SlideShare uma empresa Scribd logo
c o nt@ o r.c o m
        d
Quebrando paradigmas na era
digital


                     Rafhael Sousa Sena
Evolução da Contabilidade



 Escrituração Contábil até então feita de forma
  manual, tornou-se digital.
 Com o sistema eletrônico de dados, o
  Contador pode utilizar novas ferramentas
  para   o   gerenciamento    da    informação
  contábil;
 A precisão das informações em tempo real
  trouxe maior responsabilidade ao contador
      Processo Manual >>> Mecânico >>> Eletrônico
Tecnologia da Informação (T.I)
    Escrituração Contábil Digital (E.C.D)

   T.I. conjunto de recursos tecnológicos e
    computacionais para a geração e uso da
    informação;
   E.C.D corresponde a utilização da T.I. na
    geração da Informação Contábil;
   Difusão social da informação em larga
    escala de transmissão, a partir de
    sistemas tecnológicos Inteligentes.
SPED – O COMEÇO DA
     REVOLUÇÃO...

 @ Faz parte do programa PAC do Governo Federal e
   constitui-se em mais um avanço na informatização da
   relação entre o fisco e os contribuintes;
 @ Composição: Escrituração Contábil Digital, Escrituração
   Fiscal Digital e a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica);
 @ Fim da impressao do papel pelo arquivo eletrônico
   digital, assinado via-internet, por meio dos certificados
   digitais (e-CPF/e-CNPJ);

DECRETO n.6.022/07 e EMENDA CONSTIT. 42/2003: Art.37 CF: As administrações
 .
tributárias da união, dos Estados, do Distr. Federal e dos Municípios....atuarão
de forma integrada, inclusive com o compartilhamento de cadastros e de
informações fiscais....
Impactos do SPED nas
    empresas

@   Organização de Processos Contábeis e
    Administrativos;
@   Contador passa a atuar como gestor de
    informações;
@   Concretiza-se a era da inteligência fiscal,
    que abre enormes possibilidades para um
    salto qualitativo em termos de gestão de
    negócios.
Envio eletrônico (Internet)

        Remetente                                           Destinatário
                         Trânsito Autorizado (DANFE)



Envia                                        -e
                Retorna
NF-e                                  ulta NF
               Autorização         ons
                                  C
                  NF-e




  SEFAZ/UF                        Retransmite NF-e          SPED

        Nota Fiscal Eletrônica
Ricardo Satin - S P E D   8
O Big Brother FISCAL

        O que vemos hoje, pode ser a materialização de
         uma espécie de "Big Brother Fiscal" que, a partir
         de agora, observará todo os passos dos
         contribuintes;

                    O profissional Contabilidade deve estar
                  totalmente afinado com a legislação Fiscal
ENTÃO O QUE
                    de forma a orientar seus clientes a não
FAZER?
                     incorrerem em riscos desnecessários.
O Big Brother FISCAL –
   Cruzamento de Informações




A utilização de sistemas integrados facilita e evita possíveis erros
com o cruzamento de informações (SISTEMAS ERP)
Incorporação de Obrigações
      Acessórias
O Novo Perfil do Contador

 Profissional multidisciplinar, flexível e hábil na
utilizacao da Tecnologia da Informação;
Preparado para enfrentar os desafios de uma
profissão na qual a competição e exigências crescem a
cada dia.
Desafios e Avanços
 Há um processo de transição, a procura por novos
 profissionais é crescente e a renovação é inevitável;

 Cabe ao Contador que ainda não se rendeu ao novo
 mundo, adaptar-se o mais rápido possível;

Neste processo, o Contador ganha produtividade,
 redução de custo e agregação de valor ao serviço
 prestado e o cliente ganha mais qualidade, agilidade
 e confiabilidade nas informações;
Novidades e Curiosidades

Espanhóis poderão ter serviços fiscais via TV digital:
O governo espanhol está a testar a entrega de declarações
de impostos com a ajuda de um serviço de televisão
interativa, por meio da televisão digital;

O IFRS (Regras Internacionais de Contabilidade),
determinou que todos os escritórios contábeis convertam
documentos físicos ao formato digital;

Mais de 70% das informações enviadas, atualmente, ao
Fisco brasileiro são no formato digital.
                                      * Notícia publicada no i-Gov
Conclusão
   Nesse novo tempo, a exigência pela informação
    Contábil é cada vez mais rápida e precisa;

   Para se manter no mercado, o Contador precisa
    estar atento as inovações que a informatização
    traz, utilizando ferramentas tecnológicas
    avançadas e buscando conhecimentos em áreas
    ligadas a estatística, economia, direito e
    administração para oferecer seus serviços com
    melhor qualidade.
Obrigado !!!

