SlideShare uma empresa Scribd logo
BULLYING VIRTUAL 
TRABALHO 
DE 
INFORMATICA 
NOME:MATHEUS RANIERI, ANTHONY STAPF E VINICIOS 
CARILO 
NUMEROS,5 , 21E 25 
SERIE:7 ANO B 
PROFESSOR:FABRICIO
Bullying virtual 
O que é o bullying? 
Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou 
físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais 
colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, 
brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, 
tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. 
Para ser dada como bullying, a agressão física ou moral deve apresentar quatro 
características: a intenção do autor em ferir o alvo, a repetição da agressão, a 
presença de um público espectador e a concordância do alvo com relação à ofensa. 
''Quando o alvo supera o motivo da agressão, ele reage ou ignora, desmotivando a 
ação do autor'', explica a especialista.
Quais as consequências do 
bullying 
• Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto 
social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de 
trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido 
inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. 
• Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças 
e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou 
separatistas podem apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum 
tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos 
extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal 
maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio.
COMO OCORRE O BULLYING 
VIRTUAL 
• bullying que ocorre em meios eletrônicos, com mensagens difamatórias ou 
ameaçadoras circulando por e-mails, sites, blogs (os diários virtuais), redes 
sociais e celulares. É quase uma extensão do que os alunos dizem e fazem 
na escola, mas com o agravante de que as pessoas envolvidas não estão 
cara a cara. o anonimato pode aumentar a crueldade dos comentários e 
das ameaças e os efeitos podem ser tão graves ou piores. Esse tormento 
que é a agressão pela internet faz com que a criança e o adolescente 
humilhados não se sintam mais seguros em lugar algum, em momento 
algum.
Como lidar com o cyberbullying? 
• Trabalhar com a idéia de que nem sempre se consegue apagar aquilo que 
foi para a rede dá à turma a noção de como as piadas ou as provocações 
não são inofensivas. ''O que chamam de brincadeira pode destruir a vida do 
outro 
• É preciso deixar evidente para crianças e adolescentes que eles podem 
confiar nos adultos que os cercam para contar sobre os casos sem medo 
de represálias, como a proibição de redes sociais ou celulares, uma vez 
que terão a certeza de que vão encontrar ajuda.
Como lidar com o cyberbullying? 
• Trabalhar com a idéia de que nem sempre se consegue apagar aquilo que 
foi para a rede dá à turma a noção de como as piadas ou as provocações 
não são inofensivas. ''O que chamam de brincadeira pode destruir a vida do 
outro 
• É preciso deixar evidente para crianças e adolescentes que eles podem 
confiar nos adultos que os cercam para contar sobre os casos sem medo 
de represálias, como a proibição de redes sociais ou celulares, uma vez 
que terão a certeza de que vão encontrar ajuda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diversos tipos de violência
Diversos tipos de violênciaDiversos tipos de violência
Diversos tipos de violência
lucia_nunes
 
Violência domestica
Violência domesticaViolência domestica
Violência domestica
Romane Cristine Rodrigues
 
Setembro Amarelo.pptx
Setembro Amarelo.pptxSetembro Amarelo.pptx
Setembro Amarelo.pptx
sara jane matos bezerra
 
Bullying palestra
Bullying palestraBullying palestra
Bullying palestra
Lugus
 
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
Anderson Hipolito Albuquerque Sousa
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Renata Sofia
 
Cartilha do combate ao bullying
Cartilha do combate ao bullyingCartilha do combate ao bullying
Cartilha do combate ao bullying
Alinebrauna Brauna
 
Slides bullying
Slides bullyingSlides bullying
Slides bullying
Joao Ribeiro
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Rodrigo
 
Bullying apresentação
Bullying apresentaçãoBullying apresentação
Bullying apresentação
-
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
Espaço Emrc
 
Bulllying
BulllyingBulllying
Bulllying
Célia Menezes
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
Mari Anny Souza
 
O que é o bullying
O que é o bullyingO que é o bullying
O que é o bullying
escola 2/3 Bernardino Machado
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
BULLYING E CYBERBULLYING
BULLYING E CYBERBULLYINGBULLYING E CYBERBULLYING
BULLYING E CYBERBULLYING
CÉSAR TAVARES
 
Bullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretoresBullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretores
Nairpietski
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
veronicasilva
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
francisleide
 
Bullying slide
Bullying slideBullying slide
Bullying slide
biarolfsen
 

Mais procurados (20)

Diversos tipos de violência
Diversos tipos de violênciaDiversos tipos de violência
Diversos tipos de violência
 
Violência domestica
Violência domesticaViolência domestica
Violência domestica
 
Setembro Amarelo.pptx
Setembro Amarelo.pptxSetembro Amarelo.pptx
Setembro Amarelo.pptx
 
Bullying palestra
Bullying palestraBullying palestra
Bullying palestra
 
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Cartilha do combate ao bullying
Cartilha do combate ao bullyingCartilha do combate ao bullying
Cartilha do combate ao bullying
 
Slides bullying
Slides bullyingSlides bullying
Slides bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying apresentação
Bullying apresentaçãoBullying apresentação
Bullying apresentação
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
 
Bulllying
BulllyingBulllying
Bulllying
 
Violência Doméstica
Violência DomésticaViolência Doméstica
Violência Doméstica
 
O que é o bullying
O que é o bullyingO que é o bullying
O que é o bullying
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Bullying na Escola
 
BULLYING E CYBERBULLYING
BULLYING E CYBERBULLYINGBULLYING E CYBERBULLYING
BULLYING E CYBERBULLYING
 
Bullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretoresBullying na escola_diretores
Bullying na escola_diretores
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
 
Bullying slide
Bullying slideBullying slide
Bullying slide
 

Destaque

Bullying verbal
Bullying verbalBullying verbal
Bullying verbal
Segundo Henao
 
Microsoft Power Point Bullying
Microsoft Power Point   BullyingMicrosoft Power Point   Bullying
Microsoft Power Point Bullying
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Cyberbullying
CyberbullyingCyberbullying
Cyberbullying
bl03cook
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
jackzeus
 
Cyberbullying powerpoint
Cyberbullying powerpointCyberbullying powerpoint
Cyberbullying powerpoint
josiebrookeday
 
Research thesis (effects of bullying)
Research thesis (effects of bullying)Research thesis (effects of bullying)
Research thesis (effects of bullying)
frncsm13
 

Destaque (6)

Bullying verbal
Bullying verbalBullying verbal
Bullying verbal
 
Microsoft Power Point Bullying
Microsoft Power Point   BullyingMicrosoft Power Point   Bullying
Microsoft Power Point Bullying
 
Cyberbullying
CyberbullyingCyberbullying
Cyberbullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Cyberbullying powerpoint
Cyberbullying powerpointCyberbullying powerpoint
Cyberbullying powerpoint
 
Research thesis (effects of bullying)
Research thesis (effects of bullying)Research thesis (effects of bullying)
Research thesis (effects of bullying)
 

Semelhante a Bullying virtual

Bullying
BullyingBullying
Projeto anti bullyng
Projeto anti bullyngProjeto anti bullyng
Projeto anti bullyng
Francineteproinfo
 
Bullying - Cartilha do MPPB
Bullying - Cartilha do MPPBBullying - Cartilha do MPPB
Bullying - Cartilha do MPPB
pepontocom
 
Cartilha bullying
Cartilha bullyingCartilha bullying
Cartilha bullying
Fatima Costa
 
Agressividade sem limites
Agressividade sem limitesAgressividade sem limites
Agressividade sem limites
eepindorama
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Matheus Fellipe
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Projeto bullyng
Projeto bullyngProjeto bullyng
Projeto bullyng
Escola
 
BullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdfBullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdf
ssuser7869761
 
Bullying
 Bullying Bullying
Bullying
BullyingBullying
Bullying
MarshmallowAzul
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
helenasilva
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
guestdf695f3
 
Cyberbulling
Cyberbulling Cyberbulling
Cyberbulling
Nancy Furtado
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
Branadenses
 
Trabalho escrito psicologia
Trabalho escrito psicologiaTrabalho escrito psicologia
Trabalho escrito psicologia
Amanda Jhonys
 
