SlideShare uma empresa Scribd logo
Cibercultura e pensamento contemporâneo Prof. Me. Marcelo Träsel Famecos/PUCRS VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011
VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Como a Internet estámudando a maneiracomovocêpensa? A revistaEdge fez essapergunta a 172 intelectuaisem 2009.
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Nãoimporta o quevocêsabe, mas o quepodedescobrir.” Marissa Mayer, VP Google
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Um especialista costumava ser ‘alguém com acesso a informação especial’. Agora, já que muita informação está igualmente disponível para todo mundo, a idéia de ‘especialista’ se torna ‘alguém dotado de melhor capacidade interpretativa’. O julgamento substituiu o acesso.” Brian Eno, compositor
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Costumávamos ser construtores de caiaques, coletando todos os fragmentos de informação disponíveis para montar a estrutura que nos mantinha boiando. Agora, temos de aprender a ser construtores de canoas, descartando a informação desnecessária para revelar a forma do conhecimento.” George Dyson, historiador
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Pode parecer que estou perdendo infinitos nanossegundos numa série de tweets, e infinitos microssegundos navegando em páginas da Web, ou errando por diferentes canais, e pairando apenas alguns minutos sobre um trecho de livro após o outro; mas, na realidade, estou prestando atenção à Internet dez horas por dia.” Kevin Kelly, jornalista
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “O conhecimento já foi uma propriedade interna de uma pessoa e o foco numa determinada tarefa podia ser imposto externamente. Com a Internet, o conhecimento pode ser obtido externamente, mas o foco deve ser forçado internamente.” David Dalrymple, pesquisador do MIT
Como a Internet muda o pensar VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Nós incorporamos nossa racionalidade em nossas máquinas e delegamos a elas muitas de nossas decisões. Neste processo, criamos um mundo que está além de nossa própria compreensão.”  W. Daniel Hillis, cientista da computação
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “A recuperação de dados da memória comunal exossomática se tornará incomensuravelmente mais rápida e nós dependeremos menos da memória em nossos crânios. No momento, ainda precisamos de cérebros biológicos para cruzar referências e fazer associações, mas programas mais sofisticados e equipamentos mais rápidos vão cada vez mais usurpar essa função.”  Richard Dawkins, biólogo
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Numprimeiromomento, penseique o problema era um sintoma de esclerose da meia-idade. Mas meucérebro, percebi, nãoestavaapenasvagando. Eleestavafaminto. Eleestavaexigindoseralimentado da maneiraque a Rede o alimenta– e, quantomais o alimentava, maisfamintoele se tornava. […] Euqueriaestarconectado.” Nicholas Carr, jornalista, The Shallows
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Parecequechegamos a umaimportanteencruzilhadaemnossahistória cultural e intelectual, como McLuhan dissequechegaríamos, um momento de transição entre doismodosmuitodiferentes de pensar. […] Calma, focada, atenta, a mente linear estásendosubstituídapor um novo tipo de mente, quequer e precisatomar e distribuirinformaçãoempulsoscurtos, desconjuntados, frequentementesobrepostos– quantomaisrápido, melhor. Nicholas Carr, jornalista, The Shallows
Como a Internet muda o pensar? Na verdade, o modo natural de pensar do serhumanoéhipertextual. A linearidadeéqueprecisaseraprendida. A Internet, principalmente a Web, oferece um suportepara a criação de documentosqueespelham o processohipertextual de pensamento. Essastecnologiastambémaceleramnossopensamentohipertextual, aooferecer a recuperaçãoimediata de dados e a possibilidade de simplesmenteflanar. VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011
Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 O que vamos perder e o que vamos ganhar com o predomínio da hipertextualidade sobre a linearidade?
VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Livro Internet Fonte: pesquisa UCLA
VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Prof. Me. Marcelo Träsel www.trasel.com.br marcelo@trasel.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Cibercultura e pensamento contemporâneo

[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
Carla Figueiredo
 
Rea os superficiais - elisabete santos
Rea   os superficiais - elisabete santosRea   os superficiais - elisabete santos
Rea os superficiais - elisabete santos
Elisabete Santos
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias
Adriana Bruno
 
Fonte de Informação - A Internet
Fonte de Informação - A InternetFonte de Informação - A Internet
Fonte de Informação - A Internet
Marcos Teruo Ouchi
 
