SlideShare uma empresa Scribd logo
DIRETRIZES GERAIS
DA AÇÃO
EVANGELIZADORA
DA IGREJA NO BRASIL
2019 – 2023
COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS
(CEM)
PEQUENAS COMUNIDADES DE DISCÍPULOS E
DISCÍPULAS DE JESUS DE NAZARÉ,
MESTRE E SENHOR
= GRUPOS DE JESUS
2
3
EVANGELIZAR
no Brasil cada vez mais urbano,
pelo anúncio da Palavra de Deus,
formando discípulos e discípulas de Jesus Cristo,
em comunidades eclesiais missionárias,
à luz da evangélica opção preferencial pelos
pobres,
cuidando da Casa Comum e
testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude.
4
A comunidade eclesial
missionária é sustentada
por quatro pilares:
 Palavra,
 Pão,
 Caridade e
 Ação Missionária (nº 8).
5
COMUNIDADE ECLESIAL
MISSIONÁRIA – COMUNIDADE DE
COMUNIDADES DAGE 2019 - 2023
 Sustentada por quatro pilares:
 Palavra – Iniciação à Vida Cristã e
Animação Bíblica;
 Pão - Liturgia e espiritualidade;
 Caridade - Serviço à vida plena;
Ação Missionária - estado
permanente de missão. 6
CASA 
PILARES/URGÊNCIAS
7
Palavra
Iniciação à vida cristã e
animação bíblica da vida e da
pastoral
Pão Liturgia e espiritualidade
Caridade Serviço à vida plena
Ação Missionária Estado permanente de missão
COMUNIDADES ECLESIAIS
MISSIONÁRIAS
 se formam em ruas, condomínios, aglomerados,
edifícios, unidades habitacionais, bairros populares,
povoados, aldeias e grupos por afinidades
 pessoas que se reúnem, movidas pela fé em Jesus
Cristo, para a escuta da Palavra, para viver a fé cristã
numa sociedade de contrastes
 vencem o anonimato e a solidão
 promovem a mútua-ajuda
 se abrem para a sociedade e o cuidado da Casa
8
9
10
CASA IMAGEM RICA HUMANA E BIBLICAMENTE: LUGAR PRIVILEGIADO NO
QUAL ACONTECE OS EVENTOS PRINCIPAIS DE NOSSA VIDA; SE VIVE OS AFETOS FAMILIARES
QUE NOS DÃO RESISTÊNCIA/ENSINAMENTO PARA IR ADIANTE; AÍ ACONTECEM OS
ENCONTROS/DESENCONTROS; SE CONCRETIZAM PROJETOS E ESPERANÇAS/SE TRABALHA E SE
SONHA/SE VIVE E SE MORRE...)
1.Laços humanos profundos – Casa: lugar de
ternura [134-137]
2.Cooperação de todos
3.Maior proximidade às pessoas, ao lugar onde
vivem
4.Compromisso com o entorno: vizinhança – O
nosso grande milagre é a comunidade eclesial missionária. Duas outras
metáforas aparecem: porta e pilares!
11
CASA  PORTA (ATENÇÃO AOS
VÍNCULOS FRATERNOS QUE CRIAM A COMUNIDADE. O
ANTROPOLÓGICO QUE FUNDAMENTA O ECLESIOLÓGICO!)
12
Duplo movimento:
Entrar Acolhimento
Sair Missão
A COMUNIDADE CASA
 abrir as portas para acolher
 sinal profético diante do
individualismo, o medo da violência
e o predomínio das relações
virtualizadas
 se reúne também em espaços que
não sejam residências: salões
comunitários, espaços nas igrejas,
espaços públicos e até mesmo
13
CASA: ESPAÇO DO ENCONTRO
 comunidades precisam ser oásis de
misericórdia no deserto da história,
 casas de oração, de mergulho no sagrado,
no mistério revelado
 deixar de lado a burocratização que afasta
 aparência de empresa que presta serviços
religiosos
 Comunidade lugar de encontro com Deus
14
CASA: LUGAR DA TERNURA
 superar a superficialidade de
relações mecanicistas, fundadas no
fazer coisas
 inspirar-se na vivência fraterna e
solidária das primeiras comunidades
15
CASA: LUGAR DAS FAMÍLIAS
 ir ao encontro das famílias
 em sua realidade concreta,
 com as luzes e sombras,
 com as contradições
inerentes à condição humana
 acolhê-las na comunidade 16
CASA: LUGAR DE
PORTAS SEMPRE ABERTAS
 quem está dentro é chamado a
sair e ir ao encontro do outro onde
quer que ele esteja
 não será casa de irmãos se fechar
suas portas para os mais
vulneráveis
 ir ao encontro do outro onde quer 17
PARA REFLEXÃO:
Como o mundo “que se torna
cada vez mais urbno” afeta a
evangelização em nossas
dioceses, paróquias e
comunidades?
18
PEQUENAS COMUNIDADES
ORGANIZAÇÃO RELIGIOSA SANTAS
