SlideShare uma empresa Scribd logo
COMO TORNAR
0 1 2 3 4 5 6 7
DIDÁTICOS E DINÂMICOS
SEUS RELATÓRIOS DE
MONITORAMENTO E MÉTRICAS
Priscila Marcenes | Coordenadora de Social Intelligence da AD.DIALETO
Mariana Oliveira | Gerente de Data Intelligence da OGILVY
Natalia Traldi | Diretora de Mídia da CLICK ISOBAR
Júnior Siri | Analista de Social Intelligence da AD.DIALETO
COM DICAS DE
ELABORADO POR
Marina Bonafé | Conteúdo da 524
Ian Black | Sócio-Diretor da NEW VEGAS
Todo relatório tem um
ou mais objetivos
Avaliar uma ação;
Gerar compreensão;
Apresentar um cenário.
Transmitir uma ideia;
Nos relatórios de monitoramento
e métricas não é diferente
Mostrar de que forma extrair insights
de um monitoramento;
Mostrar qual é a percepção do consumidor
acerca de um produto através da análise
de sentimento;
Fazer o cliente entender por que o target reagiu
bem ou mal a uma campanha;
Medir os resultados de uma ação através de
análise de métricas;
Todo relatório tem um
ou mais objetivos
Avaliar uma ação;
Gerar compreensão;
Apresentar um cenário.
Transmitir uma ideia;
1
2
3
APESAR DE RELATÓRIOS
SEREM ESSENCIAIS NO
DIA A DIA DOS
PROFISSIONAIS DE
SOCIAL E DE CLIENTES,
ELES COSTUMAM
APRESENTAR ESSES OU
OUTROS PROBLEMAS.
2
3
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
FALTA DE CLAREZA
GRÁFICOS REPLETOS DE
DADOS, ALTOS E BAIXOS,
MAS SEM OS PORQUÊS.
2
3
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
FALTA DE CLAREZA
GRÁFICOS REPLETOS DE
DADOS, ALTOS E BAIXOS,
MAS SEM OS PORQUÊS.
Por que o pico X?
Por que a queda Y?
3
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
DESORGANIZAÇÃO
NA DIAGRAMAÇÃO, NAS
CORES, NA DATA
VISUALIZAÇÃO.
2
3
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
DESORGANIZAÇÃO
NA DIAGRAMAÇÃO, NAS
CORES, NA DATA
VISUALIZAÇÃO.
2
Por que gráfico em pizza?
Uma tabela não melhora a data visualização?
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
2
3
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
Slide 1
NENHUMA
DINAMICIDADE
DADOS ATRÁS DE
DADOS, SEM NENHUMA
DINÂMICA QUE PRENDA
A ATENÇÃO DO LEITOR.
Exemplos de
slides “secos”,
nada dinâmicos.
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
2
3
Slide 2
NENHUMA
DINAMICIDADE
DADOS ATRÁS DE
DADOS, SEM NENHUMA
DINÂMICA QUE PRENDA
A ATENÇÃO DO LEITOR.
POSTS QUE MAIS REPERCUTIRAM
Exemplos de
slides “secos”,
nada dinâmicos.
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
2
3
Slide 3
Exemplos de
slides “secos”,
nada dinâmicos.
NENHUMA
DINAMICIDADE
DADOS ATRÁS DE
DADOS, SEM NENHUMA
DINÂMICA QUE PRENDA
A ATENÇÃO DO LEITOR.
ENGAJAMENTO MÊS A MÊS
2.506
9
5.001
58
4.054
2.506
7.099
3.483
1
2
3
NENHUMA
DINAMICIDADE
DADOS ATRÁS DE
DADOS, SEM NENHUMA
DINÂMICA QUE PRENDA
A ATENÇÃO DO LEITOR.
Por que não diminuir a opacidade de
alguns objetos para dar destaque a outros?
ENGAJAMENTO MÊS A MÊS
PRECISAMOS DRIBLAR ESSES PROBLEMAS!
PRECISAMOS DRIBLAR ESSES PROBLEMAS!
E UM BOM DRIBLE É DEIXAR SOFTWARES DE STAND BY.
PRECISAMOS DRIBLAR ESSES PROBLEMAS!
E UM BOM DRIBLE É DEIXAR SOFTWARES DE STAND BY.
Power Point Prezi Adobe InDesign Adobe Flash
E FOCAR NUMA COISA
PLANEJAMENTO
E FOCAR NUMA COISA
PLANEJAMENTO
E FOCAR NUMA COISA
priscila marcenes
Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados. O que
a agência irá entregar é o que o cliente
quer receber.
AD.DIALETO
PLANEJAMENTO
NA HORA DE PLANEJAR, ENUMERE OS CAPÍTULOS DO
RELATÓRIO. APROVEITE PARA DEIXAR AS INFORMAÇÕES
SUCINTAS, EVITANDO EXCESSO DE SLIDES.
1
CAPA
CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2
1.1 1.2 2.1 2.2
SE ESTE FOSSE O
ORGANOGRAMA DE
UM RELATÓRIO, ELE
TERIA 7 SLIDES.
PLANEJAMENTO
NA HORA DE PLANEJAR, ENUMERE OS CAPÍTULOS DO
RELATÓRIO. APROVEITE PARA DEIXAR AS INFORMAÇÕES
SUCINTAS, EVITANDO EXCESSO DE SLIDES.
1
CAPA
CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2
1.1 1.2 2.1 2.2
SE ESTE FOSSE O
ORGANOGRAMA DE
UM RELATÓRIO, ELE
TERIA 7 SLIDES.
marina bonafé
A partir do 30º slide, ninguém mais
presta atenção. Sei que às vezes são muitas
informações, mas será que precisa? Releia
o relatório experimentando agrupar 3 a 4
slides em um só e veja se fica bom.
524
PLANEJAMENTO
NA HORA DE PLANEJAR, ENUMERE OS CAPÍTULOS DO
RELATÓRIO. APROVEITE PARA DEIXAR AS INFORMAÇÕES
SUCINTAS, EVITANDO EXCESSO DE SLIDES.
1
CAPA
CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2
1.2 2.1 2.2
SE ESTE FOSSE O
