SlideShare uma empresa Scribd logo
O terceiro mundo Escola secundaria Inês de Castro 2010/2011 Trabalho realizado por: Ana Paula Bruno Dias Cristiana Sousa João Santos O Terceiro Mundo 1
O terceiro mundo ,[object Object],O Terceiro Mundo 2
O Terceiro Mundo 3
Problemas do terceiro mundo Um PNB por habitante excessivamente baixo, agravado pelas profundas desigualdades sociais. O Terceiro Mundo 4
Elevada taxa de analfabetismo, uns dos principais obstáculos ao desenvolvimento. Predomínio de sector primário com uma agricultura pouco desenvolvida. Subnutrição e deficientes condições sanitárias para vastas camadas de população. O Terceiro Mundo 5
A pobreza no terceiro mundo 1,1 bilião de pessoas vivem na pobreza nos países do terceiro mundo, destas. 630 milhões são extremamente pobres. Estas pessoas vivem sem água potável, passam fome. 150 milhões de crianças com menos de 5 anos são subnutridas. Mas, todos os anos 12,9 milhões de crianças morrem antes de completar os  5 anos de idade. O Terceiro Mundo 6
Porque que o terceiro mundo adquiriu uma importância a nível mundial ? Possuia maior parte da população. As conferencias de Bandung (1955) e de Belgrado (1961) deram voz e visibilidade aos povos destes países. A crise de Suez (1956) fomentouimportância política do terceiro mundo. A segunda vaga de descolonizações aumentou ainda mais o peso politico do terceiro mundo    O Terceiro Mundo 7
A “morte” do complexo de inferioridade Em Bandung, os representantes dos países africanos e asiáticos tomam uma resolução que vai permitir-lhes participar inteiramente na política internacional. Tomando consciência do destino e dos interesses das suas comunidades, os " antigos colonizados " unem-se para afirmar o anti-imperialismo, o não alinhamento e o direito ao desenvolvimento. O Terceiro Mundo 8
Conceito de Subdesenvolvimento O termo subdesenvolvimento surgiu após a Segunda Guerra Mundial, nos documentos dos organismos internacionais, como a ONU e a UNESCO, principalmente.  O Terceiro Mundo 9
A “descoberta” do subdesenvolvimento deu-se com a descolonização e com a publicação pelos organismos internacionais de dados estatísticos dos diversos países do mundo (índice de mortalidade, salário, formas de alimentação, habitação, consumo, distribuição de renda, etc.).  O Terceiro Mundo 10
Esses dados revelaram um verdadeiro “abismo” entre o conjunto dos países desenvolvidos e o dos subdesenvolvidos. O Terceiro Mundo 11
O Terceiro Mundo 12
A América latina Sob a sua aparente uniformidade, o conjunto de países do Terceiro Mundo reunia uma grande variedade de situações.     Os países da América Latina, sujeitos à tutela comercial e financeira dos EUA, assistiram ao agravamento das desigualdades dos sintomas de subdesenvolvimento de muitas das suas regiões. Para conter a ameaça de explosões sociais, em muitos deles foram instauradas, nos anos 70 e 80 do séc., violentas ditaduras militares, por vezes com o apoio dos EUA. Nos outros, triunfaram regimes sociais (como aconteceu em Cuba e durante algum tempo, no Chile e na Nicarágua)Embora a partir da década de 90, se tivessem restabelecido em quase todos esses países regimes democráticos, a América Latina continuou até aos nossos dias a enfrentar dificuldades. O Terceiro Mundo 13