MISSÕES POPULARES (OSMP)
O QUE SÃO?
SÃO PESSOAS QUE RESOLVERAM SER
DISCÍPULAS DE JESUS DE NAZARÉ EM
COMUNIDADES. SÃO COMUNIDADES PEQUENAS,
MÁXIMO DEZ PARTICIPANTES, PARA FAVORECER O
ENTROSAMENTO RECIPROCO, UMA CLIMA DE
PARTICIPAÇÃO ATIVA E CONSCIENTE.
19
PEQUENAS
COMUNIDADES
MOTIVAÇÕES
É POR UMA QUESTÃO DE SENTIDO
DA VIDA. AS PEQUENAS COMUNIDADES
SÃO UM LUGAR MUITO FAVORÁVEL
PARA A BUSCA DA VERDADEIRA
FELICIDADE
OUTRO MOTIVO, CRISTÃO É
AQUELE QUE ENCONTROU SENTIDO
20
PEQUENAS
COMUNIDADES
FINALIDADES
É CONHCERE A PESSOA E A MISSÃO
DE JESUS DA MANEIRA MAIS FIEL
POSSÍVEL, PARA AMÁ-LO, SEGUI-LO E
TESTEMUNHÁ-LO PELO MUNDO AFORA
É COMUNIDADE EM MISSÃO, É
IGREJA EM SAÍDA, A SERVIÇO DA
VIZINHANÇA E MAIS ALÉM.
21
PEQUENAS
COMUNIDADES
ENCONTRO FORMATIVO: DO EVANGELHO
DA VIDA
 ESQUEMA DO ENCONTRO
-Na casa de um membro da pequena
comunidade
- Abrir o livro da vida
- Clima orante de fé
22
PEQUENAS
COMUNIDADES
ENCONTRO FORMATIVO: DO
EVANGELHO DA VIDA
 ENTRAR NO TEXTO
- Leitura atenta do trecho do Evangelho
- Transformar o texto em cena viva
- O assunto principal
23
PEQUENAS
COMUNIDADES
ENCONTRO FORMATIVO: DO
EVANGELHO DA VIDA
 ILUMINANDO E INTEPRETANDO A
NOSSA VIDA HOJE
 MOMENTOS DE SILÊNCIO
 AGIR
 ORAR
24
PEQUENAS
COMUNIDADES
ENCONTRO FORMATIVO: DO
EVANGELHO DA VIDA
 COMUNICAÇÕES E AVISOS
 TERMINAR
25
PLANEJAMENTO
MISSIONÁRIO
TER UM ITINERÁRIO MISSIONÁRIO (DIOCESER,
PARÓQUIA, COMUNIDADE)
“Esta firme decisão missionária deve
Impregnar todas as estruturas eclesiais
E todos os planos pastorais de dioceses,
Paróquias, comunidades ...”
D. Ap. nº 365
26
EVANGELLI GAUDIUM
A ALEGRIA DO EVANGELHO
“Primeirar”: envolver, acompanhar,
Frutificar, festejar”. Nº 24
“O dinheiro deve servir e não
governar” Nº 58
“A pastoral chave missionária exige o
abandono deste cômodo critério pastoral:
fez sempre assim”.” Nº 33
27
EVANGELLI GAUDIUM
ONDE QUEREMOS CHEGAR?
ONDE ESTAMOS?
“Para desencadear um processo de
Planejamento, o melhor ponto de
Partida é sempre aquele onde
Nos encontramos”.
28
EVANGELLI GAUDIUM
IR ALÉM DOS SACRAMENTOS E DEVOÇÕES
“Um plano que não se limite a realizar
Suas atividades principais no atendimento
sacramental e nas devoções”
Nº 29
29
EVANGELLI GAUDIUM
PLANO PASTORAL MISSIONÁRIO E VISIONÁRIO
“Um plano que não concentra a
Administração ...”
Nº 29
30
EVANGELLI GAUDIUM
PLANO COM DIMENSÃO MISSIONÁRIA
“Um plano que contemple
A dimensão missionária”
Nº 29
31
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO
EVANGELIZADORA
PLANO DE AÇÃO PARA AS COMUNIDADES ECLESIAS MISSIONÁRIAS
(CEM)
Contemple os Pilares da Evangelização:
PILAR DA PALAVRA
PILAR DO PÃO
PILAR DA CARIDADE
PILAR DA AÇÃO MISSIONÁRIA (DGAE 2019 -
2023).
32
UMA PERGUNTA:
Para promover
a comunidade eclesial
missionária
Formada por discípulos
missionários: o que
precisamos reforçar para
garantir a conversão
33
QUESTÕES PARA REFLEXÃO:
1. O que você entende por Diocese,
Paróquia e Comunidade Missionária?
2. Você se identifica como
Missionário(a)?
3. Sua Comunidade, Paróquia,
Diocese, estão em estado
permanente de missão, ou essa
expressão é apenas teórica? Dê
34
CONCLUSÃO (Nº 203 – 210)
 A pedagogia do processo mais do que um
recurso metodológico, é uma mística na
espiritualidade cristã
 As DGAE hão de inspirar todas as instâncias
eclesiais: comissões pastorais da Conferência
Episcopal, Regionais, Igrejas particulares,
paróquias, seminários, pastorais, comunidades
ambientais, movimentos, associações, novas
comunidades, organismos, universidades e escolas
católicas, meios de comunicação eclesiais, entre
outros
 Se o Senhor não construir a casa, em vão
35
CRÉDITOS:
ORGANIZAÇÃO RELIGIOSAS SANTAS MISSÕES
POPULARES
E-MAIL: 1989smp@gmail.com.
PROF. PAULO DAVID OLIVEIRA SILVA
E-MAIL: paul_davd@hotmail.com.
PUBLICADO EM SLIDESHARE.
36

