SlideShare uma empresa Scribd logo
Professoras:
       5ª A – Cristina Mello
     5ª B – Simone Drumond
       5ª C –Nayana Bouth

Adaptado do projeto da professora: Jaqueline Maria de Souza Dias
O Objetivo geral deste projeto é familiarizar os
  alunos do 5º Ano A,B,C com a diversidade de
  textos contidos em nossos material pedagógico,
para desenvolver a competência na leitura e escrita
    de diversos tipos de textos e uma postura de
 pesquisadores, que sabem ir atrás do que querem
                        saber.

       Ao trabalhar com textos impressos na camisa
que foram a lembrança do Dia dos Pais, procuramos
   tornar mais próxima o contato     leitor-leitura e
mostrar para os educandos que no dia-a-dia também
encontramos muitas formas de escrita impressas em
     cartazes, placas de veículos, nomes de ruas,
catálogos, etc... e que é muito importante saber ler e
  interpretar tudo o que vemos à nossa frente para
             compreendermos melhor o
                 mundo que nos cerca.
JUSTIFICATIVA

          Segundo os PCNs e nossos livros da Rede
   Salesiana de Escolas. "É mais significativo, produtivo e
   eficaz aprender a ler e escrever por meio de textos.“ E
   nos educadoras do 5º ano A,B,C procuramos nos valer
   ao máximo da diversidade de texto contidos em nossos
   livros. Fizemos com que a língua escrita ocupasse lugar
   de destaque em sala de aula e se tornasse algo
   interessante e desafiador para os alunos.

        A idéia de imprimir textos construídos por nossos
   alunos, nas camisas que seriam a lembrança dos pais,
   nos pareceu uma excelente idéia, principalmente,
   porque com esse recurso, os textos estariam sempre
   expostos e serviriam como referencial e suporte para a
   leitura e as produções das fabulas dos alunos. Afinal, “a
   reflexão é condição de aprendizagem da língua é
   essencial”
Para formar leitores competentes
é preciso fazê-los interagir com a diversidade de
   textos escritos, testemunhar o uso que os já
    leitores antigos fazem deles e participar de
      atos de leitura de fato num trabalho de
          linguagem onde o texto é a base.
                      (PCNs).

Observando esta necessidade é que realizamos o
                projeto: “Camisas
para ler e aprender”, juntamente com o Projeto
      Fábulas do Livro de Língua Portuguesa.
ETAPAS DO PROJETO

          A partir do contexto do Filme - Passe Adiante, iniciamos com
   a dinâmica de leitura “Passe adiante”, onde os alunos dos 5º anos
   A,B,C - recebiam diariamente livros de contos para lerem e passarem
   adiante no dia seguinte. A reação dos alunos foi muito boa, pois
   assumiram fielmente a dinâmica diária.

          Pesquisa de fábulas preferidas pelos alunos em livros,
   internet e biblioteca da escola.

             Recorte , colagem e ilustrações dos textos produzidos;

             Depois de impressos os textos nas camisas propomos em
   classe:
          Leitura e exploração dos textos;
          Concursos de leitura;
          Produção de textos sobre os temas impressos nas camisas;
          Confecção de fichas de leitura com os textos que
   transformou-se no livro de Fábulas do 5º Ano A, B, C.

          Na missa do Dia do Pais, os alunos junto a seus pais, fizeram
   exposição de suas obras escritas e ilustradas nas camisas.
AVALIAÇÃO DO PROJETO

        As atividades diversificadas,
   envolvendo a leitura e a interação
 entre os alunos, foi possível, também,
    estimular a autoconfiança nelas
              mesmas.
Nossos educandos puderam evidenciar
  suas potencialidades latentes como
  protagonistas de grandes produções
                escritas.
Sabemos que quem lê muito, escreve melhor.
     Com este projeto nossos alunos tiveram
             oportunidade de interagir com
a diversidade de textos, despertando o gosto pela
        leitura e ampliar gradativamente, suas
       potencialidades, quanto a escrita, que se
                        tornou
              mais coerente e criativa.
    Com esta experiência conseguimos atrair a
                  atenção e o interesse
  dos alunos pelos textos,pois nossos educandos
       Salesianos sentiram-se parte importante
nesse processo, visto que as leituras partiam deles,
                     cada aluno era
  responsável por determinado assunto (texto).
Projeto Fábulas

          Os três animais que brigavam

     Era uma vez, três   animais que    eram: dois
cachorros e uma gatinha, os três animais não se
davam bem, eles brigavam toda hora por causa de
comida e lugar para dormir.
     O dono deles não agüentava mais porque ele
estava muito doente, ele só´ vivia bebendo no bar
quando ele chegava os animais estavam brigando,
cheios de sangue, e o dono teve que cuidar de
todos.
     Um dia a gatinha sumiu, todo mundo procurou
por   ela e     ninguém  achou ,dois   dias depois
encontraram ela morta no meio da rua, então o
dono levou os dois cachorros para uma casa cheio
de animais para cuidar e o dono nem quis saber
deles e ele ficou morando sozinho.




MORAL: quem seu amigo quiser conversar; com ele   não há   de negociar.




           Amanda – 5ª A
Projeto Fábulas
                  O LEÃO E A ZEBRA
    Era uma vez um leão , ele estava indo caçar, der
repente ele avistou uma zebra e foi logo avançando .
    E a zebra disse:
    - Porque você vai me comer ? Tem tantos animais
nesta floresta .
    E o leão respondeu :
    - Porque eu estou andando pela essa floresta já faz
um bom tempo e já estou faminto .
    E a zebra respondeu :
    -Anda mais um pouquinho , porque se você me
comer vai fica com dor de barriga por um mês
    -Esta bem disse o leão, eu gostei muito de você, vou
te deixar vivo
    Em quanto o pobre leão andava pela a floresta ,
morto de fome, a zebra estava falando para todos que o
leão estava com fome

   Moral: não pode acredita em ninguém que você
não conhece.
                                  Anne Beatriz – 5ª A
O LEÃO O TOURO E O GUAVIÃO


       O leão e o touro estavam com
muita    fome.    Os    dois   estavam
procurando comida pela floresta. O
leão e o touro correram para pegar um
pedaço de carne para matar a fome.
       O leão disse: - A carne é minha,
O touro disse: - Não é minha, se nos
pegamos juntos então vamos lutar.
      O leão concordou. Enquanto o
leão e o touro brigavam, Um gavião
que passava pegou e foi embora.


 MORAL: Não resolva nada brigando

                              Davi – 5ª A
O gato e o rato

       Era uma vez, um gato que morava em uma linda mansão com sua dona,
na cidade grande.
       Um belo dia, a sua dona (Ezequiel) foi passear, com o seu gato, e pelo
caminho resolveu parar em uma loja que vendia animais.Ela olhou,olhou, olhou
e já estava entediada, pois não via nenhum animal que gostasse.Mas continuou
olhando...

       No final da loja, o ultimo animalzinho, da última fileira era um rato!O
gato se assustou, pois Ezequiel escolheu ele mesmo! Ela disse:-Oh!Esse aqui é
perfeito! Enquanto ela foi ao caixa, pagar pelo animalzinho, o gato fez uma cara




de malvado para o pobre ratinho...               O ratinho ficou com muito
medo, mas se sentiu melhor quando Ezequiel chegou lá. Foram para casa e




Ezequiel foi trabalhar!                  Quando ela saiu, o gato tentou matar o
rato, então correram por toda cidade, até que chegaram a um penhasco, e o gato
quase caiu lá. O rato o salvou, e assim o gato aprendeu que a amizade é muito
importante.




      MORAL: A amizade vale mais do que ouro.




                                                              Lygia – 5ª A
A cachorrinha vivi

    A vivi tinha uma vida de cinema ela era muito
especial para seus donos, depois ela conheceu uma
cadela, muito pobre e seus donos não gostava que ela
brincasse com cachorros da rua, aí seus donos
desprezaram ela, ela foi mora na rua com sua amiga
lese amizade era muito leal,e nunca seria destruída.
    -Vivi nossa amizade nunca será destruída vivi disse
tomara.
    Ai um dia essa amizade foi destruída por causa de
um cadela que tinha inveja de sua amizade, porque era
bonita, carinhosa e feliz, aí passou 1 mês,ela descobrirão
que sua amizade foi destruída pela inveja,elas
começaram a si falar,aí          passou 3 meses, começou
sua amizade como ela era antes vivi respondeu:eu estava
morrendo de saudades de você ,vamos facear             lese
respondeu vamos vivi lese disse: - nossa amizade nunca
mais será destruída .
    Lese respondeu: não vamos mais deixa ninguém
destruí nossa amizade...moral:uma amizade leal e
verdadeira




                                      Nicolly – 5ª A
Os cachorros
               Sara – 5ª A
     • Era uma vez,um
     homem,esse homem
           havia vários
      cachorros,pois eram
      cinco cachorros eles
        se chamava,Beto,
      Bete, Carla,bolinha e
      Cida,o Beto e a Bete
         tinham sumido
              então
      Carla,bolinha,e Cida
       foram procura Cida
         então chamou;
• - Beto,cadê você – Bete, cadê você
  pois,nesse dia eles não encontraram o
   Beto e a Bete.eles voltaram pra casa
                   triste
• Pensando em seus amigos. No outro
                    dia
 • Eles foram atrás de novo de Beto e
                   Cida.
  • Então Carla,bolinha,e Cida ,então
    encontraram Bete e Beto em uma
                  casinha
   • Eles foram felizes para sempre
               • Moral:
     • Nunca é bom fugir de casa.
                                     Sara – 5ª A
O leão e o filhote de zebra

     Em um belo dia a mãe zebra,estava passeando com seu
filhote pela floresta,e aí o seu filhote falou:
     -Mamãe eu posso passear pela floresta sozinho pra ver como
ela é? Sua mãe respondeu:
     -Tudo bem mais não vai muito longe.

     Então o filhote foi passear na floresta sozinho,e o filhote
encontrou um leão ensinando o seu filhote a caça,então o leão viu
o filhote de zebra, e mandou seu filho devora-lo e seu filho falou:
     -Mais papai eu não posso fazer isso, e seu pai falou:
     -Porque não meu filho,e ele respondeu :
     -Papai isso seria uma covardia,porque ele não está fazendo
nada com agente,e também ele está sozinho sem sua mãe.E o pai
do leão respondeu:
     - Mas essa e a nossa natureza,e seu filho respondeu:
     -E além do mais nós podemos precisar dele,e seu pai
perguntou:
     -Mas como assim precisar dele?,e o seu filhote e o seu filhote
de leão percebendo que havia um caçador vindo e falou:
     -Como agora papai tem um caçador vindo,e o filhote pode
nos ajudar chamando a sua mãe,pedindo ajuda e então nós
podemos afasta esse caçador daqui,não e verdade que podíamos
precisar dele.
     E então foi assim que eles espantaram o caçador e todos
viraram amigos, e pai do leão percebeu que eles podiam precisar
do seu próprio alimento,não para comer mais para salva-lo da
mote.

                 MORAL: Sempre precisamos uns dos outros

                                                      Andressa – 5ª A
A fera encantada


   Num belo dia numa floresta encantada o coelho seguiu em
direção a casa da fera
   Que escondia a bela adormecida ,e assim que o coelho o viu
falou ,que o príncipe
   Ficaria sabendo disso ,mas o que o coelho não sabia era que
a fera era o próprio
   Príncipe envenenado pela bruxa ,o coelho se assustou ,então
foi por isso que a bela
   Não chamou por ajuda!
   E a bela falou ;não fale pra ninguém estou procurando uma
ajuda ,uma cura para a fera
   Se tornar o que ele é realmente ,para nos casarmos “E
VIVEMOS FELIZES PARA SEMPRE”
   Mas não dá ,não encontramos a cura !
   Quando menos esperar o coelho encontra a cura para eles ,e
assim a fera virou o príncipe e eles !



                   Viveram felizes para




                     SEMPRE!!!!!!!!!!!!!!



                                            Bruna – 5ª A
O sonho realizado
• Era uma vez um
  homem que não
  tinha nada,ele
  comia coisa do lixo,
  morava numa casa
  de papelão e toda
  vez que chovia ele
  chorava, chorava e
  chorava.Esse
  homem tinha um
  cachorro,mas ele só
  tinha amigos ricos.

                         Eduardo – 5ª A
• O sonho dele e de
  seu dono era ficar
 rico,até que um dia
       o cachorro
    engravidou uma
      cadela e essa
   cadela tinha uma
 dona rica.Certo dia
   a dona da cadela
   achou estranho o
  comportamento de
 sua cadela Yasmin.


                       Eduardo – 5ª A
Um mês depois,Yasmin saiu de casa escondida
  e sua dona a seguiu,o mesmo aconteceu com
        Max (cachorro)seu dono o seguiu.
 Quando chegaram os dois juntos,os donos se
   olharam e viram o antigo casal de infância
      Dodi (dono) e flora (dona)então Dodi
   falou:-É você Flora,Faz tanto tempo que
  nós não nós vimos.Toda noite olhava nossa
      foto juntos e sentia tanta, mas tanta
                saudade de você.
          Flora respondeu:-Dodi é você
       mesmo,esperava esse dia por tantos
             anos,meu primeiro amor.

