SlideShare uma empresa Scribd logo
Correcção de fichas da aula sobre Regulação Genica

Ficha de trabalho sobre regulação nos Procariontes – operão LAC

   1. Lac Z. Lac Y e Lac A
   2. Transcrição e tradução
   3. RNA polimerase
   4. Ao promotor
   5. Existe uma proteína repressora ligada ao gene operador, o que impedirá a
      transcrição dos genes estruturais.
   6. Codifica a síntese da proteína repressora que se liga ao gene operador.
   7. Na presença de lactose, a proteína repressora é modificada (porque a lactose
      estabelece uma ligação com esta proteína), deixando o gene operador livre, o
      que desbloqueia os genes estruturais. Desta forma, tem início a transcrição
      mediada pela RNA polimerase.


Ficha de trabalho com a actividade: “Funcionamento do operão triptofano

   1. trpE, trpD, trpC, trpB e trpA
   2. O triptofano, ao ligar-se ao repressor, torna-o activo
   3. A presença de triptfano activa o repressor, que é sintetizado numa forma inactiva.
      O complexo repressor-triptofano liga-se ao operador, impedindo a transcrição
      dos genes estruturais
           Triptofano= co-repressor
   4. No operão lac, os genes estruturais estão, normalmente, bloqueados, pela ligação
      da proteína repressora ao operador. Só se verifica a sua tradução quando surge
      lactose no meio. Neste caso a lactose liga-se ao repressor inactivando-o, o que
      permite a transcrição dos genes estruturais. No caso do operão trp, o processo é,
      de certa for,a, o inverso. Os genes estruturias são normalmente, transcritos.
      Contudo, quando a quantidade de triptofano presente no meio é elevada, é
      activado o repressor, que se liga ao operador, bloqueando a transcrição dos
      genes estruturais.
   5. Tanto no caso do operão lac como do operão trp, verifica-se que é a presença de
      substâncias no meio (lactose ou triptofano) que modificam a expressão dos
      genes do DNA. A presença de lactose induz a transcrição dos genes estruturais,
      enquanto a presença de triptofano reprime a transcrição dos genes estruturais.
      Assim, pode considerar-se que o meio determina a expressão da informação
      genbética.

Actividade: Regulão

   1. Operão da arabinose
   operão da lactose
   operão da galactose
   2. O facto de apenas um regulador controlar um conjunto de operões tornará mais
      rápida e coordenada uma resposta dos genes de diferentes operões (envolvidos
      num processo megtabólico comum)
   - Neste exemplo, torna possível converter vários glícidos em glicose, satisfazendo
   mais rapidamente as necessidades da célula neste nutriente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biologia Molecular e Celular - Aula 4
Biologia Molecular e Celular - Aula 4Biologia Molecular e Celular - Aula 4
Biologia Molecular e Celular - Aula 4
Gustavo Maia
 
Enzimas
Enzimas Enzimas
Enzimas
krirocha
 
Aula4_Enzimas201102
Aula4_Enzimas201102Aula4_Enzimas201102
Aula4_Enzimas201102
Marilvia Dansa
 
RegulaçãO GenéTica
RegulaçãO GenéTicaRegulaçãO GenéTica
RegulaçãO GenéTica
Nuno Correia
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
ricardotaek25
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
As Enzimas
As EnzimasAs Enzimas
As Enzimas
Adriana Alves
 
Transcrição
TranscriçãoTranscrição
Transcrição
Wellington Oliveira
 
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenica
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenicaAula06 bioqii qui-contexpressaogenica
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenica
jucaulkins
 
Transcrição gênica 2009.1 vera
Transcrição gênica 2009.1 veraTranscrição gênica 2009.1 vera
Transcrição gênica 2009.1 vera
djvillela
 
Aula 4 Medicina
Aula 4 MedicinaAula 4 Medicina
Aula 4 Medicina
Caio Maximino
 
Estrutura do gene
Estrutura do geneEstrutura do gene
Estrutura do gene
Mateus Mondin
 
Enzimas parte 2
Enzimas parte 2Enzimas parte 2
Enzimas parte 2
Ricardo Stefani
 
Aula dna5
Aula dna5Aula dna5
Aula dna5
Rodrigo Tinoco
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
Sandro Marcio
 