Highlights: manual para os novos tempos
Highlights: manual para os novos temposHighlights: manual para os novos tempos
Highlights: manual para os novos tempos
Bia Quadros
 
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
Ricardo Carvalho
 
Texto20 P7
Texto20 P7Texto20 P7
Texto20 P7
renatotf
 
Globalização e o Império do Conhecimento
Globalização e o Império do ConhecimentoGlobalização e o Império do Conhecimento
Globalização e o Império do Conhecimento
Simposio Internacional Network Science
 
Q123
Q123Q123
Q123
newsevoce
 
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil GiardelliAula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
Gil Giardelli
 
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de NegóciosMidias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
Paulo Addair
 
Base De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
Base De Clientes Valiosa Futuro CrescimentoBase De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
Base De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
Jose Carlos Duarte Goncalves
 
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovensPromessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
António Pires
 
Tipos de leitura
Tipos de leituraTipos de leitura
Tipos de leitura
Leila Vilhena
 
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil""O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
Regina Fazioli
 
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big DataPsicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
Luciana Manfroi
 
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
Index3i
 
Cenários futuros de uma sociedade participante
Cenários futuros de uma sociedade participanteCenários futuros de uma sociedade participante
Cenários futuros de uma sociedade participante
Dawison Calheiros
 
Apresentação gestão do conhecimento
Apresentação gestão do conhecimentoApresentação gestão do conhecimento
Apresentação gestão do conhecimento
comunidadedepraticas
 
Li smp [modo de compatibilidade]
Li smp [modo de compatibilidade]Li smp [modo de compatibilidade]
Li smp [modo de compatibilidade]
Rosário Caldeira
 

Semelhante a Cibercultura e pensamento contemporâneo (20)

[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
[Resenha 1]. A Geração Superficial (1).pdf
 
Rea os superficiais - elisabete santos
Rea   os superficiais - elisabete santosRea   os superficiais - elisabete santos
Rea os superficiais - elisabete santos
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias
 
Fonte de Informação - A Internet
Fonte de Informação - A InternetFonte de Informação - A Internet
Fonte de Informação - A Internet
 
Highlights: manual para os novos tempos
Highlights: manual para os novos temposHighlights: manual para os novos tempos
Highlights: manual para os novos tempos
 
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
REA "O que a internet está a fazer aos nossos cérebros"
 
Texto20 P7
Texto20 P7Texto20 P7
Texto20 P7
 
Globalização e o Império do Conhecimento
Globalização e o Império do ConhecimentoGlobalização e o Império do Conhecimento
Globalização e o Império do Conhecimento
 
Q123
Q123Q123
Q123
 
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil GiardelliAula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
Aula Blogcorporativos Jump Com Gil Giardelli
 
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de NegóciosMidias Sociais: Oportunidades de Negócios
Midias Sociais: Oportunidades de Negócios
 
Base De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
Base De Clientes Valiosa Futuro CrescimentoBase De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
Base De Clientes Valiosa Futuro Crescimento
 
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovensPromessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
Promessas e problemas da pesquisa digital para crianças e jovens
 
Tipos de leitura
Tipos de leituraTipos de leitura
Tipos de leitura
 
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil""O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
"O Futuro da Biblioteconomia no Brasil"
 
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big DataPsicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
Psicologia e Comportamento nas Redes Sociais: da Web 1.0 à Big Data
 
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
Findability: elementos essenciais para a recuperação da informação em ambient...
 
Cenários futuros de uma sociedade participante
Cenários futuros de uma sociedade participanteCenários futuros de uma sociedade participante
Cenários futuros de uma sociedade participante
 
Apresentação gestão do conhecimento
Apresentação gestão do conhecimentoApresentação gestão do conhecimento
Apresentação gestão do conhecimento
 
Li smp [modo de compatibilidade]
Li smp [modo de compatibilidade]Li smp [modo de compatibilidade]
Li smp [modo de compatibilidade]
 

Mais de trasel

Jornalismo guiado por dados
Jornalismo guiado por dadosJornalismo guiado por dados
Jornalismo guiado por dados
trasel
 
O que é o jornalismo guiado por dados?
O que é o jornalismo guiado por dados?O que é o jornalismo guiado por dados?
O que é o jornalismo guiado por dados?
trasel
 
