SlideShare uma empresa Scribd logo
XO na escola e fora dela:
  Análise de Contexto e
 Prospecção de Soluções


Nied – UNICAMP & EMEF Emilio Miotti

             11ª Oficina
          25 de junho de 2012
Objetivos
  Esta oficina tem como objetivo principal a
composição do livro relacionado às atividades
 do projeto X0-UNICAMP na EMEF Pe. Emílio
                    Miotti.
Agenda

 10:30-10:50 (20’): Agenda do dia: Livro (resultados Oficina
 10, estrutura, cronograma, propostas de formato e
 conteúdo)
 10:50-11:50 (1h): Atividade em grupos: Dinâmica de
 Preparação de Capítulos do Livro
 11:50-12:00 (10’): Coffee-break e votação capas livro
 12:00-12:45 (45’): Apresentação das estruturas dos
 Capítulos
 12:45-13:00 (15’): Encerramento
                                                          3
Histórico das Oficinas Anteriores
 Oficina 1       Definição das partes interessadas e a clarificação de problemas
  Junho 2010                    e soluções relacionadas ao projeto.


 Oficina 2       Construção preliminar de cenários de uso educacional do XO na
  Julho 2010                            escola e fora dela.

                   Discussão das propostas de distribuição dos laptops e de
 Oficina 3         logotipo do projeto apresentados pela escola e definição dos
 Setembro 2010
                                   próximos passos do projeto.


 Oficina 4         Formação dos professores da escola para trabalhar com os
Novembro 2010               laptops contextualizados em cenários.


 Oficina 5        Apresentação da escola e discussão sobre o uso inicial do XO
Dezembro 2010       nos cenários definidos. Definição dos próximos passos.
                                                                                   4
Histórico das Oficinas Anteriores
Oficina 6         Síntese dos trabalhos da escola de dezembro 2010 a março 2011.
  Abril 2011                Apresentação de sub-projetos de pesquisa.

                  Ideias iniciais para avaliação do Projeto, Práticas com subprojetos
Oficina 7       (SAM na Oficina, Geo-atividade, RPG no XO e Caderno de Recados do
 Junho 2011
                                                    XO)
                   Discussão e práticas sobre Métricas e Procedimentos para
Oficina 8                            avaliação do projeto XO
Setembro 2011                          a)     indicadores/dimensões
                                            b)     instrumentos.


Oficina 9          Apresentação e discussão sobre os usos do XO na Escola
Dezembro 2011             Planos da Escola e do Projeto para 2012


Oficina 10      Articulações entre conteúdos educacionais, mídia e tecnologias
  Abril 2012            na construção de representações e narrativas


                                                                                    5
Participaram da 10ª Oficina
             Alunos da Escola                 7
             Professores                     27
             Pesquisadores UNICAMP            8
             Convidados                       0
             Parceiros SME                    1
             Pais e mães                      0
             Outros funcionários da escola    1
             Participantes do Nied            0
             Estagiário da Escola             0
                                             44
No NIED (Jucélio e Eduardo)

SCRATCH DAY 2012
19/MAIO
Livro
 Resultados da Oficina 10
 Estrutura e Cronograma
Atividades em Andamento
PAIS
                                                                                                                                                                                                               r
                                                                                                                                                                                                         de ve
                                                                                                                                                                                                  staria
                                                                                                                                                                                             cê go sponder)?
                                                                                                                                                                                       tas vo (ou re
                                                                                                                                                                                  ergun       s
                                                                                                                                                                             Que p spondida
                                                                                                                                                                                   re
    PROFESSORES




                                                                                      c   ia         ão
                                                                                  riên          liaç
                                                                           Exp
                                                                              e             Ava
                                                               to   s de              it    oria
                                                          Rela                    Mon

                                                    ão?
                                              uiç
                                          trib
                                      con
                                sua
                         aria
                     es t
                  de
               On




                                                                                                                                                                                                     ALUNOS
                                                                                                                                                                   Que trabalhos fei
FUNCIONÁRIOS




                                                                                                                                                                                    tos   por alunos você
                                                                                                                                                                                                indicaria?