Sara e Leticia 6A
Sara e Leticia 6ASara e Leticia 6A
Sara e Leticia 6A
Julio Mesquita
 

Semelhante a Bullying virtual (20)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Projeto anti bullyng
Projeto anti bullyngProjeto anti bullyng
Projeto anti bullyng
 
Bullying - Cartilha do MPPB
Bullying - Cartilha do MPPBBullying - Cartilha do MPPB
Bullying - Cartilha do MPPB
 
Cartilha bullying
Cartilha bullyingCartilha bullying
Cartilha bullying
 
Agressividade sem limites
Agressividade sem limitesAgressividade sem limites
Agressividade sem limites
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Projeto bullyng
Projeto bullyngProjeto bullyng
Projeto bullyng
 
BullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdfBullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdf
 
Bullying
 Bullying Bullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
 
Cyberbulling
Cyberbulling Cyberbulling
Cyberbulling
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Trabalho escrito psicologia
Trabalho escrito psicologiaTrabalho escrito psicologia
Trabalho escrito psicologia
 
Sara e Leticia 6A
Sara e Leticia 6ASara e Leticia 6A
Sara e Leticia 6A
 

Mais de iesfa

Drogas
DrogasDrogas
Drogas
iesfa
 
8º a cyberbullying
8º a   cyberbullying8º a   cyberbullying
8º a cyberbullying
iesfa
 
1º poemas na sala de informatica lucas
1º poemas na sala de informatica   lucas1º poemas na sala de informatica   lucas
1º poemas na sala de informatica lucas
iesfa
 
Informática - Projeto Poemas
Informática -  Projeto PoemasInformática -  Projeto Poemas
Informática - Projeto Poemas
iesfa
 
8º b - Apple
8º b   - Apple8º b   - Apple
8º b - Apple
iesfa
 
8º b trabalho Informática
8º b  trabalho Informática8º b  trabalho Informática
8º b trabalho Informática
iesfa
 
8ºb Trabalho de Informática
8ºb   Trabalho de Informática8ºb   Trabalho de Informática
8ºb Trabalho de Informática
iesfa
 
9º a trabalho informatica
9º a   trabalho informatica9º a   trabalho informatica
9º a trabalho informatica
iesfa
 
Cyberbullying
CyberbullyingCyberbullying
Cyberbullying
iesfa
 
9 ano c Trabalho
9 ano c   Trabalho9 ano c   Trabalho
9 ano c Trabalho
iesfa
 
Pedro henrique 6º a drogas ilícitas e lícitas
Pedro henrique  6º a   drogas  ilícitas e lícitasPedro henrique  6º a   drogas  ilícitas e lícitas
Pedro henrique 6º a drogas ilícitas e lícitas
iesfa
 
Letícia trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
Letícia   trabalho de informática - quando foi lançado 1º computadorLetícia   trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
Letícia trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
iesfa
 
Modelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhosModelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhos
iesfa
 
Modelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhosModelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhos
iesfa
 
Modelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhosModelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhos
iesfa
 
Modelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhosModelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhos
iesfa
 
Laura fudaba
Laura fudabaLaura fudaba
Laura fudaba
iesfa
 
Ana carolina perobelli carvalho nº2 trabalho de informática
Ana carolina perobelli carvalho nº2   trabalho de informáticaAna carolina perobelli carvalho nº2   trabalho de informática
Ana carolina perobelli carvalho nº2 trabalho de informática
iesfa
 
Aluno matheus alexandre ferreira
Aluno   matheus alexandre ferreiraAluno   matheus alexandre ferreira
Aluno matheus alexandre ferreira
iesfa
 

Mais de iesfa (19)

Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
8º a cyberbullying
8º a   cyberbullying8º a   cyberbullying
8º a cyberbullying
 
1º poemas na sala de informatica lucas
1º poemas na sala de informatica   lucas1º poemas na sala de informatica   lucas
1º poemas na sala de informatica lucas
 
Informática - Projeto Poemas
Informática -  Projeto PoemasInformática -  Projeto Poemas
Informática - Projeto Poemas
 
8º b - Apple
8º b   - Apple8º b   - Apple
8º b - Apple
 
8º b trabalho Informática
8º b  trabalho Informática8º b  trabalho Informática
8º b trabalho Informática
 
