SlideShare uma empresa Scribd logo
LA CRISE DE L'EMPIRE
PORTUGAIS DE L'ORIENT
A partir de meados do século XVI, o Império Português do
Oriente começou a atravessar um período de crise profunda,
que viria a culminar com a perda de alguns territórios.
Foram várias as causas para essa crise.
CAUSAS PROVENIENTES DA
ORGANIZAÇÃO DO IMPÉRIO
Fraco desenvolvimento económico do País.
Falta de gente (para povoar o País e o Império).
Inexistência de uma burguesia ativa, que pudesse
ajudar a desenvolver o comércio.
O Império do Oriente era muito grande e disperso.
Falta de controlo efetivo da produção de especiarias (os
portugueses dependiam dos intermediários locais).
Os funcionários portugueses no Oriente eram corruptos
(doc. 4, p. 39).
Concorrência direta de ingleses, holandeses e franceses
(doc. 5, p. 39).
Aumento do número de
naufrágios, devido aos
ataques, mas também à
sobrecarga dos navios ou à má
arrumação da carga (doc. 2,
p,38).
CAUSAS PROVENIENTES DA
CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL
Reanimação das rotas do Levante, em concorrência
directa com a rota do Cabo.
Portugal viu-se confrontado com uma diminuição das receitas
do comércio (Portugal ganhava menos dinheiro) e a um
aumento das despesas, principalmente relacionadas com a
defesa dos nossos interesses.
PORTUGAL PERDE VÁRIAS PRAÇAS NO
ORIENTE:
Expulsão dos portugueses do Japão (1617).
Os Ingleses tomaram Ormuz (1622) e Bombaim (1661).
Os Holandeses tomaram Malaca (1641), Achém (1642),
Ceilão (1658), Cochim e Cananor (1664).
GRAVE CRISE COMERCIAL:
1549 – falência da feitoria portuguesa em Antuérpia
(Flandres).
1570 – fim do monopólio régio sobre o comércio com o
Oriente.
TENTATIVAS DE RESOLUÇÃO DA CRISE:
Novas formas de organização do comércio – contratos com
particulares ou comércio livre.
Criação de Companhias de Comércio.
Recurso ao comércio local, com produtos alternativos às
especiarias (pérolas, pedras preciosas, seda, algodão,
porcelanas, mobiliário).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
oliviaguerra
 
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIALHISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
Ivone Schofield
 
A europa e o mundo no limiar do séc. xx
A europa e o mundo no limiar do séc. xxA europa e o mundo no limiar do séc. xx
A europa e o mundo no limiar do séc. xx
Lucilia Fonseca
 
A europa e o mundo no limiar do sec XX
A europa e o mundo no limiar do sec XXA europa e o mundo no limiar do sec XX
A europa e o mundo no limiar do sec XX
esa9b
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
Teresa Maia
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ana Barreiros
 
A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx
Teresa Maia
 
A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90
BarbaraSilveira9
 
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeuUnidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
Vítor Santos
 
Imperialismo e Colonialismo
Imperialismo e ColonialismoImperialismo e Colonialismo
Imperialismo e Colonialismo
ricardup
 
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
Vítor Santos
 
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
Vítor Santos
 
H2 o caso português
H2 o caso portuguêsH2 o caso português
H2 o caso português
Vítor Santos
 
Power Point De HistóRia
Power Point De HistóRiaPower Point De HistóRia
Power Point De HistóRia
guestde15028
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
Vítor Santos
 
Hist 9 ficha 1 colonialismo
Hist 9 ficha 1 colonialismoHist 9 ficha 1 colonialismo
Hist 9 ficha 1 colonialismo
Isabel Alexandra
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
cattonia
 
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
Beatriz Alexandra
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
Aulas de História
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
Maria Gomes
 

Mais procurados (20)

Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
 
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIALHISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
HISTÓRIA 9º ano Ficha de Apoio nº 5 - A EUROPA ANTES DA I GUERRA MUNDIAL
 
A europa e o mundo no limiar do séc. xx
A europa e o mundo no limiar do séc. xxA europa e o mundo no limiar do séc. xx
A europa e o mundo no limiar do séc. xx
 
A europa e o mundo no limiar do sec XX
A europa e o mundo no limiar do sec XXA europa e o mundo no limiar do sec XX
A europa e o mundo no limiar do sec XX
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
 
A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx A Europa e o mundo no limiar do século xx
A Europa e o mundo no limiar do século xx
 
A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90A crise financeira de 1880-90
A crise financeira de 1880-90
 
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeuUnidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
 
