SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
21 a 25 de novembro, Belém, Pará


Produção de Dendê em Sistemas Agroflorestais
     na Agricultura Familiar da Amazônia


                              Dra. Débora Castellani
                                    Gerente Científica
           Natura Inovação – Tec. Sustentáveis
Projeto Dendê SAF




Objetivo Geral

Desenvolver sistemas agroflorestais
para produção sustentável de dendê
(Elaeis guianeensis) na agricultura
familiar da Amazônia
Projeto Dendê SAF



INOVAÇÃO EM REDE
Natura Inovação
Bioagricultura – Tec Sustentáveis

Parceiros:
Cooperativa Agrícola Mista de Tomé açu – CAMTA
EMBRAPA Amazônia Oriental - CPATU
Embrapa Amazônia Ocidental – CPAA
Universidade Federal Rural do Pará - UFRA
Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP

E especialistas externos (consultores)
Pesquisa

      3 Unidades Demonstrativas

UD1
Uso do solo – pomar abandonado
Trat. SAF Adubadeira – preparo Tritucap
Trat. SAF Biodiverso – preparo Tritucap
Trat. SAF Biodiverso – preparo manual

UD2
Uso do solo – capoeira de 8 ano
Trat. SAF Adubadeira – preparo Tritucap
Trat. SAF Biodiverso – preparo Tritucap
Trat. SAF Biodiverso – preparo manual

UD3
Uso do solo – pastagem degradada
Trat. SAF Adubadeira – gradagem
Trat. SAF Biodiverso – gradagem
Serviços Ambientais - Embrapa CPATU

                                            Subgrupo: Qualidade do solo
                                            - Análise de serrapilheira
                                            - Análises de solo e material vegetal
                                            - Análise do material vegetal no aro do dendê
                                            - Análise de crescimento das espécies arbóreas

Subgrupo: Flora (UFRA)
- Levantamento florístico e identificação   Subgrupo: Entomologia e Avifauna
das espécies                                - Análise de visitantes florais
- Estudo do banco de sementes e             - Análise da mesofauna
  identificação das espécies                - Identificação e análise de insetos-praga e
                                             inimigos naturais
                                            - Levantamento da avifauna


 Crescimento e desenvolvimento do Dendê - Embrapa CPAA

                                              -   Análise Foliar do Dendê
                                              -   Nutrição e adubação do dendê
                                              -   Análise da ecofisiologia do dendê
                                              -   Produtividade do dendê
Natura – Bioagricultura - Tec. Sustentáveis


• Gestão do Projeto
• Manejo do agroecossistemas
• Taxa de crescimento das espécies (2 anos)
• Sistematização dos dados de campo
• Coeficientes técnicos de produção
•   Produção de dendê, cacau, mandioca e outras
• Indicadores
• Viabilidade econômica dos SAFs
• Eficiência energética
• Valoração
• Nova pesquisa: Projeto Microusina Eco-friendly
• Plano de Negócios


           Capacitação e Transferência de tecnologia

                       Apoio Financeiro
Linha do Tempo – Projeto Dendê


2006        Proposta de pesquisa para produção sustentável de dendê
            Realização de Reuniões e Visitas Técnicas
            Prospecção de parceiros - pesquisa e produção

            Desenho dos SAFs (inspiração em sistemas naturais)
2007        Estruturação da pesquisa totalizando 18 hectares de campo experimental
            Captação de recursos FINEP
            Seleção de agricultores e Planejamento das atividades de campo

            Implantação de três Unidades Demonstrativas de SAF Dendê
2008
            Formalização de parcerias (Embrapa Belém/CPATU e Manaus/CPAA)
            Cursos de capacitação
            Gestão das atividades e coleta de dados de campo

            Manutenção das três Unidades Demonstrativas de SAF Dendê
2009/2010   Elaboração de Relatórios FINEP
            Desenvolvimento de pesquisa do CPATU/CPAA e Cursos de capacitação
            Desenvolvimento de metodologia para sistematização dos dados de campo


2011        Inicio da colheita de cachos de dendê
            Gestão das atividades e sistematização dos dados de campo
            Elaboração dos coeficientes técnicos de produção e análise econômica (*)
            Elaboração de Doc. Final e Apresentação do Projeto à FINEP (Tec Social)

2012        Análise dos sistemas, Indicadores e Valoração dos Serviços Ambientais
            Worshop SAF Dendê
            Publicação: documentos, eventos científicos, artigos, filme etc
                                                                            * considerando PSA e
                                                                                Produto Orgânico
Paisagem dos SAFs
Linha do Tempo das UDs                                    Unidade Demonstrativa 1




