SlideShare uma empresa Scribd logo
Referencial de Competências-Chave
Cultura, Língua e Comunicação 3 DIMENSÕES UMA MESMA COMPETÊNCIA OU SABER-FAZER PODE MOBILIZAR AS TRÊS DIMENSÕES . DIMENSÃO CULTURAL  DIMENSÃO LINGUÍSTICA DIMENSÃO COMUNICACIONAL
Cultura é informação! Informação  que se herda e se transmite aos contemporâneos e aos vindouros. Inclui conhecimento, crenças, arte, morais, leis, costumes e outras aptidões e hábitos adquiridos pelo homem como membro da sociedade . São formas de organização de um povo, seus costumes e tradições, transmitidas de geração para geração que, a partir de uma vivência e tradição comum,  se apresentam como a identidade de um povo. Cultura, o que é?
Dimensão Cultural Como evidenciar competências? Tem em conta a presença da cultura na vida das pessoas nas mais variadas formas: Na música, artes visuais, dança, teatro, literatura, património, etc. Nas actividades socioculturais Nos media Nos  comportamentos
Linguagem –  é a capacidade que todo o ser humano tem de comunicar através de palavras. Língua –  conjunto de sons, palavras e regras gramaticais que podem vir a ser utilizados na comunicação verbal (A nossa língua é o português). Fala  – utilização da língua. Língua, o que é?
Utilizando diferentes linguagens, reflectindo estas o percurso social e biográfico do adulto (línguas estrangeiras, língua materna, língua segunda,  sotaques , regionalismos, dialectos, …) Através de textos escritos (cartas, notícias, artigos, documentos profissionais, manuais, folhetos, panfletos, relatórios, circulares, …) ou textos orais (relatos de acontecimentos, diálogos, reclamações, …) Dimensão Linguística Como evidenciar competências?
Comunicar significa, pois, dar a conhecer alguma coisa e, por outro, aprender alguma coisa!  é a troca de mensagens entre pessoas; é a capacidade que homens e animais têm de emitir e receber mensagens. Nas comunicações existe uma escala infinita de valores que vai desde o mais simples e elementar dos gestos até à transmissão via satélite, televisão, internet, de factos complexos e longínquos. Comunicação, o que é?
Ora atente nos exemplos: O toque do despertador comunica-nos, pela manhã, que é a hora de nos levantarmos; Por meio da rádio, do jornal e da televisão estabelecemos comunicação com o mundo exterior; Na rua, os cartazes, as linhas brancas no asfalto, os semáforos, regulam o nosso caminho; Na fábrica, no escritório, etc. o correio, o  telefone , o sistema informático põem-nos ao corrente do andamento do nosso trabalho; No cinema, teatro, televisão, Internet,  somos colocados em contacto com o mundo inteiro; A música e o ballet animam a nossa fantasia; Um sorriso, um franzir do rosto, um gesto, compreendemos logo se alguém está alegre, triste ou se algo o preocupa. Dimensão Comunicacional Como evidenciar competências?
7 Núcleos Geradores
Núcleos Geradores Equipamentos e Sistemas Técnicos:  compreender o funcionamento de equipamentos domésticos e profissionais; identificar as transformações e evoluções técnicas.  Ambiente e Sustentabilidade:  identificar questões relacionadas com o consumo energético, resíduos, reciclagem, recursos naturais e clima.  Saúde:  identificar cuidados básicos e preventivos de saúde.  Gestão e Economia:  definir orçamentos, preencher formulários, domínio de terminologias que facilitem cálculos; perceber os impactes das evoluções técnicas na gestão do tempo.
Núcleos Geradores Tecnologias de Informação e Comunicação:  comunicar através de meios tecnológicos; compreender símbolos e suportes de comunicações; lidar com micro e macro electrónica; relacionar-se com os  mass media ; perceber os impactos das redes de Internet.  Urbanismo e Mobilidade:  participar no processo de planeamento e construção de edifícios; identificar sistemas de administração territorial; relacionar mobilidades e fluxos migratórios.  Saberes Fundamentais:  Distinguir e demonstrar a importância para o seu percurso pessoal da formação formal, informal e não-formal;  identificar principais factores que influenciam a mudança social, reconhecendo nessa mudança o papel da cultura, língua e comunicação.
Domínios de Referência DR2  CONTEXTO PROFISSIONAL DR1  CONTEXTO  PRIVADO DR3  CONTEXTO INSTITUCIONAL DR4  CONTEXTO  MACRO-ESTRUTURAL
Quadro integrador dos núcleos geradores e domínios de referência
Operacionalização do Sistema de Créditos
Certificação em CLC
E agora é só: Reconhecer as suas competências Seleccionar o útil do acessório Organizar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
Helena Coutinho
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
I.Braz Slideshares
 