RAFHAEL SOUSA SENA
Contador CRC-CE (18.977)

(88) 3581 6194

rsena@acesfcontabil.com.br
www.acesfcontabil.com.br
Twitter: @rafhaelsena

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
Luiz Bettega
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
Rikson Carvalho
 
Manual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronicaManual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronica
Palmieres Mota
 
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPISPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
Professor Edgar Madruga
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
dygos2
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Roberto Dias Duarte
 
Evento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
Evento SPED Uai - Aliz em Belo HorizonteEvento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
Evento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
Roberto Dias Duarte
 
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFeDiferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Vemartin IT Consulting
 
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo CletoA Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
APF6
 
Apresentação sobre SPED Fiscal
Apresentação sobre SPED FiscalApresentação sobre SPED Fiscal
Apresentação sobre SPED Fiscal
Roberto Dias Duarte
 
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGSPalestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
decision-it
 
SPED ECD 2017
SPED ECD 2017SPED ECD 2017
SPED ECD 2017
Renata Santana Santos
 
Palestra sped fiscal
Palestra sped fiscalPalestra sped fiscal
Palestra sped fiscal
Danilo Ferreira
 
ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2
Jorge Campos
 
SPED & NFC-e: uma visão executiva
SPED & NFC-e: uma visão executivaSPED & NFC-e: uma visão executiva
SPED & NFC-e: uma visão executiva
Roberto Dias Duarte
 
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
guest341c8bb
 
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidadesOs efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
Hyldon Herbert Dias Mendes
 
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda CostaPalestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
UseSoft Do Brasil Informática
 
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil -  BrasiliaCafé da Manhã Executivo NFe do Brasil -  Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Vemartin IT Consulting
 
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Infofisco
 

Mais procurados (20)

Nota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal EletrônicaNota Fiscal Eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
 
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)
 
Manual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronicaManual nota fiscal eletronica
Manual nota fiscal eletronica
 
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPISPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
 
Evento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
Evento SPED Uai - Aliz em Belo HorizonteEvento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
Evento SPED Uai - Aliz em Belo Horizonte
 
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFeDiferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
Diferenças entre SAT x NFCe X ECF e NFe
 
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo CletoA Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
A Influência da Tecnologia na Gestão das OSCs - Nivaldo Cleto
 
Apresentação sobre SPED Fiscal
Apresentação sobre SPED FiscalApresentação sobre SPED Fiscal
Apresentação sobre SPED Fiscal
 
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGSPalestra Mauro Negruni - UFRGS
Palestra Mauro Negruni - UFRGS
 
SPED ECD 2017
SPED ECD 2017SPED ECD 2017
SPED ECD 2017
 
Palestra sped fiscal
Palestra sped fiscalPalestra sped fiscal
Palestra sped fiscal
 
ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2
 
SPED & NFC-e: uma visão executiva
SPED & NFC-e: uma visão executivaSPED & NFC-e: uma visão executiva
SPED & NFC-e: uma visão executiva
 
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
Grv Software NFe Moldes ABM Fev2010
 
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidadesOs efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
Os efeitos do SPED e PAF-ECF nas empresas e contabilidades
 
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda CostaPalestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
Palestra Geração do SPED - Abel Miranda Costa
 
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil -  BrasiliaCafé da Manhã Executivo NFe do Brasil -  Brasilia
Café da Manhã Executivo NFe do Brasil - Brasilia
 
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
 

Semelhante a Cont@ador.com_Quebrando paradigmas na era digital

Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
Rafhael Sena
 
Cartilha sped brasil
Cartilha sped brasilCartilha sped brasil
Cartilha sped brasil
claudio_altinf
 
O Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPEDO Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPED
Ricardo Satin, MSc, ITIL, CSM, PMP
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas FiscaisSPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
Marcelo Ribeiro
 
Os Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
Os Impactos do SPED nas Empresas de ContabilidadeOs Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
Os Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
Jose Adriano Pinto
 
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
Professor Edgar Madruga
 
Especial SPED - Revista Exame
Especial SPED - Revista Exame Especial SPED - Revista Exame
Especial SPED - Revista Exame
Roberto Dias Duarte
 
1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax
Decision IT
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Roberto Dias Duarte
 
Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?
Gabriela Bornhausen Branco
 
Farj. marlon
Farj. marlonFarj. marlon
Farj. marlon
Deiliane camoes
 
TCC de Contabilidade na Era Digital
TCC de Contabilidade na Era DigitalTCC de Contabilidade na Era Digital
TCC de Contabilidade na Era Digital
Patrícia Souza
 
Apresentação Santa Cruz
Apresentação Santa CruzApresentação Santa Cruz
Apresentação Santa Cruz
decision-it
 
