SlideShare uma empresa Scribd logo
CALENDÁRIODE
DIVERSIDADE:
COMO FAZER SEU PLANEJAMENTO
Afinal, qual o papel das datas comemorativas de
diversidade numa estratégia de Diversidade, Equidade e
Inclusão(DEI)?
Sabemos que a transformação real de uma empresa que busca ser
mais diversa em sua demografia, mais equitativa em suas práticas e
maisinclusivaemsuaexperiênciadetrabalhoéumajornadademédio
prazo. Portanto, exige uma revisão profunda não só em seu jeito de
fazer gestão de pessoas, mas na forma como faz negócios. Por isso,
surgem críticas quando uma empresa narra seus avanços do ano
apenas comentando os eventos que organizou e as rodas de conversa
quepromoveu.
No entanto, o processo de gestão de mudança em DEI é uma
transformação cultural. E, como tal, precisa de símbolos que
comuniquem os novos caminhos desejados. Nesse sentido, reconhecer
os diferentes desafios de diversidade de nossa sociedade por meio da
celebração das datas que foram institucionalizadas pelos esforços de
diferentesgruposminorizados,torna-semuitoimportante.
Para uma empresa que está começando a jornada de transformação,
um ponto de atenção é combinar a realização de ações nessas datas
com a comunicação de medidas estruturais que a empresa esteja
implementando. Já para as empresas mais avançadas na pauta, vale
seguir celebrando esses marcos como símbolos de uma cultura que já
podeservivenciadanonossodiaadia.
Paracontribuircomoplanejamentodesuaagendaem2023,garantindo
que sua empresa possa comunicar de forma efetiva e inspiradora a
jornadaqueestátrilhando,trazemosporaquiumavisãogeraldedatas
quedevemmereceratençãonasuaestratégiadecomunicação.
arrow-pointer AcesseoCalendáriodeDiversidade2023
Pessoas de grupos minorizados são aquelas
que, por suas características físicas, sociais ou
culturais (aparência, comportamento, classe
social, nível de educação, gênero, orientação
sexual,presençaounãodedeficiênciafísica,etc.)
recebem um tratamento desigual e são alvo de
discriminação.
Gruposminorizadospodemnãoserumaminoria
numérica, mas representam pessoas que
compartilham de uma mesma característica e
têm menos poder e influência do que pessoas
degrupossociaismaisfavorecidos.
VOCÊ SABIA?
As celebrações são momentos para educar e
conscientizar o público em geral, abordando
questões preocupantes e que merecem ser
pautadas,comoadiversidaderacial,diversidade
de gênero e as conquistas da humanidade, por
exemplo.
Grande parte dessas datas estão ligadas
à Organização das Nações Unidas (ONU),
visando oferecer mais oportunidade na hora de
organizaratividadesrelacionadasaotemaaser
comemorado.
A seguir, vamos apresentar algumas formas de
diversidadequemerecemsercelebradas!
CONHEÇA ALGUMAS
FORMAS DE
DIVERSIDADE QUE
DEVEM SER CELEBRADAS
Mesmo com as mulheres conquistando
cada vez mais espaço, ainda existe uma
desigualdade quando comparadas com
oshomens.
De forma geral, as mulheres ainda têm
menos oportunidades relacionadas a
participações econômicas, o que inclui a
faltadeequidadesalarial,menosacesso
à educação básica e superior, maiores
riscoscomasaúdeesegurançaemenos
representaçãopolítica.
Segundo a ONU Mulheres, 1 a cada 3
mulheres em todo o mundo sofre algum
tipo de violência vinda do seu parceiro
ou de outras pessoas. Além disso, elas
recebem23%amenosdoqueoshomens.
Acreditamosquetodososindivíduostêm
talentosúnicos,capazesdecontribuírem
para o desenvolvimento de qualquer
negócio, independentemente do gênero.
Portanto,oDiaInternacionaldaMulher
eoDiaInternacionalparaaEliminação
daViolênciacontraaMulherdevemser
comemorados e servir como uma forma
depromoveraequidadedegênero.
Infelizmente,pessoasqueseidentificam
LGBTQIAP+ ainda sofrem, e muito,
quando o assunto é a discriminação e
a violência. Essas agressões ocorrem
simplesmenteporserumaidentidadede
gêneroouorientaçãosexualdiferentedo
considerado“normal”pelasociedade.
Visando proteção, esse grupo
acaba sendo excluído do ambiente
de trabalho, precisando lidar com
problemas totalmente fora das suas
competências profissionais. Com isso,
torna-se essencial celebrarmos o Dia
Internacional Contra a Homofobia e o
Dia Mundial do Orgulho LGBTQIAP+,
mostrando respeito e reforçando o fato
de que na ImpulsoBeta não toleramos
nenhumtipodepreconceito.
Todas as pessoas merecem respeito,
seja qual for a sua orientação sexual ou
identidadedegênero.Buscamosvalorizar
e incluir TODES em um ambiente seguro
e que apoia as individualidades sem
julgamentosouquaisquerpreconceitos.
DIVERSIDADE
DE GÊNERO
DIVERSIDADE
LGBTQIAP+
O racismo ou a discriminação étnico-
racialaindaacontecedeformaabsurda,
sendo um dos maiores problemas dos
direitoshumanosnaatualidade.Épreciso
entender de uma vez por todas que os
seres humanos nascem livres e iguais
no quesito direitos e dignidade, mas, a
realidade que enfrentamos diariamente
éoutra.
Cabe a nós enfrentar e lutar contra
essa intolerância que hoje prevalece na
sociedade. Portanto, a luta é para que
todos tenham o direito à contratação,
capacitação e ao crescimento dentro
dasorganizações.
A reflexão não deve estar presente
apenas no Dia Internacional contra
a Discriminação Racial, mas sim
em todos os níveis hierárquicos de
uma organização. Assim sendo, nós
trabalhamos no sentido de buscarmos
sempre por um negócio repleto de
pluralidade.
Assimcomoqualqueroutracaracterística
doserhumano,apessoacomdeficiência
deve ser respeitada e ter direitos iguais,
podendo igualmente participar de
processosseletivosinclusivos.
Esse público costuma apresentar
condições de saúde mais fragilizadas, o
quedificultaasconquistaseducacionais,
diminuindo também as oportunidades
financeiras. Essas dificuldades são
ocasionadas pela indisponibilidade
de serviço e inúmeros obstáculos
enfrentados por esse público em seu dia
adia.
Lutamos todos os dias para promover
recursos de acessibilidade, afinal, a
inclusão das pessoas com deficiência
é uma pauta corriqueira, onde
conseguimos estabelecer cenários com
os seus direitos garantidos e viabilizar
maisacessoàsoportunidades.
Devemos quebrar a barreira que
