SlideShare uma empresa Scribd logo
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 1 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
SUMÁRIO
1. OBJETIVO..............................................................................................................................2
2. APLICABILIDADE ..................................................................................................................2
3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA.........................................................................................2
4. DEFINIÇÕES ..........................................................................................................................2
5. RESPONSABILIDADE ...........................................................................................................3
6. PROCEDIMENTO ...................................................................................................................4
6.1 Considerações iniciais...........................................................................................................4
6.2 Preenchimento da APR .........................................................................................................4
6.3 Etapas de preenchimento do campo (Responsável pela atividade).......................................5
6.4 Capacitação e treinamento....................................................................................................9
6.5 Medidas disciplinadas ............................................................Error! Bookmark not defined.
7. INFORMAÇÕES DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.......................................10
8. PLANO DE ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA (PAE)..........................................................10
9. PLANO DE CONTINGÊNCIA ...............................................................................................10
10. AÇÕES CORRETIVAS .......................................................................................................10
11. TABELA DE REGISTROS..................................................................................................10
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 2 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
1. OBJETIVO
Este procedimento normaliza a metodologia para identificação e controle dos riscos de incidentes reais e
potenciais intrínsecos ou circunstanciais em tarefas rotineiras ou eventuais.
2. APLICABILIDADE
Este procedimento aplica-se a todos os colaboradores e provedores da HARPIA GOLD.
3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA
NBR ISO 31010 GESTÃO DE RISCOS, TÉCNICAS PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE RISCOS
CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar de Riscos
4. DEFINIÇÕES
APR - Análise Preliminar de Riscos.
Atividade - Conjunto de tarefas, com ações distintas e específicas, necessárias para realizar
determinado trabalho.
EPC - Equipamento de Proteção Coletiva.
EPI - Equipamento de Proteção Individual.
Perigo - É uma condição ou um conjunto de circunstâncias que têm o potencial de causar ou contribuir
para uma lesão ou morte, dano à propriedade, ao meio ambiente ou uma combinação destes.
Risco - É qualquer fator que coloque o trabalhador em condições vulnerável e possa afetar sua
integridade e seu bem-estar físico e psíquico a consequência de se expor a um perigo.
Risco puro: É o risco desprovido de qualquer barreira ou controle operacional, onde a exposição a um
perigo é absoluta.
Risco aceitável ou risco residual - É o risco que pode ser tolerado pela organização, levando-se em
conta suas obrigações legais e a eficácia dos controles operacionais definidos pela empresa. Os
processos podem ser executados mediante medidas de controle, pré-existentes, procedimentos de
trabalho seguro, protocolos de fatalidade e EPIs para exposição a um risco.
Riscos circunstanciais - Riscos criados durante a execução da tarefa.
Riscos intrínsecos - Riscos inerentes à tarefa.
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 3 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Risco não aceitável - Risco elevado cujo processo não pode ser executado. Deverão ser realizadas
ações de engenharia e controle para a realização do processo ou atividade, sempre visando à redução
do risco para níveis aceitáveis. O cálculo do risco é obtido através da Frequência x Severidade.
5. RESPONSABILIDADE
Gestores
 Disponibilizar formularios para implantação e manutenção deste procedimento;
 Cumprir e fazer cumprir as recomendações desse procedimento;
 Aprovar e disciplinar o uso deste procedimento;
 Garantir que os colaboradores e provedores de sua área de atuação estejam treinados neste
procedimento;
 Sugerir melhorias, buscando o aperfeiçoamento deste procedimento;
 Divulgar a APR para outros colaboradores que eventualmente venham a se envolver na tarefa que
estiver sendo realizada;
 Não autorizar nenhuma atividade caso o risco não esteja controlado.
SSMA
 Elaborar e manter atualizado este procedimento;
 Treinar agentes multiplicadores capacitando-os neste procedimento;
 Acompanhar a realização da APR, quando solicitado;
 Revisar e aprovar a APR, quando solicitado;
 Executar periodicamente auditoria e inspeção visando identificar a conformidade deste procedimento
e oportunidades de melhoria corretivas e preventivas;
 Garantir que os colaboradores e provedores externos sejam comunicados e treinados quanto ao uso
deste procedimento;
 Dar suporte na elaboração da APR, quando convocado pela área onde será realizado o trabalho;
 Interromper imediatamente a tarefa e comunicar ao gestor imediato qualquer situação de risco
identificada durante a execução da tarefa, que não tenha sido prevista no preenchimento do formulário
CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar de Risco ou que tenha ocorrido de forma diferente à
prevista.
Colaboradores
 Conhecer os conceitos e finalidade deste procedimento;
 Zelar pelo cumprimento deste procedimento;
 Utilizar os EPIs e EPCs necessários para a realização da tarefa, conforme determinado na APR, bem
garantir que estão em perfeitas condições de uso.
 Paralisar a atividade se houver mudança do escopo que não foi prevista na APR para execução.
