SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Licenciatura em Comunicação Empresarial – 2ºano
Desportivamente
Portfólio
Ana Cláudia - 2170935 – anaclaudiasgmelo@gmail.com
Daniel Alves – 2170968 – danielrebeloalves@gmail.com
Fernando Melo – 2170936 – jfernando.melo@gmail.com
Hugo Neves – 2170517 – hugosnow@gmail.com
Júlio Silva – 2160601 – júlio_miguel_16@hotmail.com
Rui Moreira – 2170821 – ruiduartemoreira@gmail.com
Identidade Imagem e Reputação
Docente: Mestre Arminda Sá Sequeira
Porto, outubro de 2018
Atributos Identitários
 Referentes ecológicos:
 Organização sem fins lucrativos
 Funcionamento dependente de parcerias públicas e privadas
 Financiamento proveniente de fundos nacionais e europeus + patrocínios
Atributos Identitários
 Referentes físicos:
 Situada no centro do Porto
 Infraestruturas fornecidas distribuídas pelo Grande Porto
Atributos Identitários
 Referentes históricos:
 A organização surge entre um grupo de estudantes empreendedores que querem
desenvolver intervenção social para modificar a realidade para melhor.
Atributos Identitários
 Referentes culturais:
 Inclusão social
 Valores: Saúde, desporto, apoio pedagógico
 Mentalidade aberta
 Promoção do crescimento pessoal
Atributos Identitários
 Referentes sociopsicológicos:
 Elementos que ao longo da sua vida conciliaram a prática do desporto com a
escolaridade e acreditam nessa mais-valia;
 Crianças;
 Alunos universitários como professores.
Atributos Reais
 Integramos crianças desfavorecidas
 Usamos o desporto como meio de desenvolvimento integrado
 Apoiamos o percurso escolar e pessoal das crianças
 Criamos um ambiente favorável ao equilíbrio emocional e físico
 Promovemos responsabilidade ambiental e social
 Comportamentos éticos
 Serviços grátis
 Organização aberta (transparência, eventos com familiares etc)
Atributos Reais
 Somos uma equipa de formadores jovens, motivados, com qualificações
diversificadas
 Estabelecemos parcerias com instituições públicas e privadas
 Usamos espaços físicos públicos na cidade do Porto
 Somos uma organização sem fins lucrativos oferecendo serviços gratuitos
 Valorização humana
Expectativas
 Desenvolvimento integral das crianças
 Promoção de hábitos saudáveis (prática de desporto)
 Transparência
 Serviços gratuitos
 Comportamentos éticos
 Formadores qualificados
 Valorização pessoal
AIO – Atributos Identificadores
Organizacionais
 Desenvolvimento integral - intelectual e físico - das crianças
 Formadores jovens, qualificados e multidisciplinares
 Organização aberta (transparência, eventos com familiares etc)
 Comportamentos éticos
 Serviços grátis
 Valorização humana
Paradigma Genérico Organizacional -
PGO
 Organizações fechadas;
 Atividades segmentadas;
 Ambiente estável e confiável;
 Organizações lucrativas;
 Profissionalismo
 Multidisciplinaridade
Atributos Ótimos
 Valorização humana
 Comportamentos éticos
 Organização aberta (eventos com familiares, transparência)
 Equipa jovem, qualificada e motivada
 Serviços gratuitos
Identidade
 Somos uma organização sem fins lucrativos que nasce da iniciativa de estudantes
empreendedores que pretendiam uma intervenção social positiva, junto de
crianças e jovens provenientes de meios sociais desfavorecidos, oferecendo
serviços gratuitos que aliam o apoio escolar à prática desportiva. Defendemos o
princípio de que o desporto é um elemento fundamental na valorização humana e
no crescimento pessoal, pois nós próprios vivenciamos essa mesma realidade.
Primamos por ser uma organização aberta e transparente, pautada por
comportamentos éticos que nos distinguem dos demais.
Somos uma equipa jovem, motivada e multidisciplinar, o que nos permite