                                                                                                                                                                       PESQUISADORES
                                                                                                                                                          r?
                                                                                                                                                     staca
                                                                                                                                       ria   de de
                                                                                                                                 gosta
                                                                                                                            você
                                                                                                                TÃO
         Que                                                                                                          O que
                                                                                                          GES
             pe
        respo rguntas
             ndida      vo
                   s (ou cê gostar
                         respo     ia
                              nder) de ver                                                                                                                              or
                                   ?                                                                                                                           Tema/Aut




                                                                                                           XO na escola Miotti
Pôster do Livro:
               Resultados Oficina 10
Análise dos post-its afixados no pôster da 10ª oficina – palavras-chave +
agrupamento:

Gestão – Relato no contexto da escola + Histórico do projeto na escola

Pais – ênfase: relatos no contexto da casa do aluno

Alunos+ Funcionários – ênfase: depoimento – percepção com relação à
escola

Aluno: Depoimento – Monitor, Participação (motivação), comportamento

Professor – Relato – experiências de uso do XO na escola/sala de aula

Pesquisador: reflexão, motivação, comunicação
Gestão
•   Textos sobre as atas das reuniões sobre XO
•   Relato do histórico do projeto
•   O histórico do desenvolvimento do projeto
•   Gráficos da UE feitos com XO
•   A importância da união dos professores para o uso dessa ferramenta
•   Como é feita e como poderia melhorar a gestão do uso e alocação dos XO's?
•   Relato de experiência: XO na escola pública
•   História do processo na escola
•   A tecnologia na escola




                                                                           12
Funcionários
•   Respeito
•   Percepções sobre o uso do XO na escola
•   Você percebeu diferença na dinâmica da escola com a vinda do XO?
•   XO poderia ser usado de acordo com a função? Por ex.: programar
    planejamentos
•   Depoimentos de uso do XO




                                                                       13
Pais
•   O XO na minha casa - relato de experiências de pais
•   Perguntar sobre o que eles esperam do projeto
•   O XO na minha casa - relado de experiências de pais
•   O que você notou, se notou diferença no aprend. org. do aluno
•   Relato da mãe voluntária no uso do XO - 1o ano 2011 / 2o ano 2012
•   gostaria de ver respondido o que acrescentou no aprendizado dos alunos
•   Relato da mãe voluntária no uso do XO - 1o ano 2011 / 2o ano 2012
•   Relato dos pais quanto à utilização pelos filhos
•   A contribuição do X-O na aprendizagem dos alunos.
•   Como a informática pode aproximar pais e escola?
•   Como foi a interação dos pais com uso do XO em casa
•   O XO tem contribuído no aprendizado do seu filho?
•   Participação
•   Caderno de recados digital. Lição de casa no XO. Vanessa e Tânia 3o ano.
•   Questões sobre impactos a aprendizagem significativa e motivação p/
    aprender                                                                   14

•   Depoimentos de quando levaram para casa
Pais




       15
Professores
•   Relato de experiências relacionado ao uso do XO com os alunos da
    Educação Especial
•   Experiência da rotina XO em casa (contribuições/dificuldades) Tânia Mara
    - 3º ano
•   Com o uso do XO, a qualidade da aprendizagem melhorou
•   O professor está aberto à inclusão de tecnologia e consequente
    transformação do currículo escolar?
•   Relato de experiências - e reflexões sobre possibilidades de uso do XO
•   Relato sobre o uso, dificuldades e acertos. Fernanda
•   Como aproveitar o XO como ferramenta de tecnologia alternativa para a
    educação especial
•   A relação professor/aluno mediada pela tecnologia (XO)
•   Como a informática pode despertar criatividade e gerar inovação na
    escola?
•   Conhecimento
•   Relato de experiência: dificuldades
•   Relato das atividades feitas em sala bem como imagens de gráficos e        16

    tabelas
Professores
•   Contribuições e dificuldades no desenvolvimento
    das atividades em sala de aula
•   É possível realizar a instalação de programas
    livres (free) relacionado à tecnologia assistiva.
    Ex. DosVox/NVDA etc
•   Atividades de leitura e escrita no XO. Jogos no
    XO (experiências). Crianças de 3º ano. Vanessa
    Pires.
•   Motivação na aprendizagem
•   Gostei das ilustrações
•   Através das experiências do uso do XO podemos
    melhorar a nossa prática
•   Relato de experiência, Relato de experiências
•   Processo de monitoria
•   Gostaríamos de fazer um grupo de pesquisa
    sobre o uso da comunicação alternativa (ex.
    board maker) através do XO
•   Relato de atividade realizada com os alunos         17