possa existir diante da incapacidade
das pessoas com deficiência, criando
condições de trabalho adequadas e
conscientizando a todos, não somente
no Dia Internacional da Pessoa com
Deficiência, mas em todos e quaisquer
momentos.
DIVERSIDADE
DE RAÇA E
ETNIA
DIVERSIDADE
DE CONDIÇÃO
HUMANA
A chamada linguagem não binária ou, como é
popularmente conhecida, linguagem neutra, está
vinculada às lutas de identificação dos grupos
LGBTQIAP+. De forma geral, esse tipo de linguagem é
uma substituição dos artigos feminino e masculino por
um“x”,“e”ou“@”.Comoexemplo,apalavraamigoou
amiga se torna amigue ou amigx; já a palavra todas ou
todospodesersubstituídaportodes.
A mudança se popularizou pela internet, não tendo
ainda um modelo definido. Isso faz com que os
defensores da linguagem neutra lutem pela adoção
dos pronomes, podendo se referir a qualquer pessoa,
independentementedogênero,aumentandoaredepara
abraçar pessoas não binárias ou que não se identificam
comohomemoucomomulher.
VOCÊ SABIA?
DATAS IMPORTANTES
PARA O SEU
CALENDÁRIO
Nesta lista você encontra uma ampla
apresentação de datas que podem fazer
sentido serem celebradas, de acordo com
o contexto de cada empresa. No entanto,
destacamos aquelas que, de maneira geral,
são mais reconhecidas no Brasil e mais
estratégicasnacomunicaçãodaDiversidade,
EquidadeeInclusão.
1º -DiaMundialdaPaz
04-DiaMundialdoBraile(ONU)
07-DiadaLiberdadedeCultos
21-DiaMundialdaReligião
21 - Dia Mundial de Combate à Intolerância
Religiosa
29-DiaNacionaldaVisibilidadedasPessoas
TravestiseTrans*
A data tem o objetivo de promover uma reflexão sobre a
cidadania das pessoas travestis, transexuais (mulheres e
homens trans) e não binárias. O dia 29 de janeiro representa
principalmente a luta que as pessoas trans enfrentam
diariamente,incluindoasqueseencontramvulneráveis-tudo
paraconquistarodireitodeterasuaidentidadereconhecida.
DiaNacionaldaVisibilidadedas
PessoasTravestiseTrans
JANEIRO
29dejaneiro
1ºa07-SemanaMundialdeHarmoniaInter-
Religiosa*
06 - Dia Internacional da Tolerância Zero à
MutilaçãoGenitalFeminina
11-DiaInternacionaldasMulhereseMeninas
naCiência
20-DiaMundialdaJustiçaSocial
24 - Dia da Conquista do Voto Feminino no
Brasilem1932
28-DiaMundialdasDoençasRaras
A Semana Mundial da Harmonia Inter-Religiosa é uma
data para reforçarmos a importância dos diálogos entre as
diferentescrençasereligiões,juntamentecomapropagação
demensagensdeharmoniainter-religiosa.
SemanaMundialdeHarmonia
Inter-Religiosa
FEVEREIRO
1ºa07defevereiro
08-DiaInternacionaldaMulher*
20-DiaInternacionaldaFelicidade(ONU)
21-DiaInternacionaldaSíndromedeDown
21-DiaInternacionalContraaDiscriminação
Racial**
24 - Dia Internacional do Direito à Verdade
sobre Graves Violações aos Direitos
HumanosedaDignidadedasVítimas
25-DiaNacionaldoOrgulhoGay
31-DiaInternacionaldaVisibilidadeTrans
A data comemorativa foi
oficializada pela Organização das
Nações Unidas em 1970. O intuito
é simbolizar a luta das mulheres
por condições equiparadas às
dos homens. O Dia Internacional
da Mulher simboliza ainda a luta
contraomachismoeaviolência.
Em 1996, a ONU convidou a
comunidade internacional a
redobrar seus esforços para a
eliminação de toda e qualquer
forma de discriminação racial.
Infelizmente, é um problema que
ocorre diariamente, impedindo o
desenvolvimento de milhares de
pessoasaoredordomundo.
DiaInternacional
daMulher
DiaInternacional
ContraaDiscriminação
Racial
MARÇO
08demarço 21demarço
02-DiaMundialdaConscientizaçãodoAutismo*
07-DiaMundialdaSaúde
08-DiaMundialdasPessoasCiganas
13-DiadoJovem
14-DiaNacionaldaLutapelaEducaçãoInclusiva
19-DiadoÍndio
28-DiadaEducação
28-DiaNacionaldaSaúdeeSegurançado
Trabalho
O dia escolhido para celebrar a Conscientização do Autismo
serve para informar à população em relação ao Transtorno
do Espectro Autista, buscando reduzir a discriminação e o
preconceitoqueessapopulaçãoenfrenta.
DiaMundialdaConscientização
doAutismo
ABRIL
02deabril
1°-DiaMundialdoTrabalho
03-DiaMundialdaLiberdadedeImprensa
14-DiadasMães
15-DiadoOrgulhodeSerTranseTravesti
17-DiaInternacionalContraaLGBTfobia*
18-DiaNacionaldeCombateaoAbandono e à
ExploraçãoSexualdeCriançaseAdolescentes
19-DiadoOrgulhoAgênero
21 - Dia Mundial da Diversidade Cultural para o
DiálogoeDesenvolvimento
24- DiadeConsciênciaeVisibilidadePansexual
ePanromântica
25-DiaNacionaldaAdoção
Nesta data, no ano de 1990, a Organização Mundial da
Saúde (OMS) excluiu a homossexualidade da Classificação
Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a
Sáude (CID). Portanto, o ato que aconteceu há pouco mais
de30anosécomemoradotodososanosnodia17demaio.
DiaInternacionalContraa
LGBTfobia
MAIO
17demaio
12-DiaMundialContraoTrabalhoInfantil
(ONU)
15-DiaMundialdeConscientizaçãoda
ViolênciaContraoIdoso
20-DiaMundialdoRefugiado
28-DiaInternacionaldoOrgulho
LGBTQIAP+*
Adatalembraodiaemqueumgrupodepessoashomossexuais
marcharam nos Estados Unidos pedindo o fim da violência
contraapopulaçãoLGBTQIAP+.Desdeentão,acomunidade
lutaconstantementepormaisdireitos,garantindoconquistas
importantes.
DiaInternacionaldoOrgulho
LGBTQIAP+
JUNHO
28dejunho
03-DiaNacionaldeCombateà
DiscriminaçãoRacial
13-DiadoEstatutodaCriançaedo
Adolescente
14-DiadaLiberdadedePensamento
14-DiaInternacionaldasPessoasNão
Binárias
15-DiaInternacionaldoHomem
25-DiaInternacionaldaMulherNegra
Latino-AmericanaeCaribenha*
Impulsionada pelo movimento de mulheres negras da
região que lutam pelos direitos humanos e o bem viver. O
Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e
Caribenhaocorrehámaisde30anos,homenageandoalíder
quilombolaTerezadeBenguela,símbolodalutaeresistência
daspessoasnegras.
DiaInternacionaldaMulherNegra
Latino-AmericanaeCaribenha
JULHO
25dejulho
07-DiaemquefoiSancionadaaLeiMaria
daPenha
09-DiaInternacionaldosPovosIndígenas
13-DiadosPais
19-DiadoOrgulhoLésbico
23-DiaInternacionaldeLembrançado
TráficodeEscravoseasuaAbolição
26-DiaInternacionaldaIgualdade
Feminina
29-DiaNacionaldaVisibilidadeLésbica*
Fundamental quando abordado que as mulheres lésbicas