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 4 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Provedores
 Adaptar seus procedimentos às exigências dos procedimentos da HARPIA GOLD, observando para
que a essência deste conteúdo não seja descumprida;
 Promover a divulgação deste procedimento para os seus colaboradores;
 Apresentar ao gestor do contrato a relação de seus colaboradores treinados quanto a este
procedimento, acompanhado do comprovante do treinamento.
6. PROCEDIMENTO
6.1 Considerações iniciais
A APR é uma ferramenta que auxilia a identificação de risco da atividade a ser realizada nos perigos ou
energias no local de trabalho, e define estratégias de prevenção para eliminar ou minimizar os riscos de
incidentes reais e potenciais.
Com este intuito, a APR deve ser preenchida no formulário CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar
de Riscos analisando cada etapa das atividades a serem exercidas dentro de uma área/setor, indicando
melhores formas de praticar uma determinada função e diminuir ou eliminar os riscos de incidentes reais e
potenciais.
Os objetivos principais da APR são:
 Mapear em todas as atividades exercidas os perigos no local de trabalho e avaliar os riscos associados
a esses perigos;
 Orientar todos os colaboradores para que entendam os riscos e trabalhem na prevenção;
 Desenvolver e estabelecer processos que busquem mais segurança;
 Organizar e criar uma sistemática prevencionista para todas as tarefas que precisam ser realizadas;
 Planejamento geral, contando com cada parte do processo especificamente;
 Orientar e capacitar todos os colaboradores e provedores sobre os riscos de incidentes no local;
 Prevenir todos os incidentes reais e potenciais, sejam eles causados por falha humana ou não.
6.2 Preenchimento da APR
É necessário que a APR seja preenchida por profissionais que conheçam a área de trabalho e as atividades
que serão executadas durante a realização do determinado trabalho. Este preenchimento deve ser
realizado antes do início de qualquer tarefa e deve ser atualizado sempre que houver alguma mudança
e/ou inclusão de atividades envolvidas na tarefa.
Antes do preenchimento, a o gestor do setor em que será desenvolvida a atividade, em conjunto com os
executantes, devem alinhar a forma de execução e os procedimentos a serem realizados durante a
execução do trabalho, anotando detalhadamente cada etapa a ser desempenhada para execução da tarefa
em questão.
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 5 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
O membro do setor de SSMA responsável pela unidade poderá ajudar na elaboração da APR, desde que
solicitado pela liderança operacional, após entendimento da tarefa e definição de cada etapa devemos
iniciar o preenchimento da APR. Para isso, é importante ser objetivo e começar as frases com palavras de
ação (remover, soltar, levantar, abrir, cortar, entre outros).
Para cada tarefa levantada, identificar os perigos e avaliar os riscos e quais os possíveis incidentes reais
e potenciais que podem ocorrer, descrevendo as medidas corretivas ou preventivas para execução de cada
tarefa definida.
Na APR devem estar contempladas e avaliadas todas as atividades relacionadas à preparação, execução
e desmobilização da tarefa, e devem ser identificados os riscos intrínsecos ou circunstanciais associados,
tais como:
 Meio ambiente;
 Método e ou procedimento;
 Mão de obra;
 Máquinas, equipamentos, ferramentas e instalações;
 Matéria-prima;
 Medição; e
 Medidas de controle necessárias mais adequadas e eficazes.
A revisão da APR deverá ser evidenciada se é nova ou revisada.
A atividade não poderá ser executada sem a APR existente, se for considerada desatualizada ou não
contemplar todos os riscos e suas medidas de controle, a APR deverá ser revisada com o preenchimento
de outro formulário.
Todos os colaboradores e provedores externos envolvidos na tarefa a ser executada devem assinar a APR,
incluindo o gestor responsável da área/setor.
Para cada etapa da atividade devem ser identificado os perigos e avaliados os riscos puros e controlados
e problemas potenciais envolvidos, as consequências (tipo de lesão, doença, impacto ambiental ou dano
material) e as ações de controle/bloqueio (medidas de prevenção e/ou proteção) necessárias, sejam elas
já existentes ou não e, neste caso, deverão ser providenciadas antes da realização da tarefa.
A confecção da APR não elimina a necessidade do preenchimento da CORP SSMA FORM 25 01
Permissão para trabalho em altura - PTA.
Se o colaborador ou provedor externo chegar atrasado, ou em determinado momento em que a atividade
já esteja sendo executada, ele deverá procurar o responsável da equipe e solicitar as devidas explicações
sobre as informações da APR correspondente, incluindo seu nome e assinatura na mesma.
6.3 Etapas de preenchimento do campo (Responsável pela atividade)
Este campo deve ser preenchido com os dados do solicitante do serviço e assinado por ele. Havendo
alguma observação importante para execução da atividade que necessite ser ressaltada, é importante
preencher nas “observações”.
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 6 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Responsáveis pela execução da atividade
Este campo deverá ser preenchido com os dados de cada executante da tarefa e assinatura deles.
Caso tenha necessidade de preenchimento de mais nomes, além das linhas disponíveis, um outro
formulário com a mesma análise deverá ser impresso para inclusão dos nomes dos demais.
RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO
Nome: ASS.: MAT.:
Nome: ASS.: MAT.:
Nome: ASS.: MAT.:
Nome: ASS.: MAT.:
Nome: ASS.: MAT.:
Dados da análise preliminar de risco:
Este campo deverá ser preenchido com o número sequencial da análise preliminar de risco, informações
da revisão do documento, data de emissão e classificação de risco de acordo com a Tabela de
Probabilidade da APR.
O número sequencial da APR deve seguir o padrão SF-XXX, onde ‘SF” representa as iniciais da unidade,
“X” representa a numeração do documento.
O preenchimento da APR é diário e específico para cada atividade. Entretanto, sempre que houver