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
J P
 
O que é uma rede informática
O que é uma rede informáticaO que é uma rede informática
O que é uma rede informática
filipemolon
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
Sizes & Patterns
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
Sizes & Patterns
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5
joaokota
 
Evolução do Telemóvel
Evolução do TelemóvelEvolução do Telemóvel
Evolução do Telemóvel
efa1
 
Ng7 2
Ng7   2Ng7   2
Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7 Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7
Sizes & Patterns
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
mega
 
Portefólio RVCC
Portefólio RVCCPortefólio RVCC
Portefólio RVCC
João Lima
 
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúciaCP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
luciafreitas1
 
Tópicos importantes para evidenciar competências em cp
Tópicos importantes para evidenciar competências em cpTópicos importantes para evidenciar competências em cp
Tópicos importantes para evidenciar competências em cp
Lena Nabais
 
Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6
Sizes & Patterns
 
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & ProfissionalidadeDescodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
J P
 
Ng1 dr1 (cp)
Ng1 dr1 (cp)Ng1 dr1 (cp)
Ng1 dr1 (cp)
cattonia
 
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
I.Braz Slideshares
 
Reflexão STC 7
Reflexão STC 7Reflexão STC 7
Reflexão STC 7
Raquel Silva
 
Dr 4 clc
Dr 4 clcDr 4 clc
Dr 4 clc
cattonia
 

Mais procurados (20)

Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
 
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
 
O que é uma rede informática
O que é uma rede informáticaO que é uma rede informática
O que é uma rede informática
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5
 
Evolução do Telemóvel
Evolução do TelemóvelEvolução do Telemóvel
Evolução do Telemóvel
 
Ng7 2
Ng7   2Ng7   2
Ng7 2
 
Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7 Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
 
Portefólio RVCC
Portefólio RVCCPortefólio RVCC
Portefólio RVCC
 
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúciaCP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
 
Tópicos importantes para evidenciar competências em cp
Tópicos importantes para evidenciar competências em cpTópicos importantes para evidenciar competências em cp
Tópicos importantes para evidenciar competências em cp
 
Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6
 
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & ProfissionalidadeDescodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
 
Ng1 dr1 (cp)
Ng1 dr1 (cp)Ng1 dr1 (cp)
Ng1 dr1 (cp)
 
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
 
Reflexão STC 7
Reflexão STC 7Reflexão STC 7
Reflexão STC 7
 
Dr 4 clc
Dr 4 clcDr 4 clc
Dr 4 clc
 

Destaque

Programa clc
Programa clcPrograma clc
Programa clc
cattonia
 
Apresentacao Programa CLC
Apresentacao Programa CLCApresentacao Programa CLC
Apresentacao Programa CLC
guest4cd28d
 
Clc 5
Clc 5Clc 5
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
suzymusa
 
Saberes fundamentais clc
Saberes fundamentais clcSaberes fundamentais clc
Saberes fundamentais clc
Maria Fátima Nunes
 
Referencial de CLC
Referencial de CLCReferencial de CLC
Referencial de CLC
helder goncalves
 
Reforma Ortográfica
Reforma OrtográficaReforma Ortográfica
Reforma Ortográfica
Meri RochaLeite
 
Rosalia e Marcelino
Rosalia e MarcelinoRosalia e Marcelino
Rosalia e Marcelino
xavelhinha
 
Ng7 1
Ng7 1Ng7 1
Dr1 STC Saberes Fundamentais Marco
Dr1 STC Saberes Fundamentais MarcoDr1 STC Saberes Fundamentais Marco
Dr1 STC Saberes Fundamentais Marco
mega
 
Relatorio oit2010
Relatorio oit2010Relatorio oit2010
Relatorio oit2010
Maria Santos
 
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e ComunicaçãoCLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
SILVIA G. FERNANDES
 
15 OrientaçõEs Clc
15 OrientaçõEs Clc15 OrientaçõEs Clc
15 OrientaçõEs Clc
João Lima
 
ReflexãO Clc Dr2
ReflexãO  Clc Dr2ReflexãO  Clc Dr2
ReflexãO Clc Dr2
mega
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
I.Braz Slideshares
 
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clcTrabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
Jose Gonçalves
 
Ficha de trabalho clc dr2
Ficha de trabalho clc   dr2Ficha de trabalho clc   dr2
Ficha de trabalho clc dr2
Helena Maria
 
Programa Clc
Programa ClcPrograma Clc
Programa Clc
guest44a6f8
 

Destaque (18)

