SlideShare uma empresa Scribd logo
A esmola, algumas vezes é útil, porque alivia os pobres. Mas é quase sempre
humilhante, tanto para quem dá, quanto para quem recebe. A caridade, pelo
contrário, liga o benfeitor ao beneficiado. Caridade é amor em movimento
incessante e crescente.
Na questão 893 de O Livro dos Espíritos, Kardec indaga qual a mais meritória
das virtudes, obtendo dos Espíritos a resposta de que é a caridade
desinteressada. Mas o que é caridade segundo a Doutrina Espírita? Para
facilitar a compreensão, podemos dividi-la em caridade material e caridade
moral. A caridade material compreende aquilo que tem manifestação no
mundo físico, devendo ser exercida com desprendimento e amor, sem
humilhar quem recebe. Já a esmola, algumas vezes é útil, mas quase sempre é
humilhante para quem recebe.
A caridade, pelo contrário, liga o benfeitor ao beneficiado. O amor se
manifesta na maneira como se dá, não incluindo os que doam algo apenas para
se verem livres de quem pede ou para aliviar a consciência, mas sim a atitude
realizada com real vontade de auxiliar. Já o desinteresse consiste em não
esperar reconhecimento, gratidão ou retorno de qualquer espécie pela ação
realizada, consoante a frase: “que a mão esquerda não saiba o que dá a mão
direita”.
A caridade moral, como a entendia Jesus, é elucidada na questão 886 de O
Livro dos Espíritos, como sendo benevolência (boa vontade) para com todos,
indulgência (tolerância) para com as imperfeições alheias e perdão das
ofensas. Esse conceito de caridade reúne todos os deveres do ser humano para
com seu próximo, podendo ser exercitada através de três situações, a saber:
Avaliando o próximo com indulgência; agir com meu próximo com
benevolência; receber toda ação do próximo com perdão.
A caridade moral pode ser: Verbal (palavras que consolam, esclarecem e
edificam; prece que aproxima de Deus; silêncio ou suavidade no falar). Mental
(ondas mentais sob a forma de perdão; prece, emitida em favor de encarnados
e desencarnados). Gestual (afago fraterno, abraço, aperto de mão, sorriso).
Passiva (silêncio diante de uma ofensa, atenção perante um desabafo).
Mediúnica (amparo a encarnados e desencarnados através da faculdade
mediúnica).
Assim, sempre há condições e oportunidades para o exercício da caridade,
pois não há quem não possa doar algo, dedicar atenção a um irmão, vibrar
positivamente por alguém; cada indivíduo, porém, procura e encontra meios
de realizar o bem de acordo com a sua evolução espiritual.
Mas, à medida que compreende que fora da caridade não há salvação
(evolução), o Espírito esforça-se por praticá-la em suas diversas
manifestações, eliminando assim, gradualmente, o orgulho e o egoísmo, na
exata proporção que se eleva a Deus. “Amemo-nos uns aos outros e façamos
aos outros o que quereríamos que nos fosse feito”.
Toda religião, toda moral se encerram nestes dois preceitos, não haveria ódio,
nem ressentimentos”. (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XIII, item
9).
O importante é que façamos a caridade, seja ela material ou moral, mas
façamos a caridade, pois, à medida que plantamos a alegria de viver nos
corações que nos cercam, a Providência Divina, que tudo sabe e vê, agirá de
forma a improvisar a nossa ventura. Francisco de Assis, há mais de um
milênio, já nos informou “que é dando que se recebe”.
Precisamos viver pensando sim em nós, mas sem esquecer os outros, uma vez
que ninguém consegue ser feliz sozinho. Sejamos, então, caridosos.
A prece de Cáritas foi psicografada na noite de Natal, 25 de dezembro, do ano
de 1873, ditada pela suave Cáritas, de quem são, ainda, as comunicações:
"Como servir a religião espiritual“ e "A esmola espiritual".
Prece
Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa
pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do
homem a compaixão e a caridade!
Deus, Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.
Pai, daí ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, e
ao órfão o pai. Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que
criastes. Piedade, Senhor, para aquele que vos não conhece, esperança para
aquele que sofre. Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores
derramarem por toda a parte, a paz, a esperança, a fé. Deus! Um raio, uma
faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nos beber nas fontes dessa
bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se
acalmarão. E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito
de reconhecimento e de amor. Como Moisés sobre a montanha, nós Vos
esperamos com os braços abertos, oh Poder!, oh Bondade!, oh Beleza!, oh
Perfeição!, e queremos de alguma sorte merecer a Vossa Divina Misericórdia.
Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai-
nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de
nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina Imagem.
Que assim Seja.
Muita Paz!
Meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br
Com estudos comentados de O Livro dos Espíritos e de O Evangelho Segundo
o Espiritismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jesus E A Caridade
Jesus E A CaridadeJesus E A Caridade
Jesus E A Caridade
meebpeixotinho
 
