SlideShare uma empresa Scribd logo
DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO EM PESSOAS EM SITUAÇÃO DE
RUA: FOCO NAS AÇÕES REALIZADAS POR BIBLIOTECAS PÚBLICAS ALINHADAS À AGENDA 2030
Daniela Spudeit
Professora na Universidade do Estado de Santa Catarina e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em
Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina. Contato danielaspudeit2@gmail.com
Elizete Vieira Vitorino
Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa
Catarina. Bolsista Produtividade CNPq, Nível 2. Contato elizete.vitorino@ufsc.br
• Contribuições do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Competência em Informação (GPCIn) da
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na promoção de uma ciência cidadã em prol das
pesquisas que envolvem grupos socialmente vulneráveis
• Neste trabalho, nossa atenção se volta às pessoas em situação de rua, com o intuito de contribuir com
pesquisas e conhecimentos acerca da realidade das bibliotecas públicas e as ações que são realizadas
em prol do desenvolvimento da competência em informação das pessoas que estão nesta condição e,
deste modo, colaborar com políticas públicas neste cenário.
• Os dirigentes e profissionais atuantes em bibliotecas públicas tem a responsabilidade de desenvolver
ações para promover o desenvolvimento da competência em informação nas populações vulneráveis.
ASPECTOS INTRODUTÓRIOS
Objetiva-se apresentar iniciativas voltadas à competência em informação
pessoas em situação de rua, alinhadas com a Agenda 2030 da Organização das
Nações Unidas (ONU) realizadas por bibliotecas públicas.
• Manifesto em prol das populações vulneráveis durante o Congresso Brasileiro de
Biblioteconomia e Documentação (CBBD) realizado na cidade de Florianópolis, Santa Catarina,
sul do Brasil, em julho de 2013.
• Agenda 2030 das Organizações das Nações Unidas (ONU):
a) Objetivo 1: Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.
b) Objetivo 3: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as
idades;
c) Objetivo 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável,
emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.
d) Objetivo 10: Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.
JUSTIFICATIVA
• Caracteriza-se como pesquisa bibliográfica, descritiva e exploratória que buscou publicações em três
bases de dados internacionais: SCIELO, LISA e REDALYC.
• Foram usados os termos em inglês “public library” and “homeless” and “information literacy”
compreendendo o período de 1980 a 2020 para apresentar algumas ações realizadas pelas instituições
que se alinhem aos objetivos da Agenda 2030 da ONU e que estejam focadas no desenvolvimento da
competência em informação das pessoas em situação de rua.
• Após análise, resultaram dezoito trabalhos que abordam sobre acesso e serviços de bibliotecas públicas
para pessoas em situação de rua, porém nenhum especificamente sobre desenvolvimento da
competência em informação.
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
• Na Colômbia, existe a rede de bibliotecas parques - nove destas somente na cidade de Medellín e as
demais espalhadas por todo território colombiano. As Bibliotecas Parques foram construídas para
promover práticas educativas, culturais e sociais de seus bairros circundantes (PEÑA GALLEGO, 2011;
RODRÍGUEZ, VALENCIA, ARIAS, 2013, CAPILLÉ, 2017), funcionando como pontos de transformação e
fortalecimento das comunidades e culturas locais – ou como “dispositivos políticos”.
• Nos Estados Unidos, já existe uma cultura em relação à assistência aos grupos socialmente vulneráveis
por parte das bibliotecas públicas desde a década de 1980 (SIMMONS, 1985; ANDERSON; SIMPSON;
FISHER, 2012; KELLEHER, 2013). Devido ao inverno rigoroso e quantidade de pessoas sem teto que
aumenta a cada ano, as bibliotecas são vistas como refúgios por pessoas sem lar pois são lugares quentes
e seguros, segundo Venturella (1991). Alguns autores apresentam os desafios e os serviços promovidos
