SlideShare uma empresa Scribd logo
Módulo 1 – Cultura da Ágora
Cerâmica e Pintura Grega
Carlos Jorge Canto Vieira
Pintura Grega
• Existem poucos vestígios da pintura
• Existem cópias romanas

• Pintura em cerâmica
– Diferentes Períodos

• Existem vestígios em:
– Cerâmica
– Pintura mural
09/03/2014

Carlos Vieira

2
CERÂMICA

Prof. Carlos Vieira

3
Cerâmica
• Características
–
–
–
–

Para utilização no quotidiano
Objectos práticos
Proliferação de oficinas por todo o mundo grego
Centros principais de produção
• Coríntia
• Ática (oficinas de Atenas)
– Presença de Assinatura
• Estilo pessoal
• Evolução artística
• Dispersão pelo mundo grego
09/03/2014

Carlos Vieira

4
09/03/2014

Carlos Vieira

5
Cerâmica
• Tipologia
– Ânfora –
• vasilha em forma de
coração, com o gargalo largo
e duas asas;

09/03/2014

Carlos Vieira

6
Cerâmica
• Tipologia
– Hidra –
• (água) tinha três asas,
uma vertical para
segurar enquanto
corria a água e duas
para levantar;

09/03/2014

Carlos Vieira

7
Cerâmica
• Tipologia
– Cratera
• tinha a boca bastante
larga, com o corpo em
forma de um sino
invertido,
• servia para misturar água
com o vinho.

09/03/2014

Carlos Vieira

8
Cerâmica
• Períodos
– Estilo geométrico – Séc IX a VIII a. C
– Estilo Arcaico Séc. VIII a.C. – Séc V a.C.
• 2 fases
– Fase Orientalizante – até 650 a. C
– Figuras negras / Fundo vermelho - Séc. VII a.C. – Séc. V a.C;

– Estilo Clássico
• Figuras vermelhas / Fundo negro – Séc. V a.C. – Séc. IV a.C.;
• Figuras negras/vermelhas / Fundo branco Séc. IV a.C..

09/03/2014

Carlos Vieira

9
Cerâmica
• Estilo Geométrico – Séc. VIII a.C.;
– Utilização de ânforas e crateras funerárias;
– Pintura a negro sobre fundo rosáceo;
– Combinação de motivos geométricos (Zigue-zague, gregas,
suásticas) com referências ao defunto;
– Organizada em registos paralelos:
– Figuras humana/animais representadas em silhueta - >
estrutura esquemática e geometrizante.

09/03/2014

Carlos Vieira

10
Cratera funerária de Dipylon,
c. séc. VIII a.C.

Ânfora de Dipylon, c. 700 a.C.

09/03/2014

Carlos Vieira

11
Cerâmica
• Fase Orientalizante
• Temas
• Cenas do quotidiano;
• Cenas de carácter mitológico;

• Figuras
• animais míticos ou lendários;
• figuras híbridas como os grifos, as esfinges e as gorgonas;
• elementos decorativos de inspiração vegetal naturalista,
como Lotus e palmetas .

Prof. Carlos Vieira

12
Cerâmica
• Fase Orientalizante

grifos,

esfinges

Prof. Carlos Vieira

gorgonas

13
Cerâmica
• Fase Orientalizante II
• Técnica
– preferência por figuras de grandes dimensões;
– tratadas ainda em silhueta estilizada;
– técnica da incisão:
- pequenos traços realçados a branco ou vermelho que
compunham pormenores anatómicos ou de vestuário

Prof. Carlos Vieira

14
Ânfora de estilo orientalizante, Melos.
c. 630 a. C.
Museu Arqueológico de Atenas

Ânfora funerária de Eleusis.
c. -675-650 a. C
15
Cerâmica
• Figuras negras sobre o fundo vermelho
– Grande divulgação pelo mundo helénico – comércio de luxo.
– Figuras
• São representados como silhuetas estilizadas (rosto de perfil com
olho de frente, tronco de frente, ancas a três quartos e pernas de
perfil) e totalmente cheias a cor negra;
• O interesse pelos pormenores anatómicos sugere a influencia da
plástica aplicada a escultura deste período (estilo severo).