ORGANOGRAMA DE
UM RELATÓRIO, ELE
TERIA 7 SLIDES.
mariana oliveira
Ter direcionamento claro: quem é o
público que irá consumir estas informações?
Relatórios para a alta gerência, por exemplo,
devem ser mais concisos e estratégicos;
entregas para departamentos internos, como
planejamento, podem contar com um nível
de detalhamento maior.
OGILVYmarina bonafé
A partir do 30º slide, ninguém mais
presta atenção. Sei que às vezes são muitas
informações, mas será que precisa? Releia
o relatório experimentando agrupar 3 a 4
slides em um só e veja se fica bom.
524
1.2
PLANEJAMENTO
2
CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2
1.1 1.2 2.1 2.2
DÊ CORES DISTINTAS AOS DESDOBRAMENTOS.
ISSO AJUDARÁ O LEITOR A IDENTIFICAR OS VÁRIOS
CAPÍTULOS QUE VOCÊ DEVE APRESENTAR.
NA HORA DE PLANEJAR, ENUMERE OS CAPÍTULOS DO
RELATÓRIO. APROVEITE PARA DEIXAR AS INFORMAÇÕES
SUCINTAS, EVITANDO EXCESSO DE SLIDES.
1
CAPA
PLANEJAMENTO DE ROTEIRO É A
LINHAQUE DEVE LEVAR O LEITOR AO SEU OBJETIVO
Aqui você
precisa dar a
RESPOSTA
ao objetivo
do relatório
PLANEJAMENTO DE ROTEIRO É A
LINHAQUE DEVE LEVAR O LEITOR AO SEU OBJETIVOOBJETIVO
PLANEJAMENTO DE ROTEIRO É A
LINHAQUE DEVE LEVAR O LEITOR AO SEU OBJETIVOOBJETIVO
Aqui você
precisa dar a
RESPOSTA
ao objetivo
do relatório
Avaliar uma ação;
Gerar compreensão;
Apresentar um cenário.
Transmitir uma ideia;
mariana oliveira
As considerações não devem apenas
reportar o que aconteceu, e sim levar a uma
tomada de decisão. Pense em conclusões
diferentes para demandas e
setores diferentes!
OGILVY
PLANEJAMENTO DE ROTEIRO É A
LINHAQUE DEVE LEVAR O LEITOR AO SEU OBJETIVOOBJETIVO
Aqui você
precisa dar a
RESPOSTA
ao objetivo
do relatório
Avaliar uma ação;
Gerar compreensão;
Apresentar um cenário.
Transmitir uma ideia;
mariana oliveira
As considerações não devem apenas
reportar o que aconteceu, e sim levar a uma
tomada de decisão. Pense em conclusões
diferentes para demandas e
setores diferentes!
OGILVY
PLANEJAMENTO DE ROTEIRO É A
LINHAQUE DEVE LEVAR O LEITOR AO SEU OBJETIVOOBJETIVO
Aqui você
precisa dar a
RESPOSTA
ao objetivo
do relatório
Avaliar uma ação;
Gerar compreensão;
Apresentar um cenário.
Transmitir uma ideia;
I A N b l a c k
Independente do tamanho, relatórios
precisam responder perguntas.Normalmente
as perguntas não são feitas e o relatório não
serve pra nada.
NEW VEGAS
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
TODO RELATÓRIO PRECISA TER
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
TODO RELATÓRIO PRECISA TER
mariana oliveira
Os relatórios devem “contar histórias”, com
início, meio e fim. De onde viemos, onde
estamos e para onde vamos: a história tem
que ter sentido e ser orientada ao negócio
do cliente e objetivos do relatório.
OGILVY
RELATÓRIOS DE MONITORAMENTO E MÉTRICAS SÃO COMO A EVOLUÇÃO DO CHARMANDER
RELATÓRIOS DE MONITORAMENTO E MÉTRICAS SÃO COMO A EVOLUÇÃO DO CHARMANDER
ELES DEVEM INTRODUZIR O CENÁRIO (CHARMANDER)
RELATÓRIOS DE MONITORAMENTO E MÉTRICAS SÃO COMO A EVOLUÇÃO DO CHARMANDER
ELES DEVEM INTRODUZIR O CENÁRIO (CHARMANDER), MOSTRAR A EVOLUÇÃO DELE (CHARMELEON) ATRAVÉS DOS DADOS
RELATÓRIOS DE MONITORAMENTO E MÉTRICAS SÃO COMO A EVOLUÇÃO DO CHARMANDER
ELES DEVEM INTRODUZIR O CENÁRIO (CHARMANDER), MOSTRAR A EVOLUÇÃO DELE (CHARMELEON) ATRAVÉS DOS DADOS
E DAR FORMA A RESPOSTA (CHARIZARD) DO OBJETIVO.
LEMBRE-SE DE DESTACAR OS
PRINCIPAIS PONTOS DO SEU RELATÓRIO
LEMBRE-SE DE DESTACAR OS
PRINCIPAIS PONTOS DO SEU RELATÓRIO
LEMBRE-SE DE DESTACAR OS
PRINCIPAIS PONTOS DO SEU RELATÓRIO
CASES
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
O B S E R V A Ç Õ E S
OS TRECHOS DOS RELATÓRIOS APRESENTADOS A PARTIR DO PRÓXIMO SLIDE
NÃO FORAM CRIADOS PARA AS MARCAS CITADAS, MAS COLOCADOS APENAS
PARA ILUSTRAR OS EXEMPLOS. TAMBÉM OPTEI POR UTILIZAR GRÁFICOS/
ANÁLISES REAIS, MAS COM PEQUENAS MODIFICAÇÕES. DESSA MANEIRA,
MANTIVE O SIGILO DE INFORMAÇÕES DOS REAIS CLIENTES.
A TIMELINE ABAIXO SERÁ MANTIDA PARA QUE VOCÊ SAIBA
QUAL EXEMPLO ESTÁ SENDO EXIBIDO.
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Neste relatório de monitoramento, foram utilizadas 4 cores
distintas que se desmembraram da capa aos 4 capítulos:
metodologia, mercado, concorrência e marca.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
monitoramentoR E L A T Ó R I O D E S O C I A L I N T E L L I G E N C E
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Incluindoospets.