                              Eduardo – 5ª A
• Max e Yasmin
  ouvindo a conversa dos
  donos falaram juntos:-
    deve ser nossa vez de
            falar
  • -Eu acho que sim
 • -Então ta tudo bem
        com os bebês.
• -Ta bem com migo mas
     com eles eu não sei.
 • Ei,Yasmin eu nunca
  pensei que iria realizar
   esse sonho de namorar
    com uma cadela rica.

                             Eduardo – 5ª A
• -Então isso me considera rico.
• -Eu acho que sim...
• Dodi:-Quero realizar meu maior sonho,
  que nunca realizei, casar com você,então
  você aceita.
• -Claro mas cadê o anel.
• -eu arrumo um emprego e eu compro o
  anel.
• Então Dodi e Max:-O sonho realizado.
• -Um sonho bem realizado,e viveram
  felizes para sempre.
• Yasmin e Max tiveram seus filhotes e
  Flora e Dodi casaram tiveram seus filhos
  e continuaram suas vidas.
                          Eduardo – 5ª A
A família country

                        Era um a ve z, a famí lia co u ntr y, nel a e xi stem 3 an imai s :
           O ca va lo , o b oi, e o t ou ro , ele s pa rtici pam de um to rne io co un tr y, q ue
ac ont ece t od o s o s a no s na ci dade o n de el es vi vem .

                      A fa mília co n ver san do e o ca va lo di s se :
                     -E u tenho 30 copa s pi stão .

                      E o boi di sse todo a nima do:
                     -E e u que te nho 50 copa s pi stã o.

                      E o t ouro com m uit o mai s cla sse di sse :
                     - E eu que tenho 100 copa s pi stã o e 50 mel hor do mund o.

                        De pois de 2 sema na s c he gou o grande dia do t ornei o e t odos
e sta vam m uit os prepara dos para e sse m ome nto mai s a pena s um ve nceu e quem
ga n ho u f oi o ca va lo , o boi de o s p ara bén s m ai s o to uro pe rde r e pri ncip alme nte
pro cavalo.


Moral : o im portante não é ga nha r e sim pa rtic ipa r.




                                                               Késsia – 5ª A
A reunião dos quatro animais
       Um belo dia, quatro animais,um lobo,um cachorro,um
gato e um coelho,decidiram fazer uma reunião.Primeiro o cão
disse:-O lobo não pode ser o presidente porque ele faz
aúúúúúúúh,o lobo revoltado diz: - Então não pode ser o gato
porque ele faz miau miau,rapidamente o gato falou:-Não
pode ser o cão,porque ele late demais,e começou o blá,blá,blá
uma gritaria só e o coelho grita: -Cheeeega o que importa é
trabalharmos juntos.
       Certa vez o dono manda eles caçarem ,depois de alguns
minutos eles chegam com a comida e o seu dono elogia
dizendo:Vocês trabalham muito bem juntos.




       Moral:Observe somente a qualidade dos outros




                                         Magno – 5ª A
O filho e o coração de mãe



Um menino que morava em um bairro umilde de uma
cidade ,sonhava em um dia fazer parte de uma gangue de
garotos ,que liderava todas as outras ,porque era mas
má, e violentos ,um dia ele chegou a uma gangue e disse:
-Eu posso fazer parte dessa gangue? E o líder da
gangue respondeu :
              -Só se vc der uma prova de coragem ir ate
sua casa e tirar o coração de sua mãe e trazer ate aqui
para mim ver. E o menino foi correndo ate sua casa em
encontro a sua mãe, quando chegou em casa foi atrás de
sua mãe ,ela estava dormindo na rede e ele aproveitou e
foi ate a cozinha pegar uma faca depois correu ate o
quarto e violentamente tirou o coração de sua mãe depois
foi ao encontro da gangue de tão apressado ele tropeçou e
caiu e o coração rolou de sua mão e ele escutou uma voz
saindo de dentro do coração falando assim:
-Você se machucou meu filho ?

Moral :nunca decepcione sua mãe.
                                     Paula – 5ª A
A RATA QUE TINHA INVEJA DA GATA




   ERA UMA VEZ UMA GATA QUE GOSTAVA DE     ANDAR
TODA ARRUMADA,    MAS   TINHA   UMA    RATA  QUE
ANDAVA TODA DESARRUMADA .
   UM DIA A GATA TAVA INDO A UMA BOTIQUE E A
RATA LHE VIU E PERGUNTOU:
    _ OI GATA ONDE VOCE VAI?
   _ VOU A   CASA  DA MINHA  TIA E  DEPOIS VOU A
MANICURI   CHAMADA    MACACA ELA E   ESPECIALISTA
MANICURI E PEDICURI.
   A GATA PERGUNTOU PARA    A  RATA _ E  VOCE   A
ONDE VAI ? EU VOU FICAR EM CASA.
   A GATA FALOU:
   - ENTAO EU JÁ VOU EMBORA THAU.




MORAL: NÃO DEVEMOS TER INVEJA DOS OUTROS.




                                            Anna – 5ª A
O CÃO E O GATO

                Era uma vez um condomínio
onde moravam um cachorro,um gato,uma
tartaruga e outros animais.
               O cachorro era muito amigo do
gato,mas todos achavam que essa amizade não
iria dar certo ,a tartaruga queria ser a único
amigo do cachorro,então resolve separar eles
dois, começou a colocar um contra o outro.
               Cinco dias depois o cachorro não
era mais amigo do gato e sim só da tartaruga,
mas sentia falta do gato porque era o único
amigo sincero que ele tinha,então resolve
descobrir se era verdade
               Um dia desbrio que quem havia
feito isso era a tartaruga então resolve pedir
desculpa:gato me desculpa?
               :Sim
               E os dois voltaram a ser amigos

 Moral:Um amigo leal é algo a ser preservado.


                               Caio – 5ª A
Amigas do fundo do mar!!!



       Era uma vez, o primeiro dia de aula em uma cidade do fundo do
mar chamada ´´ Bom Mergulho.`` Uma das alunas , a peixinha Laura,
já estuda lá a dois anos. A outra peixinha a Bianca, vinda de uma
outra cidade muito distante não conhecia a escola e nem a cidade.
       Durante a apresentação da classe, Bianca conheceu Laura e
falou:
       - Oi!!! Você pode na hora do lanche me mostra a escola?
Laura respondeu:
       - Claro, com certeza!!!
        Então na hora do lanche Laura mostrou a escola para Bianca, e
se tornaram boas amigas!!!
        No dia seguinte foram brincar de pega-pega no hora do lanche,
Bianca caiu, Laura deixando de brinca e de lanchar foi correndo
ajudar a sua amiga, dizendo:
      - Bianca, Bianca você esta bem?
       Bianca respondeu:
     - Estou bem!!! Não me machuquei!
         Daí pra frente a amizade das peixinhas, só crescia, crescia e
crescia!!!



                   Moral: A verdadeira amiga deixa de lado suas
alegrias, para ajudar a outra amiga!!!




                                             Jessica – 5ª A
O jabuti e a tartaruga.


      Um jabuti tinha uma am iga tartaruga.
      Um dia ele falou a ela:
     -Tartaruga, vou ao mercado com mina mãe. Não
vou demorar muito.
     E ela disse:
     Eu te esperarei na minha casa.
     E   então   quando   o  jabuti f oi ao m ercado,  a
tartaruga foi embora ara sua casa. No caminho a
filha da dona serpente apareceu e disse:
     -Tartaruga, vem aqui m e diga as características
do jabuti.
     E ela falou:
     -o jabuti è estudioso, ótimo amigo, esperto.
     Quando     o  jabuti vinha  chegando   a  casa   da
tartaruga a filha da serpente falou:
     -Jabuti a tartaruga me disse que você é f also.
     O jabuti foi em direção a casa da sua am iga
muito furioso. Quando chegou disse a ela o que a
filha da serpente falou a ele, ela explicou a ele que
só tinha falado bem dele. Ele a desculpou a tartaruga
e eles foram brincar.




Moral:nunca acreditem em tudo que falam!!!




                                    Laís Júlia – 5ª A
O Pássaro e o Cachorro

Um dia um belo pássaro estava voando em cima de uma
casa e viu um cachorro, desceu e foi conversar com ele .
O pássaro disse:--- oi meu nome é João o pássaro. Qual
é o seu nome ? O cachorro respondeu:--- o meu nome é
Marcelo o cachorro, todo dia eu fico reparando essa
casa. O pássaro perguntou: --- Por quê? ---Porque eu
moro aqui, só que os meus donos não me levam pra
nenhum lugar, ai eu fico sozinho sem fazer nada .
--- Mais agora toda vez que os seus donos saírem eu
venho pra cá, e fico conversando com você.

                      No dia Seguinte....
--- João aonde você está meu amigo? O cachorro
perguntou.
Eu estou aqui Marcelo . Respondeu o pássaro.
 --- João você quer brincar de bola comigo? --- Sim!

                         2 Horas Depois....


--- Marcelo eu já vou por que se eu me atrasar para o
jantar, a minha mãe me briga. --- Não, fica mais um
pouco! O cachorro pediu.
 Só que o coitado do pássaro não sabia que isso era uma
armadilha que isso era uma armadilha que tudo o que o
Marcelo dizia era tudo mentira.

--- Está bem Marcelo . O pássaro disse.
--- Agora João você vai saber o meu maior segredo.
                       --- Qual é?
     --- É que o meu nome não é Marcelo é Pablo,
          e eu não moro aqui, eu moro na rua .
              --- Mas você mentiu pra mim.
   --- Sim, agora você vai ficar preso nessa gaiola.

                       HÁ HÁ HÁ HÁ HÁ !
          Marcelo e João quando eram amigos!

    Moral: Nunca acredite em tudo que dizem.


     Autora: Naira Maria Campos Wanderley
O touro, a cabra,
A vaca e o leão.

       Um touro, uma cabra, uma vaca e um leão,
       Combinam caçar juntos e partir o que conseguirem.
       Correndo   pelo   campo,   encontraram    um    pato,que
cercaram,
       Derrubaram e conseguiram matar.
       Logo repartiram a carne em quatro partes.
       Então o touro se apossou da primeira parte, dizendo:
       -Essa é minha, como combinamos.
       Apossou-se então da segunda:
       -Essa é minha porque eu sou o mais valente.
       Tomou então a terceira parte:
       -Esta é minha também, porque eu sou o rei dos animais.
       E tomando a quarta conclui:
       -E esta é minha, porque se alguém mexer vai se ver
comigo.
       Os parceiros viram que não era bom negócio fazer
sociedade
       com alguém mais forte.




  MORAL: NÃO FAÇA SOCIEDADE
 COM ALGUEM MAIS FORTE QUE
            Você.




                                           Rafael – 5ª A
O boi e a vaca

            Era uma vez um boi e uma vaca .
     O boi comia de mais .Um dia a vaca disse: - boi voe come muito
            O boi respondeu : - E para ficar forte . no quarto dia o boi ainda não
parava de comer . Então a vaca disse:- você e muito guloso.
      Moral : As vezes e preciso se guloso para chegar onde se quer .




                                                      Vitória – 5ª A
O que ela quer ser?

   Era uma vez... uma menina. Ela queria
ser   um   peixinho    dourado,    mas    não
conseguia ficar muito tempo dentro D água.
   Tentou ser um gato, mas tinha que se
lamber, e a menina não gostava.
   Tentou ser um passarinho, mas não
conseguia voar.
   Ela dormiu, e quando amanheceu a
menina saiu de casa e foi para a floresta, viu
um buraco, era de uma família de coelhos
escondidos dos caçadores, mas por um
estante ela queria ser um coelho, quando
voltou para casa ela pensou, pensou e
pensou... e a menina decidiu o que queria
ser - a velha e boa Maria Eduarda, essa
menina é um amor de pessoa!
             Autora: Anna Beatriz A. Belém




                                   Anna Beatriz – 5ª B
O lobo velho
  Um dia um lobo fraco e velho, foi visitado
pela raposa, sentindo pena a raposa foi a um
pasto de carneiros, conversou com um carneiro
e disse:
  - acabou a guerra dos animais e o lobo me
pediu que levasse a ele um carneiro para pedir
perdão, o carneiro com medo mais foi, assim
que chegou na toca foi devorado
  Moral: Nunca acredite em pessoas falsas

            Danilo Henrique Almeida Pacheco
A onça e o boi

    Num belo dia, os gados estavam
preocupados     com   a   onça-pintada.  E
alertaram   todos    os   bois  para   não
chegarem próximos dela. Porém,       tinha
um boi que se achava o maior e o mais
forte de todos.
    Os outros bois diziam para ele não
atravessar a cerca, pois poderia morrer.
Ele muito teimoso, atravessou e a onça
faminta   o  atacou.    O   boi deu   uma
chifrada nela e ela caiu.
    Achando que tinha vencido foi se
gabar-se para seus amigos; porém a
onça levantou e deu uma mordida no
meio do pescoço do boi gabola. Foi uma
morte dolorosa e silenciosa.

   MORAL: nunca se amostre ante do perigo.

                   Gabriel Peres e Vinicius Mello – 5ª B
A COBRA E O VAGALUME


                Júlia Alice da Mata Romano

 Numa bela noite, perto de um lago,
havia milhões de vagalume e todos feliz
voando acendendo suas luzes e tudo mais.
Só que quando um vagalume ia voar;
uma cobra apareceu e lhe disse:
 - Não acenda por favor !!!!!
 E o vagalume respondeu:
  - Por quê?
 E a cobra:
  - Porque sim, deixa eu lhe comer, ai
num precisa mais se preocupar com isso!!
 E o vagalume desentendido perguntou:
  - Por quê? Não faço parte de sua cadeia
alimentar!!
 E a cobra:
 - Porque sua luz me enjoa!
 Então o vaga-lume desligou sua luz e foi
voar e brilhar em outro lugar.

