SlideShare uma empresa Scribd logo
Decisões Que Fizeram História Existem Decisões Cujos Efeitos São Sentidos Por Décadas. São Medidas Capazes de Definir os Rumos de Empresas e De Economias Inteiras   Economistas Chegaram à Uma Lista de 15 Medidas Que Fizeram História Nos Últimos 40 Anos   Essas Decisões Ajudaram a Desenhar a Nova Face da Economia do País. Seus Efeitos Estão Presentes Até Hoje  e Deverão Ser Sentidos Ainda Por um Bom Tempo
Governo Militar Cria a Embraer Quarta Maior Fabricante de Aeronaves do Mundo, a Embraer Foi Criada em 1969 Com o Objetivo de Fornecer Aviões Para o Exército Brasileiro Mas, Rapidamente o Seu Principal Produto (o Avião Bandeirantes) Passou a Ser Usado Pela Vasp e Transbrasil  Primorosa em Tecnologia, a Embraer Foi Privatizada em 1995 e Recuperou-se em 2006, Transformando Seu Prejuízo em Um Espetacular Faturamento de US$ 30 Bilhões
A Semente do Agronegócio Brasileiro Em 2006, o Brasil Produziu 117 Milhões de Toneladas de Grãos – Mais Que o Triplo da Produção No Início dos Anos 70   Poucas Decisões Foram Tão Cruciais Para Essa Multiplicação Quanto à Criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária ( EMBRAPA ), Em 1973   O Principal Feito Dessa Estatal Foi Adaptar-se Às Condições Locais de Culturas (Soja e Milho) e a Viabilização Agrícola do Serrado
O Início do   PROÁLCCOL O Mundo Mal Se Recuperava do “Choque do Petróleo” Quando o Presidente Geisel Lançou o Programa Nacional do Álcool, Para Tentar Livrar o Brasil da Dependência Estrangeira   O Governo Investiu em Pesquisas Genéticas da Cana-de-Açúcar, Subsídios ao Preço do Álcool e Financiamento de Máquinas Isso Ajudou a Colocar o Brasil na Vanguarda Dos Países Produtores de  Etanol   – Considerado Sucessor do Petróleo – Com Uma Venda de US $ 6 Bilhões em 2006
PETROBRÁS  Vai Ao Mar Criada em 1953, Durante Duas Décadas Só Extraiu Petróleo em Terra Firme, Mas em 1977 Mudou Sua Estratégia e Passou a Explorar Petróleo em Águas Profundas  À Época Essa Decisão Foi Vista Como Perigosa, Devido Aos Altos Custos do Projeto e o Enorme Risco da Operação  Mas, Se Não Tivesse Optado Entrar Nesse Mercado Três Décadas Atrás, Dificilmente Garantiríamos Nossa  Auto-Suficiência
A Era do Dinheiro Eletrônico Em 1980, o Itaú Inaugurou Sua 1ª Agência Informatizada no Brasil e, Logo Depois, o Bradesco Apresentou Sua Inovação: Um Terminal Eletrônico de Consultas Para Clientes   Os Bancos Brasileiros se Transformaram em Modelos de Sofisticação em Automação Bancária no Mundo   Isso Permitiu Um Feito Inédito ( Sacar Dinheiro ou Depositar em Qualquer Agência ) e, Atualmente, o Desafio é Transformar os Celulares em Meios de Pagamentos no Comércio
O Brasil se Abre Para o Mundo Nos Anos 70 o Governo Militar Criou “Barreiras Alfandegárias”, Sob o Pretexto do Desenvolvimento da Indústria Nacional  Essa Medida “Protegeu” Artificialmente as Empresas Ineficientes, em Relação ao Resto do Mundo   Isso Prejudicou os Consumidores e Limitou a Capacidade de Competir das Empresas Brasileiras no Mercado Internacional
Em 1990, o Presidente Fernando Collor de Melo Liberou as Importações e Isso Representou Um “Choque” na Realidade das Empresas Nacionais, Que “Prosperavam” Dentro de Uma “Bolha” Que as Isolava do Resto do Mundo Segundo o IPEA, ao Longo Dos Anos 90 a Produtividade da Indústria Brasileira Cresceu 10 % ao Ano, Transformando o País em Grande Exportador