Como identificar manipulações em redes sociais
Como identificar manipulações em redes sociaisComo identificar manipulações em redes sociais
Como identificar manipulações em redes sociais
trasel
 
Memoria
MemoriaMemoria
Memoria
trasel
 
Interação
InteraçãoInteração
Interação
trasel
 
Atualizacao continua
Atualizacao continuaAtualizacao continua
Atualizacao continua
trasel
 
Customização e personalização
Customização e personalizaçãoCustomização e personalização
Customização e personalização
trasel
 
Multimidialidade
MultimidialidadeMultimidialidade
Multimidialidade
trasel
 
Hipertextualidade
HipertextualidadeHipertextualidade
Hipertextualidade
trasel
 
Analise sites
Analise sitesAnalise sites
Analise sites
trasel
 
Reportagem Assistida por Computador
Reportagem Assistida por ComputadorReportagem Assistida por Computador
Reportagem Assistida por Computador
trasel
 
Arquitetura de informação e usabilidade
Arquitetura de informação e usabilidadeArquitetura de informação e usabilidade
Arquitetura de informação e usabilidade
trasel
 
Não se faz mais comunicação como antigamente
Não se faz mais comunicação como antigamenteNão se faz mais comunicação como antigamente
Não se faz mais comunicação como antigamente
trasel
 
O leitor virtual
O leitor virtualO leitor virtual
O leitor virtual
trasel
 
O caso do blog da Petrobras
O caso do blog da PetrobrasO caso do blog da Petrobras
O caso do blog da Petrobras
trasel
 
Hipertexto
HipertextoHipertexto
Hipertexto
trasel
 
Jornalismo Online
Jornalismo OnlineJornalismo Online
Jornalismo Online
trasel
 
Impacto das mídias sociais
Impacto das mídias sociaisImpacto das mídias sociais
Impacto das mídias sociais
trasel
 
Marketing boca-a-boca
Marketing boca-a-bocaMarketing boca-a-boca
Marketing boca-a-boca
trasel
 
Blogs e publicidade
Blogs e publicidadeBlogs e publicidade
Blogs e publicidade
trasel
 

Mais de trasel (20)

Jornalismo guiado por dados
Jornalismo guiado por dadosJornalismo guiado por dados
Jornalismo guiado por dados
 
O que é o jornalismo guiado por dados?
O que é o jornalismo guiado por dados?O que é o jornalismo guiado por dados?
O que é o jornalismo guiado por dados?
 
Como identificar manipulações em redes sociais
Como identificar manipulações em redes sociaisComo identificar manipulações em redes sociais
Como identificar manipulações em redes sociais
 
Memoria
MemoriaMemoria
Memoria
 
Interação
InteraçãoInteração
Interação
 
Atualizacao continua
Atualizacao continuaAtualizacao continua
Atualizacao continua
 
Customização e personalização
Customização e personalizaçãoCustomização e personalização
Customização e personalização
 
Multimidialidade
MultimidialidadeMultimidialidade
Multimidialidade
 
Hipertextualidade
HipertextualidadeHipertextualidade
Hipertextualidade
 
Analise sites
Analise sitesAnalise sites
Analise sites
 
Reportagem Assistida por Computador
Reportagem Assistida por ComputadorReportagem Assistida por Computador
Reportagem Assistida por Computador
 
Arquitetura de informação e usabilidade
Arquitetura de informação e usabilidadeArquitetura de informação e usabilidade
Arquitetura de informação e usabilidade
 
Não se faz mais comunicação como antigamente
Não se faz mais comunicação como antigamenteNão se faz mais comunicação como antigamente
Não se faz mais comunicação como antigamente
 
O leitor virtual
O leitor virtualO leitor virtual
O leitor virtual
 
O caso do blog da Petrobras
O caso do blog da PetrobrasO caso do blog da Petrobras
O caso do blog da Petrobras
 
Hipertexto
HipertextoHipertexto
Hipertexto
 
Jornalismo Online
Jornalismo OnlineJornalismo Online
Jornalismo Online
 
Impacto das mídias sociais
Impacto das mídias sociaisImpacto das mídias sociais
Impacto das mídias sociais
 
Marketing boca-a-boca
Marketing boca-a-bocaMarketing boca-a-boca
Marketing boca-a-boca
 