A Ásia e o mundo Muçulmano Herdeiros de civilizações brilhantes, a maioria dos países asiáticos enfrentaram, todavia, graves problemas económicos e sociais, em parte devido `aexplosão demográfica.  Para tentar resolver esses problemas optaram por soluções socialistas, enquanto outros seguiram a via do capitalismo e da modernização tecnológica,  procurando imitar o modelo Japonês. O Terceiro Mundo 14
Situação especial é a dos países muçulmanos, localizados sobretudo no Médio Oriente e no Norte de África. Unidos pela religião islâmica e dispondo, de grande rendimentos provenientes do petróleo, têm procurado opôr-seao domínio do Ocidente e do Estado de Israel.  A partir dos anos 80, o aparecimento de fracções islâmicas  radicais – O fundamentalismo – e a intervenção das grandes violentas que vieram agravar os vieram agravar os sofrimentos e a miséria das populações  O Terceiro Mundo 15
A África  A África, esmagada pela herança colonial e pelo neocolonialismo, é a região onde o subdesenvolvimento sempre apresentou aspectos mais brutais. A desertificação de extensas áreas do continente, a corrupção dos dirigentes e a instabilidade política de muitos países (onde se sucedem os golpes militares ou intermináveis e devastadoras guerras civis), mergulharam as populações no sofrimento, na doença e na fome). Os exemplos mais dramáticos dessas situações verificam-se na Etiópia, na Somália e no Burundi, provocando muitos milhares de vitimas. O Terceiro Mundo 16
Características O Terceiro Mundo 17
Económicas Rendimento “per capita” baixo; Mão-de-obra desqualificada; Exportação de produtos de baixo valor; Endividamento externo. O Terceiro Mundo 18
Demográficas Elevado crescimento; Taxa de mortalidade infantil elevada; Esperança média de vida baixa O Terceiro Mundo 19
Sociais Taxa de analfabetismo altas; Falta de assistência; Más condições de habitação; Fome; Escassez de alimentos generalizada. O Terceiro Mundo 20
Políticas Conflitos étnicos e fronteiriços, Governos corruptos e autocráticos, Desrespeitados os direitos humanos. O Terceiro Mundo 21
Conferência de Bandung Data: 18 a 24 de Abril de 1955Local: Indonésia     Participantes: 29 estados asiáticos (China, Filipinas, Japão, Índia, Paquistão, Turquia, Síria, Israel) e africanos (Etiópia, Líbia, Libéria e Egipto Objectivo:  Promoção da cooperação económica e cultural afro-asiática; Oposição ao que era considerado colonialismo ou neocolonialismo dos EUA, da URSS ou de outra nação considerada imperialista. O Terceiro Mundo 22
Os Dez Princípios da Conferência de Bandung:  Respeito aos direitos fundamentais, de acordo com a Carta da ONU; Respeito à soberania e integridade territorial de todas as nações; Reconhecimento da igualdade de todas as raças e nações, grandes e pequenas; Não-intervenção e não-ingerência nos assuntos internos de outro país; Respeito pelo direito de cada nação defender-se, individual e colectivamente, de acordo com a Carta da ONU; O Terceiro Mundo 23
Recusa na participação dos preparativos da defesa colectiva destinada a servir os interesses particulares das Superpotências; Abstenção de um acto ou ameaça de agressão, ou do emprego da força, contra a integridade territorial ou a independência política de outro país; Solução de todos os conflitos internacionais por meios pacíficos, de acordo com a Carta da ONU; Estímulo aos interesses mútuos de cooperação; Respeito pela justiça e obrigações internacionais. O Terceiro Mundo 24