Moral: Cada um tem um dom que Deus lhe deu,por
isso Ele quer que cada um use o seu.




                              Júlia Alice – 5ª B
O BARBARO



                    AUTOR: MARCOS   ANTONIO SILVA   DOS SANTOS.


  QUANDO CHEGA A NOITE E VAMOS TOMAR
BANHO, O BARBARO APARECE PARA ASSUSTA
A PESSOA MEDROSA.
  MAIS  UM  DIA  TAHIS QUE  ERA  A MAIS
PERAUTA FOI TOMAR BANHO
  AI ELA FICOU COMEDO MAIS DEPOIS ELA
SO PENSOU EM COISAS BOAS E NÃO FICOU
COMEDO.
  AI APARTI DESSE DIA TODAS AS CRIANÇAS
DESSIDIRAN SEGUIR O
  MESMO   EXEMPLO  QUE  TAHIS SO PENSAR
EM  COISAS BOAS E NUNCA MAIS O BARBARO
SE QUER APARECEU PARA ASSUSTA
  AS CRIANÇAS.


MORAL:   NUNCA TENHA MEDO DE QUALQUER COISA.
           .




                                          Marcos Antônio – 5ª B
O sapo surdo
                                                                 Nome: Nathalia Maria Neves Martins




     Certo dia teve uma corrida de
na floresta todos estavam ansiosos para a corrida.
     No dia esperado pro eles todos os sapos ficaram no
ponto de partida quando o juiz deu a largada todos
começaram a correr muitos animados,ou passar pelos
animais que estavam assistindo eles ouviram .
     -Esses sapos não sabem correr.
     -Vocês não são de nada.
     -Tu vais perder.


     Os sapos foram desistindo mais tinha um
que era surdo e não desistido.




     Moral: Faça como o                   surdo da
historia, sempre acredite em si mesmo e não de ouvido as
criticas.
Professora: Simone Drumond – a professora mais amiga, inteligente e compreensível do mundo - Turma:5ª B.




                                                                        Nathalia – 5ª B
Mestiçagens
   Era uma vez, uma
 menina chamada Lana, não
gostava de ser morena , era
racista de sua própria cor.
Conheceu     uma      menina
chamada     Luiza,pois    era
branca e amiga.Um dia      Lana sonhou que era
uma formiga , e via o que Luiza fazia para ser
branca, mas viu que Luiza não fazia nada, só ser
ela mesma. Mas Lana não acreditava , e pençava
que so ela era morena ,e suas amigas brancas ,
Luiza pediu a Lana que se amasse como Deus
lhe fez , Lana aceitou , passou uma semana
gostando de si e pediu obrigada pelo seu
conselho , assim lana percebeu que não era faia ,
só era feia porque era racista. Lana estava
sonhando , quando acordou seguiu por seu sonho
e teve uma vida bem melhor , graças ao conselho
de uma grande amiga .


                      Anna Paula Silva Coelho.


Moral: Aceite como Deus lhe fez.
O porco e o Lobo

  Em certo dia o Lobo estava passeando na floresta
quando viu um Porco se banhando de lama, então se
aproximou, o Lobo faminto,pois queria comer o coitado
do Porco, então o Porco estava cansado e tropeçou em
uma pedra então o Lobo falou :
  - Quer saber não estou mais,estou cansado e com
sede.
  E o Porco completou:
  - Eu também estou cansado e com sede.
  Então como estava muito calor, eles foram a um lugar
mais ventilado, como na beira da cachoeira eles
conversaram a beça sobre os dois e se divertiram muito.




                        Autor: Felipe Catarino de Sousa
A MENINA E O LEÃO


  Um belo dia uma menina foi ao
circo com toda sua família ai ela viu
um leão e falou;

  -Mamãe, vamos embora aquele
leão vai nos comer.

 - O leão falou;

 - Poxa, eu queria tanto que a
menina não tivesse medo de mim!




Moral: Quem vê cara não vê coração!




                              Izaura – 5ª B
A cidade      disse socorro
          Nome:Lamisse de Souza Eddine.

   Era   uma vez, uma cidade muito         grande,
chamada    São Francisco, más só tinha         um
probleminha   ,sabe   qual  era,   e que ninguém
pensava na poluição da cidade, bem eu quero
disser que, LIXO não era no LIXO, ás pessoas
nem se quer percebiam á poluição.
   Um dia dona Francisca parou e percebeu a
grande poluição, e disse:
   -Nossa  gente olhem para      essa  cidade ,ela
está muito surgia.
   Más ,ninguém     deu ouvidos para      ela, até
que um dia     passou   dos limites essa    cidade
gritou SOCORRO.1

  Moral:Ninguém quis     dar ouvidos a  dona
Francisca e se derramou. Quem avisa amigo é.




                                  Lamisse – 5ª B
O gato e o ursinho de pelúcia

            Mariana Libório e Tatiana

  Era uma vez um     gato que amava


   um bichinho de pelúcia       ,
   um dia ele perdeu seu bichinho, e




                                        Mariana e Tatiana – 5ª B
            ele procurou.
    Então chegou a hora de dormir
ai ele sonhou que ele tinha jogado
          fora seu bichinho
            Então ele falou :
  - Não, não... meu bichinho
     E então ele lembrou que o
  bichinho estava em sua gaveta

     Moral: Procure melhor.
O lobo e coelho
    Um dia o coelho estava tomando um
pouco de água em um riacho, derrepente
o lobo chega querendo tomar posse do
território, mais o coelho diz que o riacho
é de todos.
    Então o lobo reclamando diz:
    - Você coelho sabe que sou um dos
maiores animas da floresta, e se você
não parar de toda a floresta , vou lhe
devorar.
    Cegaram dois homens,um pegou o
lobo e levou ao zoológico.
    Depois de muito tempo o coelho foi
visitar o lobo, então ele disse:
    E    agora   esta  satisfeito com    o
trabalho de maltratar os outros.
    Moral:nunca devemos maltratar os
outros
    Nome: Apoena Duarte e Brenda.
   Professora:Simone Drumond a professora que torna o aprender um prazer.




                                                         Apoena e Brenda – 5ª B
Os três meninos
     Eram uma vez, três meninos muito feios,         eles
costumavam
 fazer esportes, porém os mesmos        eram sempre os
utimos.
     Certo dia, ia ter um baile do colégio, e eles
ficaram   muito    animados.   No    dia  do    baile,  a
madrasta deles (que     era  muito mau)       mandou os
meninos limparem toda a casa. Os meninos tristes,
por que quanto mais limpavam, mas tinha sujeira e
a  hora   do   baile  chegou.    Eles   estavam    muito
cansados e tristes.
Então a fada madrinha, compadecida da situação,
deu uma melhorada nos meninos e             transformou
suas   bicicletas   em   carros   super-velozes,    para
chegarem    a   tempo   no   baile.  Porém,    antes   de
partirem a fada disse: - Divirtam-se, mas cheguem
sedo, pois o encanto podem acabar.
    Chegando      no  baile,  os   garotos    dançaram,
cantaram,    pularam,    brincaram     e   divertiram-se
muitooooooo.
    Eles estavam tão felizes que todas as meninas
queriam dançar com eles. Após o baile a madrasta
ficou  doente    para  sempre   e   assim   os  meninos
ficaram felizes para sempre.

  Autor: Didier e Lucas, alunos da professora que adora
                          ensina.




                                Gabriel Didier e Lucas – 5ª B
As aparências
                        Autora: Jamile Barros.



    Existia uma menina muito bonita, chamada
Joelma, um dia sua mãe a levou para o
zoológico.
    Joelma viu vários bichos, mais quando
chegou no ultimo bicho, Joelma, ficou com
medo, pois era um leão e sua mãe a levou
embora. Quando elas se foram o leão disse:
    - Como eu queria que ela não sentisse
medo de mim.

   Moral: As aparências enganam.
A formiga apaixonada
                      LUCAS QUEIROZ MARÃES.
                               VICTOR GABRIEL


  Uma formiga era apaixonada por

um         , mas ela era tão pequena
que ele não sentia a presença dela,

um dia ela foi procurar uma
que morava numa floresta, mas ela
tinha que fazer alguma coisa para a
bruxa, ela pediu que ficasse grande
para que ele a notasse, mas ela não
podia falar nada se não o feitiço se
quebraria, quando ela ia beijar o
elefante ela falou e o feitiço se
quebrou.

  Moral: Seja sempre você mesmo é não
    procure a quem não e confiável.



                      Lucas E Victor – 5ª B
FESTA NO CÉU
   Certo dia os animais da floresta foram com
convidado para uma festa no céu somente para
aves.
   Mas, o sapo ia participar de qualquer jeito
sua amiga arara falou : Você não pode ir pro
céu porque você não tem asa a arara levou a
viola eo sapo entrou na viola da arara.

   Au chega a festa a arara deixou sua viola de
lado e foi se diverti.O sapo saio de dentro da
viola e também foi aproveitar a festa .O tempo
passou e o sapo não percebeu que terminou a
festa e a arara já tinha indo
embora.Desesperado decidio voltar a terra
tentando voar.Coitado do sapo se espatifou no
chão.

  Moral da história: Em alguns momentos
você precisa aceitar suas limitações caso você
pode se arrepender.
ALUNOS: Matheus Henrique E Thalita - Série: 5º ano A




                             Matheus e Thalita – 5ª B
NARUCÃO

   Há doze anos, kyubi mais conhecida
como raposa de nove e caudas, atacou a
vila da folha, o quarto Rocaque impediu a
raposa de destruir aldeia.
   Um ano depois nasceu o Narucão o bebê
escolhido para ter o poder do espírito da
raposa de nove e caudas.
   Onze 11 anos mais tarde, Narucão, se
tornou ninja, Sasuke é um ninja mais
forte.
    Narucão tinha inveja do Sasuke , os
dois tiverão muitas batalhas.
   Narucão    se    tornou mais forte que
Sasuke, Sasuke em busca de ser mais forte
dos ninjas    para matar seu irmão mais
velho Itache, Sasuke falou para Narucão:
- Me deixe ir embora!
   Ele foi e viveu em buscar de poder, até
os dias de hoje....

                       Abdon – 5ª C
O RATANES
      O Ratanes, era um filho de um sapo muito
famoso Ratanes achava que ser famoso não era
nada, ele achava que é se vestir bem e andar
elegante todos os dias e ter uma ótima casa .
       Ratanes queria ser igual aos outros amigos a
mãe de Ratanes dizia para ele nunca saísse de casa
com os seguranças, e quando ele saiu de casa com
os seguranças todos os filhotes saiam da rua e ele
chorava porque ele não podia ter amigos, só que ele
decidiu fazer uma festa e convidar todos da rua e
se ele fizesse uma festa ele teria a oportunidade de
conhecer novos amigos.

     Moral: Ter amigos é muito bommmmmmmm!!!!!




                                Gabriella – 5ª C
A raposa o cachorro e o gato
    Um dia uma linda raposa estava
passeando pelo campo e um cachorro viu
ela, mais um gato também olhou e foi ate
lá  e falou.
    - Oi raposa como vai?
    A raposa respondeu.
    - Muito bem.
    Mais o cachorro furioso foi ate lá e
derrubou o gato, mais os dois começaram
a brigar
    E o cachorro respondeu.
    - gato você é muito feio.
    O gato falou.
    -Eu não sou feio não você é que é.
    Mais então o gato puxou uma pata da
raposa e o cachorro também , mais eles
puxaram
    Muito e a raposa se despedaçou.

MORAL: QUEM SE ACHA NUNCA FICA COM QUEM QUER




       FIM!!!




                                Isabella – 5ª C
O gato e o rato
   O gato que sempre foi o grande inimigo do
pequeno    rato,  tiveram   uma   história  de
amizade, mas você deve esta se perguntando,
gato e rato amigos, e isso ai.
   Num belo dia, o gato se meteu numa
grande roubada, ele tentou pegar a torta que
estava esfriando na janela de uma senhora, a
senhora      enfurecida     deu-lhe     muitas
vassouradas, o rato que ficou com muita pena
do gato ,foi para perto da senhora e foi logo
distraindo-a para que o gato fugisse, assim o
gato percebeu que tinha sido salvo pelo rato,
gato não tinha como agradecer,então o rato
disse: - Você pode agradecer sendo meu
amigo? .O gato aceitou e logo disse: - Você
vai ser meu melhor amigo.