         2007                               2008                     2009




Unidade Demonstrativa 1


Produtor: Jailson Takamatsu
Trat. Biodiverso: 2 módulos de 2 ha
Preparo da área: mecanizado e manual               2010
Culturas chave: dendê, cacau, açaí,
ucuúba, pracaxi, bacaba e ipê
Densidade de dendê: 81 plantas/ha
Trat. Adubadeiras: 1 módulo de 2 ha;
preparo da área mecanizado tritucap
Adubadeiras principais: feijão de porco,
guandu, puerária, margaridão, gliricídia,
napier, ingá e banana
Densidade de dendê: 99 plantas/ha
                                               2011
Paisagem dos SAFs
Linha do Tempo                                                 Unidade Demonstrativa 2




        2007                              2008          2009




Unidade Demonstrativa 2
Produtor: Ernesto Suzuki
Tratamento Biodiverso: 2 mód./ 2 ha
Preparo da área: mecanizado e manual
Culturas chave: dendê, cacau, açaí,              2010
bacaba, guanandi e ipê
Densidade de dendê: 99 plantas/ha
Tratamento Adubadeiras: 1 mód/ 2ha;
preparo da área gradagem
Adubadeiras principais: crotalária,
banana, feijão de porco, guandu,
puerária, margaridão, gliricídia e ingá
Densidade de dendê: 99 plantas/ha
                                                 2011
Paisagem dos SAFs
Linha do Tempo                                        Unidade Demonstrativa 3



                 UD 2




             2007                              2008          2009




 Unidade Demonstrativa 3
 Produtor: Cláudio Sugaya
 Trat. Biodiverso: 1 módulo de 2 ha
 Preparo da área: gradagem
                                        2010
 Culturas chave: maracujá, cacau,
 pimenta, açaí, bacaba e ipê
 Densidade de dendê: 99 plantas/ha
 Trat. Adubadeiras: 2 mód./ 2 ha;
 preparo da área mecanizado tritucap
 Adubadeiras principais: feijão de
 porco, guandu, puerária, margaridão,
 urucum, gliricídia, banana e ingá
 Densidade de dendê: 99 plantas/ha
                                        2011
Projeto DENDÊ - DIVERSIDADE VEGETAL

Diversidade de famílias botânicas       Cobertura vegetal nos SAFs Dendê,
presentes nos diferentes SAF Dendê,     em Tomé-açu (PA)
em Tomé açu (PA).
PRODUTIVIDADE DO DENDÊ

                                                           Nº Cachos/ha

                                     UD3 Biod
  Unidades Demonstrativas (Uds)




                                    UD3 Adub



                                  UD2 BiodMan



                                  UD2 BiodMec



                                    UD2 Adub



                                  UD1 BiodMan



                                  UD1 BiodMec



                                    UD1 Adub


                                                0    200    400   600     800   1000   1200

Dendê – 3 anos
PRODUTIVIDADE DO DENDÊ

                                                          Produção (kg)/ha
  Unidades Demonstrativas (Uds)




                                     UD3 Biod



                                    UD3 Adub



                                  UD2 BiodMan



                                  UD2 BiodMec



                                    UD2 Adub



                                  UD1 BiodMan



                                  UD1 BiodMec



                                    UD1 Adub


                                                0   500   1000   1500   2000   2500   3000   3500




Dendê – 3 anos
PROJETO DENDÊ

                                  Qualificação

                                           Curso de capacitação para
Oficinas de Capacitação:                   extensionistas na cultura do Dendê
(1) Uso do Tritucap (Dia de campo)         (MAPA, MDA e Embrapa) –        2 turmas
(6) Manejo da matéria orgânica nos SAFs    (80 pessoas)
(1) Permacultura                           Curso Internacional de Sistemas
(1) Agricultura Biodinâmica                Agroflorestais – 2 turmas (60 pessoas)
(1) Manejo fitossanitário do Dendê         Aulas da pós-graduação: Embrapa e
(2) Homeopatia na Agricultura              UFRA – 4 turmas (100 pessoas)
                                           Visitas técnicas de escolas locais e
200 pessoas                                pesquisadores internacionais



                  Estudantes envolvidos no projeto
                           20 estudantes
       (UFRA, Embrapa, UFRJ, UFPA, Escola Técnica de Tailândia)


                                 6 Dissertações
                             12 Iniciação Científica
                            18 resumos CBSAF 2011
Produção Sustentável de Óleo de Palma Dendê na Amazônia



 Sistema Agroflorestal             Projeto Microusina
     “SAF Dendê”                      Ecofriendly
Unidades de Observação




