SlideShare uma empresa Scribd logo
s
            v amo
     O que           e
               nest
                                                             Saúde
             r                                                       menta
       ostra
                                                          Violên           l/
     m          to
                                                                 cia na
                                                                        escola
         f olhe

                                                1
Neste folheto pretendemos             xim  o nº1 s nº12
                             Joã o Má s Martin
informar os leitores sobre             rlo
                              Jos é Ca
os perigos da violência na
escola e estar no lado das




                                       8ºB
Habitualmente, são crianças que
                                    Os agressores são indivíduos     não dispõem de recursos ou
Um aluno com mais de 16 anos
                                    que têm pouca empatia. Fre-      habilidades para reagir, são
que cometa um acto tipificado
                                    quentemente, pertencem a         pouco sociáveis, sensíveis e frá-
como bullying poderá ser conde-
                                    famílias desestruturadas, nas    geis, são os escravos do grupo,
nado a uma pena de prisão até
                                    quais não há relacionamentos     e não sabem revidar por vergo-
cinco anos. Se dos actos pratica-
                                    afectivos entre os seus mem-     nha ou por conformismo, sendo
dos resultar a morte da vítima, a
                                    bros. Os pais exercem uma        muito prejudicados por ameaças
pena "poderá ser agravada entre
                                    supervisão fraca sobre os seus   e agressões.
três e dez anos", segundo a pro-
                                    filhos, toleram e oferecem
posta de criminalização da vio-
                                    modelos errados para solucio-
lência escolar, aprovada ontem na
                                    nar conflitos ou comportamen-
generalidade em Conselho de
                                    tos agressivos.
Ministros.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

A carta
A cartaA carta
A carta
Jamildo Melo
 
Proposta cartaz
Proposta cartazProposta cartaz
Proposta cartaz
Gabisi
 
5 edição
5 edição5 edição
5 edição
Licinio Borges
 
Abc cartaz 30x45
Abc cartaz 30x45Abc cartaz 30x45
Abc cartaz 30x45
Roberto Rabat Chame
 
Autonomo 4
Autonomo 4Autonomo 4
Autonomo 4
jisellihuilca
 
Simetrias
SimetriasSimetrias
Simetrias
emiliarcsilva
 
Aneel substituiu multa por reembolso.
Aneel substituiu multa por reembolso.Aneel substituiu multa por reembolso.
Aneel substituiu multa por reembolso.
ANACE - Associação Nacional dos Consumidores de Energia.
 

Destaque (8)

A carta
A cartaA carta
A carta
 
Proposta cartaz
Proposta cartazProposta cartaz
Proposta cartaz
 
Folheto moradores
Folheto moradoresFolheto moradores
Folheto moradores
 
5 edição
5 edição5 edição
5 edição
 
Abc cartaz 30x45
Abc cartaz 30x45Abc cartaz 30x45
Abc cartaz 30x45
 
Autonomo 4
Autonomo 4Autonomo 4
Autonomo 4
 
Simetrias
SimetriasSimetrias
Simetrias
 
Aneel substituiu multa por reembolso.
Aneel substituiu multa por reembolso.Aneel substituiu multa por reembolso.
Aneel substituiu multa por reembolso.
 

Semelhante a Bullying

Doc 154
Doc 154Doc 154
Doc 154
ACECTALCT
 
Manual docentes
Manual docentesManual docentes
Manual docentes
Fatima Campos
 
Esquema bullying
Esquema bullyingEsquema bullying
Esquema bullying
Laura Reis
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
annokax
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
annokax
 
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira InfâncaiDesenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
Ariane Macedo
 
A violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da históriaA violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da história
Maria Aparecida S Ferreira
 
Questão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na EscolaQuestão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na Escola
Carol Alves
 
Ed356 29.06.2011
Ed356   29.06.2011Ed356   29.06.2011
Ed356 29.06.2011
Wesley Fragas
 
Artigo bullying
Artigo bullyingArtigo bullying
Artigo bullying
Elisângela Feitosa
 
A violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da históriaA violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da história
Maria Aparecida S Ferreira
 
Bullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutraBullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutra
Belucci Bernardino
 
Apostila bullying
Apostila   bullyingApostila   bullying
Apostila bullying
danimandetta
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
BullyingBullying
Bullying
catherineee
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
catherineee
 
violenciaescolar04082016cleofante.ppt
violenciaescolar04082016cleofante.pptviolenciaescolar04082016cleofante.ppt
violenciaescolar04082016cleofante.ppt
Marina Simões Neves
 
Bullying não tem graça
Bullying não tem graçaBullying não tem graça
Bullying não tem graça
Rubens Junior
 
Cartilha Bullying.docx
Cartilha Bullying.docxCartilha Bullying.docx
Cartilha Bullying.docx
DjalmaHenares1
 
Apresentacao bullying (1)
Apresentacao bullying (1)Apresentacao bullying (1)
Apresentacao bullying (1)
LucasDantas98
 

Semelhante a Bullying (20)

Doc 154
Doc 154Doc 154
Doc 154
 
Manual docentes
Manual docentesManual docentes
Manual docentes
 
Esquema bullying
Esquema bullyingEsquema bullying
Esquema bullying
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
 
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira InfâncaiDesenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
Desenvolvimento Psicossocial: Terceira Infâncai
 
A violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da históriaA violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da história
 
Questão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na EscolaQuestão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na Escola
 
Ed356 29.06.2011
Ed356   29.06.2011Ed356   29.06.2011
Ed356 29.06.2011
 
Artigo bullying
Artigo bullyingArtigo bullying
Artigo bullying
 
A violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da históriaA violência escolar ao longo da história
A violência escolar ao longo da história
 
Bullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutraBullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutra
 
Apostila bullying
Apostila   bullyingApostila   bullying
Apostila bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
violenciaescolar04082016cleofante.ppt
violenciaescolar04082016cleofante.pptviolenciaescolar04082016cleofante.ppt
violenciaescolar04082016cleofante.ppt
 
Bullying não tem graça
Bullying não tem graçaBullying não tem graça
Bullying não tem graça
 
Cartilha Bullying.docx
Cartilha Bullying.docxCartilha Bullying.docx
Cartilha Bullying.docx
 
Apresentacao bullying (1)
Apresentacao bullying (1)Apresentacao bullying (1)
Apresentacao bullying (1)
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 

Bullying

  • 1. s v amo O que e nest Saúde r menta ostra Violên l/ m to cia na escola f olhe 1 Neste folheto pretendemos xim o nº1 s nº12 Joã o Má s Martin informar os leitores sobre rlo Jos é Ca os perigos da violência na escola e estar no lado das 8ºB
  • 2. Habitualmente, são crianças que Os agressores são indivíduos não dispõem de recursos ou Um aluno com mais de 16 anos que têm pouca empatia. Fre- habilidades para reagir, são que cometa um acto tipificado quentemente, pertencem a pouco sociáveis, sensíveis e frá- como bullying poderá ser conde- famílias desestruturadas, nas geis, são os escravos do grupo, nado a uma pena de prisão até quais não há relacionamentos e não sabem revidar por vergo- cinco anos. Se dos actos pratica- afectivos entre os seus mem- nha ou por conformismo, sendo dos resultar a morte da vítima, a bros. Os pais exercem uma muito prejudicados por ameaças pena "poderá ser agravada entre supervisão fraca sobre os seus e agressões. três e dez anos", segundo a pro- filhos, toleram e oferecem posta de criminalização da vio- modelos errados para solucio- lência escolar, aprovada ontem na nar conflitos ou comportamen- generalidade em Conselho de tos agressivos. Ministros.