Diariamente,milharesde
pessoasfalamsobreanimais
nasmídiassociais.
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Incluindoospets.
Diariamente,milharesde
pessoasfalamsobreanimais
nasmídiassociais.
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Masquaisplayers,
produtos,serviços,
problemas,animais
esentimentossão
relacionadosaospets
nasmídiassociais?
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
metodologia mercado concorrência marca
4321
ÍNDICE
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Os dois gráficos/análises dos próximos slides são informações que estavam
presentes nos capítulos 2 (mercado) e 3 (concorrência). No primeiro slide
está um cruzamento de dados (problema VS animal) e nos últimos estão
conclusões feitas sobre o que foi dito sobre os concorrentes da Pedigree.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE gráfico/análise
mercado
PROBLEMA VS ANIMAL
SENTIMENTO
Das menções referentes a cachorro, o principal
problema aferido foi carrapato. Se considerarmos
as citações em que ele aparece junto com pulga,
no total ele foi citado em XX% das menções. Sarna,
Leishmaniose e Pulga também obtiveram uma
grande representatividade. Todas elas apresentaram
valores muito próximos e, na maioria dos casos, são
divulgações de pessoas que procuram interessados
em adotar e ajudar cães abandonados que estão
enfrentando esses problemas.
ANIMALPROBLEMA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
mercado
PROBLEMA VS ANIMAL
SENTIMENTO
Das menções referentes a cachorro, o principal
problema aferido foi carrapato. Se considerarmos
as citações em que ele aparece junto com pulga,
no total ele foi citado em XX% das menções. Sarna,
Leishmaniose e Pulga também obtiveram uma
grande representatividade. Todas elas apresentaram
valores muito próximos e, na maioria dos casos, são
divulgações de pessoas que procuram interessados
em adotar e ajudar cães abandonados que estão
enfrentando esses problemas.
ANIMALPROBLEMA
priscila marcenes
Cruzar dados é muito importante para
contextualizar a informação e auxiliar na
tradução qualitativa dos números
apresentados.
AD.DIALETO
EXEMPLO
DE gráfico/análise
ANIMALPROBLEMA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Oquedetectamos?
concorrência
Pulgaéoproblemamaisrecorrentetantoemgatoscomoemcachorros.
OsprodutosdoConcorrenteXsãoosquemaisgeramrepercussãonasmídiassociais.
PulgafoioproblemamaisrecorrentegraçasaoConcorrenteXsermaisassociadoaelas.
Assimcomoem“mercado”,ocachorrofoioanimalmaismencionado,obtendoXX%daamostra.
Tirandoosentimento“indefinido”,oquemaissedestacoufoiode solidariedade(XX%).
ConcorrenteXéoplayerquedetémomaiorshareofvoice.
XXéoproblemamaisrecorrentetantoemgatosquantoemcachorros.
EXEMPLO
DE gráfico/análise
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Oquedetectamos?
concorrência
Pulgaéoproblemamaisrecorrentetantoemgatoscomoemcachorros.
OsprodutosdoConcorrenteXsãoosquemaisgeramrepercussãonasmídiassociais.
PulgafoioproblemamaisrecorrentegraçasaoConcorrenteXsermaisassociadoaelas.
Assimcomoem“mercado”,cachorrofoioanimalmaismencionado,obtendoXX%daamostra.
Tirandoosentimento“indefinido”,oquemaissedestacoufoiode solidariedade(XX%).
ConcorrenteXéoplayerquedetémomaiorshareofvoice.
XXéoproblemamaisrecorrentetantoemgatosquantoemcachorros.
priscila marcenes
Sempre que possível, faça as análises
qualitativas no decorrer do relatório. Dessa
forma, a apresentação fica mais dinâmica
e os dados mais claros. Deixe a conclusão
apenas para retomar o que já foi pontuado.
AD.DIALETO
EXEMPLO
DE gráfico/análise
Oquedetectamos?
concorrência
Pulgaéoproblemamaisrecorrentetantoemgatoscomoemcachorros.
OsprodutosdoConcorrenteXsãoosquemaisgeramrepercussãonasmídiassociais.
PulgafoioproblemamaisrecorrentegraçasaoConcorrenteXsermaisassociadoaelas.
Assimcomoem“mercado”,ocachorrofoioanimalmaismencionado,obtendoXX%daamostra.
Tirandoosentimento“indefinido”,oquemaissedestacoufoiode solidariedade(XX%).
ConcorrenteXéoplayerquedetémomaiorshareofvoice.
XXéoproblemamaisrecorrentetantoemgatosquantoemcachorros.
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Na conclusão, a resposta ao objetivo do relatório foi dada através de telas
que mostrassem o cruzamento dos capítulos apresentados anteriormente:
mercado (da cor verde), concorrência (da cor amarela) e marca( da cor azul).