O “Plano Real” e o Fim da Inflação Em 1994, o Então Ministro da Economia ( Fernando H. Cardoso ) Lançou um Pacote de Medidas Econômicas Contra a Hiperinflação Que Assombrava o País À Despeito do Descrédito Inicial, o Plano Real Acabou Com a Inflação (Que no Ano Anterior Chegou a 2. 567 %) Com o Fim da Inflação, o Brasil Pôde Conquistar Um Lugar Nas Economias Civilizadas e Progredir Economicamente
O Novo “Jogo” Das Comunicações A Venda das Ineficientes Prestadoras de Serviços de Telefonia Estatal Acabou Com as Filas Para Comprar Uma Nova Linha (Que Levava Anos Para Instalar) e os Valores Astronômicos Cobrados Por Um Telefone (Que Chegava Até 4 000 Dólares)   O   Leilão do Sistema Telebrás (1998) Arrecadou US $  22  Bilhões
A Dimensão do Avanço Impressiona, Quando se Considera a Quantidade de Pessoas Com Acesso à Internet  (Que Passou de 480 Mil em 98 Para Mais de 45 Milhões em 2006) Telefones Fixos Eram 12 Para cada 100 Habitante e, Atualmente, São 33 Hoje, o Número de Celulares Impressiona (120 Milhões) e, No Final de 2010, a Perspectiva é de 1 Celular Por Habitante
A Era Das Fusões e Aquisições A Fusão Das Cervejarias  Brhama  e  Antarctica  ( AMBEV ) Foi Um Dos Movimentos Mais Significativos do Ambiente de Negócios Brasileiros Primeiro Porque Uniu Sob o Mesmo Teto, Dois Inimigos Aparentemente Inconciliáveis Segundo Porque Incluiu o Brasil na Era das Grandes Fusões e Aquisições, Gerando Competição e Economia de Escala Para Enfrentar os Efeitos da Globalização
Em 98, a AMBEV Já Nasceu Gigante (3ª do Mundo), Atrás da Americana Budweiser e da Holandesa Heineken   Em 2004 se Associou a Belga INTERBREW (7ª do Mundo) Num Arrojado Negócio, Onde a BRAHMA Passou a Pertencer à Interbrew (Mas, Detendo 25 % da Nova Empresa e Controlando Seu Gerenciamento)  Em 2008 Adquiriu a Budweiser e Se Transformou na Maior Cervejaria do Mundo
ONDA VERDE Em 2000 a  NATURA Cosméticos  Centralizou Suas Ações no Conceito da Sustentabilidade e Um dos Marcos Desse Negócio Foi o Lançamento da Linha “ EKOS ” Desenvolvida no Interior No Início Dos Anos 90, a Palavra “ Sustentabilidade ” Ainda Não Fazia Parte do Vocabulário Dos Negócios   O Uso da Biodiversidade Brasileira, da Sustentabilidade Ambiental e a Postura “ Social e Ecologicamente Correta " da Linha  EKOS , Acabou se Tornando um Trunfo Para a  NATURA
Empresas Cada Vez Mais Globais O Anúncio da Compra da Canadense INCO (Maior Produtora de Níquel do Mundo) Pela  Vale do Rio Doce  em 2006, Coroou a Maior Expansão de Uma Empresa Brasileira No Cenário Internacional   O Maior Negócio de Uma Brasileira em Toda História Levou a  VALE  a Se Tornar a Maior Mineradora do Planeta
Desde 2001, a  VALE  Já Adquiriu 15 Empresas e Seu Faturamento Triplicou Seu Crescimento Começou Após a Privatização (1997) e, De Lá Para Cá, as Vendas Aumentaram Três Vezes, o Valor de Mercado Cresceu Oito Vezes e os Lucros se Multiplicaram por 13   O Mais Importante é Que Isso Incluiu o Brasil Num Dos Setores Mais Estratégicos da Indústria de Base em Todo o Mundo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
valtemberg-ideal07
 