para facilitar ao acesso ao conhecimento para pessoas sem teto (HERSBERGER, 2005; HALL, 2010, DOWN,
2018) .
RESULTADOS
• Além das bibliotecas norte-americanas e colombianas, é possível encontrar algumas ações nas
bibliotecas públicas do Canadá e na Austrália em relação à inclusão de grupos socialmente vulneráveis.
Harding (2008), Julien e Hoffman (2008), Lai (2011) e Poustie (1999) descrevem cases que relatam
ofertas de serviços de formação para a competência em informação nas bibliotecas públicas, mas não
especificam se é voltado para necessidades básicas das pessoas em situação de rua.
• Na Espanha, em relação à competência em informação, Gómez-Hernandez e Pasadas-Ureña (2007),
Pinto e Sales (2007) apresentam uma agenda como proposta para o desenvolvimento desta
metacompetência em bibliotecas públicas. No México, Ceballos Ospina (2018) apresenta como as
bibliotecas públicas, em sua função social, cultural e educativa, podem participar ativamente da
transformação social do seu entorno, criando laços de cooperação interinstitucional para
desenvolvimento de ações e estratégias que visem a inclusão social e melhoria nas condições de vida das
pessoas em situação de rua.
RESULTADOS
• Os resultados apontam que algumas ações propostas alinham-se aos objetivos da Agenda 2030,
principalmente no que tange aos objetivos 1,3,8,10, mas foram poucos os serviços criados e
implementados para atender especificamente à as necessidades das pessoas em situação de rua,
pois possuem demandas e perfil diferenciado para o desenvolvimento da competência em
informação.
• As bibliotecas públicas podem desempenhar um papel fundamental como provedores de recursos,
centros comunitários e espaços facilitadores de colaborações de várias organizações. Grande parte
dos gestores das bibliotecas públicas sabe da missão e responsabilidade social destas importantes
instituições que representam em muitos lugares a única forma de acesso público à informação, então
torna-se necessário investir mais na capacitação das equipes que atuam nesses espaços e oferecer
serviços voltados às pessoas sem teto no que tange ao desenvolvimento da competência em
informação.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Destaca-se a ação da American Library Association (ALA) que criou um grupo de trabalho para apresentar
diretrizes para as bibliotecas no que tange ao atendimento de pessoas em situação de rua e também
enfatiza o papel das parcerias das bibliotecas para isso. Na maioria das comunidades existe organizações
com experiência em treinamento e contatos específicos para prestar serviços às pessoas sem-teto. As
bibliotecas podem ajudar na localização de parceiros, nas reuniões do governo local, nas reuniões de
organizações de serviço social, consultas a um diretório de serviços sociais locais, pesquisas na internet ou
lista telefônica. Entre os parceiros prováveis ​​pode-se citar instalações habitacionais transitórias, bancos de
alimentos e organizações comunitárias, clínicas de saúde e hospitais, organizações religiosas, como igrejas,
sinagogas e mesquitas.
• Torna-se necessário investir mais na capacitação das equipes que atuam nesses espaços e oferecer
serviços voltados ao desenvolvimento da competência em informação de populações vulneráveis não
somente para que contribuam para o alcance dos objetivos da Agenda 2030 da ONU, mas principalmente
para que as bibliotecas desempenhem sua função social democratizando o acesso ao conhecimento de
forma integral para TODOS.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION. Serviços para pessoas em situação de rua. Disponível em
http://www.ala.org/advocacy/diversity/librariesrespond/services-poor-homeless.
ANDERSON, Keith A. ; SIMPSON, Chaniqua D.; FISHER, Lynette G. A capacidade da equipe da biblioteca pública de ajudar pessoas sem-teto nos Estados
Unidos: explorando relacionamentos, papéis e potencial. Revista de Pobreza e Justiça Social, V.20, N.2, Jun. 2012, p. 177-190.