ocupam ainda espaços mínimos na sociedade e enfrentam
inúmerospreconceitos.Acriaçãodeumadataespecíficatem
como foco combater a lesbofobia, que nada mais é do que o
preconceitocontraasmulhereslésbicas.
DiaNacionaldaVisibilidadeLésbica
AGOSTO
29deagosto
10-DiadaLutaContraaGordofobia
19-DiaNacionaldoTeatroAcessível
21-DiaNacionaldaPessoacomDeficiência
*
23-DiadaVisibilidadeBissexual
23-DiaInternacionaldaLínguadeSinais
(ONU)
26-DiaNacionaldoSurdo
30-DiaInternacionaldoSurdo
Preza pelo desenvolvimento de conteúdos que vão
conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas
que as pessoas com deficiência precisam, promovendo a
inclusãosocialecombatendoopreconceitoeadiscriminação.
DiaNacionaldaPessoacom
Deficiência
SETEMBRO
21desetembro
01-DiaInternacionaldasPessoasIdosas*
07-DiaMundialdoTrabalhoDecente
10-DiaMundialdaSaúdeMental
17-DiaInternacionalparaaErradicaçãoda
Pobreza(ONU)
22-DiaInternacionaldaDespatologização
Trans
26-DiadaConsciênciaIntersexo
O objetivo é justamente sensibilizar a sociedade para as
questões do envelhecimento, reforçando a necessidade de
queessaspessoasdemandamcuidadoeproteção.
DiaInternacionaldasPessoasIdosas
OUTUBRO
1ºdeoutubro
18-DiaNacionaldeCombateaoRacismo
19-DiadoEmpreendedorismoFeminino
20-DiadaConsciênciaNegra*
25-DiaInternacionalparaEliminaçãoda
ViolênciaContraaMulher**
O Dia da Consciência Negra é
uma data para refletirmos sobre
a inserção do negro na sociedade,
abordando questões sobre
racismo, discriminação, igualdade
socialeaculturaafro-brasileira.
A data foi definida pela ONU em
1999 visando estimular governos,
empresas e sociedades a refletirem
sobre a necessidade de por um fim
na violência contra as mulheres.
Neste dia, é importante discutirmos
sobre os impactos causados pela
violência física, sexual e psicológica
que as mulheres sofrem em meio à
sociedade.
Diada
Consciência
Negra
DiaInternacional
paraEliminaçãoda
ViolênciaContraa
Mulher
NOVEMBRO
20denovembro 25denovembro
02-DiaInternacionalparaAboliçãoda
Escravatura
03-DiaInternacionaldaPessoacom
Deficiência*
06-DiaNacionaldeMobilizaçãodos
HomenspelofimdaViolênciaContraas
Mulheres
10-DiadosDireitosHumanos(ONU)
13-DiaNacionaldaPessoacomDeficiência
Visual
Reflexão para colocar em prática os melhores métodos,
garantindo mais qualidade de vida e dignidade a todas
as pessoas que sofrem algum tipo de deficiência, junto à
importânciadacriaçãodestadata.
DiaInternacionaldaPessoacom
Deficiência
DEZEMBRO
03dedezembro
Tenhoquecomemorartodasasdatas?
Não! Sua empresa pode avaliar suas prioridades na estratégia de diversidade e
elegerasdatasqueseconectamesãoprioridade.Tambémpodecomemorardatas
comaçõesdeporteeinvestimentodiferentes.Masaescolhaprecisaserintencional,
poisapriorizaçãoirátransmitirumamensagemsobrequaisgrupossãofocodeDEI.
ÉpossívelfazeraçõesforadasdatasdoCalendáriodeDiversidade?
Sim!Ocalendárioservecomoumguiaparaconscientizareengajaraspessoassobre
umaculturarepletadediversidade.
Porqueostemasdasaçõessãovoltadasapenasparaalgunsgrupos?
Ao longo deste material, pudemos compreender que existem grupos considerados
minorizados e que ainda enfrentam muitas dificuldades e preconceito em nossa
sociedade. Sendo assim, entendemos que falar especificamente sobre os desafios
desses grupos é a forma mais simples de se promover empatia, gerar consciência
e acabar com o cenário de julgamentos que ainda é comum, o que acaba afetando
milharesdepessoas.
Afinal,porquenãofalarsobretodososgrupos?
A diversidade é um assunto de todos nós, já que as pessoas têm o direito de serem
tratadas com respeito e igualdade, principalmente no ambiente de trabalho. Mas,
existem alguns grupos que enfrentam situações piores, ficando em desvantagem
nasociedade,oqueostornamalvosdeaçõesafirmativas.Sendoassim,paraqueas
coisasmudem,énecessáriofalarcomtodosesobretodos.
Oquesãoaschamadasaçõesafirmativas?
Essestiposdeaçõessãoiniciativascomoobjetivodecorrigiradesigualdadequeos
grupos minorizados enfrentam no momento da busca por oportunidades. Trata-se
de um método guiado pela equidade, e isso quer dizer que as diferenças e práticas
discriminatóriassãovistas,corrigidasecompensadas.
PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE DATAS
COMEMORATIVAS DE DIVERSIDADE
ENTENDA COMO A IMPULSOBETA PODE
AJUDAR SUA EMPRESA
Existem muitas maneiras de comemorar as
datas do nosso Calendário de Diversidade,
Equidade e Inclusão. As rodas de conversa,
as conversas de impacto e as trilhas de
pessoasaliadassãoferramentasquetêmsido
amplamente utilizadas por empresas com as
quais trabalhamos, com um impacto muito
positivo.
Nas RODAS DE CONVERSA, nós mediamos
debates significativos e, ao mesmo tempo,
leves e descontraídos com nossa rede de
especialistas, sempre conectando o tema em
questão com a estratégia da empresa e as
práticasdomercado.
Nas CONVERSAS DE IMPACTO, trazemos
pessoasprofissionaisrepresentantesdegrupos
minorizados com jornadas superinteressantes
para compartilharem suas histórias. Com
mediaçãodaconversaporintermédiodenosso
time, promovemos uma mescla de inspiração
das pessoas daquele grupo na empresa e
entendimento dos desafios reais daquela
identidade por parte de todas as pessoas
participantes, às quais estamos fazendo o
conviteparaseremaliadas.
Já as TRILHAS DE PESSOAS ALIADAS são
produtos online de conscientização que a
empresa pode plugar em sua universidade
corporativa ou usá-los em sua estratégia de
comunicaçãonasdatasescolhidascomofoco.
Eles trazem vídeos curtos, ebooks e quizzes
interativos.Temostrilhasvoltadasaocombate
ao racismo, ao machismo, ao capacitismo, à
LGBTfobia,aocapacitismoeaoetarismo.
arrow-pointer CliqueaquieincluaasdatasnoseuCalendáriodeDiversidade2023!
VOCÊ SABIA QUE PODEMOS AJUDÁ-LO? FALE COM A GENTE E
CONHEÇAMAISSOBREAS NOSSASSOLUÇÕES!
GOSTOU DESTE CONTEÚDO E QUER SABER MAIS SOBRE O ASSUNTO? ENTÃO,
ENTREEMCONTATOAGORAMESMO!
A boa notícia é que temos vários materiais sobre Diversidade. Leve essa pauta para
dentrodasuaempresaenãoseesqueçaqueestamosaquiparaajudá-lo!
calendário da diversidade.pdf