Imperialismo e Colonialismo
Imperialismo e ColonialismoImperialismo e Colonialismo
Imperialismo e Colonialismo
 
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
12 o após_guerra_fria_e_a_globlização
 
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
 
H2 o caso português
H2 o caso portuguêsH2 o caso português
H2 o caso português
 
Power Point De HistóRia
Power Point De HistóRiaPower Point De HistóRia
Power Point De HistóRia
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
 
Hist 9 ficha 1 colonialismo
Hist 9 ficha 1 colonialismoHist 9 ficha 1 colonialismo
Hist 9 ficha 1 colonialismo
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
 
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
Portugal da 1º Republica á Ditadura Militar
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 

Destaque

Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreformaHh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
Luisa Jesus
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
Luisa Jesus
 
/.º ano, História, aula 1
/.º  ano, História, aula 1/.º  ano, História, aula 1
/.º ano, História, aula 1
Carlos Pinheiro
 
Pedro santos nº 21
Pedro santos   nº 21Pedro santos   nº 21
Pedro santos nº 21
luisaprof
 
900 História de um rei
900   História de um rei900   História de um rei
900 História de um rei
Carlos Pinheiro
 
O mundo helénico no séc V a. C. - Cultura e desporto
O  mundo helénico no séc  V a. C. - Cultura e desportoO  mundo helénico no séc  V a. C. - Cultura e desporto
O mundo helénico no séc V a. C. - Cultura e desporto
Carlos Pinheiro
 
O mundo helénico no séc. V a. C. - A arte grega
O  mundo helénico no séc. V a. C.  - A arte gregaO  mundo helénico no séc. V a. C.  - A arte grega
O mundo helénico no séc. V a. C. - A arte grega
Carlos Pinheiro
 
O mundo helénico no século V a. C. - Democracia
O  mundo helénico no século V a. C. - DemocraciaO  mundo helénico no século V a. C. - Democracia
O mundo helénico no século V a. C. - Democracia
Carlos Pinheiro
 
A Antiga Mesopotâmia
A Antiga MesopotâmiaA Antiga Mesopotâmia
A Antiga Mesopotâmia
Carlos Pinheiro
 
O mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
 O  mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis O  mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
O mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
Carlos Pinheiro
 
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
Carlos Pinheiro
 
Fenícios e hebreus
Fenícios e hebreusFenícios e hebreus
Fenícios e hebreus
Carlos Pinheiro
 
Arte e religião no Paleolítico
Arte e religião no PaleolíticoArte e religião no Paleolítico
Arte e religião no Paleolítico
Carlos Pinheiro
 
A vida no paleolítico
A vida no paleolíticoA vida no paleolítico
A vida no paleolítico
Carlos Pinheiro
 
A revolução científica dos séculos xvii e xviii
A revolução científica dos séculos xvii e xviiiA revolução científica dos séculos xvii e xviii
A revolução científica dos séculos xvii e xviii
Carlos Pinheiro
 
O triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberaisO triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberais
Carlos Pinheiro
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
Carlos Pinheiro
 
Arquitetura megalítica
Arquitetura megalíticaArquitetura megalítica
Arquitetura megalítica
Carlos Pinheiro
 
Civiliz.egipcia
Civiliz.egipciaCiviliz.egipcia
Civiliz.egipcia
luisaprof
 
Antigo Egito - escrita, ciência e arte
Antigo Egito - escrita, ciência e arteAntigo Egito - escrita, ciência e arte
Antigo Egito - escrita, ciência e arte
Carlos Pinheiro
 

Destaque (20)

Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreformaHh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
Hh8 powerpoint e2_reforma_contrarreforma
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
/.º ano, História, aula 1
/.º  ano, História, aula 1/.º  ano, História, aula 1
/.º ano, História, aula 1
 
Pedro santos nº 21
Pedro santos   nº 21Pedro santos   nº 21
Pedro santos nº 21
 
900 História de um rei
900   História de um rei900   História de um rei
900 História de um rei
 
O mundo helénico no séc V a. C. - Cultura e desporto
O  mundo helénico no séc  V a. C. - Cultura e desportoO  mundo helénico no séc  V a. C. - Cultura e desporto
O mundo helénico no séc V a. C. - Cultura e desporto
 
O mundo helénico no séc. V a. C. - A arte grega
O  mundo helénico no séc. V a. C.  - A arte gregaO  mundo helénico no séc. V a. C.  - A arte grega
O mundo helénico no séc. V a. C. - A arte grega
 
