SlideShare uma empresa Scribd logo
A CRISE DE 1929 E A GRANDE
DEPRESSÃO
CRISE DE 1929 E A GRANDE DEPRESSÃO
• Europa destruída
• Desemprego e inflação
• Contexto contrário nos Estados Unidos
• EUA: Investimento na América,
empréstimos e investimento na classe
média
• Emerge como uma potência capitalista
pós guerra
CLIMA DE EUFORIA NOS
ESTADOS UNIDOS
• Recuperação pós guerra dependente dos
EUA
• AMERICAN WAY OF LIVE
• Indústria: Crescimento industrial e
concentração (trustes e holdings)
eliminando a concorrência de pequenas
empresas e favorecendo o crescimento de
empresas abertas (S/A)
• Venda de ações de empresas em
crescimento
AS AÇÕES ECONOMICAS
• Países europeus adotam medidas protecionistas para diminuir concorrência
• Investimento no setor agrícola e elevando taxas de exportação
• Empréstimos de bancos para investir na produção em larga escala
A CAMINHO DA CRISE
• Ganhos fáceis na Bolsa de
Valores
• Produção industrial passa a
ter dificuldade nas vendas,
mas as ações continuavam
valorizadas
A CRISE DE 1929
• Otimismo na economia e investimento na
compra de ações
• Crença na saúde financeira das empresas
• Superprodução das empresas
• Endividamento dos consumidores por
meio de crediários
• Muitos passam a perder a confiança nas
empresas e vender suas ações
A CRISE DE 29
• Rumores sobre as dificuldades
econômicas levam investidores
oferecerem 16 milhões de títulos
sem que houvesse compradores,
desvalorizando-as
• Em menos de 1 mês as ações
desvalorizam aproximadamente 40%
• Grande impacto em bancos
financiadores
A GRANDE DEPRESSÃO
• 1929-1939: Crise chega a outros
países
• Elevação de tarifas alfandegárias
geram crise no mercado
internacional (-33%)
• Desemprego em massa na indústria
• Críticas ao modelo capitalista
• Enquanto isso a URSS não entrava
em crise
  crise de 1929 e a grande depressão
  crise de 1929 e a grande depressão
  crise de 1929 e a grande depressão
  crise de 1929 e a grande depressão
  crise de 1929 e a grande depressão
O NEW DEAL
• Eleição de Franklin Roosevelt
• Acreditava que a crise havia ser motivada
pelo excesso de produção e a não
correspondente capacidade de consumo
MEDIDAS:
Fechamento temporário de bancos
Requisição do estoque de ouro
Ampliação da desvalorização do dólar
Aumento salarial (elevar consumo)
Investimento Estatal e criação de empregos
(obras publicas)
Liberação de verbas para o seguro
desemprego
NEW DEAL
• LEI DE AJUSTAMENTO AGRÍCOLA:
Redução de produção indenizada
• LEI DE RECUPERAÇÃO DA INDÚSTRIA:
Evitar formações de quarteis,
assegurar salário mínimo e limitar
jornada de trabalho
• Tabelamento de preço de produtos
básicos
• Garante a reeleição de Roosevelt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
Marcelo Celloto
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Douglas Barraqui
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
Jorge Almeida
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Edenilson Morais
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Alan
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Elaine Bogo Pavani
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
Daniel Alves Bronstrup
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Paulo Alexandre
 
1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) 1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos)
Izaac Erder
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
Edenilson Morais
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Victor Said
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
Vagner Roberto
 
Slides 1ª guerra mundial
Slides  1ª guerra mundialSlides  1ª guerra mundial
Slides 1ª guerra mundial
Ferdinando Scappa
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
Janaina Flavia Santos Azevedo
 
O mundo depois da primeira guerra mundial slide
O mundo depois da primeira guerra mundial slideO mundo depois da primeira guerra mundial slide
O mundo depois da primeira guerra mundial slide
Nome Sobrenome
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
Paulo Alexandre
 

Mais procurados (20)

Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) 1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos)
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
 
Slides 1ª guerra mundial
Slides  1ª guerra mundialSlides  1ª guerra mundial
Slides 1ª guerra mundial
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
 
O mundo depois da primeira guerra mundial slide
O mundo depois da primeira guerra mundial slideO mundo depois da primeira guerra mundial slide
O mundo depois da primeira guerra mundial slide
 
Nazismo e Fascismo
Nazismo e FascismoNazismo e Fascismo
Nazismo e Fascismo
 

Semelhante a crise de 1929 e a grande depressão

Os anos 1920 e a grande depressão
Os anos 1920 e a grande depressãoOs anos 1920 e a grande depressão
Os anos 1920 e a grande depressão
Fernando Fagundes
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
Teresa Maia
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
CSD
 