mudança da atividade, o documento deverá ser preenchido para a nova atividade verificado se foram
inclusa o novo cenário.
Havendo mudança de layout das instalações ou de maquinários, ferramentas, materiais ou matéria prima,
entre outros, a APR deverá ser revisada.
DADOS DA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Análise Preliminar de Risco Nº: Novo: Revisado: Revisão Nº:
Número da OS:
Nº Empregados envolvidos:
Data de emissão: Data validade:
NOME:
TELEFONE:
ASSINATURA:
OBSERVAÇÕES:
FUNÇÃO: MATRÍCULA:
RESPONSÁVEL PELA ATIVIDADE
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 7 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Dados da tarefa a ser desenvolvida:
Este campo deverá ser preenchido com a descrição suscinta da atividade a ser desenvolvida, nome da
unidade, setor e local onde a tarefa será desempenhada, e observações inerentes ao setor que necessitam
ser reforçadas.
DADOS DA ATIVIDADE A SER DESENVOLVIDA
Descrição da Tarefa:
Unidade:
Setor: Local:
Observação:
Reconhecimento das etapas de trabalho e seus respectivos riscos e medidas preventivas após a
definição das medidas de controle, o risco deve ser reavaliado, para ver se é aceitável ou não. Na
tabela abaixo favor substituir a palavra DANOS por RISCOS!!
Este campo deve ser preenchido por etapa de trabalho a ser desenvolvida de forma objetiva, como por
exemplo: Análise da tarefa in loco; Separação de ferramentas e materiais; Desenergizarão de painel;
Retirada de motor; Verificação de nível da caixa d’agua, entre outros.
O perigo deve estar associado a cada etapa da atividade. Caso tenha mais de um perigo relacionado numa
etapa, estes devem ser separados por item/linha. Ao final da APR possíveis perigos estão mapeados e
devem ser marcados conforme informados nas etapas.
O risco deve estar associado a cada etapa da atividade e a cada perigo identificado. Ao final da APR
possíveis riscos estão mapeados e devem ser marcados conforme informados nas etapas.
A frequência deve ser preenchida com a frequência em que o colaborador está exposto a um perigo em
relação ao seu tempo de exposição, ou a frequência que um perigo ocorre e o seu tempo de duração.
DANOS FREQ. SERV. CALC.
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
INSERIR DADOS
ETAPAS DAATIVIDADE PERIGOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
INSERIR DADOS
MEDIDAS DE CONTROLE
AVALIAÇÃO DO
RISCO
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 8 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Abaixo a tabela a ser usada como parâmetro
Tabela Frequência
Duração
Baixa Média Alta
(menor ou igual
a 1 hora)
(metade da
jornada de
trabalho)
(durante toda
jornada de
trabalho)
Frequência
(exposição)?
Pouco Frequentes
(menor ou igual 1 vez/mês)
1 1 2
Medianamente Frequentes
(maior que 1 vez/mês e menor
que 1 vez/dia)
1 2 3
Muito Frequentes
(maior ou igual que 1 vez/dia)
2 3 3
Tabela 1 – Frequência
A Severidade deve ser preenchida com a gravidade do impactos e consequencias quando este acontecer.
Abaixo a tabela a ser usada como parâmetro:
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 9 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
Neste campo também devem ser descritos os EPI’s e EPC’s que serão utilizados durante a execução dos
serviços. Ao final da APR os EPIs já mapeados devem ser marcados conforme informados nas etapas.
Uma cópia da APR deverá permanecer anexa à permissão do trabalho juntamente com a ordem de serviço
no local de execução das atividades.
6.4 Capacitação e treinamento
Todos os profissionais envolvidos no preenchimento da análise preliminar de risco devem receber
treinamento teórico e prático sobre a elaboração da APR.
Programas de treinamentos
Com o objetivo de garantir a eficácia do preenchimento da análise preliminar de risco, o conteúdo
programático do treinamento deverá conter:
 Objetivo da ferramenta;
 Procedimento para emissão da APR;
 Tipos de atividades que requerem o preenchimento da APR;
 Conceitos de aspectos/perigos/ causas e impactos/ riscos/ consequências;
 Fluxo de elaboração da APR; e
 Preenchimento do formulário.
Nota: O não cumprimento desse procedimento levara as consequências de medidas disciplinares para a
preservação da vida
A não observância ou descumprimento deste procedimento é caracterizado com “ATO DE INDISCIPLINA”,
passível de aplicação de sanções disciplinares, cabendo o departamento de SSMA juntamente com o
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Identificação
CORP SSMA PROC 01
Processo/Setor
Saúde Segurança e Meio Ambiente
Versão: 00 Data: 27/09/2023
Página 10 de 10
Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen
Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024
responsável do setor envolvido, analisar a ocorrência e determinar as medidas necessárias. A não
observância ou descumprimento deste procedimento também poderá resultar em fatalidades, em
incidentes (reais e potenciais) incapacitantes ou com perda de tempo, bem como em impactos ambientais
de maior relevância.
7. INFORMAÇÕES DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE:
É dever de todos os colaboradores, levar em consideração os controles do Levantamento de aspectos e
impactos ambientais LAIA e CORP SSMA PROC 13 Levantamento de perigos avaliação de riscos -
LPAR que venha interagir com as atividades abordadas neste procedimento.
8. PLANO DE ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA (PAE):
Os cenários que envolvem trabalho em espaço confinado estão mapeados no Plano de atendimento a
emergência - PAE da unidade, as recomendações de conduta e comportamento estão estabelecidas neste
plano.
9. PLANO DE CONTINGÊNCIA:
Em caso de impossibilidade de acessar o sistema DOO, os documentos dos SGI estarão disponíveis na
pasta eletrônica base de dados One Drive HARPIA GOLD.
10. AÇÕES CORRETIVAS:
O não atendimento deste procedimento e/ou a impossibilidade de aplicar qualquer item aqui previsto,
deverá ser gerenciado através da abertura de ações corretivas, conforme previsto no Procedimento de
ações corretivas ações para riscos e oportunidades.
11. TABELA DE REGISTROS:
Itens de controle / Código Acesso Meio de Armazenamento
Tempo de retenção/
descarte
CORP SSMA FORM 01 01 Análise
preliminar de riscos
Por usuário
Pasta eletrônica base de dados One
Drive HARPIA GOLD / Sistema DOO
5 anos

