SlideShare uma empresa Scribd logo
Cerimônias sem
cerimônias
Como deixar o Planning, a Review, a
Retrospectiva e a Daily mais objetivas?
Rio de Janeiro - 2015
Cerimônias sem cerimônias
Quem somos nós?
Cristina Otto
Twitter: @TriseCris
LinkedIn: cristinaotto
trise.cris@gmail.com
 Professora, programadora, gerente de
projeto e agilista;
 Apaixonada por música, séries e
chimarrão;
 Praticante do sincericídio e romântica
alienada nas horas vagas.
 Analista de Qualidade e Scrum Master
 Adoro conhecer pessoas e novas culturas
 Desafios me motivam
 Não dispenso uma boa conversa e uma
tigela de açaí
Joyce Bastos
Twitter: @Joyce_bs
LinkedIn: joycebastos
joyce.csb@gmail.com
https://agilecop.wordpress.com/
Agenda
 O que e quais são as cerimônias abordadas
 Quais são os problemas mais comuns nas
cerimônias
 Referências
 Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra
gente
 Dinâmica
 Apoiadores – Itens que podem ajudar em qualquer
cerimônia
O que são cerimônias?
“São reuniões formais, ou não, que acontecem em
momentos distintos da Sprint”.
Nessa palestra serão abordadas:
 Sprint Planning
 Daily Scrum
 Sprint Review
 Sprint Retrospective
Sintomas
Como deixar as cerimônias mais
objetivas?
Paulo Caroli
Ester Lima
Jorge Audy
Luiz Parzianello
O que seria uma cerimônia
objetiva?
Mas espera um pouco, pra você...
Pra você, o que seria uma cerimônia
objetiva?
Objetivo/Subjetivo
≠
Eficiente/Eficaz
Deixar sempre claro
o que estamos fazendo
e por que.
Muitas pessoas participam das cerimônias sem realmente
entender o objetivo de cada uma delas.
Cerimônias
sem
cerimônia
Visão geral, boas práticas e o que deu
certo pra gente
“É uma reunião de planejamento de um ciclo de
desenvolvimento de uma Sprint. É realizada no
primeiro dia e tem como objetivo sair com as
metas da Sprint e o Backlog”
Sprint Planning
Sprint Planning
 PO
 Deixar claro para o time o propósito da Sprint
 O que iremos alcançar?
 Ele diz “O que”
 Time de Desenvolvimento
 Ele defini o “Como”
 Ele quebra em tarefas
Sprint Planning
 Com a ajuda do Scrum Master, sempre reforçar
se os valores entre PO e DEV estão alinhados
 Dividir o Planning em duas partes
 Planning 1: O PO comunica para o Time de Dev o que
fazer
 Planning 2: O time de Dev planeja como será
desenvolvido
 Backlog Refinament
 Conhecimento mais amplo das metas que estão por vir
 Pré-Game (http://pt.slideshare.net/SimonePittner/pregame-by-canvas)
Utilizando técnicas de Pré-Game na
Planning
2
1
3
4
5
6
Esforço
Valor
O PO ordena as US
no quadro por
ordem de prioridade
1
3
4
O Time ordena as
histórias por esforço
Agora é só partir da premissa de queremos entregar
valor rápido e priorizar seguindo essa ordem.
Utilizando técnicas de Pré-Game na
Planning
Ordem de
priorização da
Sprint:
2 -> 3 -> 1 -> 4 -> 5 -> 6
“É uma reunião curta realizada
diariamente pelo Time. Acontece
preferencialmente no mesmo local e na
mesma hora
Proporciona visibilidade ao trabalho
realizado, promove comunicação sobre
esse trabalho e da visibilidade sobre quais
obstáculos atrapalharam desde a última
daily”
Daily Scrum ou Stand Up
Daily Scrum ou Stand Up
 Responder as três perguntas básicas:
 O que eu fiz ontem?
 O que eu fiz hoje?
 Tenho algum impedimento?
Daily Scrum ou Stand Up
• Walk the wall
Daily Scrum ou Stand Up
• Walk the wall
Daily Scrum ou Stand Up
• Sinalizadores
Daily Scrum ou Stand Up
“Obter feedback sobre o incremento do Produto
desenvolvido no Sprint (inspeção e adaptação do
Produto)”
Sprint Review
Imagens: http://www.portalsac20.com.br/category/comportamento/
 Preparar o ambiente de apresentação
para o cliente
 O feedback é do cliente
 Deixar o cliente interagir com o
produto
Sprint Review
O Time precisa se sentir à vontade com o Cliente
“Queremos errar mais cedo possível”
Sprint Review
Como se preparar para receber o cliente?
Sprint Review
Sprint X – De 03/08 a 07/08
Objetivos:
- Objetivo 1
- Objetivo 2
- Objetivo 3
Resultados:
- Objetivo 1
- Objetivo 2
- Objetivo 3 Repriorizado – Trocado por item do
backlog
- Item do backlog
E o mais importante:
Sprint Review
Deixar o cliente
usar livremente o
produto!
Imagem: http://blogdoexpert.com.br/
“Em intervalos regulares a equipe reflete sobre
como se tornar mais efetiva e ajusta seu
comportamento de acordo”
Ela não é uma reunião. É mais informal.
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
 Queremos melhorar
Sprint Retrospectiva
O objetivo da retrospectiva é a melhoria contínua
do time.
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
Dinâmica dos 4 L’s
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
Plano de Ação...
 Dinâmicas
– Analise como foi o perfil da Sprint e relacione a uma
dinâmica
• Sprint de entrega de release
• Sprint tensa
• Sprint de “Começamos um novo projeto”
• Sprint de chegada de novos membros
• Sprint “Quebra Gelo”
Sprint Retrospectiva
• Dinâmica dos
Chapéus
Sprint Retrospectiva
• Brainstorming
Sprint Retrospectiva
Dinâmica de hoje...
 Agenda ou Pauta
Apoiadores
 Acordo do Time
Apoiadores
 Time keeper
Apoiadores
 Sempre diga o “Porquê” das coisas estarem
acontecendo
Apoiadores
 E, por último e mais importante, tenha sempre em
mente que, não importa os métodos que você use,
nada vai funcionar se sua equipe não estiver
engajada e motivada.
 De todas essas coisas, o mais importante é reconhecer
o valor do trabalho em equipe.
Ninguém faz nada sozinho!
Apoiadores
Obrigada!
joyce.csb@gmail.com trise.cris@gmail.com
Cerimônias sem cerimônias
Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily
mais objetivas?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Playbook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivasPlaybook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivas
Fernanda Lorenzetti Alves
 