   Plano Amazônia
Expansão do Modelo
      SAF Dendê
Projeto Microusinas



        Início - 2011                                   Término - 2014


                                                    Unidade descentralizada de
    Desenvolver unidade de                               extração de óleo
   extração multi-óleos com                        Aumento da etapa tecnológica
       design ecológico                             na cadeia de óleo de palma



                   Benefícios sócio-econômico-ambiental



Menor impacto ambiental         Agregar valor na       Uso de Tecnologias Socias
   (emissão de GEE)             ponta da cadeia              (Biodigestor)



                               Uso de subprodutos          Fornecimento de
Uso de resíduos orgânicos
                                  na cadeia de           combustível para frota
  (cacho vazio) nas UPs
                                   cosméticos                    local
Plano de Expansão do Projeto Dendê
                                        PLANO AMAZÔNIA


              Cultivo                   Extração                   Refino             Indústria

CAMTA
Cooperativa
                                   CAMTA                      Terceiros                 UN
                     Produtores
                   Independentes    Suporte da Natura para    Contratos com CAMTA   Benevides
                                    pesquisa de microusina     para compra de óleo
                                    Apoio na busca de         bruto
 Apoio    da   Natura  no
                                    financiadores              Refino e apoio
Projeto de Pesquisa
                                    Capacitação Técnica       logístico/técnico      Parceiros
 Capacitação na gestão do
negócio dendê                       PSA


Sistema Biodiverso                                                    Produtividade Estimada
Custo de implantação:                                                   12,5 ton CFF/ha/ano
R$ 5.000,00 (pastagem) a                                                 2,5 ton óleo/hectare
R$ 18.000,00 (capoeira)

Manutenção/ano:                                    Descentralização das Unidades de Extração
R$ 3.000,00 a R$ 5.000,00                                            Arranjo Produtivo Local
Plano de Expansão do Projeto Dendê
                                 PLANO AMAZÔNIA


                          Centro de Pesquisa e Capacitação


 Tecnologias                                                 Produtos agroflorestais e
                       Sistemas Agroflorestais
   Sociais e                                                   Segurança Alimentar
 Tecnologias
Agroecológicas

   Tomé açu                    Dendê                             Sustentabilidade



                       Acordos Comunitários e Empresariais


             Empreendedorismo
          (insumos, logística, etc)


         Financiamento e Recursos



      Gestão da Unidade de extração
Benefícios dos Sistemas Agroflorestais
            Desafios e oportunidades dos SAFs Dendê



Social                              Ambiental
-   Segurança alimentar             -   Recuperação de áreas degradadas
-   Produtos ecossociais            -   Conservação da biodiversidade
-   Diversificação de renda         -   Conservação do solo e da água
-   Maior aproveitamento dos        -   Ciclagem de nutrientes
    recursos naturais               -   Serviços ambientais
-   Qualidade de vida               -   Balanço energético positivo
-   Microclima                      -   Mitigar impactos negativos e
-   Valores estéticos                   potencializar impactos positivos




                    Adoção de Tecnologias Sociais
SERVIÇOS AMBIENTAIS
              Benefícios dos Sistemas Agroflorestais

                                             Conservação da BD
                                             Controle de erosão
                                               Formação do solo
                                          Ciclagem de nutrientes
                                                       Polinização
ANPEI, 2011                                   Controle biológico
                                                          Refúgio
                       Palm oil
                       Agroforestry       Produção de alimentos
                       Forest-friendly
                                                Matérias primas
                                             Regulação climática
                                               Regulação hídrica
                                                       Recreação
                                                          Cultura
sustentabilidade
            •   Reaproveitamento integral dos resíduos ;
            •   Incorporação do material orgânico aplicado no solo (adubação orgânica);
Ambiental



            •   Conservação das áreas de preservação permanente
            •   Manejo ecológico de pragas e doenças;
            •   Recuperação de áreas degradadas com o SAF Dendê;
            •   Serviços Ambientais – disposição a pagar e valoração de ativos ambientais
            •   Monitoramento espécies indicadores (fauna e flora da região);
            •   Promover a Educação Ecológica
Econômico




            • Produção em parceria com grupos organizados com foco na Agric. Familiar
            • Extração descentralizada por meio das microusinas p/ extração de óleo ;
            • Inovação na cadeia produtiva buscando ótima produtividade e benefícios
              econômicos
            • Promoção do empreendedorismo (viveiros, comércio de insumos e outros)
            • Acesso ao crédito



            •   Empregos diretos e indiretos
            •   Promoção do uso de tecnologias sociais
Social




            •   Qualificação contínua dos agricultores e técnicos
            •   Oferta de assistência técnica e Investimentos em infra-estrutura
            •   Fortalecimento do cooperativismo/associativismo
            •   Apoio na regularização Fundiária das propriedades rurais
“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez.”
                                             Jean Cocteau




fim. obrigado
deboracastellani@natura.net
Hipóteses:

- O dendê, as frutíferas oleaginosas e as espécies associadas apresentam boa
produtividade no SAF

- O desenho do SAF apresenta características de competitividade econômica,
ecológica e social;

- O SAF propicia ao dendê maior resistência a pragas e doenças;

- O SAF promove redução do uso de recursos naturais não renováveis, redução da
emissão de GEE, aumento da biodiversidade local e aumento de carbono no solo;

- A valoração dos serviços ambientais contribui para a sustentabilidade social,
ambiental e econômica do SAF;

- O pagamento de serviços ambientais, pode representar uma oportunidade real de
complemento de renda para os agricultores, alem de agregar valor a sistemas de
alta diversidade;

- O SAF pode ser utilizado na recuperação de áreas degradadas da Amazônia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fisiologia pré e pós colheita
Fisiologia pré e pós colheitaFisiologia pré e pós colheita
Fisiologia pré e pós colheita
UERGS
 
Controle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
Controle Fitossanitário na Agricultura OrgânicaControle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
Controle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
Robson de Aguiar
 

Mais procurados (20)

Fisiologia pré e pós colheita
Fisiologia pré e pós colheitaFisiologia pré e pós colheita
Fisiologia pré e pós colheita
 
Adubação eucalip
Adubação eucalipAdubação eucalip
Adubação eucalip
 
Teoria e métodos em Agroecologia
Teoria e métodos em AgroecologiaTeoria e métodos em Agroecologia
Teoria e métodos em Agroecologia
 
Aula 02 cultura do maracujá.
Aula 02  cultura do maracujá.Aula 02  cultura do maracujá.
Aula 02 cultura do maracujá.
 
Sistemas Agroflorestais
Sistemas AgroflorestaisSistemas Agroflorestais
Sistemas Agroflorestais
 
AGROECOLOGIA
AGROECOLOGIAAGROECOLOGIA
AGROECOLOGIA
 
Fitopatologia
FitopatologiaFitopatologia
Fitopatologia
 
Controlo de pragas
Controlo de pragasControlo de pragas
Controlo de pragas
 
Controle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
Controle Fitossanitário na Agricultura OrgânicaControle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
Controle Fitossanitário na Agricultura Orgânica
 
Apostila de tecnologia de produtos de origem vegetal (conservas vegetais)
Apostila de tecnologia de produtos de origem vegetal (conservas vegetais)Apostila de tecnologia de produtos de origem vegetal (conservas vegetais)
Apostila de tecnologia de produtos de origem vegetal (conservas vegetais)
 
Sistemas agroflorestal ( safs )
Sistemas agroflorestal ( safs )Sistemas agroflorestal ( safs )
Sistemas agroflorestal ( safs )
 
Cultivo de bananeiras notas de aula.
Cultivo de bananeiras   notas de aula. Cultivo de bananeiras   notas de aula.
Cultivo de bananeiras notas de aula.
 
aulas de friticultura
aulas de friticulturaaulas de friticultura
aulas de friticultura
 
Sistemas agroflorestais
Sistemas agroflorestaisSistemas agroflorestais
Sistemas agroflorestais
 
Manual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-PecuáriaManual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-Pecuária
 
Agricultura convencional
Agricultura convencionalAgricultura convencional
Agricultura convencional
 
Pessegueiro
PessegueiroPessegueiro
Pessegueiro
 
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o ProdutorAgricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
 
Introdução à permacultura
Introdução à permaculturaIntrodução à permacultura
Introdução à permacultura
 
Producao de Sementes e Mudas florestais
Producao de Sementes e Mudas florestaisProducao de Sementes e Mudas florestais
Producao de Sementes e Mudas florestais
 

Semelhante a Dia 2 - Dendê em SAFs na Agricultura - Pesquisa e Desenvolvimento de sistemas agroflorestais para a produção sustentável de dendê na Amazônia - Débora Castellani

Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
cbsaf
 
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
cbsaf
 
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara RosadaDiagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
Agricultura Sao Paulo
 
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
Lucila K. Felix L. de Brito
 
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
cbsaf
 
Amazônia - Maria Cecília Wey de Brito
Amazônia - Maria Cecília Wey de BritoAmazônia - Maria Cecília Wey de Brito
Amazônia - Maria Cecília Wey de Brito
Humanidade2012
 

Semelhante a Dia 2 - Dendê em SAFs na Agricultura - Pesquisa e Desenvolvimento de sistemas agroflorestais para a produção sustentável de dendê na Amazônia - Débora Castellani (20)

Walter becker
Walter beckerWalter becker
Walter becker
 
Walter Becker - “SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE TOMATE TUTORADO”- Boas Prát...
Walter Becker - “SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE TOMATE TUTORADO”- Boas Prát...Walter Becker - “SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE TOMATE TUTORADO”- Boas Prát...
Walter Becker - “SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE TOMATE TUTORADO”- Boas Prát...
 
