SlideShare uma empresa Scribd logo
Comércio Exterior Prof César William www.omarketizador.com
Exportação direta A  exportação direta  consiste na operação em que o produto exportado é faturado pelo próprio produtor ao importador.  Este tipo de operação exige da empresa o conhecimento do processo de exportação em toda a sua extensão. Cabe assinalar que a utilização de um agente comercial pela empresa produtora/exportadora não deixa de caracterizar a operação como exportação direta.  Nesta modalidade, o produto exportado é isento do IPI, e não ocorre a incidência do ICMS. Beneficia-se também dos créditos fiscais incidentes sobre os insumos utilizados no processo produtivo. No caso do ICMS, é recomendável consultar as autoridades fazendárias estaduais, sobretudo quando houver créditos a receber e insumos adquiridos em outros Estados.
Exportação indireta A  exportação indireta  é realizada por intermédio de empresas estabelecidas no Brasil, que adquirem produtos para exportá-los.  Estas empresas podem ser: trading companies  (a venda da mercadoria pela empresa produtora para uma  trading  que atua no mercado interno é equiparada a uma operação de exportação, em termos fiscais);  empresas comerciais exclusivamente exportadoras;  empresa comercial que opera no mercado interno e externo;  outro estabelecimento da empresa produtora - neste caso a venda a este tipo de empresa é considerada equivalente a uma exportação direta, assegurando os mesmos benefícios fiscais – IPI e ICMS; e  consórcios de exportadores.
Apesar de bem sucedidos em vários países, os consórcios de exportação ainda são pouco utilizados no Brasil. Trata-se de associações de empresas, juridicamente constituídas, que conjugam esforços e/ou estabelecem uma divisão interna de trabalho, com vistas à redução de custos, aumento da oferta de produtos destinados ao mercado externo e ampliação das exportações. Os consórcios podem ser formados por empresas que ofereçam produtos complementares ou mesmo concorrentes.
TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio de Promoção de Exportações  – esta forma de consórcio é mais recomendável para empresas que já possuem experiência em comércio exterior. As vendas no mercado externo são realizadas diretamente pelas empresas que integram o consórcio. Sua finalidade é desenvolver atividades de promoção de negócios, capacitação e treinamento, e melhoria dos produtos a serem exportados;
Consórcio de Vendas  – a formação deste tipo de consórcio é recomendada quando as empresas que dele pretendem participar não possuem experiência em comércio exterior. As exportações são realizadas pelo consórcio, por intermédio de uma empresa comercial exportadora; TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio de Área ou País  – reúne empresas que pretendem concentrar suas vendas em um único país ou em uma região determinada. O consórcio pode ser de promoção de exportações ou de vendas. Pode ainda ser monossetorial ou multissetorial:
Consórcio Monossetorial  – agrega empresas do mesmo setor; TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio Multissetorial  - os produtos fabricados pelas empresas podem ser complementares (produtos de diferentes segmentos da mesma cadeia produtiva) ou heterogêneos (produtos de diferentes setores), e destinados ou não a um mesmo cliente.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Comex exportação direta e indireta

Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
Josiel Dias
 
Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas
ubyrajara
 
Relações económicas com o exterior
Relações económicas com o exteriorRelações económicas com o exterior
Relações económicas com o exterior
Nuno Sousa
 
O plano de exportacao
O plano de exportacaoO plano de exportacao
O plano de exportacao
TiagoCaseiro1
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
César William
 
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios InternacionaisAula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
ABRACOMEX
 
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
joaogrisi
 
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptxContabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
ssuser129a121
 
Estruturação do departamento de exportação
Estruturação do departamento de exportaçãoEstruturação do departamento de exportação
Estruturação do departamento de exportação
IBSolutions Soluções em Comércio Internacional
 
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e pyRelacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
Mauro Gomes
 
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentosArtigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Adilson Mereth
 
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptxContabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
IsabelMariaAlmeida1
 
Questões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado globalQuestões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado global
Moises Ribeiro
 
Cartilha drawback integrado
Cartilha drawback integradoCartilha drawback integrado
Cartilha drawback integrado
Celia Regina Azevedo Ricotta
 
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de ImportaçãoPasso a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
ABRACOMEX
 
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptxFacturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
adao18
 
Curso controlando as finanças
Curso controlando as finançasCurso controlando as finanças
Curso controlando as finanças
Panorama Consultoria
 
Conheça a Synergy Trade e Assessoria
Conheça a Synergy Trade e AssessoriaConheça a Synergy Trade e Assessoria
Conheça a Synergy Trade e Assessoria
William Victor Hawerroth
 
