SlideShare uma empresa Scribd logo
Catástrofes naturais
Tipos de catástrofes naturais?

Inundações, cheias           derrocadas



                     secas
Furacões                 Aluimentos

                 sismos




desertificação            vulcões
O que são catástrofes naturais?

    Catástrofes Naturais são fenómenos realizados
pela Natureza que, frequentemente provocam
enormes destruições materiais e também a perda de
muitas vidas humanas, ainda havendo algumas
destruições que alteram a superfície terrestre.
Fenómenos naturais comuns que podem
   resultar em desastres naturais:

 •   Afundamento e colapso;
 •   Ciclones, furacões ou tufões;
 •   Deslizamento de terra, ou escorregamento;
 •   Endemias;
 •   Epidemias e pandemias;
 •   Fenómenos erosivos extremos;
 •   Erupções vulcânicas;
 •   Incêndios florestais;
 •   Inundações;
 •   Queda de meteoros;
 •   Tempestades de areia, gelo, granizo, raios.
 •   Sismos e tornados;
 •   Tsunamis;
 •   Rajadas violentas de vento.
Consequências das catástrofes naturais?
precipitação abundante num curto intervalo de tempo;
tempestade com origem do mar, acompanhadas de
 chuvas intensas ondas;
derretimento das calates
 de gelo;
 rupturas de barragens;
elevados prejuízos;
 perdas de vidas humanas;
derrocadas ou aluimentos
de terras;
O que é um desastre natural?
     Um desastre natural é uma catástrofe que ocorre
quando um evento físico perigoso (tal como uma erupção
vulcânica, um sismo, um desabamento, um furacão, ou algum
dos outros fenómenos naturais) provoca directamente ou
indirectamente danos extensos à propriedade, faz um grande
número de vítimas. Em áreas onde não há nenhum interesse
humano, os fenómenos naturais não resultam em desastres
naturais.
Acção humana negativa:
   Ocupação dos leitos de cheia – aumenta o risco de
  inundação
   Impermeabilização do solo (áreas urbanas) – impede a
  infiltração
   Desflorestações – aumenta o escoamento
  superficial/destrói solo

Prevenção
   Limpeza e desobstrução dos leitos de inundação.
   Protecção das margens dos rios e a foz com diques para
   impedir a invasão do mar.
    Reflorestação.
   Construção de barragens que retêm água e diminuem os
   riscos de inundação.
Para cada alínea escolhe a resposta correcta




O que é um desastre natural?
  é uma catástrofe que ocorre quando um evento físico perigoso (tal como uma
  erupção vulcânica, um sismo, um desabamento, um furacão, ou algum dos outros
  fenómenos naturais).

 é uma catástrofe da terra que ocorre uma a duas vezes por semana.

 É uma catástrofe natural é um problema resultante do ser humano.
Consequências das catástrofes naturais?
Tempestade com origem do mar, acompanhadas de chuvas intensas e
grandes ondas.

 Limpeza e desobstrução dos leitos de inundação.

 perdas de vidas humanas.
Tipos de catástrofes naturais?

 Sismos, furacões, vulcões e cheias.

 Chuva, neve, granizo, ventos.

 inundações, derrocadas, cheias.
Prevenção para as catástrofes naturais:

 Queimadas, mais poluição.

 Protecção das margens dos rios e da foz com diques para impedir a
  invasão do mar.

 construção de barragens que retêm água e diminuem os riscos de
  inundação.
O que é um desastre
natural?
Consequências das
catástrofes
naturais?
Tipos de catástrofes
naturais?
Prevenção para as
catástrofes naturais
O que é um
desastre natural?
Consequências
das catástrofes
naturais?
Tipos de catástrofes
naturais?
Prevenção para as
catástrofes naturais
Maria Ribeiro 9ºC nrº 13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
UFSM
 
Catastrofes naturais
Catastrofes naturaisCatastrofes naturais
Catastrofes naturais
Francisco Rasteiro
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
soniaweber
 
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
Mayjö .
 
Apontamentos Riscos e Catástrofes
Apontamentos Riscos e CatástrofesApontamentos Riscos e Catástrofes
Apontamentos Riscos e Catástrofes
asgeoprofessoras
 
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
abarros
 
Riscos e catástrofes
Riscos e catástrofesRiscos e catástrofes
Riscos e catástrofes
Pocarolas
 
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
adelinacgomes
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Tânia Reis
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
guestb7c120
 
Deslizamento das vertentes
Deslizamento das vertentesDeslizamento das vertentes
Deslizamento das vertentes
Mayjö .
 