8ºb Trabalho de Informática
8ºb   Trabalho de Informática8ºb   Trabalho de Informática
8ºb Trabalho de Informática
 
9º a trabalho informatica
9º a   trabalho informatica9º a   trabalho informatica
9º a trabalho informatica
 
Cyberbullying
CyberbullyingCyberbullying
Cyberbullying
 
9 ano c Trabalho
9 ano c   Trabalho9 ano c   Trabalho
9 ano c Trabalho
 
Pedro henrique 6º a drogas ilícitas e lícitas
Pedro henrique  6º a   drogas  ilícitas e lícitasPedro henrique  6º a   drogas  ilícitas e lícitas
Pedro henrique 6º a drogas ilícitas e lícitas
 
Letícia trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
Letícia   trabalho de informática - quando foi lançado 1º computadorLetícia   trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
Letícia trabalho de informática - quando foi lançado 1º computador
 
Modelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhosModelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhos
 
Modelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhosModelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhos
 
Modelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhosModelo de capa para trabalhos
Modelo de capa para trabalhos
 
Modelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhosModelo 2 de capa para trabalhos
Modelo 2 de capa para trabalhos
 
Laura fudaba
Laura fudabaLaura fudaba
Laura fudaba
 
Ana carolina perobelli carvalho nº2 trabalho de informática
Ana carolina perobelli carvalho nº2   trabalho de informáticaAna carolina perobelli carvalho nº2   trabalho de informática
Ana carolina perobelli carvalho nº2 trabalho de informática
 
Aluno matheus alexandre ferreira
Aluno   matheus alexandre ferreiraAluno   matheus alexandre ferreira
Aluno matheus alexandre ferreira
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 

Bullying virtual

  • 1. BULLYING VIRTUAL TRABALHO DE INFORMATICA NOME:MATHEUS RANIERI, ANTHONY STAPF E VINICIOS CARILO NUMEROS,5 , 21E 25 SERIE:7 ANO B PROFESSOR:FABRICIO
  • 2. Bullying virtual O que é o bullying? Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. Para ser dada como bullying, a agressão física ou moral deve apresentar quatro características: a intenção do autor em ferir o alvo, a repetição da agressão, a presença de um público espectador e a concordância do alvo com relação à ofensa. ''Quando o alvo supera o motivo da agressão, ele reage ou ignora, desmotivando a ação do autor'', explica a especialista.
  • 3. Quais as consequências do bullying • Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. • Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podem apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio.
  • 4. COMO OCORRE O BULLYING VIRTUAL • bullying que ocorre em meios eletrônicos, com mensagens difamatórias ou ameaçadoras circulando por e-mails, sites, blogs (os diários virtuais), redes sociais e celulares. É quase uma extensão do que os alunos dizem e fazem na escola, mas com o agravante de que as pessoas envolvidas não estão cara a cara. o anonimato pode aumentar a crueldade dos comentários e das ameaças e os efeitos podem ser tão graves ou piores. Esse tormento que é a agressão pela internet faz com que a criança e o adolescente humilhados não se sintam mais seguros em lugar algum, em momento algum.
  • 5. Como lidar com o cyberbullying? • Trabalhar com a idéia de que nem sempre se consegue apagar aquilo que foi para a rede dá à turma a noção de como as piadas ou as provocações não são inofensivas. ''O que chamam de brincadeira pode destruir a vida do outro • É preciso deixar evidente para crianças e adolescentes que eles podem confiar nos adultos que os cercam para contar sobre os casos sem medo de represálias, como a proibição de redes sociais ou celulares, uma vez que terão a certeza de que vão encontrar ajuda.
  • 6. Como lidar com o cyberbullying? • Trabalhar com a idéia de que nem sempre se consegue apagar aquilo que foi para a rede dá à turma a noção de como as piadas ou as provocações não são inofensivas. ''O que chamam de brincadeira pode destruir a vida do outro • É preciso deixar evidente para crianças e adolescentes que eles podem confiar nos adultos que os cercam para contar sobre os casos sem medo de represálias, como a proibição de redes sociais ou celulares, uma vez que terão a certeza de que vão encontrar ajuda.