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
conclusão
mercado concorrência marca
C R U Z A M E N T O D E D A D O S E I N S I G H T S
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
conclusão
mercado concorrência marca
C R U Z A M E N T O D E D A D O S E I N S I G H T S
I A N b l a c k
Relatórios didáticos demandam algumas horas
de direção de arte (ao menos na composição).
NEW VEGAS
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
VISÃO HOLÍSTICA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
mercado
VISÃO HOLÍSTICA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
concorrência
mercado
VISÃO HOLÍSTICA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
marca
concorrência
mercado
VISÃO HOLÍSTICA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
VISÃO HOLÍSTICA
conclusão
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
VISÃO HOLÍSTICA
conclusão
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE conclusão
VISÃO HOLÍSTICA
conclusão
Conclui-se que a marca mais citada nas redes sociais
é o Concorrente X, que, inclusive conta com mais
de XX mil fãs em sua página do Facebook, fazendo
com que a sua lembrança seja facilitada no ambiente
online.
Os produtos XX combatem pulgas e carrapatos.
Todavia, de acordo com a análise, eles são mais
relacionados ao combate contra pulgas, enquanto
que os de XX apresentaram números mais
expressivos no combate a carrapatos. Com isso, o
ideal será desenvolver conteúdos com mais apelo
ao problema de pulgas, tentando alavancar o share.
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Neste relatório de métricas, foram utilizados os ícones das
4 plataformas em que o cliente está presente. Eles serviram de
tags que marcaram os capítulos apresentados.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
COMO ESTÁ A
PERFORMANCE DOS
CANAIS DIGITAIS
DA VIVO?
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Os próximos slides mostram dois exemplos de data visualização que
otimizam informações: um gráfico que exibe o paralelo entre crescimento
de audiência e evolução; e um dashboard semanal que mostra dados
básicos da Vivo e dos seus concorrentes.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
Fãs(valoresabsolutos) Evolução(%)
EXEMPLO
DE gráfico/análise
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
Fãs(valoresabsolutos) Evolução(%)
NATALIA TRALDI
Além de ilustrar variações absolutas e
relativas ao longo do tempo, você também
pode indicar a evolução ocorrida de um
período ao outro.
CLICK ISOBAR
EXEMPLO
DE gráfico/análise
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
DASHBOARD SEMANAL
EXEMPLO
DE gráfico/análise
ENGAJAMENTO POR DIA COMPARATIVO DO ENGAJAMENTO
POST QUE MAIS ENGAJOU POST QUE MAIS ENGAJOU ENTRE OS CONCORRENTES
2,10% 1,58%
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
metodologia mercado concorrência marca
ÍNDICE
DASHBOARD SEMANAL
EXEMPLO
DE gráfico/análise
ENGAJAMENTO POR DIA COMPARATIVO DO ENGAJAMENTO
POST QUE MAIS ENGAJOU POST QUE MAIS ENGAJOU ENTRE OS CONCORRENTES
2,10% 1,58%
I A N b l a c k
Use dashboards (como o geckoboard e
cyfe). Eles deixam o relatório dinâmico e
acessível a qualquer instante.
NEW VEGAS
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Neste relatório de monitoramento, foram utilizadas imagens dos
personagens da Marvel e tags para deixar o material mais didático.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
REPERCUSSÃODOFILME
THOR:OMUNDOSOMBRIO
NASMÍDIASSOCIAIS
RELATÓRIODEMONITORAMENTO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
REPERCUSSÃODOFILME
THOR:OMUNDOSOMBRIO
NASMÍDIASSOCIAIS
RELATÓRIODEMONITORAMENTO
EM6ANOS,AMARVELLANÇOU
NOCINEMAVÁRIOSHEROIS
QUECONVERGIRAMPARAO
FILMEOSVINGADORES.
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
REPERCUSSÃODOFILME
THOR:OMUNDOSOMBRIO
NASMÍDIASSOCIAIS
RELATÓRIODEMONITORAMENTO
EM6ANOS,AMARVELLANÇOU
NOCINEMAVÁRIOSHEROIS
QUECONVERGIRAMPARAO
FILMEOSVINGADORES.
ENTREELES,THOR,QUEESTÁ
NOCINEMADESDE01/11
COMOSEUSEGUNDOFILME.
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
REPERCUSSÃODOFILME
THOR:OMUNDOSOMBRIO
NASMÍDIASSOCIAIS
RELATÓRIODEMONITORAMENTO
EM6ANOS,AMARVELLANÇOU
NOCINEMAVÁRIOSHEROIS
QUECONVERGIRAMPARAO
FILMEOSVINGADORES.
ENTREELES,THOR,QUEESTÁ
NOCINEMADESDE01/11
COMOSEUSEGUNDOFILME.
COMOTODO
LANÇAMENTODA
MARVEL,THORTEM
GERADOREPERCUSSÃO