Continete americano
Continete americanoContinete americano
Continete americano
Ana Cristina Barboza
 
Regionalização econômica
Regionalização econômicaRegionalização econômica
Regionalização econômica
meripb
 
0 economiarepvelha
0 economiarepvelha0 economiarepvelha
0 economiarepvelha
Educação
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
Isabele.geo
 
Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado
Formação Econômica do Brasil - Celso FurtadoFormação Econômica do Brasil - Celso Furtado
Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado
Elvis Vinícius
 
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
Tiago Rafael
 
Economia 2008
Economia 2008Economia 2008
Economia 2008
Luis Alberto Bassoli
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
Economia
EconomiaEconomia
Economia
Maria Gomes
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiane Santana
 
A Crise De 1929
A Crise De 1929A Crise De 1929
Crise 1929 aula
Crise 1929 aulaCrise 1929 aula
Crise 1929 aula
Nuno Faustino
 
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do BrasilEconomia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Vinicius Spader
 
A economia brasileira na epoca do regime militar
A economia brasileira na epoca do regime militarA economia brasileira na epoca do regime militar
A economia brasileira na epoca do regime militar
fernandesrafael
 
Economia brasileira
Economia brasileiraEconomia brasileira
Economia brasileira
P H Prof Barbosa
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
cattonia
 
Aula Crise de 1929 oficial
Aula Crise de 1929  oficialAula Crise de 1929  oficial
Aula Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 
Adam smith e a Revolução Industrial
Adam smith e a Revolução IndustrialAdam smith e a Revolução Industrial
Adam smith e a Revolução Industrial
Pedro Tomé
 

Mais procurados (19)

A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Continete americano
Continete americanoContinete americano
Continete americano
 
Regionalização econômica
Regionalização econômicaRegionalização econômica
Regionalização econômica
 
0 economiarepvelha
0 economiarepvelha0 economiarepvelha
0 economiarepvelha
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado
Formação Econômica do Brasil - Celso FurtadoFormação Econômica do Brasil - Celso Furtado
Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado
 
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
SLIDES DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 - 3º ANO VOL.1
 
Economia 2008
Economia 2008Economia 2008
Economia 2008
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Economia
EconomiaEconomia
Economia
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A Crise De 1929
A Crise De 1929A Crise De 1929
A Crise De 1929
 
Crise 1929 aula
Crise 1929 aulaCrise 1929 aula
Crise 1929 aula
 
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do BrasilEconomia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
 
A economia brasileira na epoca do regime militar
A economia brasileira na epoca do regime militarA economia brasileira na epoca do regime militar
A economia brasileira na epoca do regime militar
 
Economia brasileira
Economia brasileiraEconomia brasileira
Economia brasileira
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
 
Aula Crise de 1929 oficial
Aula Crise de 1929  oficialAula Crise de 1929  oficial
Aula Crise de 1929 oficial
 
Adam smith e a Revolução Industrial
Adam smith e a Revolução IndustrialAdam smith e a Revolução Industrial
Adam smith e a Revolução Industrial
 

Semelhante a DecisõEs EstratéGicas Que Fizeram HistóRia

Revisão para enem 2011
Revisão para enem 2011Revisão para enem 2011
Revisão para enem 2011
alfredo1ssa
 
ApresentaçãO Completa
ApresentaçãO CompletaApresentaçãO Completa
ApresentaçãO Completa
cris stocker
 
