SlideShare uma empresa Scribd logo
comportamento dos indicadores demográficos
TAXA DE NATALIDADE
TEM VINDO A
DIMINUIR AO
LONGO DOS
ÚLTIMOS ANOS E
REVELA CONTRASTES
GEOGRÁFICOS.
Taxa de natalidade, 2020
Evolução da taxa de natalidade.
VALORES MAIS ELEVADOS VERIFICAM-SE NOS PAÍSES EM
DESENVOLVIMENTO…
… principalmente no continente africano e no asiático.
Taxa bruta de natalidade
Principais razões:
• taxa de analfabetismo elevada;
• casamento em idades precoces;
• baixa escolarização das mulheres;
• nascimento do primeiro filho em
idades precoces;
• influência das crenças religiosas;
• desconhecimento do planeamento
familiar;
• o número de filhos constitui um prestígio social e uma fonte de rendimento.
Porquê?
VALORES MAIS BAIXOS VERIFICAM-SE NOS PAÍSES
DESENVOLVIDOS…
Taxa de natalidade
Principais razões:
• emancipação da mulher, com a sua entrada
no mundo do trabalho e a valorização social;
• redução da taxa de analfabetismo;
• entrada tardia dos jovens no mundo do
trabalho;
• diminuição da taxa de nupcialidade;
• adiamento do casamento e do nascimento do primeiro filho;
• aumento dos encargos e das responsabilidades inerentes a cada filho.
• difusão do uso de métodos contracetivos e desenvolvimento do planeamento
familiar;
Índice sintético de fecundidade
Taxa de natalidade/ índice sintético de fecundidade
Taxa de natalidade/ índice sintético de fecundidade
Taxa de mortalidade no mundo
Evolução da taxa de
mortalidade.
Melhoria na alimentação.
Avanços na medicina (descoberta de vacinas e de
antibióticos).
Melhoria generalizada das condições de higiene, de
habitação e de saúde pública.
Maior segurança no trabalho e mais proteção
social.
Diminuição progressiva da taxa bruta de mortalidade,
principalmente a partir de meados do século XVIII, após a
Revolução Industrial, e durante a Revolução Agrícola.
Fatores que influenciam a taxa bruta de mortalidade
Revela contrastes geográficos:
Taxa de mortalidade no mundo
Taxa de mortalidade, 2020
Esperança média de vida à nascença
Evolução da esperança de vida à
nascença
• A esperança média de vida à
nascença apresenta uma
evolução positiva, ao longo do
tempo, nas três escalas de
análise.
• Nos países desenvolvidos é
mais elevada.
Os valores mais elevados:
maioria dos países desen-
volvidos.
Os valores mais baixos:
países em
desenvolvimento da África
central e do sudoeste da
Ásia.
A distribuição geográfica
é desigual.
Esperança média de vida à nascença
Esperança de vida à nascença,
2020
Esperança média de vida à nascença
 Carências alimentares e dificuldade
no acesso a água potável.
 Ocorrência de conflitos armados.
 Condições médico-sanitárias
precárias.
 Dificuldade no combate da SIDA e
de outras doenças
infetocontagiosas, como a malária
e o paludismo.
 Más condições laborais.
 Países com baixa esperança
média de vida – principais
causas?
 Países com elevada esperança
média de vida – principais causas?
 Avanço na medicina;
 Diversificação da dieta
alimentar.
 Melhorias na rede de
saneamento básico.
 Melhoria das regras de
segurança laboral.
 Maior frequência da prática de
exercício físico ao longo da
vida.
Evolução da taxa de mortalidade infantil.
Taxa de mortalidade infantil
Distribuição mundial da taxa de mortalidade infantil.
Taxa de mortalidade infantil
Distribuição mundial da taxa de mortalidade infantil.
VALORES MAIS ELEVADOS
VERIFICAM-SE EM ÁFRICA
• Condições sanitárias e infraestruturas
deficientes para a realização dos
partos;
• Deficiente acompanhamento médico
durante e após a gravidez.
• Má qualidade de vida das famílias.
• Carências alimentares, de
medicamentos e de vacinas.
• Ocorrência de conflitos armados.
Porquê?
Taxa de crescimento natural no mundo
As variações nas taxas de crescimento natural da população originam três
cenários demográficos:
Taxa de crescimento natural
positiva (> 0)
Taxa de crescimento natural
nula (= 0)
Taxa de crescimento natural
negativa (< 0)
A população
total aumenta
A população total
estabiliza
A população total
diminui
Taxa de crescimento natural no mundo
Evolução da taxa de crescimento
natural.
Distribuição da taxa de crescimento natural, 2020.
Portugal ... como evoluíram os indicadores?
Evolução das taxas de natalidade, mortalidade e crescimento
natural.
 A população portuguesa tem
apresentado, ao longo do
tempo, ritmos de
crescimento natural
distintos.
 Foi, sobretudo, a partir de
1960 que a desaceleração
do crescimento natural da
população se tornou
notória, estando associada a
taxas de crescimento
natural baixas ou
negativas.
Portugal ... como evoluíram os indicadores?
Evolução da esperança média de vida à nascença em
Portugal.
A redução dos valores da taxa de mortalidade foi acompanhada por um
aumento nos valores da esperança média de vida à nascença devido a:
 melhores condições médico-sanitárias, laborais e na dieta alimentar.
Evolução da esperança média de vida à nascença em
Portugal.
Portugal ... como evoluíram os indicadores?
Evolução da taxa de mortalidade infantil em Portugal.
Distribuição da taxa de natalidade em
Portugal, por NUT III.
Distribuição da taxa de mortalidade em
Portugal, por NUT III.
 Portugal… como evoluíram os indicadores por NUT III?
Portugal ... como evoluíram os indicadores?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a comportamento dos indicadores demográficos

geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
mariaesteves27
 
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
GeografiaC
 
Evolução da população mundial
Evolução da população mundialEvolução da população mundial
Evolução da população mundial
abarros
 
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptxPopulação_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 
Crescimento Populacionalnomundo
Crescimento PopulacionalnomundoCrescimento Populacionalnomundo
Crescimento Populacionalnomundo
guestbef9ff2
 
Crescimento Populacionalnomundo
Crescimento PopulacionalnomundoCrescimento Populacionalnomundo
Crescimento Populacionalnomundo
debora
 
F:\Crescimento Populacionalnomundo
F:\Crescimento PopulacionalnomundoF:\Crescimento Populacionalnomundo
F:\Crescimento Populacionalnomundo
guestbef9ff2
 
Matéria lecionada
Matéria lecionadaMatéria lecionada
Matéria lecionada
Elisabete Muche
 
A população em movimento
A população em movimentoA população em movimento
A população em movimento
Léo Miranda
 
Terceira Idade
Terceira IdadeTerceira Idade
Terceira Idade
Carol Alves
 
A esperança de vida
A esperança de vidaA esperança de vida
A esperança de vida
Maria João Carlos
 
Pirâmides etárias
Pirâmides etáriasPirâmides etárias
Pirâmides etárias
colegiomb
 
Crescimento populacional
Crescimento populacionalCrescimento populacional
Crescimento populacional
Débora Sales
 
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º anoFicha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
anacristinaccc
 
População e povoamento
População e povoamentoPopulação e povoamento
População e povoamento
FilomenaMorais3
 
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em DesenvolvimentoModelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
8ºC
 
Um mundo superpovoado
Um mundo superpovoadoUm mundo superpovoado
Um mundo superpovoado
Joana Melo
 
Um mundo superpovoado
Um mundo superpovoadoUm mundo superpovoado
Um mundo superpovoado
Joana Melo
 
Evolução da população mundial
Evolução da população mundialEvolução da população mundial
Evolução da população mundial
Gisela Alves
 
O Nosso Mundo em Dados
O Nosso Mundo em DadosO Nosso Mundo em Dados
O Nosso Mundo em Dados
Idalina Leite
 

Semelhante a comportamento dos indicadores demográficos (20)

geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
geom8_populacao.pptxeefrtherhgerhe5yhy34
 
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
Trabalho Projeto Individual sobre o tema 4 - Um Mundo de Contrastes; 4.1 - Um...
 