Apresentação Apimec - Dezembro 2011
Apresentação Apimec - Dezembro 2011Apresentação Apimec - Dezembro 2011
Apresentação Apimec - Dezembro 2011
 
Tecnologia de aplicação aérea na cafeicultura. Prof. Dr. Wellington Pereira A...
Tecnologia de aplicação aérea na cafeicultura. Prof. Dr. Wellington Pereira A...Tecnologia de aplicação aérea na cafeicultura. Prof. Dr. Wellington Pereira A...
Tecnologia de aplicação aérea na cafeicultura. Prof. Dr. Wellington Pereira A...
 
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
 
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
Dia 4 - Simposio 2 - SAFs como estratégia para adaptação a mudanças climática...
 
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara RosadaDiagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
Diagnóstico Nutricional E Adubação Da Videira Niagara Rosada
 
Apresentação do livro Vermicompostagem - Gestão de Resíduos Orgânicos
Apresentação do livro Vermicompostagem - Gestão de Resíduos OrgânicosApresentação do livro Vermicompostagem - Gestão de Resíduos Orgânicos
Apresentação do livro Vermicompostagem - Gestão de Resíduos Orgânicos
 
V WSF, Juazeiro – Gustavo Máximo - Inovações BASF
V WSF, Juazeiro – Gustavo Máximo - Inovações BASFV WSF, Juazeiro – Gustavo Máximo - Inovações BASF
V WSF, Juazeiro – Gustavo Máximo - Inovações BASF
 
Inovações BASF
Inovações BASFInovações BASF
Inovações BASF
 
Controle químico
Controle químicoControle químico
Controle químico
 
Inovações BASF
Inovações BASFInovações BASF
Inovações BASF
 
Fabiano paganella ap 2012 fruticultura 4
Fabiano paganella ap 2012 fruticultura 4Fabiano paganella ap 2012 fruticultura 4
Fabiano paganella ap 2012 fruticultura 4
 
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de ...
 
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
 
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
Dia 3 - Simpósio 2 - Estratégias de mitigação a mudanças climáticas baseadas ...
 
Amazônia - Maria Cecília Wey de Brito
Amazônia - Maria Cecília Wey de BritoAmazônia - Maria Cecília Wey de Brito
Amazônia - Maria Cecília Wey de Brito
 
Artigo alface 04.11 completo
Artigo alface 04.11 completoArtigo alface 04.11 completo
Artigo alface 04.11 completo
 
Engenharia Agronômica
Engenharia AgronômicaEngenharia Agronômica
Engenharia Agronômica
 
Práticas conservacionistas na gestão de recursos hídricos - Rubens de Souza
Práticas conservacionistas na gestão de recursos hídricos - Rubens de SouzaPráticas conservacionistas na gestão de recursos hídricos - Rubens de Souza
Práticas conservacionistas na gestão de recursos hídricos - Rubens de Souza
 

Mais de cbsaf

Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
cbsaf
 
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
cbsaf
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
cbsaf
 
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
cbsaf
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
cbsaf
 
Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
cbsaf
 
22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
cbsaf
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
cbsaf
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
cbsaf
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
cbsaf
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
cbsaf
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
cbsaf
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
cbsaf
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
cbsaf
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
cbsaf
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
cbsaf
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
cbsaf
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
cbsaf
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
cbsaf
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
cbsaf
 

Mais de cbsaf (20)

Cbsaf reduzido
Cbsaf reduzidoCbsaf reduzido
Cbsaf reduzido
 
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
22 metodoseproedimentosdelevantamentodecampopara
 
Paulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mmaPaulo guilherme cabral mma
Paulo guilherme cabral mma
 
Paulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato ematerPaulo augusto lobato emater
Paulo augusto lobato emater
 
Sergio aparecido bb
Sergio aparecido bbSergio aparecido bb
Sergio aparecido bb
 
Joao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mdaJoao luis guadagnin mda
Joao luis guadagnin mda
 
22iidamir
22iidamir22iidamir
22iidamir
 
22robertmiller
22robertmiller22robertmiller
22robertmiller
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
 