– Técnica
• Desenho bi-dimensional;
• A técnica da incisão permitiu pormenorizar o interior das figuras;
• São enriquecidas com linhas de contorno dos músculos e outras
partes do com com particularidades como as barbas, os cabelos ou
os padrões vestuário.
Carlos Vieira

16
Vaso de Dionísio,
Produção Ática, c. 520 a. C
Dionísio Conversa com Hermes,
enquanto um Sátiro dança

09/03/2014

Aquiles mata Panthasilea,
Produção Ática,
Exekias

Carlos Vieira

17
Barco de Aquiles
Produção Ática,
Exekias

09/03/2014

Batalha Omérica
530 a. C.
Exekias

Carlos Vieira

18
Cerâmica
• Figuras vermelhas sobre o fundo negro
–
–
–
–
–

09/03/2014

Invenção do pintor Pintor de Andocides.
Inovações técnicas
Superfície do vaso coberta por um verniz negro
Excepção das figuras -> mantinham a cor natural do barro
Existência de perspectiva, movimento, naturalidade e
realismo;

Carlos Vieira

19
Cerâmica

Ânfora, c 490 a.C.;
Atribuído ao pintor de Belim
09/03/2014

Carlos Vieira

20
Homem com criança no baloiço
435-420 a.C.;
Atribuído ao Pintor de Eretria
09/03/2014

Carlos Vieira

Figuras femininas
440-430 a.C.;
Pintor Polignotos
21
• Ânfora do Pintor de Pan
• Produção Ática, c. 470 a.C.
• Cena Mitológica
– Hércules luta contra negros no
Egipto
• Desenho anatómico
• Composição em Pirâmide

09/03/2014

Carlos Vieira

22
Cerâmica
• Figuras vermelhas/negras sobre o fundo branco
– Cerâmica funerária
– As formas das figuras definem-se apenas pela linha de
contorno, traçada com precisão (estilo belo)

09/03/2014

Carlos Vieira

23
• Lekythos do pintor Bonsaquet, 440-430 a. C.
Alt. 48 cm;

• Técnica do Estilo Belo
• Jovem que venera um herói depositando
uma oferenda junto ao seu túmulo.

09/03/2014

Carlos Vieira

24
•Lekythos do pintor Sabouroff, 450 a. C., 31,6 cm
Representa uma figura feminina (que não é visível
nesta imagem), Caronte e Hermes.

Museu Nacional, Atenas.

Prof. Carlos Vieira

25
PINTURA

Prof. Carlos Vieira

26
Pintura Grega
• Temas representados
– Cenas do quotidiano;
•
•
•
•

–
–
–
–

09/03/2014

Jogos
Desporto
Banquetes
Bailes

Cenas de Batalhas -> Heróis;
Cenas religiosas;
Lendas Mitologicas – Cenas da Ilíada e da Odisseia
Representações Épicas

Carlos Vieira

27
Pintura grega
• Pintura Mural
– Resta muito pouco
– Referências a
•
•
•
•
•

09/03/2014

Polignoto de Tassos – inventor do escorço
Agatarco de Atenas – desenvolveu a perspectiva
Apolodoro – Pintor das sombras
Zêuxis de Heracleia – criador do claro/escuro
Paúsias de Sícion – inventor da técnica de encáustica

Carlos Vieira

28
Pintura Grega
• Túmulo de Tuffatore (490-470 a. C.), Paestum
– Pintura a fresco

09/03/2014

Carlos Vieira

29
Prof. Carlos Vieira

30
Batalha de Issus
Cópia em mosaico de uma pintura mural do século I.V. a.C. (Pompeia)

09/03/2014

Carlos Vieira

31
09/03/2014

Carlos Vieira

32

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arquitetura grega
Arquitetura gregaArquitetura grega
Arquitetura grega
Ana Barreiros
 
Módulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
Módulo 3 - Arte Islâmica e MoçárabeMódulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
Módulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
Carla Freitas
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
Andrea Dressler
 
Cultura da Ágora - Escultura grega
Cultura da Ágora - Escultura gregaCultura da Ágora - Escultura grega
Cultura da Ágora - Escultura grega
Carlos Vieira
 
Cultura do mosteiro
Cultura do mosteiroCultura do mosteiro
Cultura do mosteiro
Ana Barreiros
 
Módulo 1 pintura e cerâmica grega regular
Módulo 1   pintura e cerâmica grega regularMódulo 1   pintura e cerâmica grega regular
Módulo 1 pintura e cerâmica grega regular
Carla Freitas
 
Ceramica grega
Ceramica gregaCeramica grega
Ceramica grega
Ana Barreiros
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
Sandro Bottene
 
Escultura grega
Escultura gregaEscultura grega
Escultura grega
Ana Barreiros
 
Módulo 4 - Pintura Gótica
Módulo 4 - Pintura GóticaMódulo 4 - Pintura Gótica
Módulo 4 - Pintura Gótica
Carla Freitas
 
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
Hca Faro
 
Módulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágoraMódulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágora
TLopes
 
A batalha de salamina
A batalha de salaminaA batalha de salamina
A batalha de salamina
Ana Barreiros
 
Arquitetura romana ii
Arquitetura romana iiArquitetura romana ii
Arquitetura romana ii
Ana Barreiros
 
Pintura na grécia antiga
Pintura na grécia antigaPintura na grécia antiga
Pintura na grécia antiga
MarisaPinto97
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
Vítor Santos
 
A cultura do senado
A cultura do senadoA cultura do senado
A cultura do senado
Ana Barreiros
 
Arte greco romana
Arte greco romanaArte greco romana
Arte greco romana
cattonia
 
Arquitetura Grega
Arquitetura GregaArquitetura Grega
Arquitetura Grega
Isis Magalhães
 
Módulo 2 a cultura do senado
Módulo 2   a cultura do senadoMódulo 2   a cultura do senado
Módulo 2 a cultura do senado
TLopes
 

Mais procurados (20)

Arquitetura grega
Arquitetura gregaArquitetura grega
Arquitetura grega
 
Módulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
Módulo 3 - Arte Islâmica e MoçárabeMódulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
Módulo 3 - Arte Islâmica e Moçárabe
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
Cultura da Ágora - Escultura grega
Cultura da Ágora - Escultura gregaCultura da Ágora - Escultura grega
Cultura da Ágora - Escultura grega
 
Cultura do mosteiro
Cultura do mosteiroCultura do mosteiro
Cultura do mosteiro
 
Módulo 1 pintura e cerâmica grega regular
Módulo 1   pintura e cerâmica grega regularMódulo 1   pintura e cerâmica grega regular
Módulo 1 pintura e cerâmica grega regular
 
Ceramica grega
Ceramica gregaCeramica grega
Ceramica grega
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Escultura grega
Escultura gregaEscultura grega
Escultura grega
 
Módulo 4 - Pintura Gótica
Módulo 4 - Pintura GóticaMódulo 4 - Pintura Gótica
Módulo 4 - Pintura Gótica
 
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
Caso prático 3 - O vaso Pronomos, 410-400 a.C.
 
Módulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágoraMódulo 1 – a cultura da ágora
Módulo 1 – a cultura da ágora
 
A batalha de salamina
A batalha de salaminaA batalha de salamina
A batalha de salamina
 
Arquitetura romana ii
Arquitetura romana iiArquitetura romana ii
Arquitetura romana ii
 
Pintura na grécia antiga
Pintura na grécia antigaPintura na grécia antiga
Pintura na grécia antiga
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
 
A cultura do senado
A cultura do senadoA cultura do senado
A cultura do senado
 
Arte greco romana
Arte greco romanaArte greco romana
Arte greco romana
 
Arquitetura Grega
Arquitetura GregaArquitetura Grega
Arquitetura Grega
 
Módulo 2 a cultura do senado
Módulo 2   a cultura do senadoMódulo 2   a cultura do senado
Módulo 2 a cultura do senado
 

Destaque

Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmicaArte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
Professor Gilson Nunes
 
Arte grega 1 - pintura e escultura
Arte grega 1 - pintura e esculturaArte grega 1 - pintura e escultura
Arte grega 1 - pintura e escultura
Ana Kyzzy Fachetti
 
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquiteturaArte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Susana Simões
 
Cerâmica Grega
Cerâmica GregaCerâmica Grega
Cerâmica Grega
artes10n
 
A cerâmica grega tatiana _daiela
A cerâmica grega tatiana _daielaA cerâmica grega tatiana _daiela
A cerâmica grega tatiana _daiela
Mariajosesantos57
 
Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.
Professor Gilson Nunes
 
Escultura grega
Escultura grega Escultura grega
Escultura grega
Lindomar Araujo
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
cattonia
 
A arte grega
A arte gregaA arte grega
A arte grega
cattonia
 
A cultura da ágora
A cultura da ágoraA cultura da ágora
A cultura da ágora
Rui Dário
 
Indústria[1]..[2]
Indústria[1]..[2]Indústria[1]..[2]
Indústria[1]..[2]
António Luís Catarino
 
Ceramica grega
Ceramica gregaCeramica grega
Ceramica grega
marinero66
 
Artes antigas
Artes antigasArtes antigas
Artes antigas
Dodidemais Oliveira
 
A acrópole de atenas
A acrópole de atenasA acrópole de atenas
A acrópole de atenas
Leonardo Gardini
 
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
www.historiadasartes.com
 
Arte na grécia (séc. v a.c.)
Arte na grécia (séc. v a.c.)Arte na grécia (séc. v a.c.)
Arte na grécia (séc. v a.c.)
historiajovem2011
 
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismoCultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Carlos Vieira
 
A cerâmica romana
A cerâmica romanaA cerâmica romana
A cerâmica romana
Ana Soares
 
Arquitectura grega
Arquitectura gregaArquitectura grega
Arquitectura grega
Cátia Morgado
 
Os Templos Gregos
Os Templos GregosOs Templos Gregos
Os Templos Gregos
Mariana1112
 

Destaque (20)

Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmicaArte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
Arte Grega: princípio, a pintura em cerâmica
 
Arte grega 1 - pintura e escultura
Arte grega 1 - pintura e esculturaArte grega 1 - pintura e escultura
Arte grega 1 - pintura e escultura
 
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquiteturaArte grega pintura, escultura e arquitetura
Arte grega pintura, escultura e arquitetura
 
Cerâmica Grega
Cerâmica GregaCerâmica Grega
Cerâmica Grega
 
A cerâmica grega tatiana _daiela
A cerâmica grega tatiana _daielaA cerâmica grega tatiana _daiela
A cerâmica grega tatiana _daiela
 
Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.
 
Escultura grega
Escultura grega Escultura grega
Escultura grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
A arte grega
A arte gregaA arte grega
A arte grega
 
A cultura da ágora
A cultura da ágoraA cultura da ágora
A cultura da ágora
 
Indústria[1]..[2]
Indústria[1]..[2]Indústria[1]..[2]
Indústria[1]..[2]
 
Ceramica grega
Ceramica gregaCeramica grega
Ceramica grega
 
Artes antigas
Artes antigasArtes antigas
Artes antigas
 
A acrópole de atenas
A acrópole de atenasA acrópole de atenas
A acrópole de atenas
 
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 20122c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
2c16 Arte Grega e Museu da Acrópole 2012
 
Arte na grécia (séc. v a.c.)
Arte na grécia (séc. v a.c.)Arte na grécia (séc. v a.c.)
Arte na grécia (séc. v a.c.)
 
