SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso de Comunicação e
Redação Científica
Centro Técnico de Documentação
Secretaria de Estado da Saúde
de São Paulo
Maio/2016
Dr. Lilian N. Calò
Comunicação Científica em Saúde
BIREME/OPAS/OMS
calolili@paho.org
1° aula
• Fundamentos da Comunicação Científica
• Atores da Cadeia Editorial
O processo de redação científica
acrescenta qualidade ao manuscrito
e à pesquisa
“Os pesquisadores são movidos por um desejo de melhorar o
nosso conhecimento e compreensão do mundo em que vivemos,
e para comunicar aos outros suas descobertas. Porém, governos e
outros financiadores estão cada vez mais interessados em
demonstrar os benefícios sociais e econômicos de seu
investimentos e na avaliação do desempenho da pesquisa.”
Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their findings. Research
Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009. Available from:
http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport
• Surge concomitantemente ao surgimento das cidades e universidades
(Sec. XII): o conhecimento se translada a outras instancias sociais
• Método científico (F. Bacon, 1561-1626, filósofo inglês, precursor da
metodologia científica moderna e R. Descartes, físico e matemático
francês, 1596-1650, figura chave na Revolução Científica)
• Criação das Universidades nos séc. XII ao XIV
 Transmissão oral mais que pesquisa
 Debates teóricos e filosóficos
• Invenção da Imprensa por Gutenberg (1439) – propiciou a
disseminação dos tratados científicos em diferentes países
Origem da comunicação científica
Universidade de Bologna, 1088
Conceitos sobre o conhecimento
• Pesquisa – conceito filosófico de raciocínio lógico baseada em
suposições de como percebemos o mundo e como podemos
entendê-lo melhor
• Epistemologia (filosofia do conhecimento) e metodologia científica
– Como atingir o conhecimento
• Conceitos de qualidade e validade da pesquisa
• Periódicos publicam e disseminam informação científica redigida
por pesquisadores e validada por seus pares
1. Escolher um tema
2. Identificar um problema
5. Desenhar os experimentos6. Testar a hipótese
7. Analisar os resultados
8. Formular as conclusões
4. Desenvolver a hipótese
3. Pesquisar o problema
Diagrama de fluxo de um projeto científico
9. Redigir o artigo, submeter para publicação
Periódicos Científicos
• Criadas com a função de divulgar e documentar
opiniões, ideias e resultados dos debates acadêmicos
• Séculos XVII e XVIII
• Inovação intelectual como uma função da
universidade
• Candidatos a graus mais elevados na educação
superior fazem suas contribuições ao
conhecimento
• Expansão do número de trabalhos publicados e
consequentemente, de periódicos científicos
Londres,1696
1665 - Journal des
Sçavans (França)
1665 - Philosophical
Transactions of the Royal
Society of London
(Reino Unido)
Primeiros Periódicos Científicos
1864 - Gaceta Médica
de México
1893 - Gaceta Médica
de Caracas
1872 - Revista Médica
de Chile
1909 - Memórias do Instituto
Oswaldo Cruz
Características dos periódicos científicos
• Instituição responsável
• Editor e equipe editorial especialistas na área
• Revisão por pares (peer review)
• Periodicidade e pontualidade
• Registro do conhecimento
• Atribuição de reconhecimento aos autores
• Instrumento de conformação de uma comunidade científica
Funções dos periódicos científicos
• Canal de comunicação
 Entre pesquisadores: sociedades, academia, universidades,
instituições de pesquisa de vários países e diversas áreas
científicas
 Entre a comunidade cientifica e o publico – “divulgação
científica”
 Entre a comunidade cientifica e os tomadores de decisão em
políticas e programas - “tradução do conhecimento”
• Registro e difusão do conhecimento
• Preservação da memória científica
• Função educativa – atualização profissional, capacitação de autores
• Função social e política – aspectos éticos, propriedade intelectual,
laço entre academia e sociedade, políticas públicas
Alguns números
• Estima-se em 70 mil o número de periódicos revisados por pares
no mundo
• Mais de 50 mil são publicados online
• Em 2014 o Portal CAPES dava acesso a mais de 37 mil periódicos
científicos em texto completo
• A Web of Science (Thomson Reuters) cobre quase 13 mil periódicos
• A Scopus (Elsevier) indexa mais de 20 mil
• O PubMed indexa mais de 30 mil títulos. O Medline, mais de 5 mil.
• O SciELO tem mais de 1 mil títulos disponíveis em acesso aberto
Fluxo tradicional da comunicação
científica no modelo impresso
Fluxo da comunicação científica no
ambiente eletrônico
Evolução dos Periódicos Científicas
• O formato e a estrutura dos periódicos não mudou.
• A mudança mais significativa se deu no acesso aos
periódicos científicos:
• Acesso à copias digitalizadas de publicações impressas –
preservação do acervo (o formato .pdf, por ser um
software aberto e padrão, é o mais adequado em termos
de portabilidade e menos sujeito à obsolescência;
• Busca em todos os números de um periódico desde seu
primeiro volume, ainda que centenárias!
Fontes secundárias – Bases de dados
• Permitem organizar e catalogar os periódicos;
• Realizar buscas por assunto, autor, periódico, palavras-chave;
• Sua função primordial é separar os periódicos tendo como critério a
