SlideShare uma empresa Scribd logo
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 1Todos os direitos reservados 2015
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 2Todos os direitos reservados 2015
Como conceber
transformações que
gerem valor para a
sociedade?
Daniel Karrer
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 3Todos os direitos reservados 2015
FOCO NA FERRAMENTAFOCO NA SOCIEDADE
O QUE ESCUTAMOS DOS NOSSOS CLIENTES NO DIA-A-DIA?
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 4Todos os direitos reservados 2015
COMO PODEMOS CONCEBER TRANSFORMAÇÕES QUE ESCUTEM AS
NECESSIDADES DA SOCIEDADE?
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 5Todos os direitos reservados 2015
Tempo
Desempenho
PESSOAS E TECNOLOGIA COMO HABILITADORES DE MUDANÇA
OTIMIZAR A OPERAÇÃO ATUAL GERAR CRESCIMENTO
VISUALIZARA ESTRATÉGIA E NAVEGAR PELA INCERTEZA
Tempo
Desempenho
OBTER LONGEVIDADE
Tempo
Desempenho
A LONGEVIDADE SAUDÁVEL DAS ORGANIZAÇÕES EXIGE QUE ESTAS ENCAREM
MÚLTIPLOS DESAFIOS
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 6Todos os direitos reservados 2015
O QUE É VALOR
PÚBLICO?
E como podemos saber se ele está sendo criado por uma
determinada organização?
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 7Todos os direitos reservados 2015
ABORDAGEM VALOR PÚBLICO
(Moore)
Valor público como a
interação com o cidadão
para o desenho de
serviços de qualidade
Uma instituição é boa
quando orquestra o
diálogo com o cidadão
sobre o que deve ser
entregue
Referências: Moore
“Uma parte importante de ser um gerente
efetivo é a orquestração de uma conversa
coerente com os grupos tanto sobre o que
deve ser produzido, como de que maneira
devem ser produzidos”
O QUE É VALOR PÚBLICO?
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 8Todos os direitos reservados 2015
CIDADÃO: O CLIENTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Para Moore, o cidadão é uma espécie de
acionista que deseja receber os frutos do
investimento que faz com seus impostos.
No entanto, sua participação vai além
disso, pois ele se compromete com a
criação de valor ao contribuir com a vida
pública
CLIENTE NA ESFERA PRIVADA
Na esfera privada o cliente detém
uma postura mais passiva,
demandando serviços que serão
entregues pelo setor privado
CLIENTE NA ESFERA PÚBLICA
Já na esfera pública, o cliente detém,
antes de mais nada, direitos e
deveres, que transbordam em
participação se comparado com o
setor privado
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 9Todos os direitos reservados 2015
DESENHO DO SERVIÇO PÚBLICO
ORGANIZAÇÃO
Todo serviço público é composto por
um conjunto de regras e processos de
negócio...
... suportados por sistemas de
informação e infraestrutura...
PARCEIROS
PESSOAS
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
TECNOLOGIA
INFRAESTRUTURA
INFORMAÇÃO
PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO
... com o objetivo de viabilizar a jornada
da sociedade!
JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE
CLIENTE
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 10Todos os direitos reservados 2015
CADEIA DE VALOR: NO SETOR PÚBLICO, A CADEIA DE VALOR
PODE SER ENTENDIDA COMO UM CATÁLOGO DE SERVIÇOS
PÚBLICOS
Mesmo levando em consideração o ambiente externo,
uma das grandes críticas que vinha sendo direcionada à
Cadeia de Valor clássica era a pouca participação do
cliente no processo. Até então, o modo de se entender a
criação de produtos e serviços colocava a organização
como sendo uma grande máquina fechada, que
transformava insumos em produtos, sofrendo
eventualmente influencias do “lado de fora”.
Hoje em dia, com o entendimento crescente da
importância do cliente nas várias etapas de criação, a
Cadeia de Valor vem ganhando abordagens mais focadas
no diálogo entre o cliente e a organização, introduzindo
temas como co-criação e outras formas de interação com
o cliente.
Necessidades
do segmento
de clientes
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 11Todos os direitos reservados 2015
LACUNA DE ECONOMICIDADE
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS
PESSOAS
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
TECNOLOGIA
INFRAESTRUTURA
INFORMAÇÃO
PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO
JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE
CLIENTE
Lacuna de
Economicidade
Custos com recursos
Custos ótimo
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 12Todos os direitos reservados 2015
LACUNA DE VALOR PÚBLICO
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS
PESSOAS
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
TECNOLOGIA
INFRAESTRUTURA
INFORMAÇÃO
PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO
JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE
CLIENTE
Lacuna de
Valor Público
Valor Público “alvo”
Valor Público percebido
Valor Público desejado
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 13Todos os direitos reservados 2015
Quais lacunas são mais crônicas e estruturais
impactando a entrega de diversos serviços?
Quais lacunas, se resolvidas, resultam em um impacto
mais significativo em uma maior quantidade de clientes
dos serviços?
Quais lacunas estão em alinhamento com Políticas
Públicas estabelecidas?
Quais lacunas estão em alinhamento com o Plano de
Governo e alianças político-partidárias?
PRIORIZAÇÃO DAS LACUNAS
Escolha das lacunas de
Valor Público
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial
| 14Todos os direitos reservados 2015
Tipos de transformação
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS
PESSOAS
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
TECNOLOGIA
INFRAESTRUTURA
INFORMAÇÃO
PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO
JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE
CLIENTE
Lacuna de
Valor Público
Valor Público “alvo”
Valor Público percebido
Valor Público desejado
Lacuna de
Economicidade
Custos com recursos
Custos ótimo
Melhoria do dia
a dia
Redesenho das
operações
Novos produtos, serviços e
experiências
Novos modelos de
negócio
Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial 15
DANIEL KARRER
daniel.karrer@elogroup.com.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Chameleon suitoct01
Chameleon suitoct01Chameleon suitoct01
Chameleon suitoct01
Clifford Stone
 