promover o desenvolvimento das crianças e jovens contribuindo para os
transformar em cidadãos de excelência.
Missão
Somos uma organização sem fins lucrativos orientada para a inclusão social, na
zona do grande Porto, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento físico e
intelectual a jovens, através do potencial dos nossos coaches recém formados nas
mais variadas áreas.
A nossa organização procura continuadamente parcerias institucionais e privadas
que nos permitam continuar a melhorar a nossa posição na sociedade, e também
a nossa sustentabilidade.
Objetivos estratégicos
Recursos físicos e financeiros
Pretendemos continuar a celebrar parcerias que nos permitam usufruir de mais
espaços e meios públicos, assim como conseguir financiamento publico e privado
que nos garanta a continuidade da nossa atividade.
Desempenho e atitude dos trabalhadores
Os colaboradores são parte fundamental do nosso projeto, pelo que procuramos
pessoas que, além das suas formações profissionais, se identifiquem ao nível
pessoal com os nossos valores, para que os possam transmitir.
Responsabilidade pública e social
Ambicionamos um lugar de destaque na sociedade, fomentando ações que
incutam responsabilidade ambiental e social.
Visão
 Ser a associação de referência nacional no desenvolvimento físico e
intelectual de jovens, alargando o nosso leque de parceiros, de modo a
proporcionar-lhes a maior variedade de conhecimentos e experiências.
Políticas identitárias
 Recursos humanos
Recrutamento de jovens universitários das mais diversas áreas.
 Responsabilidade social
Maximizar a utilização de materiais amigos do ambiente.
Artefactos
 Crachá identificador da organização (formandos)
 T-shirts, bonés e material escolar (jovens)
Valores
 Inclusão
 Transparência
 Tolerância
 Humildade
 Responsabilidade
 Autonomia
 Solidariedade
 Preocupação ambiental
Tipologia Organizativa
 Da Pessoa
 Coaches com formações diversificadas
 Sem ligação contratual
 Alguma liberdade de atuação
 Renovação constante dos Recursos Humanos
Etapa de Desenvolvimento
 Etapa de criação e primeiro desenvolvimento
 Tendo em conta a constante renovação dos recursos humanos, é necessário um
“ensino” permanente dos valores organizacionais aos novos membros
 O facto de ser uma organização sem fins lucrativos que lida com crianças faz com
que os candidatos já possuam a priori uma matriz de valores alinhada com a da
organização
Mentalidade da Organização
 Mentalidade Exploratória / Cultura Passivo-Adaptativa
 Indispensável a abertura com meio envolvente
 Iniciativa e autonomia
 Aproveitamento de tendencias
Relação com o Mercado
 Configuração Mercadológica
 Setor muito competitivo, o que exige um esforço comunicativo forte no sentido de
obter financiamento
 Ênfase na vertente de marketing
Posicionamento
 Assinatura
 “Semear educação, colher evolução”
DesportivaMente
 Logótipo com acessório
 Gama cromática
 Laranja (Desportiva): energia, determinação, produtividade
 Azul (Mente): inteligência, sabedoria, confiança
Abrangência da Marca
 Maca institucional umbrella
 Simultaneamente institucional e mercadológica: presente nos artefactos,
elementos de comunicação
Arquitetura de Marca
 Monolítica
 Identifica a organização em todas as áreas de atuação
Identidade de Marca
 Claims
 Incrementamos o gosto pelo saber e pelo desporto
Gestão da Marca
 Canal Primário
 Políticas organizacionais
 Conduta dos colaboradores
 Canal Secundário
 Parcerias com figuras públicas com notoriedade no desporto
 Associação a eventos desportivos na cidade do Porto
 Canal Terciário
 Recomendação por parte de todos os que contactam com a organização

