SlideShare uma empresa Scribd logo
Cálculos Químicos
01. (Covest-PE) A progesterona, utilizada na preparação da pílula anticoncepcional, tem
fórmula molecular C21H30O2. Qual é a massa de carbono, em gramas, necessária para preparar
um quilograma desse fármaco?
Dados: C = 12g/mol; H = 1g/mol; O = 16g/mol.
a) 420 g.
b) 802,5 g.
c) 250,8 g.
d) 1020,7 g.
e) 210 g.
02. Qual é a massa de 10 mols de glicose (C6H12O6) e quantas moléculas apresentam?
a) 180g e 6,02 x 10
23
moléculas.
b) 1800g e 60,2 x 10
23
moléculas.
c) 10g e 6,02 x 10
23
moléculas.
d) 1800g e 6,02 x 10
23
moléculas.
e) 18g e 6,02 x10
23
moléculas
03. (UA-AM) Estimativas apontam que cada vez que um copo de vidro é levado aos lábios,
cerca de 8 átomos de silício são arrancados no atrito com a língua. Isso representa em número
de moles aproximadamente:
a) 6,02 x 10
23
mol.
b) 6,02 x 10
–23
mol.
c) 4,0 x 10
–23
mol.
d) 1,3 x 10
–23
mol.
e) 8,0 x 10
–23
mol.
04. O volume ocupado por 64g de gás metano (CH4) nas CNTP é:
a) 22,4 litros.
b) 89,6 litros.
c) 64,0 litros.
d) 67,2 litros.
e) 11,2 litros.
05. A urina apresenta 95% de água e 5% de substâncias orgânicas e inorgânicas dissolvidas.
Em um litro de urina existem aproximadamente 2,5 x 10
23
moléculas de ureia, CO(NH2)2 e o
restante corresponde a sais, creatinina, ácido úrico e amônia. A massa aproximada de uréia,
em gramas, existente em 1 litro de urina é: Dados: massa molar da uréia = 60 g/mol; nº de
Avogadro = 6,0 x 10
23
.
a) 250.
b) 60.
c) 25.
d) 2,5.
e) 0,25.
06. As gemas e pedras preciosas são comercializadas em quilates, unidade de massa
equivalente a 200mg. Considerando que os diamantes são carbono puro, o número de mol e o
número de átomos de carbono em um anel de 2,4 quilates são, respectivamente: Dado: C = 12
g/mol.
a) 0,01 e 6,02 x 10
23
.
b) 0,02 e 3,01 x 10
23
.
c) 0,02 e 1,22 x 10
23
.
d) 0,04 e 2,41 x 10
22
.
e) 0,04 e 4,81 x 10
22
.
Cálculos Estequiométricos
01. Dada a reação não-balanceada:
Zn + HClZnCl2 + H2
Qual o número de mols de átomos de zinco que reagem completamente com 20 mols de ácido
clorídrico (HCl) ?
02. A combustão completa do metano (CH4) produz dióxido de carbono (CO2) e água. A
alternativa que representa o número de mols de CO2 produzido na combustão de 0,3 mol de
CH4 é:
CH4 + 2 O2CO2 + 2 H2O
a) 1,2 mols.
b) 0,6 mol.
c) 0,9 mol.
d) 0,3 mol.
e) 1,5 mol.
03. (Covest-2004)A ferrugem é composta principalmente por Fe2O3. Após o balanceamento da
equação abaixo, a proporção de ferro e oxigênio necessária para formar 2 mol de óxido de
ferro III será:
Fe(s) + O2(g) Fe2O3(s)
a) 1mol de Fe para 1mol de O2.
b) 1mol de Fe para 3mol de O2.
c) 2mol de Fe para 3mol de O2.
d) 4mol de Fe para 3mol de O2.
e) 3mol de Fe para 2mol de O2.
04. (U. F. Fluminense-RJ) Marque a opção que indica quantos mols de HClsão produzidos na
reação de 0,43 mol de fosgênio (COCl2) com água, conforme a reação:
COCl2+ H2O CO2 + 2 HCl
a) 0,43.
b) 1,00.
c) 0,86.
d) 2,00.
e) 0,56.
05. (UNESP) O metano (CH4), também conhecido por gás dos pântanos, é produzido pela
decomposição de compostos orgânicos, na ausência de oxigênio, por determinadas bactérias e
consumido na própria atmosfera. Quando 5 mols de metano reagem com 3 mols de oxigênio, o
número de mols de gás carbônico (CO2) liberados será igual a:
CH4(g) + 2 O2(g) CO2(g) + 2 H2O(vapor)
a) 1,0mol.
b) 1,5mols.
c) 3,0mols.
d) 3,5mols.
e) 5,0mols.
06. (FMTM-MG) No motor de um carro a álcool, o vapor do combustível é misturado com ar e
se queima à custa de faísca elétrica produzida pela vela interior do cilindro. A queima do álcool
pode ser representada pela equação:
C2H6O(g) + 3 O2(g)2 CO2(g) + 3 H2O(g) + ENERGIA
A quantidade, em mols, de água formada na combustão completa de 138g de etanol (C2H6O) é
igual a: Dado: C2H6O = 46g/mol.
a) 1.
b) 3.
c) 6.
d) 9.
e) 10.
07. Uma das transformações que acontecem no interior dos “catalisadores” dos automóveis