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx

Modelo ppra
Modelo ppraModelo ppra
Modelo ppra
Gleuciane Rocha
 
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
Marcelo Santos
 
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdfwebinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
Marco Lacerda Rezende
 
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.pptPPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
DemetrioBarbosaSouza1
 
GRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS
GRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAISGRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS
Ppra
PpraPpra
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].docPGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
Edson Tomás de Lima
 
Modelodeppramuitobom.doc
Modelodeppramuitobom.docModelodeppramuitobom.doc
Modelodeppramuitobom.doc
Suellen Ramalho de Oliveira
 
Modelo PPR.doc
Modelo PPR.docModelo PPR.doc
Modelo PPR.doc
ETAEng
 
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdfapresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
DjalmadeAndrade2
 
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
carlossilva333486
 
Nova NR1
Nova NR1Nova NR1
Nova NR1
Monica Pinheiro
 
Nr 36
Nr 36Nr 36
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
RONALDO COSTA
 
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docxPGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
Ricardo Barros
 
Meio ambinete
Meio ambineteMeio ambinete
Meio ambinete
guesta6a301
 
Nr 9 ppra
Nr  9 ppraNr  9 ppra
Nr 9 ppra
Halley Cometa
 
NR-09.pdf
NR-09.pdfNR-09.pdf
NR-09.pdf
Andrea491870
 
Nr 09 at
Nr 09 atNr 09 at
Nr 09 at
Raul Cristino
 
Auditoria interna guia complementar
Auditoria interna   guia complementarAuditoria interna   guia complementar
Auditoria interna guia complementar
MARCELO DOS OLIVEIRA
 

Semelhante a CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx (20)

Modelo ppra
Modelo ppraModelo ppra
Modelo ppra
 
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
Ppra b r cantanhece moveis e acessorios 2020
 