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uma nova paroquia
Uma nova paroquiaUma nova paroquia
Uma nova paroquia
Pe Gil Medeiros
 
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
Paulo David
 
III Funções e ministérios
III Funções e ministériosIII Funções e ministérios
III Funções e ministérios
Fernando José Ribeiro dos Santos
 
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdfPLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
ZILMARMELOPEREIRA
 
O ministério do leitor
O ministério do leitorO ministério do leitor
O ministério do leitor
Núccia Ortega
 
Santas Missões Populares
Santas Missões Populares Santas Missões Populares
Santas Missões Populares
Bernadetecebs .
 
Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013
eusouaimaculada
 
A Pastoral da Acolhida
A Pastoral da AcolhidaA Pastoral da Acolhida
A Pastoral da Acolhida
José Vieira Dos Santos
 
SINODALIDADE. Sildo Morais
SINODALIDADE. Sildo MoraisSINODALIDADE. Sildo Morais
SINODALIDADE. Sildo Morais
Paulo David
 
1. carismas
1. carismas1. carismas
1. carismas
DanielRamos549
 
Power point da formação
Power point da formaçãoPower point da formação
Power point da formação
acolitosdeparanhos
 
Missa parte a parte
Missa parte a parteMissa parte a parte
Missa parte a parte
paroquianogueira
 
Formação em Liturgia
Formação em LiturgiaFormação em Liturgia
Formação em Liturgia
iaymesobrino
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
Jean
 
CNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação práticaCNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação prática
IRINEU FILHO
 
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
Wesley Mallbross
 
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
José Vieira Dos Santos
 
missal passo a passo
missal passo a passomissal passo a passo
missal passo a passo
naejanamor
 
Setor pre matrimonial
Setor pre matrimonialSetor pre matrimonial
Setor pre matrimonial
Luiz Vicente Gargiulo
 
Apresentação pastoral familiar
Apresentação pastoral familiarApresentação pastoral familiar
Apresentação pastoral familiar
sfamilianeopolis
 

Mais procurados (20)

Uma nova paroquia
Uma nova paroquiaUma nova paroquia
Uma nova paroquia
 
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA 2019 - 2023
 
III Funções e ministérios
III Funções e ministériosIII Funções e ministérios
III Funções e ministérios
 
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdfPLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
PLANEJAMENTO PASTORAL PAROQUIAL.pdf
 
O ministério do leitor
O ministério do leitorO ministério do leitor
O ministério do leitor
 
Santas Missões Populares
Santas Missões Populares Santas Missões Populares
Santas Missões Populares
 
Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013
 
A Pastoral da Acolhida
A Pastoral da AcolhidaA Pastoral da Acolhida
A Pastoral da Acolhida
 
SINODALIDADE. Sildo Morais
SINODALIDADE. Sildo MoraisSINODALIDADE. Sildo Morais
SINODALIDADE. Sildo Morais
 
1. carismas
1. carismas1. carismas
1. carismas
 
Power point da formação
Power point da formaçãoPower point da formação
Power point da formação
 
Missa parte a parte
Missa parte a parteMissa parte a parte
Missa parte a parte
 
Formação em Liturgia
Formação em LiturgiaFormação em Liturgia
Formação em Liturgia
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
 
CNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação práticaCNBB documento 107 - Aplicação prática
CNBB documento 107 - Aplicação prática
 
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
 
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
 
missal passo a passo
missal passo a passomissal passo a passo
missal passo a passo
 
Setor pre matrimonial
Setor pre matrimonialSetor pre matrimonial
Setor pre matrimonial
 
Apresentação pastoral familiar
Apresentação pastoral familiarApresentação pastoral familiar
Apresentação pastoral familiar
 

Semelhante a COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS = PEQUENAS COMUNIDADES = GRUPOS DE JESUS DGAE E OSMP

Assembleia do povo de deus (na paroquia)
Assembleia do povo de deus (na paroquia)Assembleia do povo de deus (na paroquia)
Assembleia do povo de deus (na paroquia)
Afonso Murad (FAJE)
 
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MADIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
Paulo David
 
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptxMISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
Paulo David
 
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
Rodrigo Catini Flaibam
 
DGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleberDGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleber
Kleber Silva
 
Dgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoralDgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoral
Kleber Silva
 
Evangelismo apresentação - paulistana
Evangelismo   apresentação - paulistanaEvangelismo   apresentação - paulistana
Evangelismo apresentação - paulistana
Sérgio Silva
 
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
Rodrigo Catini Flaibam
 
René Padilha
René PadilhaRené Padilha
René Padilha
Jailson Santos
 
Desafios da gestão
Desafios da gestãoDesafios da gestão
Desafios da gestão
Conage
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Bernadetecebs .
 
Pastoral da acolhida
Pastoral da acolhidaPastoral da acolhida
Pastoral da acolhida
Carlindo Gomes Da Silva Filho
 
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
José Vieira Dos Santos
 
Igreja viva
Igreja vivaIgreja viva
Igreja viva
Bernadetecebs .
 
redentoristando-pedro.blogspot.com
redentoristando-pedro.blogspot.comredentoristando-pedro.blogspot.com
redentoristando-pedro.blogspot.com
pmgv5
 
blog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaesblog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaes
pmgv5
 
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
Região Episcopal Belém
 
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICOSANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
Paulo David
 
Santas Missões Populares
Santas Missões PopularesSantas Missões Populares
Santas Missões Populares
setorsantaluzia
 