Aprendendo a exportar calçados - final
Aprendendo a exportar   calçados - finalAprendendo a exportar   calçados - final
Aprendendo a exportar calçados - final
Ismael Paulo Santos
 

Semelhante a Comex exportação direta e indireta (20)

Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
 
Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas Noções de Internacionalização de Empresas
Noções de Internacionalização de Empresas
 
Relações económicas com o exterior
Relações económicas com o exteriorRelações económicas com o exterior
Relações económicas com o exterior
 
O plano de exportacao
O plano de exportacaoO plano de exportacao
O plano de exportacao
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
 
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios InternacionaisAula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
Aula Inaugural: MBA Gestão de Negócios Internacionais
 
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
4787-operacoes-com-mercadorias-fernando-aprato.pdf
 
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptxContabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
 
Estruturação do departamento de exportação
Estruturação do departamento de exportaçãoEstruturação do departamento de exportação
Estruturação do departamento de exportação
 
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e pyRelacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
Relacoes comerciais e produtivas entre brasil e py
 
Artigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentosArtigo exportação maquinas e equipamentos
Artigo exportação maquinas e equipamentos
 
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptxContabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
Contabilidade e Fiscalidade-M13.pptx
 
Questões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado globalQuestões dissertativas mercado global
Questões dissertativas mercado global
 
Cartilha drawback integrado
Cartilha drawback integradoCartilha drawback integrado
Cartilha drawback integrado
 
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de ImportaçãoPasso a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
Passo a Passo para Abrir uma Empresa de Importação
 
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptxFacturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
Facturação Bruta, Lucro Bruto e Análise Swot - Maria.pptx
 
Curso controlando as finanças
Curso controlando as finançasCurso controlando as finanças
Curso controlando as finanças
 
Conheça a Synergy Trade e Assessoria
Conheça a Synergy Trade e AssessoriaConheça a Synergy Trade e Assessoria
Conheça a Synergy Trade e Assessoria
 
Aprendendo a exportar calçados - final
Aprendendo a exportar   calçados - finalAprendendo a exportar   calçados - final
Aprendendo a exportar calçados - final
 

Mais de César William

Cálculo Amostral
Cálculo AmostralCálculo Amostral
Cálculo Amostral
César William
 
Amostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktpptAmostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktppt
César William
 
Pesquisa em Marketing - Coleta de dados
Pesquisa em Marketing - Coleta de dadosPesquisa em Marketing - Coleta de dados
Pesquisa em Marketing - Coleta de dados
César William
 
Tipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
Tipos e Métodos de Pesquisa de MercadoTipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
Tipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
César William
 
Produtos
ProdutosProdutos
Produtos
César William
 
Pesquisa em Marketing
Pesquisa em MarketingPesquisa em Marketing
Pesquisa em Marketing
César William
 
Compr industrial
Compr industrialCompr industrial
Compr industrial
César William
 
Exportação direta e indireta
Exportação direta e indiretaExportação direta e indireta
Exportação direta e indireta
César William
 
Fatores que influenciam o comportamento do consumidor
Fatores que influenciam o comportamento do consumidorFatores que influenciam o comportamento do consumidor
Fatores que influenciam o comportamento do consumidor
César William
 
Mercado e transacoes
Mercado e transacoesMercado e transacoes
Mercado e transacoes
César William
 
Mix produtos gmp
Mix produtos gmpMix produtos gmp
Mix produtos gmp
César William
 
Exportar é preciso!
Exportar é preciso!Exportar é preciso!
Exportar é preciso!
César William
 
COMEX: Exportar é preciso!
COMEX: Exportar é preciso!COMEX: Exportar é preciso!
COMEX: Exportar é preciso!
César William
 
Demanda tpmkt
Demanda tpmktDemanda tpmkt
Demanda tpmkt
César William
 
Gmp 2010,2
Gmp 2010,2Gmp 2010,2
Gmp 2010,2
César William
 
Evolucao do marketing
Evolucao do marketingEvolucao do marketing
Evolucao do marketing
César William
 
marketing - introdução 1º período
marketing - introdução 1º períodomarketing - introdução 1º período
marketing - introdução 1º período
César William
 

Mais de César William (17)

Cálculo Amostral
Cálculo AmostralCálculo Amostral
Cálculo Amostral
 
Amostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktpptAmostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktppt
 
Pesquisa em Marketing - Coleta de dados
Pesquisa em Marketing - Coleta de dadosPesquisa em Marketing - Coleta de dados
Pesquisa em Marketing - Coleta de dados
 
Tipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
Tipos e Métodos de Pesquisa de MercadoTipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
Tipos e Métodos de Pesquisa de Mercado
 