Shaeli alayna aminia
Shaeli alayna aminiaShaeli alayna aminia
Shaeli alayna aminiaShelLi Alayna
 
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
EloGroup
 
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen coveyHabit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
RISHIRAJ EDUCATION FOUNDATION
 
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen coveyHabit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
RISHIRAJ EDUCATION FOUNDATION
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
EloGroup
 
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metalsDr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
Dr.Ramaswamy Narayanasamy
 
100 training games and energizers
100 training games and energizers100 training games and energizers
100 training games and energizers
RISHIRAJ EDUCATION FOUNDATION
 
Seven Habits: First Things First
Seven Habits: First Things FirstSeven Habits: First Things First
Seven Habits: First Things First
Jonathan Woodward
 
Summary -First Break All The Rules
Summary -First Break All The RulesSummary -First Break All The Rules
Summary -First Break All The Rules
GMR Group
 

Destaque (10)

Chameleon suitoct01
Chameleon suitoct01Chameleon suitoct01
Chameleon suitoct01
 
Shaeli alayna aminia
Shaeli alayna aminiaShaeli alayna aminia
Shaeli alayna aminia
 
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
– Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas do Se...
 
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen coveyHabit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 7 of 7 habits of highly effective people stephen covey
 
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen coveyHabit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
Habit 2 of 7 habits of highly effective people stephen covey
 
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...Elo Group   EscritóRio De Processos   AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
Elo Group EscritóRio De Processos AtuaçõEs PossíVeis E Arranjos Organizac...
 