NASMÍDIASSOCIAIS.
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
REPERCUSSÃODOFILME
THOR:OMUNDOSOMBRIO
NASMÍDIASSOCIAIS
RELATÓRIODEMONITORAMENTO
EM6ANOS,AMARVELLANÇOU
NOCINEMAVÁRIOSHEROIS
QUECONVERGIRAMPARAO
FILMEOSVINGADORES.
ENTREELES,THOR,QUEESTÁ
NOCINEMADESDE01/11
COMOSEUSEGUNDOFILME.
COMOTODO
LANÇAMENTODA
MARVEL,THORTEM
GERADOREPERCUSSÃO
NASMÍDIASSOCIAIS.
COMOTODO
LANÇAMENTODA
MARVEL,THORTEM
GERADOREPERCUSSÃO
NASMÍDIASSOCIAIS.
MASOQUETEMSIDO
DITOSOBREOFILME?
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Perguntas ligadas aos objetivos do relatório foram feitas e
respondidas posteriormente através das tags “atores”,
“projeto da Marvel”, “com quem assistiu” e “antes e depois”.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
OFILME
Desdeasuaestreia,ofilmelevoumilhõesdebrasileirosparaassalasdecinema,mas:
Qualatormaissedestacou?
AlgumoutroprojetodaMarvelfoi associadoaofilme?
Comquemessaspessoasforamaocinema?
Qualeraosentimentodaspessoasantesedepoisdeassistir?
ATORES
PROJETO DA
MARVEL
COM QUEM
ASSISTIU
ANTES
E DEPOIS
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
OFILME ATORES
PROJETO DA
MARVEL
COM QUEM
ASSISTIU
ChrisHemsworth|15%
TomHiddleston|15%
NataliePortman|13%
AnthonyHopkins|11%
11%
Cristopher
Eccleston
Jaimie
Alexander
Stellan
Skarsgard
Kat
Dennings
Rene
Russo
Ray
Stevenson
Idris
Elba
Zachary
Levi
Tadanobu
Asano
Osquatrosatoresmaismencionadosforamosqueinterpretam
Thor,Loki,JaneeOdin.Apesardosoutrosatoresteremsido
poucomencionados,namaioriadasvezestodosreceberam
elogiosdoscríticosdeplantão.PrincipalmenteoatorTom
Hiddleston(Loki),quefoimuitoelogiado,sendocitadoinúmeras
vezescomoomelhoratordofilme.
Qualatormaissedestacou?
ANTES
E DEPOIS
7% 6% 6% 5%
1%2%
4%4%
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
OFILME ATORES
PROJETO DA
MARVEL
COM QUEM
ASSISTIU
ANTES
E DEPOIS
Comquemaspessoas
foramaocinema?
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
OFILME ATORES
PROJETO DA
MARVEL
COM QUEM
ASSISTIU
ANTES
E DEPOIS
Comquemaspessoas
foramaocinema?
NATALIA TRALDI
Tag clouds são extremamente úteis
quando são muitas as categorias e/ou
quando se pretende dar ênfase imediata a
uma categoria.
CLICK ISOBAR
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Neste relatório anual de métricas e monitoramento de 6 marcas da
Coca-Cola, foi essencial o uso de cores distintas para cada uma. Já na capa,
eu mostro quais cores vão “seguir” as respectivas marcas durante o relatório.
CASES
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
2013
COCA
RELATÓRIO
ANUAL
DA
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Í N D I C E
capítulo
CRYSTAL
páginas
SCHWEPPES
COCA-COLA
BURN
FANTA
DEL VALLE FRUT
#água
#refrigerante
03 - 30
31 - 75
76 - 134#refrigerante
#refrigerante
#energético
#refresco
135 - 159
160 - 192
193 - 210
EXEMPLO
DE INTRODUÇÃO
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Para mostrar gráficos/análises desse relatório, me limitei a exemplos
somente da Coca-Cola. Como houve necessidade de analisar dados de
métricas e monitoramento, além das tags que identificam as plataformas
analisadas, utilizei tons diferentes de vermelho para distinguir os dados de
owned media (métricas) e earned media (monitoramento).
CASES
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LEGENDA DE TAGS
Facebook Twitter Instagram Monitoramento
OWNED MEDIA EARNED MEDIA
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
marina bonafé
O cliente nunca saberá o mesmo que você,
pois não acompanha a conta diariamente,
por isso se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.
524
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CONCEITOS ENTRE OS PLAYERS
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
SABOR
EMBAL-
AGEM
PREÇO
NOTAS DE DESEMPENHO POR MARCA
10
8
6
4
2
0
COCA-COLA
CRYSTAL
SCHWEPPES
BURN
FANTA
DEL VALLE FRUT
SABOR (MELHOR NOTA: COCA-COLA E SCHWEPPES
PREÇO (MELHOR NOTA: BURN)
EMBALAGEM (MELHOR NOTA: CRYSTAL)
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CONCEITOS ENTRE OS PLAYERS
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
SABOR
EMBAL-
AGEM
PREÇO
CONCEITO POR MARCA
10
8
6
4
2
0
COCA-COLA
CRYSTAL
SCHWEPPES
BURN
FANTA
DEL VALLE FRUT
NATALIA TRALDI
Quando o conceito sendo comparado for
uma nota de desempenho, opte por uma
visualização que entregue imediatamente
o melhor resultado.