O mundo helénico no século V a. C. - Democracia
O  mundo helénico no século V a. C. - DemocraciaO  mundo helénico no século V a. C. - Democracia
O mundo helénico no século V a. C. - Democracia
 
A Antiga Mesopotâmia
A Antiga MesopotâmiaA Antiga Mesopotâmia
A Antiga Mesopotâmia
 
O mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
 O  mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis O  mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
O mundo helénico no sécV a. C. - Deuses e heróis
 
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
Enciclopédia: de Diderot à Wikipédia (... e mais além)
 
Fenícios e hebreus
Fenícios e hebreusFenícios e hebreus
Fenícios e hebreus
 
Arte e religião no Paleolítico
Arte e religião no PaleolíticoArte e religião no Paleolítico
Arte e religião no Paleolítico
 
A vida no paleolítico
A vida no paleolíticoA vida no paleolítico
A vida no paleolítico
 
A revolução científica dos séculos xvii e xviii
A revolução científica dos séculos xvii e xviiiA revolução científica dos séculos xvii e xviii
A revolução científica dos séculos xvii e xviii
 
O triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberaisO triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberais
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
 
Arquitetura megalítica
Arquitetura megalíticaArquitetura megalítica
Arquitetura megalítica
 
Civiliz.egipcia
Civiliz.egipciaCiviliz.egipcia
Civiliz.egipcia
 
Antigo Egito - escrita, ciência e arte
Antigo Egito - escrita, ciência e arteAntigo Egito - escrita, ciência e arte
Antigo Egito - escrita, ciência e arte
 

Semelhante a Crise imperio oriente

Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8º
Nuno Faustino
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
victorjunio82
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
Maria Gomes
 
União Ibérica
União IbéricaUnião Ibérica
União Ibérica
Maria Gomes
 
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
Raquel Sousa
 
Comerciointernacional resumo
Comerciointernacional resumoComerciointernacional resumo
Comerciointernacional resumo
Mateus Tanita
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
Jonatas Carlos
 
Tempo colonia data
Tempo colonia dataTempo colonia data
Tempo colonia data
cursinhoembu
 
Expansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdfExpansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdf
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
O império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacionalO império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacional
Lucilia Fonseca
 
Expansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do territórioExpansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do território
blognetotudo
 
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
blognetotudo
 
Crise o império Português e União Ibérica.pptx
Crise o império Português e União Ibérica.pptxCrise o império Português e União Ibérica.pptx
Crise o império Português e União Ibérica.pptx
Conceio10
 
3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia
Lucas Cechinel
 
A Crise Do Império Português
A Crise Do Império PortuguêsA Crise Do Império Português
A Crise Do Império Português
Carlos Vieira
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Felipe Vaitsman
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
carloshistoriador
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
carloshistoriador
 
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptxO Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
RosianneRaimundo
 
Hgp6 ficha 1a_prop_resol
Hgp6 ficha 1a_prop_resolHgp6 ficha 1a_prop_resol
Hgp6 ficha 1a_prop_resol
Cláudia Matias
 

Semelhante a Crise imperio oriente (20)

Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8º
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
 
União Ibérica
União IbéricaUnião Ibérica
União Ibérica
 
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
 
Comerciointernacional resumo
Comerciointernacional resumoComerciointernacional resumo
Comerciointernacional resumo
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
 
Tempo colonia data
Tempo colonia dataTempo colonia data
Tempo colonia data
 
Expansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdfExpansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdf
 
O império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacionalO império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacional
 
Expansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do territórioExpansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do território
 
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)Expansão ultramarina e conquista do território (1)
Expansão ultramarina e conquista do território (1)
 
Crise o império Português e União Ibérica.pptx
Crise o império Português e União Ibérica.pptxCrise o império Português e União Ibérica.pptx
Crise o império Português e União Ibérica.pptx
 
3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia
 
A Crise Do Império Português
A Crise Do Império PortuguêsA Crise Do Império Português
A Crise Do Império Português
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
 
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptxO Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
O Antigo Regime em Portugal - Raquel Bruno nº25; Rosianne Raimundo nº28.pptx
 
Hgp6 ficha 1a_prop_resol
Hgp6 ficha 1a_prop_resolHgp6 ficha 1a_prop_resol
Hgp6 ficha 1a_prop_resol
 

Mais de luisaprof

25 de abril ... em Imagens
25 de abril ... em Imagens25 de abril ... em Imagens
25 de abril ... em Imagens
luisaprof
 
Hist natal
Hist natalHist natal
Hist natal
luisaprof
 
História S. Martinho
História S.  MartinhoHistória S.  Martinho
História S. Martinho
luisaprof
 