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metalsDr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
Dr.R.Narayanasamy - Bending of sheet metals
 
100 training games and energizers
100 training games and energizers100 training games and energizers
100 training games and energizers
 
Seven Habits: First Things First
Seven Habits: First Things FirstSeven Habits: First Things First
Seven Habits: First Things First
 
Summary -First Break All The Rules
Summary -First Break All The RulesSummary -First Break All The Rules
Summary -First Break All The Rules
 

Semelhante a – Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]

Café com bpm recife palestra transformação de processos - ricardo avila
Café com bpm recife   palestra transformação de processos - ricardo avilaCafé com bpm recife   palestra transformação de processos - ricardo avila
Café com bpm recife palestra transformação de processos - ricardo avila
EloGroup
 
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
EloGroup
 
Café com bpm fortaleza introdução - ricardo avila - público
Café com bpm fortaleza   introdução - ricardo avila - públicoCafé com bpm fortaleza   introdução - ricardo avila - público
Café com bpm fortaleza introdução - ricardo avila - público
EloGroup
 
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
Lecom Tecnologia
 
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio
Como conceber transformações que gerem valor para o negócioComo conceber transformações que gerem valor para o negócio
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio
EloGroup
 
Inovação em Governo
Inovação em GovernoInovação em Governo
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
Lecom Tecnologia
 
Design Thinking - Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
Design Thinking -  Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...Design Thinking -  Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
Design Thinking - Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
Lecom Tecnologia
 
– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]
EloGroup
 
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
EloGroup
 
– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]
EloGroup
 
Como conceber transformações privado
Como conceber transformações   privadoComo conceber transformações   privado
Como conceber transformações privado
EloGroup
 
Como conceber transformações público
Como conceber transformações   públicoComo conceber transformações   público
Como conceber transformações público
EloGroup
 
Como conceber transformações? Café com BPM São Paulo e Rio de Janeiro
 Como conceber transformações? Café com BPM  São Paulo e Rio de Janeiro Como conceber transformações? Café com BPM  São Paulo e Rio de Janeiro
Como conceber transformações? Café com BPM São Paulo e Rio de Janeiro
Lecom Tecnologia
 
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
EloGroup
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
EloGroup
 
ELO Group IQPC 2013
ELO Group IQPC 2013ELO Group IQPC 2013
ELO Group IQPC 2013
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
EloGroup
 

Semelhante a – Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado] (20)

Café com bpm recife palestra transformação de processos - ricardo avila
Café com bpm recife   palestra transformação de processos - ricardo avilaCafé com bpm recife   palestra transformação de processos - ricardo avila
Café com bpm recife palestra transformação de processos - ricardo avila
 
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
Da Melhoria Contínua para Grandes Transformações (Ricardo Ávila – EloGroup)
 
Café com bpm fortaleza introdução - ricardo avila - público
Café com bpm fortaleza   introdução - ricardo avila - públicoCafé com bpm fortaleza   introdução - ricardo avila - público
Café com bpm fortaleza introdução - ricardo avila - público
 
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valo...
 
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio
Como conceber transformações que gerem valor para o negócioComo conceber transformações que gerem valor para o negócio
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio
 
Inovação em Governo
Inovação em GovernoInovação em Governo
Inovação em Governo
 
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
Como conceber transformações que gerem valor para o negócio? Café com BPM For...
 
Design Thinking - Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
Design Thinking -  Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...Design Thinking -  Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
Design Thinking - Como conceber transformações que gerem valor para o negóci...
 
– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]– Como conceber transformações? [Privado]
– Como conceber transformações? [Privado]
 
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
Como conceber transformações organizacionais que gerem resultados expressivos...
 
– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]– Como conceber transformações? [Público]
– Como conceber transformações? [Público]
 
Como conceber transformações privado
Como conceber transformações   privadoComo conceber transformações   privado
Como conceber transformações privado
 
Como conceber transformações público
Como conceber transformações   públicoComo conceber transformações   público
Como conceber transformações público
 
Como conceber transformações? Café com BPM São Paulo e Rio de Janeiro
 Como conceber transformações? Café com BPM  São Paulo e Rio de Janeiro Como conceber transformações? Café com BPM  São Paulo e Rio de Janeiro
Como conceber transformações? Café com BPM São Paulo e Rio de Janeiro
 
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
Road Show 2013 - Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégi...
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
 
ELO Group IQPC 2013
ELO Group IQPC 2013ELO Group IQPC 2013
ELO Group IQPC 2013
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
 