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Wagner Silva
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Fernando Alcoforado
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Fernando Alcoforado
 
2º Va Grupo 8
2º Va   Grupo 82º Va   Grupo 8
2º Va Grupo 8
ProfMario De Mori
 
Fome no mundo
Fome no mundoFome no mundo
Fome no mundo
Ricardo Quirino
 
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Francini Domingues
 
Fome
FomeFome
Fome
dulcemarr
 
Ppt educação ciências_espaço_mundial_rem
Ppt educação ciências_espaço_mundial_remPpt educação ciências_espaço_mundial_rem
Ppt educação ciências_espaço_mundial_rem
jhhanne
 
A miséria no brasil
A miséria no brasilA miséria no brasil
A miséria no brasil
Flavia Scarioti
 
Estatisticas da fome
Estatisticas da fomeEstatisticas da fome
Estatisticas da fome
Gerson Valle
 
A era do globalismo – resumo do livro
A era do globalismo – resumo do livroA era do globalismo – resumo do livro
A era do globalismo – resumo do livro
Luci Bonini
 
Geografia modulo iii
Geografia modulo iiiGeografia modulo iii
Geografia modulo iii
Rita de Cássia Freitas
 
Teorias do crescimento demográfico
Teorias do crescimento demográficoTeorias do crescimento demográfico
Teorias do crescimento demográfico
Pedro Neves
 
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Hist doc 9.5
Hist doc 9.5Hist doc 9.5
Hist doc 9.5
bleckmouth
 
Subdesenvolvimento
SubdesenvolvimentoSubdesenvolvimento
Subdesenvolvimento
alfredo1ssa
 
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidadeO brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
Trabalho Expresso
 
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
Valeria Oliveira
 
Questões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de SociologiaQuestões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de Sociologia
Rudolf Rotchild Costa Cavalcante
 
Análise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sinteseAnálise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sintese
Bernadetecebs .
 

Mais procurados (20)

Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
 
2º Va Grupo 8
2º Va   Grupo 82º Va   Grupo 8
2º Va Grupo 8
 
Fome no mundo
Fome no mundoFome no mundo
Fome no mundo
 
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
 
Fome
FomeFome
Fome
 
Ppt educação ciências_espaço_mundial_rem
Ppt educação ciências_espaço_mundial_remPpt educação ciências_espaço_mundial_rem
Ppt educação ciências_espaço_mundial_rem
 
A miséria no brasil
A miséria no brasilA miséria no brasil
A miséria no brasil
 
Estatisticas da fome
Estatisticas da fomeEstatisticas da fome
Estatisticas da fome
 
A era do globalismo – resumo do livro
A era do globalismo – resumo do livroA era do globalismo – resumo do livro
A era do globalismo – resumo do livro
 
Geografia modulo iii
Geografia modulo iiiGeografia modulo iii
Geografia modulo iii
 
Teorias do crescimento demográfico
Teorias do crescimento demográficoTeorias do crescimento demográfico
Teorias do crescimento demográfico
 
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
Exercícios de geografia - Regionalização Mundial - 8º ano do E.F.2
 
Hist doc 9.5
Hist doc 9.5Hist doc 9.5
Hist doc 9.5
 
Subdesenvolvimento
SubdesenvolvimentoSubdesenvolvimento
Subdesenvolvimento
 
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidadeO brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
 
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
Fome e Desperdício de Alimentos: Rastros de uma Logística Ineficaz?
 
Questões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de SociologiaQuestões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de Sociologia
 
Análise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sinteseAnálise de conjuntura sintese
Análise de conjuntura sintese
 

Semelhante a Cristiana, ana paula, joao santos e bruno

Trabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºeTrabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºe
Carla Teixeira
 
Trabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºeTrabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºe
Carla Teixeira
 
Terceiro mundo
Terceiro mundoTerceiro mundo
Terceiro mundo
Carlos Vieira
 
Problemas DemográFicos
Problemas DemográFicosProblemas DemográFicos
Problemas DemográFicos
gmshenn
 
slide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.pptslide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.ppt
GameManiaBM
 
O fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoO fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundo
Fernando Alcoforado
 
Desiguladades sociais
Desiguladades sociaisDesiguladades sociais
Desiguladades sociais
Escola Municipal
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
kauavitorrayol
 
Hist
HistHist
Hist
Ana Rita
 
A decadência da humanidade
A decadência da humanidadeA decadência da humanidade
A decadência da humanidade
Fernando Alcoforado
 