5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas
faculdadeteologica
 

Semelhante a COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS = PEQUENAS COMUNIDADES = GRUPOS DE JESUS DGAE E OSMP (20)

Assembleia do povo de deus (na paroquia)
Assembleia do povo de deus (na paroquia)Assembleia do povo de deus (na paroquia)
Assembleia do povo de deus (na paroquia)
 
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MADIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
DIRETRIZES DA CNBB, DO REGIONAL E DA DIOCESE DE CAXIAS - MA
 
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptxMISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
MISSÃO HOJE. Pe. GILDENOR PINHEIRO.pptx
 
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
7º PPO – Encontro de Espiritualidade: Padre Nadai
 
DGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleberDGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleber
 
Dgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoralDgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoral
 
Evangelismo apresentação - paulistana
Evangelismo   apresentação - paulistanaEvangelismo   apresentação - paulistana
Evangelismo apresentação - paulistana
 
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
Diretrizes Gerais da Evangelização da Igreja no Brasil 2011-2015 (Visão Geral)
 
René Padilha
René PadilhaRené Padilha
René Padilha
 
Desafios da gestão
Desafios da gestãoDesafios da gestão
Desafios da gestão
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
 
Pastoral da acolhida
Pastoral da acolhidaPastoral da acolhida
Pastoral da acolhida
 
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
É MISSÃO DE TODOS BATIZADOS!
 
Igreja viva
Igreja vivaIgreja viva
Igreja viva
 
redentoristando-pedro.blogspot.com
redentoristando-pedro.blogspot.comredentoristando-pedro.blogspot.com
redentoristando-pedro.blogspot.com
 
blog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaesblog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaes
 
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
Arquidiocese de São Paulo: Testemunha de Jesus Cristo na cidade - 11º Plano d...
 
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICOSANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
SANTAS MISSÕES - APRESENTAÇÃO GERAL COM HISTÓRICO
 
Santas Missões Populares
Santas Missões PopularesSantas Missões Populares
Santas Missões Populares
 
5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas5 missão integral das igrejas
5 missão integral das igrejas
 

Mais de Paulo David

GRITO 2023 COM OBJETIVOS, EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
GRITO 2023 COM OBJETIVOS,  EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptxGRITO 2023 COM OBJETIVOS,  EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
GRITO 2023 COM OBJETIVOS, EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
Paulo David
 
Grito 2023.pptx
Grito 2023.pptxGrito 2023.pptx
Grito 2023.pptx
Paulo David
 
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdfPeregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
Paulo David
 
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptxCOMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
Paulo David
 
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptxCOMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
Paulo David
 
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptxSÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
Paulo David
 
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptxSINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
Paulo David
 
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptxPASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
Paulo David
 
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptxLAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
Paulo David
 
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptxCAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
Paulo David
 
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptxLIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
Paulo David
 
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.pptMÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
Paulo David
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptxAPRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
Paulo David
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptxAPRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
Paulo David
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
Paulo David
 
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdfCARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
Paulo David
 
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptxSITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
Paulo David
 
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptxCAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
Paulo David
 
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptxPASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
Paulo David
 
SINODALIDADE.pptx
SINODALIDADE.pptxSINODALIDADE.pptx
SINODALIDADE.pptx
Paulo David
 

Mais de Paulo David (20)

GRITO 2023 COM OBJETIVOS, EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
GRITO 2023 COM OBJETIVOS,  EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptxGRITO 2023 COM OBJETIVOS,  EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
GRITO 2023 COM OBJETIVOS, EIXOS E PROPOSTA DIA 30.09.2023.pptx
 
Grito 2023.pptx
Grito 2023.pptxGrito 2023.pptx
Grito 2023.pptx
 
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdfPeregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
Peregrinação da vela celebrativa dos 180 anos da IAM 2023.pdf
 
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptxCOMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
COMEMORAÇÃO DOS 180 ANOS DA IAM.pptx
 
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptxCOMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
COMSEAN + CAMPANHA DA FRATERNIDADE.pptx
 