qualidade dos artigos publicados;
• Para ser representativas, as bases não precisam indexar a totalidade
dos periódicos, apenas os mais relevantes (Lei de Pareto)
• Primeiras bases de dados:
• 1864: Zoological Record
• 1879: Index Medicus – Medline
• 1890: Chemical Abstracts
• 1917-1918 – Abstracts of Bacteriology/Botanical Abstracts –
Biological Abstracts
Adaptado de: The effect of catalysts on reaction rates. Available from:
http://www.chemguide.co.uk/physical/basicrates/catalyst.html
Pesquisa
Artigo
Publicado
Energia de
Ativação sem
catalisador
Energia de
Ativação com
catalisador
Tempo
Energia
Razões para publicar (ou catalisadores)
• Atribuição de autoria a ideias e descobertas
• Reconhecimento dos pares
• Projeção na carreira
• Divulgação do conhecimento >> evolução da ciência
• Curiosidade intrínseca do ser humano
• Cumprimento de metas
• Ensino e capacitação de novas gerações
• Promoção de crescimento econômico
• Melhoria da qualidade de vida e saúde
• Educação promove conscientização política e social
• Diminuição das iniquidades
• Divulgação e prestação de contas à sociedade dos resultados
de pesquisa financiada com recursos públicos
Quais os canais de comunicação nos quais os pesquisadores
devem optar para disseminar seus resultados?
Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their
findings. Research Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009.
Available from: http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport
Tipos de publicações por área do conhecimento
Importância atribuída aos tipos de publicação por
área do conhecimento
Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their
findings. Research Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009.
Available from: http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport
Tipos de artigo científico
Atores da cadeia editorial
• Publishers de grande porte: orçamento disponível é alto e
cada cargo é ocupado por um ou mais especialistas
• Publishers pequenos: orçamento disponível é limitado e as
mesmas pessoas podem executar várias funções
Autores – promotores da informação
Editores – gestores da informação (gate keepers)
Peer-reviewers – qualificadores da informação
Bibliotecários – provedores da informação
Publishers – administradoras da informação
Outros profissionais: Revisores, redatores, assistentes gráficos,
web designers, web masters, diagramadores, técnicos gráficos,
tradutores, marcadores XML,
Responsabilidades dos atores
Autores:
• Desenvolver conteúdos válidos
• Selecionar a correta redação do documento
• Consultar guias para os autores
• Proporcionar toda a informação requerida pelo editor
• Obedecer normas éticas de publicação
Editores:
• Organizar e validar a informação
• Estabelecer a política editorial da publicação
• Garantir a integridade da publicação
• Garantir a sustentabilidade financeira da publicação
• Redigir as instruções aos autores
• Fazer a gestão do processo de avaliação dos artigos
Pareceristas (peer-reviewers):
• Garantir a qualidade do produto editorial
• Sugerir melhorias nos artigos
• Respeitar a confidencialidade dos autores
• Receber e registrar os manuscritos
• Avaliação inicial pelo editor chefe – escopo e relevância
• Designação a um editor de área – conteúdo inovador?
 Processo de revisão por pares – aceitação, recomendações ou
reprovação
• Envio de recomendações aos autores
• Edição pelos autores seguindo recomendações dos revisores –
reescrever, refazer experimentos
• Nova revisão do editor de área/editor chefe – recomendações
atendidas?
• Revisão de formato, bibliografia, tradução, diagramação
• Publicação online/ impressa
• Indexação em base de dados
• Disseminação da publicação
Síntese do processo editorial
Avaliação por pares
É a etapa mais importante e demorada de todo o processo
editorial
Desta etapa dependem:
• Metodologia e apresentação de dados adequada
• A qualidade dos artigos e da publicação
• O cumprimento da política editorial do periódico
• A verificação de plágio ou outras condutas antiéticas
Pontos críticos
• Obter bons revisores >> boas avaliações
• Obter avaliações dentro dos prazos
Reconhecimento dos pareceristas
• Avaliações abertas publicadas em seguida do artigo?
Redes sociais e comunicação científica
Bibliografia
Pereira, M.G. Artigos científicos: como redigir, publicar e avaliar. Rio de
Janeiro, Guanabara Koogan, 2011, 383 págs.
Recomendações do ICMJE: Recommendations for the conduct, reporting,
editing and publication of scholarly work in medical journals. Updated Dec
2013. (em inglês) http://www.icmje.org/icmje-recommendations.pdf
Rede EQUATOR – Enhancing the QUality And Transparency Of Health
Research - em espanhol http://www.espanol.equator-network.org/
ou inglês http://www.equator-network.org/
Blog SciELO em Perspectiva – http://blog.scielo.org/
Doumont, J., ed. English Communication for Scientists. Cambridge, MA.
NPG Education, 2010 - em inglês:
http://www.nature.com/wls/topicpage/scientific-papers-13815490
Research Blogging: plataforma que agrega blogs de ciência.
http://researchblogging.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
Solange Santana
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
Isabella Marra
 