modernos é a conversão do CO em CO2, segundo a reação:
CO + 1/2 O2 CO2
Admitindo-se que um motor tenha liberado 1120L de CO em CO2 é, em litros, igual a:
a) 2240L.
b) 1120L.
c) 560L.
d) 448L.
e) 336L.
08. Conhecendo-se a reação 3 H2(g) + N2(g) 2 NH3(g) (P e T constantes). O volume de gás
hidrogênio necessário para a obtenção de 6 litros de NH3 é igual a:
a) 12L.
b) 9L.
c) 6L.
d) 3L.
e) 1L.
09. (Rumo-2004) Um meteorito de 4,5 bilhões de anos, que caiu numa cidadezinha do Texas,
trouxe uma surpresa para os cientistas: “vestígios de água” (“O globo”, 30/08/1999). De fato, na
investigação sobre a vida em outros planetas, procura-se verificar a existência ou não de água,
pois esta é essencial à vida, nos moldes até agora conhecidos. Considere a reação completa
de 1,5 x 10
3
L de hidrogênio gasoso com oxigênio gasoso, à temperatura de 300 K e pressão
de 8,2 atm. Nestas condições, a massa de água produzida e o número de mols de oxigênio
consumido são, respectivamente:
a) 1,80 kg e 500mol.
b) 4,50 kg e 250mol.
c) 9 kg e 250mol.
d) 18,0 kg e 500mol.
e) 45,0 kg e 500mol.
10. A gasolina, como combustível automotivo, é uma mistura de vários hidrocarbonetos
parafínicos. Quando queimada completamente produz CO2 e H2O. Se considerarmos que a
gasolina tem fórmula C8H18, qual o volume de CO2 produzido, à 300 K e 1 atm de pressão,
quando 1,25 mols de gasolina são completamente queimadas? Considere o CO2 um gás
perfeito.
a) 125L.
b) 224L.
c) 179,2L.
d) 246L.
e) 8,0L.
11. (UPE-2004-Q1) O ácido acetilsalicílico (C9H8O4), comumente chamado de aspirina, é muito
usado pelosalunos, após uma prova de química, física ou matemática, disciplinas que
requerem muitos cálculos eatenção. A massa de ácido acetilsalicílico que deve reagir com
anidrido acético (C4H6O3), para se obtertrês comprimidos de aspirina, cada um com 0,6g,
admitindo que o ácido salicílico é 92% puro, é:
Dados: C = 12 u; H = 1 u; O = 16 u.
C7H6O3 + C4H6O3 C9H8O4 + C2H4O2
a) 1,50g.
b) 1,92g.
c) 1,65g.
d) 1,38g.
e) 2,25g.
12. A equação de ustulação da pirita (FeS2) é:
4 FeS2(s) + 11 O2(g)8 SO2(g) + 2 Fe2O3(s)
A massa de óxido férrico obtida, em kg, a partir de 300 kg de pirita, que apresenta 20% de
impurezas, éigual a:Dados: Fe = 56 g/mol; S = 32 g/mol;
O = 16 g/mol.
a) 160.
b) 218.
c) 250.
d) 320.
e) 480.
13. Para obtermos 17,6g de gás carbônico (CO2) pela queima total de um carvão com 60% de
pureza, necessitaremos de uma amostra de carvão com massa igual a:
Dados: C = 12 g/mol; O = 16 g/mol.
a) 2,4g.
b) 4,8g.
c) 60g.
d) 43g.
e) 56g.
14. “O químico francês Antoine Laurent de Lavoisier ficaria surpreso se conhecesse o
município de Resende, a 160 km do Rio. É lá, às margens da Via Dutra, que moradores,
empresários e o poder público seguem à risca a máxima do cientista que revolucionou o século
XVIII ao provar que, na natureza, tudo se transforma. Graças a uma campanha que já reúne
boa parte da população, Resende é forte concorrente ao título de capital nacional da
reciclagem. Ao mesmo tempo em que diminui a quantidade de lixo jogado no aterro sanitário, a
comunidade faz virar sucata objeto de consumo. Nada se perde.” Assim, com base na
equação:
2 Al2O3 (s) 4 Al (s) + 3 O2 (g)
e supondo-se um rendimento de 100% no processo, a massa de alumínio que pode ser obtida
na reciclagem de 255 kg de sucata contendo 80% de Al2O3 em massa é:
Dados: Al = 27 g/mol; O = 16 g/mol.
a) 540 kg.
b) 270 kg.
c) 135 kg.
d) 108 kg.
e) 96 kg.
15. Em um acidente, um caminhão carregado de solução aquosa de ácido fosfórico tombou
derramando cerca de 24,5 toneladas dessa solução no asfalto. Quantas toneladas de óxido de
cálcio seriam necessárias para reagir totalmente com essa quantidade de ácido?
(Porcentagem em massa de H3PO4 na solução = 80%; H3PO4 = 98 g/mol; CaO = 56 g/mol)
a) 7,5 t.
b) 11,2 t.
c) 16,8 t.
d) 21,0 t.
e) 22,9 t.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
Fábio Oisiovici
 