Riscos e Catástrofes
Riscos e CatástrofesRiscos e Catástrofes
Riscos e Catástrofes
Iolanda Machado
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Maria João Carlos
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
B0das
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Rui Basto
 
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes NaturaisPerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
amaltado8a
 
Riscos naturais
Riscos naturaisRiscos naturais
Riscos naturais
Mayjö .
 
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemasPerturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Rita Pereira
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
Ana Castro
 

Mais procurados (20)

Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
 
Catastrofes naturais
Catastrofes naturaisCatastrofes naturais
Catastrofes naturais
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
 
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
Ambiente e sociedade(trabalho de geografia 9ºano)
 
Apontamentos Riscos e Catástrofes
Apontamentos Riscos e CatástrofesApontamentos Riscos e Catástrofes
Apontamentos Riscos e Catástrofes
 
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
 
Riscos e catástrofes
Riscos e catástrofesRiscos e catástrofes
Riscos e catástrofes
 
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
 
Desastres Naturais
Desastres NaturaisDesastres Naturais
Desastres Naturais
 
Deslizamento das vertentes
Deslizamento das vertentesDeslizamento das vertentes
Deslizamento das vertentes
 
Riscos e Catástrofes
Riscos e CatástrofesRiscos e Catástrofes
Riscos e Catástrofes
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes NaturaisPerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
PerturbaçõEs No EquilíBrio Dos Ecossistemas – CatáStrofes Naturais
 
Riscos naturais
Riscos naturaisRiscos naturais
Riscos naturais
 
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemasPerturbações no equilibrio dos ecossistemas
Perturbações no equilibrio dos ecossistemas
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
 

Semelhante a Catastrofes naturais projecto final

Desastres Naturais Marga Helena Hintz Schneider
Desastres Naturais   Marga Helena Hintz SchneiderDesastres Naturais   Marga Helena Hintz Schneider
Desastres Naturais Marga Helena Hintz Schneider
guest241d8b
 
David andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8aDavid andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8a
navegananet
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
filomenacatatua
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
António Morais
 
Catástrofes naturais cristiana
Catástrofes naturais cristianaCatástrofes naturais cristiana
Catástrofes naturais cristiana
protecaocivil
 
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   UcsDesastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Vandriani Botelho
 
09 catastrofes1
09 catastrofes109 catastrofes1
09 catastrofes1
ruiricardobg
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Taniabastos15
 
Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2
Maria João Carlos
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
Carlos Henrique Tavares
 
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
Pelo Siro
 
Riscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturaisRiscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturais
Mónica Mendonça
 
Riscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturaisRiscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturais
Leonardo Alves
 
Catástrofes naturais
Catástrofes  naturaisCatástrofes  naturais
Catástrofes naturais
maria2345
 
Desastres naturais.
Desastres naturais.Desastres naturais.
Desastres naturais.
guesta5f4a7d
 
Desastres Naturais Daiane
Desastres Naturais DaianeDesastres Naturais Daiane
Desastres Naturais Daiane
guestdd32d58
 
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres NaturaisAtuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
Instituto de Pesquisas Ambientais
 
Maria Ivanete Lazzarotto Zanella
Maria Ivanete Lazzarotto ZanellaMaria Ivanete Lazzarotto Zanella
Maria Ivanete Lazzarotto Zanella
Maria Ivanete Lazzarotto Zanella
 
Catastrofes nat
Catastrofes natCatastrofes nat
Catastrofes nat
Catastrofes natCatastrofes nat

Semelhante a Catastrofes naturais projecto final (20)

Desastres Naturais Marga Helena Hintz Schneider
Desastres Naturais   Marga Helena Hintz SchneiderDesastres Naturais   Marga Helena Hintz Schneider
Desastres Naturais Marga Helena Hintz Schneider
 
David andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8aDavid andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8a
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Catástrofes naturais cristiana
Catástrofes naturais cristianaCatástrofes naturais cristiana
Catástrofes naturais cristiana
 
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   UcsDesastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
 
09 catastrofes1
09 catastrofes109 catastrofes1
09 catastrofes1
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
 
Riscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturaisRiscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturais
 
Riscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturaisRiscos e catástrofes naturais
Riscos e catástrofes naturais
 
Catástrofes naturais
Catástrofes  naturaisCatástrofes  naturais
Catástrofes naturais
 
Desastres naturais.
Desastres naturais.Desastres naturais.
Desastres naturais.
 