CLICK ISOBAR
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
1º São Paulo | 356.485 fãs
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
1º São Paulo | 356.485 fãs
2º Bahia | 293.781 fãs
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
1º São Paulo | 356.485 fãs
2º Bahia | 293.781 fãs
3º Amazonas | 240.599 fãs
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
1º São Paulo | 356.485 fãs
2º Bahia | 293.781 fãs
3º Amazonas | 240.599 fãs
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
1º São Paulo | 356.485 fãs
2º Bahia | 293.781 fãs
3º Amazonas | 240.599 fãs
ESSAS PRAÇAS
CONCENTRAM 30%
DA AUDIÊNCIA DA
COCA-COLA NO BRASIL.
CASES
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS FÃS
NATALIA TRALDI
Lembre-se que é possível tornar
visualizações muito mais interessantes,
utilizando referências culturais das
localizações (como as bandeiras ou as
cores das mesmas) e jogando com as
proporções desses elementos.
CLICK ISOBAR
EXEMPLO
DE GRÁFICO/ANÁLISE
1º São Paulo | 356.485 fãs
2º Bahia | 293.781 fãs
3º Amazonas | 240.599 fãs
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
Especificamente nesse relatório, a conclusão (resposta ao objetivo do
relatório) foi feita retomando os principais pontos apresentados.
CASES
EXEMPLO
DE conclusão
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CASES
EXEMPLO
DE conclusão
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CONCLUSÃO
PONTOS PRINCIPAIS
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
ÍNDICE DE ENGAJAMENTO
CASES
EXEMPLO
DE conclusão
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CONCLUSÃO
PONTOS PRINCIPAIS
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
A página da Coca-Cola, no Brasil, cresceu XX% (comparando-se
os meses de fevereiro e dezembro de 2013), 6 vezes mais em
relação à página global, no mesmo período.
O principal fator que contribuiu para esse crescimento no número
de fãs foi o XX, ação patrocinada que através do seu grande
alcance conseguiu angariar novos fãs, motivados pelos prêmios da
promoção, entre eles uma viagem para Paris.
CASES
EXEMPLO
DE conclusão
fimmeioinício
OBJETIVOGRÁFICOS E ANÁLISESINTRODUÇÃO
CONCLUSÃO
PONTOS PRINCIPAIS
Com o crescimento de fãs através de campanhas patrocinadas, o
índice de engajamento sofre uma queda brusca, devido ao alto
alcance que esses investimentos atingem. Ou seja, o objetivo da
página tem que ser estrategicamente traçado com antecedência,
prevendo essas oscilações quando houver estratégia de paid media.
CRESCIMENTO DE AUDIÊNCIA
ÍNDICE DE ENGAJAMENTO
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
“... Se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Use dashboards (como o
geckoboard e cyfe)...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
“... Se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Use dashboards (como o
geckoboard e cyfe)...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
“... Se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.”
“Tag clouds são extremamente úteis
quando são muitas as categorias...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Use dashboards (como o
geckoboard e cyfe)...”
“Relatórios precisam
responder perguntas...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
“... Se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.”
“Tag clouds são extremamente úteis
quando são muitas as categorias...”
R E S U M Ã O
COMO TORNAR SEU RELATÓRIO DIDÁTICO E DINÂMICO
“... Pense em conclusões diferentes
para demandas e setores diferentes!”
“Apresente ao cliente o escopo do relatório
para que ambos estejam alinhados...”
“Faça as análises qualitativas
no decorrer do relatório...”
“Use dashboards (como o
geckoboard e cyfe)...”
“Relatórios precisam
responder perguntas...”
“Se a sua explicação num gráfico precisa de 5 linhas,
refaça. Tente resumir em palavras-chave...”
“Os relatórios devem
‘contar histórias’...”
“... Se você precisa explicar uma
situação, dê o contexto.”
“Tag clouds são extremamente úteis
quando são muitas as categorias...”
“Lembre-se que é possível tornar visualizações
muito mais interessantes, utilizando referências
culturais...”
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e métricas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing DigitalGestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
C2 Marketing Digital
 