Jprv kienbaum
Jprv   kienbaumJprv   kienbaum
Jprv kienbaum
FernandoAvona
 
Espacialização das Multinacionais
Espacialização das MultinacionaisEspacialização das Multinacionais
Espacialização das Multinacionais
julianeli
 
A indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpeA indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpe
Rhafanny Vasconcelos
 
Geopolítica
GeopolíticaGeopolítica
Crise 29
Crise 29Crise 29
Crise 29
Ingrid Vizeu
 
Crise econômica Européia
Crise econômica Européia Crise econômica Européia
Crise econômica Européia
Artur Lara
 
Os desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxiOs desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxi
washington carlos vieira
 
Os desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxiOs desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxi
washington carlos vieira
 
Crises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
Crises Financeiras_Uma Breve História da EspeculaçãoCrises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
Crises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
Apogeo Investimentos
 
aull.pptx
aull.pptxaull.pptx
2013 paulo lopes
2013 paulo lopes2013 paulo lopes
2013 paulo lopes
Vinícius Cordeiro
 
2m grupo06-110813141813-phpapp01
2m grupo06-110813141813-phpapp012m grupo06-110813141813-phpapp01
2m grupo06-110813141813-phpapp01
Amanda Silva
 
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
Thiago Pereira
 
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis EduardoFronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
Sistema FIEB
 
1929
19291929
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SULPAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
LUIS ABREU
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileira
joao paulo
 
Marketing trends novembro
Marketing trends novembroMarketing trends novembro
Marketing trends novembro
Celso Kretly Bove
 

Semelhante a DecisõEs EstratéGicas Que Fizeram HistóRia (20)

Revisão para enem 2011
Revisão para enem 2011Revisão para enem 2011
Revisão para enem 2011
 
ApresentaçãO Completa
ApresentaçãO CompletaApresentaçãO Completa
ApresentaçãO Completa
 
Jprv kienbaum
Jprv   kienbaumJprv   kienbaum
Jprv kienbaum
 
Espacialização das Multinacionais
Espacialização das MultinacionaisEspacialização das Multinacionais
Espacialização das Multinacionais
 
A indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpeA indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpe
 
Geopolítica
GeopolíticaGeopolítica
Geopolítica
 
Crise 29
Crise 29Crise 29
Crise 29
 
Crise econômica Européia
Crise econômica Européia Crise econômica Européia
Crise econômica Européia
 
Os desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxiOs desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxi
 
Os desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxiOs desafios da empresa para o século xxi
Os desafios da empresa para o século xxi
 
Crises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
Crises Financeiras_Uma Breve História da EspeculaçãoCrises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
Crises Financeiras_Uma Breve História da Especulação
 
aull.pptx
aull.pptxaull.pptx
aull.pptx
 
2013 paulo lopes
2013 paulo lopes2013 paulo lopes
2013 paulo lopes
 
2m grupo06-110813141813-phpapp01
2m grupo06-110813141813-phpapp012m grupo06-110813141813-phpapp01
2m grupo06-110813141813-phpapp01
 
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
O processo de privatização das empresas brasileiras (2)
 
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis EduardoFronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
Fronteiras Exploratórias Onshore - ANP - Luis Eduardo
 
1929
19291929
1929
 
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SULPAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileira
 
Marketing trends novembro
Marketing trends novembroMarketing trends novembro
Marketing trends novembro
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas (20)