Desastres Naturais Daiane
Desastres Naturais DaianeDesastres Naturais Daiane
Desastres Naturais Daiane
 
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres NaturaisAtuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
Atuação do Instituto Geológico na Prevenção aos Desastres Naturais
 
Maria Ivanete Lazzarotto Zanella
Maria Ivanete Lazzarotto ZanellaMaria Ivanete Lazzarotto Zanella
Maria Ivanete Lazzarotto Zanella
 
Catastrofes nat
Catastrofes natCatastrofes nat
Catastrofes nat
 
Catastrofes nat
Catastrofes natCatastrofes nat
Catastrofes nat
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 

Catastrofes naturais projecto final

  • 2. Tipos de catástrofes naturais? Inundações, cheias derrocadas secas
  • 3. Furacões Aluimentos sismos desertificação vulcões
  • 4. O que são catástrofes naturais? Catástrofes Naturais são fenómenos realizados pela Natureza que, frequentemente provocam enormes destruições materiais e também a perda de muitas vidas humanas, ainda havendo algumas destruições que alteram a superfície terrestre.
  • 5. Fenómenos naturais comuns que podem resultar em desastres naturais: • Afundamento e colapso; • Ciclones, furacões ou tufões; • Deslizamento de terra, ou escorregamento; • Endemias; • Epidemias e pandemias; • Fenómenos erosivos extremos; • Erupções vulcânicas; • Incêndios florestais; • Inundações; • Queda de meteoros; • Tempestades de areia, gelo, granizo, raios. • Sismos e tornados; • Tsunamis; • Rajadas violentas de vento.
  • 6. Consequências das catástrofes naturais? precipitação abundante num curto intervalo de tempo; tempestade com origem do mar, acompanhadas de chuvas intensas ondas; derretimento das calates de gelo;  rupturas de barragens; elevados prejuízos;  perdas de vidas humanas; derrocadas ou aluimentos de terras;
  • 7. O que é um desastre natural? Um desastre natural é uma catástrofe que ocorre quando um evento físico perigoso (tal como uma erupção vulcânica, um sismo, um desabamento, um furacão, ou algum dos outros fenómenos naturais) provoca directamente ou indirectamente danos extensos à propriedade, faz um grande número de vítimas. Em áreas onde não há nenhum interesse humano, os fenómenos naturais não resultam em desastres naturais.
  • 8. Acção humana negativa:  Ocupação dos leitos de cheia – aumenta o risco de inundação  Impermeabilização do solo (áreas urbanas) – impede a infiltração  Desflorestações – aumenta o escoamento superficial/destrói solo Prevenção  Limpeza e desobstrução dos leitos de inundação.  Protecção das margens dos rios e a foz com diques para impedir a invasão do mar.  Reflorestação.  Construção de barragens que retêm água e diminuem os riscos de inundação.
  • 9. Para cada alínea escolhe a resposta correcta O que é um desastre natural?  é uma catástrofe que ocorre quando um evento físico perigoso (tal como uma erupção vulcânica, um sismo, um desabamento, um furacão, ou algum dos outros fenómenos naturais).  é uma catástrofe da terra que ocorre uma a duas vezes por semana.  É uma catástrofe natural é um problema resultante do ser humano.
  • 10. Consequências das catástrofes naturais? Tempestade com origem do mar, acompanhadas de chuvas intensas e grandes ondas.  Limpeza e desobstrução dos leitos de inundação.  perdas de vidas humanas.
  • 11. Tipos de catástrofes naturais?  Sismos, furacões, vulcões e cheias.  Chuva, neve, granizo, ventos.  inundações, derrocadas, cheias.
  • 12. Prevenção para as catástrofes naturais:  Queimadas, mais poluição.  Protecção das margens dos rios e da foz com diques para impedir a invasão do mar.  construção de barragens que retêm água e diminuem os riscos de inundação.
  • 13. O que é um desastre natural?
  • 17. O que é um desastre natural?