Revisão de mol 3 ano solução
Revisão de mol 3 ano   soluçãoRevisão de mol 3 ano   solução
Revisão de mol 3 ano solução
Rodrigo Sampaio
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
Rogeria Gregio
 
Lista grandezas químicas e estequiometria
Lista grandezas químicas e estequiometriaLista grandezas químicas e estequiometria
Lista grandezas químicas e estequiometria
Nai Mariano
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Carlos Priante
 
Exercícios Estequiometria
Exercícios EstequiometriaExercícios Estequiometria
Exercícios Estequiometria
iqscquimica
 
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Maiquel Vieira
 
Exe massa atomica e molecular, transformações massa mol-moléculas
Exe massa atomica e molecular, transformações massa  mol-moléculasExe massa atomica e molecular, transformações massa  mol-moléculas
Exe massa atomica e molecular, transformações massa mol-moléculas
samuelr81
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Rodrigo Sampaio
 
04 estequiometria
04 estequiometria04 estequiometria
04 estequiometria
resolvidos
 
Lista 5 estequiometria
Lista 5   estequiometriaLista 5   estequiometria
Lista 5 estequiometria
Colegio CMC
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
Estude Mais
 
Grandezas químicas
Grandezas químicasGrandezas químicas
Grandezas químicas
andré
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
Fábio Oisiovici
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
Fábio Oisiovici
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Calculo
CalculoCalculo
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
Rodrigo Sampaio
 
Calculos quimicos
Calculos quimicosCalculos quimicos
Calculos quimicos
cristina resende
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Ari Moreira
 

Mais procurados (20)

Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
 
Revisão de mol 3 ano solução
Revisão de mol 3 ano   soluçãoRevisão de mol 3 ano   solução
Revisão de mol 3 ano solução
 
Cálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricosCálculo estequiométricos
Cálculo estequiométricos
 
Lista grandezas químicas e estequiometria
Lista grandezas químicas e estequiometriaLista grandezas químicas e estequiometria
Lista grandezas químicas e estequiometria
 
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos EstequiométricosLista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
Lista de exercícios IV Cálculos Estequiométricos
 
Exercícios Estequiometria
Exercícios EstequiometriaExercícios Estequiometria
Exercícios Estequiometria
 
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
 
Exe massa atomica e molecular, transformações massa mol-moléculas
Exe massa atomica e molecular, transformações massa  mol-moléculasExe massa atomica e molecular, transformações massa  mol-moléculas
Exe massa atomica e molecular, transformações massa mol-moléculas
 
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 anoRevisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
Revisão rendimento excesso pureza e consecutivas 3 ano
 
04 estequiometria
04 estequiometria04 estequiometria
04 estequiometria
 
Lista 5 estequiometria
Lista 5   estequiometriaLista 5   estequiometria
Lista 5 estequiometria
 
Exercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometriaExercicio de estequiometria
Exercicio de estequiometria
 
Grandezas químicas
Grandezas químicasGrandezas químicas
Grandezas químicas
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
 
