SlideShare uma empresa Scribd logo
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa - Disciplina de  Neuroanatomia Regente:  Prof. Doutor António J. Gonçalves Ferreira  Assistente:  Dr.ª Ana Bastos Autores : AZEVEDO, Fernando; BARÃO, Cátia; CALADO, Telma; CALDEIRA, Vânia; CORREIA, Carolina; DANTAS, Jorge; SANTOS, Francisco O conhecimento da Neuroanatomia funcional revela-se fundamental para a compreensão e diagnóstico da CIPA, uma doença rara autossómica recessiva que afecta o sistema nervoso periférico ao nível das vias aferentes da dor e temperatura. Esta neuropatia manifesta-se pela inexistência de resposta a estímulos dolorosos, à auto-mutilação e percepção térmica. A condição patológica é ainda acompanhada pela ausência de sudorese (anidrose) que pode levar à falta de controlo da temperatura corporal. Crista Neural Neurónios nociceptivos das raízes dorsais dos gânglios nervosos dá origem Só sobrevivem se estimulados por factores neurotróficos, como o  NGF , através da sua ligação ao receptor  TRKA Mutação no gene TRKA Defeitos no receptor TRKA O NGF não actua sobre os neurónios nociceptivos Insensibilidade dolorosa ( CIPA ) Fig. 4 - Receptor TRKA 1ºNeurónio Axónios entram na medula  vindos do gânglio raiz posterior Coluna cinzenta posterior Terminam na coluna posterior Sinapse com 2º neurónio Divide-se em ramos ascendentes e  descendentes  ->  formam o tracto de Lissauer Fig. 1 – Fase inicial das vias VIA NEO-ESPINO-TALÂMICA VIA PALEO-ESPINO-TALÂMICA Ascendem pela coluna  branca lateral Fibras cruzam para o lado oposto  pelas comissuras cinzenta  e branca anteriores Formam o  tracto  espino-talâmico lateral Na protuberância, unem-se com  o tracto espino-talâmico anterior Formam o  lemnisco espinhal Termina no tálamo: núcleo ventral  póstero-lateral Sinapse com o 3º neurónio Fibras passam pelo braço  posterior da cápsula interna  e corona radiada Área somatostésica na  circunvolução parietal ascendente Informação transmitida  para outras  regiões do córtex cerebral Na coluna posterior Inflectem-se cranialmente  ->  tracto espino-reticular Dirigem-se para  o mesmo lado e  cruzam para o lado oposto Sobe na medula  junto ao tracto  espino-talâmico lateral Sinapse com o  3º neurónio na  formação articular Fibras reticulo-talâmicas Terminam nos  núcleos interlaminares do tálamo (neurónios IV) Projecção para  o córtex cerebral Existem duas vias:    Neo-espino-talâmica – tracto espino-talâmico lateral    Paleo-espino-talâmica – via espino-reticulo-talâmica - Possuem o mesmo trajecto desde o 1º neurónio até à zona de sinapse com o 2º neurónio Fig. 2 – As duas vias da dor e da temperatura - O gene humano  TRKA  localiza-se no cromossoma 1 (q21-q22) e codifica o receptor de tirosina cinase para o  NGF  (factor de crescimento neuronal) - Nos pacientes com CIPA foram identificadas mutações e polimorfismos neste gene INTRODUÇÃO VIAS DA DOR E DA TEMPERATURA CIPA FUNDAMENTOS GENÉTICOS MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS - Exame genético ao cromossoma 1, de forma a detectar mutações no gene TRKA - Exame neurológico: avaliação da sensibilidade à dor e à temperatura  - Exame histológico de nervos periféricos. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fig. 5 – Fracturas ósseas Casos de ausência  do feixe de Lissauer    / ausência de fibras curtas: A-delta (mielinizadas) C (não mielinizadas) Defeito na diferenciação da crista neural Falta de neurónios curtos  nos gânglios das raízes dorsais  da medula e de fibras curtas nas mesmas raízes Aferentes da dor  e temperatura Falta de enervação (fibras não mielinizadas) à volta das glândulas sudoríparas merócrinas Anidrose Fig. 3 – Redução significativa de fibras C e A curtas Graf. ½ e ¾ - Redução de fibras mielinizadas (esq.) e não mielinizadas (dir.)  Fig. 6 – Lesões na cavidade oral TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO - Controlo nos doentes, de forma a detectar feridas e/ou traumatismos que tenham ocorrido. - Utilização de naloxone de modo a compensar o excesso de endorfinas. TERAPÊUTICA CASO CLÍNICO Bibliografia : Machado, Ângelo,  Neuroanatomia Funcional , Editora Atheneu, 2ª edição, 2004; Snell, Richard,  Neuroanatomia Clínica para Estudantes de Medicina , Editora Guanabara Koogan, 5ª edição, 2001; http://hmg.oxfordjournals.org/cgi/content/full/10/3/179; http://saude.hsw.uol.com.br/cipa.htm; http://helium.vancouver.wsu.edu/~woodc/CIPA.html; http://www.ncbi.nlm.nih.gov/entrez/dispomim.cgi?id=256800; Koream, J.,  Congenital Insensitivity to Pain and Anhidrosis: a case report , 1999, pgs. 460-4 Jovem de 16 anos internado por febre alta recorrente com anidrose e atraso de crescimento. Antecedentes familiares : ausência de doenças metabólicas e neurológicas. Antecedentes pessoais :  - Febre recorrente desde a primeira semana de vida, com anidrose. - Internado aos 3 meses para estudo das possíveis causas de febre elevada    Estudo inconclusivo Observação : - Ausência dos dentes incisivos e caninos. - Amputação parcial da língua, sinais de queimadura nos dedos e mutilações ao nível das articulações dos dedos. Avaliação : - Exame neurológico – reflexos: 1+, sensibilidade dolorosa e térmica ausentes. - Exames laboratoriais – anemia. - RX tórax, RMN cerebral, EEG e histologia das glândulas sudoríparas normais. - Exame de microscopia electrónica do nervo ciático - redução do numero de fibras  não  mielinizadas e pequenas fibras mielinizadas. Diagnóstico : CIPA Fig. 7 – Amputação da última falange do 3º dedo Fig. 8 – Amputação parcial da língua