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a calendário da diversidade.pdf

Boletim Maio2009
Boletim Maio2009Boletim Maio2009
Boletim Maio2009
gdurowork
 
Boletim Maio2009
Boletim Maio2009Boletim Maio2009
Boletim Maio2009
gdurowork
 
Finalboletim
FinalboletimFinalboletim
Finalboletim
gdurowork
 
EducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
EducaçãO, Emprego E Renda IncluindoEducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
EducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
Oscar Luiz Neto
 
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério PúblicoDiscurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
Governo de Minas Gerais
 
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdfPolitica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
Valdimiro Cardoso
 
trabalho de revisao da materia direito economico
trabalho de revisao da materia direito economicotrabalho de revisao da materia direito economico
trabalho de revisao da materia direito economico
JonasNeves14
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Luis Rasquilha
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Luis Rasquilha
 
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
FABRICIO CRUZ
 
Manual de Comunicação LGBTI
Manual de Comunicação  LGBTIManual de Comunicação  LGBTI
Manual de Comunicação LGBTI
Conceição Lemes
 
Carta aberta às empresas Licença Família
Carta aberta às empresas Licença FamíliaCarta aberta às empresas Licença Família
Carta aberta às empresas Licença Família
Maria Veloso
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
sinteimp
 
Voluntariado E Direitos Humanos
Voluntariado E Direitos HumanosVoluntariado E Direitos Humanos
Voluntariado E Direitos Humanos
Instituto Voluntários em Ação
 
Diversidade racial
Diversidade racialDiversidade racial
Diversidade racial
Ricardo Reys
 
Pluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e EtniaPluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e Etnia
Welton Castro
 
(Legado 2016) Imersão 1
(Legado 2016) Imersão 1(Legado 2016) Imersão 1
(Legado 2016) Imersão 1
Ink_conteudos
 
A Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
A Condição do Vulnerável na Sociedade ContemporâneaA Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
A Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
Reinaldo Bulgarelli
 
Cultura de paz (1)
Cultura de paz (1)Cultura de paz (1)
Cultura de paz (1)
Joao Lucas
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
Ilda Bicacro
 

Semelhante a calendário da diversidade.pdf (20)

Boletim Maio2009
Boletim Maio2009Boletim Maio2009
Boletim Maio2009
 
Boletim Maio2009
Boletim Maio2009Boletim Maio2009
Boletim Maio2009
 
Finalboletim
FinalboletimFinalboletim
Finalboletim
 
EducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
EducaçãO, Emprego E Renda IncluindoEducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
EducaçãO, Emprego E Renda Incluindo
 
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério PúblicoDiscurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
Discurso da secretária Ana Lúcia Gazzola durante homenagem do Ministério Público
 
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdfPolitica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
Politica-de-Diversidade_Instituto_Natura_2019.pdf
 
trabalho de revisao da materia direito economico
trabalho de revisao da materia direito economicotrabalho de revisao da materia direito economico
trabalho de revisao da materia direito economico
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
 
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
Diversidade e Inclusão no mundo do trabalho: desafios para a área de Gestão d...
 
Manual de Comunicação LGBTI
Manual de Comunicação  LGBTIManual de Comunicação  LGBTI
Manual de Comunicação LGBTI
 
Carta aberta às empresas Licença Família
Carta aberta às empresas Licença FamíliaCarta aberta às empresas Licença Família
Carta aberta às empresas Licença Família
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
 
Voluntariado E Direitos Humanos
Voluntariado E Direitos HumanosVoluntariado E Direitos Humanos
Voluntariado E Direitos Humanos
 
Diversidade racial
Diversidade racialDiversidade racial
Diversidade racial
 
Pluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e EtniaPluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e Etnia
 
(Legado 2016) Imersão 1
(Legado 2016) Imersão 1(Legado 2016) Imersão 1
(Legado 2016) Imersão 1
 
A Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
A Condição do Vulnerável na Sociedade ContemporâneaA Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
A Condição do Vulnerável na Sociedade Contemporânea
 
Cultura de paz (1)
Cultura de paz (1)Cultura de paz (1)
Cultura de paz (1)
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 

Último

A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
MarcoAurlioResende
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 

Último (20)