        Moral: amigos, amigos, amizade no ar




                             Larissa – 5ª C
O ELEFANTE E A FORMIGA




     Era uma vez, em uma floresta encantada, que nela vivia diversos
animais, (até cachorro vivia lá). E tinha um elefante chamado George
,todas as formigas dessa floresta tinham medo dos elefantes ,tem uma
formiga que se chama Tina. Mas o que ninguém sabia era que Tina era
amiga de George e isso era proibido, se soubessem eles iriam ser
expulsos da floresta ,lá isso era lei .Então George encontrou Tina
dizendo:
     - Tina vamos passear?                                        __
     - Claro!!!!
     Então quando eles saíram houve uma tempestade, Tina ia em
cima de George.
     George escorregou e caíram no ria e o rio foi enchendo por causa
da tempestade. Eles falaram:
     - Vamos nos segurar, assim iremos sair!!!! E eles conseguiram
e saíram salvos .
     E o leão disse que não existia a lei !!!!
      E a floresta foi feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!      Rafaela – 5ª C
O leão e o rato

         Ex i s t i a u m l e ão , q u e e r a m u i t o es p e rt o , el e s e
m et i a em en r as c a d a e m et i a o s o u t ro s .
         E l e t i r a v a g r a ç a c o m t o d o s o s a n i m ai s e e l e s
n ã o g o s t a v am d i s s o , e n t ão el e q u e ri a b a g u n ç a r co m
o r a t o , s ó q u e o r at o e r a b e m es p er t o , o l eã o t en t o u
t i r a r o q u ei j o q u e o ra t o t i n h a c o m p r ad o , e l e l eu o
p l an o q u e o l eã o t i n h a f ei t o p a ra p e g a r o q u e i j o
dele.
         E l e ar r a n j o u u m p l a n o p a r a p e g a r o l e ão q u a n d o
o l e ã o fo i p e g a r o q u e i j o d o r at o ,           e l e q u e b ro u a
c a r a o r at o f ez u m a a r m ad i l h a q u e o l eã o c ai u
q u an d o f o i d e m an h ã ,          o r a t o f al o u q u e o l e ã o e r a
m u i t o f r a co .
         O s o u t r o s a n i m a i s p e r g u n t a r am o q u e t i n h a
a c o n t e ci d o d e t ã o i m p o rt an t e q u e el e s n ão e s t a v a
s a b en d o en t ã o o r at o f al o u q u e o l e ão c a i u n a
a r m ad i l h a d el e e o s o u t ro s c o m e ç ar a m a ri r d em ai s
e l es f a l ar a m v o c ê n ão e r a o q u e m et i a t o d o s em
e n c r en c a en t ã o n u n c a m ai s e l e f ez i s s o .




                                                                Thaina – 5ª C
A cigarra e a formiga

     A cigarra passou todo o verão cantando em quanto a
formiga a juntando os seus grãos
     Quando chegou o inverno a cigarra veio á casa da formiga
para pedir um pouco de comida .
      A formiga então perguntou a ele:
     _E o que você fez durante todo o verão ?
     Durante o verão eu cantei
     E a formiga respondeu:
     - Muito bem, pois agora dance


    Moral: Quem trabalha ganha




                                                    Arthur – 5ª C
Era uma vez, cachorro da raça pinche, o nome dele era
                              Leão,
ele era raivoso e gostava de brincar. Quando alguém entrava na
    casa dele. Ele começava a latir, ele é preto e tem as patas
      marrom. Um lado do olho e marrom e o outro é preto.
Um dia, ele estava brincando com uma corda rolando no chão -
 ai uma formiga grande mordeu ele , ai ele fico traumatizado e
                    nunca mais rolo no chão.
     Um ano se posso e era um lindo dia e o Leão começo a rola
  no chão e viu a formiga de novo e o cachorro chamado Leão
comeu a formiga se vingando dele. Então, daí em diante, nem
                   uma formiga mexeu com ele.




                                          O seu inimigo pode ser seu amigo-
         o melhor jeito e conversando e não se vingando!

                                                                     Igor – 5ª C
O cão e a gata


 Tina é uma gata muito esperta, sempre que
seus donos estavam perto, ela era um amor de
gata, mas quando eles saiam, ela fazia tudo
para pegar a comida da geladeira e quando
seus donos voltavam e viam o que ela fez ,Tina
sempre apontava para o Rex ,o cão.
 Coitado do Rex, sempre levou a culpa de tudo
e nunca se defendeu.




 Moral: A justiça é cega, por isso
  abra a boca e fale o que você
             pensa.
                                   Juliana – 5ª C
Um dia, a mãe de Leu estava falando
para ele não sentar, ou deitar em uma teia,
mas como ele era muito teimoso Leu
encentrou uma teia e ficou presa na teia
passou um tempo passou.
  A dona da teia chegou e o pegou e
guandu a aranha ia comendo a Mãe dele
chegou e libertou ele e foram,
embora e viverão felizes para
sempre.

  Moral; nunca desobedeça sua mãe

                                 Luiz – 5ª C
A nuvem e a chuva




     Era uma vez, uma nuvem e a chuva, elas são
muito amigas, um dia era nuvem que escolhia se iria
chover ou não o outro era a chuva ela nunca haviam
brigado na vida.
     Um dia o sol disse para a nuvem.
     Sol: - A chuva está lhe traindo!
     Nuvem: - Não acredito, pois VOCÊ, não é meu
amigo e pode e então pode fofocar para outra pessoa.
    Desde aí o sol não fofocou mais para ninguém!


    Moral: muitas fofocas levam a briga e a desunião.




                                        Rebeca – 5ª C
O gato o rato e o cachorro

     Era uma vez, um ratinho que vivia numa casa
sempre pegando as coisas. Um dia a dona da casa
falou:
     - Eu vou comprar um gato!!!!!!!!!!
     O ratinho ouviu e ficou com medo, ate que o
marido dela no mesmo dia comprou um cachorro e
o ratinho gostou e na hora que chegou, o cachorro
o ratinho foi lá com ele:
     -Ei,  você, vamos fazer um acordo contra o
gato?
     -Sim, vamos eu ajudo você e você me ajuda
certo?
     Até que um dia, o ratinho foi pegar um pedaço
de queijo e o gato viu e o gato disse:
     - Você não vai passar aqui!
     O ratinho nem ligou, quando o gato tentou
pegar o ratinho o cachorro apareceu e o gato teve o
maior susto.
     Eles quebraram tudo e o dono disse:
     - Peguem o que e seu e vão embora.
     Eles levaram a geladeira e o animal de
estimação deles passou a ser o ratinho

     Moral: nunca confie demais nos outros.
                                       Vitor – 5ª C
ANIMAIS
    Tunga era uma tartaruga e havia visto seu
Terço    que    é  um   macaco.    Terço    tentou
atravessar o rio mas como ele era um macaco,
ficou meio complicado de ele atravessar o rio
sozinho.Ele    queria atravessar o    rio  porque
acabou sua banana , então Terço queria ir para o
outro lado porque viu que    tinha um casco de
banana e Tunga disse:
    -Suba no meu casco e o levarei até o outro
lado!
    Mas Teço disse:
    -Como você é lenta, chegaremos ao outro
lado só no ano que vem!
    Mas Terço não ligou para que o macaco
tinha dito e fez novamente a sua proposta, então
a Tartaruga aceitou a ajuda e Teço deu toda a
força   que    tinha  e  os  dois   conseguiram
atravessar.
        Mas     Tunga   como   fez   tanta   força
nadando não agüentou e Terço viu Tunga
morrer com o seu casco e si emocional.

 MORAL:      Quem tem amigo tem um tesouro.

                                   Endrel Felipe – 5ª C
O   cachorro    e   o gatinho   manhoso
    Em uma casa haviam dois animais,     era
um cachorro e um gato manhoso. Eles só
viviam    brigando, até que um dia a dona
dos    animais   já  não  estavam      mais
agüentando, o latido de cachorro e o miado
do gato manhoso, então ela não queria
fazer isso mais ela foi obrigada a fazer.
    Ela   teve  que expulsar  os  animais  e
jogou os dois na rua e ela se sentiu tão
sozinha e foi pegar os animais de volta...
    Quando foi ver cadê os animais?
    Eles resolveram morarem juntos e ela
se arrependeu de ter feito o que fez com
os animais




Moral: Dê valor a sua companhia




                                 Ioly – 5ª C
A Borboleta               e a Iguana




    Certo dia,    vivia nas alturas uma borboleta
muito formosa, e na terra,vivia uma iguana muito
trabalhadora, as duas nunca se encontravam.
      A   borboleta    queria  sempre   estar  nas
alturas com seus amigos, e o vento no rosto.     A
iguana era mais privada, vivia trabalhando, para
se preparar para o que der e vier.
      Até que certo dia, a borboleta caiu no
vilarejo, e deu direto com à Iguana.
    Ela falou:
    - Quem é você? O que está fazendo aqui?
    A borboleta disse :
    - Eu cai direto ao solo, agora não posso, mais
voar.
       A Iguana, olhou para a borboleta e a levou
até   sua   casa.  Ela  nunca  esperava  que  uma
borboleta iria cair, e morar em seu lar.


   Moral: Não importa o jeito de ser, importa o que nós somos.




                                             Kaellen– 5ª C
A barata e o mosquito 
        Era uma vez, uma barata que admirava animais que
podiam voar e a sua admiração virou um sonho, ela passava
o dia todo apreciando o voou das aves, mais um belo dia a
fada mosquito sobe que a barata não tinha inveja das aves e
por isso resolveu lhe dar asas ele ficou feliz e começou a voar
ele voou o dia inteiro como as aves do céu e ficou feliz pelo
fato de poder voar então falou:
        Muito obrigado dona fada mosquito
        Dona fada mosquito falou:
        Não tem de quê, você fez seu pedido virar realidade,
porque você é a mesma pessoa em todo lugar e não tem
inveja.
        E viveram felizes para sempre com suas asas.




Moral: você faz seus sonhos virarem realidade! ! !




          Dona mosquito                                barata




                                                     Moniely – 5ª C
Era uma vez, um Porco limpo, outros porcos achavam
que ser sujo era uma grande honra e ele não e isso causava
brigas “você é chato” e o dono não achava legal até que ele
griou a sociedade secreta dos porcos limpos todos os
porcos limpos fienram o todo mumdo ficou feliz.
  Então depois de muito tempo, a sociedade se dezunio
então todos aceitaram as diferenças ate o dono do Porco e
ferveram felizes para sempre.


  Moral: Aceite as diferenças.




                                         Tales – 5ª C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
Luciane tonete
 
Inforbib novembro
Inforbib novembroInforbib novembro
Inforbib novembro
Ministério da Educação
 
Bonequinha preta
Bonequinha pretaBonequinha preta
Bonequinha preta
NILDA Leite Leite
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
priscilaprux
 
Biblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista HeraBiblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista Hera
Bibliotecas Rosa Ramalho
 
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
Fabiana Esteves
 
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fita
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fitaLeitura de imagens- menina bonita do laço de fita
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fita
Henrique Saito
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
francisleide
 
Formiga mosca
Formiga moscaFormiga mosca
Formiga mosca
Jairtes Lima
 
Sequencia didática. GALINHA VERMELHA
Sequencia didática. GALINHA VERMELHASequencia didática. GALINHA VERMELHA
Sequencia didática. GALINHA VERMELHA
Rita Moreira
 
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou BorboletasColeção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
andreamendeslyra
 
Apresentação 2º semestre
Apresentação 2º semestre Apresentação 2º semestre
Apresentação 2º semestre
elainizinha
 
G2tarde
G2tardeG2tarde
G2tarde
EscolaPedrita
 
Leitura na educação infantil slide 2014
Leitura na educação infantil slide 2014Leitura na educação infantil slide 2014
Leitura na educação infantil slide 2014
MariaScalet
 
Boletim BE 8 dezembro 2018
Boletim BE 8   dezembro 2018Boletim BE 8   dezembro 2018
Boletim BE 8 dezembro 2018
Clara Mata
 
O Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de LerO Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de Ler
Biblioteca Escolar Sobreira
 
Sarau 2012
Sarau 2012Sarau 2012
Sarau 2012
Christiane Queiroz
 
Boletim be 11 janeiro 21
Boletim be 11   janeiro 21Boletim be 11   janeiro 21
Boletim be 11 janeiro 21
Clara Mata
 

Mais procurados (18)

Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
Portifólio da Sala de Leitura Professor Antônio Rocco - 1º semestre 2014
 
Inforbib novembro
Inforbib novembroInforbib novembro
Inforbib novembro
 
Bonequinha preta
Bonequinha pretaBonequinha preta
Bonequinha preta
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Biblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista HeraBiblioteca na revista Hera
Biblioteca na revista Hera
 
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
Oficina educação infantil 12 de maio de 2015
 
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fita
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fitaLeitura de imagens- menina bonita do laço de fita
Leitura de imagens- menina bonita do laço de fita
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
 
Formiga mosca
Formiga moscaFormiga mosca
Formiga mosca
 
Sequencia didática. GALINHA VERMELHA
Sequencia didática. GALINHA VERMELHASequencia didática. GALINHA VERMELHA
Sequencia didática. GALINHA VERMELHA
 
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou BorboletasColeção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
Coleção Valores para mudar o mundo: Livro Fadas ou Borboletas
 
Apresentação 2º semestre
Apresentação 2º semestre Apresentação 2º semestre
Apresentação 2º semestre
 
G2tarde
G2tardeG2tarde
G2tarde
 
Leitura na educação infantil slide 2014
Leitura na educação infantil slide 2014Leitura na educação infantil slide 2014
Leitura na educação infantil slide 2014
 
Boletim BE 8 dezembro 2018
Boletim BE 8   dezembro 2018Boletim BE 8   dezembro 2018
Boletim BE 8 dezembro 2018
 
O Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de LerO Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de Ler
 
Sarau 2012
Sarau 2012Sarau 2012
Sarau 2012
 
Boletim be 11 janeiro 21
Boletim be 11   janeiro 21Boletim be 11   janeiro 21
Boletim be 11 janeiro 21
 

Destaque

Proyectos 6º semestre
Proyectos 6º semestreProyectos 6º semestre
Proyectos 6º semestre
ceencopa
 