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdfwebinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-acao.pdf
 
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.pptPPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
PPRA CIMENTOS FTM - TRABALHO SLIDES.ppt
 
GRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS
GRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAISGRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS
GRO & PGR - GERENCIAMENTO DE RISCOS OCUPACIONAIS
 
Ppra
PpraPpra
Ppra
 
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].docPGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
PGR - Programa de gerenciamento de risco - 00318 [ E 2 ].doc
 
Modelodeppramuitobom.doc
Modelodeppramuitobom.docModelodeppramuitobom.doc
Modelodeppramuitobom.doc
 
Modelo PPR.doc
Modelo PPR.docModelo PPR.doc
Modelo PPR.doc
 
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdfapresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
apresentacao-maria-christina-felix-md-1.pdf
 
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
trivelato-2020-webinar-5-como-elaborar-j-executar-e-acompanhar-um-plano-de-ac...
 
Nova NR1
Nova NR1Nova NR1
Nova NR1
 
Nr 36
Nr 36Nr 36
Nr 36
 
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
01 aula seg. trabalho 02 ppra x ferramentas da gestão
 
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docxPGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
PGR_PAVIBRAS_CONTAINERS_assinado_assinado.docx
 
Meio ambinete
Meio ambineteMeio ambinete
Meio ambinete
 
Nr 9 ppra
Nr  9 ppraNr  9 ppra
Nr 9 ppra
 
NR-09.pdf
NR-09.pdfNR-09.pdf
NR-09.pdf
 
Nr 09 at
Nr 09 atNr 09 at
Nr 09 at
 
Auditoria interna guia complementar
Auditoria interna   guia complementarAuditoria interna   guia complementar
Auditoria interna guia complementar
 

Último

9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
KauFelipo
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
guilhermefontenele8
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
maripinkmarianne
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
GleenseCartonilho
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
OttomGonalvesDaSilva
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
dantemalca
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
Anderson1783
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
paathizinhya
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
BrunaNeves80
 

Último (9)