A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 

calendário da diversidade.pdf

  • 2. Afinal, qual o papel das datas comemorativas de diversidade numa estratégia de Diversidade, Equidade e Inclusão(DEI)? Sabemos que a transformação real de uma empresa que busca ser mais diversa em sua demografia, mais equitativa em suas práticas e maisinclusivaemsuaexperiênciadetrabalhoéumajornadademédio prazo. Portanto, exige uma revisão profunda não só em seu jeito de fazer gestão de pessoas, mas na forma como faz negócios. Por isso, surgem críticas quando uma empresa narra seus avanços do ano apenas comentando os eventos que organizou e as rodas de conversa quepromoveu. No entanto, o processo de gestão de mudança em DEI é uma transformação cultural. E, como tal, precisa de símbolos que comuniquem os novos caminhos desejados. Nesse sentido, reconhecer os diferentes desafios de diversidade de nossa sociedade por meio da celebração das datas que foram institucionalizadas pelos esforços de diferentesgruposminorizados,torna-semuitoimportante. Para uma empresa que está começando a jornada de transformação, um ponto de atenção é combinar a realização de ações nessas datas com a comunicação de medidas estruturais que a empresa esteja implementando. Já para as empresas mais avançadas na pauta, vale seguir celebrando esses marcos como símbolos de uma cultura que já podeservivenciadanonossodiaadia. Paracontribuircomoplanejamentodesuaagendaem2023,garantindo que sua empresa possa comunicar de forma efetiva e inspiradora a jornadaqueestátrilhando,trazemosporaquiumavisãogeraldedatas quedevemmereceratençãonasuaestratégiadecomunicação. arrow-pointer AcesseoCalendáriodeDiversidade2023
  • 3. Pessoas de grupos minorizados são aquelas que, por suas características físicas, sociais ou culturais (aparência, comportamento, classe social, nível de educação, gênero, orientação sexual,presençaounãodedeficiênciafísica,etc.) recebem um tratamento desigual e são alvo de discriminação. Gruposminorizadospodemnãoserumaminoria numérica, mas representam pessoas que compartilham de uma mesma característica e têm menos poder e influência do que pessoas degrupossociaismaisfavorecidos. VOCÊ SABIA?
  • 4. As celebrações são momentos para educar e conscientizar o público em geral, abordando questões preocupantes e que merecem ser pautadas,comoadiversidaderacial,diversidade de gênero e as conquistas da humanidade, por exemplo. Grande parte dessas datas estão ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), visando oferecer mais oportunidade na hora de organizaratividadesrelacionadasaotemaaser comemorado. A seguir, vamos apresentar algumas formas de diversidadequemerecemsercelebradas! CONHEÇA ALGUMAS FORMAS DE DIVERSIDADE QUE DEVEM SER CELEBRADAS
  • 5. Mesmo com as mulheres conquistando cada vez mais espaço, ainda existe uma desigualdade quando comparadas com oshomens. De forma geral, as mulheres ainda têm menos oportunidades relacionadas a participações econômicas, o que inclui a faltadeequidadesalarial,menosacesso à educação básica e superior, maiores riscoscomasaúdeesegurançaemenos representaçãopolítica. Segundo a ONU Mulheres, 1 a cada 3 mulheres em todo o mundo sofre algum tipo de violência vinda do seu parceiro ou de outras pessoas. Além disso, elas recebem23%amenosdoqueoshomens. Acreditamosquetodososindivíduostêm talentosúnicos,capazesdecontribuírem para o desenvolvimento de qualquer negócio, independentemente do gênero. Portanto,oDiaInternacionaldaMulher eoDiaInternacionalparaaEliminação daViolênciacontraaMulherdevemser comemorados e servir como uma forma depromoveraequidadedegênero. Infelizmente,pessoasqueseidentificam LGBTQIAP+ ainda sofrem, e muito, quando o assunto é a discriminação e a violência. Essas agressões ocorrem simplesmenteporserumaidentidadede gêneroouorientaçãosexualdiferentedo considerado“normal”pelasociedade. Visando proteção, esse grupo acaba sendo excluído do ambiente de trabalho, precisando lidar com problemas totalmente fora das suas competências profissionais. Com isso, torna-se essencial celebrarmos o Dia Internacional Contra a Homofobia e o Dia Mundial do Orgulho LGBTQIAP+, mostrando respeito e reforçando o fato de que na ImpulsoBeta não toleramos nenhumtipodepreconceito. Todas as pessoas merecem respeito, seja qual for a sua orientação sexual ou identidadedegênero.Buscamosvalorizar e incluir TODES em um ambiente seguro e que apoia as individualidades sem julgamentosouquaisquerpreconceitos. DIVERSIDADE DE GÊNERO DIVERSIDADE LGBTQIAP+
  • 6. O racismo ou a discriminação étnico- racialaindaacontecedeformaabsurda, sendo um dos maiores problemas dos direitoshumanosnaatualidade.Épreciso entender de uma vez por todas que os seres humanos nascem livres e iguais no quesito direitos e dignidade, mas, a realidade que enfrentamos diariamente éoutra. Cabe a nós enfrentar e lutar contra essa intolerância que hoje prevalece na sociedade. Portanto, a luta é para que todos tenham o direito à contratação, capacitação e ao crescimento dentro dasorganizações. A reflexão não deve estar presente apenas no Dia Internacional contra a Discriminação Racial, mas sim em todos os níveis hierárquicos de uma organização. Assim sendo, nós trabalhamos no sentido de buscarmos sempre por um negócio repleto de pluralidade. Assimcomoqualqueroutracaracterística doserhumano,apessoacomdeficiência deve ser respeitada e ter direitos iguais, podendo igualmente participar de processosseletivosinclusivos. Esse público costuma apresentar condições de saúde mais fragilizadas, o quedificultaasconquistaseducacionais, diminuindo também as oportunidades financeiras. Essas dificuldades são ocasionadas pela indisponibilidade de serviço e inúmeros obstáculos enfrentados por esse público em seu dia adia. Lutamos todos os dias para promover recursos de acessibilidade, afinal, a inclusão das pessoas com deficiência é uma pauta corriqueira, onde conseguimos estabelecer cenários com os seus direitos garantidos e viabilizar maisacessoàsoportunidades. Devemos quebrar a barreira que possa existir diante da incapacidade das pessoas com deficiência, criando condições de trabalho adequadas e conscientizando a todos, não somente no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, mas em todos e quaisquer momentos. DIVERSIDADE DE RAÇA E ETNIA DIVERSIDADE DE CONDIÇÃO HUMANA