CAPILLÉ, Caue. Arquitetura como dispositivo politico: introdução ao Projeto de Parques Biblioteca em Medellín. Revista Prumo, [S.l.], v. 2, n. 3, jul. 2017.
Disponível em: http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/325/259
CEBALLOS OSPINA, Johnny Alejandro. El rol de la biblioteca pública en la inclusión social del habitante de calle (homeless). Investigación bibliotecológica, v. 32,
n. 76, jul/set., 2018, México, p. 63-78. Disponível em http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0187-358X2018000300063
DOWD, Ryan. The Librarian's Guide to Homelessness. ALA Editions, 2018. Disponível em http://www.homelesslibrary.comhttp://www.homelesslibrary.com
FEBAB. Manifesto de Florianópolis sobre a competência em informação e as populações vulneráveis e minorias. Florianópolis, 2013. Disponível em
http://febab.org.br/manifesto_florianopolis_portugues.pdf
GÓMEZ-HERNANDEZ, J. A.; PASADAS-UREÑA, Cristóbal. La alfabetización informacional en bibliotecas públicas: situación actual y propuestas para una agenda
de desarrollo. Information Research, [S.l.], v. 12, n. 3, p. 1-25, 2007. Disponível em: < http://eprints.rclis.org/9418/1/alfabetizacion.pdf
HALL, Rachel. Public Praxis: A vision for critical information literacy in public libraries. Public Library Quartely, Chicago, v. 29, n. 2, p. 162-175, 2010. Disponível
em: http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/01616841003776383
HARDING, Jane. Information literacy and the public library: we’ve talked the talk, but are we walking the walk? The Australian Library Journal, Deakin, v. 57,
n. 3, p. 274-294, 2008. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/00049670.2008.10722480?needAccess=true
HERSBERGER, Julie. Os sem-teto e as necessidades e serviços de informação. Serviços de Referência e Usuário. American Library Association. v. 44, n. 3, 2005,
p. 199-202. Disponível em https://www.jstor.org/stable/20864362?seq=1.
JULIEN, Hedi; HOFFMAN, Cameron. Canada’s public libraries and information literacy training. Canadian Library Association, Ottawa, n. 2, p. 74-77, 2008.
REFERÊNCIAS
KELLEHER, Angie. "Não é apenas um lugar para dormir: perspectivas de desabrigados em bibliotecas no centro de Michigan", Library Review, v. 62, n. 1/2, p.
19-33. 2013. Disponível em https://doi.org/10.1108/00242531311328122
LAI, Horng-Ji. Information literacy training in public libraries: a case from Canada. Educational Technology & Society, Palmerston North, v. 14, n. 2, p. 81-88,
2011.
ORGANIZAÇÃO NAS NAÇÕES UNIDAS. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2015. Disponível em
https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/
PEÑA GALLEGO, L. E. Las bibliotecas públicas de Medellín como motor de cambio social y urbano de la ciudad. Textos Universitaris de Biblioteconomia I
Documentació, V. 27, 2011.
PINTO, Maria; SALES, Dora. Alfabetizacion informacion para uma sociedade intercultural: algunas iniciativas desde las bibliotecas públicas. Anales de
Documentacion, n. 10, 2007, p. 317-336. Disponível em http://revistas.um.es/analesdoc/article/view/1221
POUSTIE, Kay. Educating for information literacy through the internet: another role of the public library. Australian Public Libraries and Information Services,
Austrália, v. 12, n. 2, jun. 1999.
RODRÍGUEZ, J. C., VALENCIA, J., & ARIAS, A. V. Las bibliotecas públicas como escenarios de participación ciudadana e inclusión social. Rastros Rostros, v. 15, n.
29, 2013. p. 73 – 81
SIMMONS, Randall. Os sem-teto na biblioteca pública: Implicações para o acesso a bibliotecas. Serviços de Referência e Usuário, American Library Association.
v. 25, n. 1 , 1985. p. 110-120. Disponível em https://www.jstor.org/stable/25827508?seq=1
VENTURELLA, Karen M. The homeless and the public library. Progressive Librarian. Lawrenceville. Ed. 3, v. 31, 1991. Disponível em
http://www.progressivelibrariansguild.org/PL/PL03/031.pdf
REFERÊNCIAS