•   Ajudar na ilustração (Rita Bruno)
Professores
•   Relato de experiência
•   Competência e habilidades
•   Relatos de atividades desenvolvidas




                                          18
Alunos
• Depoimentos de atividades realizadas com o
  XO e sua importância no auxílio à
  aprendizagem.
• Trabalhos desenvolvidos de maneira
  interdisciplinar.
• Fazer uma pesquisa sobre a mudança
  comportamental com uso do XO, do aluno
  monitor, etc.
• Acho importante todos os trabalhos serem
  mostrados.
• Eu gostaria de falar sobre o comportamento
  dos alunos dentro da sala quando usar o XO
• Trabalho: RPG
• Depoimentos das participações nas
  diferentes disciplinas
                                               19
Alunos
• Projeto monitoria - relato de vivências e sentimentos
• "Monitor: Gostaria de falar sobre minha monitoria. Que está sendo
  muito legal!!! Wesley Giovane"
• História em Quadrinhos com os alunos
• Dedicação
• O que mudou na forma do professor dar aula? Você com uso do
  XO tem mais motivação?
• O que significou para você o trabalho com XO na sala de aula
• Gostaria de fazer trabalho em grupo porque passei uma
  experiência muito legal.
• "Alunos Depoimentos"
• "Aluno monitor: gostaria de falar sobre o comportamento dos
  monitores dentro e fora da sala de aula. Wesley"
• Gostaria que faze-se parte do livro o trabalho das células
• Você se sente mais motivado em aulas com a presença do XO       20
Alunos




         21
Pesquisadores
•   Relação com a comunidade e seus problemas
    - Freire
•   Pesquisa: Desenvolver uma atividade e
    relatá-la do inicio ao fim.
•   Quais aplicativos foram eficazes?
•   Eu gostaria de falar sobre as pesquisas do XO
    que são muito legais.
•   Visão do projeto na escola e as contribuições
    para sua pesquisa.
•   Os autores que fazem referencia à
    MOTIVAÇÃO.
•   Reflexões sobre motivação e aprendizagem
    significativa com o auxílio do XO.
•   Quais possibilidades de se criar programas
    voltado para Comunicação Alternativa - Ed.
    Especial.
•   Impressões dos trabalhos desenvolvidos e
    depoimentos.                                    22
Pesquisadores




                23
Livro - Estrutura
Apresentação/Introdução (organizadores)

1ª Parte
- O projeto e sua gestão (Cecília Baranauskas, Ciça Martins)
- Escola e sua gestão no Projeto (Gestores da escola)

2ª Parte Pesquisa e Prática integrados
- Elaine+ Priscila, Elaine +Jocinara e Edileuza
- Vanessa+Marcos
-Jucélio/Eduardo

3ª Parte
Experiências de uso do XO na escola (professores)
Vivências com XO na escola (alunos, monitores)
Depoimentos (Funcionários, Pais, Alunos)

Considerações Finais
Cronograma




Fomento do Livro: GGBS - Grupo Gestor de Benefícios Sociais
da UNICAMP
Formatos Capas e Capítulos (Gustavo)

            LIVRO
Resultados de atividades de coleta de depoimentos,
relatos e percepções na escola durante o mês de junho


         RELATOS E
        PERCEPÇÕES
Alunos – captura de percepções
(Rosângela – 13 e 14/junho)
Funcionários - captura de percepções
       (Ciça e Romilva – 11, 18/junho)




  1aOficina
Atividade em grupos:

DINÂMICA DE PREPARAÇÃO
DE CAPÍTULOS DO LIVRO
                         30
Vivências com XO na EMEF Pe Emílio Miotti
O cotidiano do XO na escola e fora dela
“causos” que nos fizeram refletir: destaques de experiências vividas, experiências
observadas



Tópicos para orientar a descrição de Relatos de Experiência

   “Casos”               Quem conta            Reflexões
                                               (porque escolho este caso para relatar)




    Fatos específicos sobre o envolvimento dos alunos no
    relato aqui destacado
    ...
    Minha reflexão sobre o relato aqui destacado
    ...


