SlideShare uma empresa Scribd logo
Cultura do Amendoim 
Bruno Vitor Laurindo 
Júlia Claudia Alves 
Lara Mousinho 
Maria Eduarda Alves 
Paulo Vitor Vieira 
Thays Gouveia 
Yron Moreira
A Cultura do Amendoim 
• Origem: América do Sul 
• Arachis pintoi 
• Família: Fabaceae 
• Fruto: Tipo vagem 
• Características da planta 
• Flores 
• Importância econômica 
• Principais estados produtores
Formato dos folíolos basais e apicais (A), 
coloração amarela da flor (B), 
estípula larga na porção não soldada ao pecíolo (C) 
e frutos largos (D). 
Características de A. pintoi cv. BRS Mandobi.
Cultivares
Requisitos de Clima e Solo da espécie 
• Clima: ampla faixa de adaptação; 
• Altitude: aprox. 1.800 m; 
• Precipitação (anual): superior a 1.200 m (apresente desempenho excelente em 
áreas com precipitação entre 2.000 mm e 4.000 mm); 
• Água: consegue conviver com períodos de déficit hídrico de até 5 meses; 
• Temperatura: varia de 22 oC a 28 oC.
Requisitos de Clima e Solo da espécie 
• Solo: adapta a solos com ampla faixa de textura; 
• pH: variando de 4,5 a 7,2; 
• Saturação por Al: acima de 80%; 
• Fósforo (P): atividade meristemática .
Plantas Daninhas 
• Prejuízos em área de produção: 
1. Competição com as plantas por área, água, luz e nutrientes; 
2. Contaminação das sementes; 
3. Redução do preço da semente. 
• Controle Cultural 
• Controle Mecânico 
• Controle Químico
Plantio 
• Escolha da área e preparo do solo: 
 Topografia: plana ou ligeiramente inclinada; 
 Tipo de solo: arenoso e bem drenado (latossolos); 
 Preparo do solo: convencional e gradagem.
Preparo das sementes para plantio
Época de plantio e taxa de semeadura 
• Distribuição de chuvas 
• Boa área de produção 
• Semeadura: manual ou mecânica; 
 Profundidade: 3cm – 5 cm; 
 Com plantadeira: 0,25 m entre linhas, 5 sementes/m; 
 Plantio manual: sulcos com espaçamento de 0,50 m, 10 sementes/m. 
• Em ambos: as sementes devem ser cobertas e o solo levemente compactado.
Pragas 
• Pragas de solo: 
o Os percevejos Scaptocoris castanea (Perty, 1830), 
o Cytomenus bergi (Froeschner) e C. Mirabilis. 
• Despercebidas aos produtores
Pragas 
• Pragas da parte aérea: 
o Diabrotica speciosa e 
Cerotoma tingomarianus Bechyné 
(conhecidas como vaquinhas) 
• Ovos no solo
Pragas 
• Considerações sobre o manejo integrado de pragas em A. pintoi cv. BRS 
Mandobi: 
 Práticas de controle: 
1. Uniformidade da época do plantio, 
2. Rotação de culturas, 
3. Destruição dos restos culturais, 
4. Uso de variedades resistentes, 
5. Arranquio das plantas atacadas e 
6. Controle químico.
Doenças 
• Conceito de doenças em plantas
Doenças 
• Doenças bióticas 
 Causadas por: nematoides, fungos, bactérias, vírus, viroides.
Fungos 
Aspergillus niger Sclerotium rolfsii Rhizoctonia solani 
Podridão do Colo Podridão do Colo as Raízes Invade e Destrói
Doenças 
• Doenças em sementes 
Aspergillus flavus Penicillium sp. Rhizopus sp. A. flavus e A. niger
Doenças 
• Doenças da parte aérea 
• Mancha Preta Mancha Marrom
Doenças 
• Sintomas de antracnose em folhas (A) e 
hastes com presença de acérvulos do patógeno (B)
• Ferrugem-do-amendoim-forrageiro 
• Puccinia arachidis
Colheita 
1. Remoção da parte aérea
Colheita 
2. Remoção manual da biomassa
Colheita 
Vídeo
Pós-colheita 
• Secagem 
• Secagem natural
Modos de Utilização e Consumo
Curiosidades Sobre o Amendoim 
1. Por ter uma grande quantidade de gordura, o amendoim pode proporcionar um 
aumento de oleosidade na pele e, assim, causar espinha. 
2. O amendoim, dependendo da quantidade consumida, pode ser bom ou ruim. Para 
emagrecer, por exemplo, basta comer 1 porção de 30g em um dos lanches 
intermediários, sendo uma ótima opção para a dieta, pois você terá mais saciedade, 
e ainda fica dentro de uma quantidade moderada de calorias. 
3. Ao consumir amendoim, há risco de contaminação alimentar, devido a presença 
da aflatoxina*. 
4. Quando consumido em excesso, pode causar diarreia, como também o ganho de 
peso.
Curiosidades Sobre o Amendoim 
4. Por outro lado, o amendoim pode favorecer a saciedade ajudando no 
emagrecimento e ainda pode dá uma forcinha na libido, já que atua na produção 
de hormônios sexuais. 
5. Além disso, alguns estudos afirmam que os fitoesteróis do amendoim possuem 
efeito anticancerígeno, como também pode ajudar a evitar o Mal de Alzheimer, 
por ser fonte de vitamina E. 
Portanto, o amendoim, assim com outros alimentos, tem o seu lado bom e o seu lado 
ruim. O segredo para conseguir os benefícios está na quantidade consumida.
Cultura do Amendoim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Identificação de plantas daninhas
Identificação de plantas daninhasIdentificação de plantas daninhas
Identificação de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Geagra UFG
 