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptxSÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
SÍNODO DOS BISPOS - GRÁFICOS DAS RESPOSTAS DAS ESCUTAS.pptx
 
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptxSINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
SINODALIDADE. PROF. PAULO DAVID.pptx
 
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptxPASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
PASTORAL DA ECOLOGIA INTEGRAL.pptx
 
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptxLAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
LAUDATO SI - ECOLOGIA.pptx
 
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptxCAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
CAMPANHA MISSIONÁRIA 2022.pptx
 
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptxLIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
LIVRO DE JOSUÉ: Em Busca da Terra Livre.pptx
 
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.pptMÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
MÊS DA BÍBLIA 2022: LIVRO DE JOSUÉ.ppt
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptxAPRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA - LIDUINA.pptx
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptxAPRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTCA - MARTHA BISPO.pptx
 
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
APRESENTAÇÃO SEMINÁRIO ENCANTAR A POLÍTICA. AFINAL O QUE É POLÍTICA - GUILHER...
 
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdfCARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
CARTA COMPROMISSO GRANDE S.M. SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA 2022.pdf
 
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptxSITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
SITUAÇÃO HISTÓRICA LOCAL, SOCIAL, ECONÔMICA,.pptx
 
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptxCAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
CAMINHADA DA SMP NA PARÓQUIA SANTA LUZIA.pptx
 
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptxPASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO.pptx
 
SINODALIDADE.pptx
SINODALIDADE.pptxSINODALIDADE.pptx
SINODALIDADE.pptx
 

Último

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 

Último (20)