                                                                                         31
Proposta de Capítulo para o Livro
Título:
Autor(es):


Estrutura do capítulo:


Ex.
Introdução
         <Cenário do estudo: meu cotidiano na escola, minha relação
com computadores e outras tecnologias, etc. >
         <O XO entrando no cenário do meu cotidiano>
         <O caso que escolhi para destacar e porque>
O Caso
         <descrição do caso em destaque, de acordo com os itens
propostos e outros>
Reflexão
         < de acordo com os itens propostos e outros>
         <o que mudou na minha percepção de tecnologia e seu uso no
         meu cotidiano da escola e fora dela, etc. >
                                                                      32

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
Bibliotecajac
 
Apresentação do artigo esse
Apresentação do artigo   esseApresentação do artigo   esse
Apresentação do artigo esse
Lizandra Servino Barroso
 
Portfólio_marilzapeixoto
Portfólio_marilzapeixotoPortfólio_marilzapeixoto
Portfólio_marilzapeixoto
TICsTurma4
 
Acalme meu passo
Acalme meu passoAcalme meu passo
Acalme meu passo
paroquiasantana
 
Secretariado Executivo Trilíngue FMU
Secretariado Executivo Trilíngue FMUSecretariado Executivo Trilíngue FMU
Secretariado Executivo Trilíngue FMU
FMU - Oficial
 
Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9
Maria Teresa Cruz de Moraes
 
teste
testeteste
Avaliação eproinfo - leandro 23.09.11
Avaliação   eproinfo - leandro 23.09.11Avaliação   eproinfo - leandro 23.09.11
Avaliação eproinfo - leandro 23.09.11
José Luis Carneiro
 
Educacao guia sab_18.05.11
Educacao guia sab_18.05.11Educacao guia sab_18.05.11
Educacao guia sab_18.05.11
Hilara Ramos
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
Jomari
 
Poema da alimentação
Poema da alimentaçãoPoema da alimentação
Poema da alimentação
librarian
 
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducarCurso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
Unichristus Centro Universitário
 
Gabriela villacres
Gabriela villacresGabriela villacres
Gabriela villacres
gabrielavillacres
 
Apresentação nte pwlb
Apresentação nte pwlbApresentação nte pwlb
Apresentação nte pwlb
Maria Do Carmo Souza
 
Nosso nte
Nosso nteNosso nte
Slides Debate: Mídias na Educação
Slides Debate: Mídias na EducaçãoSlides Debate: Mídias na Educação
Slides Debate: Mídias na Educação
Rosane Fatima Gotardo Vogel
 
Http _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
Http  _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newtonHttp  _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
Http _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
BELidiaJorge
 
Novembro jardim
Novembro jardimNovembro jardim
Novembro jardim
patronatobonanca
 
Estrutura das Palavras
Estrutura das PalavrasEstrutura das Palavras
Estrutura das Palavras
Jomari
 
Regulamento estadual
Regulamento estadualRegulamento estadual
Regulamento estadual
Sabrina Amaral
 

Destaque (20)

Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
Apresentação do artigo esse
Apresentação do artigo   esseApresentação do artigo   esse
Apresentação do artigo esse
 
Portfólio_marilzapeixoto
Portfólio_marilzapeixotoPortfólio_marilzapeixoto
Portfólio_marilzapeixoto
 
Acalme meu passo
Acalme meu passoAcalme meu passo
Acalme meu passo
 
Secretariado Executivo Trilíngue FMU
Secretariado Executivo Trilíngue FMUSecretariado Executivo Trilíngue FMU
Secretariado Executivo Trilíngue FMU
 
Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9
 
teste
testeteste
teste
 
Avaliação eproinfo - leandro 23.09.11
Avaliação   eproinfo - leandro 23.09.11Avaliação   eproinfo - leandro 23.09.11
Avaliação eproinfo - leandro 23.09.11
 
Educacao guia sab_18.05.11
Educacao guia sab_18.05.11Educacao guia sab_18.05.11
Educacao guia sab_18.05.11
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
 
Poema da alimentação
Poema da alimentaçãoPoema da alimentação
Poema da alimentação
 
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducarCurso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
Curso preparatório concurso receita federal rfb unieducar
 
Gabriela villacres
Gabriela villacresGabriela villacres
Gabriela villacres
 
Apresentação nte pwlb
Apresentação nte pwlbApresentação nte pwlb
Apresentação nte pwlb
 
Nosso nte
Nosso nteNosso nte
Nosso nte
 
Slides Debate: Mídias na Educação
Slides Debate: Mídias na EducaçãoSlides Debate: Mídias na Educação
Slides Debate: Mídias na Educação
 