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: foco nas ações realizadas por bibliotecas públicas alinhadas à Agenda 2030

Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SPApresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
Abraão Antunes da Silva
 
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
Monitor Científico FaBCI
 
Desafios da inclusão digital
Desafios da inclusão digitalDesafios da inclusão digital
Desafios da inclusão digital
luzinha2011
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Luísa Alvim
 
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamentoBibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
Ronaldo Araújo
 
Ação cultural na bpe niterói.
Ação cultural na bpe niterói.Ação cultural na bpe niterói.
Ação cultural na bpe niterói.
Elisângela Morais
 
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes EspaçosPráticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
petconexoes
 
Programa Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
Programa Escola de Leitores - Viagem à ColômbiaPrograma Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
Programa Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
Tânia Regina
 
Construir comunidades inteligentes
Construir comunidades inteligentesConstruir comunidades inteligentes
Construir comunidades inteligentes
Maria Jose Vitorino
 
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Maria Jose Vitorino
 
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolarManifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
bcaceciliameireles
 
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
Abraão Antunes da Silva
 
Cultura e artes
Cultura e artesCultura e artes
Cultura e artes
EducacaoIntegralPTC
 
Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar
Alexsandro Menezes da Silva
 
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
Alexsandro Menezes da Silva
 
Projeto Jequitibá
Projeto JequitibáProjeto Jequitibá
Projeto Jequitibá
polo_jequitiba
 
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratórioRedes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
ptbr
 
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnBApresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
semanadobibliotecario
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
mariacosta
 
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Marta C Correia
 

Semelhante a Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: foco nas ações realizadas por bibliotecas públicas alinhadas à Agenda 2030 (20)

Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SPApresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
Apresentação sobre Bibliotecas Comunitárias e o PMLLLB/SP
 
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
Rede brasil de bibliotecas comunitárias uma rede social criada para aproximar...
 
Desafios da inclusão digital
Desafios da inclusão digitalDesafios da inclusão digital
Desafios da inclusão digital
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
 
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamentoBibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
Bibliotecnologia e Sociedade: da infraestrutura ao engajamento
 
Ação cultural na bpe niterói.
Ação cultural na bpe niterói.Ação cultural na bpe niterói.
Ação cultural na bpe niterói.
 
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes EspaçosPráticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
Práticas e Saberes Populares Interações com Diferentes Espaços
 
Programa Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
Programa Escola de Leitores - Viagem à ColômbiaPrograma Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
Programa Escola de Leitores - Viagem à Colômbia
 
Construir comunidades inteligentes
Construir comunidades inteligentesConstruir comunidades inteligentes
Construir comunidades inteligentes
 
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
 
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolarManifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
Manifesto em defesa_da_biblioteca_escolar
 
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
Apresentação sobre a RBBC para as Jornadas Virtuales...
 
Cultura e artes
Cultura e artesCultura e artes
Cultura e artes
 
Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar
 
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
 
Projeto Jequitibá
Projeto JequitibáProjeto Jequitibá
Projeto Jequitibá
 
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratórioRedes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudo exploratório
 
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnBApresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
Apresentação Neide Gomes - Projeto APAE/BCE-UnB
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
 
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
 

Mais de Projeto RCAAP

Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Projeto RCAAP
 
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Projeto RCAAP
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
Projeto RCAAP
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
Projeto RCAAP
 
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
Projeto RCAAP
 
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Projeto RCAAP
 
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Projeto RCAAP
 
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Projeto RCAAP
 
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRNUsabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Projeto RCAAP
 
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Projeto RCAAP
 
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Projeto RCAAP
 
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Projeto RCAAP
 
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Projeto RCAAP
 
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científicoCiência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Projeto RCAAP
 
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
Projeto RCAAP
 
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em focoO preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
Projeto RCAAP
 
A incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicasA incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicas
Projeto RCAAP
 
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
Projeto RCAAP
 
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios InstitucionaisImplantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Projeto RCAAP
 
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
Projeto RCAAP
 

Mais de Projeto RCAAP (20)

Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
 
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
 
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
 
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
 
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
 
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
 
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRNUsabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
 
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
 
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
 
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
 
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
 
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científicoCiência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
 
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
 
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em focoO preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
 
A incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicasA incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicas
 
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
 
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios InstitucionaisImplantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
 
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
Formulário automatizado para depósito da produção científica da UNICAMP em se...
 

Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: foco nas ações realizadas por bibliotecas públicas alinhadas à Agenda 2030

  • 1. DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO EM PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA: FOCO NAS AÇÕES REALIZADAS POR BIBLIOTECAS PÚBLICAS ALINHADAS À AGENDA 2030 Daniela Spudeit Professora na Universidade do Estado de Santa Catarina e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina. Contato danielaspudeit2@gmail.com Elizete Vieira Vitorino Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista Produtividade CNPq, Nível 2. Contato elizete.vitorino@ufsc.br
  • 2. • Contribuições do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Competência em Informação (GPCIn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na promoção de uma ciência cidadã em prol das pesquisas que envolvem grupos socialmente vulneráveis • Neste trabalho, nossa atenção se volta às pessoas em situação de rua, com o intuito de contribuir com pesquisas e conhecimentos acerca da realidade das bibliotecas públicas e as ações que são realizadas em prol do desenvolvimento da competência em informação das pessoas que estão nesta condição e, deste modo, colaborar com políticas públicas neste cenário. • Os dirigentes e profissionais atuantes em bibliotecas públicas tem a responsabilidade de desenvolver ações para promover o desenvolvimento da competência em informação nas populações vulneráveis. ASPECTOS INTRODUTÓRIOS Objetiva-se apresentar iniciativas voltadas à competência em informação pessoas em situação de rua, alinhadas com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) realizadas por bibliotecas públicas.
  • 3. • Manifesto em prol das populações vulneráveis durante o Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (CBBD) realizado na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, sul do Brasil, em julho de 2013. • Agenda 2030 das Organizações das Nações Unidas (ONU): a) Objetivo 1: Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares. b) Objetivo 3: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades; c) Objetivo 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos. d) Objetivo 10: Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles. JUSTIFICATIVA
  • 4. • Caracteriza-se como pesquisa bibliográfica, descritiva e exploratória que buscou publicações em três bases de dados internacionais: SCIELO, LISA e REDALYC. • Foram usados os termos em inglês “public library” and “homeless” and “information literacy” compreendendo o período de 1980 a 2020 para apresentar algumas ações realizadas pelas instituições que se alinhem aos objetivos da Agenda 2030 da ONU e que estejam focadas no desenvolvimento da competência em informação das pessoas em situação de rua. • Após análise, resultaram dezoito trabalhos que abordam sobre acesso e serviços de bibliotecas públicas para pessoas em situação de rua, porém nenhum especificamente sobre desenvolvimento da competência em informação. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
  • 5. • Na Colômbia, existe a rede de bibliotecas parques - nove destas somente na cidade de Medellín e as demais espalhadas por todo território colombiano. As Bibliotecas Parques foram construídas para promover práticas educativas, culturais e sociais de seus bairros circundantes (PEÑA GALLEGO, 2011; RODRÍGUEZ, VALENCIA, ARIAS, 2013, CAPILLÉ, 2017), funcionando como pontos de transformação e fortalecimento das comunidades e culturas locais – ou como “dispositivos políticos”. • Nos Estados Unidos, já existe uma cultura em relação à assistência aos grupos socialmente vulneráveis por parte das bibliotecas públicas desde a década de 1980 (SIMMONS, 1985; ANDERSON; SIMPSON; FISHER, 2012; KELLEHER, 2013). Devido ao inverno rigoroso e quantidade de pessoas sem teto que aumenta a cada ano, as bibliotecas são vistas como refúgios por pessoas sem lar pois são lugares quentes e seguros, segundo Venturella (1991). Alguns autores apresentam os desafios e os serviços promovidos para facilitar ao acesso ao conhecimento para pessoas sem teto (HERSBERGER, 2005; HALL, 2010, DOWN, 2018) . RESULTADOS