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismoCultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
 
A cerâmica romana
A cerâmica romanaA cerâmica romana
A cerâmica romana
 
Arquitectura grega
Arquitectura gregaArquitectura grega
Arquitectura grega
 
Os Templos Gregos
Os Templos GregosOs Templos Gregos
Os Templos Gregos
 

Semelhante a Cultura da Ágora - Pintura grega

4 grécia e roma
4 grécia e roma4 grécia e roma
4 grécia e roma
Luciana Estivalet
 
Arte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasilArte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasil
Ed de Souza
 
Arte Grega.ppt
Arte Grega.pptArte Grega.ppt
Arte Grega.ppt
Endelion
 
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantinaCultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Carlos Vieira
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Maiara Giordani
 
2.1.escultura_grega.pptx
2.1.escultura_grega.pptx2.1.escultura_grega.pptx
2.1.escultura_grega.pptx
bruno735083
 
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origensCultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
Carlos Vieira
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
Carla Camuso
 
Arte na grécia
Arte na gréciaArte na grécia
Arte na grécia
Willians Martins
 
Periodo pre cabraliano
Periodo pre cabralianoPeriodo pre cabraliano
Periodo pre cabraliano
Thiago Oliveira
 
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiaisCultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
Carlos Vieira
 
Cultura do senado - Arte baixo império
Cultura do senado - Arte baixo impérioCultura do senado - Arte baixo império
Cultura do senado - Arte baixo império
Carlos Vieira
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
rolim mendes
 
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - GregosHistória da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
Maiara Giordani
 
01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt
GeilsonSilvaSilva1
 
01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt
ANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
ssuser6dc5761
 
A arte na Pré-História
A arte na Pré-HistóriaA arte na Pré-História
A arte na Pré-História
Edenilson Morais
 
GréCia Antiga Arte
GréCia  Antiga ArteGréCia  Antiga Arte
GréCia Antiga Arte
Sílvia Mendonça
 
01 pre-historia
01 pre-historia01 pre-historia
01 pre-historia
Robson1992
 

Semelhante a Cultura da Ágora - Pintura grega (20)

4 grécia e roma
4 grécia e roma4 grécia e roma
4 grécia e roma
 
Arte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasilArte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasil
 
Arte Grega.ppt
Arte Grega.pptArte Grega.ppt
Arte Grega.ppt
 
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantinaCultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
 
2.1.escultura_grega.pptx
2.1.escultura_grega.pptx2.1.escultura_grega.pptx
2.1.escultura_grega.pptx
 
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origensCultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
Cultura da Ágora - Arquitectura Grega - origens
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Arte na grécia
Arte na gréciaArte na grécia
Arte na grécia
 
Periodo pre cabraliano
Periodo pre cabralianoPeriodo pre cabraliano
Periodo pre cabraliano
 
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiaisCultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
Cultura do Senado - Arquitectura origens e materiais
 
Cultura do senado - Arte baixo império
Cultura do senado - Arte baixo impérioCultura do senado - Arte baixo império
Cultura do senado - Arte baixo império
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - GregosHistória da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
História da Arte - Antiguidade Clássica - Gregos
 
01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt
 
01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt01-pre-historia.ppt
01-pre-historia.ppt
 
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
01-pre-historia - slide de aula pronta sobre pré história
 
A arte na Pré-História
A arte na Pré-HistóriaA arte na Pré-História
A arte na Pré-História
 
GréCia Antiga Arte
GréCia  Antiga ArteGréCia  Antiga Arte
GréCia Antiga Arte
 
01 pre-historia
01 pre-historia01 pre-historia
01 pre-historia
 

Mais de Carlos Vieira

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Carlos Vieira
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Carlos Vieira
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
Carlos Vieira
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
Carlos Vieira
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
Carlos Vieira
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
Carlos Vieira
 