  • 7. A chamada linguagem não binária ou, como é popularmente conhecida, linguagem neutra, está vinculada às lutas de identificação dos grupos LGBTQIAP+. De forma geral, esse tipo de linguagem é uma substituição dos artigos feminino e masculino por um“x”,“e”ou“@”.Comoexemplo,apalavraamigoou amiga se torna amigue ou amigx; já a palavra todas ou todospodesersubstituídaportodes. A mudança se popularizou pela internet, não tendo ainda um modelo definido. Isso faz com que os defensores da linguagem neutra lutem pela adoção dos pronomes, podendo se referir a qualquer pessoa, independentementedogênero,aumentandoaredepara abraçar pessoas não binárias ou que não se identificam comohomemoucomomulher. VOCÊ SABIA?
  • 8. DATAS IMPORTANTES PARA O SEU CALENDÁRIO Nesta lista você encontra uma ampla apresentação de datas que podem fazer sentido serem celebradas, de acordo com o contexto de cada empresa. No entanto, destacamos aquelas que, de maneira geral, são mais reconhecidas no Brasil e mais estratégicasnacomunicaçãodaDiversidade, EquidadeeInclusão.
  • 9. 1º -DiaMundialdaPaz 04-DiaMundialdoBraile(ONU) 07-DiadaLiberdadedeCultos 21-DiaMundialdaReligião 21 - Dia Mundial de Combate à Intolerância Religiosa 29-DiaNacionaldaVisibilidadedasPessoas TravestiseTrans* A data tem o objetivo de promover uma reflexão sobre a cidadania das pessoas travestis, transexuais (mulheres e homens trans) e não binárias. O dia 29 de janeiro representa principalmente a luta que as pessoas trans enfrentam diariamente,incluindoasqueseencontramvulneráveis-tudo paraconquistarodireitodeterasuaidentidadereconhecida. DiaNacionaldaVisibilidadedas PessoasTravestiseTrans JANEIRO 29dejaneiro
  • 10. 1ºa07-SemanaMundialdeHarmoniaInter- Religiosa* 06 - Dia Internacional da Tolerância Zero à MutilaçãoGenitalFeminina 11-DiaInternacionaldasMulhereseMeninas naCiência 20-DiaMundialdaJustiçaSocial 24 - Dia da Conquista do Voto Feminino no Brasilem1932 28-DiaMundialdasDoençasRaras A Semana Mundial da Harmonia Inter-Religiosa é uma data para reforçarmos a importância dos diálogos entre as diferentescrençasereligiões,juntamentecomapropagação demensagensdeharmoniainter-religiosa. SemanaMundialdeHarmonia Inter-Religiosa FEVEREIRO 1ºa07defevereiro
  • 11. 08-DiaInternacionaldaMulher* 20-DiaInternacionaldaFelicidade(ONU) 21-DiaInternacionaldaSíndromedeDown 21-DiaInternacionalContraaDiscriminação Racial** 24 - Dia Internacional do Direito à Verdade sobre Graves Violações aos Direitos HumanosedaDignidadedasVítimas 25-DiaNacionaldoOrgulhoGay 31-DiaInternacionaldaVisibilidadeTrans A data comemorativa foi oficializada pela Organização das Nações Unidas em 1970. O intuito é simbolizar a luta das mulheres por condições equiparadas às dos homens. O Dia Internacional da Mulher simboliza ainda a luta contraomachismoeaviolência. Em 1996, a ONU convidou a comunidade internacional a redobrar seus esforços para a eliminação de toda e qualquer forma de discriminação racial. Infelizmente, é um problema que ocorre diariamente, impedindo o desenvolvimento de milhares de pessoasaoredordomundo. DiaInternacional daMulher DiaInternacional ContraaDiscriminação Racial MARÇO 08demarço 21demarço
  • 12. 02-DiaMundialdaConscientizaçãodoAutismo* 07-DiaMundialdaSaúde 08-DiaMundialdasPessoasCiganas 13-DiadoJovem 14-DiaNacionaldaLutapelaEducaçãoInclusiva 19-DiadoÍndio 28-DiadaEducação 28-DiaNacionaldaSaúdeeSegurançado Trabalho O dia escolhido para celebrar a Conscientização do Autismo serve para informar à população em relação ao Transtorno do Espectro Autista, buscando reduzir a discriminação e o preconceitoqueessapopulaçãoenfrenta. DiaMundialdaConscientização doAutismo ABRIL 02deabril
  • 13. 1°-DiaMundialdoTrabalho 03-DiaMundialdaLiberdadedeImprensa 14-DiadasMães 15-DiadoOrgulhodeSerTranseTravesti 17-DiaInternacionalContraaLGBTfobia* 18-DiaNacionaldeCombateaoAbandono e à ExploraçãoSexualdeCriançaseAdolescentes 19-DiadoOrgulhoAgênero 21 - Dia Mundial da Diversidade Cultural para o DiálogoeDesenvolvimento 24- DiadeConsciênciaeVisibilidadePansexual ePanromântica 25-DiaNacionaldaAdoção Nesta data, no ano de 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) excluiu a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Sáude (CID). Portanto, o ato que aconteceu há pouco mais de30anosécomemoradotodososanosnodia17demaio. DiaInternacionalContraa LGBTfobia MAIO 17demaio
  • 14. 12-DiaMundialContraoTrabalhoInfantil (ONU) 15-DiaMundialdeConscientizaçãoda ViolênciaContraoIdoso 20-DiaMundialdoRefugiado 28-DiaInternacionaldoOrgulho LGBTQIAP+* Adatalembraodiaemqueumgrupodepessoashomossexuais marcharam nos Estados Unidos pedindo o fim da violência contraapopulaçãoLGBTQIAP+.Desdeentão,acomunidade lutaconstantementepormaisdireitos,garantindoconquistas importantes. DiaInternacionaldoOrgulho LGBTQIAP+ JUNHO 28dejunho
  • 15. 03-DiaNacionaldeCombateà DiscriminaçãoRacial 13-DiadoEstatutodaCriançaedo Adolescente 14-DiadaLiberdadedePensamento 14-DiaInternacionaldasPessoasNão Binárias 15-DiaInternacionaldoHomem 25-DiaInternacionaldaMulherNegra Latino-AmericanaeCaribenha* Impulsionada pelo movimento de mulheres negras da região que lutam pelos direitos humanos e o bem viver. O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenhaocorrehámaisde30anos,homenageandoalíder quilombolaTerezadeBenguela,símbolodalutaeresistência daspessoasnegras. DiaInternacionaldaMulherNegra Latino-AmericanaeCaribenha JULHO 25dejulho
  • 16. 07-DiaemquefoiSancionadaaLeiMaria daPenha 09-DiaInternacionaldosPovosIndígenas 13-DiadosPais 19-DiadoOrgulhoLésbico 23-DiaInternacionaldeLembrançado TráficodeEscravoseasuaAbolição 26-DiaInternacionaldaIgualdade Feminina 29-DiaNacionaldaVisibilidadeLésbica* Fundamental quando abordado que as mulheres lésbicas ocupam ainda espaços mínimos na sociedade e enfrentam inúmerospreconceitos.Acriaçãodeumadataespecíficatem como foco combater a lesbofobia, que nada mais é do que o preconceitocontraasmulhereslésbicas. DiaNacionaldaVisibilidadeLésbica AGOSTO 29deagosto