Http _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
Http  _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newtonHttp  _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
Http _rbe.min-edu.pt_np4_np4__news_id=322&filename=apresenta_newton
 
Novembro jardim
Novembro jardimNovembro jardim
Novembro jardim
 
Estrutura das Palavras
Estrutura das PalavrasEstrutura das Palavras
Estrutura das Palavras
 
Regulamento estadual
Regulamento estadualRegulamento estadual
Regulamento estadual
 

Mais de XO na Escola e Fora Dela

Décima Quinta Oficina Semio-participativa
Décima Quinta Oficina Semio-participativaDécima Quinta Oficina Semio-participativa
Décima Quinta Oficina Semio-participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Décima Quarta Oficina Semio-participativa
Décima Quarta Oficina Semio-participativaDécima Quarta Oficina Semio-participativa
Décima Quarta Oficina Semio-participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Décima Terceira Oficina Semio-participativa
Décima Terceira Oficina Semio-participativaDécima Terceira Oficina Semio-participativa
Décima Terceira Oficina Semio-participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Décima Oficina Semio-Participativa
Décima Oficina Semio-ParticipativaDécima Oficina Semio-Participativa
Décima Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Nona Oficina Semio-Participativa
Nona Oficina Semio-ParticipativaNona Oficina Semio-Participativa
Nona Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Sétima Oficina Semio-Participativa
Sétima Oficina Semio-ParticipativaSétima Oficina Semio-Participativa
Sétima Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Sexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-ParticipativaSexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Quinta Oficina Semio-Participativa
Quinta Oficina Semio-ParticipativaQuinta Oficina Semio-Participativa
Quinta Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Quarta Oficina Semio-Participativa
Quarta Oficina Semio-ParticipativaQuarta Oficina Semio-Participativa
Quarta Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Terceira Oficina Semio-Participativa
Terceira Oficina Semio-ParticipativaTerceira Oficina Semio-Participativa
Terceira Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Segunda Oficina Semio-Participativa
Segunda Oficina Semio-ParticipativaSegunda Oficina Semio-Participativa
Segunda Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Primeira Oficina Semio-Participativa
Primeira Oficina Semio-ParticipativaPrimeira Oficina Semio-Participativa
Primeira Oficina Semio-Participativa
XO na Escola e Fora Dela
 
Tirando Foto com o XO
Tirando Foto com o XOTirando Foto com o XO
Tirando Foto com o XO
XO na Escola e Fora Dela
 
Ligando e Desligando o XO
Ligando e Desligando o XOLigando e Desligando o XO
Ligando e Desligando o XO
XO na Escola e Fora Dela
 
Sugar e Gnome
Sugar e GnomeSugar e Gnome
Capacidade limitada
Capacidade limitadaCapacidade limitada
Capacidade limitada
XO na Escola e Fora Dela
 
Personalizando o xo
Personalizando o xoPersonalizando o xo
Personalizando o xo
XO na Escola e Fora Dela
 
Primeiros passos
Primeiros passosPrimeiros passos
Primeiros passos
XO na Escola e Fora Dela
 

Mais de XO na Escola e Fora Dela (18)

Décima Quinta Oficina Semio-participativa
Décima Quinta Oficina Semio-participativaDécima Quinta Oficina Semio-participativa
Décima Quinta Oficina Semio-participativa
 
Décima Quarta Oficina Semio-participativa
Décima Quarta Oficina Semio-participativaDécima Quarta Oficina Semio-participativa
Décima Quarta Oficina Semio-participativa
 
Décima Terceira Oficina Semio-participativa
Décima Terceira Oficina Semio-participativaDécima Terceira Oficina Semio-participativa
Décima Terceira Oficina Semio-participativa
 
Décima Oficina Semio-Participativa
Décima Oficina Semio-ParticipativaDécima Oficina Semio-Participativa
Décima Oficina Semio-Participativa
 
Nona Oficina Semio-Participativa
Nona Oficina Semio-ParticipativaNona Oficina Semio-Participativa
Nona Oficina Semio-Participativa
 
Sétima Oficina Semio-Participativa
Sétima Oficina Semio-ParticipativaSétima Oficina Semio-Participativa
Sétima Oficina Semio-Participativa
 
Sexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-ParticipativaSexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-Participativa
 
Quinta Oficina Semio-Participativa
Quinta Oficina Semio-ParticipativaQuinta Oficina Semio-Participativa
Quinta Oficina Semio-Participativa
 