  • 6. • Além das bibliotecas norte-americanas e colombianas, é possível encontrar algumas ações nas bibliotecas públicas do Canadá e na Austrália em relação à inclusão de grupos socialmente vulneráveis. Harding (2008), Julien e Hoffman (2008), Lai (2011) e Poustie (1999) descrevem cases que relatam ofertas de serviços de formação para a competência em informação nas bibliotecas públicas, mas não especificam se é voltado para necessidades básicas das pessoas em situação de rua. • Na Espanha, em relação à competência em informação, Gómez-Hernandez e Pasadas-Ureña (2007), Pinto e Sales (2007) apresentam uma agenda como proposta para o desenvolvimento desta metacompetência em bibliotecas públicas. No México, Ceballos Ospina (2018) apresenta como as bibliotecas públicas, em sua função social, cultural e educativa, podem participar ativamente da transformação social do seu entorno, criando laços de cooperação interinstitucional para desenvolvimento de ações e estratégias que visem a inclusão social e melhoria nas condições de vida das pessoas em situação de rua. RESULTADOS
  • 7. • Os resultados apontam que algumas ações propostas alinham-se aos objetivos da Agenda 2030, principalmente no que tange aos objetivos 1,3,8,10, mas foram poucos os serviços criados e implementados para atender especificamente à as necessidades das pessoas em situação de rua, pois possuem demandas e perfil diferenciado para o desenvolvimento da competência em informação. • As bibliotecas públicas podem desempenhar um papel fundamental como provedores de recursos, centros comunitários e espaços facilitadores de colaborações de várias organizações. Grande parte dos gestores das bibliotecas públicas sabe da missão e responsabilidade social destas importantes instituições que representam em muitos lugares a única forma de acesso público à informação, então torna-se necessário investir mais na capacitação das equipes que atuam nesses espaços e oferecer serviços voltados às pessoas sem teto no que tange ao desenvolvimento da competência em informação. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 8. • Destaca-se a ação da American Library Association (ALA) que criou um grupo de trabalho para apresentar diretrizes para as bibliotecas no que tange ao atendimento de pessoas em situação de rua e também enfatiza o papel das parcerias das bibliotecas para isso. Na maioria das comunidades existe organizações com experiência em treinamento e contatos específicos para prestar serviços às pessoas sem-teto. As bibliotecas podem ajudar na localização de parceiros, nas reuniões do governo local, nas reuniões de organizações de serviço social, consultas a um diretório de serviços sociais locais, pesquisas na internet ou lista telefônica. Entre os parceiros prováveis ​​pode-se citar instalações habitacionais transitórias, bancos de alimentos e organizações comunitárias, clínicas de saúde e hospitais, organizações religiosas, como igrejas, sinagogas e mesquitas. • Torna-se necessário investir mais na capacitação das equipes que atuam nesses espaços e oferecer serviços voltados ao desenvolvimento da competência em informação de populações vulneráveis não somente para que contribuam para o alcance dos objetivos da Agenda 2030 da ONU, mas principalmente para que as bibliotecas desempenhem sua função social democratizando o acesso ao conhecimento de forma integral para TODOS. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 9. AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION. Serviços para pessoas em situação de rua. Disponível em http://www.ala.org/advocacy/diversity/librariesrespond/services-poor-homeless. ANDERSON, Keith A. ; SIMPSON, Chaniqua D.; FISHER, Lynette G. A capacidade da equipe da biblioteca pública de ajudar pessoas sem-teto nos Estados Unidos: explorando relacionamentos, papéis e potencial. Revista de Pobreza e Justiça Social, V.20, N.2, Jun. 2012, p. 177-190. CAPILLÉ, Caue. Arquitetura como dispositivo politico: introdução ao Projeto de Parques Biblioteca em Medellín. Revista Prumo, [S.l.], v. 2, n. 3, jul. 2017. Disponível em: http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/325/259 CEBALLOS OSPINA, Johnny Alejandro. El rol de la biblioteca pública en la inclusión social del habitante de calle (homeless). Investigación bibliotecológica, v. 32, n. 76, jul/set., 2018, México, p. 63-78. Disponível em http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0187-358X2018000300063 DOWD, Ryan. The Librarian's Guide to Homelessness. ALA Editions, 2018. Disponível em http://www.homelesslibrary.comhttp://www.homelesslibrary.com FEBAB. Manifesto de Florianópolis sobre a competência em informação e as populações vulneráveis e minorias. Florianópolis, 2013. Disponível em http://febab.org.br/manifesto_florianopolis_portugues.pdf GÓMEZ-HERNANDEZ, J. A.; PASADAS-UREÑA, Cristóbal. La alfabetización informacional en bibliotecas públicas: situación actual y propuestas para una agenda de desarrollo. Information Research, [S.l.], v. 12, n. 3, p. 1-25, 2007. Disponível em: < http://eprints.rclis.org/9418/1/alfabetizacion.pdf HALL, Rachel. Public Praxis: A vision for critical information literacy in public libraries. Public Library Quartely, Chicago, v. 29, n. 2, p. 162-175, 2010. Disponível em: http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/01616841003776383 HARDING, Jane. Information literacy and the public library: we’ve talked the talk, but are we walking the walk? The Australian Library Journal, Deakin, v. 57, n. 3, p. 274-294, 2008. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/00049670.2008.10722480?needAccess=true HERSBERGER, Julie. Os sem-teto e as necessidades e serviços de informação. Serviços de Referência e Usuário. American Library Association. v. 44, n. 3, 2005, p. 199-202. Disponível em https://www.jstor.org/stable/20864362?seq=1. JULIEN, Hedi; HOFFMAN, Cameron. Canada’s public libraries and information literacy training. Canadian Library Association, Ottawa, n. 2, p. 74-77, 2008. REFERÊNCIAS
  • 10. KELLEHER, Angie. "Não é apenas um lugar para dormir: perspectivas de desabrigados em bibliotecas no centro de Michigan", Library Review, v. 62, n. 1/2, p. 19-33. 2013. Disponível em https://doi.org/10.1108/00242531311328122 LAI, Horng-Ji. Information literacy training in public libraries: a case from Canada. Educational Technology & Society, Palmerston North, v. 14, n. 2, p. 81-88, 2011. ORGANIZAÇÃO NAS NAÇÕES UNIDAS. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2015. Disponível em https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/ PEÑA GALLEGO, L. E. Las bibliotecas públicas de Medellín como motor de cambio social y urbano de la ciudad. Textos Universitaris de Biblioteconomia I Documentació, V. 27, 2011. PINTO, Maria; SALES, Dora. Alfabetizacion informacion para uma sociedade intercultural: algunas iniciativas desde las bibliotecas públicas. Anales de Documentacion, n. 10, 2007, p. 317-336. Disponível em http://revistas.um.es/analesdoc/article/view/1221 POUSTIE, Kay. Educating for information literacy through the internet: another role of the public library. Australian Public Libraries and Information Services, Austrália, v. 12, n. 2, jun. 1999. RODRÍGUEZ, J. C., VALENCIA, J., & ARIAS, A. V. Las bibliotecas públicas como escenarios de participación ciudadana e inclusión social. Rastros Rostros, v. 15, n. 29, 2013. p. 73 – 81 SIMMONS, Randall. Os sem-teto na biblioteca pública: Implicações para o acesso a bibliotecas. Serviços de Referência e Usuário, American Library Association. v. 25, n. 1 , 1985. p. 110-120. Disponível em https://www.jstor.org/stable/25827508?seq=1 VENTURELLA, Karen M. The homeless and the public library. Progressive Librarian. Lawrenceville. Ed. 3, v. 31, 1991. Disponível em http://www.progressivelibrariansguild.org/PL/PL03/031.pdf REFERÊNCIAS