Evolução da população mundial
Evolução da população mundialEvolução da população mundial
Evolução da população mundial
 
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptxPopulação_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx
 
Crescimento Populacionalnomundo
Crescimento PopulacionalnomundoCrescimento Populacionalnomundo
Crescimento Populacionalnomundo
 
Crescimento Populacionalnomundo
Crescimento PopulacionalnomundoCrescimento Populacionalnomundo
Crescimento Populacionalnomundo
 
F:\Crescimento Populacionalnomundo
F:\Crescimento PopulacionalnomundoF:\Crescimento Populacionalnomundo
F:\Crescimento Populacionalnomundo
 
Matéria lecionada
Matéria lecionadaMatéria lecionada
Matéria lecionada
 
A população em movimento
A população em movimentoA população em movimento
A população em movimento
 
Terceira Idade
Terceira IdadeTerceira Idade
Terceira Idade
 
A esperança de vida
A esperança de vidaA esperança de vida
A esperança de vida
 
Pirâmides etárias
Pirâmides etáriasPirâmides etárias
Pirâmides etárias
 
Crescimento populacional
Crescimento populacionalCrescimento populacional
Crescimento populacional
 
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º anoFicha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
 
População e povoamento
População e povoamentoPopulação e povoamento
População e povoamento
 
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em DesenvolvimentoModelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
Modelo DemográFico Dos PaíSes Em Desenvolvidos E Em Desenvolvimento
 
Um mundo superpovoado
Um mundo superpovoadoUm mundo superpovoado
Um mundo superpovoado
 
Um mundo superpovoado
Um mundo superpovoadoUm mundo superpovoado
Um mundo superpovoado
 
Evolução da população mundial
Evolução da população mundialEvolução da população mundial
Evolução da população mundial
 
O Nosso Mundo em Dados
O Nosso Mundo em DadosO Nosso Mundo em Dados
O Nosso Mundo em Dados
 