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de PlantasManejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
AgriculturaSustentavel
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
CETEP, FTC, FASA..
 
Sorgo morfologia e fisiologia
Sorgo morfologia e fisiologiaSorgo morfologia e fisiologia
Sorgo morfologia e fisiologia
Geagra UFG
 
Morfologia e Ecofisiologia da Soja
Morfologia e Ecofisiologia da SojaMorfologia e Ecofisiologia da Soja
Morfologia e Ecofisiologia da Soja
Geagra UFG
 
A cultura do mamão (carica papaya L.)
A cultura do mamão (carica papaya L.)A cultura do mamão (carica papaya L.)
A cultura do mamão (carica papaya L.)
Killer Max
 
Fenologia e Fisiologia da soja
Fenologia e Fisiologia da sojaFenologia e Fisiologia da soja
Fenologia e Fisiologia da soja
Geagra UFG
 
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptxCultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
ValderlandiaOliveira1
 
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e MilhetoFenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Geagra UFG
 
A cultura do Milho
A cultura do MilhoA cultura do Milho
A cultura do Milho
Killer Max
 
Manejo de plantio do algodão.
Manejo de plantio do algodão.Manejo de plantio do algodão.
Manejo de plantio do algodão.
Geagra UFG
 
Cultura da Soja
Cultura da SojaCultura da Soja
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptxINTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
Geagra UFG
 
Origem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
Origem e importância econômica e classificação botânica do FeijãoOrigem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
Origem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
Killer Max
 
Nutrição e adubação do algodoeiro
Nutrição e adubação do algodoeiroNutrição e adubação do algodoeiro
Nutrição e adubação do algodoeiro
Geagra UFG
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
Ernane Nogueira Nunes
 
Apresentação Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
Apresentação   Aspectos Fisiológicos da Cultura da SojaApresentação   Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
Apresentação Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
Gustavo Avila
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJAINTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
Geagra UFG
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
Geagra UFG
 

Mais procurados (20)

Identificação de plantas daninhas
Identificação de plantas daninhasIdentificação de plantas daninhas
Identificação de plantas daninhas
 
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
 
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de PlantasManejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Sorgo morfologia e fisiologia
Sorgo morfologia e fisiologiaSorgo morfologia e fisiologia
Sorgo morfologia e fisiologia
 
Morfologia e Ecofisiologia da Soja
Morfologia e Ecofisiologia da SojaMorfologia e Ecofisiologia da Soja
Morfologia e Ecofisiologia da Soja
 
A cultura do mamão (carica papaya L.)
A cultura do mamão (carica papaya L.)A cultura do mamão (carica papaya L.)
A cultura do mamão (carica papaya L.)
 