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias SociaisCurso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
Priscila Muniz
 
Apresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
Apresentação - Gerenciamento de Mídias SociaisApresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
Apresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
Resulta Mkt & Vendas
 
Proposta Comercial Media Factory
Proposta Comercial Media FactoryProposta Comercial Media Factory
Proposta Comercial Media Factory
Media Factory
 
Gestão estratégica da comunicação integrada
Gestão estratégica da comunicação integradaGestão estratégica da comunicação integrada
Gestão estratégica da comunicação integrada
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
Estratégia de comunicação digital
Estratégia de comunicação digitalEstratégia de comunicação digital
Planejamento de campanha para redes sociais
Planejamento de campanha para redes sociaisPlanejamento de campanha para redes sociais
Planejamento de campanha para redes sociais
Lia Amancio
 
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-YoungApresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
B-YOUNG SOCIAL MEDIA CO.
 
Como fazer um briefing de Comunicação
Como fazer um briefing de ComunicaçãoComo fazer um briefing de Comunicação
Como fazer um briefing de Comunicação
Renato Martinelli
 
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretellesMídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
Mentes Digitais - Marketing Digital
 
Hegazi_ChatGPT_Book.pdf
Hegazi_ChatGPT_Book.pdfHegazi_ChatGPT_Book.pdf
Hegazi_ChatGPT_Book.pdf
AmirHegazi1
 
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
gestao em hipermídia Pós-graduação
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
Lógica Digital
 
Dataviz com Julie Teixeira
Dataviz com Julie TeixeiraDataviz com Julie Teixeira
Dataviz com Julie Teixeira
Julie Teixeira
 
Relatório de Mídias sociais
Relatório de Mídias sociaisRelatório de Mídias sociais
Relatório de Mídias sociais
Flavia de Araujo Vieira
 
Planejamento estratégico 2022: por onde começar?
Planejamento estratégico 2022:  por onde começar?Planejamento estratégico 2022:  por onde começar?
Planejamento estratégico 2022: por onde começar?
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
Uses of ChatGPT in Marketing
Uses of ChatGPT in MarketingUses of ChatGPT in Marketing
Uses of ChatGPT in Marketing
JoseArrunategui3
 
10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais
Gabriel Mariano
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
Rafael. Firmi
 
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 

Mais procurados (20)

Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing DigitalGestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
Gestão em Redes Sociais - C2 Marketing Digital
 
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias SociaisCurso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
Curso | Monitoramento e Métricas em Mídias Sociais
 
Apresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
Apresentação - Gerenciamento de Mídias SociaisApresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
Apresentação - Gerenciamento de Mídias Sociais
 
Proposta Comercial Media Factory
Proposta Comercial Media FactoryProposta Comercial Media Factory
Proposta Comercial Media Factory
 
Gestão estratégica da comunicação integrada
Gestão estratégica da comunicação integradaGestão estratégica da comunicação integrada
Gestão estratégica da comunicação integrada
 
Estratégia de comunicação digital
Estratégia de comunicação digitalEstratégia de comunicação digital
Estratégia de comunicação digital
 
Planejamento de campanha para redes sociais
Planejamento de campanha para redes sociaisPlanejamento de campanha para redes sociais
Planejamento de campanha para redes sociais
 
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-YoungApresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
Apresentação Agência de Mídias Sociais | B-Young
 
Como fazer um briefing de Comunicação
Como fazer um briefing de ComunicaçãoComo fazer um briefing de Comunicação
Como fazer um briefing de Comunicação
 
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretellesMídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
Mídias Sociais. A revolução das mídias sociais por @andretelles
 
Hegazi_ChatGPT_Book.pdf
Hegazi_ChatGPT_Book.pdfHegazi_ChatGPT_Book.pdf
Hegazi_ChatGPT_Book.pdf
 
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 
Dataviz com Julie Teixeira
Dataviz com Julie TeixeiraDataviz com Julie Teixeira
Dataviz com Julie Teixeira
 
Relatório de Mídias sociais
Relatório de Mídias sociaisRelatório de Mídias sociais
Relatório de Mídias sociais
 
Planejamento estratégico 2022: por onde começar?
Planejamento estratégico 2022:  por onde começar?Planejamento estratégico 2022:  por onde começar?
Planejamento estratégico 2022: por onde começar?
 
Uses of ChatGPT in Marketing
Uses of ChatGPT in MarketingUses of ChatGPT in Marketing
Uses of ChatGPT in Marketing
 
10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais10 questões sobre mídias sociais
10 questões sobre mídias sociais
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
 
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
Como desenvolver uma estratégia de comunicação para 2023?
 

Semelhante a [Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e métricas

20130220 startup weekendbsb
20130220 startup weekendbsb20130220 startup weekendbsb
20130220 startup weekendbsb
Bizstart
 
Gestão SC x Gestão Negócio
Gestão SC x Gestão NegócioGestão SC x Gestão Negócio
Gestão SC x Gestão Negócio
Andre Duprat Chaulet
 
A Torre de Controle do e-Commerce
A Torre de Controle do e-CommerceA Torre de Controle do e-Commerce
A Torre de Controle do e-Commerce
MILLENNIUM NETWORK®
 
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
Product Camp Brasil
 
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle MaldonadoWorkshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
Zoom Comunicação
 
Execução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultadosExecução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultados
Thiago Reis
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Gunnebo Brasil
 
BIMACHINE Solução Comercial
BIMACHINE Solução ComercialBIMACHINE Solução Comercial
BIMACHINE Solução Comercial
Itamar Zachert
 
Bimachine solução comercial
Bimachine solução comercialBimachine solução comercial
Bimachine solução comercial
Itamar Zachert
 
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila MarcenesDo Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
Media Education
 
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeitaWorkshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
Priscila Marcenes
 
Manual de gerenciamento_por_categoria
Manual de gerenciamento_por_categoriaManual de gerenciamento_por_categoria
Manual de gerenciamento_por_categoria
Edson Bernardo
 
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German AlfonsoII Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
FecomercioSP
 
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000oooooooooooPitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
BobySilva1
 