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Wandick Rocha de Aquino
 
MXM-ECF
MXM-ECFMXM-ECF
MXM-ECF
MXMSistemas
 
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos ProfissionaisA Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
Jose Adriano Pinto
 
eGOV - SPED & Gestores de Finanças
eGOV - SPED & Gestores de FinançaseGOV - SPED & Gestores de Finanças
eGOV - SPED & Gestores de Finanças
profluizpinheirojunior
 
Apresentação Santa Cruz
Apresentação Santa CruzApresentação Santa Cruz
Apresentação Santa Cruz
decision-it
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
GrupoFortesServicos
 

Semelhante a Cont@ador.com_Quebrando paradigmas na era digital (20)

Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
 
Cartilha sped brasil
Cartilha sped brasilCartilha sped brasil
Cartilha sped brasil
 
O Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPEDO Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPED
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
 
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas FiscaisSPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
 
Os Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
Os Impactos do SPED nas Empresas de ContabilidadeOs Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
Os Impactos do SPED nas Empresas de Contabilidade
 
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
Especial SPED – Revista Exame – Janeiro/2012
 
Especial SPED - Revista Exame
Especial SPED - Revista Exame Especial SPED - Revista Exame
Especial SPED - Revista Exame
 
1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax1º Forum SPED BlueTax
1º Forum SPED BlueTax
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
 
Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?
 
Farj. marlon
Farj. marlonFarj. marlon
Farj. marlon
 
TCC de Contabilidade na Era Digital
TCC de Contabilidade na Era DigitalTCC de Contabilidade na Era Digital
TCC de Contabilidade na Era Digital
 
Apresentação Santa Cruz
Apresentação Santa CruzApresentação Santa Cruz
Apresentação Santa Cruz
 
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
 
MXM-ECF
MXM-ECFMXM-ECF
MXM-ECF
 
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos ProfissionaisA Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
A Evolução do Fisco, das Empresas e dos Profissionais
 
eGOV - SPED & Gestores de Finanças
eGOV - SPED & Gestores de FinançaseGOV - SPED & Gestores de Finanças
eGOV - SPED & Gestores de Finanças
 
Apresentação Santa Cruz
Apresentação Santa CruzApresentação Santa Cruz
Apresentação Santa Cruz
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
 

Mais de Rafhael Sena

Nota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônicaNota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônica
Rafhael Sena
 
Normas De SegurançA
Normas De SegurançANormas De SegurançA
Normas De SegurançA
Rafhael Sena
 
Fraudes e Falsificaçôes
Fraudes e FalsificaçôesFraudes e Falsificaçôes
Fraudes e Falsificaçôes
Rafhael Sena
 
Manual Do Cliente A C E S F
Manual Do  Cliente  A C E S FManual Do  Cliente  A C E S F
Manual Do Cliente A C E S F
Rafhael Sena
 
Treinamento Escrita Fiscal 2009
Treinamento Escrita Fiscal 2009Treinamento Escrita Fiscal 2009
Treinamento Escrita Fiscal 2009
Rafhael Sena
 
Apresentacao Plano De Contas
Apresentacao Plano De ContasApresentacao Plano De Contas
Apresentacao Plano De Contas
Rafhael Sena
 
Apresentaçã- Monografia Flat Service
Apresentaçã- Monografia Flat ServiceApresentaçã- Monografia Flat Service
Apresentaçã- Monografia Flat Service
Rafhael Sena
 
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRiaA Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
Rafhael Sena
 
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRiaA Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
Rafhael Sena
 

Mais de Rafhael Sena (9)

Nota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônicaNota fiscal eletrônica
Nota fiscal eletrônica
 
Normas De SegurançA
Normas De SegurançANormas De SegurançA
Normas De SegurançA
 
Fraudes e Falsificaçôes
Fraudes e FalsificaçôesFraudes e Falsificaçôes
Fraudes e Falsificaçôes
 
Manual Do Cliente A C E S F
Manual Do  Cliente  A C E S FManual Do  Cliente  A C E S F
Manual Do Cliente A C E S F
 
Treinamento Escrita Fiscal 2009
Treinamento Escrita Fiscal 2009Treinamento Escrita Fiscal 2009
Treinamento Escrita Fiscal 2009
 
Apresentacao Plano De Contas
Apresentacao Plano De ContasApresentacao Plano De Contas
Apresentacao Plano De Contas
 
Apresentaçã- Monografia Flat Service
Apresentaçã- Monografia Flat ServiceApresentaçã- Monografia Flat Service
Apresentaçã- Monografia Flat Service
 
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRiaA Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO como forma de Economia TributáRia
 