Fenologia e Fisiologia da soja
Fenologia e Fisiologia da sojaFenologia e Fisiologia da soja
Fenologia e Fisiologia da soja
 
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptxCultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
Cultura do amendoim (Arachis hypogaea).pptx
 
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e MilhetoFenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
 
A cultura do Milho
A cultura do MilhoA cultura do Milho
A cultura do Milho
 
Manejo de plantio do algodão.
Manejo de plantio do algodão.Manejo de plantio do algodão.
Manejo de plantio do algodão.
 
Cultura da Soja
Cultura da SojaCultura da Soja
Cultura da Soja
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptxINTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
INTRODUÇÃO À CULTURA DO FEIJÃO.pptx
 
Origem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
Origem e importância econômica e classificação botânica do FeijãoOrigem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
Origem e importância econômica e classificação botânica do Feijão
 
Nutrição e adubação do algodoeiro
Nutrição e adubação do algodoeiroNutrição e adubação do algodoeiro
Nutrição e adubação do algodoeiro
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
 
Apresentação Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
Apresentação   Aspectos Fisiológicos da Cultura da SojaApresentação   Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
Apresentação Aspectos Fisiológicos da Cultura da Soja
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJAINTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS NO FEIJÃO
 

Destaque

Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de ÓleoCultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
Agricultura Sao Paulo
 
Plantio Direto de Amendoim
Plantio Direto de AmendoimPlantio Direto de Amendoim
Plantio Direto de Amendoim
Agricultura Sao Paulo
 
Amendoim forrageiro embrapa
Amendoim forrageiro   embrapaAmendoim forrageiro   embrapa
Amendoim forrageiro embrapa
Alexandre Panerai
 
Cultura o amendoim na Guiné
Cultura o amendoim na GuinéCultura o amendoim na Guiné
Cultura o amendoim na Guiné
Cantacunda
 
Fungos e micotoxinas em graos armazenados
Fungos e micotoxinas em graos armazenadosFungos e micotoxinas em graos armazenados
Fungos e micotoxinas em graos armazenados
Pelo Siro
 
Aflatoxinas
AflatoxinasAflatoxinas
Aflatoxinas
Lola Boss
 
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereusAspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
Francini Tiburcio
 
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoimEspécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
Rural Pecuária
 
ecagem e resfriamento artificial de café
ecagem e resfriamento artificial de caféecagem e resfriamento artificial de café
ecagem e resfriamento artificial de café
Revista Cafeicultura
 
Aflatoxinas
AflatoxinasAflatoxinas
Aflatoxinas
jorforero
 
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de FabricaçãoTreinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
Daniel de Carvalho Luz
 
72945760 trabalho-de-toxicologia-as
72945760 trabalho-de-toxicologia-as72945760 trabalho-de-toxicologia-as
72945760 trabalho-de-toxicologia-as
Mariana Costa
 
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologica
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologicaApostila microbiologia como fazer analise microbiologica
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologica
Cleber Lima
 
Slide 01 análises microbiológicas de alimentos
Slide 01 análises microbiológicas de alimentosSlide 01 análises microbiológicas de alimentos
Slide 01 análises microbiológicas de alimentos
uagno
 
Apostila de fitopatologia
Apostila de fitopatologiaApostila de fitopatologia
Apostila de fitopatologia
Luiz Oliveira
 
Estudo do solo
Estudo do soloEstudo do solo
Estudo do solo
ee
 
Aula 04 Microbiologia
Aula 04 Microbiologia Aula 04 Microbiologia
Aula 04 Microbiologia
Tiago da Silva
 
Substâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
Substâncias Químicas de Interesse SucroalcooleiroSubstâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
Substâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
Tiago da Silva
 
Qualidade de produtos armazenados
Qualidade de produtos armazenadosQualidade de produtos armazenados
Qualidade de produtos armazenados
Marcos Ferreira
 
tegumento dos insetos em pdf
tegumento dos insetos em pdftegumento dos insetos em pdf
tegumento dos insetos em pdf
beto1956
 

Destaque (20)

Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de ÓleoCultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
Cultura do Amendoim - Potencial para Produção de Óleo
 
Plantio Direto de Amendoim
Plantio Direto de AmendoimPlantio Direto de Amendoim
Plantio Direto de Amendoim
 
Amendoim forrageiro embrapa
Amendoim forrageiro   embrapaAmendoim forrageiro   embrapa
Amendoim forrageiro embrapa
 
Cultura o amendoim na Guiné
Cultura o amendoim na GuinéCultura o amendoim na Guiné
Cultura o amendoim na Guiné
 
Fungos e micotoxinas em graos armazenados
Fungos e micotoxinas em graos armazenadosFungos e micotoxinas em graos armazenados
Fungos e micotoxinas em graos armazenados
 
Aflatoxinas
AflatoxinasAflatoxinas
Aflatoxinas
 
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereusAspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
Aspergillus flavus, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus
 
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoimEspécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
Espécies silvestres como fontes de resistência a pragas e doenças do amendoim
 
ecagem e resfriamento artificial de café
ecagem e resfriamento artificial de caféecagem e resfriamento artificial de café
ecagem e resfriamento artificial de café
 
Aflatoxinas
AflatoxinasAflatoxinas
Aflatoxinas
 
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de FabricaçãoTreinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
Treinamento em 5s e BPF - Boas Práticas de Fabricação
 
72945760 trabalho-de-toxicologia-as
72945760 trabalho-de-toxicologia-as72945760 trabalho-de-toxicologia-as
72945760 trabalho-de-toxicologia-as
 
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologica
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologicaApostila microbiologia como fazer analise microbiologica
Apostila microbiologia como fazer analise microbiologica
 
Slide 01 análises microbiológicas de alimentos
Slide 01 análises microbiológicas de alimentosSlide 01 análises microbiológicas de alimentos
Slide 01 análises microbiológicas de alimentos
 
Apostila de fitopatologia
Apostila de fitopatologiaApostila de fitopatologia
Apostila de fitopatologia
 
Estudo do solo
Estudo do soloEstudo do solo
Estudo do solo
 
Aula 04 Microbiologia
Aula 04 Microbiologia Aula 04 Microbiologia
Aula 04 Microbiologia
 
Substâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
Substâncias Químicas de Interesse SucroalcooleiroSubstâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
Substâncias Químicas de Interesse Sucroalcooleiro
 
Qualidade de produtos armazenados
Qualidade de produtos armazenadosQualidade de produtos armazenados
Qualidade de produtos armazenados
 
tegumento dos insetos em pdf
tegumento dos insetos em pdftegumento dos insetos em pdf
tegumento dos insetos em pdf
 

Semelhante a Cultura do Amendoim

Slide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptxSlide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptx
IvanildoCalixto3
 
Amendoim Forrageiro.pptx
Amendoim Forrageiro.pptxAmendoim Forrageiro.pptx
Amendoim Forrageiro.pptx
WendersonFerreira7
 
Cultivo do Algodão Orgânico
Cultivo do Algodão OrgânicoCultivo do Algodão Orgânico
Cultivo do Algodão Orgânico
Ítalo Arrais
 
Epidemiologia e controle das doenças no milho
Epidemiologia e controle das doenças no milhoEpidemiologia e controle das doenças no milho
Epidemiologia e controle das doenças no milho
Leonardo Minaré Braúna
 
Pimentão apresentação
Pimentão   apresentaçãoPimentão   apresentação
Pimentão apresentação
James Nascimento
 
Pronto
ProntoPronto
Slide Cultura do Algodao.pptx
Slide Cultura do Algodao.pptxSlide Cultura do Algodao.pptx
Slide Cultura do Algodao.pptx
MilenaAlmeida74
 
Slide da cultura de alho e Cebola
Slide da cultura de alho e CebolaSlide da cultura de alho e Cebola
Slide da cultura de alho e Cebola
Marcelo99858999
 
Apresentação arroz patricia e vinicius.
Apresentação arroz   patricia e vinicius.Apresentação arroz   patricia e vinicius.
Apresentação arroz patricia e vinicius.
Vinicius Vieira Cursino
 
culturas AVEIA.pptx
culturas  AVEIA.pptxculturas  AVEIA.pptx
culturas AVEIA.pptx
Murilo574925
 
Plantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijãoPlantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijão
Paulo Rogerio Guimaraes
 
cultura do arroz slide simplificado
cultura do arroz slide simplificadocultura do arroz slide simplificado
cultura do arroz slide simplificado
Andre Vinicius
 
Tomate e cenoura
Tomate e cenouraTomate e cenoura
Tomate e cenoura
Letícia Costa
 
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuáriaantonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
Plantando aruana
Plantando aruanaPlantando aruana
Plantando aruana
Heron Gotuzzo
 
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioiTecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
Revista Cafeicultura
 
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
Universidade Estadual de Santa Cruz
 
Soja
SojaSoja
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiroManejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
Ítalo Arrais
 
Forragem- trabalho-seminário
Forragem- trabalho-seminárioForragem- trabalho-seminário
Forragem- trabalho-seminário
UNICAP
 

Semelhante a Cultura do Amendoim (20)

Slide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptxSlide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptx
 
Amendoim Forrageiro.pptx
Amendoim Forrageiro.pptxAmendoim Forrageiro.pptx
Amendoim Forrageiro.pptx
 
Cultivo do Algodão Orgânico
Cultivo do Algodão OrgânicoCultivo do Algodão Orgânico
Cultivo do Algodão Orgânico
 
Epidemiologia e controle das doenças no milho
Epidemiologia e controle das doenças no milhoEpidemiologia e controle das doenças no milho
Epidemiologia e controle das doenças no milho
 
Pimentão apresentação
Pimentão   apresentaçãoPimentão   apresentação
Pimentão apresentação
 
Pronto
ProntoPronto
Pronto
 
Slide Cultura do Algodao.pptx
Slide Cultura do Algodao.pptxSlide Cultura do Algodao.pptx
Slide Cultura do Algodao.pptx
 
Slide da cultura de alho e Cebola
Slide da cultura de alho e CebolaSlide da cultura de alho e Cebola
Slide da cultura de alho e Cebola
 
Apresentação arroz patricia e vinicius.
Apresentação arroz   patricia e vinicius.Apresentação arroz   patricia e vinicius.
Apresentação arroz patricia e vinicius.
 
culturas AVEIA.pptx
culturas  AVEIA.pptxculturas  AVEIA.pptx
culturas AVEIA.pptx
 
Plantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijãoPlantas daninhas no feijão
Plantas daninhas no feijão
 
cultura do arroz slide simplificado
cultura do arroz slide simplificadocultura do arroz slide simplificado
cultura do arroz slide simplificado
 
Tomate e cenoura
Tomate e cenouraTomate e cenoura
Tomate e cenoura
 
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuáriaantonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
antonio inacio ferraz-Cana de açucar 4-técnico em agropecuária
 
Plantando aruana
Plantando aruanaPlantando aruana
Plantando aruana
 
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioiTecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
Tecnologias para Produção de Mudas de Café - Emivaldo Pioi Fenicafé 2015 - pioi
 
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
Agricultura e pecuária e sistemas agrários 1 fase......
 
Soja
SojaSoja
Soja
 
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiroManejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
Manejo de plantas daninhas na cultura do mamoeiro
 
Forragem- trabalho-seminário
Forragem- trabalho-seminárioForragem- trabalho-seminário
Forragem- trabalho-seminário
 

Mais de Killer Max

Canola, uma cultura promissora
Canola, uma cultura promissoraCanola, uma cultura promissora
Canola, uma cultura promissora
Killer Max
 
Introdução à técnicas experimentais
Introdução à técnicas experimentaisIntrodução à técnicas experimentais
Introdução à técnicas experimentais
Killer Max
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
Killer Max
 
Vacinação aftosa e brucelose
Vacinação aftosa e bruceloseVacinação aftosa e brucelose
Vacinação aftosa e brucelose
Killer Max
 
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejoIrrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
Killer Max
 
Moscas das-frutas
Moscas das-frutasMoscas das-frutas
Moscas das-frutas
Killer Max
 
Defesa de Estágio
Defesa de EstágioDefesa de Estágio
Defesa de Estágio
Killer Max
 