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de Trabalho
 
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
 
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
 
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
 

DecisõEs EstratéGicas Que Fizeram HistóRia

  • 1. Decisões Que Fizeram História Existem Decisões Cujos Efeitos São Sentidos Por Décadas. São Medidas Capazes de Definir os Rumos de Empresas e De Economias Inteiras Economistas Chegaram à Uma Lista de 15 Medidas Que Fizeram História Nos Últimos 40 Anos Essas Decisões Ajudaram a Desenhar a Nova Face da Economia do País. Seus Efeitos Estão Presentes Até Hoje e Deverão Ser Sentidos Ainda Por um Bom Tempo
  • 2. Governo Militar Cria a Embraer Quarta Maior Fabricante de Aeronaves do Mundo, a Embraer Foi Criada em 1969 Com o Objetivo de Fornecer Aviões Para o Exército Brasileiro Mas, Rapidamente o Seu Principal Produto (o Avião Bandeirantes) Passou a Ser Usado Pela Vasp e Transbrasil Primorosa em Tecnologia, a Embraer Foi Privatizada em 1995 e Recuperou-se em 2006, Transformando Seu Prejuízo em Um Espetacular Faturamento de US$ 30 Bilhões
  • 3. A Semente do Agronegócio Brasileiro Em 2006, o Brasil Produziu 117 Milhões de Toneladas de Grãos – Mais Que o Triplo da Produção No Início dos Anos 70 Poucas Decisões Foram Tão Cruciais Para Essa Multiplicação Quanto à Criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária ( EMBRAPA ), Em 1973 O Principal Feito Dessa Estatal Foi Adaptar-se Às Condições Locais de Culturas (Soja e Milho) e a Viabilização Agrícola do Serrado
  • 4. O Início do PROÁLCCOL O Mundo Mal Se Recuperava do “Choque do Petróleo” Quando o Presidente Geisel Lançou o Programa Nacional do Álcool, Para Tentar Livrar o Brasil da Dependência Estrangeira O Governo Investiu em Pesquisas Genéticas da Cana-de-Açúcar, Subsídios ao Preço do Álcool e Financiamento de Máquinas Isso Ajudou a Colocar o Brasil na Vanguarda Dos Países Produtores de Etanol – Considerado Sucessor do Petróleo – Com Uma Venda de US $ 6 Bilhões em 2006
  • 5. PETROBRÁS Vai Ao Mar Criada em 1953, Durante Duas Décadas Só Extraiu Petróleo em Terra Firme, Mas em 1977 Mudou Sua Estratégia e Passou a Explorar Petróleo em Águas Profundas À Época Essa Decisão Foi Vista Como Perigosa, Devido Aos Altos Custos do Projeto e o Enorme Risco da Operação Mas, Se Não Tivesse Optado Entrar Nesse Mercado Três Décadas Atrás, Dificilmente Garantiríamos Nossa Auto-Suficiência
  • 6. A Era do Dinheiro Eletrônico Em 1980, o Itaú Inaugurou Sua 1ª Agência Informatizada no Brasil e, Logo Depois, o Bradesco Apresentou Sua Inovação: Um Terminal Eletrônico de Consultas Para Clientes Os Bancos Brasileiros se Transformaram em Modelos de Sofisticação em Automação Bancária no Mundo Isso Permitiu Um Feito Inédito ( Sacar Dinheiro ou Depositar em Qualquer Agência ) e, Atualmente, o Desafio é Transformar os Celulares em Meios de Pagamentos no Comércio
  • 7. O Brasil se Abre Para o Mundo Nos Anos 70 o Governo Militar Criou “Barreiras Alfandegárias”, Sob o Pretexto do Desenvolvimento da Indústria Nacional Essa Medida “Protegeu” Artificialmente as Empresas Ineficientes, em Relação ao Resto do Mundo Isso Prejudicou os Consumidores e Limitou a Capacidade de Competir das Empresas Brasileiras no Mercado Internacional