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nervos Cranianos - Pares Cranianos
Nervos Cranianos - Pares CranianosNervos Cranianos - Pares Cranianos
Nervos Cranianos - Pares Cranianos
Dr. Peterson Xavier @drpetersonxavier
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Lesões+do..
Lesões+do..Lesões+do..
Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.
otineto
 
Síndrome piramidal
Síndrome piramidalSíndrome piramidal
Síndrome piramidal
Dr. Rafael Higashi
 
Nervos cranianos andrey neuroliga
Nervos cranianos andrey   neuroligaNervos cranianos andrey   neuroliga
Nervos cranianos andrey neuroliga
neuroliga-nortemineira
 
03 meninges circulacao_liquor
03 meninges circulacao_liquor03 meninges circulacao_liquor
03 meninges circulacao_liquor
Daniela Oliva
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
pauloalambert
 
2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal
ÁreadaSaúde
 
Aula Medula Espinhal Parte 2
Aula Medula Espinhal Parte 2Aula Medula Espinhal Parte 2
Aula Medula Espinhal Parte 2
Michelle Alves
 
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motorC5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
Ana Santos
 
Sindromes medularesmedicina
Sindromes medularesmedicinaSindromes medularesmedicina
Sindromes medularesmedicina
Ronayra Campos
 
Nervos motores oculares
Nervos motores ocularesNervos motores oculares
Nervos motores oculares
neuroligaunivasf
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomiaRevisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
pauloalambert
 
Sistema nervoso-2014-
Sistema nervoso-2014-Sistema nervoso-2014-
Sistema nervoso-2014-
Ana Loren
 
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centraisSemiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Marcus César Petindá Fonseca
 
Medula espinhal profunda
Medula espinhal profundaMedula espinhal profunda
Medula espinhal profunda
Carlos Frederico Almeida Rodrigues
 
Exames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianosExames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianos
Luciano
 
Anatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periféricoAnatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periférico
Caio Maximino
 
Neuroanatomia medula espinhal
Neuroanatomia   medula espinhalNeuroanatomia   medula espinhal
Neuroanatomia medula espinhal
neuroliga-nortemineira
 

Mais procurados (20)

Nervos Cranianos - Pares Cranianos
Nervos Cranianos - Pares CranianosNervos Cranianos - Pares Cranianos
Nervos Cranianos - Pares Cranianos
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
 
Lesões+do..
Lesões+do..Lesões+do..
Lesões+do..
 
Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.
 
Síndrome piramidal
Síndrome piramidalSíndrome piramidal
Síndrome piramidal
 
Nervos cranianos andrey neuroliga
Nervos cranianos andrey   neuroligaNervos cranianos andrey   neuroliga
Nervos cranianos andrey neuroliga
 
03 meninges circulacao_liquor
03 meninges circulacao_liquor03 meninges circulacao_liquor
03 meninges circulacao_liquor
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
 
2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal
 
Aula Medula Espinhal Parte 2
Aula Medula Espinhal Parte 2Aula Medula Espinhal Parte 2
Aula Medula Espinhal Parte 2
 
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motorC5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
C5 hemiplegia doenca_neuronio_motor
 
Sindromes medularesmedicina
Sindromes medularesmedicinaSindromes medularesmedicina
Sindromes medularesmedicina
 
Nervos motores oculares
Nervos motores ocularesNervos motores oculares
Nervos motores oculares
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomiaRevisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
 