Resolução do III Congresso do PSOL.
Resolução do III Congresso do PSOL.Resolução do III Congresso do PSOL.
Resolução do III Congresso do PSOL.
psolcambui
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 
O terceiro mundo
O terceiro mundo O terceiro mundo
O terceiro mundo
Diogo Lopes
 
O terceiro mundo versao 2
O terceiro mundo versao 2O terceiro mundo versao 2
O terceiro mundo versao 2
Diogo Lopes
 
Desigualdades de desenvolvimento
Desigualdades de desenvolvimentoDesigualdades de desenvolvimento
Desigualdades de desenvolvimento
guestf23b61
 
Terceiro mundo
Terceiro mundoTerceiro mundo
Terceiro mundo
maria40
 
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá losOs vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
Fernando Alcoforado
 
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.gRelações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
maria40
 
Desterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedadeDesterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedade
Atividades Diversas Cláudia
 

Semelhante a Cristiana, ana paula, joao santos e bruno (20)

Trabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºeTrabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºe
 
Trabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºeTrabalho de história . 9ºe
Trabalho de história . 9ºe
 
Terceiro mundo
Terceiro mundoTerceiro mundo
Terceiro mundo
 
Problemas DemográFicos
Problemas DemográFicosProblemas DemográFicos
Problemas DemográFicos
 
slide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.pptslide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.ppt
 
O fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoO fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundo
 
Desiguladades sociais
Desiguladades sociaisDesiguladades sociais
Desiguladades sociais
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
uma apresentação escolar com o tema sobre pobreza no mundo contemporâneo e mo...
 
Hist
HistHist
Hist
 
A decadência da humanidade
A decadência da humanidadeA decadência da humanidade
A decadência da humanidade
 
Resolução do III Congresso do PSOL.
Resolução do III Congresso do PSOL.Resolução do III Congresso do PSOL.
Resolução do III Congresso do PSOL.
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
O terceiro mundo
O terceiro mundo O terceiro mundo
O terceiro mundo
 
O terceiro mundo versao 2
O terceiro mundo versao 2O terceiro mundo versao 2
O terceiro mundo versao 2
 
Desigualdades de desenvolvimento
Desigualdades de desenvolvimentoDesigualdades de desenvolvimento
Desigualdades de desenvolvimento
 
Terceiro mundo
Terceiro mundoTerceiro mundo
Terceiro mundo
 
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá losOs vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
Os vários tipos de terrorismo no mundo e como derrotá los
 
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.gRelações econ. e soc.após 2ª g.g
Relações econ. e soc.após 2ª g.g
 
Desterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedadeDesterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedade
 

Mais de Carla Teixeira

A civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.pptA civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.ppt
Carla Teixeira
 
1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt
Carla Teixeira
 
a polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppta polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppt
Carla Teixeira
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
Carla Teixeira
 
Arte renascentista parte 3
Arte renascentista  parte 3Arte renascentista  parte 3
Arte renascentista parte 3
Carla Teixeira
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
Carla Teixeira
 
A reforma religiosa parte 2
A reforma religiosa  parte 2A reforma religiosa  parte 2
A reforma religiosa parte 2
Carla Teixeira
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
Carla Teixeira
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3
Carla Teixeira
 
A contra reforma parte 2
A contra reforma   parte 2A contra reforma   parte 2
A contra reforma parte 2
Carla Teixeira
 
A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2
Carla Teixeira
 
O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1
Carla Teixeira
 
Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2
Carla Teixeira
 
Neoclássico parte3
Neoclássico parte3Neoclássico parte3
Neoclássico parte3
Carla Teixeira
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
Carla Teixeira
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
Carla Teixeira
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
Carla Teixeira
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
Carla Teixeira
 
Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3
Carla Teixeira
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
Carla Teixeira
 

Mais de Carla Teixeira (20)

A civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.pptA civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.ppt
 
1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt
 
a polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppta polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppt
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
 