24ricardoscoles
24ricardoscoles24ricardoscoles
24ricardoscoles
 
24marceloarcoverde
24marceloarcoverde24marceloarcoverde
24marceloarcoverde
 
24lucianarocha
24lucianarocha24lucianarocha
24lucianarocha
 
24jorgevivan
24jorgevivan24jorgevivan
24jorgevivan
 
24cleidetavares
24cleidetavares24cleidetavares
24cleidetavares
 
24casemiro
24casemiro24casemiro
24casemiro
 
24andregolcalves
24andregolcalves24andregolcalves
24andregolcalves
 
23leonardosorice
23leonardosorice23leonardosorice
23leonardosorice
 
Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1Robert miller simposio 3.1
Robert miller simposio 3.1
 
Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1Helio umemura simposio 2.1
Helio umemura simposio 2.1
 
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiuttiCompressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
Compressed cbsa fs-acai_silas_mochiutti
 

Dia 2 - Dendê em SAFs na Agricultura - Pesquisa e Desenvolvimento de sistemas agroflorestais para a produção sustentável de dendê na Amazônia - Débora Castellani

  • 1. 21 a 25 de novembro, Belém, Pará Produção de Dendê em Sistemas Agroflorestais na Agricultura Familiar da Amazônia Dra. Débora Castellani Gerente Científica Natura Inovação – Tec. Sustentáveis
  • 2. Projeto Dendê SAF Objetivo Geral Desenvolver sistemas agroflorestais para produção sustentável de dendê (Elaeis guianeensis) na agricultura familiar da Amazônia
  • 3. Projeto Dendê SAF INOVAÇÃO EM REDE Natura Inovação Bioagricultura – Tec Sustentáveis Parceiros: Cooperativa Agrícola Mista de Tomé açu – CAMTA EMBRAPA Amazônia Oriental - CPATU Embrapa Amazônia Ocidental – CPAA Universidade Federal Rural do Pará - UFRA Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP E especialistas externos (consultores)
  • 4. Pesquisa 3 Unidades Demonstrativas UD1 Uso do solo – pomar abandonado Trat. SAF Adubadeira – preparo Tritucap Trat. SAF Biodiverso – preparo Tritucap Trat. SAF Biodiverso – preparo manual UD2 Uso do solo – capoeira de 8 ano Trat. SAF Adubadeira – preparo Tritucap Trat. SAF Biodiverso – preparo Tritucap Trat. SAF Biodiverso – preparo manual UD3 Uso do solo – pastagem degradada Trat. SAF Adubadeira – gradagem Trat. SAF Biodiverso – gradagem
  • 5. Serviços Ambientais - Embrapa CPATU Subgrupo: Qualidade do solo - Análise de serrapilheira - Análises de solo e material vegetal - Análise do material vegetal no aro do dendê - Análise de crescimento das espécies arbóreas Subgrupo: Flora (UFRA) - Levantamento florístico e identificação Subgrupo: Entomologia e Avifauna das espécies - Análise de visitantes florais - Estudo do banco de sementes e - Análise da mesofauna identificação das espécies - Identificação e análise de insetos-praga e inimigos naturais - Levantamento da avifauna Crescimento e desenvolvimento do Dendê - Embrapa CPAA - Análise Foliar do Dendê - Nutrição e adubação do dendê - Análise da ecofisiologia do dendê - Produtividade do dendê
  • 6. Natura – Bioagricultura - Tec. Sustentáveis • Gestão do Projeto • Manejo do agroecossistemas • Taxa de crescimento das espécies (2 anos) • Sistematização dos dados de campo • Coeficientes técnicos de produção • Produção de dendê, cacau, mandioca e outras • Indicadores • Viabilidade econômica dos SAFs • Eficiência energética • Valoração • Nova pesquisa: Projeto Microusina Eco-friendly • Plano de Negócios Capacitação e Transferência de tecnologia Apoio Financeiro
  • 7. Linha do Tempo – Projeto Dendê 2006 Proposta de pesquisa para produção sustentável de dendê Realização de Reuniões e Visitas Técnicas Prospecção de parceiros - pesquisa e produção Desenho dos SAFs (inspiração em sistemas naturais) 2007 Estruturação da pesquisa totalizando 18 hectares de campo experimental Captação de recursos FINEP Seleção de agricultores e Planejamento das atividades de campo Implantação de três Unidades Demonstrativas de SAF Dendê 2008 Formalização de parcerias (Embrapa Belém/CPATU e Manaus/CPAA) Cursos de capacitação Gestão das atividades e coleta de dados de campo Manutenção das três Unidades Demonstrativas de SAF Dendê 2009/2010 Elaboração de Relatórios FINEP Desenvolvimento de pesquisa do CPATU/CPAA e Cursos de capacitação Desenvolvimento de metodologia para sistematização dos dados de campo 2011 Inicio da colheita de cachos de dendê Gestão das atividades e sistematização dos dados de campo Elaboração dos coeficientes técnicos de produção e análise econômica (*) Elaboração de Doc. Final e Apresentação do Projeto à FINEP (Tec Social) 2012 Análise dos sistemas, Indicadores e Valoração dos Serviços Ambientais Worshop SAF Dendê Publicação: documentos, eventos científicos, artigos, filme etc * considerando PSA e Produto Orgânico
