharel em teologia
Bacharel em teologiaBacharel em teologia
Bacharel em teologia
Gcom digital factory
 
Eleição - João Calvino
Eleição - João CalvinoEleição - João Calvino
Eleição - João Calvino
Gcom digital factory
 
Novo Mapa das Religiões no Brasil
Novo Mapa das Religiões no BrasilNovo Mapa das Religiões no Brasil
Novo Mapa das Religiões no Brasil
Gcom digital factory
 
Doutrina da palavra
Doutrina da palavraDoutrina da palavra
Doutrina da palavra
Gcom digital factory
 
Doutrina do homem
Doutrina do homemDoutrina do homem
Doutrina do homem
Gcom digital factory
 
Doutrina de deus
Doutrina de deusDoutrina de deus
Doutrina de deus
Gcom digital factory
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - Cristologia
Gcom digital factory
 
Teologia sistemática, introdução
Teologia sistemática, introduçãoTeologia sistemática, introdução
Teologia sistemática, introdução
Gcom digital factory
 
Teodicéia e teologia do AT
Teodicéia e teologia do ATTeodicéia e teologia do AT
Teodicéia e teologia do AT
Gcom digital factory
 
Teologia do AT tipologia
Teologia do AT tipologiaTeologia do AT tipologia
Teologia do AT tipologia
Gcom digital factory
 
Como ler o antigo testamento
Como ler o antigo testamentoComo ler o antigo testamento
Como ler o antigo testamento
Gcom digital factory
 
Teo at 3 credo historico
Teo at 3   credo historicoTeo at 3   credo historico
Teo at 3 credo historico
Gcom digital factory
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Gcom digital factory
 
O problema do mal
O problema do malO problema do mal
O problema do mal
Gcom digital factory
 
Liberalismo Teológico
Liberalismo TeológicoLiberalismo Teológico
Liberalismo Teológico
Gcom digital factory
 
Teologia Contemporânea
Teologia ContemporâneaTeologia Contemporânea
Teologia Contemporânea
Gcom digital factory
 
Revista contemporanea
Revista contemporaneaRevista contemporanea
Revista contemporanea
Gcom digital factory
 
Teologia gay
Teologia gayTeologia gay
Teologia gay
Gcom digital factory
 
Teologia da prosperidade
Teologia da prosperidadeTeologia da prosperidade
Teologia da prosperidade
Gcom digital factory
 

Mais de Gcom digital factory (20)

Bacharel em teologia
Bacharel em teologiaBacharel em teologia
Bacharel em teologia
 
Eleição - João Calvino
Eleição - João CalvinoEleição - João Calvino
Eleição - João Calvino
 
face to face
face to faceface to face
face to face
 
Novo Mapa das Religiões no Brasil
Novo Mapa das Religiões no BrasilNovo Mapa das Religiões no Brasil
Novo Mapa das Religiões no Brasil
 
Doutrina da palavra
Doutrina da palavraDoutrina da palavra
Doutrina da palavra
 
Doutrina do homem
Doutrina do homemDoutrina do homem
Doutrina do homem
 
Doutrina de deus
Doutrina de deusDoutrina de deus
Doutrina de deus
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - Cristologia
 
Teologia sistemática, introdução
Teologia sistemática, introduçãoTeologia sistemática, introdução
Teologia sistemática, introdução
 
Teodicéia e teologia do AT
Teodicéia e teologia do ATTeodicéia e teologia do AT
Teodicéia e teologia do AT
 
Teologia do AT tipologia
Teologia do AT tipologiaTeologia do AT tipologia
Teologia do AT tipologia
 
Como ler o antigo testamento
Como ler o antigo testamentoComo ler o antigo testamento
Como ler o antigo testamento
 
Teo at 3 credo historico
Teo at 3   credo historicoTeo at 3   credo historico
Teo at 3 credo historico
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
O problema do mal
O problema do malO problema do mal
O problema do mal
 
Liberalismo Teológico
Liberalismo TeológicoLiberalismo Teológico
Liberalismo Teológico
 
Teologia Contemporânea
Teologia ContemporâneaTeologia Contemporânea
Teologia Contemporânea
 
Revista contemporanea
Revista contemporaneaRevista contemporanea
Revista contemporanea
 
Teologia gay
Teologia gayTeologia gay
Teologia gay
 
Teologia da prosperidade
Teologia da prosperidadeTeologia da prosperidade
Teologia da prosperidade
 

Último

Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 

Último (14)

Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 

Deus no antigo testamento

  • 1. Deus no AT – parte 2 Ricardo Gondim pastorgondim@hotmail.com
  • 2. SEGUNDO VON RAD “O ANTIGO TESTAMENTO NARRA UMA HISTÓRIA”. Essa história de desenvolve em três dimensões: • A história do povo de Deus; • A história das gerações das famílias; • A história da humanidade. • Nestas histórias a revelação progressiva de Deus
  • 3. Estas duas atividades integram a ação divina no seu povo e na humanidade, bem como os fundamentos da religião de israel. Isso está sumarizado no palavras do salmista: ◦ “Pois a Palavra do Senhor é verdadeira; Ele é fiel em tudo o que faz” (Sl 33:4-NVI)  Salmo 118-7ª - O SENHOR está comigo entre aqueles que me ajudam; Atos 17-25ª28 - Ele não é servido por mãos de homens, como se necessitasse de algo, porque ele mesmo dá a todos a vida, o fôlego e as demais coisas. 27 Deus fez isso para que os homens o buscassem e talvez, tateando, pudessem encontrá-lo, embora não esteja longe de cada um de nós. 28 „Pois nele vivemos, nos movemos e existimos‟, como disseram alguns dos poetas de vocês: „Também somos descendência dele‟.  DEUS ESTÁ NO NATURAL E NO TRANSCENDENTE
  • 4. A palavra no A.T. é multifacetada e se destina:  À vida comum das pessoas;  Ao cúltico ((culto + -ico) adj. Relativo a culto ou que culmina) e litúrgico ( uma celebração religiosa pré- definida);  Ela é dada em lugar comum ou em lugares sacros;  Os mensageiros são ícones os anônimos;  A forma é pela instrução (lei) ou profecia (exortação, juízo ou promessa) e cultual (sacerdócio);
  • 5. Ezequiel 1  1 E ACONTECEU no trigésimo ano, no quarto mês, no quinto dia do mês, que estando eu no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus.  Atos 7  55 Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus;  56 E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.
  • 6. UMA VEZ QUE DEUS FALA, A RESPOSTA DO HOMEM É UM DOS ELEMENTOS MAIS RELEVANTES NO A.T. SENDO ASSIM, COMO O HOMEM RESPONDE: ◦ RESPONDE FALANDO POR MEIO DE LOUVOR, VOTOS, ORAÇÕES; ◦ O HOMEM RESPONDE AGINDO NO TEMPLO, NO SACRIFÍCIO, NA OFERTA. OBEDIÊNCIA ORÁTICA;