Caso practico 2rp
Caso practico 2rpCaso practico 2rp
Caso practico 2rp
Pau Williamson
 
Robot flexible
Robot flexibleRobot flexible
Robot flexible
leninlobato
 
Diplominhas da dora
Diplominhas da doraDiplominhas da dora
Diplominhas da dora
SimoneHelenDrumond
 
Curso básico de espiritismo
Curso básico de espiritismoCurso básico de espiritismo
Curso básico de espiritismo
jcfialho
 
Cerrar etapas
Cerrar etapasCerrar etapas
Cerrar etapas
TheFairydust97
 
CFM Informa julho 2013
CFM Informa julho 2013CFM Informa julho 2013
CFM Informa julho 2013
agrocfm
 
Qp scheduler final
Qp scheduler finalQp scheduler final
Qp scheduler final
Enides Ctta
 
Meu querido livro
Meu querido livroMeu querido livro
Meu querido livro
SimoneHelenDrumond
 
El cibersexo
El cibersexoEl cibersexo
Seo
SeoSeo
GPS
GPSGPS
Guía de aprendizaje
Guía de aprendizajeGuía de aprendizaje
Guía de aprendizaje
SantiagoTomasGM
 
Conceptos básicos de informática y computacón
Conceptos básicos de informática y computacónConceptos básicos de informática y computacón
Conceptos básicos de informática y computacón
Marlo Daniel Sañay Moina
 
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidezTecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
oscar gregorio martinez trujillo
 
310 puberdade e autismo
310 puberdade e autismo310 puberdade e autismo
310 puberdade e autismo
SimoneHelenDrumond
 
Estilos
EstilosEstilos
Rc alex solera
Rc alex soleraRc alex solera
Rc alex solera
Alexsolera
 
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLORIMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
jennyramosm
 
CFM informa jul 2011 - entrevista
CFM informa jul 2011  - entrevistaCFM informa jul 2011  - entrevista
CFM informa jul 2011 - entrevista
agrocfm
 

Destaque (20)

Proyectos 6º semestre
Proyectos 6º semestreProyectos 6º semestre
Proyectos 6º semestre
 
Caso practico 2rp
Caso practico 2rpCaso practico 2rp
Caso practico 2rp
 
Robot flexible
Robot flexibleRobot flexible
Robot flexible
 
Diplominhas da dora
Diplominhas da doraDiplominhas da dora
Diplominhas da dora
 
Curso básico de espiritismo
Curso básico de espiritismoCurso básico de espiritismo
Curso básico de espiritismo
 
Cerrar etapas
Cerrar etapasCerrar etapas
Cerrar etapas
 
CFM Informa julho 2013
CFM Informa julho 2013CFM Informa julho 2013
CFM Informa julho 2013
 
Qp scheduler final
Qp scheduler finalQp scheduler final
Qp scheduler final
 
Meu querido livro
Meu querido livroMeu querido livro
Meu querido livro
 
El cibersexo
El cibersexoEl cibersexo
El cibersexo
 
Seo
SeoSeo
Seo
 
GPS
GPSGPS
GPS
 
Guía de aprendizaje
Guía de aprendizajeGuía de aprendizaje
Guía de aprendizaje
 
Conceptos básicos de informática y computacón
Conceptos básicos de informática y computacónConceptos básicos de informática y computacón
Conceptos básicos de informática y computacón
 
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidezTecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
Tecnicas de la comunicacion consejos para vencer la timidez
 
310 puberdade e autismo
310 puberdade e autismo310 puberdade e autismo
310 puberdade e autismo
 
Estilos
EstilosEstilos
Estilos
 
Rc alex solera
Rc alex soleraRc alex solera
Rc alex solera
 
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLORIMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
IMAGEN, TIPOGRAFÍA Y COLOR
 
CFM informa jul 2011 - entrevista
CFM informa jul 2011  - entrevistaCFM informa jul 2011  - entrevista
CFM informa jul 2011 - entrevista
 

Semelhante a Camisas para ler e escrever (dia dos pais) por simone helen drumond

Ppt cel 1º d
Ppt cel 1º dPpt cel 1º d
Ppt cel 1º d
Cidália Loureiro
 
Atps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficialAtps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficial
Regina Gidzinski
 
Projeto Pedagogico
Projeto PedagogicoProjeto Pedagogico
Projeto Pedagogico
eudeszinho
 
Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
nacirbertini
 
Conhecendo o Caminho da Leitura
Conhecendo o Caminho da LeituraConhecendo o Caminho da Leitura
Conhecendo o Caminho da Leitura
Pamela Lima
 
Textos dos alunos novembro-2013
Textos dos alunos novembro-2013Textos dos alunos novembro-2013
Textos dos alunos novembro-2013
Escola Nelso Alquieri
 
Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013
José Reis Santos
 
Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013
José Reis Santos
 
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdesProjeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Necy
 
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdesProjeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Necy
 
Apresentação Sorocaba
Apresentação SorocabaApresentação Sorocaba
Apresentação Sorocaba
Maria Emília Delgado
 
Apresentação Sorocaba
Apresentação SorocabaApresentação Sorocaba
Apresentação Sorocaba
Maria Emília Delgado
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
EscolaPedrita
 
Folheto leitura em vai e vem
Folheto leitura em vai e vemFolheto leitura em vai e vem
Folheto leitura em vai e vem
Pedro de Freitas
 
Direitos de aprendizagem oralidade
Direitos de aprendizagem   oralidadeDireitos de aprendizagem   oralidade
Direitos de aprendizagem oralidade
mariaelidias
 
Relatório do mês de janeiro
Relatório do mês de janeiroRelatório do mês de janeiro
Relatório do mês de janeiro
Escola Andre Zenere
 
Letras com rugas
Letras com rugasLetras com rugas
Letras com rugas
Biblioteca Escolar Portel
 
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.pptSlide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
danielagracia9
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
anaparecidaraca
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010

Semelhante a Camisas para ler e escrever (dia dos pais) por simone helen drumond (20)

Ppt cel 1º d
Ppt cel 1º dPpt cel 1º d
Ppt cel 1º d
 
Atps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficialAtps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficial
 
Projeto Pedagogico
Projeto PedagogicoProjeto Pedagogico
Projeto Pedagogico
 
Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
 
Conhecendo o Caminho da Leitura
Conhecendo o Caminho da LeituraConhecendo o Caminho da Leitura
Conhecendo o Caminho da Leitura
 
Textos dos alunos novembro-2013
Textos dos alunos novembro-2013Textos dos alunos novembro-2013
Textos dos alunos novembro-2013
 
Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013
 
Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013Livro nossas fabulas 2013
Livro nossas fabulas 2013
 
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdesProjeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdes
 
Projeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdesProjeto de a a z escola maria de lourdes
Projeto de a a z escola maria de lourdes
 
Apresentação Sorocaba
Apresentação SorocabaApresentação Sorocaba
Apresentação Sorocaba
 
Apresentação Sorocaba
Apresentação SorocabaApresentação Sorocaba
Apresentação Sorocaba
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
 
Folheto leitura em vai e vem
Folheto leitura em vai e vemFolheto leitura em vai e vem
Folheto leitura em vai e vem
 
Direitos de aprendizagem oralidade
Direitos de aprendizagem   oralidadeDireitos de aprendizagem   oralidade
Direitos de aprendizagem oralidade
 
Relatório do mês de janeiro
Relatório do mês de janeiroRelatório do mês de janeiro
Relatório do mês de janeiro
 
Letras com rugas
Letras com rugasLetras com rugas
Letras com rugas
 
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.pptSlide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
Slide Profª Lais - Sesc Poconé - Pantanal - 13052015.ppt
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Lobato viva 2010
 

Mais de SimoneHelenDrumond

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 

Mais de SimoneHelenDrumond (20)

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
 

Último

Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 

Último (20)

Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 

Camisas para ler e escrever (dia dos pais) por simone helen drumond

  • 1. Professoras: 5ª A – Cristina Mello 5ª B – Simone Drumond 5ª C –Nayana Bouth Adaptado do projeto da professora: Jaqueline Maria de Souza Dias
  • 2. O Objetivo geral deste projeto é familiarizar os alunos do 5º Ano A,B,C com a diversidade de textos contidos em nossos material pedagógico, para desenvolver a competência na leitura e escrita de diversos tipos de textos e uma postura de pesquisadores, que sabem ir atrás do que querem saber. Ao trabalhar com textos impressos na camisa que foram a lembrança do Dia dos Pais, procuramos tornar mais próxima o contato leitor-leitura e mostrar para os educandos que no dia-a-dia também encontramos muitas formas de escrita impressas em cartazes, placas de veículos, nomes de ruas, catálogos, etc... e que é muito importante saber ler e interpretar tudo o que vemos à nossa frente para compreendermos melhor o mundo que nos cerca.
  • 3. JUSTIFICATIVA Segundo os PCNs e nossos livros da Rede Salesiana de Escolas. "É mais significativo, produtivo e eficaz aprender a ler e escrever por meio de textos.“ E nos educadoras do 5º ano A,B,C procuramos nos valer ao máximo da diversidade de texto contidos em nossos livros. Fizemos com que a língua escrita ocupasse lugar de destaque em sala de aula e se tornasse algo interessante e desafiador para os alunos. A idéia de imprimir textos construídos por nossos alunos, nas camisas que seriam a lembrança dos pais, nos pareceu uma excelente idéia, principalmente, porque com esse recurso, os textos estariam sempre expostos e serviriam como referencial e suporte para a leitura e as produções das fabulas dos alunos. Afinal, “a reflexão é condição de aprendizagem da língua é essencial”
  • 4. Para formar leitores competentes é preciso fazê-los interagir com a diversidade de textos escritos, testemunhar o uso que os já leitores antigos fazem deles e participar de atos de leitura de fato num trabalho de linguagem onde o texto é a base. (PCNs). Observando esta necessidade é que realizamos o projeto: “Camisas para ler e aprender”, juntamente com o Projeto Fábulas do Livro de Língua Portuguesa.
  • 5. ETAPAS DO PROJETO A partir do contexto do Filme - Passe Adiante, iniciamos com a dinâmica de leitura “Passe adiante”, onde os alunos dos 5º anos A,B,C - recebiam diariamente livros de contos para lerem e passarem adiante no dia seguinte. A reação dos alunos foi muito boa, pois assumiram fielmente a dinâmica diária. Pesquisa de fábulas preferidas pelos alunos em livros, internet e biblioteca da escola. Recorte , colagem e ilustrações dos textos produzidos; Depois de impressos os textos nas camisas propomos em classe: Leitura e exploração dos textos; Concursos de leitura; Produção de textos sobre os temas impressos nas camisas; Confecção de fichas de leitura com os textos que transformou-se no livro de Fábulas do 5º Ano A, B, C. Na missa do Dia do Pais, os alunos junto a seus pais, fizeram exposição de suas obras escritas e ilustradas nas camisas.
  • 6. AVALIAÇÃO DO PROJETO As atividades diversificadas, envolvendo a leitura e a interação entre os alunos, foi possível, também, estimular a autoconfiança nelas mesmas. Nossos educandos puderam evidenciar suas potencialidades latentes como protagonistas de grandes produções escritas.
  • 7. Sabemos que quem lê muito, escreve melhor. Com este projeto nossos alunos tiveram oportunidade de interagir com a diversidade de textos, despertando o gosto pela leitura e ampliar gradativamente, suas potencialidades, quanto a escrita, que se tornou mais coerente e criativa. Com esta experiência conseguimos atrair a atenção e o interesse dos alunos pelos textos,pois nossos educandos Salesianos sentiram-se parte importante nesse processo, visto que as leituras partiam deles, cada aluno era responsável por determinado assunto (texto).
  • 8. Projeto Fábulas Os três animais que brigavam Era uma vez, três animais que eram: dois cachorros e uma gatinha, os três animais não se davam bem, eles brigavam toda hora por causa de comida e lugar para dormir. O dono deles não agüentava mais porque ele estava muito doente, ele só´ vivia bebendo no bar quando ele chegava os animais estavam brigando, cheios de sangue, e o dono teve que cuidar de todos. Um dia a gatinha sumiu, todo mundo procurou por ela e ninguém achou ,dois dias depois encontraram ela morta no meio da rua, então o dono levou os dois cachorros para uma casa cheio de animais para cuidar e o dono nem quis saber deles e ele ficou morando sozinho. MORAL: quem seu amigo quiser conversar; com ele não há de negociar. Amanda – 5ª A
  • 9. Projeto Fábulas O LEÃO E A ZEBRA Era uma vez um leão , ele estava indo caçar, der repente ele avistou uma zebra e foi logo avançando . E a zebra disse: - Porque você vai me comer ? Tem tantos animais nesta floresta . E o leão respondeu : - Porque eu estou andando pela essa floresta já faz um bom tempo e já estou faminto . E a zebra respondeu : -Anda mais um pouquinho , porque se você me comer vai fica com dor de barriga por um mês -Esta bem disse o leão, eu gostei muito de você, vou te deixar vivo Em quanto o pobre leão andava pela a floresta , morto de fome, a zebra estava falando para todos que o leão estava com fome Moral: não pode acredita em ninguém que você não conhece. Anne Beatriz – 5ª A
  • 10. O LEÃO O TOURO E O GUAVIÃO O leão e o touro estavam com muita fome. Os dois estavam procurando comida pela floresta. O leão e o touro correram para pegar um pedaço de carne para matar a fome. O leão disse: - A carne é minha, O touro disse: - Não é minha, se nos pegamos juntos então vamos lutar. O leão concordou. Enquanto o leão e o touro brigavam, Um gavião que passava pegou e foi embora. MORAL: Não resolva nada brigando Davi – 5ª A
  • 11. O gato e o rato Era uma vez, um gato que morava em uma linda mansão com sua dona, na cidade grande. Um belo dia, a sua dona (Ezequiel) foi passear, com o seu gato, e pelo caminho resolveu parar em uma loja que vendia animais.Ela olhou,olhou, olhou e já estava entediada, pois não via nenhum animal que gostasse.Mas continuou olhando... No final da loja, o ultimo animalzinho, da última fileira era um rato!O gato se assustou, pois Ezequiel escolheu ele mesmo! Ela disse:-Oh!Esse aqui é perfeito! Enquanto ela foi ao caixa, pagar pelo animalzinho, o gato fez uma cara de malvado para o pobre ratinho... O ratinho ficou com muito medo, mas se sentiu melhor quando Ezequiel chegou lá. Foram para casa e Ezequiel foi trabalhar! Quando ela saiu, o gato tentou matar o rato, então correram por toda cidade, até que chegaram a um penhasco, e o gato quase caiu lá. O rato o salvou, e assim o gato aprendeu que a amizade é muito importante. MORAL: A amizade vale mais do que ouro. Lygia – 5ª A
  • 12. A cachorrinha vivi A vivi tinha uma vida de cinema ela era muito especial para seus donos, depois ela conheceu uma cadela, muito pobre e seus donos não gostava que ela brincasse com cachorros da rua, aí seus donos desprezaram ela, ela foi mora na rua com sua amiga lese amizade era muito leal,e nunca seria destruída. -Vivi nossa amizade nunca será destruída vivi disse tomara. Ai um dia essa amizade foi destruída por causa de um cadela que tinha inveja de sua amizade, porque era bonita, carinhosa e feliz, aí passou 1 mês,ela descobrirão que sua amizade foi destruída pela inveja,elas começaram a si falar,aí passou 3 meses, começou sua amizade como ela era antes vivi respondeu:eu estava morrendo de saudades de você ,vamos facear lese respondeu vamos vivi lese disse: - nossa amizade nunca mais será destruída . Lese respondeu: não vamos mais deixa ninguém destruí nossa amizade...moral:uma amizade leal e verdadeira Nicolly – 5ª A
  • 13. Os cachorros Sara – 5ª A • Era uma vez,um homem,esse homem havia vários cachorros,pois eram cinco cachorros eles se chamava,Beto, Bete, Carla,bolinha e Cida,o Beto e a Bete tinham sumido então Carla,bolinha,e Cida foram procura Cida então chamou;
  • 14. • - Beto,cadê você – Bete, cadê você pois,nesse dia eles não encontraram o Beto e a Bete.eles voltaram pra casa triste • Pensando em seus amigos. No outro dia • Eles foram atrás de novo de Beto e Cida. • Então Carla,bolinha,e Cida ,então encontraram Bete e Beto em uma casinha • Eles foram felizes para sempre • Moral: • Nunca é bom fugir de casa. Sara – 5ª A
  • 15. O leão e o filhote de zebra Em um belo dia a mãe zebra,estava passeando com seu filhote pela floresta,e aí o seu filhote falou: -Mamãe eu posso passear pela floresta sozinho pra ver como ela é? Sua mãe respondeu: -Tudo bem mais não vai muito longe. Então o filhote foi passear na floresta sozinho,e o filhote encontrou um leão ensinando o seu filhote a caça,então o leão viu o filhote de zebra, e mandou seu filho devora-lo e seu filho falou: -Mais papai eu não posso fazer isso, e seu pai falou: -Porque não meu filho,e ele respondeu : -Papai isso seria uma covardia,porque ele não está fazendo nada com agente,e também ele está sozinho sem sua mãe.E o pai do leão respondeu: - Mas essa e a nossa natureza,e seu filho respondeu: -E além do mais nós podemos precisar dele,e seu pai perguntou: -Mas como assim precisar dele?,e o seu filhote e o seu filhote de leão percebendo que havia um caçador vindo e falou: -Como agora papai tem um caçador vindo,e o filhote pode nos ajudar chamando a sua mãe,pedindo ajuda e então nós podemos afasta esse caçador daqui,não e verdade que podíamos precisar dele. E então foi assim que eles espantaram o caçador e todos viraram amigos, e pai do leão percebeu que eles podiam precisar do seu próprio alimento,não para comer mais para salva-lo da mote. MORAL: Sempre precisamos uns dos outros Andressa – 5ª A
  • 16. A fera encantada Num belo dia numa floresta encantada o coelho seguiu em direção a casa da fera Que escondia a bela adormecida ,e assim que o coelho o viu falou ,que o príncipe Ficaria sabendo disso ,mas o que o coelho não sabia era que a fera era o próprio Príncipe envenenado pela bruxa ,o coelho se assustou ,então foi por isso que a bela Não chamou por ajuda! E a bela falou ;não fale pra ninguém estou procurando uma ajuda ,uma cura para a fera Se tornar o que ele é realmente ,para nos casarmos “E VIVEMOS FELIZES PARA SEMPRE” Mas não dá ,não encontramos a cura ! Quando menos esperar o coelho encontra a cura para eles ,e assim a fera virou o príncipe e eles ! Viveram felizes para SEMPRE!!!!!!!!!!!!!! Bruna – 5ª A
  • 17. O sonho realizado • Era uma vez um homem que não tinha nada,ele comia coisa do lixo, morava numa casa de papelão e toda vez que chovia ele chorava, chorava e chorava.Esse homem tinha um cachorro,mas ele só tinha amigos ricos. Eduardo – 5ª A
  • 18. • O sonho dele e de seu dono era ficar rico,até que um dia o cachorro engravidou uma cadela e essa cadela tinha uma dona rica.Certo dia a dona da cadela achou estranho o comportamento de sua cadela Yasmin. Eduardo – 5ª A
  • 19. Um mês depois,Yasmin saiu de casa escondida e sua dona a seguiu,o mesmo aconteceu com Max (cachorro)seu dono o seguiu. Quando chegaram os dois juntos,os donos se olharam e viram o antigo casal de infância Dodi (dono) e flora (dona)então Dodi falou:-É você Flora,Faz tanto tempo que nós não nós vimos.Toda noite olhava nossa foto juntos e sentia tanta, mas tanta saudade de você. Flora respondeu:-Dodi é você mesmo,esperava esse dia por tantos anos,meu primeiro amor. Eduardo – 5ª A
  • 20. • Max e Yasmin ouvindo a conversa dos donos falaram juntos:- deve ser nossa vez de falar • -Eu acho que sim • -Então ta tudo bem com os bebês. • -Ta bem com migo mas com eles eu não sei. • Ei,Yasmin eu nunca pensei que iria realizar esse sonho de namorar com uma cadela rica. Eduardo – 5ª A
  • 21. • -Então isso me considera rico. • -Eu acho que sim... • Dodi:-Quero realizar meu maior sonho, que nunca realizei, casar com você,então você aceita. • -Claro mas cadê o anel. • -eu arrumo um emprego e eu compro o anel. • Então Dodi e Max:-O sonho realizado. • -Um sonho bem realizado,e viveram felizes para sempre. • Yasmin e Max tiveram seus filhotes e Flora e Dodi casaram tiveram seus filhos e continuaram suas vidas. Eduardo – 5ª A
  • 22. A família country Era um a ve z, a famí lia co u ntr y, nel a e xi stem 3 an imai s : O ca va lo , o b oi, e o t ou ro , ele s pa rtici pam de um to rne io co un tr y, q ue ac ont ece t od o s o s a no s na ci dade o n de el es vi vem . A fa mília co n ver san do e o ca va lo di s se : -E u tenho 30 copa s pi stão . E o boi di sse todo a nima do: -E e u que te nho 50 copa s pi stã o. E o t ouro com m uit o mai s cla sse di sse : - E eu que tenho 100 copa s pi stã o e 50 mel hor do mund o. De pois de 2 sema na s c he gou o grande dia do t ornei o e t odos e sta vam m uit os prepara dos para e sse m ome nto mai s a pena s um ve nceu e quem ga n ho u f oi o ca va lo , o boi de o s p ara bén s m ai s o to uro pe rde r e pri ncip alme nte pro cavalo. Moral : o im portante não é ga nha r e sim pa rtic ipa r. Késsia – 5ª A
  • 23. A reunião dos quatro animais Um belo dia, quatro animais,um lobo,um cachorro,um gato e um coelho,decidiram fazer uma reunião.Primeiro o cão disse:-O lobo não pode ser o presidente porque ele faz aúúúúúúúh,o lobo revoltado diz: - Então não pode ser o gato porque ele faz miau miau,rapidamente o gato falou:-Não pode ser o cão,porque ele late demais,e começou o blá,blá,blá uma gritaria só e o coelho grita: -Cheeeega o que importa é trabalharmos juntos. Certa vez o dono manda eles caçarem ,depois de alguns minutos eles chegam com a comida e o seu dono elogia dizendo:Vocês trabalham muito bem juntos. Moral:Observe somente a qualidade dos outros Magno – 5ª A