9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
 

CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx

  • 1. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 1 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 SUMÁRIO 1. OBJETIVO..............................................................................................................................2 2. APLICABILIDADE ..................................................................................................................2 3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA.........................................................................................2 4. DEFINIÇÕES ..........................................................................................................................2 5. RESPONSABILIDADE ...........................................................................................................3 6. PROCEDIMENTO ...................................................................................................................4 6.1 Considerações iniciais...........................................................................................................4 6.2 Preenchimento da APR .........................................................................................................4 6.3 Etapas de preenchimento do campo (Responsável pela atividade).......................................5 6.4 Capacitação e treinamento....................................................................................................9 6.5 Medidas disciplinadas ............................................................Error! Bookmark not defined. 7. INFORMAÇÕES DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.......................................10 8. PLANO DE ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA (PAE)..........................................................10 9. PLANO DE CONTINGÊNCIA ...............................................................................................10 10. AÇÕES CORRETIVAS .......................................................................................................10 11. TABELA DE REGISTROS..................................................................................................10
  • 2. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 2 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 1. OBJETIVO Este procedimento normaliza a metodologia para identificação e controle dos riscos de incidentes reais e potenciais intrínsecos ou circunstanciais em tarefas rotineiras ou eventuais. 2. APLICABILIDADE Este procedimento aplica-se a todos os colaboradores e provedores da HARPIA GOLD. 3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA NBR ISO 31010 GESTÃO DE RISCOS, TÉCNICAS PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE RISCOS CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar de Riscos 4. DEFINIÇÕES APR - Análise Preliminar de Riscos. Atividade - Conjunto de tarefas, com ações distintas e específicas, necessárias para realizar determinado trabalho. EPC - Equipamento de Proteção Coletiva. EPI - Equipamento de Proteção Individual. Perigo - É uma condição ou um conjunto de circunstâncias que têm o potencial de causar ou contribuir para uma lesão ou morte, dano à propriedade, ao meio ambiente ou uma combinação destes. Risco - É qualquer fator que coloque o trabalhador em condições vulnerável e possa afetar sua integridade e seu bem-estar físico e psíquico a consequência de se expor a um perigo. Risco puro: É o risco desprovido de qualquer barreira ou controle operacional, onde a exposição a um perigo é absoluta. Risco aceitável ou risco residual - É o risco que pode ser tolerado pela organização, levando-se em conta suas obrigações legais e a eficácia dos controles operacionais definidos pela empresa. Os processos podem ser executados mediante medidas de controle, pré-existentes, procedimentos de trabalho seguro, protocolos de fatalidade e EPIs para exposição a um risco. Riscos circunstanciais - Riscos criados durante a execução da tarefa. Riscos intrínsecos - Riscos inerentes à tarefa.
  • 3. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 3 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Risco não aceitável - Risco elevado cujo processo não pode ser executado. Deverão ser realizadas ações de engenharia e controle para a realização do processo ou atividade, sempre visando à redução do risco para níveis aceitáveis. O cálculo do risco é obtido através da Frequência x Severidade. 5. RESPONSABILIDADE Gestores  Disponibilizar formularios para implantação e manutenção deste procedimento;  Cumprir e fazer cumprir as recomendações desse procedimento;  Aprovar e disciplinar o uso deste procedimento;  Garantir que os colaboradores e provedores de sua área de atuação estejam treinados neste procedimento;  Sugerir melhorias, buscando o aperfeiçoamento deste procedimento;  Divulgar a APR para outros colaboradores que eventualmente venham a se envolver na tarefa que estiver sendo realizada;  Não autorizar nenhuma atividade caso o risco não esteja controlado. SSMA  Elaborar e manter atualizado este procedimento;  Treinar agentes multiplicadores capacitando-os neste procedimento;  Acompanhar a realização da APR, quando solicitado;  Revisar e aprovar a APR, quando solicitado;  Executar periodicamente auditoria e inspeção visando identificar a conformidade deste procedimento e oportunidades de melhoria corretivas e preventivas;  Garantir que os colaboradores e provedores externos sejam comunicados e treinados quanto ao uso deste procedimento;  Dar suporte na elaboração da APR, quando convocado pela área onde será realizado o trabalho;  Interromper imediatamente a tarefa e comunicar ao gestor imediato qualquer situação de risco identificada durante a execução da tarefa, que não tenha sido prevista no preenchimento do formulário CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar de Risco ou que tenha ocorrido de forma diferente à prevista. Colaboradores  Conhecer os conceitos e finalidade deste procedimento;  Zelar pelo cumprimento deste procedimento;  Utilizar os EPIs e EPCs necessários para a realização da tarefa, conforme determinado na APR, bem garantir que estão em perfeitas condições de uso.  Paralisar a atividade se houver mudança do escopo que não foi prevista na APR para execução.