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Nicolau Chaud
 
Breve História da Ciência
Breve História da CiênciaBreve História da Ciência
Breve História da Ciência
Gonçalo Ferraz
 
Tipos de revisão bibliográfica
Tipos de revisão bibliográficaTipos de revisão bibliográfica
Tipos de revisão bibliográfica
Ricardo Alexandre
 
Escrita científica
Escrita científica Escrita científica
Escrita científica
Idalina Jorge
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
Ludmila Moura
 
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhosoTecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Rosane Domingues
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
Net Viva
 
Etapas de um projeto de pesquisa
Etapas de um projeto de pesquisaEtapas de um projeto de pesquisa
Etapas de um projeto de pesquisa
José Antonio Ferreira da Silva
 
Tipos de-pesquisa
Tipos de-pesquisaTipos de-pesquisa
Tipos de-pesquisa
David Daniel Abacar
 
Bases da investigação científica
Bases da investigação científicaBases da investigação científica
Bases da investigação científica
Esther Botelho Soares
 
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura CientíficaCiência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
Cláudio França
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Leticia Strehl
 
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentesComo elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Helena Degreas
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
sheilamayrink
 
Apostila Metodologia Cientifica
Apostila Metodologia CientificaApostila Metodologia Cientifica
Apostila Metodologia Cientifica
Fabio Santos
 
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de PesquisaMetodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Karlandrade26
 
Módulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método CientíficoMódulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método Científico
Carlos Fernando Jung
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
André luis
 

Mais procurados (20)

Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
 
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
 
Breve História da Ciência
Breve História da CiênciaBreve História da Ciência
Breve História da Ciência
 
Tipos de revisão bibliográfica
Tipos de revisão bibliográficaTipos de revisão bibliográfica
Tipos de revisão bibliográfica
 
Escrita científica
Escrita científica Escrita científica
Escrita científica
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhosoTecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
 
Etapas de um projeto de pesquisa
Etapas de um projeto de pesquisaEtapas de um projeto de pesquisa
Etapas de um projeto de pesquisa
 
Tipos de-pesquisa
Tipos de-pesquisaTipos de-pesquisa
Tipos de-pesquisa
 
Bases da investigação científica
Bases da investigação científicaBases da investigação científica
Bases da investigação científica
 
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura CientíficaCiência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
Ciência, Sistema de Comunicação Científica e Literatura Científica
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
 
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentesComo elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
 
Apostila Metodologia Cientifica
Apostila Metodologia CientificaApostila Metodologia Cientifica
Apostila Metodologia Cientifica
 
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de PesquisaMetodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
 
Módulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método CientíficoMódulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método Científico
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 