Arte renascentista parte 3
Arte renascentista  parte 3Arte renascentista  parte 3
Arte renascentista parte 3
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
A reforma religiosa parte 2
A reforma religiosa  parte 2A reforma religiosa  parte 2
A reforma religiosa parte 2
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3
 
A contra reforma parte 2
A contra reforma   parte 2A contra reforma   parte 2
A contra reforma parte 2
 
A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2
 
O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1
 
Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2
 
Neoclássico parte3
Neoclássico parte3Neoclássico parte3
Neoclássico parte3
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
 
Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
 

Cristiana, ana paula, joao santos e bruno

  • 1. O terceiro mundo Escola secundaria Inês de Castro 2010/2011 Trabalho realizado por: Ana Paula Bruno Dias Cristiana Sousa João Santos O Terceiro Mundo 1
  • 2.
  • 4. Problemas do terceiro mundo Um PNB por habitante excessivamente baixo, agravado pelas profundas desigualdades sociais. O Terceiro Mundo 4
  • 5. Elevada taxa de analfabetismo, uns dos principais obstáculos ao desenvolvimento. Predomínio de sector primário com uma agricultura pouco desenvolvida. Subnutrição e deficientes condições sanitárias para vastas camadas de população. O Terceiro Mundo 5
  • 6. A pobreza no terceiro mundo 1,1 bilião de pessoas vivem na pobreza nos países do terceiro mundo, destas. 630 milhões são extremamente pobres. Estas pessoas vivem sem água potável, passam fome. 150 milhões de crianças com menos de 5 anos são subnutridas. Mas, todos os anos 12,9 milhões de crianças morrem antes de completar os 5 anos de idade. O Terceiro Mundo 6
  • 7. Porque que o terceiro mundo adquiriu uma importância a nível mundial ? Possuia maior parte da população. As conferencias de Bandung (1955) e de Belgrado (1961) deram voz e visibilidade aos povos destes países. A crise de Suez (1956) fomentouimportância política do terceiro mundo. A segunda vaga de descolonizações aumentou ainda mais o peso politico do terceiro mundo O Terceiro Mundo 7
  • 8. A “morte” do complexo de inferioridade Em Bandung, os representantes dos países africanos e asiáticos tomam uma resolução que vai permitir-lhes participar inteiramente na política internacional. Tomando consciência do destino e dos interesses das suas comunidades, os " antigos colonizados " unem-se para afirmar o anti-imperialismo, o não alinhamento e o direito ao desenvolvimento. O Terceiro Mundo 8
  • 9. Conceito de Subdesenvolvimento O termo subdesenvolvimento surgiu após a Segunda Guerra Mundial, nos documentos dos organismos internacionais, como a ONU e a UNESCO, principalmente. O Terceiro Mundo 9
  • 10. A “descoberta” do subdesenvolvimento deu-se com a descolonização e com a publicação pelos organismos internacionais de dados estatísticos dos diversos países do mundo (índice de mortalidade, salário, formas de alimentação, habitação, consumo, distribuição de renda, etc.). O Terceiro Mundo 10
  • 11. Esses dados revelaram um verdadeiro “abismo” entre o conjunto dos países desenvolvidos e o dos subdesenvolvidos. O Terceiro Mundo 11
  • 13. A América latina Sob a sua aparente uniformidade, o conjunto de países do Terceiro Mundo reunia uma grande variedade de situações. Os países da América Latina, sujeitos à tutela comercial e financeira dos EUA, assistiram ao agravamento das desigualdades dos sintomas de subdesenvolvimento de muitas das suas regiões. Para conter a ameaça de explosões sociais, em muitos deles foram instauradas, nos anos 70 e 80 do séc., violentas ditaduras militares, por vezes com o apoio dos EUA. Nos outros, triunfaram regimes sociais (como aconteceu em Cuba e durante algum tempo, no Chile e na Nicarágua)Embora a partir da década de 90, se tivessem restabelecido em quase todos esses países regimes democráticos, a América Latina continuou até aos nossos dias a enfrentar dificuldades. O Terceiro Mundo 13