  • 24. O filho e o coração de mãe Um menino que morava em um bairro umilde de uma cidade ,sonhava em um dia fazer parte de uma gangue de garotos ,que liderava todas as outras ,porque era mas má, e violentos ,um dia ele chegou a uma gangue e disse: -Eu posso fazer parte dessa gangue? E o líder da gangue respondeu : -Só se vc der uma prova de coragem ir ate sua casa e tirar o coração de sua mãe e trazer ate aqui para mim ver. E o menino foi correndo ate sua casa em encontro a sua mãe, quando chegou em casa foi atrás de sua mãe ,ela estava dormindo na rede e ele aproveitou e foi ate a cozinha pegar uma faca depois correu ate o quarto e violentamente tirou o coração de sua mãe depois foi ao encontro da gangue de tão apressado ele tropeçou e caiu e o coração rolou de sua mão e ele escutou uma voz saindo de dentro do coração falando assim: -Você se machucou meu filho ? Moral :nunca decepcione sua mãe. Paula – 5ª A
  • 25. A RATA QUE TINHA INVEJA DA GATA ERA UMA VEZ UMA GATA QUE GOSTAVA DE ANDAR TODA ARRUMADA, MAS TINHA UMA RATA QUE ANDAVA TODA DESARRUMADA . UM DIA A GATA TAVA INDO A UMA BOTIQUE E A RATA LHE VIU E PERGUNTOU: _ OI GATA ONDE VOCE VAI? _ VOU A CASA DA MINHA TIA E DEPOIS VOU A MANICURI CHAMADA MACACA ELA E ESPECIALISTA MANICURI E PEDICURI. A GATA PERGUNTOU PARA A RATA _ E VOCE A ONDE VAI ? EU VOU FICAR EM CASA. A GATA FALOU: - ENTAO EU JÁ VOU EMBORA THAU. MORAL: NÃO DEVEMOS TER INVEJA DOS OUTROS. Anna – 5ª A
  • 26. O CÃO E O GATO Era uma vez um condomínio onde moravam um cachorro,um gato,uma tartaruga e outros animais. O cachorro era muito amigo do gato,mas todos achavam que essa amizade não iria dar certo ,a tartaruga queria ser a único amigo do cachorro,então resolve separar eles dois, começou a colocar um contra o outro. Cinco dias depois o cachorro não era mais amigo do gato e sim só da tartaruga, mas sentia falta do gato porque era o único amigo sincero que ele tinha,então resolve descobrir se era verdade Um dia desbrio que quem havia feito isso era a tartaruga então resolve pedir desculpa:gato me desculpa? :Sim E os dois voltaram a ser amigos Moral:Um amigo leal é algo a ser preservado. Caio – 5ª A
  • 27. Amigas do fundo do mar!!! Era uma vez, o primeiro dia de aula em uma cidade do fundo do mar chamada ´´ Bom Mergulho.`` Uma das alunas , a peixinha Laura, já estuda lá a dois anos. A outra peixinha a Bianca, vinda de uma outra cidade muito distante não conhecia a escola e nem a cidade. Durante a apresentação da classe, Bianca conheceu Laura e falou: - Oi!!! Você pode na hora do lanche me mostra a escola? Laura respondeu: - Claro, com certeza!!! Então na hora do lanche Laura mostrou a escola para Bianca, e se tornaram boas amigas!!! No dia seguinte foram brincar de pega-pega no hora do lanche, Bianca caiu, Laura deixando de brinca e de lanchar foi correndo ajudar a sua amiga, dizendo: - Bianca, Bianca você esta bem? Bianca respondeu: - Estou bem!!! Não me machuquei! Daí pra frente a amizade das peixinhas, só crescia, crescia e crescia!!! Moral: A verdadeira amiga deixa de lado suas alegrias, para ajudar a outra amiga!!! Jessica – 5ª A
  • 28. O jabuti e a tartaruga. Um jabuti tinha uma am iga tartaruga. Um dia ele falou a ela: -Tartaruga, vou ao mercado com mina mãe. Não vou demorar muito. E ela disse: Eu te esperarei na minha casa. E então quando o jabuti f oi ao m ercado, a tartaruga foi embora ara sua casa. No caminho a filha da dona serpente apareceu e disse: -Tartaruga, vem aqui m e diga as características do jabuti. E ela falou: -o jabuti è estudioso, ótimo amigo, esperto. Quando o jabuti vinha chegando a casa da tartaruga a filha da serpente falou: -Jabuti a tartaruga me disse que você é f also. O jabuti foi em direção a casa da sua am iga muito furioso. Quando chegou disse a ela o que a filha da serpente falou a ele, ela explicou a ele que só tinha falado bem dele. Ele a desculpou a tartaruga e eles foram brincar. Moral:nunca acreditem em tudo que falam!!! Laís Júlia – 5ª A
  • 29. O Pássaro e o Cachorro Um dia um belo pássaro estava voando em cima de uma casa e viu um cachorro, desceu e foi conversar com ele . O pássaro disse:--- oi meu nome é João o pássaro. Qual é o seu nome ? O cachorro respondeu:--- o meu nome é Marcelo o cachorro, todo dia eu fico reparando essa casa. O pássaro perguntou: --- Por quê? ---Porque eu moro aqui, só que os meus donos não me levam pra nenhum lugar, ai eu fico sozinho sem fazer nada . --- Mais agora toda vez que os seus donos saírem eu venho pra cá, e fico conversando com você. No dia Seguinte.... --- João aonde você está meu amigo? O cachorro perguntou. Eu estou aqui Marcelo . Respondeu o pássaro. --- João você quer brincar de bola comigo? --- Sim! 2 Horas Depois.... --- Marcelo eu já vou por que se eu me atrasar para o jantar, a minha mãe me briga. --- Não, fica mais um pouco! O cachorro pediu. Só que o coitado do pássaro não sabia que isso era uma armadilha que isso era uma armadilha que tudo o que o Marcelo dizia era tudo mentira. --- Está bem Marcelo . O pássaro disse.
  • 30. --- Agora João você vai saber o meu maior segredo. --- Qual é? --- É que o meu nome não é Marcelo é Pablo, e eu não moro aqui, eu moro na rua . --- Mas você mentiu pra mim. --- Sim, agora você vai ficar preso nessa gaiola. HÁ HÁ HÁ HÁ HÁ ! Marcelo e João quando eram amigos! Moral: Nunca acredite em tudo que dizem. Autora: Naira Maria Campos Wanderley
  • 31. O touro, a cabra, A vaca e o leão. Um touro, uma cabra, uma vaca e um leão, Combinam caçar juntos e partir o que conseguirem. Correndo pelo campo, encontraram um pato,que cercaram, Derrubaram e conseguiram matar. Logo repartiram a carne em quatro partes. Então o touro se apossou da primeira parte, dizendo: -Essa é minha, como combinamos. Apossou-se então da segunda: -Essa é minha porque eu sou o mais valente. Tomou então a terceira parte: -Esta é minha também, porque eu sou o rei dos animais. E tomando a quarta conclui: -E esta é minha, porque se alguém mexer vai se ver comigo. Os parceiros viram que não era bom negócio fazer sociedade com alguém mais forte. MORAL: NÃO FAÇA SOCIEDADE COM ALGUEM MAIS FORTE QUE Você. Rafael – 5ª A
  • 32. O boi e a vaca Era uma vez um boi e uma vaca . O boi comia de mais .Um dia a vaca disse: - boi voe come muito O boi respondeu : - E para ficar forte . no quarto dia o boi ainda não parava de comer . Então a vaca disse:- você e muito guloso. Moral : As vezes e preciso se guloso para chegar onde se quer . Vitória – 5ª A
  • 33. O que ela quer ser? Era uma vez... uma menina. Ela queria ser um peixinho dourado, mas não conseguia ficar muito tempo dentro D água. Tentou ser um gato, mas tinha que se lamber, e a menina não gostava. Tentou ser um passarinho, mas não conseguia voar. Ela dormiu, e quando amanheceu a menina saiu de casa e foi para a floresta, viu um buraco, era de uma família de coelhos escondidos dos caçadores, mas por um estante ela queria ser um coelho, quando voltou para casa ela pensou, pensou e pensou... e a menina decidiu o que queria ser - a velha e boa Maria Eduarda, essa menina é um amor de pessoa! Autora: Anna Beatriz A. Belém Anna Beatriz – 5ª B
  • 34. O lobo velho Um dia um lobo fraco e velho, foi visitado pela raposa, sentindo pena a raposa foi a um pasto de carneiros, conversou com um carneiro e disse: - acabou a guerra dos animais e o lobo me pediu que levasse a ele um carneiro para pedir perdão, o carneiro com medo mais foi, assim que chegou na toca foi devorado Moral: Nunca acredite em pessoas falsas Danilo Henrique Almeida Pacheco
  • 35. A onça e o boi Num belo dia, os gados estavam preocupados com a onça-pintada. E alertaram todos os bois para não chegarem próximos dela. Porém, tinha um boi que se achava o maior e o mais forte de todos. Os outros bois diziam para ele não atravessar a cerca, pois poderia morrer. Ele muito teimoso, atravessou e a onça faminta o atacou. O boi deu uma chifrada nela e ela caiu. Achando que tinha vencido foi se gabar-se para seus amigos; porém a onça levantou e deu uma mordida no meio do pescoço do boi gabola. Foi uma morte dolorosa e silenciosa. MORAL: nunca se amostre ante do perigo. Gabriel Peres e Vinicius Mello – 5ª B
  • 36. A COBRA E O VAGALUME Júlia Alice da Mata Romano Numa bela noite, perto de um lago, havia milhões de vagalume e todos feliz voando acendendo suas luzes e tudo mais. Só que quando um vagalume ia voar; uma cobra apareceu e lhe disse: - Não acenda por favor !!!!! E o vagalume respondeu: - Por quê? E a cobra: - Porque sim, deixa eu lhe comer, ai num precisa mais se preocupar com isso!! E o vagalume desentendido perguntou: - Por quê? Não faço parte de sua cadeia alimentar!! E a cobra: - Porque sua luz me enjoa! Então o vaga-lume desligou sua luz e foi voar e brilhar em outro lugar. Moral: Cada um tem um dom que Deus lhe deu,por isso Ele quer que cada um use o seu. Júlia Alice – 5ª B
  • 37. O BARBARO AUTOR: MARCOS ANTONIO SILVA DOS SANTOS. QUANDO CHEGA A NOITE E VAMOS TOMAR BANHO, O BARBARO APARECE PARA ASSUSTA A PESSOA MEDROSA. MAIS UM DIA TAHIS QUE ERA A MAIS PERAUTA FOI TOMAR BANHO AI ELA FICOU COMEDO MAIS DEPOIS ELA SO PENSOU EM COISAS BOAS E NÃO FICOU COMEDO. AI APARTI DESSE DIA TODAS AS CRIANÇAS DESSIDIRAN SEGUIR O MESMO EXEMPLO QUE TAHIS SO PENSAR EM COISAS BOAS E NUNCA MAIS O BARBARO SE QUER APARECEU PARA ASSUSTA AS CRIANÇAS. MORAL: NUNCA TENHA MEDO DE QUALQUER COISA. . Marcos Antônio – 5ª B
  • 38. O sapo surdo Nome: Nathalia Maria Neves Martins Certo dia teve uma corrida de na floresta todos estavam ansiosos para a corrida. No dia esperado pro eles todos os sapos ficaram no ponto de partida quando o juiz deu a largada todos começaram a correr muitos animados,ou passar pelos animais que estavam assistindo eles ouviram . -Esses sapos não sabem correr. -Vocês não são de nada. -Tu vais perder. Os sapos foram desistindo mais tinha um que era surdo e não desistido. Moral: Faça como o surdo da historia, sempre acredite em si mesmo e não de ouvido as criticas. Professora: Simone Drumond – a professora mais amiga, inteligente e compreensível do mundo - Turma:5ª B. Nathalia – 5ª B
  • 39. Mestiçagens Era uma vez, uma menina chamada Lana, não gostava de ser morena , era racista de sua própria cor. Conheceu uma menina chamada Luiza,pois era branca e amiga.Um dia Lana sonhou que era uma formiga , e via o que Luiza fazia para ser branca, mas viu que Luiza não fazia nada, só ser ela mesma. Mas Lana não acreditava , e pençava que so ela era morena ,e suas amigas brancas , Luiza pediu a Lana que se amasse como Deus lhe fez , Lana aceitou , passou uma semana gostando de si e pediu obrigada pelo seu conselho , assim lana percebeu que não era faia , só era feia porque era racista. Lana estava sonhando , quando acordou seguiu por seu sonho e teve uma vida bem melhor , graças ao conselho de uma grande amiga . Anna Paula Silva Coelho. Moral: Aceite como Deus lhe fez.
  • 40. O porco e o Lobo Em certo dia o Lobo estava passeando na floresta quando viu um Porco se banhando de lama, então se aproximou, o Lobo faminto,pois queria comer o coitado do Porco, então o Porco estava cansado e tropeçou em uma pedra então o Lobo falou : - Quer saber não estou mais,estou cansado e com sede. E o Porco completou: - Eu também estou cansado e com sede. Então como estava muito calor, eles foram a um lugar mais ventilado, como na beira da cachoeira eles conversaram a beça sobre os dois e se divertiram muito. Autor: Felipe Catarino de Sousa
  • 41. A MENINA E O LEÃO Um belo dia uma menina foi ao circo com toda sua família ai ela viu um leão e falou; -Mamãe, vamos embora aquele leão vai nos comer. - O leão falou; - Poxa, eu queria tanto que a menina não tivesse medo de mim! Moral: Quem vê cara não vê coração! Izaura – 5ª B
  • 42. A cidade disse socorro Nome:Lamisse de Souza Eddine. Era uma vez, uma cidade muito grande, chamada São Francisco, más só tinha um probleminha ,sabe qual era, e que ninguém pensava na poluição da cidade, bem eu quero disser que, LIXO não era no LIXO, ás pessoas nem se quer percebiam á poluição. Um dia dona Francisca parou e percebeu a grande poluição, e disse: -Nossa gente olhem para essa cidade ,ela está muito surgia. Más ,ninguém deu ouvidos para ela, até que um dia passou dos limites essa cidade gritou SOCORRO.1 Moral:Ninguém quis dar ouvidos a dona Francisca e se derramou. Quem avisa amigo é. Lamisse – 5ª B
  • 43. O gato e o ursinho de pelúcia Mariana Libório e Tatiana Era uma vez um gato que amava um bichinho de pelúcia , um dia ele perdeu seu bichinho, e Mariana e Tatiana – 5ª B ele procurou. Então chegou a hora de dormir ai ele sonhou que ele tinha jogado fora seu bichinho Então ele falou : - Não, não... meu bichinho E então ele lembrou que o bichinho estava em sua gaveta Moral: Procure melhor.
  • 44. O lobo e coelho Um dia o coelho estava tomando um pouco de água em um riacho, derrepente o lobo chega querendo tomar posse do território, mais o coelho diz que o riacho é de todos. Então o lobo reclamando diz: - Você coelho sabe que sou um dos maiores animas da floresta, e se você não parar de toda a floresta , vou lhe devorar. Cegaram dois homens,um pegou o lobo e levou ao zoológico. Depois de muito tempo o coelho foi visitar o lobo, então ele disse: E agora esta satisfeito com o trabalho de maltratar os outros. Moral:nunca devemos maltratar os outros Nome: Apoena Duarte e Brenda. Professora:Simone Drumond a professora que torna o aprender um prazer. Apoena e Brenda – 5ª B