Growth - Da estratégia à execução
Growth - Da estratégia à execuçãoGrowth - Da estratégia à execução
Growth - Da estratégia à execução
Filipi Assis
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
Fábio Aguiar
 
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANSCOMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
Aulas LULI: CRP-0357, CRP-0422 e CRP-0420
 
Descubra se o seu negócio vale a pena
Descubra se o seu negócio vale a penaDescubra se o seu negócio vale a pena
Descubra se o seu negócio vale a pena
LUZPlanilhas
 
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
Alessandro Almeida
 
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdfTécnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
MartaReginaGomes3
 

Semelhante a [Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e métricas (20)

20130220 startup weekendbsb
20130220 startup weekendbsb20130220 startup weekendbsb
20130220 startup weekendbsb
 
Gestão SC x Gestão Negócio
Gestão SC x Gestão NegócioGestão SC x Gestão Negócio
Gestão SC x Gestão Negócio
 
A Torre de Controle do e-Commerce
A Torre de Controle do e-CommerceA Torre de Controle do e-Commerce
A Torre de Controle do e-Commerce
 
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
[Product Camp 2020] - Plataformização do Cartão de Crédito do Nubank - Jacque...
 
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle MaldonadoWorkshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
Workshop 28/05 - Relatórios e Métricas - Marcelle Maldonado
 
Execução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultadosExecução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultados
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
 
BIMACHINE Solução Comercial
BIMACHINE Solução ComercialBIMACHINE Solução Comercial
BIMACHINE Solução Comercial
 
Bimachine solução comercial
Bimachine solução comercialBimachine solução comercial
Bimachine solução comercial
 
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila MarcenesDo Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
Do Objetivo às KPIs: Escolhendo as Métricas Certas - Priscila Marcenes
 
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeitaWorkshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
Workshop social analytics summit como escolher a metrica perfeita
 
Manual de gerenciamento_por_categoria
Manual de gerenciamento_por_categoriaManual de gerenciamento_por_categoria
Manual de gerenciamento_por_categoria
 
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German AlfonsoII Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
II Expocietec, 30 e 31/10/13 - Apresentação German Alfonso
 
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000oooooooooooPitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
PitchDeck.pdfooooooooooooooo000000ooooooooooo
 
Growth - Da estratégia à execução
Growth - Da estratégia à execuçãoGrowth - Da estratégia à execução
Growth - Da estratégia à execução
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
 
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANSCOMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
COMUNICAÇÃO DIGITAL - 5 - BUSINESS PLANS
 
Descubra se o seu negócio vale a pena
Descubra se o seu negócio vale a penaDescubra se o seu negócio vale a pena
Descubra se o seu negócio vale a pena
 
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (30/10/2013)
 
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdfTécnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
Técnicas de Fatiamento - Product Tank - Renan Dias.pdf
 

Mais de Júnior Siri

Performance Marketing & Media Plan
Performance Marketing & Media PlanPerformance Marketing & Media Plan
Performance Marketing & Media Plan
Júnior Siri
 
Google Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
Google Search Campaign Plan for a Clothing EcommerceGoogle Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
Google Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
Júnior Siri
 
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
Júnior Siri
 
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
Júnior Siri
 
Top Facebook Pages in Ireland
Top Facebook Pages in IrelandTop Facebook Pages in Ireland
Top Facebook Pages in Ireland
Júnior Siri
 
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
Júnior Siri
 
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
Júnior Siri
 
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
Júnior Siri
 
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
Júnior Siri
 
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
Júnior Siri
 
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
Júnior Siri
 
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
Júnior Siri
 
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
Júnior Siri
 
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
Júnior Siri
 
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
Júnior Siri
 
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
Júnior Siri
 

Mais de Júnior Siri (16)

Performance Marketing & Media Plan
Performance Marketing & Media PlanPerformance Marketing & Media Plan
Performance Marketing & Media Plan
 
Google Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
Google Search Campaign Plan for a Clothing EcommerceGoogle Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
Google Search Campaign Plan for a Clothing Ecommerce
 
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
How a Data Strategist took one of the biggest advertising agencies in the wor...
 
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
Data Strategy Case shortlisted for the Young Lions Brazil - Deck presented fo...
 
Top Facebook Pages in Ireland
Top Facebook Pages in IrelandTop Facebook Pages in Ireland
Top Facebook Pages in Ireland
 
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
[Apresentação do Curso Online] Conteúdo que engaja! Utilizando o Facebook Ads...
 
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
[Apresentação do Curso Online] Como medir e melhorar os resultados no Instagr...
 
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
[Apresentação do Curso Online] Métricas e Relatórios de Marketing Digital
 
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
Young Lions 2018 - Shortlist Planning - Como ser um Data Strategist me ajudou...
 
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
[Relatório de Métricas de Vídeo] Resultados do canal Jovem Han
 
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
[Pesquisa] O profissional de inteligência de mídias sociais no mercado brasil...
 
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
#NightLife: um estudo sobre a vida noturna de capitais do sudeste
 
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
[Pesquisa] Profissional de métricas, monitoramento social analytics no Brasil...
 
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
[Relatório de monitoramento] ÚLTIMO DEBATE: Percepções do povo acerca dos can...
 
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
[Relatório] Repercussão do filme "Thor: O Mundo Sombrio" nas mídias sociais
 
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
[Apresentação] Paid, Owned e Earned Media no Facebook: o caso Sidcley e Dolores
 

Último

Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 

[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e métricas