  • 14. A Ásia e o mundo Muçulmano Herdeiros de civilizações brilhantes, a maioria dos países asiáticos enfrentaram, todavia, graves problemas económicos e sociais, em parte devido `aexplosão demográfica. Para tentar resolver esses problemas optaram por soluções socialistas, enquanto outros seguiram a via do capitalismo e da modernização tecnológica, procurando imitar o modelo Japonês. O Terceiro Mundo 14
  • 15. Situação especial é a dos países muçulmanos, localizados sobretudo no Médio Oriente e no Norte de África. Unidos pela religião islâmica e dispondo, de grande rendimentos provenientes do petróleo, têm procurado opôr-seao domínio do Ocidente e do Estado de Israel. A partir dos anos 80, o aparecimento de fracções islâmicas radicais – O fundamentalismo – e a intervenção das grandes violentas que vieram agravar os vieram agravar os sofrimentos e a miséria das populações O Terceiro Mundo 15
  • 16. A África A África, esmagada pela herança colonial e pelo neocolonialismo, é a região onde o subdesenvolvimento sempre apresentou aspectos mais brutais. A desertificação de extensas áreas do continente, a corrupção dos dirigentes e a instabilidade política de muitos países (onde se sucedem os golpes militares ou intermináveis e devastadoras guerras civis), mergulharam as populações no sofrimento, na doença e na fome). Os exemplos mais dramáticos dessas situações verificam-se na Etiópia, na Somália e no Burundi, provocando muitos milhares de vitimas. O Terceiro Mundo 16
  • 18. Económicas Rendimento “per capita” baixo; Mão-de-obra desqualificada; Exportação de produtos de baixo valor; Endividamento externo. O Terceiro Mundo 18
  • 19. Demográficas Elevado crescimento; Taxa de mortalidade infantil elevada; Esperança média de vida baixa O Terceiro Mundo 19
  • 20. Sociais Taxa de analfabetismo altas; Falta de assistência; Más condições de habitação; Fome; Escassez de alimentos generalizada. O Terceiro Mundo 20
  • 21. Políticas Conflitos étnicos e fronteiriços, Governos corruptos e autocráticos, Desrespeitados os direitos humanos. O Terceiro Mundo 21
  • 22. Conferência de Bandung Data: 18 a 24 de Abril de 1955Local: Indonésia Participantes: 29 estados asiáticos (China, Filipinas, Japão, Índia, Paquistão, Turquia, Síria, Israel) e africanos (Etiópia, Líbia, Libéria e Egipto Objectivo: Promoção da cooperação económica e cultural afro-asiática; Oposição ao que era considerado colonialismo ou neocolonialismo dos EUA, da URSS ou de outra nação considerada imperialista. O Terceiro Mundo 22
  • 23. Os Dez Princípios da Conferência de Bandung: Respeito aos direitos fundamentais, de acordo com a Carta da ONU; Respeito à soberania e integridade territorial de todas as nações; Reconhecimento da igualdade de todas as raças e nações, grandes e pequenas; Não-intervenção e não-ingerência nos assuntos internos de outro país; Respeito pelo direito de cada nação defender-se, individual e colectivamente, de acordo com a Carta da ONU; O Terceiro Mundo 23
  • 24. Recusa na participação dos preparativos da defesa colectiva destinada a servir os interesses particulares das Superpotências; Abstenção de um acto ou ameaça de agressão, ou do emprego da força, contra a integridade territorial ou a independência política de outro país; Solução de todos os conflitos internacionais por meios pacíficos, de acordo com a Carta da ONU; Estímulo aos interesses mútuos de cooperação; Respeito pela justiça e obrigações internacionais. O Terceiro Mundo 24