A crise de 1929 e o new deal 2017
A crise de 1929 e o new deal   2017A crise de 1929 e o new deal   2017
A crise de 1929 e o new deal 2017
Nelia Salles Nantes
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Margarida Moreira
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Escoladocs
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
cristferfer
 
A crise de 1929 prof nélia-2015
A crise de 1929 prof nélia-2015A crise de 1929 prof nélia-2015
A crise de 1929 prof nélia-2015
Nelia Salles Nantes
 
A crise de 1929 prof nélia-2014
A crise de 1929 prof nélia-2014A crise de 1929 prof nélia-2014
A crise de 1929 prof nélia-2014
Nelia Salles Nantes
 
A crise de 1929 prof nélia
A crise de 1929 prof néliaA crise de 1929 prof nélia
A crise de 1929 prof nélia
historiando
 
CRISE DE 1929
CRISE DE 1929CRISE DE 1929
CRISE DE 1929
Marcelo Celloto
 
46 a crise dos anos 30
46   a crise dos anos 3046   a crise dos anos 30
46 a crise dos anos 30
Carla Freitas
 
Crise 1
Crise 1Crise 1
Trabalho de história
Trabalho de históriaTrabalho de história
Trabalho de história
Ivo Sousa
 
Com
ComCom
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Laboratório de História
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
Nelia Salles Nantes
 
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
DanilloBarros5
 
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaacrise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
adriani23
 
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
AlessandroTeixeira23
 

Semelhante a crise de 1929 e a grande depressão (20)

Os anos 1920 e a grande depressão
Os anos 1920 e a grande depressãoOs anos 1920 e a grande depressão
Os anos 1920 e a grande depressão
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
 
A crise de 1929 e o new deal 2017
A crise de 1929 e o new deal   2017A crise de 1929 e o new deal   2017
A crise de 1929 e o new deal 2017
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A crise de 1929 prof nélia-2015
A crise de 1929 prof nélia-2015A crise de 1929 prof nélia-2015
A crise de 1929 prof nélia-2015
 
A crise de 1929 prof nélia-2014
A crise de 1929 prof nélia-2014A crise de 1929 prof nélia-2014
A crise de 1929 prof nélia-2014
 
A crise de 1929 prof nélia
A crise de 1929 prof néliaA crise de 1929 prof nélia
A crise de 1929 prof nélia
 
CRISE DE 1929
CRISE DE 1929CRISE DE 1929
CRISE DE 1929
 
46 a crise dos anos 30
46   a crise dos anos 3046   a crise dos anos 30
46 a crise dos anos 30
 
Crise 1
Crise 1Crise 1
Crise 1
 
Trabalho de história
Trabalho de históriaTrabalho de história
Trabalho de história
 
Com
ComCom
Com
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
 
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaacrise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
 
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
Crisede1929 141214091313-conversion-gate02
 

Mais de Colégio Basic e Colégio Imperatrice

a era vargas (1930-1937)
a era vargas (1930-1937)a era vargas (1930-1937)
a era vargas (1930-1937)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Os estados unidos no século xix e imperialismo
Os estados unidos no século xix e imperialismo Os estados unidos no século xix e imperialismo
Os estados unidos no século xix e imperialismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
 grécia - antiguidade clássica -  6ºAno grécia - antiguidade clássica -  6ºAno
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
o absolutismo na inglaterra
 o absolutismo na inglaterra o absolutismo na inglaterra
o absolutismo na inglaterra
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
escultura surrealista
escultura surrealistaescultura surrealista
Filosofia 9ºano Fenomenologia de Husserl
Filosofia 9ºano  Fenomenologia de HusserlFilosofia 9ºano  Fenomenologia de Husserl
Filosofia 9ºano Fenomenologia de Husserl
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMOO CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
 Thomas Hobbes, Locke e o empirismo Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Filosofia: o racionalismo de Espinosa
Filosofia: o racionalismo de EspinosaFilosofia: o racionalismo de Espinosa
Filosofia: o racionalismo de Espinosa
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do PrazerFilosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
a era vargas (1930-1945)
a era vargas  (1930-1945) a era vargas  (1930-1945)
a era vargas (1930-1945)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Sociologia:qual a sua tribo?
Sociologia:qual a sua tribo?Sociologia:qual a sua tribo?
Sociologia:qual a sua tribo?
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
reformas religiosas na europa
   reformas religiosas na europa   reformas religiosas na europa
reformas religiosas na europa
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
O diário de anne frank
O diário de anne frankO diário de anne frank
O diário de anne frank
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Minorias na II guerra mundial
Minorias na II guerra mundial Minorias na II guerra mundial
Minorias na II guerra mundial
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileiraBRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 

Mais de Colégio Basic e Colégio Imperatrice (20)

a era vargas (1930-1937)
a era vargas (1930-1937)a era vargas (1930-1937)
a era vargas (1930-1937)
 
Os estados unidos no século xix e imperialismo
Os estados unidos no século xix e imperialismo Os estados unidos no século xix e imperialismo
Os estados unidos no século xix e imperialismo
 