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSPConhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Samuel Cavalcante
 
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
André Suman Pereira
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
André Suman Pereira
 
Softdrops - Daily Scrum
Softdrops - Daily ScrumSoftdrops - Daily Scrum
Softdrops - Daily Scrum
Sheila Kimura
 
Developer anarchy
Developer anarchyDeveloper anarchy
Developer anarchy
Ana Paula Gomes
 
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
Marcely Santos
 
Scrum Na Globo.Com - Estudo de caso
Scrum Na Globo.Com - Estudo de casoScrum Na Globo.Com - Estudo de caso
Scrum Na Globo.Com - Estudo de caso
Danilo Bardusco
 
Traduzindo a produtividade em miúdos
Traduzindo a produtividade em miúdosTraduzindo a produtividade em miúdos
Traduzindo a produtividade em miúdos
@cristianoweb
 
Scrum - stand up meeting - daily
Scrum - stand up meeting - dailyScrum - stand up meeting - daily
Scrum - stand up meeting - daily
Gabriela Mizarela
 
Desenvolvimento ágil de software
Desenvolvimento ágil de softwareDesenvolvimento ágil de software
Desenvolvimento ágil de software
Sompo Seguros
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
André Suman Pereira
 
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismoContra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
André Suman Pereira
 
Visão rápida sobre o SCRUM
Visão rápida sobre o SCRUMVisão rápida sobre o SCRUM
Visão rápida sobre o SCRUM
STI Society Tecnologia da Informação LTDA
 
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Samuel Cavalcante
 
Sprint Lab baseado no Google Design Sprint
Sprint Lab baseado no Google Design SprintSprint Lab baseado no Google Design Sprint
Sprint Lab baseado no Google Design Sprint
Heller de Paula
 
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATEDScrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Danilo Bardusco
 
os desafios de escalar SCRUM
os desafios de escalar SCRUMos desafios de escalar SCRUM
os desafios de escalar SCRUM
Danilo Bardusco
 
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatecDo Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
Breno Campos
 
Enterprise Scrum - Recife Summer School
Enterprise Scrum - Recife Summer SchoolEnterprise Scrum - Recife Summer School
Enterprise Scrum - Recife Summer School
Danilo Bardusco
 

Mais procurados (20)

Playbook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivasPlaybook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivas
 
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSPConhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
Conhecendo e Criando Novas Retrospectivas | TDCSP
 
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
 
Softdrops - Daily Scrum
Softdrops - Daily ScrumSoftdrops - Daily Scrum
Softdrops - Daily Scrum
 
Developer anarchy
Developer anarchyDeveloper anarchy
Developer anarchy
 
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
O que a gestão pode fazer para te ajudar a realizar o seu melhor trabalho?
 