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
CH Notícias - Casa dos Humildes - Recife
 
Moral cristã e caridade
Moral cristã e caridadeMoral cristã e caridade
Moral cristã e caridade
Marcel Jefferson Gonçalves
 
O Dia da Caridade
O Dia da CaridadeO Dia da Caridade
O Dia da Caridade
Helio Cruz
 
Conduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da CaridadeConduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da Caridade
igmateus
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Evangeliza - Jesus
Evangeliza - JesusEvangeliza - Jesus
Evangeliza - Jesus
Antonino Silva
 
Desenvolver a caridade
Desenvolver a caridadeDesenvolver a caridade
Desenvolver a caridade
Helio Cruz
 
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Patricia Farias
 
1-Posto de Assistência Espirita.
1-Posto de Assistência Espirita.1-Posto de Assistência Espirita.
1-Posto de Assistência Espirita.
ThiagoPereiraSantos2
 
O dia da caridade
O dia da caridadeO dia da caridade
O dia da caridade
Helio Cruz
 
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
Rodrigo Spinosa
 
( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
( Espiritismo)   # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao( Espiritismo)   # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A prece e o pensamento construtivo
A prece e o pensamento construtivoA prece e o pensamento construtivo
A prece e o pensamento construtivo
Izabel Cristina Fonseca
 
O homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventurançasO homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventuranças
Helio Cruz
 
Roteiro 2 a prece = importância, eficácia e ação
Roteiro 2   a prece = importância, eficácia e açãoRoteiro 2   a prece = importância, eficácia e ação
Roteiro 2 a prece = importância, eficácia e ação
Bruno Cechinel Filho
 
Palestra Espirita - Prece
Palestra Espirita - PrecePalestra Espirita - Prece
Palestra Espirita - Prece
manumino
 
Aula sobre prece
Aula sobre preceAula sobre prece
Aula sobre prece
Hugo Torres
 
Roteiro 3 evangelho no lar
Roteiro 3   evangelho no larRoteiro 3   evangelho no lar
Roteiro 3 evangelho no lar
Bruno Cechinel Filho
 
O homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventurançasO homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventuranças
Helio Cruz
 

Mais procurados (20)

Jesus E A Caridade
Jesus E A CaridadeJesus E A Caridade
Jesus E A Caridade
 
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
Edição n. 67 do CH Noticias - Janeiro/2021
 
Moral cristã e caridade
Moral cristã e caridadeMoral cristã e caridade
Moral cristã e caridade
 
O Dia da Caridade
O Dia da CaridadeO Dia da Caridade
O Dia da Caridade
 
Conduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da CaridadeConduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da Caridade
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Evangeliza - Jesus
Evangeliza - JesusEvangeliza - Jesus
Evangeliza - Jesus
 
Desenvolver a caridade
Desenvolver a caridadeDesenvolver a caridade
Desenvolver a caridade
 
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
 
1-Posto de Assistência Espirita.
1-Posto de Assistência Espirita.1-Posto de Assistência Espirita.
1-Posto de Assistência Espirita.
 