Quarta Oficina Semio-Participativa
Quarta Oficina Semio-ParticipativaQuarta Oficina Semio-Participativa
Quarta Oficina Semio-Participativa
 
Terceira Oficina Semio-Participativa
Terceira Oficina Semio-ParticipativaTerceira Oficina Semio-Participativa
Terceira Oficina Semio-Participativa
 
Segunda Oficina Semio-Participativa
Segunda Oficina Semio-ParticipativaSegunda Oficina Semio-Participativa
Segunda Oficina Semio-Participativa
 
Primeira Oficina Semio-Participativa
Primeira Oficina Semio-ParticipativaPrimeira Oficina Semio-Participativa
Primeira Oficina Semio-Participativa
 
Tirando Foto com o XO
Tirando Foto com o XOTirando Foto com o XO
Tirando Foto com o XO
 
Ligando e Desligando o XO
Ligando e Desligando o XOLigando e Desligando o XO
Ligando e Desligando o XO
 
Sugar e Gnome
Sugar e GnomeSugar e Gnome
Sugar e Gnome
 
Capacidade limitada
Capacidade limitadaCapacidade limitada
Capacidade limitada
 
Personalizando o xo
Personalizando o xoPersonalizando o xo
Personalizando o xo
 
Primeiros passos
Primeiros passosPrimeiros passos
Primeiros passos
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Décima primeira Oficina Semio-participativa