  • 17. 10-DiadaLutaContraaGordofobia 19-DiaNacionaldoTeatroAcessível 21-DiaNacionaldaPessoacomDeficiência * 23-DiadaVisibilidadeBissexual 23-DiaInternacionaldaLínguadeSinais (ONU) 26-DiaNacionaldoSurdo 30-DiaInternacionaldoSurdo Preza pelo desenvolvimento de conteúdos que vão conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas que as pessoas com deficiência precisam, promovendo a inclusãosocialecombatendoopreconceitoeadiscriminação. DiaNacionaldaPessoacom Deficiência SETEMBRO 21desetembro
  • 18. 01-DiaInternacionaldasPessoasIdosas* 07-DiaMundialdoTrabalhoDecente 10-DiaMundialdaSaúdeMental 17-DiaInternacionalparaaErradicaçãoda Pobreza(ONU) 22-DiaInternacionaldaDespatologização Trans 26-DiadaConsciênciaIntersexo O objetivo é justamente sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento, reforçando a necessidade de queessaspessoasdemandamcuidadoeproteção. DiaInternacionaldasPessoasIdosas OUTUBRO 1ºdeoutubro
  • 19. 18-DiaNacionaldeCombateaoRacismo 19-DiadoEmpreendedorismoFeminino 20-DiadaConsciênciaNegra* 25-DiaInternacionalparaEliminaçãoda ViolênciaContraaMulher** O Dia da Consciência Negra é uma data para refletirmos sobre a inserção do negro na sociedade, abordando questões sobre racismo, discriminação, igualdade socialeaculturaafro-brasileira. A data foi definida pela ONU em 1999 visando estimular governos, empresas e sociedades a refletirem sobre a necessidade de por um fim na violência contra as mulheres. Neste dia, é importante discutirmos sobre os impactos causados pela violência física, sexual e psicológica que as mulheres sofrem em meio à sociedade. Diada Consciência Negra DiaInternacional paraEliminaçãoda ViolênciaContraa Mulher NOVEMBRO 20denovembro 25denovembro
  • 20. 02-DiaInternacionalparaAboliçãoda Escravatura 03-DiaInternacionaldaPessoacom Deficiência* 06-DiaNacionaldeMobilizaçãodos HomenspelofimdaViolênciaContraas Mulheres 10-DiadosDireitosHumanos(ONU) 13-DiaNacionaldaPessoacomDeficiência Visual Reflexão para colocar em prática os melhores métodos, garantindo mais qualidade de vida e dignidade a todas as pessoas que sofrem algum tipo de deficiência, junto à importânciadacriaçãodestadata. DiaInternacionaldaPessoacom Deficiência DEZEMBRO 03dedezembro
  • 21. Tenhoquecomemorartodasasdatas? Não! Sua empresa pode avaliar suas prioridades na estratégia de diversidade e elegerasdatasqueseconectamesãoprioridade.Tambémpodecomemorardatas comaçõesdeporteeinvestimentodiferentes.Masaescolhaprecisaserintencional, poisapriorizaçãoirátransmitirumamensagemsobrequaisgrupossãofocodeDEI. ÉpossívelfazeraçõesforadasdatasdoCalendáriodeDiversidade? Sim!Ocalendárioservecomoumguiaparaconscientizareengajaraspessoassobre umaculturarepletadediversidade. Porqueostemasdasaçõessãovoltadasapenasparaalgunsgrupos? Ao longo deste material, pudemos compreender que existem grupos considerados minorizados e que ainda enfrentam muitas dificuldades e preconceito em nossa sociedade. Sendo assim, entendemos que falar especificamente sobre os desafios desses grupos é a forma mais simples de se promover empatia, gerar consciência e acabar com o cenário de julgamentos que ainda é comum, o que acaba afetando milharesdepessoas. Afinal,porquenãofalarsobretodososgrupos? A diversidade é um assunto de todos nós, já que as pessoas têm o direito de serem tratadas com respeito e igualdade, principalmente no ambiente de trabalho. Mas, existem alguns grupos que enfrentam situações piores, ficando em desvantagem nasociedade,oqueostornamalvosdeaçõesafirmativas.Sendoassim,paraqueas coisasmudem,énecessáriofalarcomtodosesobretodos. Oquesãoaschamadasaçõesafirmativas? Essestiposdeaçõessãoiniciativascomoobjetivodecorrigiradesigualdadequeos grupos minorizados enfrentam no momento da busca por oportunidades. Trata-se de um método guiado pela equidade, e isso quer dizer que as diferenças e práticas discriminatóriassãovistas,corrigidasecompensadas. PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE DATAS COMEMORATIVAS DE DIVERSIDADE
  • 22. ENTENDA COMO A IMPULSOBETA PODE AJUDAR SUA EMPRESA Existem muitas maneiras de comemorar as datas do nosso Calendário de Diversidade, Equidade e Inclusão. As rodas de conversa, as conversas de impacto e as trilhas de pessoasaliadassãoferramentasquetêmsido amplamente utilizadas por empresas com as quais trabalhamos, com um impacto muito positivo. Nas RODAS DE CONVERSA, nós mediamos debates significativos e, ao mesmo tempo, leves e descontraídos com nossa rede de especialistas, sempre conectando o tema em questão com a estratégia da empresa e as práticasdomercado. Nas CONVERSAS DE IMPACTO, trazemos pessoasprofissionaisrepresentantesdegrupos minorizados com jornadas superinteressantes para compartilharem suas histórias. Com mediaçãodaconversaporintermédiodenosso time, promovemos uma mescla de inspiração das pessoas daquele grupo na empresa e entendimento dos desafios reais daquela identidade por parte de todas as pessoas participantes, às quais estamos fazendo o conviteparaseremaliadas. Já as TRILHAS DE PESSOAS ALIADAS são produtos online de conscientização que a empresa pode plugar em sua universidade corporativa ou usá-los em sua estratégia de comunicaçãonasdatasescolhidascomofoco. Eles trazem vídeos curtos, ebooks e quizzes interativos.Temostrilhasvoltadasaocombate ao racismo, ao machismo, ao capacitismo, à LGBTfobia,aocapacitismoeaoetarismo. arrow-pointer CliqueaquieincluaasdatasnoseuCalendáriodeDiversidade2023! VOCÊ SABIA QUE PODEMOS AJUDÁ-LO? FALE COM A GENTE E CONHEÇAMAISSOBREAS NOSSASSOLUÇÕES! GOSTOU DESTE CONTEÚDO E QUER SABER MAIS SOBRE O ASSUNTO? ENTÃO, ENTREEMCONTATOAGORAMESMO! A boa notícia é que temos vários materiais sobre Diversidade. Leve essa pauta para dentrodasuaempresaenãoseesqueçaqueestamosaquiparaajudá-lo!