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

TransferWise - from Product to Platform
TransferWise - from Product to PlatformTransferWise - from Product to Platform
TransferWise - from Product to Platform
Amazon Web Services
 
Laporan Keuangan Usaha Laundry
Laporan Keuangan Usaha LaundryLaporan Keuangan Usaha Laundry
Laporan Keuangan Usaha Laundry
Akoontan
 
Costa logistics profile
Costa logistics   profileCosta logistics   profile
Costa logistics profile
costalog
 
Pertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
Pertemuan 3 Jurnal Umum.pptPertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
Pertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
KartiwanSetiawan2
 
Pengelolaan Kartu Utang
Pengelolaan Kartu UtangPengelolaan Kartu Utang
Pengelolaan Kartu UtangKasmadi Rais
 
Introduction to Adjust Entries
Introduction to Adjust EntriesIntroduction to Adjust Entries
Introduction to Adjust Entries
Benjamin Reyes
 
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
Dela Pandu Asworo
 
Persediaan
PersediaanPersediaan
Persediaan
ariefriyadi3
 
Ppt perusahaan dagang
Ppt perusahaan dagangPpt perusahaan dagang
Ppt perusahaan dagang
politeknik negeri semarang
 

Mais procurados (10)

TransferWise - from Product to Platform
TransferWise - from Product to PlatformTransferWise - from Product to Platform
TransferWise - from Product to Platform
 
Laporan Keuangan Usaha Laundry
Laporan Keuangan Usaha LaundryLaporan Keuangan Usaha Laundry
Laporan Keuangan Usaha Laundry
 
Costa logistics profile
Costa logistics   profileCosta logistics   profile
Costa logistics profile
 
Pertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
Pertemuan 3 Jurnal Umum.pptPertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
Pertemuan 3 Jurnal Umum.ppt
 
Pengelolaan Kartu Utang
Pengelolaan Kartu UtangPengelolaan Kartu Utang
Pengelolaan Kartu Utang
 
Introduction to Adjust Entries
Introduction to Adjust EntriesIntroduction to Adjust Entries
Introduction to Adjust Entries
 
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
Modul Akuntansi Keuangan Kelas 11 semester 3 (ganjil)
 
Dokumentasi sistem informasi akuntansi
Dokumentasi sistem informasi akuntansiDokumentasi sistem informasi akuntansi
Dokumentasi sistem informasi akuntansi
 
Persediaan
PersediaanPersediaan
Persediaan
 
Ppt perusahaan dagang
Ppt perusahaan dagangPpt perusahaan dagang
Ppt perusahaan dagang
 

Semelhante a Comunicação Interna

Desportiva mente
Desportiva menteDesportiva mente
Desportiva mente
HugoNeves42
 
Projeto SPY
Projeto SPYProjeto SPY
Projeto SPY
DFSGolBusiness
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
Ink_conteudos
 
Liderando Amanhã
Liderando AmanhãLiderando Amanhã
Liderando Amanhã
Fundação Dom Cabral - FDC
 
Projeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cneProjeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cne
ONGMensageiros
 
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOMLAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
Instituto Comunitário Grande Florianópolis
 
Balanced scorecard
Balanced scorecardBalanced scorecard
Balanced scorecard
IDIS
 
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
Rodrigo Alvarez
 
AIESEC IN NOVA Booklet
AIESEC IN NOVA BookletAIESEC IN NOVA Booklet
AIESEC IN NOVA Booklet
Mariana Silva
 
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptxCultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
Mentalidade de Crescimento
 
Atps final
Atps finalAtps final
Atps final
BiraVigato
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
Fillipe Lobo
 
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdfgestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
ErikaFraqueta2
 
Dianova na Bolsa Valores Sociais
Dianova na Bolsa Valores SociaisDianova na Bolsa Valores Sociais
Dianova na Bolsa Valores Sociais
Dianova
 
1 espro, 17.06.15
1   espro, 17.06.151   espro, 17.06.15
1 espro, 17.06.15
ulissesporto
 
Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!
Fundação Semear
 
Responsabilidade social aprendiz
Responsabilidade social aprendizResponsabilidade social aprendiz
Responsabilidade social aprendiz
Carlos Santos
 
(Transformar 16) planejamento estratégico 1
(Transformar 16) planejamento estratégico 1(Transformar 16) planejamento estratégico 1
(Transformar 16) planejamento estratégico 1
Ink_conteudos
 
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSSDianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova
 
Relatório Fundação Estudar 2008-2009
Relatório Fundação Estudar 2008-2009Relatório Fundação Estudar 2008-2009
Relatório Fundação Estudar 2008-2009
Bruno Cardozo
 

Semelhante a Comunicação Interna (20)

Desportiva mente
Desportiva menteDesportiva mente
Desportiva mente
 
Projeto SPY
Projeto SPYProjeto SPY
Projeto SPY
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
 
Liderando Amanhã
Liderando AmanhãLiderando Amanhã
Liderando Amanhã
 
Projeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cneProjeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cne
 
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOMLAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
LAFI - Laboratório de Fortalecimento Institucional do ICOM
 
Balanced scorecard
Balanced scorecardBalanced scorecard
Balanced scorecard
 
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
Balanced scorecard como ferramenta de planejamento para Organizações da Socie...
 