Programa clc
Programa clcPrograma clc
Programa clc
 
Apresentacao Programa CLC
Apresentacao Programa CLCApresentacao Programa CLC
Apresentacao Programa CLC
 
Clc 5
Clc 5Clc 5
Clc 5
 
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
 
Saberes fundamentais clc
Saberes fundamentais clcSaberes fundamentais clc
Saberes fundamentais clc
 
Referencial de CLC
Referencial de CLCReferencial de CLC
Referencial de CLC
 
Reforma Ortográfica
Reforma OrtográficaReforma Ortográfica
Reforma Ortográfica
 
Rosalia e Marcelino
Rosalia e MarcelinoRosalia e Marcelino
Rosalia e Marcelino
 
Ng7 1
Ng7 1Ng7 1
Ng7 1
 
Dr1 STC Saberes Fundamentais Marco
Dr1 STC Saberes Fundamentais MarcoDr1 STC Saberes Fundamentais Marco
Dr1 STC Saberes Fundamentais Marco
 
Relatorio oit2010
Relatorio oit2010Relatorio oit2010
Relatorio oit2010
 
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e ComunicaçãoCLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
CLC_7- Fundamentos da Cultura, Língua e Comunicação
 
15 OrientaçõEs Clc
15 OrientaçõEs Clc15 OrientaçõEs Clc
15 OrientaçõEs Clc
 
ReflexãO Clc Dr2
ReflexãO  Clc Dr2ReflexãO  Clc Dr2
ReflexãO Clc Dr2
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
 
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clcTrabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
Trabalho no âmbito do ng3 dr3 de clc
 
Ficha de trabalho clc dr2
Ficha de trabalho clc   dr2Ficha de trabalho clc   dr2
Ficha de trabalho clc dr2
 
Programa Clc
Programa ClcPrograma Clc
Programa Clc
 

Semelhante a Clc introdução

Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologiasAula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
Homero Alves de Lima
 
Mídias na educação
Mídias na educaçãoMídias na educação
Apresentação 2º cap vani
Apresentação 2º cap vaniApresentação 2º cap vani
Apresentação 2º cap vani
Guilmer Brito
 
Cultura das Mídias Santaella
Cultura das  Mídias   SantaellaCultura das  Mídias   Santaella
Cultura das Mídias Santaella
MartaBrito13
 
Cultura das Mídias
Cultura das Mídias  Cultura das Mídias
Cultura das Mídias
MartaBrito13
 
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
José Lauro Martins
 
Educação e tecnologias
Educação e tecnologiasEducação e tecnologias
Educação e tecnologias
Marta Carolina Santos
 
Cultura das mídias
Cultura das mídiasCultura das mídias
Cultura das mídias
MartaBrito13
 
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdfCLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
Manuela Isidro
 
Programa Clc
Programa ClcPrograma Clc
Programa Clc
guest44a6f8
 
Cultura das Mídias
Cultura das Mídias  Cultura das Mídias
Cultura das Mídias
MartaBrito13
 
Aula 1 introdução comunicação
Aula 1 introdução comunicaçãoAula 1 introdução comunicação
Aula 1 introdução comunicação
Tassiany Pereira
 
Tecnologia e ti cs
Tecnologia e ti csTecnologia e ti cs
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influênciasTecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
Francisco Santos
 
Clc 5 ciber_finale
Clc 5 ciber_finaleClc 5 ciber_finale
Clc 5 ciber_finale
SILVIA G. FERNANDES
 
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc NovApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
Pedro Félix
 
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc NovApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
LucianaFonseca
 
Tecnologias da informação
Tecnologias da informaçãoTecnologias da informação
Tecnologias da informação
Celso Frederico Lago
 

Semelhante a Clc introdução (20)

Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologiasAula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
Aula 09 de linguagens e códigos e suas tecnologias
 
Mídias na educação
Mídias na educaçãoMídias na educação
Mídias na educação
 
Apresentação 2º cap vani
Apresentação 2º cap vaniApresentação 2º cap vani
Apresentação 2º cap vani
 
Cultura das Mídias Santaella
Cultura das  Mídias   SantaellaCultura das  Mídias   Santaella
Cultura das Mídias Santaella
 
Cultura das Mídias
Cultura das Mídias  Cultura das Mídias
Cultura das Mídias
 
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
2012 tecnologias da comunicação para a educação intercon
 
Educação e tecnologias
Educação e tecnologiasEducação e tecnologias
Educação e tecnologias
 
Cultura das mídias
Cultura das mídiasCultura das mídias
Cultura das mídias
 
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
Tecnologia e midia
 
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
Tecnologia e midia
 
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdfCLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
 