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando AbreuEstequiometria - Prof. Fernando Abreu
Estequiometria - Prof. Fernando Abreu
 
Calculo
CalculoCalculo
Calculo
 
Termoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte ITermoquímica ex da aula parte I
Termoquímica ex da aula parte I
 
Calculos quimicos
Calculos quimicosCalculos quimicos
Calculos quimicos
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 

Semelhante a Cálculos químicos

Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADELista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Rodrigo Sampaio
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
Hugo Cruz Rangel
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
ferfla10
 
cálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluçõescálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluções
Aninha Felix Vieira Dias
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Mara Farias
 
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdfATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
Escola Pública/Particular
 
Quimica 5
Quimica 5Quimica 5
Quimica 5
UFGRS
 
Lista 08 -_estequiometria
Lista 08 -_estequiometriaLista 08 -_estequiometria
Lista 08 -_estequiometria
torquatofp
 
Lista de exercícios estequiometria
Lista de exercícios   estequiometriaLista de exercícios   estequiometria
Lista de exercícios estequiometria
Silvia Goós
 
Gabarito 2ª lista estequiometria
Gabarito 2ª lista  estequiometriaGabarito 2ª lista  estequiometria
Gabarito 2ª lista estequiometria
Joao Paulo Oliveira
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
Fábio Oisiovici
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
Gisah Silveira
 
leis ponderais 02.pdf
leis ponderais 02.pdfleis ponderais 02.pdf
leis ponderais 02.pdf
ThiagoMenezes85
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
Rodrigo Sampaio
 
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdfestequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
RicardoBrunoFelix
 
Exercicios segundo
Exercicios segundoExercicios segundo
Exercicios segundo
Daiane Gris
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicações
Profª Alda Ernestina
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimento
Paula Gouveia
 
Lista de exercicios de termoquimica
Lista de exercicios de termoquimicaLista de exercicios de termoquimica
Lista de exercicios de termoquimica
Estude Mais
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Rodrigo Sampaio
 

Semelhante a Cálculos químicos (20)

Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADELista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
Lista estudo - Terceiro COC - 3 UNIDADE
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
 
cálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluçõescálculos químicos e soluções
cálculos químicos e soluções
 
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.Cálculos estequiométricos - Exercícios.
Cálculos estequiométricos - Exercícios.
 
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdfATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
ATIVIDADE ESTEQUIOMETRIA.pdf
 
Quimica 5
Quimica 5Quimica 5
Quimica 5
 
Lista 08 -_estequiometria
Lista 08 -_estequiometriaLista 08 -_estequiometria
Lista 08 -_estequiometria
 
Lista de exercícios estequiometria
Lista de exercícios   estequiometriaLista de exercícios   estequiometria
Lista de exercícios estequiometria
 
Gabarito 2ª lista estequiometria
Gabarito 2ª lista  estequiometriaGabarito 2ª lista  estequiometria
Gabarito 2ª lista estequiometria
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
 
leis ponderais 02.pdf
leis ponderais 02.pdfleis ponderais 02.pdf
leis ponderais 02.pdf
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdfestequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
 
Exercicios segundo
Exercicios segundoExercicios segundo
Exercicios segundo
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicações
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimento
 
Lista de exercicios de termoquimica
Lista de exercicios de termoquimicaLista de exercicios de termoquimica
Lista de exercicios de termoquimica
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
 

