SlideShare uma empresa Scribd logo
Contabilidade Básica
Conceitos Introdutórios
Wladimir Farias | Administrador
Agenda
• Apresentação
• Contabilidade
– Surgimento
– Campo de atuação
– Objetivo
– Objeto
• Princípios de contabilidade
– Conceito
– Princípios
Apresentação
• Formação Acadêmica
– Bacharel em Administração de Empresas (UPE);
Especialista em Gestão de Projetos Sociais (FAFIRE)
• Experiência
– 6 anos de experiência em Finanças, OS&M e Gestão
de Processos e Gestão de em Projetos de Inovação,
Projetos Sociais; Projetos de desenvolvimento;
• Acadêmico
– 3 artigos em eventos nacionais e 1 em evento
internacional;
Surgimento da contabilidade
• Desde a pré história no período Mesolítico
• Foco em contar coisas;
• Coisas são Riqueza;
• Exemplos:
– Símbolos de animais, materiais têxteis,
recipientes, metais, entre outros, por meios de
sinais pictográficos
Surgimento da contabilidade
• Mas a sua forma atual veio no Século XVIII;
• Mercantilismo;
• Dinheiro é Riqueza;
• Desenvolvimento do comércio e necessidade
do Livro Caixa e do Razonete;
“Dinheiro tornou-se Riqueza”
Paul Strathern
Objetivo da contabilidade
“Permitir a cada grupo principal de usuários a
avaliação da situação econômica e financeira
da entidade, num sentido estático, bem como
fazer inferências sobre suas tendências
futuras”.
- MARION, José Carlos.
Objeto da contabilidade
• Patrimônio das entidades
Dinheiro
Matéria
prima
Produtos
acabados
Móveis e
utensílios
‘O Patrimônio pode ser conceituado como
conjunto de bens, direitos e obrigações
que é utilizado em suas diversas atividades
pertencentes às pessoas físicas e/ou às
jurídicas.’
Campo de atuação da contabilidade
• Estuda as modificações do Patrimônio através
das mudanças na riqueza de um ente (público
ou privado, físico ou jurídico) ocorridas
devidas aos atos humanos;
• Instrumento de auxílio para a tomada de
decisão;
• Captar, registrar, planejar, acompanhar,
resumir, analisar, interpretar e controlar todas
as situações que afetem o Patrimônio;
A quem interessa a
contabilidade?
Alguém sabe?
A quem interessa a contabilidade?
Pessoas
físicas
Governo
Bancos
Sócios e
acionistas
Gerentes
Utilizando as informações da
Contabilidade
• Controlar patrimônio e finanças pessoais;Pessoas físicas
• Tributos e impostos, taxas e contribuições;Governo
• Lucratividade, rentabilidade e segurança dos
investimentosBancos
• Lucratividade, rentabilidade e segurança dos
investimentosSócios e acionistas
• Auxiliá-los na tomada de decisão através das
informações contábeis sobre o passado, o presente e a
projeção futura da empresa.
Administradores e
diretores
A contabilidade é uma só?
Existem outros tipos de
contabilidade?
Áreas de contabilidade
Financeira
Coletar dados de
transações
econômicas e
financeiras que
afetam o
patrimônio da
empresa, classificá-
los e registrá-los,
fornecendo
informações
importantes em
forma de relatórios.
Custos
Produzir
informações para
diversos níveis
gerenciais de uma
entidade
Gerencial
Fornecimento de
informações para
os acionistas,
credores e outros
que estão de fora
da organização.
Princípios da contabilidade
Princípios
Úteis
ObjetivosPraticáveis
Princípios
Profissional
• Entidade
• Continuidade
• Oportunidade
• Registro do valor Original
• Competência
• Prudência
Princípios
Entidade
•Autonomia
•Patrimônio
da entidade
Continuidade
•Futuro
•Mensuração
Princípios
Oportunidade
•Informações
integras
Registro do
valor
•Valor em
moeda
corrente
Princípios
Competência
•Período de
execução
Prudência
•Garantir
aumento de
patrimônio
Atividade para memorização
• Em qual época surgiu a contabilidade
moderna?
• Além das estudadas, cite outras áreas da
contabilidade?
• Escolha um princípio da contabilidade e
discorra sobre ele (ente 5 e 10 linhas)
Dúvidas?
Wladimir Farias | Administrador
fariaswladimir@gmail.com
Referências Bibliografia
• MARION, José Carlos. Contabilidade
empresarial. Atlas, 2009
• OLIVEIRA, Michelle Silva de.Noções de
contabilidade básica para cursos técnicos -
Brasília, DF : Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia de Brasília, 2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Contabilidade Básica
Contabilidade BásicaContabilidade Básica
Contabilidade Básica
André Faria Gomes
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
Celso Frederico Lago
 
Escrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbilEscrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbil
Jesus Bandeira
 
Contabilidade Geral
Contabilidade GeralContabilidade Geral
Contabilidade Geral
Superprovas Software
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
Filipe Mello
 
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORESCONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
Cássio Lima
 
Analise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeirasAnalise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeiras
belyalmeida
 
Introdução à contabilidade aula 6
Introdução à contabilidade   aula 6Introdução à contabilidade   aula 6
Introdução à contabilidade aula 6
Ester Costa Alencar
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeira
Studiesfree
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
Dayane Dias
 
Planeamento e gestão orçamental
Planeamento e gestão orçamentalPlaneamento e gestão orçamental
Planeamento e gestão orçamental
Leonel Boano
 
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
Cesar Ventura
 
Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01
Faculdade Inesul - Londrina
 
Apontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
Apontamentos de contabilidade Geral 1 AnoApontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
Apontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
nihomue
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
Bolivar Motta
 
Teoria da contabilidade 1 - slid -
Teoria da contabilidade   1  - slid -Teoria da contabilidade   1  - slid -
Teoria da contabilidade 1 - slid -
Gis Viana de Brito
 
Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
sscutrim
 
Função financeira
Função financeiraFunção financeira
Função financeira
EvelyneBorges
 
Introdução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão FinanceiraIntrodução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão Financeira
Eliseu Fortolan
 

Mais procurados (20)

Contabilidade Básica
Contabilidade BásicaContabilidade Básica
Contabilidade Básica
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
 
Escrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbilEscrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbil
 
Contabilidade Geral
Contabilidade GeralContabilidade Geral
Contabilidade Geral
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
 
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORESCONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
 
Analise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeirasAnalise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeiras
 
Introdução à contabilidade aula 6
Introdução à contabilidade   aula 6Introdução à contabilidade   aula 6
Introdução à contabilidade aula 6
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
 
Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeira
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
Planeamento e gestão orçamental
Planeamento e gestão orçamentalPlaneamento e gestão orçamental
Planeamento e gestão orçamental
 
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
Apostila de Finanças Corporativas v 3.10
 
Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01
 
Apontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
Apontamentos de contabilidade Geral 1 AnoApontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
Apontamentos de contabilidade Geral 1 Ano
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
 
Teoria da contabilidade 1 - slid -
Teoria da contabilidade   1  - slid -Teoria da contabilidade   1  - slid -
Teoria da contabilidade 1 - slid -
 
Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
 
Função financeira
Função financeiraFunção financeira
Função financeira
 
Introdução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão FinanceiraIntrodução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão Financeira
 

Destaque

Fundamentos da contabilidade escola de formação ead
Fundamentos da contabilidade   escola de formação eadFundamentos da contabilidade   escola de formação ead
Fundamentos da contabilidade escola de formação ead
Adriano Souza
 
Livro exame suficiencia
Livro exame suficienciaLivro exame suficiencia
Livro exame suficiencia
Clarissa Schoppan
 
Objetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da ContabilidadeObjetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da Contabilidade
Wandick Rocha de Aquino
 
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
GRAJAUMA
 
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ES
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ESCurso para o exame de suficiencia - CRC-ES
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ES
Danilo Simões
 
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFCPREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
Antonio Quirino
 
Apostila preparatória exame suficiência
Apostila preparatória exame suficiênciaApostila preparatória exame suficiência
Apostila preparatória exame suficiência
Letícia Melo
 
Contabilidade básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
Contabilidade   básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro Contabilidade   básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
Contabilidade básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
Adriana Contabilidade Etec
 
Absolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slideAbsolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slide
Jacqueline Matilde
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Carlos Vieira
 

Destaque (10)

Fundamentos da contabilidade escola de formação ead
Fundamentos da contabilidade   escola de formação eadFundamentos da contabilidade   escola de formação ead
Fundamentos da contabilidade escola de formação ead
 
Livro exame suficiencia
Livro exame suficienciaLivro exame suficiencia
Livro exame suficiencia
 
Objetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da ContabilidadeObjetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da Contabilidade
 
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
Apostilaexameabr144a edicao 01.2014
 
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ES
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ESCurso para o exame de suficiencia - CRC-ES
Curso para o exame de suficiencia - CRC-ES
 
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFCPREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
PREPARATÓRIO PARA O EXAME DE SUFICIÊNCIA CFC
 
Apostila preparatória exame suficiência
Apostila preparatória exame suficiênciaApostila preparatória exame suficiência
Apostila preparatória exame suficiência
 