Danton
DantonDanton
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Carlos Vieira
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Carlos Vieira
 

Mais de Carlos Vieira (20)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
 
Danton
DantonDanton
Danton
 
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
 

Último

Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 

Cultura da Ágora - Pintura grega

  • 1. Módulo 1 – Cultura da Ágora Cerâmica e Pintura Grega Carlos Jorge Canto Vieira
  • 2. Pintura Grega • Existem poucos vestígios da pintura • Existem cópias romanas • Pintura em cerâmica – Diferentes Períodos • Existem vestígios em: – Cerâmica – Pintura mural 09/03/2014 Carlos Vieira 2
  • 4. Cerâmica • Características – – – – Para utilização no quotidiano Objectos práticos Proliferação de oficinas por todo o mundo grego Centros principais de produção • Coríntia • Ática (oficinas de Atenas) – Presença de Assinatura • Estilo pessoal • Evolução artística • Dispersão pelo mundo grego 09/03/2014 Carlos Vieira 4
  • 6. Cerâmica • Tipologia – Ânfora – • vasilha em forma de coração, com o gargalo largo e duas asas; 09/03/2014 Carlos Vieira 6
  • 7. Cerâmica • Tipologia – Hidra – • (água) tinha três asas, uma vertical para segurar enquanto corria a água e duas para levantar; 09/03/2014 Carlos Vieira 7
  • 8. Cerâmica • Tipologia – Cratera • tinha a boca bastante larga, com o corpo em forma de um sino invertido, • servia para misturar água com o vinho. 09/03/2014 Carlos Vieira 8
  • 9. Cerâmica • Períodos – Estilo geométrico – Séc IX a VIII a. C – Estilo Arcaico Séc. VIII a.C. – Séc V a.C. • 2 fases – Fase Orientalizante – até 650 a. C – Figuras negras / Fundo vermelho - Séc. VII a.C. – Séc. V a.C; – Estilo Clássico • Figuras vermelhas / Fundo negro – Séc. V a.C. – Séc. IV a.C.; • Figuras negras/vermelhas / Fundo branco Séc. IV a.C.. 09/03/2014 Carlos Vieira 9
  • 10. Cerâmica • Estilo Geométrico – Séc. VIII a.C.; – Utilização de ânforas e crateras funerárias; – Pintura a negro sobre fundo rosáceo; – Combinação de motivos geométricos (Zigue-zague, gregas, suásticas) com referências ao defunto; – Organizada em registos paralelos: – Figuras humana/animais representadas em silhueta - > estrutura esquemática e geometrizante. 09/03/2014 Carlos Vieira 10
  • 11. Cratera funerária de Dipylon, c. séc. VIII a.C. Ânfora de Dipylon, c. 700 a.C. 09/03/2014 Carlos Vieira 11
  • 12. Cerâmica • Fase Orientalizante • Temas • Cenas do quotidiano; • Cenas de carácter mitológico; • Figuras • animais míticos ou lendários; • figuras híbridas como os grifos, as esfinges e as gorgonas; • elementos decorativos de inspiração vegetal naturalista, como Lotus e palmetas . Prof. Carlos Vieira 12
  • 14. Cerâmica • Fase Orientalizante II • Técnica – preferência por figuras de grandes dimensões; – tratadas ainda em silhueta estilizada; – técnica da incisão: - pequenos traços realçados a branco ou vermelho que compunham pormenores anatómicos ou de vestuário Prof. Carlos Vieira 14
  • 15. Ânfora de estilo orientalizante, Melos. c. 630 a. C. Museu Arqueológico de Atenas Ânfora funerária de Eleusis. c. -675-650 a. C 15