Be alice entregravuras_gianni rodari
Be alice entregravuras_gianni rodariBe alice entregravuras_gianni rodari
Be alice entregravuras_gianni rodari
luisaprof
 
Vamosconhecerabiblioteca1ºano
Vamosconhecerabiblioteca1ºanoVamosconhecerabiblioteca1ºano
Vamosconhecerabiblioteca1ºano
luisaprof
 
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-coresDia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
luisaprof
 
Arquitectura do renascimento
Arquitectura do renascimentoArquitectura do renascimento
Arquitectura do renascimento
luisaprof
 
Os portugues no oriente 8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
Os portugues no oriente   8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)Os portugues no oriente   8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
Os portugues no oriente 8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
luisaprof
 
Halloween
HalloweenHalloween
Halloween
luisaprof
 
Invasões Barbaras
Invasões BarbarasInvasões Barbaras
Invasões Barbaras
luisaprof
 

Mais de luisaprof (10)

25 de abril ... em Imagens
25 de abril ... em Imagens25 de abril ... em Imagens
25 de abril ... em Imagens
 
Hist natal
Hist natalHist natal
Hist natal
 
História S. Martinho
História S.  MartinhoHistória S.  Martinho
História S. Martinho
 
Be alice entregravuras_gianni rodari
Be alice entregravuras_gianni rodariBe alice entregravuras_gianni rodari
Be alice entregravuras_gianni rodari
 
Vamosconhecerabiblioteca1ºano
Vamosconhecerabiblioteca1ºanoVamosconhecerabiblioteca1ºano
Vamosconhecerabiblioteca1ºano
 
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-coresDia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
Dia mundial-da-criança---a-preto-e-branco-e-a-cores
 
Arquitectura do renascimento
Arquitectura do renascimentoArquitectura do renascimento
Arquitectura do renascimento
 
Os portugues no oriente 8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
Os portugues no oriente   8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)Os portugues no oriente   8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
Os portugues no oriente 8º6ª (liliana, diogo mateus leandro daniel e joana)
 
Halloween
HalloweenHalloween
Halloween
 
Invasões Barbaras
Invasões BarbarasInvasões Barbaras
Invasões Barbaras
 

Último

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
MarcoAurlioResende
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 

Crise imperio oriente

  • 1. LA CRISE DE L'EMPIRE PORTUGAIS DE L'ORIENT
  • 2. A partir de meados do século XVI, o Império Português do Oriente começou a atravessar um período de crise profunda, que viria a culminar com a perda de alguns territórios. Foram várias as causas para essa crise.
  • 3. CAUSAS PROVENIENTES DA ORGANIZAÇÃO DO IMPÉRIO Fraco desenvolvimento económico do País. Falta de gente (para povoar o País e o Império). Inexistência de uma burguesia ativa, que pudesse ajudar a desenvolver o comércio.
  • 4. O Império do Oriente era muito grande e disperso.
  • 5. Falta de controlo efetivo da produção de especiarias (os portugueses dependiam dos intermediários locais). Os funcionários portugueses no Oriente eram corruptos (doc. 4, p. 39).
  • 6. Concorrência direta de ingleses, holandeses e franceses (doc. 5, p. 39). Aumento do número de naufrágios, devido aos ataques, mas também à sobrecarga dos navios ou à má arrumação da carga (doc. 2, p,38). CAUSAS PROVENIENTES DA CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL
  • 7. Reanimação das rotas do Levante, em concorrência directa com a rota do Cabo.
  • 8. Portugal viu-se confrontado com uma diminuição das receitas do comércio (Portugal ganhava menos dinheiro) e a um aumento das despesas, principalmente relacionadas com a defesa dos nossos interesses.
  • 9. PORTUGAL PERDE VÁRIAS PRAÇAS NO ORIENTE: Expulsão dos portugueses do Japão (1617). Os Ingleses tomaram Ormuz (1622) e Bombaim (1661). Os Holandeses tomaram Malaca (1641), Achém (1642), Ceilão (1658), Cochim e Cananor (1664).
  • 10. GRAVE CRISE COMERCIAL: 1549 – falência da feitoria portuguesa em Antuérpia (Flandres). 1570 – fim do monopólio régio sobre o comércio com o Oriente.
  • 11. TENTATIVAS DE RESOLUÇÃO DA CRISE: Novas formas de organização do comércio – contratos com particulares ou comércio livre. Criação de Companhias de Comércio. Recurso ao comércio local, com produtos alternativos às especiarias (pérolas, pedras preciosas, seda, algodão, porcelanas, mobiliário).