  • 8. Paisagem dos SAFs Linha do Tempo das UDs Unidade Demonstrativa 1 2007 2008 2009 Unidade Demonstrativa 1 Produtor: Jailson Takamatsu Trat. Biodiverso: 2 módulos de 2 ha Preparo da área: mecanizado e manual 2010 Culturas chave: dendê, cacau, açaí, ucuúba, pracaxi, bacaba e ipê Densidade de dendê: 81 plantas/ha Trat. Adubadeiras: 1 módulo de 2 ha; preparo da área mecanizado tritucap Adubadeiras principais: feijão de porco, guandu, puerária, margaridão, gliricídia, napier, ingá e banana Densidade de dendê: 99 plantas/ha 2011
  • 9. Paisagem dos SAFs Linha do Tempo Unidade Demonstrativa 2 2007 2008 2009 Unidade Demonstrativa 2 Produtor: Ernesto Suzuki Tratamento Biodiverso: 2 mód./ 2 ha Preparo da área: mecanizado e manual Culturas chave: dendê, cacau, açaí, 2010 bacaba, guanandi e ipê Densidade de dendê: 99 plantas/ha Tratamento Adubadeiras: 1 mód/ 2ha; preparo da área gradagem Adubadeiras principais: crotalária, banana, feijão de porco, guandu, puerária, margaridão, gliricídia e ingá Densidade de dendê: 99 plantas/ha 2011
  • 10. Paisagem dos SAFs Linha do Tempo Unidade Demonstrativa 3 UD 2 2007 2008 2009 Unidade Demonstrativa 3 Produtor: Cláudio Sugaya Trat. Biodiverso: 1 módulo de 2 ha Preparo da área: gradagem 2010 Culturas chave: maracujá, cacau, pimenta, açaí, bacaba e ipê Densidade de dendê: 99 plantas/ha Trat. Adubadeiras: 2 mód./ 2 ha; preparo da área mecanizado tritucap Adubadeiras principais: feijão de porco, guandu, puerária, margaridão, urucum, gliricídia, banana e ingá Densidade de dendê: 99 plantas/ha 2011
  • 11. Projeto DENDÊ - DIVERSIDADE VEGETAL Diversidade de famílias botânicas Cobertura vegetal nos SAFs Dendê, presentes nos diferentes SAF Dendê, em Tomé-açu (PA) em Tomé açu (PA).
  • 12. PRODUTIVIDADE DO DENDÊ Nº Cachos/ha UD3 Biod Unidades Demonstrativas (Uds) UD3 Adub UD2 BiodMan UD2 BiodMec UD2 Adub UD1 BiodMan UD1 BiodMec UD1 Adub 0 200 400 600 800 1000 1200 Dendê – 3 anos
  • 13. PRODUTIVIDADE DO DENDÊ Produção (kg)/ha Unidades Demonstrativas (Uds) UD3 Biod UD3 Adub UD2 BiodMan UD2 BiodMec UD2 Adub UD1 BiodMan UD1 BiodMec UD1 Adub 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 3500 Dendê – 3 anos
  • 14. PROJETO DENDÊ Qualificação Curso de capacitação para Oficinas de Capacitação: extensionistas na cultura do Dendê (1) Uso do Tritucap (Dia de campo) (MAPA, MDA e Embrapa) – 2 turmas (6) Manejo da matéria orgânica nos SAFs (80 pessoas) (1) Permacultura Curso Internacional de Sistemas (1) Agricultura Biodinâmica Agroflorestais – 2 turmas (60 pessoas) (1) Manejo fitossanitário do Dendê Aulas da pós-graduação: Embrapa e (2) Homeopatia na Agricultura UFRA – 4 turmas (100 pessoas) Visitas técnicas de escolas locais e 200 pessoas pesquisadores internacionais Estudantes envolvidos no projeto 20 estudantes (UFRA, Embrapa, UFRJ, UFPA, Escola Técnica de Tailândia) 6 Dissertações 12 Iniciação Científica 18 resumos CBSAF 2011
  • 15. Produção Sustentável de Óleo de Palma Dendê na Amazônia Sistema Agroflorestal Projeto Microusina “SAF Dendê” Ecofriendly Unidades de Observação Plano Amazônia Expansão do Modelo SAF Dendê
  • 16. Projeto Microusinas Início - 2011 Término - 2014 Unidade descentralizada de Desenvolver unidade de extração de óleo extração multi-óleos com Aumento da etapa tecnológica design ecológico na cadeia de óleo de palma Benefícios sócio-econômico-ambiental Menor impacto ambiental Agregar valor na Uso de Tecnologias Socias (emissão de GEE) ponta da cadeia (Biodigestor) Uso de subprodutos Fornecimento de Uso de resíduos orgânicos na cadeia de combustível para frota (cacho vazio) nas UPs cosméticos local