Cálculos químicos

  • 1. Cálculos Químicos 01. (Covest-PE) A progesterona, utilizada na preparação da pílula anticoncepcional, tem fórmula molecular C21H30O2. Qual é a massa de carbono, em gramas, necessária para preparar um quilograma desse fármaco? Dados: C = 12g/mol; H = 1g/mol; O = 16g/mol. a) 420 g. b) 802,5 g. c) 250,8 g. d) 1020,7 g. e) 210 g. 02. Qual é a massa de 10 mols de glicose (C6H12O6) e quantas moléculas apresentam? a) 180g e 6,02 x 10 23 moléculas. b) 1800g e 60,2 x 10 23 moléculas. c) 10g e 6,02 x 10 23 moléculas. d) 1800g e 6,02 x 10 23 moléculas. e) 18g e 6,02 x10 23 moléculas 03. (UA-AM) Estimativas apontam que cada vez que um copo de vidro é levado aos lábios, cerca de 8 átomos de silício são arrancados no atrito com a língua. Isso representa em número de moles aproximadamente: a) 6,02 x 10 23 mol. b) 6,02 x 10 –23 mol. c) 4,0 x 10 –23 mol. d) 1,3 x 10 –23 mol. e) 8,0 x 10 –23 mol. 04. O volume ocupado por 64g de gás metano (CH4) nas CNTP é: a) 22,4 litros. b) 89,6 litros. c) 64,0 litros. d) 67,2 litros. e) 11,2 litros. 05. A urina apresenta 95% de água e 5% de substâncias orgânicas e inorgânicas dissolvidas. Em um litro de urina existem aproximadamente 2,5 x 10 23 moléculas de ureia, CO(NH2)2 e o restante corresponde a sais, creatinina, ácido úrico e amônia. A massa aproximada de uréia, em gramas, existente em 1 litro de urina é: Dados: massa molar da uréia = 60 g/mol; nº de Avogadro = 6,0 x 10 23 . a) 250. b) 60. c) 25. d) 2,5. e) 0,25. 06. As gemas e pedras preciosas são comercializadas em quilates, unidade de massa equivalente a 200mg. Considerando que os diamantes são carbono puro, o número de mol e o número de átomos de carbono em um anel de 2,4 quilates são, respectivamente: Dado: C = 12 g/mol. a) 0,01 e 6,02 x 10 23 . b) 0,02 e 3,01 x 10 23 .
  • 2. c) 0,02 e 1,22 x 10 23 . d) 0,04 e 2,41 x 10 22 . e) 0,04 e 4,81 x 10 22 . Cálculos Estequiométricos 01. Dada a reação não-balanceada: Zn + HClZnCl2 + H2 Qual o número de mols de átomos de zinco que reagem completamente com 20 mols de ácido clorídrico (HCl) ? 02. A combustão completa do metano (CH4) produz dióxido de carbono (CO2) e água. A alternativa que representa o número de mols de CO2 produzido na combustão de 0,3 mol de CH4 é: CH4 + 2 O2CO2 + 2 H2O a) 1,2 mols. b) 0,6 mol. c) 0,9 mol. d) 0,3 mol. e) 1,5 mol. 03. (Covest-2004)A ferrugem é composta principalmente por Fe2O3. Após o balanceamento da equação abaixo, a proporção de ferro e oxigênio necessária para formar 2 mol de óxido de ferro III será: Fe(s) + O2(g) Fe2O3(s) a) 1mol de Fe para 1mol de O2. b) 1mol de Fe para 3mol de O2. c) 2mol de Fe para 3mol de O2. d) 4mol de Fe para 3mol de O2. e) 3mol de Fe para 2mol de O2. 04. (U. F. Fluminense-RJ) Marque a opção que indica quantos mols de HClsão produzidos na reação de 0,43 mol de fosgênio (COCl2) com água, conforme a reação: COCl2+ H2O CO2 + 2 HCl a) 0,43. b) 1,00. c) 0,86. d) 2,00. e) 0,56. 05. (UNESP) O metano (CH4), também conhecido por gás dos pântanos, é produzido pela decomposição de compostos orgânicos, na ausência de oxigênio, por determinadas bactérias e consumido na própria atmosfera. Quando 5 mols de metano reagem com 3 mols de oxigênio, o número de mols de gás carbônico (CO2) liberados será igual a: CH4(g) + 2 O2(g) CO2(g) + 2 H2O(vapor) a) 1,0mol. b) 1,5mols. c) 3,0mols. d) 3,5mols. e) 5,0mols.