Sistema nervoso-2014-
Sistema nervoso-2014-Sistema nervoso-2014-
Sistema nervoso-2014-
 
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centraisSemiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centrais
 
Medula espinhal profunda
Medula espinhal profundaMedula espinhal profunda
Medula espinhal profunda
 
Exames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianosExames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianos
 
Anatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periféricoAnatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periférico
 
Neuroanatomia medula espinhal
Neuroanatomia   medula espinhalNeuroanatomia   medula espinhal
Neuroanatomia medula espinhal
 

Destaque

Variabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina ForenseVariabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina Forense
Vânia Caldeira
 
Medicamentos Recombinantes
Medicamentos RecombinantesMedicamentos Recombinantes
Medicamentos Recombinantes
Vânia Caldeira
 
Susceptibilidade ao Cancro
Susceptibilidade ao CancroSusceptibilidade ao Cancro
Susceptibilidade ao Cancro
Vânia Caldeira
 
Amigdalite Bacteriana
Amigdalite  BacterianaAmigdalite  Bacteriana
Amigdalite Bacteriana
Vânia Caldeira
 
Asfixiologia - Medicina Legal
Asfixiologia - Medicina LegalAsfixiologia - Medicina Legal
Asfixiologia - Medicina Legal
Vânia Caldeira
 
Anemia
AnemiaAnemia
Drepanocitose
DrepanocitoseDrepanocitose
Drepanocitose
Vânia Caldeira
 
Hormonas Tiroideias
Hormonas TiroideiasHormonas Tiroideias
Hormonas Tiroideias
Vânia Caldeira
 
Métodos registo pressão arterial
Métodos registo pressão arterialMétodos registo pressão arterial
Métodos registo pressão arterial
Vânia Caldeira
 
Plexo Lombar
Plexo LombarPlexo Lombar
Plexo Lombar
Vânia Caldeira
 
Melanoma Maligno
Melanoma MalignoMelanoma Maligno
Melanoma Maligno
Vânia Caldeira
 
Meningite
MeningiteMeningite
Meningite
Vânia Caldeira
 
Sistema Renina Angiotensina
Sistema Renina AngiotensinaSistema Renina Angiotensina
Sistema Renina Angiotensina
Vânia Caldeira
 
Variabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina ForenseVariabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina Forense
Vânia Caldeira
 
ECG
ECGECG
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
Vânia Caldeira
 
Cp 50 10-18 2 blood gas and acid base balance
Cp 50 10-18 2  blood gas and acid base balanceCp 50 10-18 2  blood gas and acid base balance
Cp 50 10-18 2 blood gas and acid base balance
Apichaya Claimon
 
Plexo Sagrado
Plexo SagradoPlexo Sagrado
Plexo Sagrado
Vânia Caldeira
 
Violencia sexual trato digno de la vict leoncito
Violencia sexual trato digno de la vict leoncitoViolencia sexual trato digno de la vict leoncito
Violencia sexual trato digno de la vict leoncito
Minsa Corporation
 
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired ha
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired haCp 50 10-18 1 congenital & acquired ha
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired haApichaya Claimon
 

Destaque (20)

Variabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina ForenseVariabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina Forense
 
Medicamentos Recombinantes
Medicamentos RecombinantesMedicamentos Recombinantes
Medicamentos Recombinantes
 
Susceptibilidade ao Cancro
Susceptibilidade ao CancroSusceptibilidade ao Cancro
Susceptibilidade ao Cancro
 
Amigdalite Bacteriana
Amigdalite  BacterianaAmigdalite  Bacteriana
Amigdalite Bacteriana
 
Asfixiologia - Medicina Legal
Asfixiologia - Medicina LegalAsfixiologia - Medicina Legal
Asfixiologia - Medicina Legal
 
Anemia
AnemiaAnemia
Anemia
 
Drepanocitose
DrepanocitoseDrepanocitose
Drepanocitose
 
Hormonas Tiroideias
Hormonas TiroideiasHormonas Tiroideias
Hormonas Tiroideias
 
Métodos registo pressão arterial
Métodos registo pressão arterialMétodos registo pressão arterial
Métodos registo pressão arterial
 
Plexo Lombar
Plexo LombarPlexo Lombar
Plexo Lombar
 
Melanoma Maligno
Melanoma MalignoMelanoma Maligno
Melanoma Maligno
 
Meningite
MeningiteMeningite
Meningite
 
Sistema Renina Angiotensina
Sistema Renina AngiotensinaSistema Renina Angiotensina
Sistema Renina Angiotensina
 
Variabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina ForenseVariabilidade Genética na Medicina Forense
Variabilidade Genética na Medicina Forense
 
ECG
ECGECG
ECG
 
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
Patologia Gástrica (úlcera e gastrite)
 