Contabilidade básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
Contabilidade   básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro Contabilidade   básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
Contabilidade básica fácil - 001 a 302 - osni moura ribeiro
 
Absolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slideAbsolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slide
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 

Semelhante a Contabilidade básica - conceitos introdutórios

Contabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO ContadoresContabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO Contadores
Leonardo Novaes
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.docAPOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
LeoAnjos4
 
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
Nailson Moreira
 
Apostila Introdução a Contabilidade I
Apostila Introdução a Contabilidade IApostila Introdução a Contabilidade I
Apostila Introdução a Contabilidade I
Gilberto Freitas
 
Teoria da contabilidade_c.c
Teoria da contabilidade_c.cTeoria da contabilidade_c.c
Teoria da contabilidade_c.c
Anni Carolini Santos
 
Atps contabilidade basica 2014
Atps contabilidade basica 2014Atps contabilidade basica 2014
Atps contabilidade basica 2014
Detetive Felix
 
Aula 01 primeiro encontro - finanças - profº.miguel
Aula 01   primeiro encontro - finanças - profº.miguelAula 01   primeiro encontro - finanças - profº.miguel
Aula 01 primeiro encontro - finanças - profº.miguel
crrrs
 
Apostila contabilidade basica
Apostila contabilidade basicaApostila contabilidade basica
Apostila contabilidade basica
zeramento contabil
 
Quais os objetivos da Contabilidade.pptx
Quais os objetivos da Contabilidade.pptxQuais os objetivos da Contabilidade.pptx
Quais os objetivos da Contabilidade.pptx
MartesonCasteloBranc1
 
1 aula i_introducao_a_administracao_fina
1 aula i_introducao_a_administracao_fina1 aula i_introducao_a_administracao_fina
1 aula i_introducao_a_administracao_fina
Claudia Matos
 
Contabilidade industrial
Contabilidade industrialContabilidade industrial
Contabilidade industrial
simuladocontabil
 
Conceito_contabilidade
 Conceito_contabilidade Conceito_contabilidade
Conceito_contabilidade
Theusinho Santos
 
CONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
CONF.1 Teoría de Contabilidade FianaceiraCONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
CONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
SanchoAlexandreTiago
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
Marcos Jonatas
 
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 Módulo 1   Contabilidade Gerencial Módulo 1   Contabilidade Gerencial
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
PUC Minas
 
Governança
Governança Governança
Governança
Welton Nascimento
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
afpinto
 
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - FinanceiroMiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
Diego T. Budemberg
 

Semelhante a Contabilidade básica - conceitos introdutórios (20)

Contabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO ContadoresContabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO Contadores
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.docAPOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
APOSTILA_DE_PRATICAS_CONTABEIS_I.doc
 
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
Slidesintroducaoacontabilidade 140827102848-phpapp02
 
Apostila Introdução a Contabilidade I
Apostila Introdução a Contabilidade IApostila Introdução a Contabilidade I
Apostila Introdução a Contabilidade I
 
Teoria da contabilidade_c.c
Teoria da contabilidade_c.cTeoria da contabilidade_c.c
Teoria da contabilidade_c.c
 
Atps contabilidade basica 2014
Atps contabilidade basica 2014Atps contabilidade basica 2014
Atps contabilidade basica 2014
 
Aula 01 primeiro encontro - finanças - profº.miguel
Aula 01   primeiro encontro - finanças - profº.miguelAula 01   primeiro encontro - finanças - profº.miguel
Aula 01 primeiro encontro - finanças - profº.miguel
 
Apostila contabilidade basica
Apostila contabilidade basicaApostila contabilidade basica
Apostila contabilidade basica
 
Quais os objetivos da Contabilidade.pptx
Quais os objetivos da Contabilidade.pptxQuais os objetivos da Contabilidade.pptx
Quais os objetivos da Contabilidade.pptx
 
1 aula i_introducao_a_administracao_fina
1 aula i_introducao_a_administracao_fina1 aula i_introducao_a_administracao_fina
1 aula i_introducao_a_administracao_fina
 
Contabilidade industrial
Contabilidade industrialContabilidade industrial
Contabilidade industrial
 
Conceito_contabilidade
 Conceito_contabilidade Conceito_contabilidade
Conceito_contabilidade
 
CONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
CONF.1 Teoría de Contabilidade FianaceiraCONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
CONF.1 Teoría de Contabilidade Fianaceira
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 Módulo 1   Contabilidade Gerencial Módulo 1   Contabilidade Gerencial
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 
Governança
Governança Governança
Governança
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
 
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - FinanceiroMiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
MiniBA - Gestão de MicroEmpresas - Financeiro
 