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 

COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS = PEQUENAS COMUNIDADES = GRUPOS DE JESUS DGAE E OSMP

  • 1. DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2019 – 2023
  • 2. COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS (CEM) PEQUENAS COMUNIDADES DE DISCÍPULOS E DISCÍPULAS DE JESUS DE NAZARÉ, MESTRE E SENHOR = GRUPOS DE JESUS 2
  • 3. 3
  • 4. EVANGELIZAR no Brasil cada vez mais urbano, pelo anúncio da Palavra de Deus, formando discípulos e discípulas de Jesus Cristo, em comunidades eclesiais missionárias, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, cuidando da Casa Comum e testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude. 4
  • 5. A comunidade eclesial missionária é sustentada por quatro pilares:  Palavra,  Pão,  Caridade e  Ação Missionária (nº 8). 5
  • 6. COMUNIDADE ECLESIAL MISSIONÁRIA – COMUNIDADE DE COMUNIDADES DAGE 2019 - 2023  Sustentada por quatro pilares:  Palavra – Iniciação à Vida Cristã e Animação Bíblica;  Pão - Liturgia e espiritualidade;  Caridade - Serviço à vida plena; Ação Missionária - estado permanente de missão. 6
  • 7. CASA  PILARES/URGÊNCIAS 7 Palavra Iniciação à vida cristã e animação bíblica da vida e da pastoral Pão Liturgia e espiritualidade Caridade Serviço à vida plena Ação Missionária Estado permanente de missão
  • 8. COMUNIDADES ECLESIAIS MISSIONÁRIAS  se formam em ruas, condomínios, aglomerados, edifícios, unidades habitacionais, bairros populares, povoados, aldeias e grupos por afinidades  pessoas que se reúnem, movidas pela fé em Jesus Cristo, para a escuta da Palavra, para viver a fé cristã numa sociedade de contrastes  vencem o anonimato e a solidão  promovem a mútua-ajuda  se abrem para a sociedade e o cuidado da Casa 8
  • 9. 9
  • 10. 10
  • 11. CASA IMAGEM RICA HUMANA E BIBLICAMENTE: LUGAR PRIVILEGIADO NO QUAL ACONTECE OS EVENTOS PRINCIPAIS DE NOSSA VIDA; SE VIVE OS AFETOS FAMILIARES QUE NOS DÃO RESISTÊNCIA/ENSINAMENTO PARA IR ADIANTE; AÍ ACONTECEM OS ENCONTROS/DESENCONTROS; SE CONCRETIZAM PROJETOS E ESPERANÇAS/SE TRABALHA E SE SONHA/SE VIVE E SE MORRE...) 1.Laços humanos profundos – Casa: lugar de ternura [134-137] 2.Cooperação de todos 3.Maior proximidade às pessoas, ao lugar onde vivem 4.Compromisso com o entorno: vizinhança – O nosso grande milagre é a comunidade eclesial missionária. Duas outras metáforas aparecem: porta e pilares! 11
  • 12. CASA  PORTA (ATENÇÃO AOS VÍNCULOS FRATERNOS QUE CRIAM A COMUNIDADE. O ANTROPOLÓGICO QUE FUNDAMENTA O ECLESIOLÓGICO!) 12 Duplo movimento: Entrar Acolhimento Sair Missão
  • 13. A COMUNIDADE CASA  abrir as portas para acolher  sinal profético diante do individualismo, o medo da violência e o predomínio das relações virtualizadas  se reúne também em espaços que não sejam residências: salões comunitários, espaços nas igrejas, espaços públicos e até mesmo 13
  • 14. CASA: ESPAÇO DO ENCONTRO  comunidades precisam ser oásis de misericórdia no deserto da história,  casas de oração, de mergulho no sagrado, no mistério revelado  deixar de lado a burocratização que afasta  aparência de empresa que presta serviços religiosos  Comunidade lugar de encontro com Deus 14
  • 15. CASA: LUGAR DA TERNURA  superar a superficialidade de relações mecanicistas, fundadas no fazer coisas  inspirar-se na vivência fraterna e solidária das primeiras comunidades 15
  • 16. CASA: LUGAR DAS FAMÍLIAS  ir ao encontro das famílias  em sua realidade concreta,  com as luzes e sombras,  com as contradições inerentes à condição humana  acolhê-las na comunidade 16
  • 17. CASA: LUGAR DE PORTAS SEMPRE ABERTAS  quem está dentro é chamado a sair e ir ao encontro do outro onde quer que ele esteja  não será casa de irmãos se fechar suas portas para os mais vulneráveis  ir ao encontro do outro onde quer 17
  • 18. PARA REFLEXÃO: Como o mundo “que se torna cada vez mais urbno” afeta a evangelização em nossas dioceses, paróquias e comunidades? 18