Blogs e publicidade
Blogs e publicidadeBlogs e publicidade
Blogs e publicidade
 

Último

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
MarcoAurlioResende
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
MarcoAurlioResende
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 

Último (20)

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 

Cibercultura e pensamento contemporâneo

  • 1. Cibercultura e pensamento contemporâneo Prof. Me. Marcelo Träsel Famecos/PUCRS VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011
  • 2. VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Como a Internet estámudando a maneiracomovocêpensa? A revistaEdge fez essapergunta a 172 intelectuaisem 2009.
  • 3. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Nãoimporta o quevocêsabe, mas o quepodedescobrir.” Marissa Mayer, VP Google
  • 4. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Um especialista costumava ser ‘alguém com acesso a informação especial’. Agora, já que muita informação está igualmente disponível para todo mundo, a idéia de ‘especialista’ se torna ‘alguém dotado de melhor capacidade interpretativa’. O julgamento substituiu o acesso.” Brian Eno, compositor
  • 5. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Costumávamos ser construtores de caiaques, coletando todos os fragmentos de informação disponíveis para montar a estrutura que nos mantinha boiando. Agora, temos de aprender a ser construtores de canoas, descartando a informação desnecessária para revelar a forma do conhecimento.” George Dyson, historiador
  • 6. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Pode parecer que estou perdendo infinitos nanossegundos numa série de tweets, e infinitos microssegundos navegando em páginas da Web, ou errando por diferentes canais, e pairando apenas alguns minutos sobre um trecho de livro após o outro; mas, na realidade, estou prestando atenção à Internet dez horas por dia.” Kevin Kelly, jornalista
  • 7. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “O conhecimento já foi uma propriedade interna de uma pessoa e o foco numa determinada tarefa podia ser imposto externamente. Com a Internet, o conhecimento pode ser obtido externamente, mas o foco deve ser forçado internamente.” David Dalrymple, pesquisador do MIT
  • 8. Como a Internet muda o pensar VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Nós incorporamos nossa racionalidade em nossas máquinas e delegamos a elas muitas de nossas decisões. Neste processo, criamos um mundo que está além de nossa própria compreensão.” W. Daniel Hillis, cientista da computação
  • 9. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “A recuperação de dados da memória comunal exossomática se tornará incomensuravelmente mais rápida e nós dependeremos menos da memória em nossos crânios. No momento, ainda precisamos de cérebros biológicos para cruzar referências e fazer associações, mas programas mais sofisticados e equipamentos mais rápidos vão cada vez mais usurpar essa função.” Richard Dawkins, biólogo
  • 10. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Numprimeiromomento, penseique o problema era um sintoma de esclerose da meia-idade. Mas meucérebro, percebi, nãoestavaapenasvagando. Eleestavafaminto. Eleestavaexigindoseralimentado da maneiraque a Rede o alimenta– e, quantomais o alimentava, maisfamintoele se tornava. […] Euqueriaestarconectado.” Nicholas Carr, jornalista, The Shallows
  • 11. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 “Parecequechegamos a umaimportanteencruzilhadaemnossahistória cultural e intelectual, como McLuhan dissequechegaríamos, um momento de transição entre doismodosmuitodiferentes de pensar. […] Calma, focada, atenta, a mente linear estásendosubstituídapor um novo tipo de mente, quequer e precisatomar e distribuirinformaçãoempulsoscurtos, desconjuntados, frequentementesobrepostos– quantomaisrápido, melhor. Nicholas Carr, jornalista, The Shallows
  • 12. Como a Internet muda o pensar? Na verdade, o modo natural de pensar do serhumanoéhipertextual. A linearidadeéqueprecisaseraprendida. A Internet, principalmente a Web, oferece um suportepara a criação de documentosqueespelham o processohipertextual de pensamento. Essastecnologiastambémaceleramnossopensamentohipertextual, aooferecer a recuperaçãoimediata de dados e a possibilidade de simplesmenteflanar. VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011
  • 13. Como a Internet muda o pensar? VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 O que vamos perder e o que vamos ganhar com o predomínio da hipertextualidade sobre a linearidade?
  • 14. VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Livro Internet Fonte: pesquisa UCLA
  • 15. VI SIBD - Porto Alegre - PUCRS - 17 de maio de 2011 Prof. Me. Marcelo Träsel www.trasel.com.br marcelo@trasel.com.br