  • 17. Plano de Expansão do Projeto Dendê PLANO AMAZÔNIA Cultivo Extração Refino Indústria CAMTA Cooperativa CAMTA Terceiros UN Produtores Independentes  Suporte da Natura para  Contratos com CAMTA Benevides pesquisa de microusina para compra de óleo  Apoio na busca de bruto  Apoio da Natura no financiadores  Refino e apoio Projeto de Pesquisa  Capacitação Técnica logístico/técnico Parceiros  Capacitação na gestão do negócio dendê  PSA Sistema Biodiverso Produtividade Estimada Custo de implantação: 12,5 ton CFF/ha/ano R$ 5.000,00 (pastagem) a 2,5 ton óleo/hectare R$ 18.000,00 (capoeira) Manutenção/ano: Descentralização das Unidades de Extração R$ 3.000,00 a R$ 5.000,00 Arranjo Produtivo Local
  • 18. Plano de Expansão do Projeto Dendê PLANO AMAZÔNIA Centro de Pesquisa e Capacitação Tecnologias Produtos agroflorestais e Sistemas Agroflorestais Sociais e Segurança Alimentar Tecnologias Agroecológicas Tomé açu Dendê Sustentabilidade Acordos Comunitários e Empresariais Empreendedorismo (insumos, logística, etc) Financiamento e Recursos Gestão da Unidade de extração
  • 19. Benefícios dos Sistemas Agroflorestais Desafios e oportunidades dos SAFs Dendê Social Ambiental - Segurança alimentar - Recuperação de áreas degradadas - Produtos ecossociais - Conservação da biodiversidade - Diversificação de renda - Conservação do solo e da água - Maior aproveitamento dos - Ciclagem de nutrientes recursos naturais - Serviços ambientais - Qualidade de vida - Balanço energético positivo - Microclima - Mitigar impactos negativos e - Valores estéticos potencializar impactos positivos Adoção de Tecnologias Sociais
  • 20. SERVIÇOS AMBIENTAIS Benefícios dos Sistemas Agroflorestais Conservação da BD Controle de erosão Formação do solo Ciclagem de nutrientes Polinização ANPEI, 2011 Controle biológico Refúgio Palm oil Agroforestry Produção de alimentos Forest-friendly Matérias primas Regulação climática Regulação hídrica Recreação Cultura
  • 21. sustentabilidade • Reaproveitamento integral dos resíduos ; • Incorporação do material orgânico aplicado no solo (adubação orgânica); Ambiental • Conservação das áreas de preservação permanente • Manejo ecológico de pragas e doenças; • Recuperação de áreas degradadas com o SAF Dendê; • Serviços Ambientais – disposição a pagar e valoração de ativos ambientais • Monitoramento espécies indicadores (fauna e flora da região); • Promover a Educação Ecológica Econômico • Produção em parceria com grupos organizados com foco na Agric. Familiar • Extração descentralizada por meio das microusinas p/ extração de óleo ; • Inovação na cadeia produtiva buscando ótima produtividade e benefícios econômicos • Promoção do empreendedorismo (viveiros, comércio de insumos e outros) • Acesso ao crédito • Empregos diretos e indiretos • Promoção do uso de tecnologias sociais Social • Qualificação contínua dos agricultores e técnicos • Oferta de assistência técnica e Investimentos em infra-estrutura • Fortalecimento do cooperativismo/associativismo • Apoio na regularização Fundiária das propriedades rurais
  • 22. “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez.” Jean Cocteau fim. obrigado deboracastellani@natura.net
  • 23. Hipóteses: - O dendê, as frutíferas oleaginosas e as espécies associadas apresentam boa produtividade no SAF - O desenho do SAF apresenta características de competitividade econômica, ecológica e social; - O SAF propicia ao dendê maior resistência a pragas e doenças; - O SAF promove redução do uso de recursos naturais não renováveis, redução da emissão de GEE, aumento da biodiversidade local e aumento de carbono no solo; - A valoração dos serviços ambientais contribui para a sustentabilidade social, ambiental e econômica do SAF; - O pagamento de serviços ambientais, pode representar uma oportunidade real de complemento de renda para os agricultores, alem de agregar valor a sistemas de alta diversidade; - O SAF pode ser utilizado na recuperação de áreas degradadas da Amazônia.