AIESEC IN NOVA Booklet
AIESEC IN NOVA BookletAIESEC IN NOVA Booklet
AIESEC IN NOVA Booklet
 
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptxCultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
Cultura organizacional Mentalidade de Crescimento.pptx
 
Atps final
Atps finalAtps final
Atps final
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdfgestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
gestodepessoas-130712143008-phpapp01.pdf
 
Dianova na Bolsa Valores Sociais
Dianova na Bolsa Valores SociaisDianova na Bolsa Valores Sociais
Dianova na Bolsa Valores Sociais
 
1 espro, 17.06.15
1   espro, 17.06.151   espro, 17.06.15
1 espro, 17.06.15
 
Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!
 
Responsabilidade social aprendiz
Responsabilidade social aprendizResponsabilidade social aprendiz
Responsabilidade social aprendiz
 
(Transformar 16) planejamento estratégico 1
(Transformar 16) planejamento estratégico 1(Transformar 16) planejamento estratégico 1
(Transformar 16) planejamento estratégico 1
 
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSSDianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS
 
Relatório Fundação Estudar 2008-2009
Relatório Fundação Estudar 2008-2009Relatório Fundação Estudar 2008-2009
Relatório Fundação Estudar 2008-2009
 

Último

DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 

Último (20)

DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 

Comunicação Interna

  • 1. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Licenciatura em Comunicação Empresarial – 2ºano Desportivamente Portfólio Ana Cláudia - 2170935 – anaclaudiasgmelo@gmail.com Daniel Alves – 2170968 – danielrebeloalves@gmail.com Fernando Melo – 2170936 – jfernando.melo@gmail.com Hugo Neves – 2170517 – hugosnow@gmail.com Júlio Silva – 2160601 – júlio_miguel_16@hotmail.com Rui Moreira – 2170821 – ruiduartemoreira@gmail.com Identidade Imagem e Reputação Docente: Mestre Arminda Sá Sequeira Porto, outubro de 2018
  • 2. Atributos Identitários  Referentes ecológicos:  Organização sem fins lucrativos  Funcionamento dependente de parcerias públicas e privadas  Financiamento proveniente de fundos nacionais e europeus + patrocínios
  • 3. Atributos Identitários  Referentes físicos:  Situada no centro do Porto  Infraestruturas fornecidas distribuídas pelo Grande Porto
  • 4. Atributos Identitários  Referentes históricos:  A organização surge entre um grupo de estudantes empreendedores que querem desenvolver intervenção social para modificar a realidade para melhor.
  • 5. Atributos Identitários  Referentes culturais:  Inclusão social  Valores: Saúde, desporto, apoio pedagógico  Mentalidade aberta  Promoção do crescimento pessoal
  • 6. Atributos Identitários  Referentes sociopsicológicos:  Elementos que ao longo da sua vida conciliaram a prática do desporto com a escolaridade e acreditam nessa mais-valia;  Crianças;  Alunos universitários como professores.
  • 7. Atributos Reais  Integramos crianças desfavorecidas  Usamos o desporto como meio de desenvolvimento integrado  Apoiamos o percurso escolar e pessoal das crianças  Criamos um ambiente favorável ao equilíbrio emocional e físico  Promovemos responsabilidade ambiental e social  Comportamentos éticos  Serviços grátis  Organização aberta (transparência, eventos com familiares etc)
  • 8. Atributos Reais  Somos uma equipa de formadores jovens, motivados, com qualificações diversificadas  Estabelecemos parcerias com instituições públicas e privadas  Usamos espaços físicos públicos na cidade do Porto  Somos uma organização sem fins lucrativos oferecendo serviços gratuitos  Valorização humana
  • 9. Expectativas  Desenvolvimento integral das crianças  Promoção de hábitos saudáveis (prática de desporto)  Transparência  Serviços gratuitos  Comportamentos éticos  Formadores qualificados  Valorização pessoal
  • 10. AIO – Atributos Identificadores Organizacionais  Desenvolvimento integral - intelectual e físico - das crianças  Formadores jovens, qualificados e multidisciplinares  Organização aberta (transparência, eventos com familiares etc)  Comportamentos éticos  Serviços grátis  Valorização humana
  • 11. Paradigma Genérico Organizacional - PGO  Organizações fechadas;  Atividades segmentadas;  Ambiente estável e confiável;  Organizações lucrativas;  Profissionalismo  Multidisciplinaridade
  • 12. Atributos Ótimos  Valorização humana  Comportamentos éticos  Organização aberta (eventos com familiares, transparência)  Equipa jovem, qualificada e motivada  Serviços gratuitos