Mais de EloGroup

Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
EloGroup
 
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
EloGroup
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
EloGroup
 
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioFluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
EloGroup
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
EloGroup
 
Template - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoTemplate - Painel do Processo
Template - Painel do Processo
EloGroup
 
Template - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorTemplate - Ficha do Indicador
Template - Ficha do Indicador
EloGroup
 
Template - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoTemplate - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de Escopo
EloGroup
 
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
EloGroup
 
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesBPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
EloGroup
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup
 
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationWEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
EloGroup
 
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeIntegrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
EloGroup
 
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
EloGroup
 
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
EloGroup
 
"Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial""Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial"
EloGroup
 
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
EloGroup
 
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialComo viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
EloGroup
 
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
EloGroup
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
EloGroup
 

Mais de EloGroup (20)

Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
Como otimizar despesas corporativas e implementar uma cultura de produtividad...
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
 
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuárioFluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
Fluxos Lúdicos: Representando processos com foco no usuário
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
 
Template - Painel do Processo
Template - Painel do ProcessoTemplate - Painel do Processo
Template - Painel do Processo
 
Template - Ficha do Indicador
Template - Ficha do IndicadorTemplate - Ficha do Indicador
Template - Ficha do Indicador
 
Template - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de EscopoTemplate - Diagrama de Escopo
Template - Diagrama de Escopo
 
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
Um novo olhar sobre a Gestão da Rotina: Ative a melhoria contínua na visão de...
 
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas SalesBPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
BPM Day Curitiba - Palestra de Inovação e BPM palestra com Lucas Sales
 
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
EloGroup BPT - Ebook Business Process Transformation
 
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process TransformationWEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
WEBINAR BPT EloGroup 30/09/2016 - Business Process Transformation
 
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael ClementeIntegrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
Integrando BPM na Agenda de Inovação da Empresa - Rafael Clemente
 
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
Palestra BH BPM 12/Julho - BPM como alternativa para transformações organizac...
 
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
3º Edição - Direto ao Ponto - eSocial
 
"Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial""Direto ao Ponto - eSocial"
"Direto ao Ponto - eSocial"
 
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
Direto ao Ponto eSocial: Notícias e Principais Informações sobre o impacto do...
 
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocialComo viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial
 
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial? Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
Artigo EloGroup: Como viabilizar a adequação dos processos ao eSocial?
 
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicosCafé da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
Café da manhã ciclo de gestão de serviços públicos
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 

– Como uma plataforma BPMS pode transformar uma organização? [Privado]