Semelhante a Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica

Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
Duarte Gomes
 
Ética em Publicação Científica
Ética em Publicação CientíficaÉtica em Publicação Científica
Ética em Publicação Científica
Edilson Damasio, PhD
 
Direito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicaçõesDireito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicações
Portal de Periódicos UFSC
 
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalizaçãoGestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
Portal de Periódicos UFSC
 
Tese de Doutoramento
Tese de DoutoramentoTese de Doutoramento
Tese de Doutoramento
Maria Manuela Cardoso
 
Acesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
Acesso aberto à ciência, de Ernest AbadalAcesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
Acesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
Jorge Prado
 
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
Projeto RCAAP
 
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituiçãoPortal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos UFSC
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
UFSC
 
Apresentação inauguração PP Unisul
Apresentação inauguração PP UnisulApresentação inauguração PP Unisul
Apresentação inauguração PP Unisul
Andréa Figueiredo Leão Grants
 
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol..."Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
Suelybcs .
 
Palestra 01_Visao PPEC
 Palestra 01_Visao PPEC Palestra 01_Visao PPEC
Palestra 01_Visao PPEC
UNICAMP - PPEC
 
Escolha de periodicos
Escolha de periodicos   Escolha de periodicos
Escolha de periodicos
Paola Santos
 
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
http://bvsalud.org/
 
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
paolabon
 
Forum E books Elsevier USP 2016
Forum E books Elsevier USP 2016Forum E books Elsevier USP 2016
Forum E books Elsevier USP 2016
SIBiUSP
 
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência AbertaSciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
Portal de Publicações Eletrônicas da UERJ
 
Critérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dadosCritérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dados
Portal de Periódicos UFMG
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 

Semelhante a Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica (20)

Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
 
Ética em Publicação Científica
Ética em Publicação CientíficaÉtica em Publicação Científica
Ética em Publicação Científica
 
Direito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicaçõesDireito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicações
 
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalizaçãoGestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
Gestão Editorial: qualidade do periódico com foco na internacionalização
 
Tese de Doutoramento
Tese de DoutoramentoTese de Doutoramento
Tese de Doutoramento
 
Acesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
Acesso aberto à ciência, de Ernest AbadalAcesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
Acesso aberto à ciência, de Ernest Abadal
 
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
Em busca de um sistema de comunicação inovador e sustentável para a Ciência A...
 
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituiçãoPortal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
 
Apresentação inauguração PP Unisul
Apresentação inauguração PP UnisulApresentação inauguração PP Unisul
Apresentação inauguração PP Unisul
 
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
 
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol..."Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
 
Palestra 01_Visao PPEC
 Palestra 01_Visao PPEC Palestra 01_Visao PPEC
Palestra 01_Visao PPEC
 
Escolha de periodicos
Escolha de periodicos   Escolha de periodicos
Escolha de periodicos
 
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
Critérios de Qualidade de Revistas para Permanência em LILACS Brasil - XX SNB...
 
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
Acesso aberto e avaliação acadêmica: conhecimento e opiniões de avaliadores c...
 
Forum E books Elsevier USP 2016
Forum E books Elsevier USP 2016Forum E books Elsevier USP 2016
Forum E books Elsevier USP 2016
 
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência AbertaSciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
 
Critérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dadosCritérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dados
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
 

Mais de BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação

Profa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_portoProfa. dra. geciane_porto
Prof. dr. carvalheiro
Prof. dr. carvalheiroProf. dr. carvalheiro
Mrs. constantino sakellarides
Mrs. constantino sakellaridesMrs. constantino sakellarides
Dra. maria celeste_emerik_2
Dra. maria celeste_emerik_2Dra. maria celeste_emerik_2
Dra. maria celeste_emerik
Dra. maria celeste_emerikDra. maria celeste_emerik
Dra. fernanda laranjeira
Dra. fernanda laranjeiraDra. fernanda laranjeira
Dra. eliane bahruth
Dra. eliane bahruthDra. eliane bahruth
Dr. sergio muller
Dr. sergio mullerDr. sergio muller
Dr. marcelo de_franco
Dr. marcelo de_francoDr. marcelo de_franco
Dr. leonardo paiva
Dr. leonardo paivaDr. leonardo paiva
Dr. jorge bermudez
Dr. jorge bermudezDr. jorge bermudez
Dr. hernan chaimovi
Dr. hernan chaimoviDr. hernan chaimovi
Dr. guilherme ary_plonsky_2
Dr. guilherme ary_plonsky_2Dr. guilherme ary_plonsky_2
Dr. guilherme ary_plonsky
Dr. guilherme ary_plonskyDr. guilherme ary_plonsky
Dr. cantidio
Dr. cantidioDr. cantidio
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Apresentação NITs SES
Apresentação NITs SESApresentação NITs SES
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São PauloCoronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação TecnológicaProposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 