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
Nuno Correia
 
Tradução gênica 2009.1 vera 2
Tradução gênica 2009.1 vera 2Tradução gênica 2009.1 vera 2
Tradução gênica 2009.1 vera 2
djvillela
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
Aline Tonin
 
Proteínas enzimas
Proteínas  enzimasProteínas  enzimas
Proteínas enzimas
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotosRegulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
Priscila Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Biologia Molecular e Celular - Aula 4
Biologia Molecular e Celular - Aula 4Biologia Molecular e Celular - Aula 4
Biologia Molecular e Celular - Aula 4
 
Enzimas
Enzimas Enzimas
Enzimas
 
Aula4_Enzimas201102
Aula4_Enzimas201102Aula4_Enzimas201102
Aula4_Enzimas201102
 
RegulaçãO GenéTica
RegulaçãO GenéTicaRegulaçãO GenéTica
RegulaçãO GenéTica
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
As Enzimas
As EnzimasAs Enzimas
As Enzimas
 
Transcrição
TranscriçãoTranscrição
Transcrição
 
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenica
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenicaAula06 bioqii qui-contexpressaogenica
Aula06 bioqii qui-contexpressaogenica
 
Transcrição gênica 2009.1 vera
Transcrição gênica 2009.1 veraTranscrição gênica 2009.1 vera
Transcrição gênica 2009.1 vera
 
Aula 4 Medicina
Aula 4 MedicinaAula 4 Medicina
Aula 4 Medicina
 
Estrutura do gene
Estrutura do geneEstrutura do gene
Estrutura do gene
 
Enzimas parte 2
Enzimas parte 2Enzimas parte 2
Enzimas parte 2
 
Aula dna5
Aula dna5Aula dna5
Aula dna5
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
A Biologia E Os Desafios De Actualidade (Enzimas)
 
Tradução gênica 2009.1 vera 2
Tradução gênica 2009.1 vera 2Tradução gênica 2009.1 vera 2
Tradução gênica 2009.1 vera 2
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Proteínas enzimas
Proteínas  enzimasProteínas  enzimas
Proteínas enzimas
 
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotosRegulação da expressão gênica em procariotos e  eucariotos
Regulação da expressão gênica em procariotos e eucariotos
 

Destaque

Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
Cidalia Aguiar
 
.Mulher – Retroacção Positiva
.Mulher – Retroacção Positiva.Mulher – Retroacção Positiva
.Mulher – Retroacção Positiva
Cidalia Aguiar
 
Doador receptor-quadro
Doador receptor-quadroDoador receptor-quadro
Doador receptor-quadroCidalia Aguiar
 
Acetato 2 GametogéNese
Acetato 2   GametogéNeseAcetato 2   GametogéNese
Acetato 2 GametogéNese
Cidalia Aguiar
 
2.5.0. OuriçO Do Mar
2.5.0. OuriçO Do Mar2.5.0. OuriçO Do Mar
2.5.0. OuriçO Do Mar
Cidalia Aguiar
 
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
Cidalia Aguiar
 
Aula teórico pratica les
Aula teórico pratica lesAula teórico pratica les
Aula teórico pratica les
Cidalia Aguiar
 
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
Cidalia Aguiar
 
Revisão Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
Revisão   Controlo Hormonal Dos Ciclos SexuaisRevisão   Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
Revisão Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
Cidalia Aguiar
 
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manualEx biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
Cidalia Aguiar
 
.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário
Cidalia Aguiar
 
2.5.GestaçãO D
2.5.GestaçãO D2.5.GestaçãO D
2.5.GestaçãO D
Cidalia Aguiar
 
Grupo sanguíneo abo
Grupo sanguíneo aboGrupo sanguíneo abo
Grupo sanguíneo abo
Cidalia Aguiar
 
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistemaQual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
Cidalia Aguiar
 
Regulação do Material Genético
Regulação do Material GenéticoRegulação do Material Genético
Regulação do Material Genético
Vitor Manuel de Carvalho
 
PatrimóNio GenéTico Trabalhos De Morgan
PatrimóNio GenéTico   Trabalhos De MorganPatrimóNio GenéTico   Trabalhos De Morgan
PatrimóNio GenéTico Trabalhos De Morgan
Isabel Lopes
 