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
 grécia - antiguidade clássica -  6ºAno grécia - antiguidade clássica -  6ºAno
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
 
o absolutismo na inglaterra
 o absolutismo na inglaterra o absolutismo na inglaterra
o absolutismo na inglaterra
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
 
escultura surrealista
escultura surrealistaescultura surrealista
escultura surrealista
 
Filosofia 9ºano Fenomenologia de Husserl
Filosofia 9ºano  Fenomenologia de HusserlFilosofia 9ºano  Fenomenologia de Husserl
Filosofia 9ºano Fenomenologia de Husserl
 
o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)o primeiro reinado (1822-1831)
o primeiro reinado (1822-1831)
 
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMOO CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
O CONSTRUTIVISMO RUSSO E O ABSTRACIONISMO
 
Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
 Thomas Hobbes, Locke e o empirismo Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
Thomas Hobbes, Locke e o empirismo
 
Filosofia: o racionalismo de Espinosa
Filosofia: o racionalismo de EspinosaFilosofia: o racionalismo de Espinosa
Filosofia: o racionalismo de Espinosa
 
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do PrazerFilosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
Filosofia: Herbert Marcuse: A Defesa do Prazer
 
a era vargas (1930-1945)
a era vargas  (1930-1945) a era vargas  (1930-1945)
a era vargas (1930-1945)
 
Sociologia:qual a sua tribo?
Sociologia:qual a sua tribo?Sociologia:qual a sua tribo?
Sociologia:qual a sua tribo?
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
 
reformas religiosas na europa
   reformas religiosas na europa   reformas religiosas na europa
reformas religiosas na europa
 
renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
 
O diário de anne frank
O diário de anne frankO diário de anne frank
O diário de anne frank
 
Minorias na II guerra mundial
Minorias na II guerra mundial Minorias na II guerra mundial
Minorias na II guerra mundial
 
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileiraBRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
BRASIL: IBGE, IDH, Formação da sociedade brasileira
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 

crise de 1929 e a grande depressão

  • 1. A CRISE DE 1929 E A GRANDE DEPRESSÃO
  • 2. CRISE DE 1929 E A GRANDE DEPRESSÃO • Europa destruída • Desemprego e inflação • Contexto contrário nos Estados Unidos • EUA: Investimento na América, empréstimos e investimento na classe média • Emerge como uma potência capitalista pós guerra
  • 3. CLIMA DE EUFORIA NOS ESTADOS UNIDOS • Recuperação pós guerra dependente dos EUA • AMERICAN WAY OF LIVE • Indústria: Crescimento industrial e concentração (trustes e holdings) eliminando a concorrência de pequenas empresas e favorecendo o crescimento de empresas abertas (S/A) • Venda de ações de empresas em crescimento
  • 4. AS AÇÕES ECONOMICAS • Países europeus adotam medidas protecionistas para diminuir concorrência • Investimento no setor agrícola e elevando taxas de exportação • Empréstimos de bancos para investir na produção em larga escala
  • 5. A CAMINHO DA CRISE • Ganhos fáceis na Bolsa de Valores • Produção industrial passa a ter dificuldade nas vendas, mas as ações continuavam valorizadas
  • 6. A CRISE DE 1929 • Otimismo na economia e investimento na compra de ações • Crença na saúde financeira das empresas • Superprodução das empresas • Endividamento dos consumidores por meio de crediários • Muitos passam a perder a confiança nas empresas e vender suas ações
  • 7. A CRISE DE 29 • Rumores sobre as dificuldades econômicas levam investidores oferecerem 16 milhões de títulos sem que houvesse compradores, desvalorizando-as • Em menos de 1 mês as ações desvalorizam aproximadamente 40% • Grande impacto em bancos financiadores
  • 8. A GRANDE DEPRESSÃO • 1929-1939: Crise chega a outros países • Elevação de tarifas alfandegárias geram crise no mercado internacional (-33%) • Desemprego em massa na indústria • Críticas ao modelo capitalista • Enquanto isso a URSS não entrava em crise
  • 14. O NEW DEAL • Eleição de Franklin Roosevelt • Acreditava que a crise havia ser motivada pelo excesso de produção e a não correspondente capacidade de consumo MEDIDAS: Fechamento temporário de bancos Requisição do estoque de ouro Ampliação da desvalorização do dólar Aumento salarial (elevar consumo) Investimento Estatal e criação de empregos (obras publicas) Liberação de verbas para o seguro desemprego
  • 15. NEW DEAL • LEI DE AJUSTAMENTO AGRÍCOLA: Redução de produção indenizada • LEI DE RECUPERAÇÃO DA INDÚSTRIA: Evitar formações de quarteis, assegurar salário mínimo e limitar jornada de trabalho • Tabelamento de preço de produtos básicos • Garante a reeleição de Roosevelt