Mais de BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação (20)

Profa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_portoProfa. dra. geciane_porto
Profa. dra. geciane_porto
 
Prof. dr. carvalheiro
Prof. dr. carvalheiroProf. dr. carvalheiro
Prof. dr. carvalheiro
 
Mrs. constantino sakellarides
Mrs. constantino sakellaridesMrs. constantino sakellarides
Mrs. constantino sakellarides
 
Dra. maria celeste_emerik_2
Dra. maria celeste_emerik_2Dra. maria celeste_emerik_2
Dra. maria celeste_emerik_2
 
Dra. maria celeste_emerik
Dra. maria celeste_emerikDra. maria celeste_emerik
Dra. maria celeste_emerik
 
Dra. fernanda laranjeira
Dra. fernanda laranjeiraDra. fernanda laranjeira
Dra. fernanda laranjeira
 
Dra. eliane bahruth
Dra. eliane bahruthDra. eliane bahruth
Dra. eliane bahruth
 
Dr. sergio muller
Dr. sergio mullerDr. sergio muller
Dr. sergio muller
 
Dr. marcelo de_franco
Dr. marcelo de_francoDr. marcelo de_franco
Dr. marcelo de_franco
 
Dr. leonardo paiva
Dr. leonardo paivaDr. leonardo paiva
Dr. leonardo paiva
 
Dr. jorge bermudez
Dr. jorge bermudezDr. jorge bermudez
Dr. jorge bermudez
 
Dr. hernan chaimovi
Dr. hernan chaimoviDr. hernan chaimovi
Dr. hernan chaimovi
 
Dr. guilherme ary_plonsky_2
Dr. guilherme ary_plonsky_2Dr. guilherme ary_plonsky_2
Dr. guilherme ary_plonsky_2
 
Dr. guilherme ary_plonsky
Dr. guilherme ary_plonskyDr. guilherme ary_plonsky
Dr. guilherme ary_plonsky
 
Dr. cantidio
Dr. cantidioDr. cantidio
Dr. cantidio
 
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
Levantamento da continuidade da assistência às Doenças Crônicas Não Transmiss...
 
Apresentação NITs SES
Apresentação NITs SESApresentação NITs SES
Apresentação NITs SES
 
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estad...
 
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São PauloCoronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
Coronavirus situação epidemiológica em 26-09-2020 no Estado de São Paulo
 
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação TecnológicaProposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
Proposta para continuidade do apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica
 

Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica

  • 1. Curso de Comunicação e Redação Científica Centro Técnico de Documentação Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Maio/2016 Dr. Lilian N. Calò Comunicação Científica em Saúde BIREME/OPAS/OMS calolili@paho.org
  • 2. 1° aula • Fundamentos da Comunicação Científica • Atores da Cadeia Editorial O processo de redação científica acrescenta qualidade ao manuscrito e à pesquisa
  • 3. “Os pesquisadores são movidos por um desejo de melhorar o nosso conhecimento e compreensão do mundo em que vivemos, e para comunicar aos outros suas descobertas. Porém, governos e outros financiadores estão cada vez mais interessados em demonstrar os benefícios sociais e econômicos de seu investimentos e na avaliação do desempenho da pesquisa.” Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their findings. Research Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009. Available from: http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport
  • 4. • Surge concomitantemente ao surgimento das cidades e universidades (Sec. XII): o conhecimento se translada a outras instancias sociais • Método científico (F. Bacon, 1561-1626, filósofo inglês, precursor da metodologia científica moderna e R. Descartes, físico e matemático francês, 1596-1650, figura chave na Revolução Científica) • Criação das Universidades nos séc. XII ao XIV  Transmissão oral mais que pesquisa  Debates teóricos e filosóficos • Invenção da Imprensa por Gutenberg (1439) – propiciou a disseminação dos tratados científicos em diferentes países Origem da comunicação científica Universidade de Bologna, 1088
  • 5. Conceitos sobre o conhecimento • Pesquisa – conceito filosófico de raciocínio lógico baseada em suposições de como percebemos o mundo e como podemos entendê-lo melhor • Epistemologia (filosofia do conhecimento) e metodologia científica – Como atingir o conhecimento • Conceitos de qualidade e validade da pesquisa • Periódicos publicam e disseminam informação científica redigida por pesquisadores e validada por seus pares
  • 6. 1. Escolher um tema 2. Identificar um problema 5. Desenhar os experimentos6. Testar a hipótese 7. Analisar os resultados 8. Formular as conclusões 4. Desenvolver a hipótese 3. Pesquisar o problema Diagrama de fluxo de um projeto científico 9. Redigir o artigo, submeter para publicação
  • 7. Periódicos Científicos • Criadas com a função de divulgar e documentar opiniões, ideias e resultados dos debates acadêmicos • Séculos XVII e XVIII • Inovação intelectual como uma função da universidade • Candidatos a graus mais elevados na educação superior fazem suas contribuições ao conhecimento • Expansão do número de trabalhos publicados e consequentemente, de periódicos científicos Londres,1696
  • 8. 1665 - Journal des Sçavans (França) 1665 - Philosophical Transactions of the Royal Society of London (Reino Unido) Primeiros Periódicos Científicos 1864 - Gaceta Médica de México 1893 - Gaceta Médica de Caracas 1872 - Revista Médica de Chile 1909 - Memórias do Instituto Oswaldo Cruz
  • 9. Características dos periódicos científicos • Instituição responsável • Editor e equipe editorial especialistas na área • Revisão por pares (peer review) • Periodicidade e pontualidade • Registro do conhecimento • Atribuição de reconhecimento aos autores • Instrumento de conformação de uma comunidade científica
  • 10. Funções dos periódicos científicos • Canal de comunicação  Entre pesquisadores: sociedades, academia, universidades, instituições de pesquisa de vários países e diversas áreas científicas  Entre a comunidade cientifica e o publico – “divulgação científica”  Entre a comunidade cientifica e os tomadores de decisão em políticas e programas - “tradução do conhecimento” • Registro e difusão do conhecimento • Preservação da memória científica • Função educativa – atualização profissional, capacitação de autores • Função social e política – aspectos éticos, propriedade intelectual, laço entre academia e sociedade, políticas públicas
  • 11. Alguns números • Estima-se em 70 mil o número de periódicos revisados por pares no mundo • Mais de 50 mil são publicados online • Em 2014 o Portal CAPES dava acesso a mais de 37 mil periódicos científicos em texto completo • A Web of Science (Thomson Reuters) cobre quase 13 mil periódicos • A Scopus (Elsevier) indexa mais de 20 mil • O PubMed indexa mais de 30 mil títulos. O Medline, mais de 5 mil. • O SciELO tem mais de 1 mil títulos disponíveis em acesso aberto
  • 12. Fluxo tradicional da comunicação científica no modelo impresso
  • 13. Fluxo da comunicação científica no ambiente eletrônico
  • 14. Evolução dos Periódicos Científicas • O formato e a estrutura dos periódicos não mudou. • A mudança mais significativa se deu no acesso aos periódicos científicos: • Acesso à copias digitalizadas de publicações impressas – preservação do acervo (o formato .pdf, por ser um software aberto e padrão, é o mais adequado em termos de portabilidade e menos sujeito à obsolescência; • Busca em todos os números de um periódico desde seu primeiro volume, ainda que centenárias!