  • 1. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 1Todos os direitos reservados 2015
  • 2. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 2Todos os direitos reservados 2015 Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? Daniel Karrer
  • 3. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 3Todos os direitos reservados 2015 FOCO NA FERRAMENTAFOCO NA SOCIEDADE O QUE ESCUTAMOS DOS NOSSOS CLIENTES NO DIA-A-DIA?
  • 4. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 4Todos os direitos reservados 2015 COMO PODEMOS CONCEBER TRANSFORMAÇÕES QUE ESCUTEM AS NECESSIDADES DA SOCIEDADE?
  • 5. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 5Todos os direitos reservados 2015 Tempo Desempenho PESSOAS E TECNOLOGIA COMO HABILITADORES DE MUDANÇA OTIMIZAR A OPERAÇÃO ATUAL GERAR CRESCIMENTO VISUALIZARA ESTRATÉGIA E NAVEGAR PELA INCERTEZA Tempo Desempenho OBTER LONGEVIDADE Tempo Desempenho A LONGEVIDADE SAUDÁVEL DAS ORGANIZAÇÕES EXIGE QUE ESTAS ENCAREM MÚLTIPLOS DESAFIOS
  • 6. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 6Todos os direitos reservados 2015 O QUE É VALOR PÚBLICO? E como podemos saber se ele está sendo criado por uma determinada organização?
  • 7. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 7Todos os direitos reservados 2015 ABORDAGEM VALOR PÚBLICO (Moore) Valor público como a interação com o cidadão para o desenho de serviços de qualidade Uma instituição é boa quando orquestra o diálogo com o cidadão sobre o que deve ser entregue Referências: Moore “Uma parte importante de ser um gerente efetivo é a orquestração de uma conversa coerente com os grupos tanto sobre o que deve ser produzido, como de que maneira devem ser produzidos” O QUE É VALOR PÚBLICO?
  • 8. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 8Todos os direitos reservados 2015 CIDADÃO: O CLIENTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Para Moore, o cidadão é uma espécie de acionista que deseja receber os frutos do investimento que faz com seus impostos. No entanto, sua participação vai além disso, pois ele se compromete com a criação de valor ao contribuir com a vida pública CLIENTE NA ESFERA PRIVADA Na esfera privada o cliente detém uma postura mais passiva, demandando serviços que serão entregues pelo setor privado CLIENTE NA ESFERA PÚBLICA Já na esfera pública, o cliente detém, antes de mais nada, direitos e deveres, que transbordam em participação se comparado com o setor privado
  • 9. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 9Todos os direitos reservados 2015 DESENHO DO SERVIÇO PÚBLICO ORGANIZAÇÃO Todo serviço público é composto por um conjunto de regras e processos de negócio... ... suportados por sistemas de informação e infraestrutura... PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO ... com o objetivo de viabilizar a jornada da sociedade! JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE CLIENTE
  • 10. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 10Todos os direitos reservados 2015 CADEIA DE VALOR: NO SETOR PÚBLICO, A CADEIA DE VALOR PODE SER ENTENDIDA COMO UM CATÁLOGO DE SERVIÇOS PÚBLICOS Mesmo levando em consideração o ambiente externo, uma das grandes críticas que vinha sendo direcionada à Cadeia de Valor clássica era a pouca participação do cliente no processo. Até então, o modo de se entender a criação de produtos e serviços colocava a organização como sendo uma grande máquina fechada, que transformava insumos em produtos, sofrendo eventualmente influencias do “lado de fora”. Hoje em dia, com o entendimento crescente da importância do cliente nas várias etapas de criação, a Cadeia de Valor vem ganhando abordagens mais focadas no diálogo entre o cliente e a organização, introduzindo temas como co-criação e outras formas de interação com o cliente. Necessidades do segmento de clientes
  • 11. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 11Todos os direitos reservados 2015 LACUNA DE ECONOMICIDADE ORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE CLIENTE Lacuna de Economicidade Custos com recursos Custos ótimo
  • 12. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 12Todos os direitos reservados 2015 LACUNA DE VALOR PÚBLICO ORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE CLIENTE Lacuna de Valor Público Valor Público “alvo” Valor Público percebido Valor Público desejado
  • 13. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 13Todos os direitos reservados 2015 Quais lacunas são mais crônicas e estruturais impactando a entrega de diversos serviços? Quais lacunas, se resolvidas, resultam em um impacto mais significativo em uma maior quantidade de clientes dos serviços? Quais lacunas estão em alinhamento com Políticas Públicas estabelecidas? Quais lacunas estão em alinhamento com o Plano de Governo e alianças político-partidárias? PRIORIZAÇÃO DAS LACUNAS Escolha das lacunas de Valor Público
  • 14. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial | 14Todos os direitos reservados 2015 Tipos de transformação ORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE CLIENTE Lacuna de Valor Público Valor Público “alvo” Valor Público percebido Valor Público desejado Lacuna de Economicidade Custos com recursos Custos ótimo Melhoria do dia a dia Redesenho das operações Novos produtos, serviços e experiências Novos modelos de negócio
  • 15. Copyright © ELO Group 2013 - Confidencial 15 DANIEL KARRER daniel.karrer@elogroup.com.br

Notas do Editor

  1. Dúvida se não vale a pena colocar a figura do “sobreviver, crescer e perpetuar” para mostrar que a discussão de transformações é necessária para que se dialogue com as necessidades do negócio.