Cp 50 10-18 2 blood gas and acid base balance
Cp 50 10-18 2  blood gas and acid base balanceCp 50 10-18 2  blood gas and acid base balance
Cp 50 10-18 2 blood gas and acid base balance
 
Plexo Sagrado
Plexo SagradoPlexo Sagrado
Plexo Sagrado
 
Violencia sexual trato digno de la vict leoncito
Violencia sexual trato digno de la vict leoncitoViolencia sexual trato digno de la vict leoncito
Violencia sexual trato digno de la vict leoncito
 
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired ha
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired haCp 50 10-18 1 congenital & acquired ha
Cp 50 10-18 1 congenital & acquired ha
 

Semelhante a CIPA

Fascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptxFascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptx
CiriloSantos6
 
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary PortugueseNeuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Claudio Pericles
 
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary PortugueseNeuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Claudio Pericles
 
Insensibilidade congênita à dor
Insensibilidade congênita à dorInsensibilidade congênita à dor
Insensibilidade congênita à dor
Stéphano Lunardi
 
Sinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologiaSinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologia
Dr. Rafael Higashi
 
Morte Encefálica
Morte EncefálicaMorte Encefálica
Morte Encefálica
David Nordon
 
C O M A
C O M AC O M A
Disfagia
DisfagiaDisfagia
Disfagia
guestef2951
 
Cefaleias na adolescência
Cefaleias na adolescênciaCefaleias na adolescência
Cefaleias na adolescência
Lucas Stolfo Maculan
 
Fibromialgia 2013
Fibromialgia 2013Fibromialgia 2013
Fibromialgia 2013
pauloalambert
 
Mielite transversa
Mielite transversaMielite transversa
Mielite transversa
Rafaella
 
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriais
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriaisMutações no gene NT5E e calcificações arteriais
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriais
Lais Valente
 
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIAA IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
Fernanda Marinho
 
Coréia de syndenham revisão
Coréia de syndenham revisãoCoréia de syndenham revisão
Coréia de syndenham revisão
gisa_legal
 
Nervoso importancia
Nervoso importanciaNervoso importancia
Nervoso importancia
Jamile Vitória
 
Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
GEDRBRASIL_ESTUDANDORARAS
 
Ataxia - Doenças Cerebelares
Ataxia - Doenças CerebelaresAtaxia - Doenças Cerebelares
Ataxia - Doenças Cerebelares
Dr. Rafael Higashi
 
Cefaléias: Quando investigar ?
Cefaléias: Quando investigar ?Cefaléias: Quando investigar ?
Cefaléias: Quando investigar ?
Dr. Rafael Higashi
 
2 fiebre reumatica 2015.
2 fiebre reumatica 2015.2 fiebre reumatica 2015.
2 fiebre reumatica 2015.
honestolopes1994
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Dr. Rafael Higashi
 

Semelhante a CIPA (20)

Fascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptxFascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptx
 
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary PortugueseNeuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary Portuguese
 
Neuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary PortugueseNeuropathic Pain Summary Portuguese
Neuropathic Pain Summary Portuguese
 
Insensibilidade congênita à dor
Insensibilidade congênita à dorInsensibilidade congênita à dor
Insensibilidade congênita à dor
 
Sinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologiaSinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologia
 
Morte Encefálica
Morte EncefálicaMorte Encefálica
Morte Encefálica
 
C O M A
C O M AC O M A
C O M A
 
Disfagia
DisfagiaDisfagia
Disfagia
 
Cefaleias na adolescência
Cefaleias na adolescênciaCefaleias na adolescência
Cefaleias na adolescência
 
Fibromialgia 2013
Fibromialgia 2013Fibromialgia 2013
Fibromialgia 2013
 
Mielite transversa
Mielite transversaMielite transversa
Mielite transversa
 
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriais
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriaisMutações no gene NT5E e calcificações arteriais
Mutações no gene NT5E e calcificações arteriais
 
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIAA IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
A IMPORTÂNCIA DO APOIO PSICÓLOGICO NA PSICOIMUNOLOGIA
 
Coréia de syndenham revisão
Coréia de syndenham revisãoCoréia de syndenham revisão
Coréia de syndenham revisão
 
Nervoso importancia
Nervoso importanciaNervoso importancia
Nervoso importancia
 
Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
 
Ataxia - Doenças Cerebelares
Ataxia - Doenças CerebelaresAtaxia - Doenças Cerebelares
Ataxia - Doenças Cerebelares
 
Cefaléias: Quando investigar ?
Cefaléias: Quando investigar ?Cefaléias: Quando investigar ?
Cefaléias: Quando investigar ?
 
2 fiebre reumatica 2015.
2 fiebre reumatica 2015.2 fiebre reumatica 2015.
2 fiebre reumatica 2015.
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 

Último

TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 

Último (8)

TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 

CIPA

  • 1.