  • 4. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 4 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Provedores  Adaptar seus procedimentos às exigências dos procedimentos da HARPIA GOLD, observando para que a essência deste conteúdo não seja descumprida;  Promover a divulgação deste procedimento para os seus colaboradores;  Apresentar ao gestor do contrato a relação de seus colaboradores treinados quanto a este procedimento, acompanhado do comprovante do treinamento. 6. PROCEDIMENTO 6.1 Considerações iniciais A APR é uma ferramenta que auxilia a identificação de risco da atividade a ser realizada nos perigos ou energias no local de trabalho, e define estratégias de prevenção para eliminar ou minimizar os riscos de incidentes reais e potenciais. Com este intuito, a APR deve ser preenchida no formulário CORP SSMA FORM 01 01 Análise Preliminar de Riscos analisando cada etapa das atividades a serem exercidas dentro de uma área/setor, indicando melhores formas de praticar uma determinada função e diminuir ou eliminar os riscos de incidentes reais e potenciais. Os objetivos principais da APR são:  Mapear em todas as atividades exercidas os perigos no local de trabalho e avaliar os riscos associados a esses perigos;  Orientar todos os colaboradores para que entendam os riscos e trabalhem na prevenção;  Desenvolver e estabelecer processos que busquem mais segurança;  Organizar e criar uma sistemática prevencionista para todas as tarefas que precisam ser realizadas;  Planejamento geral, contando com cada parte do processo especificamente;  Orientar e capacitar todos os colaboradores e provedores sobre os riscos de incidentes no local;  Prevenir todos os incidentes reais e potenciais, sejam eles causados por falha humana ou não. 6.2 Preenchimento da APR É necessário que a APR seja preenchida por profissionais que conheçam a área de trabalho e as atividades que serão executadas durante a realização do determinado trabalho. Este preenchimento deve ser realizado antes do início de qualquer tarefa e deve ser atualizado sempre que houver alguma mudança e/ou inclusão de atividades envolvidas na tarefa. Antes do preenchimento, a o gestor do setor em que será desenvolvida a atividade, em conjunto com os executantes, devem alinhar a forma de execução e os procedimentos a serem realizados durante a execução do trabalho, anotando detalhadamente cada etapa a ser desempenhada para execução da tarefa em questão.
  • 5. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 5 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 O membro do setor de SSMA responsável pela unidade poderá ajudar na elaboração da APR, desde que solicitado pela liderança operacional, após entendimento da tarefa e definição de cada etapa devemos iniciar o preenchimento da APR. Para isso, é importante ser objetivo e começar as frases com palavras de ação (remover, soltar, levantar, abrir, cortar, entre outros). Para cada tarefa levantada, identificar os perigos e avaliar os riscos e quais os possíveis incidentes reais e potenciais que podem ocorrer, descrevendo as medidas corretivas ou preventivas para execução de cada tarefa definida. Na APR devem estar contempladas e avaliadas todas as atividades relacionadas à preparação, execução e desmobilização da tarefa, e devem ser identificados os riscos intrínsecos ou circunstanciais associados, tais como:  Meio ambiente;  Método e ou procedimento;  Mão de obra;  Máquinas, equipamentos, ferramentas e instalações;  Matéria-prima;  Medição; e  Medidas de controle necessárias mais adequadas e eficazes. A revisão da APR deverá ser evidenciada se é nova ou revisada. A atividade não poderá ser executada sem a APR existente, se for considerada desatualizada ou não contemplar todos os riscos e suas medidas de controle, a APR deverá ser revisada com o preenchimento de outro formulário. Todos os colaboradores e provedores externos envolvidos na tarefa a ser executada devem assinar a APR, incluindo o gestor responsável da área/setor. Para cada etapa da atividade devem ser identificado os perigos e avaliados os riscos puros e controlados e problemas potenciais envolvidos, as consequências (tipo de lesão, doença, impacto ambiental ou dano material) e as ações de controle/bloqueio (medidas de prevenção e/ou proteção) necessárias, sejam elas já existentes ou não e, neste caso, deverão ser providenciadas antes da realização da tarefa. A confecção da APR não elimina a necessidade do preenchimento da CORP SSMA FORM 25 01 Permissão para trabalho em altura - PTA. Se o colaborador ou provedor externo chegar atrasado, ou em determinado momento em que a atividade já esteja sendo executada, ele deverá procurar o responsável da equipe e solicitar as devidas explicações sobre as informações da APR correspondente, incluindo seu nome e assinatura na mesma. 6.3 Etapas de preenchimento do campo (Responsável pela atividade) Este campo deve ser preenchido com os dados do solicitante do serviço e assinado por ele. Havendo alguma observação importante para execução da atividade que necessite ser ressaltada, é importante preencher nas “observações”.
  • 6. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 6 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Responsáveis pela execução da atividade Este campo deverá ser preenchido com os dados de cada executante da tarefa e assinatura deles. Caso tenha necessidade de preenchimento de mais nomes, além das linhas disponíveis, um outro formulário com a mesma análise deverá ser impresso para inclusão dos nomes dos demais. RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO Nome: ASS.: MAT.: Nome: ASS.: MAT.: Nome: ASS.: MAT.: Nome: ASS.: MAT.: Nome: ASS.: MAT.: Dados da análise preliminar de risco: Este campo deverá ser preenchido com o número sequencial da análise preliminar de risco, informações da revisão do documento, data de emissão e classificação de risco de acordo com a Tabela de Probabilidade da APR. O número sequencial da APR deve seguir o padrão SF-XXX, onde ‘SF” representa as iniciais da unidade, “X” representa a numeração do documento. O preenchimento da APR é diário e específico para cada atividade. Entretanto, sempre que houver mudança da atividade, o documento deverá ser preenchido para a nova atividade verificado se foram inclusa o novo cenário. Havendo mudança de layout das instalações ou de maquinários, ferramentas, materiais ou matéria prima, entre outros, a APR deverá ser revisada. DADOS DA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Análise Preliminar de Risco Nº: Novo: Revisado: Revisão Nº: Número da OS: Nº Empregados envolvidos: Data de emissão: Data validade: NOME: TELEFONE: ASSINATURA: OBSERVAÇÕES: FUNÇÃO: MATRÍCULA: RESPONSÁVEL PELA ATIVIDADE