  • 45. Os três meninos Eram uma vez, três meninos muito feios, eles costumavam fazer esportes, porém os mesmos eram sempre os utimos. Certo dia, ia ter um baile do colégio, e eles ficaram muito animados. No dia do baile, a madrasta deles (que era muito mau) mandou os meninos limparem toda a casa. Os meninos tristes, por que quanto mais limpavam, mas tinha sujeira e a hora do baile chegou. Eles estavam muito cansados e tristes. Então a fada madrinha, compadecida da situação, deu uma melhorada nos meninos e transformou suas bicicletas em carros super-velozes, para chegarem a tempo no baile. Porém, antes de partirem a fada disse: - Divirtam-se, mas cheguem sedo, pois o encanto podem acabar. Chegando no baile, os garotos dançaram, cantaram, pularam, brincaram e divertiram-se muitooooooo. Eles estavam tão felizes que todas as meninas queriam dançar com eles. Após o baile a madrasta ficou doente para sempre e assim os meninos ficaram felizes para sempre. Autor: Didier e Lucas, alunos da professora que adora ensina. Gabriel Didier e Lucas – 5ª B
  • 46. As aparências Autora: Jamile Barros. Existia uma menina muito bonita, chamada Joelma, um dia sua mãe a levou para o zoológico. Joelma viu vários bichos, mais quando chegou no ultimo bicho, Joelma, ficou com medo, pois era um leão e sua mãe a levou embora. Quando elas se foram o leão disse: - Como eu queria que ela não sentisse medo de mim. Moral: As aparências enganam.
  • 47. A formiga apaixonada LUCAS QUEIROZ MARÃES. VICTOR GABRIEL Uma formiga era apaixonada por um , mas ela era tão pequena que ele não sentia a presença dela, um dia ela foi procurar uma que morava numa floresta, mas ela tinha que fazer alguma coisa para a bruxa, ela pediu que ficasse grande para que ele a notasse, mas ela não podia falar nada se não o feitiço se quebraria, quando ela ia beijar o elefante ela falou e o feitiço se quebrou. Moral: Seja sempre você mesmo é não procure a quem não e confiável. Lucas E Victor – 5ª B
  • 48. FESTA NO CÉU Certo dia os animais da floresta foram com convidado para uma festa no céu somente para aves. Mas, o sapo ia participar de qualquer jeito sua amiga arara falou : Você não pode ir pro céu porque você não tem asa a arara levou a viola eo sapo entrou na viola da arara. Au chega a festa a arara deixou sua viola de lado e foi se diverti.O sapo saio de dentro da viola e também foi aproveitar a festa .O tempo passou e o sapo não percebeu que terminou a festa e a arara já tinha indo embora.Desesperado decidio voltar a terra tentando voar.Coitado do sapo se espatifou no chão. Moral da história: Em alguns momentos você precisa aceitar suas limitações caso você pode se arrepender. ALUNOS: Matheus Henrique E Thalita - Série: 5º ano A Matheus e Thalita – 5ª B
  • 49. NARUCÃO Há doze anos, kyubi mais conhecida como raposa de nove e caudas, atacou a vila da folha, o quarto Rocaque impediu a raposa de destruir aldeia. Um ano depois nasceu o Narucão o bebê escolhido para ter o poder do espírito da raposa de nove e caudas. Onze 11 anos mais tarde, Narucão, se tornou ninja, Sasuke é um ninja mais forte. Narucão tinha inveja do Sasuke , os dois tiverão muitas batalhas. Narucão se tornou mais forte que Sasuke, Sasuke em busca de ser mais forte dos ninjas para matar seu irmão mais velho Itache, Sasuke falou para Narucão: - Me deixe ir embora! Ele foi e viveu em buscar de poder, até os dias de hoje.... Abdon – 5ª C
  • 50. O RATANES O Ratanes, era um filho de um sapo muito famoso Ratanes achava que ser famoso não era nada, ele achava que é se vestir bem e andar elegante todos os dias e ter uma ótima casa . Ratanes queria ser igual aos outros amigos a mãe de Ratanes dizia para ele nunca saísse de casa com os seguranças, e quando ele saiu de casa com os seguranças todos os filhotes saiam da rua e ele chorava porque ele não podia ter amigos, só que ele decidiu fazer uma festa e convidar todos da rua e se ele fizesse uma festa ele teria a oportunidade de conhecer novos amigos. Moral: Ter amigos é muito bommmmmmmm!!!!! Gabriella – 5ª C
  • 51. A raposa o cachorro e o gato Um dia uma linda raposa estava passeando pelo campo e um cachorro viu ela, mais um gato também olhou e foi ate lá e falou. - Oi raposa como vai? A raposa respondeu. - Muito bem. Mais o cachorro furioso foi ate lá e derrubou o gato, mais os dois começaram a brigar E o cachorro respondeu. - gato você é muito feio. O gato falou. -Eu não sou feio não você é que é. Mais então o gato puxou uma pata da raposa e o cachorro também , mais eles puxaram Muito e a raposa se despedaçou. MORAL: QUEM SE ACHA NUNCA FICA COM QUEM QUER FIM!!! Isabella – 5ª C
  • 52. O gato e o rato O gato que sempre foi o grande inimigo do pequeno rato, tiveram uma história de amizade, mas você deve esta se perguntando, gato e rato amigos, e isso ai. Num belo dia, o gato se meteu numa grande roubada, ele tentou pegar a torta que estava esfriando na janela de uma senhora, a senhora enfurecida deu-lhe muitas vassouradas, o rato que ficou com muita pena do gato ,foi para perto da senhora e foi logo distraindo-a para que o gato fugisse, assim o gato percebeu que tinha sido salvo pelo rato, gato não tinha como agradecer,então o rato disse: - Você pode agradecer sendo meu amigo? .O gato aceitou e logo disse: - Você vai ser meu melhor amigo. Moral: amigos, amigos, amizade no ar Larissa – 5ª C
  • 53. O ELEFANTE E A FORMIGA Era uma vez, em uma floresta encantada, que nela vivia diversos animais, (até cachorro vivia lá). E tinha um elefante chamado George ,todas as formigas dessa floresta tinham medo dos elefantes ,tem uma formiga que se chama Tina. Mas o que ninguém sabia era que Tina era amiga de George e isso era proibido, se soubessem eles iriam ser expulsos da floresta ,lá isso era lei .Então George encontrou Tina dizendo: - Tina vamos passear? __ - Claro!!!! Então quando eles saíram houve uma tempestade, Tina ia em cima de George. George escorregou e caíram no ria e o rio foi enchendo por causa da tempestade. Eles falaram: - Vamos nos segurar, assim iremos sair!!!! E eles conseguiram e saíram salvos . E o leão disse que não existia a lei !!!! E a floresta foi feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Rafaela – 5ª C
  • 54. O leão e o rato Ex i s t i a u m l e ão , q u e e r a m u i t o es p e rt o , el e s e m et i a em en r as c a d a e m et i a o s o u t ro s . E l e t i r a v a g r a ç a c o m t o d o s o s a n i m ai s e e l e s n ã o g o s t a v am d i s s o , e n t ão el e q u e ri a b a g u n ç a r co m o r a t o , s ó q u e o r at o e r a b e m es p er t o , o l eã o t en t o u t i r a r o q u ei j o q u e o ra t o t i n h a c o m p r ad o , e l e l eu o p l an o q u e o l eã o t i n h a f ei t o p a ra p e g a r o q u e i j o dele. E l e ar r a n j o u u m p l a n o p a r a p e g a r o l e ão q u a n d o o l e ã o fo i p e g a r o q u e i j o d o r at o , e l e q u e b ro u a c a r a o r at o f ez u m a a r m ad i l h a q u e o l eã o c ai u q u an d o f o i d e m an h ã , o r a t o f al o u q u e o l e ã o e r a m u i t o f r a co . O s o u t r o s a n i m a i s p e r g u n t a r am o q u e t i n h a a c o n t e ci d o d e t ã o i m p o rt an t e q u e el e s n ão e s t a v a s a b en d o en t ã o o r at o f al o u q u e o l e ão c a i u n a a r m ad i l h a d el e e o s o u t ro s c o m e ç ar a m a ri r d em ai s e l es f a l ar a m v o c ê n ão e r a o q u e m et i a t o d o s em e n c r en c a en t ã o n u n c a m ai s e l e f ez i s s o . Thaina – 5ª C
  • 55. A cigarra e a formiga A cigarra passou todo o verão cantando em quanto a formiga a juntando os seus grãos Quando chegou o inverno a cigarra veio á casa da formiga para pedir um pouco de comida . A formiga então perguntou a ele: _E o que você fez durante todo o verão ? Durante o verão eu cantei E a formiga respondeu: - Muito bem, pois agora dance Moral: Quem trabalha ganha Arthur – 5ª C
  • 56. Era uma vez, cachorro da raça pinche, o nome dele era Leão, ele era raivoso e gostava de brincar. Quando alguém entrava na casa dele. Ele começava a latir, ele é preto e tem as patas marrom. Um lado do olho e marrom e o outro é preto. Um dia, ele estava brincando com uma corda rolando no chão - ai uma formiga grande mordeu ele , ai ele fico traumatizado e nunca mais rolo no chão. Um ano se posso e era um lindo dia e o Leão começo a rola no chão e viu a formiga de novo e o cachorro chamado Leão comeu a formiga se vingando dele. Então, daí em diante, nem uma formiga mexeu com ele. O seu inimigo pode ser seu amigo- o melhor jeito e conversando e não se vingando! Igor – 5ª C
  • 57. O cão e a gata Tina é uma gata muito esperta, sempre que seus donos estavam perto, ela era um amor de gata, mas quando eles saiam, ela fazia tudo para pegar a comida da geladeira e quando seus donos voltavam e viam o que ela fez ,Tina sempre apontava para o Rex ,o cão. Coitado do Rex, sempre levou a culpa de tudo e nunca se defendeu. Moral: A justiça é cega, por isso abra a boca e fale o que você pensa. Juliana – 5ª C
  • 58. Um dia, a mãe de Leu estava falando para ele não sentar, ou deitar em uma teia, mas como ele era muito teimoso Leu encentrou uma teia e ficou presa na teia passou um tempo passou. A dona da teia chegou e o pegou e guandu a aranha ia comendo a Mãe dele chegou e libertou ele e foram, embora e viverão felizes para sempre. Moral; nunca desobedeça sua mãe Luiz – 5ª C
  • 59. A nuvem e a chuva Era uma vez, uma nuvem e a chuva, elas são muito amigas, um dia era nuvem que escolhia se iria chover ou não o outro era a chuva ela nunca haviam brigado na vida. Um dia o sol disse para a nuvem. Sol: - A chuva está lhe traindo! Nuvem: - Não acredito, pois VOCÊ, não é meu amigo e pode e então pode fofocar para outra pessoa. Desde aí o sol não fofocou mais para ninguém! Moral: muitas fofocas levam a briga e a desunião. Rebeca – 5ª C
  • 60. O gato o rato e o cachorro Era uma vez, um ratinho que vivia numa casa sempre pegando as coisas. Um dia a dona da casa falou: - Eu vou comprar um gato!!!!!!!!!! O ratinho ouviu e ficou com medo, ate que o marido dela no mesmo dia comprou um cachorro e o ratinho gostou e na hora que chegou, o cachorro o ratinho foi lá com ele: -Ei, você, vamos fazer um acordo contra o gato? -Sim, vamos eu ajudo você e você me ajuda certo? Até que um dia, o ratinho foi pegar um pedaço de queijo e o gato viu e o gato disse: - Você não vai passar aqui! O ratinho nem ligou, quando o gato tentou pegar o ratinho o cachorro apareceu e o gato teve o maior susto. Eles quebraram tudo e o dono disse: - Peguem o que e seu e vão embora. Eles levaram a geladeira e o animal de estimação deles passou a ser o ratinho Moral: nunca confie demais nos outros. Vitor – 5ª C
  • 61. ANIMAIS Tunga era uma tartaruga e havia visto seu Terço que é um macaco. Terço tentou atravessar o rio mas como ele era um macaco, ficou meio complicado de ele atravessar o rio sozinho.Ele queria atravessar o rio porque acabou sua banana , então Terço queria ir para o outro lado porque viu que tinha um casco de banana e Tunga disse: -Suba no meu casco e o levarei até o outro lado! Mas Teço disse: -Como você é lenta, chegaremos ao outro lado só no ano que vem! Mas Terço não ligou para que o macaco tinha dito e fez novamente a sua proposta, então a Tartaruga aceitou a ajuda e Teço deu toda a força que tinha e os dois conseguiram atravessar. Mas Tunga como fez tanta força nadando não agüentou e Terço viu Tunga morrer com o seu casco e si emocional. MORAL: Quem tem amigo tem um tesouro. Endrel Felipe – 5ª C
  • 62. O cachorro e o gatinho manhoso Em uma casa haviam dois animais, era um cachorro e um gato manhoso. Eles só viviam brigando, até que um dia a dona dos animais já não estavam mais agüentando, o latido de cachorro e o miado do gato manhoso, então ela não queria fazer isso mais ela foi obrigada a fazer. Ela teve que expulsar os animais e jogou os dois na rua e ela se sentiu tão sozinha e foi pegar os animais de volta... Quando foi ver cadê os animais? Eles resolveram morarem juntos e ela se arrependeu de ter feito o que fez com os animais Moral: Dê valor a sua companhia Ioly – 5ª C
  • 63. A Borboleta e a Iguana Certo dia, vivia nas alturas uma borboleta muito formosa, e na terra,vivia uma iguana muito trabalhadora, as duas nunca se encontravam. A borboleta queria sempre estar nas alturas com seus amigos, e o vento no rosto. A iguana era mais privada, vivia trabalhando, para se preparar para o que der e vier. Até que certo dia, a borboleta caiu no vilarejo, e deu direto com à Iguana. Ela falou: - Quem é você? O que está fazendo aqui? A borboleta disse : - Eu cai direto ao solo, agora não posso, mais voar. A Iguana, olhou para a borboleta e a levou até sua casa. Ela nunca esperava que uma borboleta iria cair, e morar em seu lar. Moral: Não importa o jeito de ser, importa o que nós somos. Kaellen– 5ª C
  • 64. A barata e o mosquito  Era uma vez, uma barata que admirava animais que podiam voar e a sua admiração virou um sonho, ela passava o dia todo apreciando o voou das aves, mais um belo dia a fada mosquito sobe que a barata não tinha inveja das aves e por isso resolveu lhe dar asas ele ficou feliz e começou a voar ele voou o dia inteiro como as aves do céu e ficou feliz pelo fato de poder voar então falou: Muito obrigado dona fada mosquito Dona fada mosquito falou: Não tem de quê, você fez seu pedido virar realidade, porque você é a mesma pessoa em todo lugar e não tem inveja. E viveram felizes para sempre com suas asas. Moral: você faz seus sonhos virarem realidade! ! ! Dona mosquito barata Moniely – 5ª C
  • 65. Era uma vez, um Porco limpo, outros porcos achavam que ser sujo era uma grande honra e ele não e isso causava brigas “você é chato” e o dono não achava legal até que ele griou a sociedade secreta dos porcos limpos todos os porcos limpos fienram o todo mumdo ficou feliz. Então depois de muito tempo, a sociedade se dezunio então todos aceitaram as diferenças ate o dono do Porco e ferveram felizes para sempre. Moral: Aceite as diferenças. Tales – 5ª C