Programa Clc
Programa ClcPrograma Clc
Programa Clc
 
Cultura das Mídias
Cultura das Mídias  Cultura das Mídias
Cultura das Mídias
 
Aula 1 introdução comunicação
Aula 1 introdução comunicaçãoAula 1 introdução comunicação
Aula 1 introdução comunicação
 
Tecnologia e ti cs
Tecnologia e ti csTecnologia e ti cs
Tecnologia e ti cs
 
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influênciasTecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
Tecnologia, Sociedade e Educação: uma encruzilhada de influências
 
Clc 5 ciber_finale
Clc 5 ciber_finaleClc 5 ciber_finale
Clc 5 ciber_finale
 
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc NovApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
 
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc NovApresentaçãO Final Referencial Stc  Clc Nov
ApresentaçãO Final Referencial Stc Clc Nov
 
Tecnologias da informação
Tecnologias da informaçãoTecnologias da informação
Tecnologias da informação
 

Mais de Marisa Paço

RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
Marisa Paço
 
Publishing scientific research
Publishing scientific researchPublishing scientific research
Publishing scientific research
Marisa Paço
 
A ordem do expor em géneros académicos...
A ordem do expor em géneros académicos...A ordem do expor em géneros académicos...
A ordem do expor em géneros académicos...
Marisa Paço
 
A escrita científica nov11
A escrita científica nov11A escrita científica nov11
A escrita científica nov11
Marisa Paço
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
Marisa Paço
 
Textos explicativos expositivos
Textos explicativos expositivosTextos explicativos expositivos
Textos explicativos expositivos
Marisa Paço
 
A literatura
A literaturaA literatura
A literatura
Marisa Paço
 
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
Marisa Paço
 
Exercícios Novo Acordo Ortográfico
Exercícios Novo Acordo OrtográficoExercícios Novo Acordo Ortográfico
Exercícios Novo Acordo Ortográfico
Marisa Paço
 
Cábula do Acordo Ortográfico
Cábula do Acordo OrtográficoCábula do Acordo Ortográfico
Cábula do Acordo Ortográfico
Marisa Paço
 
Apresentação Novo Acordo Ortográfico
Apresentação Novo Acordo OrtográficoApresentação Novo Acordo Ortográfico
Apresentação Novo Acordo Ortográfico
Marisa Paço
 
Aveiro project presentation
Aveiro project presentationAveiro project presentation
Aveiro project presentation
Marisa Paço
 
Autobiografia xpto
Autobiografia xptoAutobiografia xpto
Autobiografia xpto
Marisa Paço
 
Nível Secundário
Nível SecundárioNível Secundário
Nível Secundário
Marisa Paço
 
Nível Básico
Nível BásicoNível Básico
Nível Básico
Marisa Paço
 

Mais de Marisa Paço (16)

RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
RedeSIDEdu – A NETWORK TO SUPPORT THE SUPERVISION OF RESEARCH AND DEVELOPMENT...
 
Publishing scientific research
Publishing scientific researchPublishing scientific research
Publishing scientific research
 
A ordem do expor em géneros académicos...
A ordem do expor em géneros académicos...A ordem do expor em géneros académicos...
A ordem do expor em géneros académicos...
 
A escrita científica nov11
A escrita científica nov11A escrita científica nov11
A escrita científica nov11
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Textos explicativos expositivos
Textos explicativos expositivosTextos explicativos expositivos
Textos explicativos expositivos
 
A literatura
A literaturaA literatura
A literatura
 
Cidade roma
Cidade romaCidade roma
Cidade roma
 
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
Apresentação do artigo “The relationship between teaching and learning concep...
 
Exercícios Novo Acordo Ortográfico
Exercícios Novo Acordo OrtográficoExercícios Novo Acordo Ortográfico
Exercícios Novo Acordo Ortográfico
 
Cábula do Acordo Ortográfico
Cábula do Acordo OrtográficoCábula do Acordo Ortográfico
Cábula do Acordo Ortográfico
 
Apresentação Novo Acordo Ortográfico
Apresentação Novo Acordo OrtográficoApresentação Novo Acordo Ortográfico
Apresentação Novo Acordo Ortográfico
 
Aveiro project presentation
Aveiro project presentationAveiro project presentation
Aveiro project presentation
 
Autobiografia xpto
Autobiografia xptoAutobiografia xpto
Autobiografia xpto
 
Nível Secundário
Nível SecundárioNível Secundário
Nível Secundário
 
Nível Básico
Nível BásicoNível Básico
Nível Básico
 

Último

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 

Último (20)