  • 19. PEQUENAS COMUNIDADES ORGANIZAÇÃO RELIGIOSA SANTAS MISSÕES POPULARES (OSMP) O QUE SÃO? SÃO PESSOAS QUE RESOLVERAM SER DISCÍPULAS DE JESUS DE NAZARÉ EM COMUNIDADES. SÃO COMUNIDADES PEQUENAS, MÁXIMO DEZ PARTICIPANTES, PARA FAVORECER O ENTROSAMENTO RECIPROCO, UMA CLIMA DE PARTICIPAÇÃO ATIVA E CONSCIENTE. 19
  • 20. PEQUENAS COMUNIDADES MOTIVAÇÕES É POR UMA QUESTÃO DE SENTIDO DA VIDA. AS PEQUENAS COMUNIDADES SÃO UM LUGAR MUITO FAVORÁVEL PARA A BUSCA DA VERDADEIRA FELICIDADE OUTRO MOTIVO, CRISTÃO É AQUELE QUE ENCONTROU SENTIDO 20
  • 21. PEQUENAS COMUNIDADES FINALIDADES É CONHCERE A PESSOA E A MISSÃO DE JESUS DA MANEIRA MAIS FIEL POSSÍVEL, PARA AMÁ-LO, SEGUI-LO E TESTEMUNHÁ-LO PELO MUNDO AFORA É COMUNIDADE EM MISSÃO, É IGREJA EM SAÍDA, A SERVIÇO DA VIZINHANÇA E MAIS ALÉM. 21
  • 22. PEQUENAS COMUNIDADES ENCONTRO FORMATIVO: DO EVANGELHO DA VIDA  ESQUEMA DO ENCONTRO -Na casa de um membro da pequena comunidade - Abrir o livro da vida - Clima orante de fé 22
  • 23. PEQUENAS COMUNIDADES ENCONTRO FORMATIVO: DO EVANGELHO DA VIDA  ENTRAR NO TEXTO - Leitura atenta do trecho do Evangelho - Transformar o texto em cena viva - O assunto principal 23
  • 24. PEQUENAS COMUNIDADES ENCONTRO FORMATIVO: DO EVANGELHO DA VIDA  ILUMINANDO E INTEPRETANDO A NOSSA VIDA HOJE  MOMENTOS DE SILÊNCIO  AGIR  ORAR 24
  • 25. PEQUENAS COMUNIDADES ENCONTRO FORMATIVO: DO EVANGELHO DA VIDA  COMUNICAÇÕES E AVISOS  TERMINAR 25
  • 26. PLANEJAMENTO MISSIONÁRIO TER UM ITINERÁRIO MISSIONÁRIO (DIOCESER, PARÓQUIA, COMUNIDADE) “Esta firme decisão missionária deve Impregnar todas as estruturas eclesiais E todos os planos pastorais de dioceses, Paróquias, comunidades ...” D. Ap. nº 365 26
  • 27. EVANGELLI GAUDIUM A ALEGRIA DO EVANGELHO “Primeirar”: envolver, acompanhar, Frutificar, festejar”. Nº 24 “O dinheiro deve servir e não governar” Nº 58 “A pastoral chave missionária exige o abandono deste cômodo critério pastoral: fez sempre assim”.” Nº 33 27
  • 28. EVANGELLI GAUDIUM ONDE QUEREMOS CHEGAR? ONDE ESTAMOS? “Para desencadear um processo de Planejamento, o melhor ponto de Partida é sempre aquele onde Nos encontramos”. 28
  • 29. EVANGELLI GAUDIUM IR ALÉM DOS SACRAMENTOS E DEVOÇÕES “Um plano que não se limite a realizar Suas atividades principais no atendimento sacramental e nas devoções” Nº 29 29
  • 30. EVANGELLI GAUDIUM PLANO PASTORAL MISSIONÁRIO E VISIONÁRIO “Um plano que não concentra a Administração ...” Nº 29 30
  • 31. EVANGELLI GAUDIUM PLANO COM DIMENSÃO MISSIONÁRIA “Um plano que contemple A dimensão missionária” Nº 29 31
  • 32. DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA PLANO DE AÇÃO PARA AS COMUNIDADES ECLESIAS MISSIONÁRIAS (CEM) Contemple os Pilares da Evangelização: PILAR DA PALAVRA PILAR DO PÃO PILAR DA CARIDADE PILAR DA AÇÃO MISSIONÁRIA (DGAE 2019 - 2023). 32
  • 33. UMA PERGUNTA: Para promover a comunidade eclesial missionária Formada por discípulos missionários: o que precisamos reforçar para garantir a conversão 33
  • 34. QUESTÕES PARA REFLEXÃO: 1. O que você entende por Diocese, Paróquia e Comunidade Missionária? 2. Você se identifica como Missionário(a)? 3. Sua Comunidade, Paróquia, Diocese, estão em estado permanente de missão, ou essa expressão é apenas teórica? Dê 34
  • 35. CONCLUSÃO (Nº 203 – 210)  A pedagogia do processo mais do que um recurso metodológico, é uma mística na espiritualidade cristã  As DGAE hão de inspirar todas as instâncias eclesiais: comissões pastorais da Conferência Episcopal, Regionais, Igrejas particulares, paróquias, seminários, pastorais, comunidades ambientais, movimentos, associações, novas comunidades, organismos, universidades e escolas católicas, meios de comunicação eclesiais, entre outros  Se o Senhor não construir a casa, em vão 35
  • 36. CRÉDITOS: ORGANIZAÇÃO RELIGIOSAS SANTAS MISSÕES POPULARES E-MAIL: 1989smp@gmail.com. PROF. PAULO DAVID OLIVEIRA SILVA E-MAIL: paul_davd@hotmail.com. PUBLICADO EM SLIDESHARE. 36