  • 7. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 7 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Dados da tarefa a ser desenvolvida: Este campo deverá ser preenchido com a descrição suscinta da atividade a ser desenvolvida, nome da unidade, setor e local onde a tarefa será desempenhada, e observações inerentes ao setor que necessitam ser reforçadas. DADOS DA ATIVIDADE A SER DESENVOLVIDA Descrição da Tarefa: Unidade: Setor: Local: Observação: Reconhecimento das etapas de trabalho e seus respectivos riscos e medidas preventivas após a definição das medidas de controle, o risco deve ser reavaliado, para ver se é aceitável ou não. Na tabela abaixo favor substituir a palavra DANOS por RISCOS!! Este campo deve ser preenchido por etapa de trabalho a ser desenvolvida de forma objetiva, como por exemplo: Análise da tarefa in loco; Separação de ferramentas e materiais; Desenergizarão de painel; Retirada de motor; Verificação de nível da caixa d’agua, entre outros. O perigo deve estar associado a cada etapa da atividade. Caso tenha mais de um perigo relacionado numa etapa, estes devem ser separados por item/linha. Ao final da APR possíveis perigos estão mapeados e devem ser marcados conforme informados nas etapas. O risco deve estar associado a cada etapa da atividade e a cada perigo identificado. Ao final da APR possíveis riscos estão mapeados e devem ser marcados conforme informados nas etapas. A frequência deve ser preenchida com a frequência em que o colaborador está exposto a um perigo em relação ao seu tempo de exposição, ou a frequência que um perigo ocorre e o seu tempo de duração. DANOS FREQ. SERV. CALC. - - - - - - - - - - - - INSERIR DADOS ETAPAS DAATIVIDADE PERIGOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS INSERIR DADOS MEDIDAS DE CONTROLE AVALIAÇÃO DO RISCO
  • 8. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 8 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Abaixo a tabela a ser usada como parâmetro Tabela Frequência Duração Baixa Média Alta (menor ou igual a 1 hora) (metade da jornada de trabalho) (durante toda jornada de trabalho) Frequência (exposição)? Pouco Frequentes (menor ou igual 1 vez/mês) 1 1 2 Medianamente Frequentes (maior que 1 vez/mês e menor que 1 vez/dia) 1 2 3 Muito Frequentes (maior ou igual que 1 vez/dia) 2 3 3 Tabela 1 – Frequência A Severidade deve ser preenchida com a gravidade do impactos e consequencias quando este acontecer. Abaixo a tabela a ser usada como parâmetro:
  • 9. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 9 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 Neste campo também devem ser descritos os EPI’s e EPC’s que serão utilizados durante a execução dos serviços. Ao final da APR os EPIs já mapeados devem ser marcados conforme informados nas etapas. Uma cópia da APR deverá permanecer anexa à permissão do trabalho juntamente com a ordem de serviço no local de execução das atividades. 6.4 Capacitação e treinamento Todos os profissionais envolvidos no preenchimento da análise preliminar de risco devem receber treinamento teórico e prático sobre a elaboração da APR. Programas de treinamentos Com o objetivo de garantir a eficácia do preenchimento da análise preliminar de risco, o conteúdo programático do treinamento deverá conter:  Objetivo da ferramenta;  Procedimento para emissão da APR;  Tipos de atividades que requerem o preenchimento da APR;  Conceitos de aspectos/perigos/ causas e impactos/ riscos/ consequências;  Fluxo de elaboração da APR; e  Preenchimento do formulário. Nota: O não cumprimento desse procedimento levara as consequências de medidas disciplinares para a preservação da vida A não observância ou descumprimento deste procedimento é caracterizado com “ATO DE INDISCIPLINA”, passível de aplicação de sanções disciplinares, cabendo o departamento de SSMA juntamente com o
  • 10. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Identificação CORP SSMA PROC 01 Processo/Setor Saúde Segurança e Meio Ambiente Versão: 00 Data: 27/09/2023 Página 10 de 10 Elaborado: Carlos Navarro Revisado: Gilcilene Kellen Aprovado: Wagner Borges Data: 25/05/2024 responsável do setor envolvido, analisar a ocorrência e determinar as medidas necessárias. A não observância ou descumprimento deste procedimento também poderá resultar em fatalidades, em incidentes (reais e potenciais) incapacitantes ou com perda de tempo, bem como em impactos ambientais de maior relevância. 7. INFORMAÇÕES DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE: É dever de todos os colaboradores, levar em consideração os controles do Levantamento de aspectos e impactos ambientais LAIA e CORP SSMA PROC 13 Levantamento de perigos avaliação de riscos - LPAR que venha interagir com as atividades abordadas neste procedimento. 8. PLANO DE ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA (PAE): Os cenários que envolvem trabalho em espaço confinado estão mapeados no Plano de atendimento a emergência - PAE da unidade, as recomendações de conduta e comportamento estão estabelecidas neste plano. 9. PLANO DE CONTINGÊNCIA: Em caso de impossibilidade de acessar o sistema DOO, os documentos dos SGI estarão disponíveis na pasta eletrônica base de dados One Drive HARPIA GOLD. 10. AÇÕES CORRETIVAS: O não atendimento deste procedimento e/ou a impossibilidade de aplicar qualquer item aqui previsto, deverá ser gerenciado através da abertura de ações corretivas, conforme previsto no Procedimento de ações corretivas ações para riscos e oportunidades. 11. TABELA DE REGISTROS: Itens de controle / Código Acesso Meio de Armazenamento Tempo de retenção/ descarte CORP SSMA FORM 01 01 Análise preliminar de riscos Por usuário Pasta eletrônica base de dados One Drive HARPIA GOLD / Sistema DOO 5 anos