  • 16. Cerâmica • Figuras negras sobre o fundo vermelho – Grande divulgação pelo mundo helénico – comércio de luxo. – Figuras • São representados como silhuetas estilizadas (rosto de perfil com olho de frente, tronco de frente, ancas a três quartos e pernas de perfil) e totalmente cheias a cor negra; • O interesse pelos pormenores anatómicos sugere a influencia da plástica aplicada a escultura deste período (estilo severo). – Técnica • Desenho bi-dimensional; • A técnica da incisão permitiu pormenorizar o interior das figuras; • São enriquecidas com linhas de contorno dos músculos e outras partes do com com particularidades como as barbas, os cabelos ou os padrões vestuário. Carlos Vieira 16
  • 17. Vaso de Dionísio, Produção Ática, c. 520 a. C Dionísio Conversa com Hermes, enquanto um Sátiro dança 09/03/2014 Aquiles mata Panthasilea, Produção Ática, Exekias Carlos Vieira 17
  • 18. Barco de Aquiles Produção Ática, Exekias 09/03/2014 Batalha Omérica 530 a. C. Exekias Carlos Vieira 18
  • 19. Cerâmica • Figuras vermelhas sobre o fundo negro – – – – – 09/03/2014 Invenção do pintor Pintor de Andocides. Inovações técnicas Superfície do vaso coberta por um verniz negro Excepção das figuras -> mantinham a cor natural do barro Existência de perspectiva, movimento, naturalidade e realismo; Carlos Vieira 19
  • 20. Cerâmica Ânfora, c 490 a.C.; Atribuído ao pintor de Belim 09/03/2014 Carlos Vieira 20
  • 21. Homem com criança no baloiço 435-420 a.C.; Atribuído ao Pintor de Eretria 09/03/2014 Carlos Vieira Figuras femininas 440-430 a.C.; Pintor Polignotos 21
  • 22. • Ânfora do Pintor de Pan • Produção Ática, c. 470 a.C. • Cena Mitológica – Hércules luta contra negros no Egipto • Desenho anatómico • Composição em Pirâmide 09/03/2014 Carlos Vieira 22
  • 23. Cerâmica • Figuras vermelhas/negras sobre o fundo branco – Cerâmica funerária – As formas das figuras definem-se apenas pela linha de contorno, traçada com precisão (estilo belo) 09/03/2014 Carlos Vieira 23
  • 24. • Lekythos do pintor Bonsaquet, 440-430 a. C. Alt. 48 cm; • Técnica do Estilo Belo • Jovem que venera um herói depositando uma oferenda junto ao seu túmulo. 09/03/2014 Carlos Vieira 24
  • 25. •Lekythos do pintor Sabouroff, 450 a. C., 31,6 cm Representa uma figura feminina (que não é visível nesta imagem), Caronte e Hermes. Museu Nacional, Atenas. Prof. Carlos Vieira 25
  • 27. Pintura Grega • Temas representados – Cenas do quotidiano; • • • • – – – – 09/03/2014 Jogos Desporto Banquetes Bailes Cenas de Batalhas -> Heróis; Cenas religiosas; Lendas Mitologicas – Cenas da Ilíada e da Odisseia Representações Épicas Carlos Vieira 27
  • 28. Pintura grega • Pintura Mural – Resta muito pouco – Referências a • • • • • 09/03/2014 Polignoto de Tassos – inventor do escorço Agatarco de Atenas – desenvolveu a perspectiva Apolodoro – Pintor das sombras Zêuxis de Heracleia – criador do claro/escuro Paúsias de Sícion – inventor da técnica de encáustica Carlos Vieira 28
  • 29. Pintura Grega • Túmulo de Tuffatore (490-470 a. C.), Paestum – Pintura a fresco 09/03/2014 Carlos Vieira 29
  • 31. Batalha de Issus Cópia em mosaico de uma pintura mural do século I.V. a.C. (Pompeia) 09/03/2014 Carlos Vieira 31