Scrum Na Globo.Com - Estudo de caso
Scrum Na Globo.Com - Estudo de casoScrum Na Globo.Com - Estudo de caso
Scrum Na Globo.Com - Estudo de caso
 
Traduzindo a produtividade em miúdos
Traduzindo a produtividade em miúdosTraduzindo a produtividade em miúdos
Traduzindo a produtividade em miúdos
 
Scrum - stand up meeting - daily
Scrum - stand up meeting - dailyScrum - stand up meeting - daily
Scrum - stand up meeting - daily
 
Desenvolvimento ágil de software
Desenvolvimento ágil de softwareDesenvolvimento ágil de software
Desenvolvimento ágil de software
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
 
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismoContra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
Contra fatos não há argumentos - Tomando decisões de projetos sem achismo
 
Visão rápida sobre o SCRUM
Visão rápida sobre o SCRUMVisão rápida sobre o SCRUM
Visão rápida sobre o SCRUM
 
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
Métodos Ágeis no Processo de Desenvolvimento de Software - CompSulMS 2016
 
Sprint Lab baseado no Google Design Sprint
Sprint Lab baseado no Google Design SprintSprint Lab baseado no Google Design Sprint
Sprint Lab baseado no Google Design Sprint
 
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATEDScrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
 
os desafios de escalar SCRUM
os desafios de escalar SCRUMos desafios de escalar SCRUM
os desafios de escalar SCRUM
 
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatecDo Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
Do Agil ao agil, como evoluimos processos na plataformatec
 
Enterprise Scrum - Recife Summer School
Enterprise Scrum - Recife Summer SchoolEnterprise Scrum - Recife Summer School
Enterprise Scrum - Recife Summer School
 

Semelhante a Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015

Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Joyce Bastos
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
Breno Campos
 
Treinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptxTreinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptx
Fernando Barbieri
 
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUMCompartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Robson David
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
Igor Macaubas
 
Scrum - seminario
Scrum - seminarioScrum - seminario
Scrum - seminario
renatofabro
 
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEIGerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Danilo Ferreira
 
Scrum Sprint Planning
Scrum Sprint PlanningScrum Sprint Planning
Scrum Sprint Planning
Leandro Alvares da Costa
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
Libia Boss
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
Rafael Rocha
 
A rotina de um Scrum Master
A rotina de um Scrum MasterA rotina de um Scrum Master
A rotina de um Scrum Master
César Augusto Pessôa
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Ari Amaral
 
Scrum
ScrumScrum
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas RetrospectivasTDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
tdc-globalcode
 
Agile testing
Agile testing Agile testing
Colocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em práticaColocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em prática
Aragon Vieira
 
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos ÁgeisCurso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
agileembassy
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
.add
 
Apresentacao scrum
Apresentacao scrumApresentacao scrum
Apresentacao scrum
Uriel Valle
 
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdfAprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
matheusreismota
 

Semelhante a Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015 (20)

Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
 
Treinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptxTreinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptx
 
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUMCompartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Scrum - seminario
Scrum - seminarioScrum - seminario
Scrum - seminario
 
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEIGerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
 
Scrum Sprint Planning
Scrum Sprint PlanningScrum Sprint Planning
Scrum Sprint Planning
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
 
A rotina de um Scrum Master
A rotina de um Scrum MasterA rotina de um Scrum Master
A rotina de um Scrum Master
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas RetrospectivasTDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
 
Agile testing
Agile testing Agile testing
Agile testing
 
Colocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em práticaColocando o Scrum em prática
Colocando o Scrum em prática
 
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos ÁgeisCurso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
 
Apresentacao scrum
Apresentacao scrumApresentacao scrum
Apresentacao scrum
 
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdfAprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
 

Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015

  • 1. Cerimônias sem cerimônias Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily mais objetivas? Rio de Janeiro - 2015
  • 2. Cerimônias sem cerimônias Quem somos nós? Cristina Otto Twitter: @TriseCris LinkedIn: cristinaotto trise.cris@gmail.com  Professora, programadora, gerente de projeto e agilista;  Apaixonada por música, séries e chimarrão;  Praticante do sincericídio e romântica alienada nas horas vagas.  Analista de Qualidade e Scrum Master  Adoro conhecer pessoas e novas culturas  Desafios me motivam  Não dispenso uma boa conversa e uma tigela de açaí Joyce Bastos Twitter: @Joyce_bs LinkedIn: joycebastos joyce.csb@gmail.com https://agilecop.wordpress.com/
  • 3. Agenda  O que e quais são as cerimônias abordadas  Quais são os problemas mais comuns nas cerimônias  Referências  Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra gente  Dinâmica  Apoiadores – Itens que podem ajudar em qualquer cerimônia
  • 4. O que são cerimônias? “São reuniões formais, ou não, que acontecem em momentos distintos da Sprint”. Nessa palestra serão abordadas:  Sprint Planning  Daily Scrum  Sprint Review  Sprint Retrospective
  • 6. Como deixar as cerimônias mais objetivas? Paulo Caroli Ester Lima Jorge Audy Luiz Parzianello
  • 7. O que seria uma cerimônia objetiva? Mas espera um pouco, pra você...
  • 8. Pra você, o que seria uma cerimônia objetiva? Objetivo/Subjetivo ≠ Eficiente/Eficaz
  • 9. Deixar sempre claro o que estamos fazendo e por que. Muitas pessoas participam das cerimônias sem realmente entender o objetivo de cada uma delas.
  • 10. Cerimônias sem cerimônia Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra gente
  • 11. “É uma reunião de planejamento de um ciclo de desenvolvimento de uma Sprint. É realizada no primeiro dia e tem como objetivo sair com as metas da Sprint e o Backlog” Sprint Planning
  • 12. Sprint Planning  PO  Deixar claro para o time o propósito da Sprint  O que iremos alcançar?  Ele diz “O que”  Time de Desenvolvimento  Ele defini o “Como”  Ele quebra em tarefas
  • 13. Sprint Planning  Com a ajuda do Scrum Master, sempre reforçar se os valores entre PO e DEV estão alinhados  Dividir o Planning em duas partes  Planning 1: O PO comunica para o Time de Dev o que fazer  Planning 2: O time de Dev planeja como será desenvolvido  Backlog Refinament  Conhecimento mais amplo das metas que estão por vir  Pré-Game (http://pt.slideshare.net/SimonePittner/pregame-by-canvas)
  • 14. Utilizando técnicas de Pré-Game na Planning 2 1 3 4 5 6 Esforço Valor O PO ordena as US no quadro por ordem de prioridade 1 3 4 O Time ordena as histórias por esforço Agora é só partir da premissa de queremos entregar valor rápido e priorizar seguindo essa ordem.
  • 15. Utilizando técnicas de Pré-Game na Planning Ordem de priorização da Sprint: 2 -> 3 -> 1 -> 4 -> 5 -> 6
  • 16. “É uma reunião curta realizada diariamente pelo Time. Acontece preferencialmente no mesmo local e na mesma hora Proporciona visibilidade ao trabalho realizado, promove comunicação sobre esse trabalho e da visibilidade sobre quais obstáculos atrapalharam desde a última daily” Daily Scrum ou Stand Up
  • 17. Daily Scrum ou Stand Up  Responder as três perguntas básicas:  O que eu fiz ontem?  O que eu fiz hoje?  Tenho algum impedimento?
  • 18. Daily Scrum ou Stand Up
  • 19. • Walk the wall Daily Scrum ou Stand Up
  • 20. • Walk the wall Daily Scrum ou Stand Up
  • 22. “Obter feedback sobre o incremento do Produto desenvolvido no Sprint (inspeção e adaptação do Produto)” Sprint Review Imagens: http://www.portalsac20.com.br/category/comportamento/
  • 23.  Preparar o ambiente de apresentação para o cliente  O feedback é do cliente  Deixar o cliente interagir com o produto Sprint Review
  • 24. O Time precisa se sentir à vontade com o Cliente “Queremos errar mais cedo possível” Sprint Review
  • 25. Como se preparar para receber o cliente? Sprint Review Sprint X – De 03/08 a 07/08 Objetivos: - Objetivo 1 - Objetivo 2 - Objetivo 3 Resultados: - Objetivo 1 - Objetivo 2 - Objetivo 3 Repriorizado – Trocado por item do backlog - Item do backlog
  • 26. E o mais importante: Sprint Review Deixar o cliente usar livremente o produto! Imagem: http://blogdoexpert.com.br/
  • 27. “Em intervalos regulares a equipe reflete sobre como se tornar mais efetiva e ajusta seu comportamento de acordo” Ela não é uma reunião. É mais informal. Sprint Retrospectiva
  • 29. Sprint Retrospectiva O objetivo da retrospectiva é a melhoria contínua do time.
  • 34.  Dinâmicas – Analise como foi o perfil da Sprint e relacione a uma dinâmica • Sprint de entrega de release • Sprint tensa • Sprint de “Começamos um novo projeto” • Sprint de chegada de novos membros • Sprint “Quebra Gelo” Sprint Retrospectiva
  • 38.  Agenda ou Pauta Apoiadores
  • 39.  Acordo do Time Apoiadores
  • 41.  Sempre diga o “Porquê” das coisas estarem acontecendo Apoiadores
  • 42.  E, por último e mais importante, tenha sempre em mente que, não importa os métodos que você use, nada vai funcionar se sua equipe não estiver engajada e motivada.  De todas essas coisas, o mais importante é reconhecer o valor do trabalho em equipe. Ninguém faz nada sozinho! Apoiadores
  • 43. Obrigada! joyce.csb@gmail.com trise.cris@gmail.com Cerimônias sem cerimônias Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily mais objetivas?

Notas do Editor

  1. https://agilecop.wordpress.com/