Regulação do Património Genético
Regulação do Património GenéticoRegulação do Património Genético
Regulação do Património Genético
Isabel Lopes
 
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de MendelPatrimónio Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Isabel Lopes
 
Património genético - resumo
Património genético - resumoPatrimónio genético - resumo
Património genético - resumo
Isabel Lopes
 
Hereditariedade Humana
Hereditariedade HumanaHereditariedade Humana
Hereditariedade Humana
Isabel Lopes
 

Destaque (20)

Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
 
.Mulher – Retroacção Positiva
.Mulher – Retroacção Positiva.Mulher – Retroacção Positiva
.Mulher – Retroacção Positiva
 
Doador receptor-quadro
Doador receptor-quadroDoador receptor-quadro
Doador receptor-quadro
 
Acetato 2 GametogéNese
Acetato 2   GametogéNeseAcetato 2   GametogéNese
Acetato 2 GametogéNese
 
2.5.0. OuriçO Do Mar
2.5.0. OuriçO Do Mar2.5.0. OuriçO Do Mar
2.5.0. OuriçO Do Mar
 
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
1.1. reacção alérgicas hipersensibilidade [modo de compatibilidade]
 
Aula teórico pratica les
Aula teórico pratica lesAula teórico pratica les
Aula teórico pratica les
 
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
2.5.1. d mecanismos do parto e lactação d
 
Revisão Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
Revisão   Controlo Hormonal Dos Ciclos SexuaisRevisão   Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
Revisão Controlo Hormonal Dos Ciclos Sexuais
 
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manualEx biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
Ex biotecnologia no diagnóstico e terapêutica de doenças-actividades manual
 
.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário
 
2.5.GestaçãO D
2.5.GestaçãO D2.5.GestaçãO D
2.5.GestaçãO D
 
Grupo sanguíneo abo
Grupo sanguíneo aboGrupo sanguíneo abo
Grupo sanguíneo abo
 
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistemaQual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
Qual a relação entre grupos sanguíneos do sistema
 
Regulação do Material Genético
Regulação do Material GenéticoRegulação do Material Genético
Regulação do Material Genético
 
PatrimóNio GenéTico Trabalhos De Morgan
PatrimóNio GenéTico   Trabalhos De MorganPatrimóNio GenéTico   Trabalhos De Morgan
PatrimóNio GenéTico Trabalhos De Morgan
 
Regulação do Património Genético
Regulação do Património GenéticoRegulação do Património Genético
Regulação do Património Genético
 
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de MendelPatrimónio Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
 
Património genético - resumo
Património genético - resumoPatrimónio genético - resumo
Património genético - resumo
 
Hereditariedade Humana
Hereditariedade HumanaHereditariedade Humana
Hereditariedade Humana
 

Semelhante a Correcção de fichas da aula sobre regulação genica

01 Regulação Procarioto.pptx
01 Regulação Procarioto.pptx01 Regulação Procarioto.pptx
01 Regulação Procarioto.pptx
SILVIOGOMESMONTEIRO
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Gustavo Maia
 
Portfolio enzimas
Portfolio enzimasPortfolio enzimas
Portfolio enzimas
Amade Zambujal
 
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
Katti Eberle
 
Aula sintese proteica romero brandao - 2013
Aula   sintese proteica romero brandao - 2013Aula   sintese proteica romero brandao - 2013
Aula sintese proteica romero brandao - 2013
karinemc18
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
URCA
 
Aula39,40 bio12
Aula39,40 bio12Aula39,40 bio12
Aula39,40 bio12
Magda Charrua
 
Resumo prot g
Resumo prot gResumo prot g
Resumo prot g
Nicole Maia Fagundes
 
Transdução de sinais química
Transdução de sinais químicaTransdução de sinais química
Transdução de sinais química
Vanessa Carvalho
 
Hormonios 28 11 08
Hormonios 28 11 08Hormonios 28 11 08
Hormonios 28 11 08
bioc126
 
Regulação e expressão gênica bacteriana
Regulação e expressão gênica bacterianaRegulação e expressão gênica bacteriana
Regulação e expressão gênica bacteriana
UERGS
 