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRiaA Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
A Escolha Da Modalidade De TributaçãO E Economia TributáRia
 

Cont@ador.com_Quebrando paradigmas na era digital

  • 1. c o nt@ o r.c o m d Quebrando paradigmas na era digital Rafhael Sousa Sena
  • 2. Evolução da Contabilidade  Escrituração Contábil até então feita de forma manual, tornou-se digital.  Com o sistema eletrônico de dados, o Contador pode utilizar novas ferramentas para o gerenciamento da informação contábil;  A precisão das informações em tempo real trouxe maior responsabilidade ao contador Processo Manual >>> Mecânico >>> Eletrônico
  • 3. Tecnologia da Informação (T.I) Escrituração Contábil Digital (E.C.D)  T.I. conjunto de recursos tecnológicos e computacionais para a geração e uso da informação;  E.C.D corresponde a utilização da T.I. na geração da Informação Contábil;  Difusão social da informação em larga escala de transmissão, a partir de sistemas tecnológicos Inteligentes.
  • 4. SPED – O COMEÇO DA REVOLUÇÃO... @ Faz parte do programa PAC do Governo Federal e constitui-se em mais um avanço na informatização da relação entre o fisco e os contribuintes; @ Composição: Escrituração Contábil Digital, Escrituração Fiscal Digital e a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica); @ Fim da impressao do papel pelo arquivo eletrônico digital, assinado via-internet, por meio dos certificados digitais (e-CPF/e-CNPJ); DECRETO n.6.022/07 e EMENDA CONSTIT. 42/2003: Art.37 CF: As administrações . tributárias da união, dos Estados, do Distr. Federal e dos Municípios....atuarão de forma integrada, inclusive com o compartilhamento de cadastros e de informações fiscais....
  • 5.
  • 6. Impactos do SPED nas empresas @ Organização de Processos Contábeis e Administrativos; @ Contador passa a atuar como gestor de informações; @ Concretiza-se a era da inteligência fiscal, que abre enormes possibilidades para um salto qualitativo em termos de gestão de negócios.
  • 7. Envio eletrônico (Internet) Remetente Destinatário Trânsito Autorizado (DANFE) Envia -e Retorna NF-e ulta NF Autorização ons C NF-e SEFAZ/UF Retransmite NF-e SPED Nota Fiscal Eletrônica
  • 8. Ricardo Satin - S P E D 8
  • 9. O Big Brother FISCAL  O que vemos hoje, pode ser a materialização de uma espécie de "Big Brother Fiscal" que, a partir de agora, observará todo os passos dos contribuintes; O profissional Contabilidade deve estar totalmente afinado com a legislação Fiscal ENTÃO O QUE de forma a orientar seus clientes a não FAZER? incorrerem em riscos desnecessários.
  • 10. O Big Brother FISCAL – Cruzamento de Informações A utilização de sistemas integrados facilita e evita possíveis erros com o cruzamento de informações (SISTEMAS ERP)
  • 12. O Novo Perfil do Contador  Profissional multidisciplinar, flexível e hábil na utilizacao da Tecnologia da Informação; Preparado para enfrentar os desafios de uma profissão na qual a competição e exigências crescem a cada dia.
  • 13. Desafios e Avanços  Há um processo de transição, a procura por novos profissionais é crescente e a renovação é inevitável;  Cabe ao Contador que ainda não se rendeu ao novo mundo, adaptar-se o mais rápido possível; Neste processo, o Contador ganha produtividade, redução de custo e agregação de valor ao serviço prestado e o cliente ganha mais qualidade, agilidade e confiabilidade nas informações;
  • 14. Novidades e Curiosidades Espanhóis poderão ter serviços fiscais via TV digital: O governo espanhol está a testar a entrega de declarações de impostos com a ajuda de um serviço de televisão interativa, por meio da televisão digital; O IFRS (Regras Internacionais de Contabilidade), determinou que todos os escritórios contábeis convertam documentos físicos ao formato digital; Mais de 70% das informações enviadas, atualmente, ao Fisco brasileiro são no formato digital. * Notícia publicada no i-Gov
  • 15. Conclusão  Nesse novo tempo, a exigência pela informação Contábil é cada vez mais rápida e precisa;  Para se manter no mercado, o Contador precisa estar atento as inovações que a informatização traz, utilizando ferramentas tecnológicas avançadas e buscando conhecimentos em áreas ligadas a estatística, economia, direito e administração para oferecer seus serviços com melhor qualidade.
  • 16. Obrigado !!! RAFHAEL SOUSA SENA Contador CRC-CE (18.977) (88) 3581 6194 rsena@acesfcontabil.com.br www.acesfcontabil.com.br Twitter: @rafhaelsena