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da OlericulturaLéxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
Killer Max
 
Fruticultura Do Tocantins
Fruticultura Do TocantinsFruticultura Do Tocantins
Fruticultura Do Tocantins
Killer Max
 
Projeto de Irrigação no Tocantins
Projeto de Irrigação no TocantinsProjeto de Irrigação no Tocantins
Projeto de Irrigação no Tocantins
Killer Max
 
Força Eletromagnética
Força EletromagnéticaForça Eletromagnética
Força Eletromagnética
Killer Max
 
Cultura do arroz
Cultura do arrozCultura do arroz
Cultura do arroz
Killer Max
 
Raças de gado de leite
Raças de gado de leiteRaças de gado de leite
Raças de gado de leite
Killer Max
 
Guia de raças de bovinos
Guia de raças de bovinosGuia de raças de bovinos
Guia de raças de bovinos
Killer Max
 
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinosManejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
Killer Max
 
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinosManejo reprodutivo de caprinos e ovinos
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos
Killer Max
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinos
Killer Max
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Killer Max
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
Killer Max
 
Raças Equinas
Raças EquinasRaças Equinas
Raças Equinas
Killer Max
 

Mais de Killer Max (20)

Canola, uma cultura promissora
Canola, uma cultura promissoraCanola, uma cultura promissora
Canola, uma cultura promissora
 
Introdução à técnicas experimentais
Introdução à técnicas experimentaisIntrodução à técnicas experimentais
Introdução à técnicas experimentais
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
 
Vacinação aftosa e brucelose
Vacinação aftosa e bruceloseVacinação aftosa e brucelose
Vacinação aftosa e brucelose
 
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejoIrrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
Irrigação de pastagem: atualidade e recomendações para uso e manejo
 
Moscas das-frutas
Moscas das-frutasMoscas das-frutas
Moscas das-frutas
 
Defesa de Estágio
Defesa de EstágioDefesa de Estágio
Defesa de Estágio
 
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da OlericulturaLéxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
Léxico Comum e Léxico Específico dentro da Olericultura
 
Fruticultura Do Tocantins
Fruticultura Do TocantinsFruticultura Do Tocantins
Fruticultura Do Tocantins
 
Projeto de Irrigação no Tocantins
Projeto de Irrigação no TocantinsProjeto de Irrigação no Tocantins
Projeto de Irrigação no Tocantins
 
Força Eletromagnética
Força EletromagnéticaForça Eletromagnética
Força Eletromagnética
 
Cultura do arroz
Cultura do arrozCultura do arroz
Cultura do arroz
 
Raças de gado de leite
Raças de gado de leiteRaças de gado de leite
Raças de gado de leite
 
Guia de raças de bovinos
Guia de raças de bovinosGuia de raças de bovinos
Guia de raças de bovinos
 
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinosManejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
 
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinosManejo reprodutivo de caprinos e ovinos
Manejo reprodutivo de caprinos e ovinos
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinos
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
Raças Equinas
Raças EquinasRaças Equinas
Raças Equinas
 

Último

Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 

Último (20)

Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 

Cultura do Amendoim

  • 1. Cultura do Amendoim Bruno Vitor Laurindo Júlia Claudia Alves Lara Mousinho Maria Eduarda Alves Paulo Vitor Vieira Thays Gouveia Yron Moreira
  • 2. A Cultura do Amendoim • Origem: América do Sul • Arachis pintoi • Família: Fabaceae • Fruto: Tipo vagem • Características da planta • Flores • Importância econômica • Principais estados produtores
  • 3. Formato dos folíolos basais e apicais (A), coloração amarela da flor (B), estípula larga na porção não soldada ao pecíolo (C) e frutos largos (D). Características de A. pintoi cv. BRS Mandobi.
  • 5. Requisitos de Clima e Solo da espécie • Clima: ampla faixa de adaptação; • Altitude: aprox. 1.800 m; • Precipitação (anual): superior a 1.200 m (apresente desempenho excelente em áreas com precipitação entre 2.000 mm e 4.000 mm); • Água: consegue conviver com períodos de déficit hídrico de até 5 meses; • Temperatura: varia de 22 oC a 28 oC.
  • 6. Requisitos de Clima e Solo da espécie • Solo: adapta a solos com ampla faixa de textura; • pH: variando de 4,5 a 7,2; • Saturação por Al: acima de 80%; • Fósforo (P): atividade meristemática .
  • 7. Plantas Daninhas • Prejuízos em área de produção: 1. Competição com as plantas por área, água, luz e nutrientes; 2. Contaminação das sementes; 3. Redução do preço da semente. • Controle Cultural • Controle Mecânico • Controle Químico
  • 8. Plantio • Escolha da área e preparo do solo:  Topografia: plana ou ligeiramente inclinada;  Tipo de solo: arenoso e bem drenado (latossolos);  Preparo do solo: convencional e gradagem.
  • 9. Preparo das sementes para plantio
  • 10. Época de plantio e taxa de semeadura • Distribuição de chuvas • Boa área de produção • Semeadura: manual ou mecânica;  Profundidade: 3cm – 5 cm;  Com plantadeira: 0,25 m entre linhas, 5 sementes/m;  Plantio manual: sulcos com espaçamento de 0,50 m, 10 sementes/m. • Em ambos: as sementes devem ser cobertas e o solo levemente compactado.
  • 11. Pragas • Pragas de solo: o Os percevejos Scaptocoris castanea (Perty, 1830), o Cytomenus bergi (Froeschner) e C. Mirabilis. • Despercebidas aos produtores
  • 12. Pragas • Pragas da parte aérea: o Diabrotica speciosa e Cerotoma tingomarianus Bechyné (conhecidas como vaquinhas) • Ovos no solo
  • 13. Pragas • Considerações sobre o manejo integrado de pragas em A. pintoi cv. BRS Mandobi:  Práticas de controle: 1. Uniformidade da época do plantio, 2. Rotação de culturas, 3. Destruição dos restos culturais, 4. Uso de variedades resistentes, 5. Arranquio das plantas atacadas e 6. Controle químico.
  • 14.
  • 15. Doenças • Conceito de doenças em plantas
  • 16. Doenças • Doenças bióticas  Causadas por: nematoides, fungos, bactérias, vírus, viroides.
  • 17. Fungos Aspergillus niger Sclerotium rolfsii Rhizoctonia solani Podridão do Colo Podridão do Colo as Raízes Invade e Destrói
  • 18. Doenças • Doenças em sementes Aspergillus flavus Penicillium sp. Rhizopus sp. A. flavus e A. niger
  • 19. Doenças • Doenças da parte aérea • Mancha Preta Mancha Marrom
  • 20. Doenças • Sintomas de antracnose em folhas (A) e hastes com presença de acérvulos do patógeno (B)
  • 22. Colheita 1. Remoção da parte aérea
  • 23. Colheita 2. Remoção manual da biomassa
  • 25. Pós-colheita • Secagem • Secagem natural
  • 27. Curiosidades Sobre o Amendoim 1. Por ter uma grande quantidade de gordura, o amendoim pode proporcionar um aumento de oleosidade na pele e, assim, causar espinha. 2. O amendoim, dependendo da quantidade consumida, pode ser bom ou ruim. Para emagrecer, por exemplo, basta comer 1 porção de 30g em um dos lanches intermediários, sendo uma ótima opção para a dieta, pois você terá mais saciedade, e ainda fica dentro de uma quantidade moderada de calorias. 3. Ao consumir amendoim, há risco de contaminação alimentar, devido a presença da aflatoxina*. 4. Quando consumido em excesso, pode causar diarreia, como também o ganho de peso.
  • 28. Curiosidades Sobre o Amendoim 4. Por outro lado, o amendoim pode favorecer a saciedade ajudando no emagrecimento e ainda pode dá uma forcinha na libido, já que atua na produção de hormônios sexuais. 5. Além disso, alguns estudos afirmam que os fitoesteróis do amendoim possuem efeito anticancerígeno, como também pode ajudar a evitar o Mal de Alzheimer, por ser fonte de vitamina E. Portanto, o amendoim, assim com outros alimentos, tem o seu lado bom e o seu lado ruim. O segredo para conseguir os benefícios está na quantidade consumida.