  • 3. 06. (FMTM-MG) No motor de um carro a álcool, o vapor do combustível é misturado com ar e se queima à custa de faísca elétrica produzida pela vela interior do cilindro. A queima do álcool pode ser representada pela equação: C2H6O(g) + 3 O2(g)2 CO2(g) + 3 H2O(g) + ENERGIA A quantidade, em mols, de água formada na combustão completa de 138g de etanol (C2H6O) é igual a: Dado: C2H6O = 46g/mol. a) 1. b) 3. c) 6. d) 9. e) 10. 07. Uma das transformações que acontecem no interior dos “catalisadores” dos automóveis modernos é a conversão do CO em CO2, segundo a reação: CO + 1/2 O2 CO2 Admitindo-se que um motor tenha liberado 1120L de CO em CO2 é, em litros, igual a: a) 2240L. b) 1120L. c) 560L. d) 448L. e) 336L. 08. Conhecendo-se a reação 3 H2(g) + N2(g) 2 NH3(g) (P e T constantes). O volume de gás hidrogênio necessário para a obtenção de 6 litros de NH3 é igual a: a) 12L. b) 9L. c) 6L. d) 3L. e) 1L. 09. (Rumo-2004) Um meteorito de 4,5 bilhões de anos, que caiu numa cidadezinha do Texas, trouxe uma surpresa para os cientistas: “vestígios de água” (“O globo”, 30/08/1999). De fato, na investigação sobre a vida em outros planetas, procura-se verificar a existência ou não de água, pois esta é essencial à vida, nos moldes até agora conhecidos. Considere a reação completa de 1,5 x 10 3 L de hidrogênio gasoso com oxigênio gasoso, à temperatura de 300 K e pressão de 8,2 atm. Nestas condições, a massa de água produzida e o número de mols de oxigênio consumido são, respectivamente: a) 1,80 kg e 500mol. b) 4,50 kg e 250mol. c) 9 kg e 250mol. d) 18,0 kg e 500mol. e) 45,0 kg e 500mol. 10. A gasolina, como combustível automotivo, é uma mistura de vários hidrocarbonetos parafínicos. Quando queimada completamente produz CO2 e H2O. Se considerarmos que a gasolina tem fórmula C8H18, qual o volume de CO2 produzido, à 300 K e 1 atm de pressão, quando 1,25 mols de gasolina são completamente queimadas? Considere o CO2 um gás perfeito. a) 125L. b) 224L. c) 179,2L. d) 246L. e) 8,0L.
  • 4. 11. (UPE-2004-Q1) O ácido acetilsalicílico (C9H8O4), comumente chamado de aspirina, é muito usado pelosalunos, após uma prova de química, física ou matemática, disciplinas que requerem muitos cálculos eatenção. A massa de ácido acetilsalicílico que deve reagir com anidrido acético (C4H6O3), para se obtertrês comprimidos de aspirina, cada um com 0,6g, admitindo que o ácido salicílico é 92% puro, é: Dados: C = 12 u; H = 1 u; O = 16 u. C7H6O3 + C4H6O3 C9H8O4 + C2H4O2 a) 1,50g. b) 1,92g. c) 1,65g. d) 1,38g. e) 2,25g. 12. A equação de ustulação da pirita (FeS2) é: 4 FeS2(s) + 11 O2(g)8 SO2(g) + 2 Fe2O3(s) A massa de óxido férrico obtida, em kg, a partir de 300 kg de pirita, que apresenta 20% de impurezas, éigual a:Dados: Fe = 56 g/mol; S = 32 g/mol; O = 16 g/mol. a) 160. b) 218. c) 250. d) 320. e) 480. 13. Para obtermos 17,6g de gás carbônico (CO2) pela queima total de um carvão com 60% de pureza, necessitaremos de uma amostra de carvão com massa igual a: Dados: C = 12 g/mol; O = 16 g/mol. a) 2,4g. b) 4,8g. c) 60g. d) 43g. e) 56g. 14. “O químico francês Antoine Laurent de Lavoisier ficaria surpreso se conhecesse o município de Resende, a 160 km do Rio. É lá, às margens da Via Dutra, que moradores, empresários e o poder público seguem à risca a máxima do cientista que revolucionou o século XVIII ao provar que, na natureza, tudo se transforma. Graças a uma campanha que já reúne boa parte da população, Resende é forte concorrente ao título de capital nacional da reciclagem. Ao mesmo tempo em que diminui a quantidade de lixo jogado no aterro sanitário, a comunidade faz virar sucata objeto de consumo. Nada se perde.” Assim, com base na equação: 2 Al2O3 (s) 4 Al (s) + 3 O2 (g) e supondo-se um rendimento de 100% no processo, a massa de alumínio que pode ser obtida na reciclagem de 255 kg de sucata contendo 80% de Al2O3 em massa é: Dados: Al = 27 g/mol; O = 16 g/mol. a) 540 kg. b) 270 kg. c) 135 kg. d) 108 kg. e) 96 kg.
  • 5. 15. Em um acidente, um caminhão carregado de solução aquosa de ácido fosfórico tombou derramando cerca de 24,5 toneladas dessa solução no asfalto. Quantas toneladas de óxido de cálcio seriam necessárias para reagir totalmente com essa quantidade de ácido? (Porcentagem em massa de H3PO4 na solução = 80%; H3PO4 = 98 g/mol; CaO = 56 g/mol) a) 7,5 t. b) 11,2 t. c) 16,8 t. d) 21,0 t. e) 22,9 t.