Mais de Wladimir Farias Tenorio Filho

Entregacontinua.pdf
Entregacontinua.pdfEntregacontinua.pdf
Entregacontinua.pdf
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Análise do Dataset Dry beans
Análise do Dataset Dry beansAnálise do Dataset Dry beans
Análise do Dataset Dry beans
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do EscopoGrupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Palestra: Outras economias
Palestra: Outras economiasPalestra: Outras economias
Palestra: Outras economias
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfariasCap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultadosCapítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Capítulo 2 arrumando a casa
Capítulo 2 arrumando a casaCapítulo 2 arrumando a casa
Capítulo 2 arrumando a casa
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Apresentação para V SEMEAP
Apresentação para V SEMEAPApresentação para V SEMEAP
Apresentação para V SEMEAP
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE  EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE  EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Cine Prevenção
Cine PrevençãoCine Prevenção
Plan. estr.grupo pé no chão
Plan. estr.grupo pé no chãoPlan. estr.grupo pé no chão
Plan. estr.grupo pé no chão
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Mercado de trabalho v04
Mercado de trabalho v04Mercado de trabalho v04
Mercado de trabalho v04
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Mst e o estado brasileiro vfinal
Mst e o estado brasileiro vfinalMst e o estado brasileiro vfinal
Mst e o estado brasileiro vfinal
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Apresentação trapeiros
Apresentação trapeirosApresentação trapeiros
Apresentação trapeiros
Wladimir Farias Tenorio Filho
 

Mais de Wladimir Farias Tenorio Filho (17)

Entregacontinua.pdf
Entregacontinua.pdfEntregacontinua.pdf
Entregacontinua.pdf
 
Análise do Dataset Dry beans
Análise do Dataset Dry beansAnálise do Dataset Dry beans
Análise do Dataset Dry beans
 
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
Curso gestão de projetos _ Gerenciamento das comunicações e das partes intere...
 
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do EscopoGrupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
Grupo de Estudo PMI-PE - Gerenciamento do Escopo
 
Palestra: Outras economias
Palestra: Outras economiasPalestra: Outras economias
Palestra: Outras economias
 
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfariasCap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
Cap 4 como padronizar sua área de trabalho wladimirfarias
 
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultadosCapítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
Capítulo 3: Como gerenciar para melhorar os resultados
 
Capítulo 2 arrumando a casa
Capítulo 2 arrumando a casaCapítulo 2 arrumando a casa
Capítulo 2 arrumando a casa
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
 
Apresentação para V SEMEAP
Apresentação para V SEMEAPApresentação para V SEMEAP
Apresentação para V SEMEAP
 
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE  EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE  EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
Anais V SEMEAP - O CINEMA COMO EXPERIÊNCIA DE ARTE EDUCAÇÃO NA PREVENÇÃO À D...
 
Cine Prevenção
Cine PrevençãoCine Prevenção
Cine Prevenção
 
Plan. estr.grupo pé no chão
Plan. estr.grupo pé no chãoPlan. estr.grupo pé no chão
Plan. estr.grupo pé no chão
 
Mercado de trabalho v04
Mercado de trabalho v04Mercado de trabalho v04
Mercado de trabalho v04
 
Mst e o estado brasileiro vfinal
Mst e o estado brasileiro vfinalMst e o estado brasileiro vfinal
Mst e o estado brasileiro vfinal
 
Apresentação trapeiros
Apresentação trapeirosApresentação trapeiros
Apresentação trapeiros
 

Último

6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 

Contabilidade básica - conceitos introdutórios

Notas do Editor

  1. úteis (quando deles resultarem informações significativas e valiosas aos usuários das demonstrações contábeis), objetivos (quando as informações resultantes de suas aplicações não acabarem sofrendo influência por inclinações pessoais ou prejuízo dos que a fornecem) praticáveis (quando podem ser adotados sem complexidade ou custos indevidos).
  2. CFC – Conselho federal de Contabilidade Entidade - reconhece a autonomia patrimonial da entidade, diferenciando o Patrimônio particular do da entidade. Continuidade - pressupõe que a Entidade continuará em operação no futuro e, portanto, a mensuração e a apresentação dos Componentes do Patrimônio levam em conta esta circunstância. Oportunidade - refere-se ao processo de mensuração e à apresentação dos Componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas. Art. 7º O Princípio do Registro pelo Valor Original determina que os componentes do Patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações, expressos em moeda nacional. Art. 9º O Princípio da Competência determina que os efeitos das transações e outros eventos sejam reconhecidos nos períodos a que se referem, independentemente do recebimento ou pagamento. Art. 10. O Princípio da PRUDÊNCIA determina a adoção do menor valor para os componentes do ATIVO e do maior para os do PASSIVO, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio líquido.