Produtos
ProdutosProdutos
Produtos
 
Pesquisa em Marketing
Pesquisa em MarketingPesquisa em Marketing
Pesquisa em Marketing
 
Compr industrial
Compr industrialCompr industrial
Compr industrial
 
Exportação direta e indireta
Exportação direta e indiretaExportação direta e indireta
Exportação direta e indireta
 
Fatores que influenciam o comportamento do consumidor
Fatores que influenciam o comportamento do consumidorFatores que influenciam o comportamento do consumidor
Fatores que influenciam o comportamento do consumidor
 
Mercado e transacoes
Mercado e transacoesMercado e transacoes
Mercado e transacoes
 
Mix produtos gmp
Mix produtos gmpMix produtos gmp
Mix produtos gmp
 
Exportar é preciso!
Exportar é preciso!Exportar é preciso!
Exportar é preciso!
 
COMEX: Exportar é preciso!
COMEX: Exportar é preciso!COMEX: Exportar é preciso!
COMEX: Exportar é preciso!
 
Demanda tpmkt
Demanda tpmktDemanda tpmkt
Demanda tpmkt
 
Gmp 2010,2
Gmp 2010,2Gmp 2010,2
Gmp 2010,2
 
Evolucao do marketing
Evolucao do marketingEvolucao do marketing
Evolucao do marketing
 
marketing - introdução 1º período
marketing - introdução 1º períodomarketing - introdução 1º período
marketing - introdução 1º período
 

Comex exportação direta e indireta

  • 1. Comércio Exterior Prof César William www.omarketizador.com
  • 2. Exportação direta A exportação direta consiste na operação em que o produto exportado é faturado pelo próprio produtor ao importador. Este tipo de operação exige da empresa o conhecimento do processo de exportação em toda a sua extensão. Cabe assinalar que a utilização de um agente comercial pela empresa produtora/exportadora não deixa de caracterizar a operação como exportação direta. Nesta modalidade, o produto exportado é isento do IPI, e não ocorre a incidência do ICMS. Beneficia-se também dos créditos fiscais incidentes sobre os insumos utilizados no processo produtivo. No caso do ICMS, é recomendável consultar as autoridades fazendárias estaduais, sobretudo quando houver créditos a receber e insumos adquiridos em outros Estados.
  • 3. Exportação indireta A exportação indireta é realizada por intermédio de empresas estabelecidas no Brasil, que adquirem produtos para exportá-los. Estas empresas podem ser: trading companies (a venda da mercadoria pela empresa produtora para uma trading que atua no mercado interno é equiparada a uma operação de exportação, em termos fiscais); empresas comerciais exclusivamente exportadoras; empresa comercial que opera no mercado interno e externo; outro estabelecimento da empresa produtora - neste caso a venda a este tipo de empresa é considerada equivalente a uma exportação direta, assegurando os mesmos benefícios fiscais – IPI e ICMS; e consórcios de exportadores.
  • 4. Apesar de bem sucedidos em vários países, os consórcios de exportação ainda são pouco utilizados no Brasil. Trata-se de associações de empresas, juridicamente constituídas, que conjugam esforços e/ou estabelecem uma divisão interna de trabalho, com vistas à redução de custos, aumento da oferta de produtos destinados ao mercado externo e ampliação das exportações. Os consórcios podem ser formados por empresas que ofereçam produtos complementares ou mesmo concorrentes.
  • 5. TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio de Promoção de Exportações – esta forma de consórcio é mais recomendável para empresas que já possuem experiência em comércio exterior. As vendas no mercado externo são realizadas diretamente pelas empresas que integram o consórcio. Sua finalidade é desenvolver atividades de promoção de negócios, capacitação e treinamento, e melhoria dos produtos a serem exportados;
  • 6. Consórcio de Vendas – a formação deste tipo de consórcio é recomendada quando as empresas que dele pretendem participar não possuem experiência em comércio exterior. As exportações são realizadas pelo consórcio, por intermédio de uma empresa comercial exportadora; TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio de Área ou País – reúne empresas que pretendem concentrar suas vendas em um único país ou em uma região determinada. O consórcio pode ser de promoção de exportações ou de vendas. Pode ainda ser monossetorial ou multissetorial:
  • 7. Consórcio Monossetorial – agrega empresas do mesmo setor; TIPOS DE CONSÓRCIOS DE EXPORTAÇÃO : Consórcio Multissetorial - os produtos fabricados pelas empresas podem ser complementares (produtos de diferentes segmentos da mesma cadeia produtiva) ou heterogêneos (produtos de diferentes setores), e destinados ou não a um mesmo cliente.