  • 8. Em 1990, o Presidente Fernando Collor de Melo Liberou as Importações e Isso Representou Um “Choque” na Realidade das Empresas Nacionais, Que “Prosperavam” Dentro de Uma “Bolha” Que as Isolava do Resto do Mundo Segundo o IPEA, ao Longo Dos Anos 90 a Produtividade da Indústria Brasileira Cresceu 10 % ao Ano, Transformando o País em Grande Exportador
  • 9. O “Plano Real” e o Fim da Inflação Em 1994, o Então Ministro da Economia ( Fernando H. Cardoso ) Lançou um Pacote de Medidas Econômicas Contra a Hiperinflação Que Assombrava o País À Despeito do Descrédito Inicial, o Plano Real Acabou Com a Inflação (Que no Ano Anterior Chegou a 2. 567 %) Com o Fim da Inflação, o Brasil Pôde Conquistar Um Lugar Nas Economias Civilizadas e Progredir Economicamente
  • 10. O Novo “Jogo” Das Comunicações A Venda das Ineficientes Prestadoras de Serviços de Telefonia Estatal Acabou Com as Filas Para Comprar Uma Nova Linha (Que Levava Anos Para Instalar) e os Valores Astronômicos Cobrados Por Um Telefone (Que Chegava Até 4 000 Dólares) O Leilão do Sistema Telebrás (1998) Arrecadou US $ 22 Bilhões
  • 11. A Dimensão do Avanço Impressiona, Quando se Considera a Quantidade de Pessoas Com Acesso à Internet (Que Passou de 480 Mil em 98 Para Mais de 45 Milhões em 2006) Telefones Fixos Eram 12 Para cada 100 Habitante e, Atualmente, São 33 Hoje, o Número de Celulares Impressiona (120 Milhões) e, No Final de 2010, a Perspectiva é de 1 Celular Por Habitante
  • 12. A Era Das Fusões e Aquisições A Fusão Das Cervejarias Brhama e Antarctica ( AMBEV ) Foi Um Dos Movimentos Mais Significativos do Ambiente de Negócios Brasileiros Primeiro Porque Uniu Sob o Mesmo Teto, Dois Inimigos Aparentemente Inconciliáveis Segundo Porque Incluiu o Brasil na Era das Grandes Fusões e Aquisições, Gerando Competição e Economia de Escala Para Enfrentar os Efeitos da Globalização
  • 13. Em 98, a AMBEV Já Nasceu Gigante (3ª do Mundo), Atrás da Americana Budweiser e da Holandesa Heineken Em 2004 se Associou a Belga INTERBREW (7ª do Mundo) Num Arrojado Negócio, Onde a BRAHMA Passou a Pertencer à Interbrew (Mas, Detendo 25 % da Nova Empresa e Controlando Seu Gerenciamento) Em 2008 Adquiriu a Budweiser e Se Transformou na Maior Cervejaria do Mundo
  • 14. ONDA VERDE Em 2000 a NATURA Cosméticos Centralizou Suas Ações no Conceito da Sustentabilidade e Um dos Marcos Desse Negócio Foi o Lançamento da Linha “ EKOS ” Desenvolvida no Interior No Início Dos Anos 90, a Palavra “ Sustentabilidade ” Ainda Não Fazia Parte do Vocabulário Dos Negócios O Uso da Biodiversidade Brasileira, da Sustentabilidade Ambiental e a Postura “ Social e Ecologicamente Correta " da Linha EKOS , Acabou se Tornando um Trunfo Para a NATURA
  • 15. Empresas Cada Vez Mais Globais O Anúncio da Compra da Canadense INCO (Maior Produtora de Níquel do Mundo) Pela Vale do Rio Doce em 2006, Coroou a Maior Expansão de Uma Empresa Brasileira No Cenário Internacional O Maior Negócio de Uma Brasileira em Toda História Levou a VALE a Se Tornar a Maior Mineradora do Planeta
  • 16. Desde 2001, a VALE Já Adquiriu 15 Empresas e Seu Faturamento Triplicou Seu Crescimento Começou Após a Privatização (1997) e, De Lá Para Cá, as Vendas Aumentaram Três Vezes, o Valor de Mercado Cresceu Oito Vezes e os Lucros se Multiplicaram por 13 O Mais Importante é Que Isso Incluiu o Brasil Num Dos Setores Mais Estratégicos da Indústria de Base em Todo o Mundo