  • 1. XO na escola e fora dela: Análise de Contexto e Prospecção de Soluções Nied – UNICAMP & EMEF Emilio Miotti 11ª Oficina 25 de junho de 2012
  • 2. Objetivos Esta oficina tem como objetivo principal a composição do livro relacionado às atividades do projeto X0-UNICAMP na EMEF Pe. Emílio Miotti.
  • 3. Agenda 10:30-10:50 (20’): Agenda do dia: Livro (resultados Oficina 10, estrutura, cronograma, propostas de formato e conteúdo) 10:50-11:50 (1h): Atividade em grupos: Dinâmica de Preparação de Capítulos do Livro 11:50-12:00 (10’): Coffee-break e votação capas livro 12:00-12:45 (45’): Apresentação das estruturas dos Capítulos 12:45-13:00 (15’): Encerramento 3
  • 4. Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 1 Definição das partes interessadas e a clarificação de problemas Junho 2010 e soluções relacionadas ao projeto. Oficina 2 Construção preliminar de cenários de uso educacional do XO na Julho 2010 escola e fora dela. Discussão das propostas de distribuição dos laptops e de Oficina 3 logotipo do projeto apresentados pela escola e definição dos Setembro 2010 próximos passos do projeto. Oficina 4 Formação dos professores da escola para trabalhar com os Novembro 2010 laptops contextualizados em cenários. Oficina 5 Apresentação da escola e discussão sobre o uso inicial do XO Dezembro 2010 nos cenários definidos. Definição dos próximos passos. 4
  • 5. Histórico das Oficinas Anteriores Oficina 6 Síntese dos trabalhos da escola de dezembro 2010 a março 2011. Abril 2011 Apresentação de sub-projetos de pesquisa. Ideias iniciais para avaliação do Projeto, Práticas com subprojetos Oficina 7 (SAM na Oficina, Geo-atividade, RPG no XO e Caderno de Recados do Junho 2011 XO) Discussão e práticas sobre Métricas e Procedimentos para Oficina 8 avaliação do projeto XO Setembro 2011 a) indicadores/dimensões b) instrumentos. Oficina 9 Apresentação e discussão sobre os usos do XO na Escola Dezembro 2011 Planos da Escola e do Projeto para 2012 Oficina 10 Articulações entre conteúdos educacionais, mídia e tecnologias Abril 2012 na construção de representações e narrativas 5
  • 6. Participaram da 10ª Oficina Alunos da Escola 7 Professores 27 Pesquisadores UNICAMP 8 Convidados 0 Parceiros SME 1 Pais e mães 0 Outros funcionários da escola 1 Participantes do Nied 0 Estagiário da Escola 0 44
  • 7. No NIED (Jucélio e Eduardo) SCRATCH DAY 2012 19/MAIO
  • 8.
  • 9. Livro Resultados da Oficina 10 Estrutura e Cronograma Atividades em Andamento
  • 10. PAIS r de ve staria cê go sponder)? tas vo (ou re ergun s Que p spondida re PROFESSORES c ia ão riên liaç Exp e Ava to s de it oria Rela Mon ão? uiç trib con sua aria es t de On ALUNOS Que trabalhos fei FUNCIONÁRIOS tos por alunos você indicaria? PESQUISADORES r? staca ria de de gosta você TÃO Que O que GES pe respo rguntas ndida vo s (ou cê gostar respo ia nder) de ver or ? Tema/Aut XO na escola Miotti
  • 11. Pôster do Livro: Resultados Oficina 10 Análise dos post-its afixados no pôster da 10ª oficina – palavras-chave + agrupamento: Gestão – Relato no contexto da escola + Histórico do projeto na escola Pais – ênfase: relatos no contexto da casa do aluno Alunos+ Funcionários – ênfase: depoimento – percepção com relação à escola Aluno: Depoimento – Monitor, Participação (motivação), comportamento Professor – Relato – experiências de uso do XO na escola/sala de aula Pesquisador: reflexão, motivação, comunicação
  • 12. Gestão • Textos sobre as atas das reuniões sobre XO • Relato do histórico do projeto • O histórico do desenvolvimento do projeto • Gráficos da UE feitos com XO • A importância da união dos professores para o uso dessa ferramenta • Como é feita e como poderia melhorar a gestão do uso e alocação dos XO's? • Relato de experiência: XO na escola pública • História do processo na escola • A tecnologia na escola 12
  • 13. Funcionários • Respeito • Percepções sobre o uso do XO na escola • Você percebeu diferença na dinâmica da escola com a vinda do XO? • XO poderia ser usado de acordo com a função? Por ex.: programar planejamentos • Depoimentos de uso do XO 13
  • 14. Pais • O XO na minha casa - relato de experiências de pais • Perguntar sobre o que eles esperam do projeto • O XO na minha casa - relado de experiências de pais • O que você notou, se notou diferença no aprend. org. do aluno • Relato da mãe voluntária no uso do XO - 1o ano 2011 / 2o ano 2012 • gostaria de ver respondido o que acrescentou no aprendizado dos alunos • Relato da mãe voluntária no uso do XO - 1o ano 2011 / 2o ano 2012 • Relato dos pais quanto à utilização pelos filhos • A contribuição do X-O na aprendizagem dos alunos. • Como a informática pode aproximar pais e escola? • Como foi a interação dos pais com uso do XO em casa • O XO tem contribuído no aprendizado do seu filho? • Participação • Caderno de recados digital. Lição de casa no XO. Vanessa e Tânia 3o ano. • Questões sobre impactos a aprendizagem significativa e motivação p/ aprender 14 • Depoimentos de quando levaram para casa
  • 15. Pais 15