O dia da caridade
O dia da caridadeO dia da caridade
O dia da caridade
 
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
Palestra Fora da Caridade não Há Salvação
 
( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
( Espiritismo)   # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao( Espiritismo)   # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao
 
A prece e o pensamento construtivo
A prece e o pensamento construtivoA prece e o pensamento construtivo
A prece e o pensamento construtivo
 
O homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventurançasO homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventuranças
 
Roteiro 2 a prece = importância, eficácia e ação
Roteiro 2   a prece = importância, eficácia e açãoRoteiro 2   a prece = importância, eficácia e ação
Roteiro 2 a prece = importância, eficácia e ação
 
Palestra Espirita - Prece
Palestra Espirita - PrecePalestra Espirita - Prece
Palestra Espirita - Prece
 
Aula sobre prece
Aula sobre preceAula sobre prece
Aula sobre prece
 
Roteiro 3 evangelho no lar
Roteiro 3   evangelho no larRoteiro 3   evangelho no lar
Roteiro 3 evangelho no lar
 
O homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventurançasO homem e as bem aventuranças
O homem e as bem aventuranças
 

Destaque

Aborto
Aborto Aborto
Aborto
Victor Passos
 
A caridade pelos olhos do espírito
A caridade pelos olhos do espíritoA caridade pelos olhos do espírito
A caridade pelos olhos do espírito
Helio Cruz
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
Helio Cruz
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
Amanda Figueirêdo
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
Leonardo Pereira
 
Palestra sobre aborto
Palestra sobre abortoPalestra sobre aborto
Palestra sobre aborto
Caio Marcus
 
Aborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legaisAborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legais
Maria Stella
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Idéias Luz
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Adão Salles
 
Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
Sergio Lima Dias Junior
 
Apresentação aborto
Apresentação abortoApresentação aborto
Apresentação aborto
luciana
 

Destaque (11)

Aborto
Aborto Aborto
Aborto
 
A caridade pelos olhos do espírito
A caridade pelos olhos do espíritoA caridade pelos olhos do espírito
A caridade pelos olhos do espírito
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
 
Palestra sobre aborto
Palestra sobre abortoPalestra sobre aborto
Palestra sobre aborto
 
Aborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legaisAborto: questões éticas e legais
Aborto: questões éticas e legais
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
 
Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
 
Apresentação aborto
Apresentação abortoApresentação aborto
Apresentação aborto
 

Semelhante a Caridade um reflexo de amor

O dia da caridade
O dia da caridadeO dia da caridade
O dia da caridade
Helio Cruz
 
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvaçãoEvangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
Antonino Silva
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
Eduardo Manoel Araujo
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
Luciane Belchior
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Renato Arabe Saraiva
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridade
Helio Cruz
 
Decepções
DecepçõesDecepções
Decepções
Dalila Melo
 
Estudos do evangelho " Fé e caridade"
Estudos do evangelho " Fé e caridade"Estudos do evangelho " Fé e caridade"
Estudos do evangelho " Fé e caridade"
Leonardo Pereira
 
Reconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversáriosReconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversários
Marcelo Bomfim de Aguiar
 
A razão da dor
A razão da dorA razão da dor
A razão da dor
Helio Cruz
 
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina EspíritaFormas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
Francisco de Assis Alencar
 
Spinoza
Spinoza Spinoza
Spinoza
grupodepais
 
Emprego da riqueza
Emprego da riquezaEmprego da riqueza
Emprego da riqueza
Kclitiacadente
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
Vanesa Silva
 
QVCC 06 - o dom espiritual de misericórdia
QVCC   06 - o dom espiritual de misericórdiaQVCC   06 - o dom espiritual de misericórdia
QVCC 06 - o dom espiritual de misericórdia
Cleudson Corrêa
 
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
Fatima Carvalho
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
FilipeDuartedeBem
 
42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces
Antonio SSantos
 

Semelhante a Caridade um reflexo de amor (20)

O dia da caridade
O dia da caridadeO dia da caridade
O dia da caridade
 
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvaçãoEvangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridade
 
Decepções
DecepçõesDecepções
Decepções
 
Estudos do evangelho " Fé e caridade"
Estudos do evangelho " Fé e caridade"Estudos do evangelho " Fé e caridade"
Estudos do evangelho " Fé e caridade"
 
Reconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversáriosReconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversários
 
A razão da dor
A razão da dorA razão da dor
A razão da dor
 
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina EspíritaFormas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
 
Spinoza
Spinoza Spinoza
Spinoza
 
Emprego da riqueza
Emprego da riquezaEmprego da riqueza
Emprego da riqueza
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
Diamica dons espirito
 
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
 
QVCC 06 - o dom espiritual de misericórdia
QVCC   06 - o dom espiritual de misericórdiaQVCC   06 - o dom espiritual de misericórdia
QVCC 06 - o dom espiritual de misericórdia
 
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
 
42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces
 

Mais de Helio Cruz

O pior inimigo
O pior inimigoO pior inimigo
O pior inimigo
Helio Cruz
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
Helio Cruz
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueire
Helio Cruz
 
O credor incompassivo
O credor incompassivoO credor incompassivo
O credor incompassivo
Helio Cruz
 
O poder das palavras
O poder das palavrasO poder das palavras
O poder das palavras
Helio Cruz
 
Pedir e obter
Pedir e obterPedir e obter
Pedir e obter
Helio Cruz
 
A virtude os superiores e os inferiores
A virtude   os superiores e os inferioresA virtude   os superiores e os inferiores
A virtude os superiores e os inferiores
Helio Cruz
 
O peso da luz
O peso da luzO peso da luz
O peso da luz
Helio Cruz
 
Universidade de amor
Universidade de amorUniversidade de amor
Universidade de amor
Helio Cruz
 
A parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualA parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritual
Helio Cruz
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
Helio Cruz
 
O dom esquecido
O dom esquecidoO dom esquecido
O dom esquecido
Helio Cruz
 
Marta e maria
Marta e mariaMarta e maria
Marta e maria
Helio Cruz
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
Helio Cruz
 
Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
Helio Cruz
 
O Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoO Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do Espiritismo
Helio Cruz
 
A quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoA quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismo
Helio Cruz
 
Os nossos julgamentos
Os nossos julgamentosOs nossos julgamentos
Os nossos julgamentos
Helio Cruz
 
Sal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoSal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundo
Helio Cruz
 
Realismo no novo ano
Realismo no novo anoRealismo no novo ano
Realismo no novo ano
Helio Cruz
 

Mais de Helio Cruz (20)

O pior inimigo
O pior inimigoO pior inimigo
O pior inimigo
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueire
 
O credor incompassivo
O credor incompassivoO credor incompassivo
O credor incompassivo
 
O poder das palavras
O poder das palavrasO poder das palavras
O poder das palavras
 
Pedir e obter
Pedir e obterPedir e obter
Pedir e obter
 
A virtude os superiores e os inferiores
A virtude   os superiores e os inferioresA virtude   os superiores e os inferiores
A virtude os superiores e os inferiores
 
O peso da luz
O peso da luzO peso da luz
O peso da luz
 
Universidade de amor
Universidade de amorUniversidade de amor
Universidade de amor
 
A parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualA parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritual
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
 
O dom esquecido
O dom esquecidoO dom esquecido
O dom esquecido
 
Marta e maria
Marta e mariaMarta e maria
Marta e maria
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
 
Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
 
O Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoO Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do Espiritismo
 
A quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoA quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismo
 
Os nossos julgamentos
Os nossos julgamentosOs nossos julgamentos
Os nossos julgamentos
 
Sal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoSal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundo
 
Realismo no novo ano
Realismo no novo anoRealismo no novo ano
Realismo no novo ano
 

Último

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (16)

Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 

Caridade um reflexo de amor

  • 1.
  • 2. A esmola, algumas vezes é útil, porque alivia os pobres. Mas é quase sempre humilhante, tanto para quem dá, quanto para quem recebe. A caridade, pelo contrário, liga o benfeitor ao beneficiado. Caridade é amor em movimento incessante e crescente. Na questão 893 de O Livro dos Espíritos, Kardec indaga qual a mais meritória das virtudes, obtendo dos Espíritos a resposta de que é a caridade desinteressada. Mas o que é caridade segundo a Doutrina Espírita? Para facilitar a compreensão, podemos dividi-la em caridade material e caridade moral. A caridade material compreende aquilo que tem manifestação no mundo físico, devendo ser exercida com desprendimento e amor, sem humilhar quem recebe. Já a esmola, algumas vezes é útil, mas quase sempre é humilhante para quem recebe.
  • 3. A caridade, pelo contrário, liga o benfeitor ao beneficiado. O amor se manifesta na maneira como se dá, não incluindo os que doam algo apenas para se verem livres de quem pede ou para aliviar a consciência, mas sim a atitude realizada com real vontade de auxiliar. Já o desinteresse consiste em não esperar reconhecimento, gratidão ou retorno de qualquer espécie pela ação realizada, consoante a frase: “que a mão esquerda não saiba o que dá a mão direita”. A caridade moral, como a entendia Jesus, é elucidada na questão 886 de O Livro dos Espíritos, como sendo benevolência (boa vontade) para com todos, indulgência (tolerância) para com as imperfeições alheias e perdão das ofensas. Esse conceito de caridade reúne todos os deveres do ser humano para com seu próximo, podendo ser exercitada através de três situações, a saber:
  • 4. Avaliando o próximo com indulgência; agir com meu próximo com benevolência; receber toda ação do próximo com perdão. A caridade moral pode ser: Verbal (palavras que consolam, esclarecem e edificam; prece que aproxima de Deus; silêncio ou suavidade no falar). Mental (ondas mentais sob a forma de perdão; prece, emitida em favor de encarnados e desencarnados). Gestual (afago fraterno, abraço, aperto de mão, sorriso). Passiva (silêncio diante de uma ofensa, atenção perante um desabafo). Mediúnica (amparo a encarnados e desencarnados através da faculdade mediúnica).
  • 5. Assim, sempre há condições e oportunidades para o exercício da caridade, pois não há quem não possa doar algo, dedicar atenção a um irmão, vibrar positivamente por alguém; cada indivíduo, porém, procura e encontra meios de realizar o bem de acordo com a sua evolução espiritual. Mas, à medida que compreende que fora da caridade não há salvação (evolução), o Espírito esforça-se por praticá-la em suas diversas manifestações, eliminando assim, gradualmente, o orgulho e o egoísmo, na exata proporção que se eleva a Deus. “Amemo-nos uns aos outros e façamos aos outros o que quereríamos que nos fosse feito”.
  • 6. Toda religião, toda moral se encerram nestes dois preceitos, não haveria ódio, nem ressentimentos”. (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XIII, item 9). O importante é que façamos a caridade, seja ela material ou moral, mas façamos a caridade, pois, à medida que plantamos a alegria de viver nos corações que nos cercam, a Providência Divina, que tudo sabe e vê, agirá de forma a improvisar a nossa ventura. Francisco de Assis, há mais de um milênio, já nos informou “que é dando que se recebe”. Precisamos viver pensando sim em nós, mas sem esquecer os outros, uma vez que ninguém consegue ser feliz sozinho. Sejamos, então, caridosos.
  • 7. A prece de Cáritas foi psicografada na noite de Natal, 25 de dezembro, do ano de 1873, ditada pela suave Cáritas, de quem são, ainda, as comunicações: "Como servir a religião espiritual“ e "A esmola espiritual". Prece Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do homem a compaixão e a caridade! Deus, Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.
  • 8. Pai, daí ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, e ao órfão o pai. Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que criastes. Piedade, Senhor, para aquele que vos não conhece, esperança para aquele que sofre. Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda a parte, a paz, a esperança, a fé. Deus! Um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão. E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor. Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh Poder!, oh Bondade!, oh Beleza!, oh Perfeição!, e queremos de alguma sorte merecer a Vossa Divina Misericórdia.
  • 9. Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai- nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina Imagem. Que assim Seja. Muita Paz! Meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br Com estudos comentados de O Livro dos Espíritos e de O Evangelho Segundo o Espiritismo.