comportamento dos indicadores demográficos

  • 2. TAXA DE NATALIDADE TEM VINDO A DIMINUIR AO LONGO DOS ÚLTIMOS ANOS E REVELA CONTRASTES GEOGRÁFICOS. Taxa de natalidade, 2020 Evolução da taxa de natalidade.
  • 3. VALORES MAIS ELEVADOS VERIFICAM-SE NOS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO… … principalmente no continente africano e no asiático. Taxa bruta de natalidade Principais razões: • taxa de analfabetismo elevada; • casamento em idades precoces; • baixa escolarização das mulheres; • nascimento do primeiro filho em idades precoces; • influência das crenças religiosas; • desconhecimento do planeamento familiar; • o número de filhos constitui um prestígio social e uma fonte de rendimento. Porquê?
  • 4. VALORES MAIS BAIXOS VERIFICAM-SE NOS PAÍSES DESENVOLVIDOS… Taxa de natalidade Principais razões: • emancipação da mulher, com a sua entrada no mundo do trabalho e a valorização social; • redução da taxa de analfabetismo; • entrada tardia dos jovens no mundo do trabalho; • diminuição da taxa de nupcialidade; • adiamento do casamento e do nascimento do primeiro filho; • aumento dos encargos e das responsabilidades inerentes a cada filho. • difusão do uso de métodos contracetivos e desenvolvimento do planeamento familiar;
  • 5. Índice sintético de fecundidade
  • 6. Taxa de natalidade/ índice sintético de fecundidade
  • 7. Taxa de natalidade/ índice sintético de fecundidade
  • 8. Taxa de mortalidade no mundo Evolução da taxa de mortalidade.
  • 9. Melhoria na alimentação. Avanços na medicina (descoberta de vacinas e de antibióticos). Melhoria generalizada das condições de higiene, de habitação e de saúde pública. Maior segurança no trabalho e mais proteção social. Diminuição progressiva da taxa bruta de mortalidade, principalmente a partir de meados do século XVIII, após a Revolução Industrial, e durante a Revolução Agrícola. Fatores que influenciam a taxa bruta de mortalidade
  • 10. Revela contrastes geográficos: Taxa de mortalidade no mundo Taxa de mortalidade, 2020
  • 11. Esperança média de vida à nascença Evolução da esperança de vida à nascença • A esperança média de vida à nascença apresenta uma evolução positiva, ao longo do tempo, nas três escalas de análise. • Nos países desenvolvidos é mais elevada.
  • 12. Os valores mais elevados: maioria dos países desen- volvidos. Os valores mais baixos: países em desenvolvimento da África central e do sudoeste da Ásia. A distribuição geográfica é desigual. Esperança média de vida à nascença Esperança de vida à nascença, 2020
  • 13. Esperança média de vida à nascença  Carências alimentares e dificuldade no acesso a água potável.  Ocorrência de conflitos armados.  Condições médico-sanitárias precárias.  Dificuldade no combate da SIDA e de outras doenças infetocontagiosas, como a malária e o paludismo.  Más condições laborais.  Países com baixa esperança média de vida – principais causas?  Países com elevada esperança média de vida – principais causas?  Avanço na medicina;  Diversificação da dieta alimentar.  Melhorias na rede de saneamento básico.  Melhoria das regras de segurança laboral.  Maior frequência da prática de exercício físico ao longo da vida.
  • 14. Evolução da taxa de mortalidade infantil. Taxa de mortalidade infantil Distribuição mundial da taxa de mortalidade infantil.
  • 15. Taxa de mortalidade infantil Distribuição mundial da taxa de mortalidade infantil. VALORES MAIS ELEVADOS VERIFICAM-SE EM ÁFRICA • Condições sanitárias e infraestruturas deficientes para a realização dos partos; • Deficiente acompanhamento médico durante e após a gravidez. • Má qualidade de vida das famílias. • Carências alimentares, de medicamentos e de vacinas. • Ocorrência de conflitos armados. Porquê?
  • 16. Taxa de crescimento natural no mundo As variações nas taxas de crescimento natural da população originam três cenários demográficos: Taxa de crescimento natural positiva (> 0) Taxa de crescimento natural nula (= 0) Taxa de crescimento natural negativa (< 0) A população total aumenta A população total estabiliza A população total diminui
  • 17. Taxa de crescimento natural no mundo Evolução da taxa de crescimento natural. Distribuição da taxa de crescimento natural, 2020.
  • 18. Portugal ... como evoluíram os indicadores? Evolução das taxas de natalidade, mortalidade e crescimento natural.  A população portuguesa tem apresentado, ao longo do tempo, ritmos de crescimento natural distintos.  Foi, sobretudo, a partir de 1960 que a desaceleração do crescimento natural da população se tornou notória, estando associada a taxas de crescimento natural baixas ou negativas.
  • 19. Portugal ... como evoluíram os indicadores? Evolução da esperança média de vida à nascença em Portugal.
  • 20. A redução dos valores da taxa de mortalidade foi acompanhada por um aumento nos valores da esperança média de vida à nascença devido a:  melhores condições médico-sanitárias, laborais e na dieta alimentar. Evolução da esperança média de vida à nascença em Portugal. Portugal ... como evoluíram os indicadores? Evolução da taxa de mortalidade infantil em Portugal.
  • 21. Distribuição da taxa de natalidade em Portugal, por NUT III. Distribuição da taxa de mortalidade em Portugal, por NUT III.  Portugal… como evoluíram os indicadores por NUT III? Portugal ... como evoluíram os indicadores?