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 

Clc introdução

  • 2. Cultura, Língua e Comunicação 3 DIMENSÕES UMA MESMA COMPETÊNCIA OU SABER-FAZER PODE MOBILIZAR AS TRÊS DIMENSÕES . DIMENSÃO CULTURAL DIMENSÃO LINGUÍSTICA DIMENSÃO COMUNICACIONAL
  • 3. Cultura é informação! Informação que se herda e se transmite aos contemporâneos e aos vindouros. Inclui conhecimento, crenças, arte, morais, leis, costumes e outras aptidões e hábitos adquiridos pelo homem como membro da sociedade . São formas de organização de um povo, seus costumes e tradições, transmitidas de geração para geração que, a partir de uma vivência e tradição comum, se apresentam como a identidade de um povo. Cultura, o que é?
  • 4. Dimensão Cultural Como evidenciar competências? Tem em conta a presença da cultura na vida das pessoas nas mais variadas formas: Na música, artes visuais, dança, teatro, literatura, património, etc. Nas actividades socioculturais Nos media Nos comportamentos
  • 5. Linguagem – é a capacidade que todo o ser humano tem de comunicar através de palavras. Língua – conjunto de sons, palavras e regras gramaticais que podem vir a ser utilizados na comunicação verbal (A nossa língua é o português). Fala – utilização da língua. Língua, o que é?
  • 6. Utilizando diferentes linguagens, reflectindo estas o percurso social e biográfico do adulto (línguas estrangeiras, língua materna, língua segunda, sotaques , regionalismos, dialectos, …) Através de textos escritos (cartas, notícias, artigos, documentos profissionais, manuais, folhetos, panfletos, relatórios, circulares, …) ou textos orais (relatos de acontecimentos, diálogos, reclamações, …) Dimensão Linguística Como evidenciar competências?
  • 7. Comunicar significa, pois, dar a conhecer alguma coisa e, por outro, aprender alguma coisa! é a troca de mensagens entre pessoas; é a capacidade que homens e animais têm de emitir e receber mensagens. Nas comunicações existe uma escala infinita de valores que vai desde o mais simples e elementar dos gestos até à transmissão via satélite, televisão, internet, de factos complexos e longínquos. Comunicação, o que é?
  • 8. Ora atente nos exemplos: O toque do despertador comunica-nos, pela manhã, que é a hora de nos levantarmos; Por meio da rádio, do jornal e da televisão estabelecemos comunicação com o mundo exterior; Na rua, os cartazes, as linhas brancas no asfalto, os semáforos, regulam o nosso caminho; Na fábrica, no escritório, etc. o correio, o telefone , o sistema informático põem-nos ao corrente do andamento do nosso trabalho; No cinema, teatro, televisão, Internet, somos colocados em contacto com o mundo inteiro; A música e o ballet animam a nossa fantasia; Um sorriso, um franzir do rosto, um gesto, compreendemos logo se alguém está alegre, triste ou se algo o preocupa. Dimensão Comunicacional Como evidenciar competências?
  • 10. Núcleos Geradores Equipamentos e Sistemas Técnicos: compreender o funcionamento de equipamentos domésticos e profissionais; identificar as transformações e evoluções técnicas. Ambiente e Sustentabilidade: identificar questões relacionadas com o consumo energético, resíduos, reciclagem, recursos naturais e clima. Saúde: identificar cuidados básicos e preventivos de saúde. Gestão e Economia: definir orçamentos, preencher formulários, domínio de terminologias que facilitem cálculos; perceber os impactes das evoluções técnicas na gestão do tempo.
  • 11. Núcleos Geradores Tecnologias de Informação e Comunicação: comunicar através de meios tecnológicos; compreender símbolos e suportes de comunicações; lidar com micro e macro electrónica; relacionar-se com os mass media ; perceber os impactos das redes de Internet. Urbanismo e Mobilidade: participar no processo de planeamento e construção de edifícios; identificar sistemas de administração territorial; relacionar mobilidades e fluxos migratórios. Saberes Fundamentais: Distinguir e demonstrar a importância para o seu percurso pessoal da formação formal, informal e não-formal; identificar principais factores que influenciam a mudança social, reconhecendo nessa mudança o papel da cultura, língua e comunicação.
  • 12. Domínios de Referência DR2 CONTEXTO PROFISSIONAL DR1 CONTEXTO PRIVADO DR3 CONTEXTO INSTITUCIONAL DR4 CONTEXTO MACRO-ESTRUTURAL
  • 13. Quadro integrador dos núcleos geradores e domínios de referência
  • 16. E agora é só: Reconhecer as suas competências Seleccionar o útil do acessório Organizar