Enzimas_aula.ppt
Enzimas_aula.pptEnzimas_aula.ppt
Enzimas_aula.ppt
NataliaVelasquez34
 
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Carson Souza
 

Semelhante a Correcção de fichas da aula sobre regulação genica (13)

01 Regulação Procarioto.pptx
01 Regulação Procarioto.pptx01 Regulação Procarioto.pptx
01 Regulação Procarioto.pptx
 
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3Biologia Molecular e Celular - Aula 3
Biologia Molecular e Celular - Aula 3
 
Portfolio enzimas
Portfolio enzimasPortfolio enzimas
Portfolio enzimas
 
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
Engenharia genetica -apontamentos_teoricos (1)
 
Aula sintese proteica romero brandao - 2013
Aula   sintese proteica romero brandao - 2013Aula   sintese proteica romero brandao - 2013
Aula sintese proteica romero brandao - 2013
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Aula39,40 bio12
Aula39,40 bio12Aula39,40 bio12
Aula39,40 bio12
 
Resumo prot g
Resumo prot gResumo prot g
Resumo prot g
 
Transdução de sinais química
Transdução de sinais químicaTransdução de sinais química
Transdução de sinais química
 
Hormonios 28 11 08
Hormonios 28 11 08Hormonios 28 11 08
Hormonios 28 11 08
 
Regulação e expressão gênica bacteriana
Regulação e expressão gênica bacterianaRegulação e expressão gênica bacteriana
Regulação e expressão gênica bacteriana
 
Enzimas_aula.ppt
Enzimas_aula.pptEnzimas_aula.ppt
Enzimas_aula.ppt
 
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
 

Mais de Cidalia Aguiar

1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
Cidalia Aguiar
 
Trabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solarTrabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solar
Cidalia Aguiar
 
Trabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solarTrabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solar
Cidalia Aguiar
 
Hiv
HivHiv
Hiv
HivHiv
Hiv
HivHiv
Correcção dos exercícios de hereditariedade
Correcção dos exercícios de hereditariedadeCorrecção dos exercícios de hereditariedade
Correcção dos exercícios de hereditariedade
Cidalia Aguiar
 
Acetato mét. contraceptivos
Acetato mét. contraceptivosAcetato mét. contraceptivos
Acetato mét. contraceptivos
Cidalia Aguiar
 
Causas de infertilidade
Causas de infertilidadeCausas de infertilidade
Causas de infertilidade
Cidalia Aguiar
 
Acetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistidaAcetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistida
Cidalia Aguiar
 
Causas de infertilidade
Causas de infertilidadeCausas de infertilidade
Causas de infertilidade
Cidalia Aguiar
 
Acetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistidaAcetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistida
Cidalia Aguiar
 
Diferenças entre espermatogénese e oogénese
Diferenças entre espermatogénese e oogéneseDiferenças entre espermatogénese e oogénese
Diferenças entre espermatogénese e oogénese
Cidalia Aguiar
 
7 1 2 RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
7 1 2  RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica7 1 2  RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
7 1 2 RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
Cidalia Aguiar
 
5 2 1 Mutacoes
5 2 1  Mutacoes5 2 1  Mutacoes
5 2 1 Mutacoes
Cidalia Aguiar
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
Cidalia Aguiar
 
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do ManualCorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
Cidalia Aguiar
 
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
Cidalia Aguiar
 
Acetato ReproduçãO Assistida
Acetato ReproduçãO AssistidaAcetato ReproduçãO Assistida
Acetato ReproduçãO Assistida
Cidalia Aguiar
 
Acetato Infertilidade Humana
Acetato   Infertilidade HumanaAcetato   Infertilidade Humana
Acetato Infertilidade Humana
Cidalia Aguiar
 

Mais de Cidalia Aguiar (20)

1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
1 power-point 12º sistema imunitário-doenças e desequilíbrios [modo de compat...
 
Trabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solarTrabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solar
 
Trabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solarTrabalho de grupo sistema solar
Trabalho de grupo sistema solar
 
Hiv
HivHiv
Hiv
 
Hiv
HivHiv
Hiv
 
Hiv
HivHiv
Hiv
 
Correcção dos exercícios de hereditariedade
Correcção dos exercícios de hereditariedadeCorrecção dos exercícios de hereditariedade
Correcção dos exercícios de hereditariedade
 
Acetato mét. contraceptivos
Acetato mét. contraceptivosAcetato mét. contraceptivos
Acetato mét. contraceptivos
 
Causas de infertilidade
Causas de infertilidadeCausas de infertilidade
Causas de infertilidade
 
Acetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistidaAcetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistida
 
Causas de infertilidade
Causas de infertilidadeCausas de infertilidade
Causas de infertilidade
 
Acetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistidaAcetato reprodução assistida
Acetato reprodução assistida
 
Diferenças entre espermatogénese e oogénese
Diferenças entre espermatogénese e oogéneseDiferenças entre espermatogénese e oogénese
Diferenças entre espermatogénese e oogénese
 
7 1 2 RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
7 1 2  RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica7 1 2  RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
7 1 2 RevisãO Fundamentos De Engenharia GenéTica
 
5 2 1 Mutacoes
5 2 1  Mutacoes5 2 1  Mutacoes
5 2 1 Mutacoes
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
 
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do ManualCorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
CorrecçãO Dos úLtimos ExercíCios Do Manual
 
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
2.7.ManipulaçãO Da Fertilidade
 
Acetato ReproduçãO Assistida
Acetato ReproduçãO AssistidaAcetato ReproduçãO Assistida
Acetato ReproduçãO Assistida
 
Acetato Infertilidade Humana
Acetato   Infertilidade HumanaAcetato   Infertilidade Humana
Acetato Infertilidade Humana
 

Último

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 

Último (20)

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 

Correcção de fichas da aula sobre regulação genica

  • 1. Correcção de fichas da aula sobre Regulação Genica Ficha de trabalho sobre regulação nos Procariontes – operão LAC 1. Lac Z. Lac Y e Lac A 2. Transcrição e tradução 3. RNA polimerase 4. Ao promotor 5. Existe uma proteína repressora ligada ao gene operador, o que impedirá a transcrição dos genes estruturais. 6. Codifica a síntese da proteína repressora que se liga ao gene operador. 7. Na presença de lactose, a proteína repressora é modificada (porque a lactose estabelece uma ligação com esta proteína), deixando o gene operador livre, o que desbloqueia os genes estruturais. Desta forma, tem início a transcrição mediada pela RNA polimerase. Ficha de trabalho com a actividade: “Funcionamento do operão triptofano 1. trpE, trpD, trpC, trpB e trpA 2. O triptofano, ao ligar-se ao repressor, torna-o activo 3. A presença de triptfano activa o repressor, que é sintetizado numa forma inactiva. O complexo repressor-triptofano liga-se ao operador, impedindo a transcrição dos genes estruturais Triptofano= co-repressor 4. No operão lac, os genes estruturais estão, normalmente, bloqueados, pela ligação da proteína repressora ao operador. Só se verifica a sua tradução quando surge lactose no meio. Neste caso a lactose liga-se ao repressor inactivando-o, o que permite a transcrição dos genes estruturais. No caso do operão trp, o processo é, de certa for,a, o inverso. Os genes estruturias são normalmente, transcritos. Contudo, quando a quantidade de triptofano presente no meio é elevada, é activado o repressor, que se liga ao operador, bloqueando a transcrição dos genes estruturais. 5. Tanto no caso do operão lac como do operão trp, verifica-se que é a presença de substâncias no meio (lactose ou triptofano) que modificam a expressão dos genes do DNA. A presença de lactose induz a transcrição dos genes estruturais, enquanto a presença de triptofano reprime a transcrição dos genes estruturais. Assim, pode considerar-se que o meio determina a expressão da informação genbética. Actividade: Regulão 1. Operão da arabinose operão da lactose operão da galactose 2. O facto de apenas um regulador controlar um conjunto de operões tornará mais rápida e coordenada uma resposta dos genes de diferentes operões (envolvidos num processo megtabólico comum) - Neste exemplo, torna possível converter vários glícidos em glicose, satisfazendo mais rapidamente as necessidades da célula neste nutriente.