  • 16. Professores • Relato de experiências relacionado ao uso do XO com os alunos da Educação Especial • Experiência da rotina XO em casa (contribuições/dificuldades) Tânia Mara - 3º ano • Com o uso do XO, a qualidade da aprendizagem melhorou • O professor está aberto à inclusão de tecnologia e consequente transformação do currículo escolar? • Relato de experiências - e reflexões sobre possibilidades de uso do XO • Relato sobre o uso, dificuldades e acertos. Fernanda • Como aproveitar o XO como ferramenta de tecnologia alternativa para a educação especial • A relação professor/aluno mediada pela tecnologia (XO) • Como a informática pode despertar criatividade e gerar inovação na escola? • Conhecimento • Relato de experiência: dificuldades • Relato das atividades feitas em sala bem como imagens de gráficos e 16 tabelas
  • 17. Professores • Contribuições e dificuldades no desenvolvimento das atividades em sala de aula • É possível realizar a instalação de programas livres (free) relacionado à tecnologia assistiva. Ex. DosVox/NVDA etc • Atividades de leitura e escrita no XO. Jogos no XO (experiências). Crianças de 3º ano. Vanessa Pires. • Motivação na aprendizagem • Gostei das ilustrações • Através das experiências do uso do XO podemos melhorar a nossa prática • Relato de experiência, Relato de experiências • Processo de monitoria • Gostaríamos de fazer um grupo de pesquisa sobre o uso da comunicação alternativa (ex. board maker) através do XO • Relato de atividade realizada com os alunos 17 • Ajudar na ilustração (Rita Bruno)
  • 18. Professores • Relato de experiência • Competência e habilidades • Relatos de atividades desenvolvidas 18
  • 19. Alunos • Depoimentos de atividades realizadas com o XO e sua importância no auxílio à aprendizagem. • Trabalhos desenvolvidos de maneira interdisciplinar. • Fazer uma pesquisa sobre a mudança comportamental com uso do XO, do aluno monitor, etc. • Acho importante todos os trabalhos serem mostrados. • Eu gostaria de falar sobre o comportamento dos alunos dentro da sala quando usar o XO • Trabalho: RPG • Depoimentos das participações nas diferentes disciplinas 19
  • 20. Alunos • Projeto monitoria - relato de vivências e sentimentos • "Monitor: Gostaria de falar sobre minha monitoria. Que está sendo muito legal!!! Wesley Giovane" • História em Quadrinhos com os alunos • Dedicação • O que mudou na forma do professor dar aula? Você com uso do XO tem mais motivação? • O que significou para você o trabalho com XO na sala de aula • Gostaria de fazer trabalho em grupo porque passei uma experiência muito legal. • "Alunos Depoimentos" • "Aluno monitor: gostaria de falar sobre o comportamento dos monitores dentro e fora da sala de aula. Wesley" • Gostaria que faze-se parte do livro o trabalho das células • Você se sente mais motivado em aulas com a presença do XO 20
  • 21. Alunos 21
  • 22. Pesquisadores • Relação com a comunidade e seus problemas - Freire • Pesquisa: Desenvolver uma atividade e relatá-la do inicio ao fim. • Quais aplicativos foram eficazes? • Eu gostaria de falar sobre as pesquisas do XO que são muito legais. • Visão do projeto na escola e as contribuições para sua pesquisa. • Os autores que fazem referencia à MOTIVAÇÃO. • Reflexões sobre motivação e aprendizagem significativa com o auxílio do XO. • Quais possibilidades de se criar programas voltado para Comunicação Alternativa - Ed. Especial. • Impressões dos trabalhos desenvolvidos e depoimentos. 22
  • 24. Livro - Estrutura Apresentação/Introdução (organizadores) 1ª Parte - O projeto e sua gestão (Cecília Baranauskas, Ciça Martins) - Escola e sua gestão no Projeto (Gestores da escola) 2ª Parte Pesquisa e Prática integrados - Elaine+ Priscila, Elaine +Jocinara e Edileuza - Vanessa+Marcos -Jucélio/Eduardo 3ª Parte Experiências de uso do XO na escola (professores) Vivências com XO na escola (alunos, monitores) Depoimentos (Funcionários, Pais, Alunos) Considerações Finais
  • 25. Cronograma Fomento do Livro: GGBS - Grupo Gestor de Benefícios Sociais da UNICAMP
  • 26. Formatos Capas e Capítulos (Gustavo) LIVRO
  • 27. Resultados de atividades de coleta de depoimentos, relatos e percepções na escola durante o mês de junho RELATOS E PERCEPÇÕES
  • 28. Alunos – captura de percepções (Rosângela – 13 e 14/junho)
  • 29. Funcionários - captura de percepções (Ciça e Romilva – 11, 18/junho) 1aOficina
  • 30. Atividade em grupos: DINÂMICA DE PREPARAÇÃO DE CAPÍTULOS DO LIVRO 30
  • 31. Vivências com XO na EMEF Pe Emílio Miotti O cotidiano do XO na escola e fora dela “causos” que nos fizeram refletir: destaques de experiências vividas, experiências observadas Tópicos para orientar a descrição de Relatos de Experiência “Casos” Quem conta Reflexões (porque escolho este caso para relatar) Fatos específicos sobre o envolvimento dos alunos no relato aqui destacado ... Minha reflexão sobre o relato aqui destacado ... 31
  • 32. Proposta de Capítulo para o Livro Título: Autor(es): Estrutura do capítulo: Ex. Introdução <Cenário do estudo: meu cotidiano na escola, minha relação com computadores e outras tecnologias, etc. > <O XO entrando no cenário do meu cotidiano> <O caso que escolhi para destacar e porque> O Caso <descrição do caso em destaque, de acordo com os itens propostos e outros> Reflexão < de acordo com os itens propostos e outros> <o que mudou na minha percepção de tecnologia e seu uso no meu cotidiano da escola e fora dela, etc. > 32