  • 15. Fontes secundárias – Bases de dados • Permitem organizar e catalogar os periódicos; • Realizar buscas por assunto, autor, periódico, palavras-chave; • Sua função primordial é separar os periódicos tendo como critério a qualidade dos artigos publicados; • Para ser representativas, as bases não precisam indexar a totalidade dos periódicos, apenas os mais relevantes (Lei de Pareto) • Primeiras bases de dados: • 1864: Zoological Record • 1879: Index Medicus – Medline • 1890: Chemical Abstracts • 1917-1918 – Abstracts of Bacteriology/Botanical Abstracts – Biological Abstracts
  • 16. Adaptado de: The effect of catalysts on reaction rates. Available from: http://www.chemguide.co.uk/physical/basicrates/catalyst.html Pesquisa Artigo Publicado Energia de Ativação sem catalisador Energia de Ativação com catalisador Tempo Energia
  • 17. Razões para publicar (ou catalisadores) • Atribuição de autoria a ideias e descobertas • Reconhecimento dos pares • Projeção na carreira • Divulgação do conhecimento >> evolução da ciência • Curiosidade intrínseca do ser humano • Cumprimento de metas • Ensino e capacitação de novas gerações • Promoção de crescimento econômico • Melhoria da qualidade de vida e saúde • Educação promove conscientização política e social • Diminuição das iniquidades • Divulgação e prestação de contas à sociedade dos resultados de pesquisa financiada com recursos públicos
  • 18. Quais os canais de comunicação nos quais os pesquisadores devem optar para disseminar seus resultados?
  • 19. Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their findings. Research Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009. Available from: http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport Tipos de publicações por área do conhecimento
  • 20. Importância atribuída aos tipos de publicação por área do conhecimento Fonte: Communicating Knowledge: How and why UK researchers publish and disseminate their findings. Research Information Network Report. Joint Information Systems Committee (JISC) 2009. Available from: http://www.jisc.ac.uk/publications/research/2009/communicatingknowledgereport
  • 21. Tipos de artigo científico
  • 22. Atores da cadeia editorial • Publishers de grande porte: orçamento disponível é alto e cada cargo é ocupado por um ou mais especialistas • Publishers pequenos: orçamento disponível é limitado e as mesmas pessoas podem executar várias funções Autores – promotores da informação Editores – gestores da informação (gate keepers) Peer-reviewers – qualificadores da informação Bibliotecários – provedores da informação Publishers – administradoras da informação Outros profissionais: Revisores, redatores, assistentes gráficos, web designers, web masters, diagramadores, técnicos gráficos, tradutores, marcadores XML,
  • 23. Responsabilidades dos atores Autores: • Desenvolver conteúdos válidos • Selecionar a correta redação do documento • Consultar guias para os autores • Proporcionar toda a informação requerida pelo editor • Obedecer normas éticas de publicação Editores: • Organizar e validar a informação • Estabelecer a política editorial da publicação • Garantir a integridade da publicação • Garantir a sustentabilidade financeira da publicação • Redigir as instruções aos autores • Fazer a gestão do processo de avaliação dos artigos Pareceristas (peer-reviewers): • Garantir a qualidade do produto editorial • Sugerir melhorias nos artigos • Respeitar a confidencialidade dos autores
  • 24. • Receber e registrar os manuscritos • Avaliação inicial pelo editor chefe – escopo e relevância • Designação a um editor de área – conteúdo inovador?  Processo de revisão por pares – aceitação, recomendações ou reprovação • Envio de recomendações aos autores • Edição pelos autores seguindo recomendações dos revisores – reescrever, refazer experimentos • Nova revisão do editor de área/editor chefe – recomendações atendidas? • Revisão de formato, bibliografia, tradução, diagramação • Publicação online/ impressa • Indexação em base de dados • Disseminação da publicação Síntese do processo editorial
  • 25. Avaliação por pares É a etapa mais importante e demorada de todo o processo editorial Desta etapa dependem: • Metodologia e apresentação de dados adequada • A qualidade dos artigos e da publicação • O cumprimento da política editorial do periódico • A verificação de plágio ou outras condutas antiéticas Pontos críticos • Obter bons revisores >> boas avaliações • Obter avaliações dentro dos prazos Reconhecimento dos pareceristas • Avaliações abertas publicadas em seguida do artigo?
  • 26. Redes sociais e comunicação científica
  • 27. Bibliografia Pereira, M.G. Artigos científicos: como redigir, publicar e avaliar. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2011, 383 págs. Recomendações do ICMJE: Recommendations for the conduct, reporting, editing and publication of scholarly work in medical journals. Updated Dec 2013. (em inglês) http://www.icmje.org/icmje-recommendations.pdf Rede EQUATOR – Enhancing the QUality And Transparency Of Health Research - em espanhol http://www.espanol.equator-network.org/ ou inglês http://www.equator-network.org/ Blog SciELO em Perspectiva – http://blog.scielo.org/ Doumont, J., ed. English Communication for Scientists. Cambridge, MA. NPG Education, 2010 - em inglês: http://www.nature.com/wls/topicpage/scientific-papers-13815490 Research Blogging: plataforma que agrega blogs de ciência. http://researchblogging.com/