  • 13. Identidade  Somos uma organização sem fins lucrativos que nasce da iniciativa de estudantes empreendedores que pretendiam uma intervenção social positiva, junto de crianças e jovens provenientes de meios sociais desfavorecidos, oferecendo serviços gratuitos que aliam o apoio escolar à prática desportiva. Defendemos o princípio de que o desporto é um elemento fundamental na valorização humana e no crescimento pessoal, pois nós próprios vivenciamos essa mesma realidade. Primamos por ser uma organização aberta e transparente, pautada por comportamentos éticos que nos distinguem dos demais. Somos uma equipa jovem, motivada e multidisciplinar, o que nos permite promover o desenvolvimento das crianças e jovens contribuindo para os transformar em cidadãos de excelência.
  • 14. Missão Somos uma organização sem fins lucrativos orientada para a inclusão social, na zona do grande Porto, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento físico e intelectual a jovens, através do potencial dos nossos coaches recém formados nas mais variadas áreas. A nossa organização procura continuadamente parcerias institucionais e privadas que nos permitam continuar a melhorar a nossa posição na sociedade, e também a nossa sustentabilidade.
  • 15. Objetivos estratégicos Recursos físicos e financeiros Pretendemos continuar a celebrar parcerias que nos permitam usufruir de mais espaços e meios públicos, assim como conseguir financiamento publico e privado que nos garanta a continuidade da nossa atividade. Desempenho e atitude dos trabalhadores Os colaboradores são parte fundamental do nosso projeto, pelo que procuramos pessoas que, além das suas formações profissionais, se identifiquem ao nível pessoal com os nossos valores, para que os possam transmitir. Responsabilidade pública e social Ambicionamos um lugar de destaque na sociedade, fomentando ações que incutam responsabilidade ambiental e social.
  • 16. Visão  Ser a associação de referência nacional no desenvolvimento físico e intelectual de jovens, alargando o nosso leque de parceiros, de modo a proporcionar-lhes a maior variedade de conhecimentos e experiências.
  • 17. Políticas identitárias  Recursos humanos Recrutamento de jovens universitários das mais diversas áreas.  Responsabilidade social Maximizar a utilização de materiais amigos do ambiente.
  • 18. Artefactos  Crachá identificador da organização (formandos)  T-shirts, bonés e material escolar (jovens)
  • 19. Valores  Inclusão  Transparência  Tolerância  Humildade  Responsabilidade  Autonomia  Solidariedade  Preocupação ambiental
  • 20. Tipologia Organizativa  Da Pessoa  Coaches com formações diversificadas  Sem ligação contratual  Alguma liberdade de atuação  Renovação constante dos Recursos Humanos
  • 21. Etapa de Desenvolvimento  Etapa de criação e primeiro desenvolvimento  Tendo em conta a constante renovação dos recursos humanos, é necessário um “ensino” permanente dos valores organizacionais aos novos membros  O facto de ser uma organização sem fins lucrativos que lida com crianças faz com que os candidatos já possuam a priori uma matriz de valores alinhada com a da organização
  • 22. Mentalidade da Organização  Mentalidade Exploratória / Cultura Passivo-Adaptativa  Indispensável a abertura com meio envolvente  Iniciativa e autonomia  Aproveitamento de tendencias
  • 23. Relação com o Mercado  Configuração Mercadológica  Setor muito competitivo, o que exige um esforço comunicativo forte no sentido de obter financiamento  Ênfase na vertente de marketing
  • 24. Posicionamento  Assinatura  “Semear educação, colher evolução”
  • 25. DesportivaMente  Logótipo com acessório  Gama cromática  Laranja (Desportiva): energia, determinação, produtividade  Azul (Mente): inteligência, sabedoria, confiança
  • 26.
  • 27. Abrangência da Marca  Maca institucional umbrella  Simultaneamente institucional e mercadológica: presente nos artefactos, elementos de comunicação
  • 28. Arquitetura de Marca  Monolítica  Identifica a organização em todas as áreas de atuação
  • 29. Identidade de Marca  Claims  Incrementamos o gosto pelo saber e pelo desporto
  • 30. Gestão da Marca  Canal Primário  Políticas organizacionais  Conduta dos colaboradores  Canal Secundário  Parcerias com figuras públicas com notoriedade no desporto  Associação a eventos desportivos na cidade do Porto  Canal Terciário  Recomendação por parte de todos os que contactam com a organização